PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

SOUZA-CALDAS

Acréscimos à Genealogia Paulistana e Fluminense

(atualizado em 04-maio-2016)

 

 

Bartyra Sette

 

 

Encontramos várias famílias deste apelido no sul de Minas Gerais, aparentemente sem vínculo entre si.

 

Esta teve como tronco o casal Batista Caldas Castro, que aportou o “Caldas”, e sua mulher Luiza de Souza Cordeiro, responsável pelo “Souza”.

 

Em princípios do século XVIII, Batista e Luiza moravam na região do recôncavo fluminense onde batizaram alguns filhos.

 

Provavelmente seguindo a corrente migratória em direção às minas de ouro, a família transferiu-se para a região de Tiradentes onde nasceram outros filhos e deixaram geração

 

Capitão mor Batista de Caldas Castro e Luisa de Souza Cordeiro foram pais de, q.d.:

 

1- Paulo de Souza Caldas, natural de Tiradentes-MG, casou duas vezes. Em Baependi-MG aos 05-06-1747, viúvo de Rosa Maria Moreira, casou com Eufrosina Domingues do Prado, nascida em Taubaté-SP, filha de Salvador Gil do Prado e Escolástica Domingues - família “Amaro Domingues”, neste site.

Baependi,MG matr - aos 05-06-1747 nesta igreja de N. Sra de Monserrate de Baependi e testemunhas Antonio de Souza Caldas e João do Prado. Paulo de Souza Caldas, natural da vila de S. Jose desta comarca, f.l. do Cap. Mor Batista de Caldas Castro, já defunto e Luiza de Souza, viúvo de sua primeira mulher Rosa Maria Moreira = cc Eufrosina Domingues do Prado, natural  da vila de Taubate bispado de S. Paulo, f.l. Salvador Gil do Prado e Escolastica Domingues.

Paulo e Eufrosina tiveram, q.d.:

1-1 Maria Teresa de Jesus casou aos 23-02-1784 com Manoel Francisco da Costa, filho de Bernardo Homem da Costa e Maria Luiza Antonia, família “Henrique Cardoso Leal”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 23-02-1784 Manoel Francisco da Costa, f.l. de Bernardo Homem e Maria Luiza, n/b freguesia de N. Sra. da Conceição dos Carijos = Maria Theresa de Jesus, costureira, filha natural digo legitima de Paulo de Souza Caldas e Eufrozina Maria, já falecidos, n/b freguesia Prados.

 

1-2 Maria Joaquina de Souza aos 18-05-1783 casou com Luiz Dias de Carvalho, filho de Jacob Dias de Carvalho e Francisca Pereira da Silva. Família “Manoel Pereira da Silva” Cap. 1º.

B7: casamentos Barbacena, aos 18-05-1783 capela Sta. Ana do Barroso, Luiz Dias de Carvalho, f.l. de Jacob Dias de Carvalho e de Fran.ca Per.ª da S.ª, n/b nesta freguesia; com Maria Joaquina de S. Eufrasia, f.l. de Paulo de Souza Caldas e de Eufrasia Maria do Prado, n/b na freguesia de Baependi.

 

2- Pedro Vaz de Souza, mencionado no testamento do irmão Antonio abaixo: “meu irmão Pedro Vaz de Souza”

 

3- Maria Souza Caldas, da Freguesia de S. Gonçalo do Macacu-RJ, casou com o Sargento Mor Manoel Dias Ladeira, freguezia de Sam Miguel Arcanjo de Fermela do Bispado de Coimbra. Maria faleceu viúva, com mais de noventa anos e demente. Em 29-04-1794 Maria faz partilha de seus bens. Geração na família “Manoel Dias Ladeira” e inventário neste site.

 

4- Rosa Maria de Souza aos 06-01-1731 casou com José Martins Santos, natural de São Cosme Bispado do Porto filho de João Martins e de Maria Gonçalves

Polis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG). - casamentos, matriz, fls. 16, livro 1-A (1731-1741) fls. 104, 06/01/1731, Ibitipoca, Joseph Martins Santos, natural de São Cosme Bispado do Porto filho de João Martins e de Maria Gonçalves, com Roza Maria de Souza filha de Batista de Caldas e de Luisa de Souza Cordeira.

 

Rosa Maria, já falecida em 1758, e José tiveram pelo menos a filha:

4-1 Joana Maria de Souza e Castro, natural de Tiradentes. Em Prados aos 30-01-1758 casou com Sarg. Mor Antonio José Barreto, natural da Sé de Braga e filho de Miguel de Araujo Barreto e Rufina Barreto. Tronco da família “Antonio José Barreto”, neste site.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 30-01-1758 nesta matriz de N. Sra da Conceição dos Prados e testemunhas o Revdo João de Rezende Costa e Manoel Ferreira da Cunha.  Antonio Jose Barreto natural e batizado na freguesia da Sé da cidade de Braga, filho legitimo de Miguel de Araujo Barreto e D. Rufina Barreta = cc Joana Maria de Souza n/b na freg. de Santo Antonio da vila de S. Jose desta comarca do Rio das Mortes, f.l. Jose Martins dos Santos e Rosa Maria de Souza, já defunta.

 

5- Alferes Antonio de Souza Caldas casou duas vezes. Primeira vez com Teresa de Azedias, batizada na Freguesia de Nossa Senhora da Piedade de Magé-RJ, filha de Alferes José de Serra e Ana de Azedias.

          Antonio casou segunda vez com Ana Maria da Conceição, nascida em Aiuruoca, filha do Capitão Cosme do Rego Barros e de sua mulher Maria Barbosa Lima. (família “Os Barbosa Lima” II, Cap. 1º).

Faleceu com testamento (neste site) aberto aos 18-08-1776. Sem geração de ambos os matrimônios.

 

José de Serra e sua mulher Ana de Azedia, ambos de antigas famílias fluminenses, são citados por Carlos G. Rheingantz em sua obra “Primeiras Famílias do Rio de Janeiro”. Segundo o autor, casaram na Igreja de São José-RJ aos 25-01-1725, casamento registrado no Livro da Sé, 5º, 107v. (PFRJ vol 1,143, IV-2)

 

Seguindo Rheingantz:

Alferes José de Serra nasceu em Magé por volta de 1695, filho de outro José de Serra e Doroteia Alvarenga, neto paterno de Francisco de Serra, este filho de Antonio da Serra e Gracia Nunes, moradores na Vila de Bajona, Bispado de Tuí, reino da Galicia.

Francisco de Serra casou no Rio (Sé, 1º, 38) a 27-09-1621 com Beatriz de Muros, filha de Domingos de Muros e Maria Rodrigues, naturais do RJ. (PFRJ vol. 3, Serra, fls. 146 e 147 e vol. 2º, 653).

 

Domingos do Muro foi genro de Gonçalo Pires c.c. Beatriz Pires, dos “Pires” povoadores de Santo André e São Paulo:

Datas (neste site): 36. Francisco Ribeiro e Domingos do Muro - 31/10/1598 - Genros de Gonçalo Pires

 

Voltando a Rheingantz:

Ana de Azedias (Machado) era filha de Antonio Pacheco Barreto e Ana de Azedias, neta paterna de Antonio Ferreira Travassos e Isabel Barbosa; neta materna de Aleixo Vaz (filho de Antonio Vaz e Ana Vaz) e Agueda Pimentel casados no Rio de Janeiro aos 13-05-1674 (Sé, 2º, 43v). Por Agueda, bisneta de Manoel Tavares Pacheco e Ana de Azedias (PFRJ vol. 1º,142, III-1)

Por sua vez esta Ana de Azedias foi filha de Manoel de Azedias Valadão e Vitória Rodrigues Machado, esta filha de Ana Rodrigues e Domingos Machado (Vol 2, 476) citado como Luiz Machado Homem no Vol 1, 141.

Ana Rodrigues, segundo Rheingantz vol 2, 476, era filha de Jordão Homem da Costa e Apolonia Rodrigues (ou Domingues).

 

Segundo Marcelo do Amaral Bogociovas in Revista ASBRAP 11, fls 109,

Ana Rodrigues (ou Ana da Costa) casada com Domingos Machado era filha de Jordão Homem da Costa e Apolônia Rodrigues ou Domingues

 

6- Tereza de Souza Caldas, natural da freguesia de S. Gonçalo do Reconcavo do Rio de Janeiro, casou duas vezes. Com Cristovão Pereira de Mello, natural da freguesia de Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto, falecido em 21-09-1734. Foram proprietários de uma chácara no lugar do Pinhão, arraial de Prados.

Prados,MG Igreja N. Sra da Conceição obitos aos 21-09-1734 dei sepultura nesta matriz dos Prados a Cristovão Pereira de Mello, casado com Teresa de Souza e morador nesta freguesia. Deixando por seus testamenteiros a Antonio da Silva Deserto()?), João Gonçalves de Moura e Manoel Dias Ladeira. Deixando no dito testamento e Codicilo os legados pios seguintes (...).

No testamento mandou dar 200$000rs a sua mãe moradora na cidade do Porto e no codicilo 100$000rs sendo viva e sendo morta se mandara dizer em missas.

          Segunda vez aos 06-02-1737 com Cap. José Viçoso, natural de S. Miguel de Alfama, filho do Sargento Mor Francisco Viçoso e Maria da Cunha.

Prados,MG Igreja N. Sra da Conceição. Aos 06-02-1737 nesta matriz, Jose Viçoso, natural da freguesia de S. Miguel de Alfama da cidade de Lisboa Oriental, f.l. Sargento Mor Francisco Viçoso e de Maria da Cunha = cc Teresa de Souza Caldas, n. da freguesia de S. Gonçalo do reconcavo do Rio de Janeiro, f.l. Cap. Mor Batista de Caldas e Luiza de Souza Cordeira, viúva de seu primeiro marido Cristovão Pereira de Mello. Test.: Domingos ---- Magalhães e Bento da Costa Silva.

            Sargento Mor Francisco Viçoso natural de Setubal, filho de Andre Viçoso e de Brites da Rocha, casou na cidade de Lisboa com Maria da Cunha. Viúvo, testou em Prados aos 25-09-1745 e faleceu em 26-03-1748. Declarou três filhos de seu casal: José Viçoso e os falecidos Sebastião Viçoso e Maria Viçosa.

Prados, Mg Igreja N Sra da Conceição aos 26-03-1748 faleceu o Sargento Mor Francisco Viçoso, natural da vila de Setubal, f.l. de Andre Viçoso e de Brites da Rocha e casado na cidade de Lisboa com Maria da Cunha, ja defunta, da qual é viuvo e morador nesta freguesia de Prados. Faleceu sem sacramentos por ser a morte apressada de um acidente. Esta sepultado dentro da matriz desta dita freguesia e tinha seu solene testamento.

