PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

 

A Família de Francisco de Oliveira Braga e Escolástica de Albernaz

(atualizado em 19-março-2016)

 

Bartyra Sette

Regina Junqueira

 

 

Francisco de Oliveira Braga, filho de Antonio de Oliveira e de sua mulher Ângela Francisca, casou com Escolástica de Albernaz natural de Pindamonhangaba, filha de João Antunes de Brito e de Apolônia de Albernaz - Família  “Bento da Costa Preto” Cap. 3º.

Foram moradores na Paragem do Caí, Freguesia de Baependi, Termo da Vila de São João del Rei, onde Francisco faleceu aos 25-07-1769 e teve seu inventário aberto por sua mulher aos 23-05-1770 (neste site).

Segundo seu inventário foram seus filhos:

 

1- Francisco Antunes de Oliveira, batizado na freguesia de Santo Antonio da vila de S. Jose. Em Baependi-MG por 1761 casou com Maria Leme da Assunção, daí natural, filha de Marcelo Rodrigues (Tavora) e Andreza Leme (de Vasconcellos), família “Marcelo Rodrigues Tavora”, neste site.

(pesq. Moacyr Villela) casamentos de Baependi 1761- 1775. “Aos... (apagado).......... contraiu matrimonio Francisco Antunes de Oliveira natural e batizado na Freguesia de Santo Antonio da Vila de São Jose , filho legitimo de Francisco de Oliveira  Braga e de Escolastica de Albenas com Maria Leme da Assunção natural e batizada nesta mesma  Freguesia de Baependi filha legitima de Marcelo Rodrigues e de sua mulher Andreza Leme. Padre Manoel Pinto da Silveira”

Nota- o assento anterior é o primeiro do livro de casamentos de Baependi 1761-1775 e seguem outros com data de 1761

          Francisco faleceu em 26-01-1794 e Maria Leme em 22-10-1796, ambos sepultados na ermida de S. Bento do Campo Belo.

Lavras, MG aos 26-01-1794 faleceu Maria Lemes da Assunção casada com Francisco Antunes, sepultada no adaro da Ermida do Campo Belo filial desta matriz.

 

Lavras, MG aos 22-10-1796 faleceu Francisco Antunes de Oliveira, sepultado no adro da ermida de S. Bento filial desta matriz.

 

 

2- Maria de Oliveira Pedrosa   § 2º

 

3- Ana de Oliveira ou Ana Maria de Albernaz, batizada aos 16-08-1740 em Barbacena, sendo seus padrinhos Domingos da Costa e Ignacia dos Reis mulher de André Fernandes.

          Em Ibertioga-MG aos 11-11-1785 casou com José Francisco Pires, natural de Santa Maria, Vila Cova, Barcelos, Braga, Portugal, filho de Bento Manoel e Joana Francisca (pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória cas. 1751-1801 fls 12-verso)

          Ana faleceu aos 15-11-1796 e José Francisco Pires em Dezembro de 1775 (inventários de ambos e família “os Carvalho Duarte” Cap. 1º § 1º, neste site), deixando os filhos:

3-1 Manoel Francisco Pires, batizado em 05-04-1756. Declarando ter 25 anos em 1776 assumiu a tutela dos irmãos menores. Casou em 16-08-1775 com Maria Pereira de Jesus, filha de Francisco Gonçalves da Costa e Josefa Espirito Santo. Família  “Francisco Gonçalves da Costa”.

(pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, bat 1750-72 fls 71) Manoel, bat. em 5 abril 1756, Ibertioga, MG).

(Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, casamentos Ibitipoca 1751 a 1801 fls 85 verso.) Casou aos 16 agosto 1775 em Santa Rita do Ibitipoca, MG , com Maria Pereira de Jesus, filha de Francisco Costa e Josefa Espírito Santo

          Manoel faleceu sem testamento aos 18-10-1817 e teve seu inventário aberto na Fazenda Congonha da Bertioga que pertencera a seu pai, na qual era morador. Possuía também outras, nos arredores (Fazendas Mato Grosso e Cafundó) e terras na Aplicação do Quilombo, Estrada do Rio de Janeiro (Fazenda Bom Jardim do Ribeirão de Santa Ana). Tiveram, segundo o inventário de Manoel (neste site):

3-1-1 Rita, batizada em 15-06-1777 na capela de Santo Antonio da Bertioga.

Barbacena, MG aos 15-06-1777 na capela de Sto Antonio da Bertioga, filial desta mattriz, bat a Rita, f.l. de Manoel Francisco Pires e Maria Pereira de Jesus; foram padrinhos Francisco, filho de Francisco Gonçalves da Costa, e Ana Maria filha do defunto Jose Francisco Pires.

         Rita Francisca de Jesus (ou de São José), com 41 anos em 1818, casada com Antonio José Rodrigues falecido com 50 anos e sepultado no cemitério da Sra das Dores do Quilombo em 04-12-1819. Foi inventariado por Rita Francisca em 21-01-1820.

Barbacena, MG obitos - aos quatro de dezembro de mil oitocentos e desanove, no cemiterio da Sra das Dores do Quilombo desta freguesia de Barbacena, foi sepultado Antonio Jose Roiz de idade de cincoenta anos, casado com Rita Francisca de S. Jose. Recebeu todos os sacramentos.

 

Arquivo Histórico Municipal Prof. Altair José Savassi

Caixa: 09 Ordem: 21 Ano: 1820 Ofício: órfãos Cód.:1SVC

Documento: Inventário

Inventariado: Antônio José Rodrigues

Inventariante: Rita Francisca de Jesus

Data: 21-01-1820

Local: aplicação do Quilombo, freguesia e termo da vila de Barbacena, em casas de João Bras de Almeida//f.1

Disponibilizado por Adonias Ribeiro Franco e Adair Franco dos Reis

 

f.1v - Declaração da inventariante

- Natural de Barbacena

- Data de falecimento: 03-12-1818(?)

