PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

Sebastião Bicudo de Mendonça

(atualizado em 09-maio-2016)

 

 

SL. 8, 258, 1-3 Isabel Ribeiro, casou em 1638 em São Paulo com Sebastião Bicudo de Siqueira, f.o de Manuel de Siqueira e de Mécia Nunes Bicudo. Com  geração no V. 7.o pag. 506.

SL. 7, 506, 1-1 Sebastião Bicudo de Siqueira, casou-se em 1639 em S. Paulo com Isabel Ribeiro, f.a de João Maciel Valente e de Maria Ribeiro. Tit. Macieis. Teve q. d.: 2-1 e 2. Antonio e Sebastião.

 

 

Bartyra Sette

Colaboração de Fabricio Gerin

 

 

 

Sebastião Bicudo de Mendonça (ou de Siqueira como citado na GP) casou duas vezes. Primeira vez em São Paulo com Izabel Ribeira, daí natural. Segunda vez com Ângela Cardoso.

 

Sebastião faleceu com testamento de 07-01-1783 que recebeu o cumpra-se em 09 de março do mesmo ano. Ângela faleceu com testamento de junho de 1683. Ambos inventariados em Mogi das Cruzes em 1683 (pesquisa Fabricio Gerin).

Inventarios de Moji das Cruzes: 2º Cartório de Mogi das Cruzes

Pesq. Fabricio Gerin

1683 Sebastião Bicudo de Mendonça e Angela Cardoso (do casal).

Testamento: 07/01/1683

Casado 1ª vez na vila de São Paulo com Isabel Ribeiro natural da mesma vila: 1 casal de filhos: Sebastião e Maria.

Minha filha Maria casei com Manoel da Cunha Gago e lhe dei (...); meu filho Sebastião lhe não dei nada de sua legitima (...).

Fui casado 2ª vez com Angela Cardoso da qual tive 11 filhos - morreram 3 - ficaram 8, quatro machos e quatro femeas: Antonio, Manoel, Sebastião, Manoel, Mecia, Eulalia, Luzia, Valeriana.

Mecia casada com João de Chaves.

Eulalia cc Alexandre Pedroso.

Tenho uma filha bastarda: Mecia cc Francisco Teixeira.

Cumpra-se 09-03-1683

 

Inventarios de Moji das Cruzes: 2º Cartório de Mogi das Cruzes -

Pesq. Fabricio Gerin

Testamento de Angela Cardoso: junho de 1683

Casada com Sebastião Bicudo, defunto

Filhos: 9 - Antonio Bicudo de Mendonça, Manoel Bicudo, Manoel Francisco, Sebastião Bicudo, Catarina Bicudo, Mecia Nunes, Luzia Bicudo, Valeriana Bicudo e Eulalia Bicudo.

Cumpra-se 20-06-1683

Titulo de Herdeiros: Antonio Bicudo = Manoel Bicudo digo Manoel de Siqueira = Bastião Bicudo = Catherina Bicuda = Mecia Nunes = Aurelia Bicuda = Luzia da Penha = Valeriana Cardosa.

Termo de Partilha: Antonio Bicudo = Sebastião Bicudo = Manoel Bicudo = Manoel de Siqueira = Sebastião Bicudo = Luzia da Penha = Baleriana Cardosa.

Peças que couberam aos órfãos, coube a: Sebastião Bicudo = Antonio Bicudo = Manoel Bicudo e Manoel = Valeriana

Recibo: recebi de meu irmão Antonio Bicudo de Mendonça como testamenteiro de s/mãe Angela Cardosa, 2 patacas 11-06-1686 (aa) Aurelio Bicudo de M.ça

26-11-1661 eu Manoel da Cunha estou pago e satisfeito de meu sogro Sebastião Bicudo da legitima herança de minha mulher.

 

Filhos bastardos de Sebastião:

- Mécia casada com Francisco Teixeira.