O Padre Manoel Gomes da Costa coadjutor desta freguesia de N Sra da Conceição dos Prados certifico que é verdade (....) me foi apresentado o seu testamento solene:

Em nome da Santissima Trindade (...) aos 25-09-1745 eu Francisco Viçoso (...) faço este testamento.

 Encomenda a alma.

Testamenteiros a meu filho Joseph Viçoso e ao Sr. Alf. Antonio Gonçalves Possa, e ao Sr. Bernardo Rodrigues Dantes moradores nesta freguesia.

Encomenda missas pela alma do pai, da mãe, da filha Maria, do filho Sebastião.

Sou natural da vila de Setubal, f.l. de Andre Viçoso e de Brites da Rocha. Fui casado na cidade de Lisboa com Maria da Cunha, já defunta. Da dita minha mulher tive tres filhos: Sebastião Viçoso, já defunto, Joseph Viçoso morador nesta freguesia, e Maria Viçoso já defunta. E o dito Joseph Viçoso, meu filho, é meu herdeiro.

Declara bens, devedores e dividas. Declaro que o dito Joseph Lopes Pereira dira se cobrou de João Gomes Salgado morador na vila de Pintangui, o que me devia. Declaro que o dito João Gomes Salgado me dizem é já defunto e foi casado com uma filha do Cap. Luiz Marques e me dizem esta em casa de seu pai e é cunhado do Cap. Mor Mathias Gonçalves Moynhos (...)

Prados aos 25-09-1745 e eu Fernando Joseph da Silva morador neste arraial dos Prados que a rogo do testador o escrevi.. Francisco Viçoso.

Aprovação 26-09-1745

E não se continha mais no dito testamento que aqui tresladei. Prados 26-03-1748

          Capitão José faleceu aos 03-08-1758 com testamento. Sem geração:

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição obitos. Aos 03-08-1758 faleceu o Cap., Jose Viçoso, casado que foi com Teresa de Souza Caldas. Foi sepultado nesta matriz, Fez seu testamento: (...) rogo a meu compadre Antonio Glz Poça, ao Cao. Mor Pedro Teixeira de Carvalho e ao Alf. Antonio Glz Monte queira ser meus testamenteiros.

Sou natural de Setuval, f.l. Sarg. Mor Francisco Viçozo e que sou casado com Teresa de Souza Caldas e que não tenho herdeiros forçados ascendente nem descendente.

Nomeio e instituo por universal herdeira de tudo o que depois de pagas as minhas dividas e cumpridos os meus legados restar de minha fazenda a minha alma.

Legados aos afilhados.

Sitio do Campo dos Prados aos 27-07-1758 Joseph Viçozo.

          Tereza testou em 22-01-1789 e faleceu em 25-04-1792. Sem geração do segundo matrimônio, declarou os sete filhos do primeiro:

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição obitos - aos 25-04-1792 faleceu D. Teresa de Souza Caldas viuva do Cap. Jose Viçozo. Sepultada dentro desta matriz de Prados

Testamento: (...) eu Teresa de Souza Caldas faço este testamento.

Testamenteiros: Ten. Antonio Gonçalves Montes, ao Ten. Antonio Teixeira de Carvalho e a Manoel Gonçalves Montes.

Sou natural do Rio de Janeiro da freguesia de S. Gonçalo, f.l. Batista de Caldas Castro e Luiza de Souza Caldas. Fui casada com Cristovão Pereira de Mello de cujo matrimonio tive sete filhos: Atanasio = Antonio = Tomas = Agostinho = Francisca = Maria e Joana, dos quais só Agostinho não herda por ter falecido clerigo e sem herdeiros.

Declara bens - dividas - devedores -

Declaro que segunda vez fui casada com o Cap. Jose Viçoso de cujo matrimonio não tive filho algum e da sua ametade nada devo por dele ter tomado conta o seu testamenteiro.

Por conta de minha terça já dei a minha neta e afilhada Maria de Jesus Montes casada com Lourenço Pinto Barbosa (...) e do resto que ficar deixo a minha filha Joana de Souza Caldas casada com o Ten. Antonio Gonçalves Montes ou para seus herdeiros caso falecer aquela antes.

Declaro por meus herdeiros meus filhos acima nomeados.

Roguei a Francisco de Azevedo Coutinho este por mim fizesse. Fazenda do Gajeiro ou Pajeiro 22-01-1789 sinal de Teresa de Souza Caldas, uma cruz.

Aprovação 22-01-1789 Fazenda Pajeiro Freguesia dos Prados termo da vila de S. Jose, Minas e Comarca do Rio das Mortes.

Termo de Abertura: certifico que falecendo em os 24-04-1792 D. Teresa de Souza Caldas com seu solene testamento, me foi entregue fechado e lacrado. Prados 24-04-1792

E não continha mais o dito testamento que aqui bem e fielmente copiei (...) e para constar fiz este assento Prados 27-04-1792.

 

6-1 Atanasio Pereira de Mello natural de Prados e morador em Aiuruoca casou aos 31-05-1746 em Baependi com Maria de Jesus (ou da Conceição) do Prado, natural de Pindamonhangaba-SP, filha de João do Prado Leme e Ana Rodrigues de Siqueira.

(pesq. Moacyr Villela) Matrimonios de Baependi-MG. “Aos 31 do mes de Maio de 1746 de manha nesta igreja de Nossa Senhora do Monte Serrate de Baependi... sem impedimentos,,,em presença de mim o padre Antonio Ribeiro da Cruz vigario da vara desta... sendo presentes por testemunhas Luis Pereira Dias, Jose Pereira de Freitas e Nicolau Antonio Nogueira ... se casaram Atanazio Pereira  de Melo filho legítimo de Cristóvão Pereira de Melo ja defunto e de Teresa de Souza Caldas natural da Freguesia de Nosssa Senhora da Conceição dos Prados... morador na Freguesia da Aiuruoca com Maria de Jesus filha legitima de João do Prado Leme(?) e de Ana Rodrigues de Sequeira natural da Freguesia da Vila de Pindamonhangabae moradora nesta Freguesia...”

Foram filhos do casal, q.d.:

6-1-1 Quiteria Maria de Mello, aos 12-09-1786 em Prados, casou com Luiz Moreira de Mendonça, filho de Francisco Moreira de Carvalho e Teodora Maria de Mendonça, neto paterno de Luiz Fernandes de Carvalho e Catarina de Sene, neto materno de Amaro de Mendonça Coelho e Maria da Assunção, família “Amaro de Mendonça Coelho” Cap. 1º. 5

 

6-1-2 Teresa Maria de Jesus, aos 11-07-1789 em Prados, casou com Aleixo Moreira de Carvalho, irmão inteiro de Luiz Moreira de Mendonça. Geração na família supra citada.

6-2 Antonio Pereira de Mello aos 26-04-1752 casou com Izabel de Pontes de Oliveira, batizada em 04-11-1732, filha de José Pires de Siqueira e Izabel de Pontes, família “Nunes de Pontes”.

Prados, MG matr. Aos 26-04-1752 nesta matriz onde os contraentes são naturais e moradores, sem impedimentos, e por testemunhas Cap. Bernardo Rodrigues Dantas e Antopnio Gonçalves Poça. Antonio Pereira de Mello, f.l. Antonio Pereira de Mello, falecido e Tereza de Souza Caldas = cc Izabel de Pontes de Oliveira, f.l. Joseph Pires de Sequeira e Izabel de Pontes, todos moradores nesta freguesia.

 

Prados, MG bat. Em os 04-11-1732 nesta matriz dos Prados bat. Izabel, f.l. Jose Pires de Siqueira e Izabel de Pontes, padr.: Agostinho Marques, do Bichinho e Maria de Pontes mulher de Antonio Martins.

Izabel faleceu em 06-12-1806.

Prados, MG obitos - aos 06-12-1806 nesta matriz de Prados faleceu Izabel de Pontes mulher de Antonio Pereira de Mello, sepultada dentro desta matriz.

Antonio e Izabel tiveram os filhos, q.d.:

6-2-1 Manoel Pereira de Mello, batizado em 22-10-1754. Aos 28-02-1784 casou com Maria Antonia de Jesus, filha de Pedro Vieira da Silva e Leonor de Jesus.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 22-10-1754 nesta matriz nat a Manoel, f.l. Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes nts desta, np Cristovão Pereira de Mello n. da freg. Santo Ildefonso da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas n/b na cidade do Rio de Janeiro e pela amterna de Jose Pires de Siqueira e s/m Izahel de Pontes nts da cidade de S. Paulo, foram padr.: Jose Viçoso, solteiro e Bernarda Maria de Oliveira mulher de Miguel Goulart, todos desta freguesia.

 

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 28--02-1784 Manoel Pereira de Mello, f.l. de Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes de Oliveira, n/b na freguesia de Prados = Maria Antonia de Jesus, f.l. de Pero Vieira da Silva e de Leonor de Jesus, n/b freguesia de Aiuruoca.

6-2-2 Antonio batizado em 22-05-1756.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 22-05-1756 nesta matriz bat a Antonio, f.l. Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes nts desta freguesia, neto paterno de Cristovão Pereira de Mello n. da freg. Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas n. da freg. de S. Gonçalo do Macacu e pela materna de Jose Pires de Siqueira e s/m Izabel de Pontes nts de S. Paulo. Padrinho Antonio Gonçalves Monte.

6-2-3 Teresa em 23-01-1758.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 23-01-1758 bat a Teresa, f.l. Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes nts desta freguesia, neto paterno Cristovão Pereira de Mello n. da freg. Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas n. da freg. de S. Gonçalo do Macacu, e pela materna neto de Jose Pires de Siqueira e s/m Izabel de Pontes nts de S. Paulo. Foi madrinha Teresa de Souza Caldas mulher do Cap. Jose Viçozo, todos assistentes nesta freguesia

6-2-4 Ana Paula de Mello, batizada em 25-09-1759. Aos 25-04-1781 casou com Luiz da Fonseca Cabral, filho de Manoel da Fonseca Cabral e Isabel da Cruz de Almeida, família “Gonçalo de Almeida Collaço”.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 25-09-1759 nesta matriz bat a Ana, f.l. Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes de Oliveira, nts desta freguesia, np Cristovão Pereira de Mello n. da freg. Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas n. da freg. de S. Gonçalo do Macacu Bispado do Rio de Janeiro, e pela materna neto de Jose Pires de Siqueira e s/m Izabel de Pontes Cardosa nts da cidade de S. Paulo. Padrinhos Frutuoso Lopes morador na freguesia dos Carijos e Maria de Souza do Espirito Santo mulher do Tenente Antonio Gonçalves Poça

6-2-5 Maria em 27-07-1761.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 27-07-1761 bat a Maria, f.l. Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes, nts desta freguesia, np Cristovão Pereira de Mello n. da freg. Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas n. da freg. de S. Gonçalo do Macacu Bispado do Rio de Janeiro, e pela materna neto de Jose Pires de Siqueira e s/m Izabel de Pontes nts de S. Paulo. Padr.: Fernandes Camacho, solteiro e a dita Izabel de Pontes, todos moradores nesta dita freguesia.