- Faleceu sem testamento

Filhos do casal:

1-Antônio José Rodrigues, solteiro, 16 anos

 

f.3v Bens de raiz

- uma morada de casas sitas no terreno da capela do Quilombo, valor 150$000

- uma fazenda de cultura, nome Bom Sucesso, composta de uma sesmaria, valor 850$000

 

f.9 Dona Rita Francisca de Jesus torna-se tutora dos bens do seu filho.

Obs: termo de tutela encontra-se na folha 21v e 22.

Rita Francisca e Antonio José tiveram filho único:

3-1-1-1 Antonio José Rodrigues, batizado em 01-11-1803. Solteiro em 1820.

Barbacena, MG batizados – aos 01-11-1803 na capela de Santa Rita bat. a Antonio fl. Antonio José Roiz e de Rita Franc.a; padrinhos: Manoel Franc.o Pires e Maria Per.a avós do batizado. (pesq. Adair Franco dos Reis)

 

3-1-2 Maria Madalena de Jesus, batizada aos 12-12-1779 em Santa Rita do Ibitipoca, (pesq. Nilza Cantoni: microfilme 1.252.364 Barbacena, lv 4 bat fls 9-verso) casada com José Martins de Mendonça. José Martins, provavelmente o filho de Bernardo da Costa de Mendonça e Maria Teresa de Jesus. Família  “Bernardo da Costa de Mendonça”.

 

3-1-3 Manoel Francisco Pires, nascido por 1782, em 1818 estava casado. Provavelmente o casado com Bernarda Maria de Jesus, filha de Bernardo da Costa de Mendonça e Maria Teresa de Jesus, com geração na família “Bernardo da Costa de Mendonça”.

 

3-1-4 Ana Francisca de Assis, nascida por 1783, casou duas vezes. Aos 05-02-1815 com Antonio Alves Pedrosa, falecido antes de 1818, ano em que sua viúva estava casada em segundas nupcias com Luiz Antonio Afonso. Antonio era filho de Gonçalo Alves Pedrosa e Luiza Antonia da Silva (família “Os Alves Pedrosa”)

pesq. Nilza Cantoni: microfilme 1.252.369 Barbacena, lv 2 cas fls 79-verso.); aos 05.02.1815, Bertioga, Antonio Alves Pedrosa f. Gonçalo Alves Pedrosa e Luiza Antonia, nat. Freguesia São João de Elvas, Barbacena, MG, c/c Ana Francisca de Assis, f. Manoel Francisco Pires e Maria Pereira, natural desta freguesia

Ana e Antonio tiveram a filha única:

3-1-4-1 Luiza Antonia de Assis, com 8 anos em 1824 no inventário do avô paterno. Casou com Bento José Coelho

 

3-1-5 João Francisco Pires, nascido por 1784. Aos 09-11-1808 casou com Luciana Maria de Jesus, filha de Bernardo da Costa de Mendonça e Maria Teresa - família “Bernardo da Costa de Mendonça”.

 (pesq. Nilza Cantoni: microfilme 1.252.369 Barbacena, lv 1 cas fls 216-v.); aos 09.11.1808, Garambeo, João Francisco Pires f. Manoel Francisco Pires e Maria Pereira, nat. Bertioga, c/c Luciana Maria Jesus, f. Bernardo da Costa de Mendonça e Maria Tereza, nat. Garambeo

Pais de, q.d.:

3-1-5-1 João, batizado aos 21-01-1810.

B7: Barbacena -Garambeo, aos 21-01-1810 João, f.l. de João Fran.co Pires e Luciana Maria, padr.: Manoel Francisco Pires e Maria Theresa de Jesus.

 

3-1-6 José, batizado aos 19-05-1799, não comparece no inventário paterno.

Barbacena - Batismos - Bertioga aos 19-05-1799 Jose, f.l. de Manoel Francisco Pires e Maria Per.ª de Jesus. Padr.: Antonio Carvalho Duarte e Maria Alz. mulher de Manoel --.ª. Todos desta freguesia

 

3-1-7 Joaquina Francisco Pires, com 17 anos em 1818, estava com casamento ajustado com Joaquim Xavier Ribeiro, português , com o qual de fato casou.

 

3-1-8 Francisco de Paula, nascido por 1804,

 

3-2 José Francisco Pires, batizado aos 17-12-1757 em Ibertioga-MG (pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, bat 1750-72 fls 104). Casou com a licença do juizado dos órfãos com Ana Joaquina de Moraes, filha de José* Esteves da Conceição* (*engano na declaração ou na transcrição). Ana Joaquina (tambem citada como Ana Joaquina de Andrade e Ana Joaquina de Jesus) era filha de João Esteves Esgueira e Maria Teixeira de Andrade, neta paterna de Antonio Mateus e Maria Francisca, neta materna de Domingos Lopes Chaves e Ana Correa de Moraes, família “Domingos Lopes Chaves”.

 

          José Francisco e Ana Joaquina tiveram os filhos, q.d.:

3-2-1 Maria Cândida de Moraes, batizada na Capela de Santa Rita, na Capela do Barroso aos 27-11-1811 casou com Manoel Gonçalves Barbosa, filho de Lourenço Pinto Barbosa natural da cidade do Rio de Janeiro, e de Maria de Jesus Monte, natural da freguesia de Prados, neto paterno de Manoel Pinto Cardoso natural do Lugar de Vilar, Bispado de Lamego e de Ignacia Barbosa, natural da freguesia da Candelária-RJ, neto materno de Antonio Gonçalves Monte natural do Termo de Barcelos Arcebispado de Braga e de Joana de Souza Caldas natural de Prados; família “Souza Caldas” (rodapé).