-  (na duvida) Aurelio Bicudo de Mendonça, assina recibo no inventário de Ângela:”recebi de meu irmão Antonio Bicudo de Mendonça como testamenteiro de s/mãe Angela Cardosa, 2 patacas 11-06-1686 (aa) Aurelio Bicudo de M.ça

 

 

Filhos com Izabel Ribeira:

1- Sebastião

2- Maria Bicuda, que segue no § 2

 

Filhos com Ângela Cardoso:

3- Antonio Bicudo Cardoso

4- Manoel Bicudo

5- Sebastião Bicudo

6- Manoel Francisco (de Siqueira)

7- Mécia Nunes casada com João de Chaves

8- Eulália Bicudo casada com Alexandre Pedroso

9- Luzia Bicudo ou da Penha

10- Valeriana Bicudo ou Cardosa

11- Catarina Bicudo

 

1- Sebastião Bicudo. Segundo SL (7º, 506, 2-2 e 2º, 351, 2-6) casou com Maria Leme, filha de Domingos Leme e de Maria da Costa

 

3- Antonio Bicudo de Mendonça, filho de Ângela Cardoso e não de Izabel Ribeira como citado na GP. Segundo SL. 7º, 506, 2-1, casou com Maria de Lemos: Antonio Bicudo de Mendonça, C.c. Maria de Lemos, fal. em 1713 em Jacarei. Teve: 3-1 a 3-4 e outros fal. Entre eles:

3-1 Manoel de Lemos Bicudo, dispensados dos impedimentos de consenguinidade em 3º a 4º, aos 15-02-1700 em Mogi das Cruzes casou com Maria da Cunha, filha de Jorge Rodrigues e Ignez da Cunha. Geração em SL. 7, 506, 3-1.

RMJ - ACMSP 2-4-1 - 1689 a 1699

Manoel de Lemos Bicudo e Maria da Cunha - 1699 sem dia e mes

3º a 4º de consangüinidade

A causa para serem dispensados é serem oriundos de neófitos.

Manoel de Siqueira Caldeira e Sebastião Bicudo foram irmãos.

Manoel gerou Catherina de ------ e desta nasceu Jorge Rodrigues, pai da oradora.

Sebastião Bicudo gerou Antonio Bicudo pai do orador.

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 15-02 da sobredita era (1700) Manoel de Lemos, f. Antonio Bicudo de Mendonça e Maria de Lemos = cc Maria da Cunha f. [------] Jorge Rodrigues e Ignez da Cunha

Segunda vez, Manoel casou com Maria de Lemos Conde. Maria de Lemos, viúva de Manoel de Lemos Bicudo e então casada com Cap. Mor Rodrigo Felix Martins, faleceu com testamento em 08-11-1769 em Curitiba-PR. Com geração.

Curitiba, PR Igreja N Sra da Luz obitos - aos 08-11-1769 faleceu D. Maria de Lemos Conde, de idade 60 anos, pouco mais ou menos, fez seu testamento: encomendações pias; encomenda missas (entre elas) pelas almas de meus pais, pela alma do defunto meu marido Manoel de Lemos Bicudo; pelas almas dos dois meus irmãos = Ignacio e Anna, já defuntos = do defunto meu filho Salvador. No texto: meus sobrinhos clerigos; deixo a minha sobrinha Ana, filha de meu irmão Jose Morato, uma corrente de outro, e na falta desta substituira a irmã moça, e na falta de ambas a q se seguir. Deixo a m/sobrinha Maria da Apresentação um par de botões grandes de ouro confeitados; deixo a m/afilhada Maria, filha de Maria Freire de Macedo mulher de Joam da Silva. (...).

Foi sepultada na capela mor da capela de Santa Barbara do Pitangui; foram seus testamenteiros o Cap. Mor Rodrigo Fellis Martins seu marido, e seu filho Jeremias de Lemos, e seu genro Antonio Jose da Silva.

 

7- Mécia Nunes casada com João de Chaves. Provavelmente Mécia (Nunes ou Ribeiro ou Bicudo) casada com João de Chaves, filho de Manoel Jorge e Beatriz Ribeira, com geração na família “Francisco de Chaves”.