6-2-6 João Pereira de Mello batizado em 06-06-1763.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 06-06-1763 bat a João, f.l. Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes de Oliveira, nts desta freguesia, np Cristovão Pereira de Mello n. da freg. Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas n. da freg. de S. Gonçalo do Macacu Bispado do Rio de Janeiro, e pela materna neto de Jose Pires de Siqueira da freg. da Conceição Bispado de S. Paulo e s/m Izabel de Pontes do mesmo bispado. Padr.: João de Meirelles Coelho, solteiro desta freguesia, e Ana Alvres Preta mulher de Jose der Rezende da freguesia de S. Jose.

         Aos 23-07-1792 casou com Francisca Felizarda de Almeida, filha de Agostinho de Almeida Ramos e Rita Maria de Jesus - família Antonio de Faria Moreira” Cap. 1º § 1º.

Aiuruoca, MG aos 23-07-1792 na Capela do Livramento se casaram João Pereira de Mello, f.l. de Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes, n/b na freguesia dos Prados = E Francisca Felizarda de Almeida, f.l. de Agostinho de Almeida Ramos e de Rita Maria de Jesus, n/b nesta freguesia.

6-2-7 Rita em 20-03-1765.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 20-03-1765 bat a Rita, f.l. Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes de Oliveira. Padr.: João Leal da Fonseca, solteiro e Maria de Souza do Espirito Santo mulher do Ten. Antonio Gonçalves Poça, todos desta freguesia.

6-2-8 Inácio Antonio de Mello, batizado em 16-09-1766. Aos 07-01-1789 casou com Clara Joaquina, filha de José Garcia da Silveira e Rosalia Maria da Trindade, família “Diogo Pereira”.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 16-09-1766 bat a Inacio, f.l. Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes nts desta freguesia, neto paterno Cristovão Pereira de Mello n. da freg. Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas n. da freg. de S. Gonçalo do Macacu Reconcavo do Rio de Janeiro, e pela materna neto de Jose Pires de Siqueira e s/m Izabel de Pontes nts de S. Paulo. Padr.: João de Moura e Teresa de Souza Caldas.

6-2-9 Vicência em 24-10-1768

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 24-10-1768 bat a Vicencia nascida aos 07 do mesmo mês, f.l. Antonio Pereira de Mello e Izabel de Pontes de Oliveira nts desta freguesia, , neto paterno Cristovão Pereira de Mello n. da freg. Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas n. da freg. de S. Gonçalo do Macacu Reconcavo do Rio de Janeiro, e pela materna neto de Jose Pires de Siqueira e s/m Izabel de Pontes nts de S. Paulo. Padr.: Mariano Jose assistente na vila de S. Jose e Joana de Souza Caldas mulher do Alf. Antonio Gonçalves Monte  moradores nesta dita freguesia

6-3 Tomás Pereira de Mello, batizado aos 13-03-1728, Casou com Maria do Rosario Vianna, natural de Tiradentes, filha de Antonio Nunes Vianna e Escolastica Pires Monteira

Prados, Mg Igreja N Sra da Conceição bat. - aos 13-03-1728 nesta matriz bat a Thomas, f.l. Christovão Pereira de Mello e Teresa de Jesus, padr.: Antonio de Souza e Theresa Pires, todos desta freguesia.

6-3-1 Maria, nasceu aos 06-04-1754 em Pitangui.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição Batismos - aos seis de fevereiro de mil setecentos e cincoenta e [---] me foi apresentado pelo pai da batizada um rascunho com o dia mes e ano em que nasceu Maria, filha legitima de Thomas Pereira de Mello que foi morador na freguesia de Pitangui donde veio para esta (...) e do dito rascunho consta que nasceu aos seis dias de Abril de 1754 e que foi batizada pelo Reverendo Verissimo de Souza Rocha capelão da capela de Santo Antonio filial da matriz da vila de Pitangui, constava mais que é filha legitima do dito Thomas Pereira de Mello n/b nesta freguesia dos Prados e de s/m Maria do Rosario Vianna n/b na freg. de Santo Antonio da vila de S. Jose, neta paterna de Cristovão Pereira de Mello n. da freg. Sto Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas n. da freg. de S. Gonçalo do Bispado do Rio de Janeiro, neta materna de Antonio Nunes Vianna e s/m Escolastica Pires Monteira natural esta das Catas Altas do Sabara deste bispado de Mariana. Foram padrinhos Antonio de Campos Lopes Torres e Joana Teresa de Jesus filha de Antonio Alvares Ribeiro da dita freguesia de Pitangui. E pára constar fiz este assento neste livro.

6-4 Francisca de Souza Caldas, casada com Manoel Gomes Sandim, falecido em Prados em 1767. Francisca faleceu com testamento redigido em 1793 e aberto em 1795, onde declarou sua filiação. Geração na família “Gomes Sandim” e inventários neste site.

6-5 Maria de Souza do Espirito Santo aos 22-11-1744 casou com o viúvo Antonio Gonçalves Poça, natural de Santa Marinha Arc. Braga, filho de João Gonçalves e Marta Francisca, neto paterno de João Gonçalves Poça e Maria Dias. Antonio era viúvo de sua primeira mulher Ana de Jesus, sepultada na matriz de Prados em 19-07-1743, filha de Manoel Gonçalves Avintes e Micaela de Góes dos Anjos. Geração deste primeiro matrimônio na família “Góes Avintes”, neste site.

Prados, MG matr.. Aos 22-11-1744 nesta matriz e testemunhas o Cap. Pedro Teixeira, Francisco Viçoso e outras mais. Antonio Gonçalves Possa, n/b na freg. de Santa Marinha Arc. Braga, f.l. João Gonçalves e Marta Francisca, falecidos. Viuvo de sua primeira mulher Ana de Jesus sepultada nesta matriz de N. Sra da Conceição dos Prados = cc Maria de Souza do Espirito Santo, f.l. Cristovão Pereira de Mello, falecido e Teresa de Souza Caldas.

Capitão Antonio já era falecido em 22-11-1789 (casamento da filha Josefa). Maria de Souza faleceu com testamento em 24-07-1801. Declarou doze filhos de seu casal sendo Teresa = Manoel = Antonio = Ana = Maria = Hipolita = Antonio(outro) = já eram falecidos.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição obitos - aos 24-07-1801 faleceu nesta matriz de Prados D. Maria de Souza do Espirito Santo e foi sepultada dentro desta dita matriz. Fez seu solene testamento cujo teor é o seguinte: (...) eu Maria de Souza do Espirito Santo disponho este meu testamento na forma seguinte: (...) fui casada com o Cap. Antonio Gls Poça com quem vivi 57 anos, pouco mais ou menos, e tivemos os filhos seguintes= Teresa = Jose = Pedro = Manoel = Antonio = João = Francisco = Ana = Maria = Hipolita = Antonio = Josepha = E destes existem o Pe. Jose = Pedro = João = Francisco = Josepha, que são os meus herdeiros legitimos.

Declaro que minha filha Maria foi cc Dr. Gonçalo Teixeira de Carvalho, capitão mor deste termo, a quem demos oito mil cruzados de dote, e alem dos oito lhe prometeu meu filho P.e quatro, e alem dos oito levou mais quatro escravos, e julgo estar ele inteiramente sastisfeito por ele me dizer por sua propria boca; e como do seu matrimonio não houve filho algum eu sou igualmente meieira com ele capitão mor, por cuja causa andamos com leitigio sobre a mesma meação que ha muito tempo tenho por ela procurado.

Declaro que minha filha Josepha esta casada com o Dr. Jose de Sá Tinoco. a qual teve por dote a sua legitima paterna, e desta, havendo ele de se mudar daqui para Queluz ofereceu-me terras e agoas minerais afim de se me não introduzir outro qualquer estando no interior desta fazenda, e suposto que se achem duas escrituras passadas no Cartorio do Cap. Jose Garces de Moraes, uma de doação da minha terça e outra da compra da legitima paterna de minha filha, com tudo só é verdadeira a compra que fiz das ditas terras e agoas minerais, e para a dita compra ja tenho pago varias parcelas as quais meu filho Francisco tem em assento, e das duas escrituras de doação de dote e da compra da legitima paterna nunca eu fui sabedora.

Declaro que meu filho Pedro se acha casado e, as suas filhas, da minha terça lhes dara a cada uma 60.000 rs. Meu filho João tem me pedido por varias vezes certas parcelas de ouro para remir as suas vexações, e eu lhas tenho dado como melhor constara dos assentos de meu filho Francisco nos seus livros competentes, e da minha terça dara ao dito meu filho cem mil rs = Deixo a meu filho Francisco, pela boa companhia que me tem feito, da minha terça 300 mil rs - Deixa legados pios = Missas pelas almas do marido, dos filhos, dos escravos falecidos =

Testamenteiros em 1º lugar a meu filho Pe. Jose Glz Poça, em 2º a meu filho Francisco Glz Poça, em 3º a m/filho o Cap. João Gls Poça, em 4º a m/filho o Ten. Pedro Gls Poça. O remanescente de minha terça se repartira pelos meus filhos em igual parte. Roguei a meu sobrinho Severino Gonçalves Monte que este escrevesse e por mim o assinasse = A rogo da testadora Dona Maria de Souza do Espirito Sto. = Severino Gonçalves Monte.

6-5-1 Teresa nasceu aos 01-06-1746 e foi batizada aos nove do mesmo mês e ano. Faleceu aos 06-02-1756.

Prados, MG aos 01-06-1746 nasceu Teresa, f.l. do Alf. Antonio Gonçalves Possa e de Maria de Souza do Espirito Santo, npaterna de João Gonçalves do Outão e de s/m Maria Francisca naturais da freguesia de Santa Marinha da Alheira termo da vila de Barcelos Arc. Braga, e pela materna de Cristovão Pereira de Mello natural de Santo Ildefonso e batizado na Sé da cidade do Porto e de Teresa de Souza mulher de Jose Viçoso. Foi por mim batizada nesta matriz aos nove do dito mes e ano e foram padrinhos Antonio de Araujo Braga, solteiro e a dita Teresa de Souza desta dita freguesia.

 

Prados, MG aos 06-02-1756 faleceu Teresa, solteira, f.l. do Alf. Antonio Gonçalves poça e de Maria de Souza. Foi sepultada dentro desta matriz.

6-5-2 Padre José Gonçalves Poça batizado em 07-01-1827.