 

Barbacena - Barroso aos 27-11-1811 Manoel Glz Barbosa, f.l. de Lourenço Pinto Barbosa e Maria de Jesus Monte, n/b na freguesia de S. José; = Maria Candida de Moraes, f.l. de José Francisco Pires e Anna Joaquina de Moraes, n/b na capela de Santa Rita

 

Batismos  Barbacena - Barroso aos 05-10-1767 MARIA, f. de Lourenço Pinto Barbosa natural da freguesia da Candelária cidade do Rio de Janeiro e s/m Maria de Jesus Monte natural da freguesia de Prados; np de Manoel Pinto Cardoso natural da freguesia de N. Sra, do Odarro (?) lugar de Vilar, Conc. de S. Martinho Bispado de Lamego e s/m Ignacia Barbosa natural da freguesia da Candelária Rio de Janeiro; nm de Antonio Gls Monte natural da freguesia do Alheiro Termo de Barcelos Arc. de Braga e s/m Joanna de Souza Caldas natural da dita freguesia de Prados. Padr.: Jose Roiz Pontes, casado morador na vila de S. José e Teresa de Souza Caldas, viuva, moradora na freguesia de Prados.

 

3-2-2 Felicidade Perpétua, casou em Barbacena na Capela do Barroso aos 09-11-1823 com Bernardino de Souza Ladeira, filho de João Dias Ladeira e Maria Josefa de Santa Eufrasia (família “Manoel Dias Ladeira”).

Casamentos Barbacena - Barroso aos 09-11-1823 Bernardino de Sza. Ladeira, f. de João Dias Ladeira e Maria Josefa, da freguesia de Prados; = Felicidade Perpetua, f. de José Francisco Pires e Anna Joaquina, desta freguesia.

3-2-3 Marcos Francisco Pires, natural de Barbacena, em Prados aos 03-07-1816 casou-se com Cândida F. de Jesus, irmã de Bernardino de Souza supra.

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 03-07-1816 Marcos Francisco Pires, f.l. do Cap. Jose Francisco Pires e D. Anna Joaquina de Jesus, n/b na freg. de Barbacena = Candida Fr---lina (Francelina?) de Jesus, f.l. de João Dias Ladeira e D. Maria Josefa de Santa Eufrazia, n/b na freguesia de ----.

 

3-3 Ana Francisca Pires, nascida em 11-01-1760 e batizada em 21 do mesmo mês. Com casamento já acertado, conforme declaração de sua mãe. Aos 26 anos estava casada com João Garcia Pereira, filho de Portugal e vivia em fazenda própria.

(pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, lv bat 1750-1772 fls 128-v.) bat 21/01/1760, Bertioga, nasc. 11/01/1760. Ana f. José Francisco Pires natural de Santa Marinha Vila Cova Termo Barcelos Acerbispado Braga e de Ana Maria de Albernaz nat. desta freguesia Neta paterna de Bento Manoel e Joana Francisca nat. da dita freg. de Santa Maria (?). Neta materna de Francisco de Oliveira Braga e Escolastica Albernaz

        Ana Francisca faleceu em 13-03-1805 e João Garcia aos 21-03-1820 e foram inventariados no mesmo ano do falecimento. Tiveram segundo seus inventários (neste site, colaboração de Julio C.S. Moreira) os filhos:

3-3-1 Maria Josefa, com 26 anos em 1805. Em 1820 era viúva de Antonio Teixeira.

3-3-2 Ana Francisca, com 25 anos em 1805. Casou com Francisco Garcia de Mattos, irmão de José Garcia de Mattos (em 3-3-4), de Joana Maria (em 3-3-5), de Joaquim Garcia de Mattos (em 3-3-6) abaixo citados, filhos de José Garcia de Mattos e Maria Francisca.

(pesq. Nilza Cantoni:  microfilme 1.252.369 Barbacena, lv 1 cas, - fls 197, aos 03.02.1808, Santa Rita, Francisco Garcia de Mattos f. José Garcia de Matos e Maria Francisca, nat Itaberava, c/c Ana Francisca Pires f. João Garcia Pereira e Ana Francica, nat. desta

 

Ana e Francisco foram pais de, q.d.:

3-3-2-1 Manoel, batizado em Barbacena aos 22-01-1808, foram seus padrinhos os avós.

Barbacena  - Santa Rita aos 22-01-1809 Manoel, f.l. de Francisco Garcia de Mattos e Anna Francisca, padr.: João Garcia Pereira e Maria Francisca, avos do batizado.

3-3-3 Júlia Florinda de Assis, com 23 anos no inventário materno. Aos 15-02-1808 casou com Vicente Rodrigues de Oliveira, filho de Manoel Rodrigues de Oliveira e Isabel Dias.

Casamentos Barbacena - Santa Rita aos 15-02-1808 Vicente Roiz de Oliveira, f.l. de Manoel Roiz de Oliveira e Izabel Dias; = Julia Florinda de Assis, f.l. de João Garcia Pereira e Anna Francisca. Nts. e bts. nesta.

 

         Vicente faleceu em 10-06-1833 e foi inventariado em 1862 somente após o falecimento da nora. Até então Julia e seu filho único viviam em sociedade. Seu inventário, neste site, foi aberto na Fazenda Bom Jardim, distrito de São Francisco de Paula, termo da cidade do Paraibuna-MG, onde morava a família.

         Júlia faleceu na Fazenda da Boa Vista em S. Francisco de Paula aos 26-01-1877 e foi inventariada no mesmo ano (inventário neste site, colaboração de Paulo Cezar Ribeiro Luz).

3-3-3-1 José Vicente de Oliveira, com 48 anos em 1862. Foi casado com Mariana Carolina do Sacramento, filha do Alferes Antonio Pereira da Silva e Ana Teodora de Jesus.

Compareceram nos inventários dos avos paternos os filhos:

3-3-3-1-1 Francisco Rodrigues de Oliveira, com  23 anos em 1862. Estava casado em 1877.

3-3-3-1-2 José Vicente de Oliveira Junior, 21 anos. Inventariante da avó paterna, casado em 1877.