 

 

§ 2º MARIA BICUDA

(atualizado em 08-dezembro-2012)

 

Maria Bicudo, filha de Sebastião Bicudo de Mendonça e sua primeira mulher Izabel Ribeira, casou com Manoel da Cunha Gago. Manoel assinou recibo na partilha do sogro.

Ambos foram inventariados em Mogi das Cruzes. Maria em 1696 e Manoel em 1704. Seus filhos menores foram tutelados por Bento da Costa e depois por Antonio de Siqueira Caldeira.

2º Cartório de Mogi das Cruzes-SP - Inventários

Pesq. Fabricio Gerin e Bartyra Sette

1696 Maria Bicuda

mulher que foi de Manoel da Cunha Gago

Declarante: Manoel da Cunha Gago, viuvo.

Filhos:

Veronica Bicuda cc João Lamin, defunta.

Izabel Bicuda, solteira

Lizarda

Machos:

Sebastião Bicudo

Januario Ribeiro

Guilherme da Cunha

Martinho da Cunha

Francisco da Cunha

 

Inventarios do 2o. cartório de Moji das Cruzes-SP

Pesq. Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Manoel da Cunha Gago - 1704

Filhos:

Femeas: Beronica Bicuda = Izabel Bicuda cc Bento da Costa = Lizarda, solteira.

Machos: Sebastião Bicudo = Januario Ribeiro = Guilherme da Cunha = Martinho da Cunha = Francisco da Cunha.

Quinhões de: Lisarda Bicuda = Sebastião Bicudo = Januario Ribeiro = Guilherme Bicudo = Martinho = Francisco.

Diz Bento da Costa, como tutor e curador dos filhos que ficaram de Manoel da Cunha Gago (...).

02-02-1709 Antonio de Siqueira Caldeira, tutor dos órfãos: Lizarda Bicuda, Francisco da Cunha e Martinho da Cunha.

Vitto de Oliveira, morador na vila de N. Sra da Conceição, casado com a órfã Lizarda da Cunha, filha de Manoel da Cunha - requer a legitima 15-03-1710

Diz Francisco da Cunha, filho órfão de Manoel da Cunha Gago e sua mãe tambem falecida Maria Bicuda - requer a legitima 17-04-1711

Procuração em 20-07-1715 de Martinho da Cunha Gago.

 

Tiveram os filhos, segundo seus inventários:

2-1 Verônica Bicuda, já falecida em 1696, foi casada com João Lamim.

2-2 Izabel Bicuda, solteira em 1696. Casou com Bento da Costa

2-3 Lizarda Bicuda ou da Cunha. Solteira em 1704 casou depois com Vito de Oliveira.

2-4 Sebastião Bicudo

2-5 Januário Ribeiro.

2-6 Martinho da Cunha Gago

2-7 Francisco da Cunha

2-8 Guilherme da Cunha Gago (ou Bicudo), natural de Mogi das Cruzes casou com Brigida Sobrinha de Aguiar, natural de Jacarei-SP, filha de Antonio Moreira e Maria da Silva de Aguiar.

          Guilherme e Brigida tiveram outros filhos alem dos dois citados na GP (SL. 7, 443, 4-7):

2-8-1 Antonia da Silva de Aguiar casou com o Licenciado Diogo Pinto Torres (SL. 7, 443, 5-1). Pais de, q.d.:

2-8-1-1 Ana Mendes da Silva batizada em Baependi aos 07-03-1728. Em Aiuruoca aos 14-04-1751 casou com Manoel Vaz Sodré, natural da Ilha Graciosa, filho de Manoel Luiz Sodré e Agueda Dias.

Baependi, MG aos 07-03-1728 bat Ana, f.l. L.do Diogo Pinto Torres e Antonia da Silva, padr.: Cap. Mor Manoel Garcia de Oliveira e D. Maria do Prado.