Prados, MG aos 15-04-1748 nesta matriz bat a Joseph, f.l. do Alf. Antonio Gonçalves Possa e Maria do Espirito Santo fregueses desta dita matriz e foram padrinhos somente o Cap. Joseph Viçoso casado nesta dita matriz adonde tambem é morador.

         Faleceu com testamento aos 07-01-1827 e foi sepultado na capela mor da matriz de Prados:

Prados-MG Igreja N Sra da Conceição obitos - aos 07-01-1827 nesta freguesia de Prados faleceu o Revdo Jose Gonçalves Possa, presb itero secular. Foi sepultado na capela mor desta matriz. Fez seu solene Testamento: (...) aos 27-12-1826 nesta Fazenda da Ponta do Morro da fregusia dos Prados termo da vila de S. Jose comarca do Rio das Mortes em casas da dita fazenda, eu o Pe. Jose Gonçalves Possa (...) ordeno este meu testamento. Declaro que sou Presbitero Secular, natural deste Bispado de Mariana, f.l. do Cap. Antonio Glz Possa e de s/m D. Maria de Souza do Espirito Santo, ambos falecidos. Instituo por meus testamenteiros em 1º lugar a meu compadre o Alf. Antonio Francisco Teixeira, em 2º lugar a Hypolito Jose da Silva e Moura, e em 3º o Padre João Luiz Coelho.

Encomendações pias. Legados: a Thereza Eleuteria 12$000 rs visto que tanto trabalho tem tido comigo em minha enfermidade. Dei a Ana Eufrosina alguns escravos como consta de um papel que lhe passei, em remuneração de algum trabalho que teve comigo, e mais meu testamenteiro dara a dita Ana Eufrosina 200$000 rs.

Declaro que não tenho herdeiro ascendente nem descendente, e que depois de pagas as minhas dividas e satisfeitas as minhas determinações tudo mais que restar de meus bens deixo e instituo por meu universal herdeiro ao meu primeiro testamenteiro o Compadre Alf. Antonio Francisco Teixeira. O P.e Jose Glz Possa. Segue-se a aprovação.

Declaro que o supra dito Rvdo falecido foi sepultado no dia oito de janeiro do dito ano.

 

6-5-3 Pedro Gonçalves Poça batizado em 21-03-1750. Casou com Josefa Gonçalves de Moura, filha do Cap. João Gonçalves de Moura natural de Santo Antonio do Soutolinho termo de Chaves Arc. de Braga e Maria Genebra, de Prados. Geração na família “Antonio de Oliveira Gago”.

Prados, MG aos 21-03-1750 nesta matriz bat a Pedro, f.l. do Alf. Antonio Gonçalves Possa e Maria de Souza do Espirito Santo, foram padrinhos Pedro Fernandes Camacho, solteiro e Francisca de Souza mulher de Manoel Gomes Sandim, todos desta freguesia.

6-5-4 Manoel batizado em 15-10-1752 e falecido em 20-02-1754.

Prados, MG aos 15-10-1752 nesta matriz bat a Manoel., f.l. de Antonio Gonçalves Poça e Maria de Souza do Espirito Santo; foram padrinhos o padre Manoel Afonso e Joana de Souza Caldas, mulher de Antonio Gonçalves Monte, todos desta freguesia.

 

Prados, MG aos 20-02-1754 faleceu Manoel, inocente, f.l. do Alf. Antonio Gonçalves Poça e de Maria de Souza do Espirito Santo. Foi sepultado nesta de N. Sra da Conceição dos Prados.

6-5-5 Antonio batizado em 09-12-1754.

Prados, MG aos 09-12-1754 nesta matriz bat a Antonio, f.l. do Alf. Antonio Gonçalves Possa, n/b na freguesia de Santa Marinha de Alheiras termo de Barcelos Arc. de Braga e Maria de Souza do Espirito Santo, bat. nesta dita freguesia dos Prados, npaterno de João Gonçalves do Outão e de s/m Maria Francisca de Perandre da dita freguesia de Santa Marinha, e pela materna neto de Cristovão Pereira, b/natural da freguesia de Santo Ildefonso da cidade do Porto e de s/m Teresa de Souza Caldas, natural da freguesia de S. Gonçalo de Macacu Bispado do Rio de Janeiro; foram padrinhos o Cap. Mor Pedro Teixeira de Carvalho e Catarina da Assunção Xavier mulher do Cap. Bernardo Rodrigues Dantas moradores nesta freguesia.

6-5-6 Capitão João Gonçalves Poça, batizado em 25-09-1757. 3º testamenteiro materno, faleceu em 01-08-1801, solteiro.

Prados, MG aos 25-09-1757 nesta matriz bat a João, f.l. do Tenente Antonio Gonçalves Possa, natural da freguesia de Santa Marinha da Alheira Arc. Braga e de Maria de Souza do Espirito Santo natural desta freguesia de Prados, npaterno de João Gonçalves do Outão e de s/m Marta Francisca, da dita freguesia de Santa Marinha, e pela materna neto de Cristovão Pereira de Mello, da freguesia de Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e de s/m Teresa de Souza Caldas, natural da freguesia de S. Gonçalo do Bispado do Rio de Janeiro; foram padrinhos o Alf. Antonio Gonçalves Monte e a sobredita Teresa de Souza, todos moradores nesta freguesia dos Prados.

 

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição obitos - Em o primeiro de agosto de 1801 faleceu, somente absolvido por ter perdido a fala, e ungido o Cap. João Gls Poça, solteiro. Faleceu abintestado e foi sepultado dentro desta matriz.

6-5-7 Teresa de Souza Caldas, casada com Joaquim José da Malta. Em 1831 foi feito inventário dos bens do casal (neste site). Compareceram doze filhos:

6-5-7-1- Manoel Joaquim Malta, batizado em 24-10-1775.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro Suplementos, em o ano de 1775 Lage, Manoel, f.l. Joaquim Jose Malta e Teresa de Souza Caldas, padr.: Manoel Simões Diniz e Izabel de Pontes de Oliveira. (...) por informações que me remeteu o Revdo Ricardo Pereira capelão da Lage e mandou o assento, que foi batizado o dito Manoel em 24 de outubro do dito ano acima declarado. Vila de S. José 21-11-1815

6-5-7-2- Maria Tereza de Jesus, aos 28-05-1795 casou com de Manoel Gonçalves Silva, filho de Manoel Gonçalves Silva e Inácia Maria de Oliveira. Maria Tereza era viúva em 1831.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 28-05-1795 Manoel Gonçalves Silva, f.l. de Manoel Gonçalves Silva e Ignacia Maria de Oliveira = Maria Thereza de Jesus, f.l. de Joaquim Jose Malta e Thereza de Souza Caldas

6-5-7-3- Hipólita Joaquina da Malta aos 10-06-1807 casou com Manoel Teixeira de Carvalho, filho do Tenente Antonio Teixeira de Carvalho e Josefa de Jesus Monte, 6-6-1-7 abaixo.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Livramento aos 10-06-1807 Manoel Teixeira de Carvalho, f.l. do Ten. Antonio Teixeira de Carvalho e D. Josepha de Jesus Monte = Hypolita Joaquina da Malta, f.l. de Joaquim Jose Malta e Thereza de Souza Caldas. Nts/bts freguesia de Prados.

 

         Em 1831 comparecem no censo de Prados com vários filhos:

censo 1831 Prados-MG, fogo 251

MANOEL TEIXEIRA DE CARVALHO, chefe do fogo, masculino, branca, 50, casado, carpinteiro

HIPOLITA JOAQUINA.., cônjuge, feminino, branca, 49, casado

MANOEL, filho, masculino, branca, 21, solteiro, carpinteiro

JOZE, filho, masculino, branca, 20, solteiro, carpinteiro

IGNACIO, filho, masculino, branca, 16, solteiro, carpinteiro

BARBARA, filho, feminino, branca, 10

4 escravos

6-5-7-4- Joaquim Malta Moço. Joaquim José Malta aos 23-04-1807 casou com Ana Teixeira de Jesus, filha do Tenente Antonio Teixeira de Carvalho e Josefa de Jesus Monte 6-6-1-4 abaixo.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Rosario aos 23-04-1807 Joaquim Jose Malta, f.l. de Joaquim Joze Malta e Theresa de Souza Caldas, n/b freguesia da vila de Barbacena = Anna Teixeira de Jesus, f.l. do Ten. Antonio Teixeira de Carvalho e Josepha de Jesus Monte, n/b freguesia Prados.

Foram moradores em Prados onde comparecem no censo com dois filhos, uma neta, cativos e um aprendiz.

Censo Prados, MG 1831 transcrito por Rubens Camara.

28-  JOAQUIM MALTA MOÇO - branco, 40 anos, casado, carpinteiro; ANNA TEIXEIRA, branca, 50 anos, sua mulher; Manuel, branco, filho, 19 anos, solteiro, carpinteiro; Francisco, branco, filho, solteiro, carpinteiro; (5 cativos); Joaquim Teixeira, branco, discípulo, 18 anos, solteiro, carpinteiro; Anna, branca, neta, 9 anos.

 

6-5-7-4-1 Maria Justina Malta aos 10-01-1821 em Prados casou com Antonio da Silva Senne, filho de Bernardo da Silva Senne e Luiza Maria da Assumpção, neto paterno de João Francisco Silva e Quiteria da Assumpção, neto materno de Nicolau Cardoso Amado e Antonia Teresa de Jesus. Família “Nicolau Cardoso Amado”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 10-01-1821 Antonio da Silva Senne, f.l. de Bernardo da Silva Senne e Luiza Maria da Assumpção = Maria Justina Malta, f.l. de Joaquim Jose Malta e Anna Teixeira de Jesus. Nts/bts freguesia de Prados.

Em 1831 moravam em Prados com seis filhos.

Censo Prados, MG 1831 transcrito por Rubens Camara.

229-  ANTÔNIO DA SILVA SENNE, branco, 36 anos, casado, seleiro;  Maria Justina, branca, 20 anos?, sua mulher;  Anna, branca, filha, 9 anos;  Miguel, branco, filho, 8 anos;  Francisca, branca, filha, 6 anos;  Maria, branca, filha, 4 anos;  Joaquina, branca, filha, 2 anos;  João, branco, filho, 1 ano.

 

6-5-7-5- José Malta

6-5-7-6- João Malta

6-5-7-7- Vicente Malta. Vicente José Malta aos 03-02-1823 casou com Joana Francisca de Jesus, filha de Francisco Lima e Joana Francisca da Incarnação. Família “João Francisco da Silva”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 03-02-1823 Vicente Jose Malta, f.l. de Joaquim Jose Malta e D. Theresa de Soisa Caldas = Joanna Francisca de Jesus, f.l. de João Francisco Lima e Joanna Francisca da Incarnação. Nts/bts freg. Prados.