3-3-3-1-3 Antonio Vicente de Oliveira, batizado em 25-12-1842. Com 19 anos em 1862. Tambem casado em 1877.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Metropolitana de Juiz de Fora-MG - Igreja de São Francisco de Paula livro de 1842 a 1855, São Francisco de Paula, MG - batismos - batizei e pus os Santos Óleos, e crisma ao inocente Antonio, em 25 de dezembro de 1842, Antonio, fo leg de José Vicente de Oliveira e de Mariana Carolina do Sacramento. Padr : Antonio Theodoro da Silva e  Ana Cândida do Sacramento.

3-3-3-1-4 Joaquim Cândido de Oliveira, batizado em 06-01-1844. Com 18 anos em 1862. Casado em 1877

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Metropolitana de Juiz de Fora-MG. Igreja de São Francisco de Paula livro de 1842 a 1855, São Francisco de Paula, MG - batismos, aos 06 de janeiro de 1844, Joaquim, fo José Vicente de Oliveira e de Mariana Carolina do Sacramento. Padr : Francisco Rodrigues e Rita Maria Ferreira.

3-3-3-1-5 Maria da Glória de Oliveira, 16 anos. Casou com Cesário José Rodrigues, provavel filho de José Rodrigues Gomes e Mariana Lucia Perpetua. Geração na família “Francisco Rodrigues Guimarães”.

3-3-3-1-6 Manoel Vicente de Oliveira, 14 anos. Casado em 1877.

3-3-3-1-7 Vicente Rodrigues de Oliveira e Silva, 13 anos. Tambem casado em 1877.

3-3-3-1-8 Ananias Rodrigues de Oliveira, 10 anos. Casado em 1877

3-3-3-1-9 Carolina, batizada em 15-07-1855. Com 7 anos em 1862. Em 1877 estava casada com Antonio Ribeiro de Almeida.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Metropolitana de Juiz de Fora-MG - Igreja de São Francisco de Paula livro de 1842 a 1855, São Francisco de Paula, MG - batismos, aos 15 de julho de 1855, Carolina, fa do Alferes José Vicente de Oliveira e Mariana Carolina, padr.: Cap. Francisco Manuel Duque e Antonia Joaquina d’Assis.

3-3-3-1-10 Ponciano, 5 anos em 1855. Ponciano Rodrigues de Oliveira, casado em 1877.

3-3-3-1-12 Carlota, solteira com 15 anos em 1877.

3-3-3-1-13 Cristóvão, com 13 anos.

3-3-3-1-14 Ana, com 10 anos em 1877.

3-3-3-1-15 Olívia com 7 anos.

 

Foram filhos de José Vicente e Mariana, provavelmente falecidos na infância pois não foram citados nos inventários dos avos paternos:

João, aos 18-07-1847

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Metropolitana de Juiz de Fora-MG, Igreja de São Francisco de Paula livro de 1842 a 1855, São Francisco de Paula, MG - batismos, aos  18 de julho de 1847, João, fo de José Vicente de Oliveira e de Mariana Carolina do Sacramento. Padr.  Capitão –Mor Marcelino Gonçalves da Costa .

Ana, batizada em 18-11-1849

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Metropolitana de Juiz de Fora-MG - Igreja de São Francisco de Paula livro de 1842 a 1855, São Francisco de Paula, MG - batismos, aos Ana, batizada em 18 de novembro de 1849, Ana, fa. do Alferes José Vicente de Oliveira e de Mariana Carolina do Sacramento, np. de _______________ e de Julia Florinda de Assis e nm. do Alferes Antonio Pereira da Silva e de Ana Theodora do Sacramento. Padr. João  Ribeiro de Almeida e Francisca de Paula de Jesus moradora na aplicação do Rio do Peixe. Nasceu há cerca de um mês e quatro dias.

José, batizado em 02-02-1851

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Metropolitana de Juiz de Fora-MG, Igreja de São Francisco de Paula livro de 1842 a 1855, São Francisco de Paula, MG - batismos, aos aos 02 de fevereiro de 1851, José, fo de José Vicente de Oliveira  e de Mariana Carolina do Sacramento, padr.: Joaquim Candido Guimarães, por procuração Alferes Antonio Pereira da Silva e Mariana Leopoldina de São José, mulher de Antonio Theodoro da Silva.

 

3-3-4 Iria Francisca de Assis, com 21 anos em 1805. Aos 15-02-1808 casou com José Garcia de Mattos, filho de José Garcia de Mattos e Maria Francisca.

Casamentos Barbacena - Sta Rita aos 15-02-1808 Joze Garcia de Mattos, filho de outro e Maria Francisca, natural da freguesia de Itaberaba; = Iria Francisca de Assis, f.l. de João Garcia Pereira e Anna Francisca, natural desta.

3-3-5 Antonio Garcia Pereira, nascido por 1787. Aos 15-02-1808 casou com Joana Maria de Jesus, natural de Itaberaba, filha de José Garcia de Mattos e Maria Francisca. Antonio com 34 anos em 1820.

Casamentos Barbacena - Sta. Rita aos 15-02-1808 Antonio Garcia Per.ª, f.l. de João Garcia Pereira e Anna Francisca, natural desta e Joanna Maria de Jesus, f.l. de Jose Garcia de Mattos e Maria Francisca, natural da freguesia de Otaberaba.

3-3-6 Gertrudes Maria Domeciana, nascida por 1789. Aos 15-02-1808 casou com Joaquim Garcia de Mattos, irmão de Joana Maria de Jesus em 3-3-5.

Casamentos Barbacena - Sta. Rita aos 15-02-1808 Joaquim Garcia de Mattos, f.l. de Jose Garcia de Mattos e Maria Francisca, natural da freguesia de Itaberaba; = Gertrudes Maria Domeciana, f.l. de João Garcia Pereira e Anna Francisca, natural desta.

 

         Joaquim faleceu durante a inventariança do sogro, antes de 1820. Tiveram, q.d.:

3-3-6-1 Maria, batizada aos 24-02-1809

Barbacena - Santa Rita aos 24-02-1809 Maria, f.l. de Joaquim Garcia de Mattos e Gertrudes Maria, padr.: João Garcia Per.ª e Iria Francisca de Assis.