         Em 1831 comparecem no censo de Prados com três filhos:

censo 1831 Prados-MG, fogo 277

VICENTE JOSE MALTA, chefe do fogo, masculino, branca, 32, casado, carpinteiro

JOANNA MARIA, cônjuge, feminino, branca, 24, casado

RITA, filho, feminino, branca, 4

ANNA, filho, feminino, branca, 6

MANOEL, filho, masculino, branca, 2

1 escravo,

6-5-7-8- Antonio Malta

6-5-7-9 Prudenciana Joaquina do Espírito Santo, aos 25-01-1822 casou com o Alferes Francisco de Paula Meirelles, filho do Capitão João de Meireles Coelho e Maria Gonsalves de Moura, família “Antonio de Oliveira Gago”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 25-01-1822 Alf. Francisco de Paula Meirels, f.l. do Capitão João de Meireles Coelho e D. Maria Gonsalves de Moira = Pudenciana Joaquina do Espirito Santo, f.l. de Joaquim Jose Malta e D. Theresa de Soisa Caldas. Nts/bts freg. de Prados.

 

         Em 1831 comparecem no censo de Prados:

censo 1831 Prados-MG, fogo 8,

O ALFERES FRANCISCO DE PAULLA MEIRELLES, chefe do fogo, masculino, branca, 59, casado, agricultor

PRUDENCIANA JOAQUINA, cônjuge, feminino, branca, 38, casado

FRANCISCO, filho, masculino, branca, 10

8 escravos

 

6-5-7-10- Francisca

6-5-7-11- Ana Josefa de Jesus, inventariante do casal.

6-5-7-12- Justina

 

6-5-8 Capitão Francisco Gonçalves Poça 2º testamenteiro materno. Aos 04-02-1807 casou com Maria Rosa de Meirelles, filha do Capitão João de Meireles Coelho e Maria Gonçalves de Moura, família “Antonio de Oliveira Gago”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 04-02-1807 Cap. Francisco Gonçalves Poça, f.l. do Cap. Antonio Gonçalves Poça e D. Maria de Souza do Espirito Santo = D. Maria Rosa de Meireles, f.l. do Cap. João de Meireles Coelho e D. Maria Gonçalves de Moura. Nts/bts nesta matriz.

 

6-5-6 Maria Gonçalves do Espírito Santo aos 15-10-1783 casou com o Capitão Mor Dr. Gonçalo Teixeira de Carvalho, filho do Capitão Mor Pedro Teixeira de Carvalho e Clara Maria de Mello. Outras informações sobre Clara Maria na família “Domingos Gonçalves Chaves”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - aos 15-10-1783 na Ermida do Cap. Antonio Gonsalves Poça, filial da matriz de Prados. Capitão Mor Doutor Gonsallo Teixeira de Carvalho, f.l. do Capitão Mor Pedro Teixeira de Carvalho e D. Clara Maria de Mello, n/b na freguesia de Santo Antonio da vila de S. Jose Comarca do Rio das Mortes = D. Maria Gonsalves do Spirito Santo, f.l. do Cap. Antonio Gonsalves Poça e D. Maria de Souza do Spirito Santo, n/b nesta.

        Maria já era falecida em 1801 (testamento materno). Cap. Mor Dr. Gonçalo, viúvo e sem geração, faleceu com testamento em 11-02-1812. Instituiu por sua universal herdeira sua irmã D. Hipólita Jacinta Teixeira de Mello casada com Francisco Antonio de Oliveira Lopes - família “Domingos Gonçalves Chaves e Micaela dos Anjos Coutinho”

Prados, MG obitos. Aos 11-02-1812 faleceu o Dr. Cap. Mor Gonçalo Teixeira de Carvalho nesta freguesia de Prados sepultado dentro desta matriz. Tinha seu solene testamento. (...) aos 20-09-1810 nesta fazenda da Ponta do Morro da freguesia de Prados termo da vila de S. Jose comarca do Rio das Mortes, em casas da dita fazenda onde eu Gonçalo Teixeira de Carvalho Doutorado pela Universxidade de Coimbra e Capitão Mor da dita vila e seu termo me acho (...) Sou natural deste bispado de Mariana, f.l. do Cap. Mor Pedro Teixeira de Carvalho e D. Clara Maria de Mello, falecidos, Fui casado com D. Maria Gonçalves do Espirito Santo, f.l. Cap. Antonio Gonçalves Poça e D. Maria do Espirito Santo, todos já falecidos. Declaro que do dito meu matrimonio não tive filhos nem tenho herdeiro algum descendente.

Declaro que para efeito de me casar com a dita D. Maria Gonçalves do Espirito Santo seus pais sobreditos me prometeram em dote 8 mil cruzados e meu cunhado Padre Jose Gonçalves Poça 4 mil cruzados, estes nunca me deu o dito padre e por falecimento de meu sogro recebi da mão de minha sogra 4 mil cruzados dizendo-me que os outros 4 cobrasse por rata de meus cunhados como herdeiros. E destes só recebi de meu cunhado Francisco.

Entre os bens que herdei de meus pais foi bem assim uma morada de casas sitas nas corte do Rio de Janeiro as quais entreguei a minha irmã D. Hipolita Jacinta Teixeira de Mello em pagamento de uma divida.

Depois de pagas as minhas dividas e satisfeitas as despesas do meu funeral, tudo o mais que restar de meus bens se dividira em duas partes iguais = uma pertence a meus cunhados como herdeiros ascendentes da falecida minha mulher e a outra que me pertence depois de satisfeitos os meus legados e disposições se entregara a minha herdeira.

Instituo por minha universal herdeira a dita minha irmã D. Hipolita Jacinta Teixeira de Mello.

Testamenteiros: em 1º minha irmã D. Hipolita Jacinta Teixeira de Mello; em 2º meu primo o Padre João de Mello Costa, em 3º Cap. Antonio Gonçalves de Moura em 4º Cap. Pedro Joaquim de Mello.

Doutor Gonçalo Teixeira de Carvalho.

 

6-5-7 Josefa Gonçalves do Espírito Santo aos 22-11-1789 casou com Dr. José de Sá Tinoco, filho do Capitão Manoel de Sá Tinoco e Ursula das Virgens do Sacramento

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - fls. 62v. Ermida do falecido Capitão Antonio Gonçalves Poça aos 22-11-1789 Dr. Joze de Sá Tinoco, f.l. do Cap. Manoel de Sa Tinoco e D. Ursula das Virgens do Sacramento, n/b freg. Carijos = D. Josefa Gonçalves do Espírito Santo, f.l. do falecido Capitão Antonio Gonçalves Poça e D. Maria de Souza do Sacramento, n/b nesta.

 

6-6 Joana de Souza Caldas, batizada em 07-07-1732. Aos 01-09-1749 casou com Antonio Gonçalves Monte, natural de Santa Marinha da Alheira Arc. Braga, filho de Pedro Gonçalves da Poça e Maria Luiz do Monte, neto paterno de João Gonçalves Poça.

Prados, Mg Igreja N Sra da Conceição bat. aos 07-07-1732 nesta matriz bat a Joana, f.l. Cristovão Pereira de Mello e Teresa de Souza. Padr.: Jose Alveres Pereira e Ursula Maria de Oliveira mulher de Lourenço Ferreira.

 

Prados,MG Igreja N. Sra da Conceição matr. - aos 01-09-1749 nesta matriz de N. Sra da Conceição dos Prados, Antonio Gonçalves Monte n/b na freg. de Santa Marinha da Alheyra terno de B[dobra]Arc. de Braga, f.l. Pedro Glz da Poça e Maria Luiz do Monte = cc Joana de Souza Caldas, n/b na freg. de N. Sra da Conceição dos Prados desta comarca do Rio das Mortes bispado de Mariana, f.l. Cristovão Pereira de Mello, já defunto e Teresa de Souza Caldas. Test.: Antonio de Araujo Braga e Antonio Jose Barreto, ambos solteiros e moradores nesta freguesia

 

Joana faleceu em 29-07-1794 e Antonio, com testamento, em 08-10-1797

Prados,MG Igreja N. Sra da Conceição obitos - aos 29-07-1794 nesta matriz de N. Sra da Conceição dos Prados faleceu D. Joana de Souza Caldas mulher do Tenente Antonio Gonçalves Monte. Sepultada nesta mesma matriz.

 

Prados,MG Igreja N. Sra da Conceição obitos - aos 08-10-1797 nesta matriz dos Prados faleceu o Ten. Antonio Gonçalves Monte, sepultado na capela mor desta dita freguesia dos Prados. Fez seu testamento: (...) eu Antonio Glz Monte estando enfermo (...) faço o meu testamento.

Fui casado com Joana de Souza Caldas quarenta e quatro anos, de cujo matrimonio tive os filhos seguintes: Josefa= Maria = Ana = Antonio = Paulino = Pedro = Manoel = Severino = Jose = João = Maria Vitoria os quais constituo por meus legitimos herdeiros.

Declara bens - dividas -

Testamenteiros: em 1º meu filho Pedro Gonçalves Monte, em 2º a meu filho Paulino, e em 3º a meu filho Jose.

Declaro que fui testamenteiro do meu compadre Manoel Palhano Mesquita e que desta testamentaria ainda devo a meu filho Manoel 80$000rs de resto de 200$000rs que o dito meu compadre lhe deixou.

 Fui tambem testamenteiro de Manoel Dias da Costa de cuja testamentaria ainda resta o que se achar por conta entre os meus papeis. Sou testamenteiro dativo de Manoel Gonçalves Fazeiro e seu irmão Domingos Gonçalves Fazeiro de quem eu comprei este sitio. Sou tambem testamenteiro da falecida minha sogra Teresa de Souza Caldas, cuja testamentaria ainda se não tem concluido por causa das duvidas que os herdeiros da mesma tem movido (...).

Roguei ao Revdo Francisco de Paula Barreto que por mim fizesse. Hoje sitio do Gazeiro 18-08-1797 Antonio Gonçalves Monte.

Seguia a aprovação do tabelião.

 

Joana e Antonio tiveram os filhos, nomeados no testamento de Antonio:

6-6-1 Josefa de Jesus Monte batizada em 18-09-1749. Aos 07-01-1766 casou com Antonio Teixeira de Carvalho, natural de Santo Andre de Molares Arc. Braga, filho de Manoel Teixeira de Carvalho e Maria de Souza.

Prados, MG aos 18-09-1749 na capela de N. Sra da Penha de França, filial desta matriz, bat. a Josefa, f.l. de Antonio Gonçalves Monte e de Joana de Souza Caldas; foram padrinhos o Cap. Pedro Teixeira de Carvalho, casado e sua filha Josefa, solteira, todos desta freguesia.

 

 

Prados, MG matr - aos 07-01-1766 nesta freguesia de N. Sra da Conceição dos Prados e testemunhas João de Meirelles e João de Mello Costa. Antonio Teixeira de Carvalho, f.l. Manoel Teixeira de Carvalho e Maria de Souza, n/b na freguesia de Santo Andre de Molares Arc. Braga = cc Josefa de Jesus do Monte, n/b na freg; de N. Sra da Conceição dos Prados deste bispado de Mariana, f.l. do Alf. Antonio Gonçalves Monte e Joana de Souza Caldas.

         Joana, viúva, faleceu aos 19-07-1826, com 80 anos declarados.

Prados, MG obitos. Aos 19-07-1826 faleceu e aos 20 foi sepultada das grades para cima D. Josefa de Jesus Monte, viuva do Tenente Antonio Teixeira de Carvalho, de idade 80 anos.

 

Entre os filhos do casal:

6-6-1-1 José Teixeira de Carvalho aos 30-05-1804 casou com Maria Alves de Jesus, filha do Alf. Manoel Alves da Costa e Maria Magdalena

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 30-05-1804 Joze Teixeira de Carvalho, f.l. do Ten. Antonio Teixeira de Carvalho e D. Josepha de Jesus Monte = Maria Alves de Jesus, f.l. do Alf. Manoel Alves da Costa e Maria Magdalena. Nts/bts nesta.

6-6-1-2 Maria Teixeira de Jesus aos 08-07-1795 casou com Francisco Rodrigues Valle, filho do Capitão João Rodrigues Valle e Izabel Ribeira. Geração na família “João Pereira Themudo”.

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos -. matriz aos 08-07-1795 Francisco Rodrigues Valle, f.l. do Capitão João Rodrigues Valle e D. Izabel Ribeira, n/b freg. Barbacena = Maria Teixeira de Jesus, f.l. do Ten. Antonio Teixeira de Carvalho e Josefa de Jesus Monte, n/b freg. Prados.

6-6-1-3 Pedro Teixeira de Carvalho, em Barbacena aos 03-06-1801 casou com Ana Rosa Porfiria, filha de José de Azevedo e Ana Perpétua. Com geração

Casamentos Barbacena-MG, Curral aos 03-06-1801 Pedro Teixeira de Carvalho, f.l. de Antonio Teixeira de Carvalho e Josefa de Jesus, n/b freguesia de Prados = Anna Rosa Porfiria, f.l. de Joze de Azdo. e Anna Perpetua, n/b nesta.

6-6-1-4 Ana Teixeira de Jesus aos 23-04-1807 casou com Joaquim José Malta, filho de Joaquim Jose Malta e Teresa de Souza Caldas, 6-5-7-4 supra.

6-6-1-5 Joana Teixeira da Natividade aos 11-10-1797 casou com José Nunes de Rezende, filho do Cap. Antonio Nunes de Rezende e Maria Pedrosa de Moraes, família “João de Rezende Costa”.

6-6-1-6 João Teixeira de Carvalho aos 12-07-1802 casou com Maria Silvana de Jesus, filha de João da Affonseca Cabral e Ana Rita de Jesus

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - São João, matriz, aos 12-07-1802 João Teixeira de Carvalho, f.l. do Ten. Antonio Teixeira de Carvalho e D. Josepha de Jesus Monte = Maria Silvana de Jesus, f.l. de João da Affonseca Cabral e Anna Ritta de Jesus. Nts/bts na freguesia de Prados.

6-6-1-7 Manoel Teixeira de Carvalho aos 10-06-1807 casou com Hipólita Joaquina da Malta, filha de Joaquim Jose Malta e Teresa de Souza Caldas, 6-5-7-3.

6-6-1-8 Genoveva Luiza de Jesus em Julho de 1809 casou com Antonio Apolinario, filho do Ten. Pedro Gonçalves Poça e Josefa Gonçalves, família “Antonio de Oliveira Gago”.

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz [danificado] de Julho de 1809 Antonio Apolinario, f.l do Ten. Pedro Gonçalves Poça e D. Josefa Gonsalves de [danificado], n/b freguesia de Prados = Jenovefa Luisa de Jesus, f.l. do Ten. Antonio Teixeira de Carvalho e D. Josepha de Jesus Monte, n/b freguesia Prados.

6-6-1-9 Antonio Teixeira de Carvalho aos 29-04-1795 casou com Izabel Constância da Fé, filha de João Rodrigues Valle e Izabel Ribeira. Com geração.

Barbacena, MG -  Matrimônios-  Aos 29 de abril de 1795 na ermida de S. Ana da Bandeira filial desta matriz de Barbacena Antonio Teixeira de Carvalho, f.l. de outro e Josefa de Jesus Montes, n/b na freg. dos Prados = cc Izabel Constância da Fé, f.l. João Roiz Valle e Izabel Ribeira, n/b nesta freguesia. Test.: Dr. Cap. Mor Gonçalo Teixeira de Carvalho e An.to Teixeira de Carvalho.

 

6-6-2 Maria de Jesus Monte batizada em 22-08-1751. Casou com Lourenço Pinto Barbosa, natural da freguesia da Candelaria cidade do Rio de Janeiro, filho de Manoel Pinto Cardoso natural da freguesia de N. Sra do Odarro (?) lugar de Vilar, Conc. de S. Martinho Bispado de Lamego e Ignacia Barbosa natural da freguesia da Candelaria Rio de Janeiro.

Prados, MG aos 22-08-1751 nesta matriz bat a Maria, f.l. de Antonio Gonçalves Monte e de Joana de Souza Caldas; foram padrinhos o Cap. Jose Viçoso, e Teresa de Souza Caldas mulher, todos desta freguesia dos Prados.

Filhos:

6-6-2-1 Maria, batizada aos 05-10-1767

B7: batismos Barbacena - Barroso aos 05-10-1767 MARIA, f. de Lourenço Pinto Barbosa natural da freguesia da Candelaria cidade do Rio de Janeiro e s/m Maria de Jesus Monte natural da freguesia de Prados; np de Manoel Pinto Cardoso natural da freguesia de N. Sra, do Odarro (?) lugar de Vilar, Conc. de S. Martinho Bispado de Lamego e s/m Ignacia Barbosa natural da freguesia da Candelaria Rio de Janeiro; nm de Antonio Gls Monte natural da freguesia do Alheiro Termo de Barcelos Arc. de Braga e s/m Joanna de Souza Caldas natural da dita freguesia de Prados. Padr.: Jose Roiz Pontes, casado morador na vila de S. José e Teresa de Souza Caldas, viuva, moradora na freguesia de Prados.

 

6-6-2-2 Antonio Gonçalves Barbosa, batizado em 23-12-1770. Aos 20-10-1805 casou com Ana Bernardina de Mello, filha de Manoel de Mello Costa e Teresa Margarida do Nascimento.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro Suplementos, aos 23-12-1770 cap. Padre Gaspar, Antonio n. aos 30-11 do dito ano, f.l. Lourenço Pinto Barbosa e Maria de Jesus Montes, padr.: Tomas Pereira de Mello por pp que apresentou o Alf. João Martins Rodrigues, e D. Sancha Maria da Mota mulher do dito Alf. João Martins. O padrinho da freg. de Prados. Vila de S. Jose 13-01-1805.

 

Pólis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG). Real Vila de Queluz, cas. 1795-1824 tomo I fls, 65 Santo Amaro do Camapuã, 20/10/1805 Antonio Gonçalves Barboza, natural do Pilar, Freguezia da Vila de São Joze, filho de Lourenço Pinto Barboza e de Maria de Jesus Montes, com Anna Bernardina de Mello, natural da Capela do Garambéu, filial da Matriz de Barbacena, filha de Manoel de Mello Costa e de Thereza Margarida do Nascimento.

6-6-2-3 Ana, batizada em 11-10-1772.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 11-10-1772 cap. Livramento da freguesia dos Prados com licença, Ana, f.l. Lourenço Pinto Barbosa e Maria de Jesus, padr.: Ten. Manoel Simões Diniz desta freguesia e Ana de Jesus Monte filha do Ten. Antonio Gonçalves Monte da sobredita freguesia dos Prados.

6-6-2-4 Vicente, em 15-06-1774.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 15-06-1774 capela do Pilar filial desta matriz, Vicente, f.l. Lourenço Pinto Barbosa e Maria de Jesus Monte, padr.: Dr. Domingos Jose de Souza desta freguesia, e Maria Madalena cc Manoel Alves da Costa da freguesia dos Prados.

6-6-2-5 Maria Teresa aos 15-06-1808 casou com o Alferes Manoel Gonçalves do Nascimento, filho do Capitão João Gonçalves de Moura e D. Maria Genebra, família “Antonio de Oliveira Gago”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Capela do Barroso filial da matriz da vila de Barbacena aos 15-06-1808 Alf. Manoel Gonçalves do Nascimento, f.l. do Cap. João Gonçalves de Moura e D. Maria Genebra, n/b freguesia de Prados = Maria Theresa, f.l. de Lourenço Pinto Barboza e Maria de Jesus Monte, n/b freguesia de Barbacena.

 

6-6-2-6 Lourenço Pinto em Abril de 1813 casou com Ana Rita de Jesus, viúva de João da Fonseca Cabral, filha de Antonio Lopes Chaves e Maria Rita; família “Nunes de Pontes”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Capela do Rosario aos [------] de Abril de 1813 Lourenço Pinto, f.l. de Lourenço Pinto Barbosa e Maria de Jesus Montes, n/b freg. da vila de Barbacena = Anna Rita de Jesus, viuva que ficou do falecido João de Affonseca Cabral.

 

6-6-2-7 Joaquina Barbosa, batizada em 18-11-1784. Em 1807 é madrinha juntamente com o irmão supra.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 18-11-1784 cap. Santa Ana do Barroso filial da matriz da Borda do Campo, Joaquina, f.l. Lourenço Pinto Barbosa e Maria de Jesus Monte, padr.: Cap. Manoel Simões Diniz como procurador do Guarda Mor João da Silva Pereira e Ana Joaquina, filha do dito Simões fregueses desta matriz.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 12-03-1807 Barroso filial da matriz da vila de Barbacena, Nicezio, f. de Ana cabra, escrava de Manoel Gonçalves Monte, padr.: Lourenço Pinto, moço, e Joaquina Barbosa filhos de Lourenço Pinto Barbosa. todos desta freguesia.

 

6-6-2-8 Manoel Gonçalves Barbosa, batizado em 22-02-1786. Aos 27-11-1811 casou com Maria Cândida de Moraes, filha de José Francisco Pires e Ana Joaquina de Moraes, família “Francisco de Oliveira Braga”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 22-02-1786 Santa Ana da capela do Barroso filial da freg. da matriz da Igreja Nova, Manoel, f.l. Lourenço Pinto Barbosa e Maria de Jesus Monte, aplicados da capela de N. Sra. do Pilar desta freguesia, padr.: Jose Gonçalves Monte e Paula Joaquina do Sacramento, mulher de João Gonçalves Monte da freguesia dos Prados.