3-3-6-2 Rita, batizada aos 08-06-1810.

B7: Barbacena -Santa Rita aos 08-06-1810 Ritta, f.l. de Joaquim Garcia de Mattos e Gertrudes Maria, padr.: Vicente Roiz de Olivr.ª e Emerenciana Maria.

 

3-3-7 Joaquim Garcia Pereira, com 13 anos em 1805. Em 1820 estava casado.

3-3-8 José Garcia Pereira, com 12 anos. Em 1820, casado, foi o inventariante paterno.

3-3-9 Eufrásia, com 10 anos. Em 1820 estava casada com Vicente José de Oliveira

3-3-10 Esméria, com 9 anos em 1805. Faleceu antes do pai, não foi representada no inventário.

3-3-11 Emerenciana Maria de Jesus, com 8 anos. Casou com Simpliciano Garcia de Mattos

 

3-4 Francisco José Pires, com 16 anos em 1776, aos 24 anos vivia solteiro com sua mãe. Teve mais tarde seu casamento ajustado por sua mãe com Maria Joaquina, filha de Maria Vieira de Toledo, família “Manoel Vieira de Toledo”.

Filhos que encontramos em documentos:

3-4-1 Rita Esmeria ou Claudina de Jesus, batizada em Barbacena aos 13-06-1793. Casou com Manoel Inácio Franco, filho de Manoel José Franco e Inácia Maria de Santo Inácio.

Barbacena, MG Igreja N Sra da Piedade. Aos 13-06-1793 na capela de Santa Rita filial des matriz de Barbacena bat a Rita, f.l. Francisco Jose Pires e Maria Joaquina. Padrinhos Francisco Glz da Costa e Maria Alz, todos desta fregusia.

Geração de Rita e Manoel na família “Manoel José do Bem”, entre eles:

3-4-1-1 Francisco Inácio Franco, 1º testamenteiro da tia materna Ana Beralda de Oliveira

3-4-2 Ana Beralda de Oliveira fez seu testamento na Cachoeira do Mato Grosso, distrito de Santa Rita, aos 17-06-1858. Sem filhos, nomeou por testamenteiros e herdeiros das terras do Morro do Chapéu a: “Francisco Ignacio Franco, filho de minha irmã Rita Esméria = Manoel Pires Rabello, filho do meu irmão Joaquim José Pires = José Cândido Júnior, filho do meu irmão José Cândido; e a fazenda da Cachoeira da minha residência, e carro e os bois, e toda a mais criação, e a parte que tenho nas casas no arraial de Santa Rita pertence aos meus escravos”.

         Seu testamento foi aberto aos 17-10-1858 e seu inventário em 22-01-1859 (inventário neste site colaboração de Adonias Ribeiro Franco Júnior e Adair Franco dos Reis).

3-4-3 José Cândido Pires casou com Rita Fermina da Luz, filha de Francisco José Machado e Luiza Emerenciana Pires. Geração na família “Domingos Lopes Chaves”, entre eles:

3-4-3-4 José Cândido Pires (Junior) herdeiro da tia paterna Ana Beralda supra.

3-4-4 Joaquim José Pires provavelmente o casado com Ana Marques, filha de Domingos Marques Pereira e Rosa Maria de São José, neta materna de Jose Rabelo de Macedo e Maria de Carvalho Duarte, família “Carvalho Duarte” Cap. 9 § 7º. Pais de, pelo menos:

3-4-4-1 Manoel Pires Rabello, herdeiro da tia paterna Ana Beralda.

3-5 João Francisco Pires, batizado em 05-11-1764. Aos 18-11-1793 casou com Ana Maria de Jesus, filha de Antonio de Carvalho Duarte. Geração na família “Os Carvalho Duarte” Cap. 1º, neste site.

(pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, bat 1750-72 fls 206-v.), João bat. 5 novembro 1764, Ibertioga, MG

(pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, Cas Ibitipoca 1751-1801 fls 236.),Cc. 18 novembro 1793 em Ibertioga, MG

 

 3-6 Antonio, gêmeo de João acima, faleceu poucos anos depois de seu pai.

(pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, bat 1750-72 fls 206-v.) Nasceu em 10-04-1764 e foi batizado aos 5-11-1764, Ibertioga, MG

3-7 Maria Emerenciana de Oliveira, batizada em 09-08-1767. Casou com Francisco Lourenço de Figueiredo, provavelmente o filho de Manoel Lourenço Mancebo e Helena Leite de Figueiredo, família “Manoel Lourenço Rafael”.

(pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, bat 1750-72 fls 257-v.) batizada em 9 agosto 1767, Ibertioga, MG

Maria Emerenciana faleceu em Cabo Verde aos 22-01-1815:

(pesq. Silvia Buttros) Livro de óbitos de Cabo Verde-MG aos 22/01/1815, no bairro das Anhumas, Maria Emerenciana de Oliveira, casada com o Guarda Mor Francisco Lourenço de Figueiredo, de 43 anos pouco mais ou menos, natural da Vila de Barbacena, Bispado de Mariana. Faleceu de moléstia interna. Não fez testamento.

Pais de, q.d.:

3-7-1 Nicacio, batizado aos 25-12-1794.

B7: Barbacena - Bertioga aos 25-12-1794 Nicacio, f.l. de Fran.co Lou.co de Fig.do e Maria Emerenciana de Olivr.ª, padr.: Jose Per.ª Ramos, solteiro.

 

 3-8 Rosa Jacinta do Sacramento, nascida por 1767, em 1796 estava casada com João Leite de Oliveira

 

3-9 Andreza Maria de Oliveira, com mais ou menos 4 anos quando morreu seu pai, em 1796 estava casada com João Crisóstomo Vieira, filho de Maria Vieira de Toledo. Pais de, q.d.:

3-9-1 Francisca de Paula de Oliveira, batizada aos 12-10-1800. Aos 19-01-1815 casou com Manoel Afonso Pereira, filho de outro do mesmo nome e Ana Rosa.

Barbacena - Batismos - Bertioga aos 12-10-1800 Francisca, f.l. de João Crisostemo Vieira e s/m Andreza Maria de Oliveira. Padr.: Manoel Vieira de Toledo e Anna Francisca Peres.

 

B7: casamentos Barbacena - Bertioga aos 19-01-1815 Manoel Afonso Per.ª, f.l. de outro e de Anna Roza, n/b freguesia de Prados = Francisca de Paula de Oliveira, f.l. de João Crisostomo Vieira e de Andreza Maria, n/b nesta.

 

3-10 Luciana Maria Cândida de Jesus (ou de Oliveira), de dois para três anos, aos 20 vivia com sua mãe no estado de solteira. Aos 02-07-1798 casou com José Pedro de Gouvêa, filho legitimo de Pedro da Silva de Gouvêa, e Perpétua Maria de Oliveira, família José de Gouvea”.

 

4- Apolônia Ângela de Albernaz, nascida aos 02-05-1743 e batizada aos 15 em Barbacena, teve por padrinhos Antonio Dias e Antonia de Freitas, solteira, filha de Manoel de Barros. Casou com Manoel de Souza Passos.

Barbacena-MG, Batismos, - nasceu aos 02-05-1743 PELLONIA, fa. de Francisco de Oliveira e s/m Escollastica de Albernas, batizada aos 15 do dito, padr.: Antonio Dias e Antonia de Freitas, solteira, filha de Manoel de Barros. Npaterna de Antonio de Oliveira e s/m Ângela Fran.ca, nmaterna de João Antunes e s/m Pellonia Albernas, naturais da freguesia de Penhihanhava (Pindamonhangaba), deste bispado.

 

Apolônia fez seu testamento na Boa Vista em 18 de fevereiro de 1800, nomeou testamenteiros em 1º o marido Manoel Souza Passos, em 2º seu filho Manoel de Souza Passos e em 3º seu genro Francisco Xavier de Barros. Apolônia faleceu em 03-09-1800 em Barbacena. Na abertura do testamento seu viúvo declarou ter ”Acrescida idade de oitenta e um anos e as moléstias que me acompanham me impossibilitam a pegar a administração deste testamento, e por isso passo ao segundo nomeado. Santa Rita, 18 de outubro de 1800. Manoel de Souza Passos.”

Manoel e Apolônia  tiveram sete filhos (situação em 06-02-1801), segundo inventário desta (neste site, colaboração de José Olinto Xavier da Gama):

 

4-1 Manoel de Souza Passos, 2º testamenteiro materno, casado com Custódia Maria, filha de Manoel Lourenço de Barros e Maria do Rosario; família “Manoel Lourenço de Barros”.

Pais de, pelo menos:

4-1-1 Ana Custódia de Souza, natural de Barbacena onde aos 22-02-1808 casou com José Basilio Nogueira, natural de Baependi, filho de Maria Nogueira do Prado e seu segundo marido José Rodrigues da Fonseca, neto paterno de José Rodrigues da Fonseca e Ana Madureira, neto materno de Tomé Rodrigues da Fonseca e Maria Leme do Prado, família “José Rodrigues da Fonseca”, neste site.

B7: casamentos Barbacena - Santa Rita aos 22-02-1808 Jose Basilio Nogr.ª, f.l. de Joze Roiz da Fon.ca e Maria Nogr.ª, natural da freguesia de Baependi; = Anna Custodia de Sza., f.l. de Manoel de Souza Passos e Custodia Maria, natural desta.

 

        No rol de seus irmãos, filhos de Maria Nogueira in SL. 6º, 432, 6-6, José Basilio é citado como José Custódio, assim como no testamento da irmã Rita Custódia Nogueira, de quem foi 3º testamenteiro.

 

Ana Custódia e José Basilio foram pais de, q.d.:

4-1-1-1 Maria, batizada em 08-12-1808. Maria Custódia, herdeira da tia paterna Rita: “declaro por minha universal a minha sobrinha Maria Custodia, filha de meu 3º testamenteiro Jose Custodio Nogueira e se ela falecer primeiro do que eu, neste caso, declaro e instituo por minhas universais herdeiras as irmãs da mesma que existirem solteiras por meu falecimento.”

B7: Barbacena-MG - Sta. Rita aos 08-12-1808 Maria, f.l. de Jose Basilio Nogra. e Anna Costodia, padr.: Manoel de Souza Passos e s/m Costodia Maria.

 

4-1-1-2 Manoel, batizado em Santa Rita aos 10-12-1809

B7: Batismos Barbacena-MG - Santa Rita aos 10-12-1809 Manoel, f.l. de Jose Bazilio Nogr.ª e Anna Costodia, padr.: Manoel de Souza Passos avo, e Ritta Maria, tia.

4-1-1-3 José Basilio Nogueira Junior, com 27 anos em 27-08-1837, casou com Maria Luiza do Sacramento, com 14 anos, filha do Sargento Mor José de Mattos Lima e Luiza Maria do Sacramento

Itaverava, MG matr - aos 27-08-1837 nesta matriz da Itaverava Jose Basilio Nogueira Junior, de idade de 27 anos, filho de Jose Basilio Nogueira e Ana Custodia de Souza, lavrador, natural da freg. do Pomba = cc Maria Luiza do Sacramento, de idade de 14 anos, f. do Sargento Mor Jose de Mattos Lima e D. Luiza Maria do Sacramento, natural desta freguesia. Test.: Padre Agostinho Cesario Andrade e Alf. João Fernandes Leão.

Pais de, pelo menos:

4-1-1-3-1 José Basilio Nogueira, batizado em 03-09-1848 no Rio Pomba. Casou com Maria Rosa Rodrigues Santa Ana, filha de Manoel Lopes de Faria e Maria Galdina de Santana, neta materna de Antonio Carlos Machado e Maria Pedrosa Rodrigues Valle.