 

B7: casamentos Barbacena - Barroso aos 27-11-1811 Manoel Glz Barbosa, f.l. de Lourenço Pinto Barbosa e Maria de Jesus Monte, n/b na freguesia de S. José; = Maria Candida de Moraes, f.l. de José Francisco Pires e Anna Joaquina de Moraes, n/b na capela de Santa Rita.

6-6-2-9 Joana, em 1793.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro Suplementos, em o ano de 1793 cap. S. Ana do Barroso filial da matriz de Barbacena de licença, Joana, f.l. Lourenço Pinto Barbosa e Maria de Jesus Monte, padr.: P|edro Gonçalves Monte e Maria Vitoria, tios maternos da batizada. Vila de São Jose 05-09-1819

6-6-3 Ana, batizada em 01-04-1753.

Prados, MG aos 01-04-1753 nesta matriz bat a Ana, f.l. de Antonio Gonçalves Monte, natural da freg. de Santa Marinha da Alheira Arc. de Braga e de Joana de Souza Caldas, n/b nesta mesma freguesia, neta paterna de Pedro Gonçalves da Poça e de s/m Maria Luiz do Monte, neta materna de Cristovão Pereira de Mello, n/b na cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas, da freguesia de Santo Antonio da vila de S. Jose do Rio das Mortes desta comarca e bispado de Mariana; foram padrinhos o Alf. Antonio Gonçalves Poça e Clara Maria de Mello mulher do Cap. Mor Pedro Teixeira de Carvalho moradores nesta freguesia.

6-6-4 Antonio em 04-12-1754.

Prados, MG aos 04-12-1754 n esta paroquial igreja bat a Antonio, f.l. de Antonio Gonçalves Monte, natural da freg. de Santa Marinha da Alheira Arc. de Braga e de Joana de Souza Caldas, n/b nesta mesma freguesia, npaterno de Pedro Gonçalves da Poça e de s/m Maria Luis do Monte batizados na dita freguesia de Santa Marinha, neta materna de Cristovão Pereira de Mello, bat. na cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas, da freguesia de Santo Antonio da vila de S. Jose do Rio das Mortes desta comarca e bispado de Mariana; foram padrinhos o Cap. Bernardo Rodrigues Dantas e Teresa de Souza Caldas mulher do Cap. Jose Viçoso, todos moradores nesta freguesia.

6-6-5 Paulino Gonçalves Monte foi batizado em Faleceu em 16-05-1829.

Prados, MG aos 13-09-1756 nsta matriz bat a Paulino, f.l. de Antonio Gonçalves Monte, natural da freg. de Santa Marinha da Alheira Arc. de Braga e de Joana de Souza Caldas, n/b nesta mesma freguesia,npaterno de Pedro Gonçalves da Poça e de s/m Maria Luis do Monte naturais na dita freguesia de Santa Marinha, neto materno de Cristovão Pereira de Mello, nat. da freg. de Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas, da freguesia de Santo Antonio da vila de S. Jose do Rio das Mortes desta comarca e bispado de Mariana; foram padrinhos Hyacinto de Mattos Pereira, solteiro morador na freguesia dos Carijos e Maria do Espirito Santo mulher do Ten. Antonio Gonçalfves Possa, todos moradores desta dita freguesia dos Prados.

         Era viúvo de Joana Izabel de Lima, falecida em 24-07-1828, filha de João Francisco da Silva e Quitéria da Assunção, família “João Francisco da Silva”, neste site. Sem geração.

Prados, MG óbitos - aos 16-05-1829 faleceu Paulino Gonçalves Monte, viuvo de Joana Izabel, sepultado dentro desta matriz de Prados. Fez seu testamento: (...) eu Paulino Gonçalves Monte, f.l. do Ten. Antonio Glz Monte e Joana de Sza. Caldas, ambos falecidos, natural da freguesia de N. Sra da Conceição de Prados do termo da vila de S. Jose comarca do Rio das Mortes Bispado de Mariana.

Fui casado com Joana Izabel de Lima de cujo matrimonio não tive filhos. Testamenteiros em 1º a m/sobrinho Alf. João Teixeira Penafort, em 2º ao F. M. João Ribeiro da Costa e em 3º ao Furr.el Antonio Apolinario Poça. Legados: a m/afilhado Bernardo, filho de meu compadre João Fr.co Lima 15$000 rs = a Maria Teresa, engeitada de minha casa, 50$000 rs. Pagas as minhas dividas, instituo por meui universal herdeiro a meu sobrinho o 1º testamenteiro o Alf. João Teixeira Pena. Ribeirão de Luiz Ayres 18 de 8bro de 1828 Paulino Glz Monte.

 

6-6-6 Pedro Gonçalves Montes, batizado aos 17-07-1758 em Prados.

Prados, MG aos 17-07-1758 nesta matriz bat a Pedro, f.l. de Antonio Gonçalves Monte, natural da freg. de Santa Marinha da Alheira Arc. de Braga e de Joana de Souza Caldas, n/b nesta mesma freguesia, npaterno de Pedro Gonçalves da Poça e de s/m Maria Luis do Monte naturais na dita freguesia de Santa Marinha, neta materna de Cristovão Pereira de Mello, nat. da freg. de Santo Ildefonso extra muros da cidade do Porto e s/m Teresa de Souza Caldas, da freguesia de São Gonçalo Bispado do Rio de Janeiro; foram padrinhos o Alf. Domingos Rodrigues Dantas e Francisca de Souza mulher de Manoel Gomes SAndim, todos assistentes nesta dita freguesia.

         Em Tiradentes aos 20-04-1796, casou com Bernarda Muniz de Menezes, batizada em 21-03-1759, filha de Bernardo de Souza Azevedo e Rosa Maria Muniz de Menezes.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. 20-04-1796; Pedro Gonçalves Montes; f. Tte. Antonio Gonçalves Montes e Joana de Souza Caldas; n. Prados; = cc. Bernarda Monis de Menezes; f. Bernardo de Souza Azevedo e Rosa Maria Monis de Menezes; n. São José del Rei.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro Suplementos, aos 21-03-1759 nesta matriz, Bernarda nascida aos 13 dias do dito mes, f.l. Bernardo de Souza Azevedo e D. Rosa Maria Moniz de Menezes moradores na aplicação desta dita matriz, padr.: Dr. Intendente desta comarca Manoel Caetano Monteiro Guedes. E porque este assento se não acha no livro respectivo agora em virtude de um assento particular que se achou na casa do dito Bernardo de Souza, hoje falecido, e feito por ele fiz abrir este. Vila de S. Jose 11-04-1796.

6-6-7 Manoel Gonçalves Monte aos 18-11-1807 casou com Rita Antonia de Nazaré, filha de Antonio Lopes Chaves e Maria Ritta Coelho. Família “Nunes de Pontes”

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Rosario aos 18-11-1807 Manoel Gonçalves Monte, f.l. do Ten. Antonio Gonçalves Monte e Joana de Sousa Caldas = Ritta Antonia de Nasareth, f.l. de Antonio Lopes Chaves e Maria Ritta. Nts/bts freguesia de Prados.

Ajudante Manoel faleceu aos 03-01-1813 e foi sepultado dentro da matriz de Prados:

Prados, MG obitos - aos 03-01-1813 nesta matriz de Prados faleceu o Ajudante Manoel Gonçalves Monte, casado com Rita Antonia, foi sepultado dentro desta matriz.

         Em 01-03-1808, Manoel e Rita Antonia reconheceram cinco filhos que tiveram antes do matrimônio (pesquisa Carlos J. Maia de Oliveira):

(pesquisa Carlos J. Maia de Oliveira) Prados, MG - Nossa Senhora da Conceição, Batismos. Em primeiro dia do mes de Março de 1808 nesta Matriz de Prados, estando presentes Manoel Gonçalves Montes e sua mulher Ritta Antonia, por eles foi dito que Constancia, baptizada na Capella da Lagoa Dourada pelo Reverendo Matheus José de Macenedo, por exposta em casa do Reverendo Miguel Lourenço Pimentel, cujo assento se acha neste Livro a folhas 53, sendo feito o dito baptismo aos 4 de outubro do anno de 1791; e que Antonio, cujo assento se acha neste Livro, a folhas 135, verso,  baptizado pelo Reverendo Joze Gonçalves Poça aos 22 dias do mes de Junho da era de 1796 annos, por exposto em casa de João da Affonseca; e que Manoel, cujo assento se acha tambem retro, a folhas 200, baptizado por mim aos 27 de Julho de 1800, nesta Matriz de Prados, por filho natural de Ritta Antonia; e que Maria, cujo assento se acha tambem retro a folhas 221, baptizada também por mim nesta Matriz de Prados aos dias 6 de Fevereiro de 1802 por exposta em casa de Ritta Antonia; e que Francisco cujo assento se acha retro, a folhas 250, baptizado nesta Matriz de Prados, pelo Reverendo João Mello Costa aos 3 de Março de 1804 por filho destes ditos Manoel Gonçalves Monte, Ritta Antonia, que todos cinco baptizados declarados acima eram seus legítimos filhos, todos por mizéria humana, antes do matrimônio, porem que no seu casamento os reconhecerão como tais e assim os crião, tem, e querem que sejão tidos e havidos por legítimos e para a todo o tempo, requerião se lavrasse este assento, o qual eu mandei lavrar e assignei com o dito Manoel Gonçalves Monte em virtude do Mandado do Reverendo Doutor Provisor deste Bispado José Alvez do Coitto Saraiva, cujo se acha nos Autos da habilitação, que obtiverão do mesmo para se cazarem e se estão no Auditorio Eclesiastico da Villa de São João; era ut supra. Assinaturas. Manoel Glz Monte e Vig. José Gonçalves Torres.

6-6-7-1 Constancia batizada em 04-10-1791.

6-6-7-2 Antonio, batizado em 22-06-1796. Antonio Manoel Monte aos 27-11-1820 casou com Joaquina dos Santos Poça, filha do Tenente Pedro Gonsalves Poça e Josefa Gonçalves de Moura, família “Antonio de Oliveira Gago”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 27-11-1820 Antonio Manoel Monte, f.l. do Ajudante Manoel Gonsalves Montes, já falecido, e D. Ritta Antonia de [danificado], n/b freguesia de Prados = Joaquina dos Santos Poça, f.l. do Ten. Pedro Gonsalves Poça e D. [danificado] Gonsalves de Moura, já falecida, n/b freguesia de Prados.

Foram moradores em Prados onde em 1831 Antonio tinha negócios e morava com a mulher e seis filhos.

Censo Prados, MG 1831 transcrito por Rubens Camara.