José Basilio faleceu aos 16-09-1911 e Maria Rosa em 11-05-1925, ambos em Manhuaçu-MG. Geração na família “João Pereira Themudo” Cap. 2º

 

4-1-2 Rita, batizada aos 06-06-1795.

B7: Barbacena bat. - Sta. Rita aos 06-06-1795 Ritta, f.l. de Manoel de Souza Passos e Costodia Maria, padr.: Padre Agos.to Vidal Pinr.º e Monica Maria mulher de Jose Mrz.

 

4-2 Antonio de Souza Passos, batizado em 1765 na capela de Santa Rita, filial de Barbacena. Em Aiuruoca aos 04-06-1792 casou com Margarida Ignacia de Jesus, filha de João Inácio Xavier e Margarida Carvalho da Encarnação - aportes à GP: Margarida Carvalho - SL. III, 58, 4-1, neste site.

Barbacena, MG no ano de 1765 na capela de Santa Rita, filial desta matriz, bat a Antonio, f.l. Manoel de Souza Passos e Apolonia Angela de Açbernaz. Foram padrinhos Antonio de Souza Passos e Luiza Maria de Mendonça, solteira. E por não aparecer este assento nos livros dos batizados desta matriz, me informei de pessoas fidedignase o lancei neste de Suplementos dos mesmos aos 12 de maio de 1792.

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas.- aos 04 jun 1792 cap. Madre de Deus - Antonio de Souza Passos, f.l. de Manoel de Souza Passos e Apolonia Ângela de Albernaz, n. e b. freg. vila de Barbacena; c/ Margarida Ignacia de Jesus, f.l. de João Ignacio Xavier e de Margarida Carvalho da Encarnação, n. e b. freg. da Senhora do Pillar da vila de S. João del Rei.

 

          Margarida Ignacia de Jesus era filha de João Ignacio Xavier e Margarida Carvalho da Encarnação casados em Guaratinguetá-SP em 1764, neta paterna de João Inácio Xavier e Maria da Encarnação, neta materna de Antonio de Carvalho Marques e Maria da Motta Paes (SL. 3º, 58, 4-1).

Casamentos de Guaratingueta - 1764; Copia de Gastão de Meireles França; RGB nº 7: N.º 452 - João Inácio Xavier, do Rio de Janeiro, filho de João Inácio Xavier e Maria da Encarnação; n.m. de João Garcia e Maria Leal, todos das Ilhas, com Margarida Carvalho, desta, filha de Antonio Carvalho Marques e Maria da Mota; n.p. de Bartolomeu Francisco e Ana Carvalho, naturais de Basto; n.m. de Pedro da Mota, de S. Sebastião e Margarida Bicudo, de Pinda.

 

          Antonio e Margarida Inácia tiveram os filhos, q.d.:

4-2-1 Francisco, batizado em Santa Rita aos 03-08-1794

B7: Batismos Barbacena-MG - Santa Rita aos 03-08-1794 Francisco, f.l. de Antonio de Souza Passos e Margarida In.ca, padr.: Jose do Carmo de Olivr.ª e In.ca tia do batizado.

4-2-2 José, aos 21-12-1803

B7: Batismos Barbacena-MG - Santa Rita aos 21-12-1803 Jose, f.l. de Antonio de Souza Passos e de Margarida Inacia, padr.: João de Almeida Ramos e s/m Thereza Maria.

4-2-3 Antonio, aos 23-04-1810

B7: Batismos Barbacena-MG -Santa Rita aos 23-04-1810 Antonio, f.l. de Antonio de Souza Passos e Maria In.ca, padr.: Joaquim In.co Franco e sua irmã Manoela In.ca.

 

4-3 Francisca, batizada em 01-09-1771. Solteira em 1801.

Barbacena, MG aos 01-09-1771 na capela de Sta Rital filial desta matriz bat a Francisca, f.l. de Manoel de Souza Paços, n. da freg. de S. Andre de Sobrado comarca de Penafiel Bispado do Porto, e de Pelonia Angela de Albernaz, n. da freg. de N. SRa da Piedade da Borda do Campo Bispado de Mariana, neta paterna de Manoel Gaspar e de Izabel, e neta materna de Francisco de Oliveira e Escolastica de Albernaz. Foram padrinhos Francisco Gomes, solteiro e Ana filha de Jose Francisco Pires

4-4 Mariana, casada com José do Carmo de Oliveira, filho de Luiz Pires Mondim e Antonia da Luz, família “João Delgado de Oliveira”.

4-5 Escolástica, casada com Francisco Xavier de Barros

4-6 Maria, casada com Gabriel Francisco

4-7 Joaquina Angela de Souza, 23 anos mais ou menos, solteira em 1801. Em 1815, solteira e cega, era tutelada por Pedro Francisco de Gouvea.

ARQUIVO HISTÓRICO MUNICIPAL PROF. ALTAIR JOSÉ SAVASSI

CX:49 ORD:10 ANO:1815 CÓD:2SVC OF:Órfãos

DOCUMENTO: Notificação para contas de tutela

Notificado: Pedro Francisco de Gouveia - tutor

Curatelada: Joaquina Ângela de Souza

Notificante: Juízo de órfãos

Filiação: Manoel de Souza Passos - falecido

Local e data: Santa Rita de Ibitipoca, comarca do Rio das Mortes, aos 11/20/1815

Disponibilizado por Adonias R. Franco Jr.

 

f.3

Auto de Contas e Termo de Juramento

Local e data: 11-10-1815, Vila de Barbacena

Estado da herdeira Joaquina //f.3v

Vive sob companhia do curador, é solteira, sem outra moléstia, sendo cega, tem bom juízo e entendimento. Os bens da herdeira se encontram em poder do curador.

OBS.: foi dado contas de todos os bens da curatelada ao juízo de órfãos.

 

5- Escolástica de Oliveira Pedroso (ou Escolástica Maria de Albernaz), nascida aos 19-09 e batizada em Barbacena aos 02-10-1745, teve por padrinhos Miguel Pereira e Rita Maria da Conceição.