6 - ANTÔNIO MANUEL MONTES, branco, 31 anos, casado, de negócios; Joaquina dos Santos Possa, branca, 30 anos ,sua mulher;  Josefa, branca, filha, 9 anos;  Maria, branca, filha, 8 anos;  Francisco, branco, filho, 7 anos; Boaventura, branco, filho 6 anos; José. branco, filho, 5 anos; Miscias, branca, filha, 1 ano.

6-6-7-3 Manoel batizado em 27-07-1800.

6-6-7-4 Maria em 06-02-1802.

6-6-7-5 Francisco em 03-03-1804.

6-6-8 Severino Gonsalves Monte aos 13-03-1783 casou com Ana Lopes de Oliveira, viuva do Licenciado João Pinto e filha de Manoel João de Oliveira e Ana Lopes Chaves. Família “João Francisco da Silva”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz de S. João del Rei aos 13-03-1783 Severino Gonsalves Monte, f.l. do Ten. Antonio Gonsalves Monte e de Joana de Souza Caldas = Anna Lopes de Oliveira, viuva do Licenciado João Pinto e f.l. de Manoel João de Oliveira e Anna Lopes Chaves.

6-6-9 José Inocencio Montes aos 08-01-1800 casou com Luzia Joaquina da Silva, filha de João Luis Coelho e Maria Joaquina. Em 1831 moravam em Prados, ele com 64 anos e ela 50, com alguns cativos.

B7: casamentos Barbacena - Barroso aos 08-01-1800 José Inocencio Montes, f.l. de Antonio Gls Montes e Joana de Souza Caldas, n/b freguesia de Prados; = Luzia Joaquina da Silva, f.l. de João Luis Coelho e Maria Joaquina, n/b nesta.

 

Censo Prados, MG 1831 transcrito por Rubens Camara.

56-  JOSÉ INOCÊNCIO MONTES, branco, 64 anos, casado, lavrador;  Luísa Maria, 50 anos, sua mulher;  Manuel, benguela, cativo, 46 anos, solteiro;  Joaquim, angola, cativo, 16 anos, solteiro;  Paula, rebola, cativa, 16 anos, solteira;  Joanna, benguela, cativa, 30 anos, solteira.

 

6-6-10 João Gonçalves Monte aos 24-11-1802 casou com Joana Gonçalves de Meireles, filha do Capitão João de Meireles Coelho e Maria Gonçalves de Moura, família “Antonio de Oliveira Gago”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 24-11-1802 Alferes João Gonçalves Monte, f.l. do Ten. Antonio Gonçalves Monte e Joanna de Souza Caldas = Joanna Gonçalves de Meireles, f.l. do Cap. João de Meireles Coelho e D. Maria Gonçalves de Moura. Nts/bts nesta.

 

         João faleceu aos 01-06-1812, com 42 anos declarados:

Prados, MG obitos - aos 01-06-1812 faleceu de febre biliosa o Alf. João Gonçalves Monte, com 42 anos de idade, cc D. Joana Gonçalves de Meireles, Sepultado dentro desta matriz de Prados.

          Joana casou segunda vez aos 14-06-1813 com Severino José Monte.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 14-06-1813 Severino Jose Monte e D. Joaquina Monte, viuva que ficou do Alf. João Gonçalves Monte. Nts/bts freguesia de Prados. Testemunhas: Cap. Antonio Jose Moreira e Cap. Antonio Gonçalves de Moura.

 

João Gonçalves Monte e Joana tiveram q.d.

6-6-10-1 Maria do Carmo de Meireles aos 07-11-1821 casou com o Alferes Manoel Felipe, filho do Ajudante João Ferreira de Carvalho e Maria Felisarda de Santa Ana. Em 1831 Manoel Felipe Néri e Maria do Carmo moravam em Prados com quatro filhos.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - aos 07-11-1821 Alf. Manoel Felipe da [N--- danificado], f.l. do Ajudante João Ferreira de Carvalho e D. Maria Felisarda de Santa Anna = D. Maria do Carmo de Meireles, f.l. do Alf. João Gonsalves Monte e D. Joana Gonsalves de Meireles. Nts/bts em Prados.

 

Censo Prados, MG 1831 transcrito por Rubens Camara.

4 - Alferes MANUEL FELIPE NERI, branco, 51 anos, casado, lavrador;  Maria do Carmo, branca, 22 anos, sua mulher;  Maria, branca, filha, 7 anos;  Manuel. branco, filho, 5 anos;  Anna, branca, filha., 3 anos;  Senhorinha, branca, filha, 1 ano.

 

6-6-10-2 Antonio dos Reis Belchior aos 10-02-1823 casou com Maria Constancia Ferreira, filha do Alferes João Teixeira Penafort e Maria Silvana de Jesus. Em 1831 Sargento Mor Antonio e sua mulher moravam em Prados com cinco filhos.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 10-02-1823 Antonio dos Reis Belchior, f.l. do Alf. João Gonsalves Monte e D. Joanna Gonsalves de Meireles, ambos falecidos = D. Maria Constancia Ferreira, f.l. do Alf. Joam Teixeira Penafort e D. Maria Silvana de Jesus. Nts/bts freg. Prados.

 

Censo Prados, MG 1831 transcrito por Rubens Camara.

47-  Sargento ANTÔNIO DOS REIS BELCHIOR, branco, 28 anos, casado, lavrador; Maria Constância Teixeira, branca, 25 anos, sua mulher; Antônio, branco, filho, 8 anos;  Anacleto, branco, filho, 7 anos;  Pedro, branco, filho, 5 anos; Maria, branca, filha, 3 anos; Carlos, branco, filho, 1 ano.

 

6-6-11 Maria Vitória do Rosário aos 31-08-1795 casou com José Antonio de Mesquita, filho de Francisco José de Mesquita e Joana Silvéria da Cruz, família “Francisco José de Mesquita”.

B7: Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - matriz aos 31-08-1795 Joze Antonio de Mesquita, f.l. de Francisco Jose de Mesquita e Joana Silveria da Cruz = Maria Vitoria do Rosario, f.l. do Ten. Antonio Gonçalves Monte e Joanna de Souza Caldas. Nts/bts freg. Prados.

 

6-7 Agostinho, batizado em 07-09-1734. Clérigo, já falecido em 1789.

Prados, Mg Igreja N Sra da Conceição bat. - aos 07-09-1734 nesta matriz bat a Agostinho, f.l. Cristovão Pereira de Mello e Teresa de Souza. Padr.: Francisco Jose Freire, e Rita Maria mulher de Jose Martins dos Santos da freguesia de S. Jose.

 

 

______________________________________________________________________________________

 

 

João Gonçalves Poça

 

 

João Gonçalves Poça e Maria Dias foram moradores em Santa Marinha da Alheira, termo de Barcelos Arc. de Braga. Tiveram os filhos, q.d.:

1- João Gonçalves Poça casou com Marta Francisca. Tiveram filhas que foram legatárias do tio Antonio Gonçalves Poça. Pelo menos um de seus flhos emigrou para o Brasil.

1-1 Antonio Gonçalves Poça, sócio e herdeiro do tio homônimo. Casou com Maria de Souza do Espírito Santo 6-5.

2- Ana, já viúva em 1760, moradora em Santa Marinha de Alheira, Ela e duas netas foram legatárias do irmão Antonio.

3- Pedro Gonçalves Poça casado com Maria Luiz do Monte, moradores na mesma freguesia. Suas filhas foram legatárias do tio Antonio. Pelo menos três deseus filhos emigraram para o Barsil.

3-1 Antonio Gonçalves Monte, 2º testamenteiro e legatário do tio Antonio Gonçalves Poça. Em Prados-MG casou com Joana de Souza Caldas. Geração em 6-6

3-2 Jose Gonçalves Monte legatário do tio Antonio Gonçalves Poça. Em Prados-MG aos 28-08-1769 casou com Rosa Felicia de Jesus, filha do Cap. Bernardo Rodrigues Dantas e Catarina da Assunção Xavier. Geração na família “Rodrigues Dantas - Silva Xavier” Cap. 1º.

3-3 João Gonçalves Monte. Em Prados-MG aos 02-10-1774 casou com Paula Maria da Assunção, irmã inteira de Rosa Felicia de Jesus supra citada. Geração na família “Rodrigues Dantas - Silva Xavier” Cap. 1º.

4- Antonio Gonçalves Poça, natural de Santa Marinha da Alheira, termo de Barcelos Arc. de Braga, emigrou para Prados-MG onde foi sócio do sobrinho homônimo. Testou em 23-01-1760. Solteiro, sem herdeiros forçados, deixou legados ao irmãos, sobrinhos, sobrinhos netos e instituiu herdeiro universal ao sobrinho Antonio Goçalves Poça. Faleceu aos 28-10-1760.

(indicação de William Horst Richter) Prados, MG obitos aos 28-10-1760 faleceu Antonio Gonçalves Poça, solteiro, fez seu testamento cujo teor é o seguinte: (...) aos 23-01-1760 nesta fregueia de N. Sra da Conceição dos Prados nesta casa de morada de mim Antonio Glz Poça (...) faço este meu testamento: sou natural da freguesia de Santa Marinha da Alheira, termo de Barcelos Arc. de Braga, f.l. de João Glz Poça e de Maria Dias, já defuntos. Sou solteiro e não tenho herdeiros ascendentes nem descendentes.Testamenteiros em 1º lugar a meu sobrinho Antonio Glz Poça, em 2º a meu sobrinho Antonio Glz Monte, em 3º ao Cap. Bernardo Roiz Dantas, em 4º ao Cap. Mor Pedro Teixeira de Carvalho. Encomendações pias. Declaro que tenho sociedade com meu sobrinho Antonio Glz Poça. Esmolas pias.

Legados: na freguesia de Sta Marinha de Alheira a minha irma Ana, viuva, 100$000rs= as minha sobrinhas, na dita freguesia, filhas de meu irmão João Glz, 50$000 rs a cada uma= na mesma freguesia a cada uma de minhas sobrinhas, filhas de meu irmão P.º Glz 50$000 rs= deixo na mesma freguesia a duas netas de minha irmã Ana, 50$000m rs a cada uma = a minha afilhada, filha de Francisco X.er nesta freguesia e Prados, por esmola para casar 50$000 rs = a m/afilhada, filha de M.ª G--- 20$000 rs = a m/afilhada filha de Feliciana Cardoso 20$000 rs. Declara bens. Deixo a meu sobrinho Antonio Glz Monte 300$000rs= a meu sobrinho Joseph Glz Monte 300$000rs= Encomenda missas.

Depois de pagas as minha dividas e cumpridos os meus legados, de tudo qu sobrar nomeio e instituo meu sobrinho Antonio Glz Poça por meu herdeiro = Antonio Gonçalves Poça. E não continha mais o dito tstamento que aqui tansladei se seguia se a aprovação do Tabelião.