Batismos, Barbacena-MG - aos 02-10-1745 ESCOLASTICA, nascida aos 19-09, f.l. de Francisco de Oliveira Braga, natural da cidade de Braga e s/m Escolástica de Albernas, natural da freguesia de Pindamonhangaba, deste bispado; np de Antonio de Oliveira e Ângela Francisca; nm de Joam Nunes de Brito e de Apolonia de Albernas. Padr.: Miguel Pereira e Rita Maria da Conceição.

          Aos 25-04-1768 casou com Manoel Brás de Almeida, natural da freguesia de S. Miguel das Marinhas Arcebispado de Braga, filho de João Braz e Ângela Martins de Almeida.

(pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, lv cas 1751-1801 fls 49-v.) Aos 25.04.1768, Santa Rita, Manoel Braz de Almeida nat Freg. S. Miguel das Marinhas arceb. Braga, f. João Braz e Angela Miz de Almeida, c/c Escolástica de Oliveira Pedroso desta freguesia, filha Francisco de Oliveira Braga e Escolastica de Albernaz. Testemunhas João Martins da Costa e Antonio Martins Costa

Escolástica faleceu em 12-03-1796:

Barbacena,MG Igreja N. Sra da Piedade obitos - aos 12-03-1796 fal. Escolastica Maria mulher de Manoel Bras de Almeida, sep. dentro da capela de Santa Rita filial desta matriz.

Pais de, q.d.:

5-1 Teresa, batizada aos 28-01-1769 em Ibertioga-MG (pesq. Nilza Cantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG, bat 1750-72 fls 289.). Faleceu em Barbacena aos 20-06-1784.

B7: óbitos - Igreja Nossa Senhora da Piedade (Barbacena-MG) aos 20-06-1784 fal. Tereza, adulta, f. Manoel Bras de Almeida, sepultada na Cap. Sta. Rita.

 

5-2 Eulália Maria, nascida aos 02 e batizada aos 12-07-1770 na Capela de Santa Rita.

batismos  Barbacena - Sta Rita aos 12-07-1770 EULALIA nascida aos 02, f.l. de Manoel Brás de Almeida e Escolástica Maria de Albernás. Padr.: Manoel Souza Passsos e Antonia Ribeira mulher de Francisco Coelho Guimarães.

          Casou primeira vez com Francisco Coelho Guimarães. Segunda vez aos 01-05-1808 casou com Florido José da Silva, natural da freguesia da Sra da Vitória da cidade do Porto, filho de Ventura Jose da Silva e Quitéria Maria.

(Matrimônios Barbacena 1795 – 1808) Capela de S.ta Ritta, aos 01-05-1808, Florido José da Silva, fl. Ventura José da S.a e de Quitéria M.a, n.al da freg.a de Sr.a da Vitória da cid.e do Porto=== e Eulália Maria de Almd.a, viúva de Fran.co Coelho Guim.es; tt.as: José Ribr.o de Almd.a e João Bras de Almd.a (pesq. Adonias Ribeiro Franco).

 

Eulália e Francisco Coelho tiveram os filhos, q.d.:

5-2-1 Tereza, batizada em 1794, afilhada do avô materno.

Batismos - Santa Rita ano de 1794 TEREZA, f.l. de Francisco Coelho Guimarães e Eulália Maria. Padr.: Manoel Bras de Almeida avo da batizada e Ritta Maria de São José, tia, todos desta freguesia. E por não aparecer este assento nos livros dos batizados, me informei de pessoas fidedignas e o fiz lançar neste de Suplementos dos mesmos assentos.

         Teresa Maria de Almeida, aos 28-11-1811, casou com Manoel Brás, exposto em casa de Manoel Brás de Almeida e batizado em 16-09-1792.

(Barbacena, matrimônios 1795 – 1812) na Ermida da Sra das Dores do Quilombo, aos 28-11-1811, Manoel Bras exposto em casa de outro e Teresa Maria de Almeida, fl. de Fran.co Coelho Guim.es e Eulalia Maria, ambos naturaes e batizados nesta freg.a de Barbacena; tt.as: João Bras de Almeida e José An.to Maxado (pesq. Adonias Ribeiro Franco).

 

Batizados Barbacena, MG - Capela de S.ta Ritta, aos 16-09-1792, Manoel, exposto em casa de Manoel Bras de Almeida; padr.os: o mesmo e sua filha Eulália Maria desta freg.a. E por não aparecer este assento nos livros dos batizados me informei de pessoas fidedignas e o fiz lançar neste de suplementos (pesq. Adonias Ribeiro Franco).

5-2-2 Manoel Coelho Guimarães aos 19-05-1817 casou com Joaquina Luiza da Silva, filha de Miguel Pereira da Cunha e Ana Joaquina da Silva.

B7: casamentos Barbacena - matriz de S. João del Rei aos 19-05-1817 Manoel Coelho Guimarães, f.l. de Francisco Coelho Guimarães e Eulalia Maria de Almeida; = Joaquina Luiza da Silva, f.l. de Miguel Pereira da Cunha e Anna Joaquina da Silva. Nts. e bts na freguesia de Barbacena.

 

6- Bento Antunes de Oliveira, nascido aos 17-04 e batizado aos 03-05-1748 em Barbacena.

 

7- Theresa Maria de Oliveira, solteira, de idade de dezoito para dezenove anos. Em Baependi aos 23-09-1771 casou com Francisco Martins da Luz, natural de Baependi, filho de Manuel Martins Covas e de Maria da Silva da Luz. Geração na família “os Martins Covas” Cap. 1º, neste site.

Em Baependi 23-09-1771 Francisco Martins da Luz, natural de Baependi, filho de Manuel Martins Covas e de Maria da Silva da Luz com Teresa Maria de Oliveira, natural da Borda do Campo, filha de Francisco de Oliveira Braga e de Escolástica Albernaz (pesquisa de Paola Dias)