 

B7: casamentos igreja N. Sra. da Conceicão de Aiuruoca, comarca do Rio das Mortes aos 14 abril 1751 Manoel Vas Sudre, n. e b. na freg. de S. Matheus da Ilha da Graciosa, bisp. de Angra, f.l. de Manoel Luiz Sudre e de Agueda Dias; c/ Anna Mendes da Silva, n. e b. freg. N. Sra. de Monserrate de Baependi, f.l. de Diogo Pinto Torres e Antonia da Silva de Aguiar.

2-8-1-2 Diogo, batizado em 23-08-1730.

Baependi, MG aos 23-08-1730 bat a Diogo, f.l. Diogo Pinto [------------------------] e Antonia da Silva, padr.: [danificado]

2-8-1-3 João, batizado em 07-03-1732.  João Pinto da Silva segundo SL. 7, 443, 6-2.

Baependi, MG aos 17-03-1732 bat João, f.l. Diogo Pinto Torres e Antonia da Silva, padr.: Jose Frz, casado e Maria de Lara mulher de Francisco Rafael.

2-8-1-4 Brigida em 01-09-1734.

Baependi, MG aos 01-09-1734 bat a Brigida, f.l. Ldo. Diogo Pinto Torres e Antonia da Silva, padr.: Sarg. Mor Manoel Nunes com pp de Lourenço Dias, e Ana Maria, casada.

2-8-1-5 Francisco Pinto Torres batizado em Aiuruoca aos 05-02-1738. Casou aos 06-07-1772 com Jerônima Francisca do Rosário, natural do Rio de Janeiro, filha de Manoel da Trindade e Maria Antonia de Jesus.

B7: Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 05 fev 1738 Francisco, f. de Diogo Pinto Torres e Antonia da Silva, padr.: o licencido Antonio ---- Silva casado e Antonia Cardoza casada.

 

Aiuruoca, MG aos 06-07-1772 nesta matriz se receberam Francisco Pinto Torres, n/b nesta freguesia, f.l. de Diogo Pinto Torres, ja defunto e Antonia da Silva de Aguiar = E Jeronima Francisca do Rosario, n/b na freguesia da Sé do Rio de Janeiro, f.l. de Manoel da Trindade e de Maria Antonia de Jesus, de presente moradores nesta freguesia. Testemunhas Jose Francisco Guimarães e Manoel Nunes de Mendonça.

         Jerônima e Francisco faleceram em Aiuruoca com testamento e sem geração. Ela em 17-12-1821 e ele em 06-10-1824.

B7: Igreja N. Sra. da Conceição - Aiuruoca: - Alagoa - 17 dezembro 1821, septuagenaria Jeronima Francisca do Rosario, branca, cc. Francisco Pinto Torres, c/test.

Filha leg. de Manoel da Trindade e Maria Antonia de Jesus, falecidos, n. e b. na cidade do Rio de Janeiro.

Sou cc. Francisco Pinto Torres.

Testamenteiros: 1-  o marido.; 2- Manoel Martins de Barros; 3-m/afilhado Francisco Fernandes de Araujo.

legados:

-m/sobrinha Jeronima, f. de Francisco Pereira da Cunha, falecido.

-m/sobrinho e afilhado Joaquim Pereira filho do dito;

-a m/afilhada Jeronima Maria de Jesus mulher de Jo-- Fer--- de Oliveira.

Registrado aos 26 abril 1821.

 

B7: Igreja N. Sra. da Conceição - Aiuruoca: matriz - 06 outubro 1824, nonagenario, c/test. Francisco Pinto Torres, viuvo de Jeronima Francisca do Rosario.

F. leg. de Diogo Pinto Torres e Antonia da Silva de Aguiar, falecidos, n. e b. nesta freg.

Testamenteiros: 1- Francisco Pinto Fernandes; 2- ten. Jeronimo d'Arantes Marques.

Fui cc. Jeronima Francisca do Rosario, sem filhos e não os tive em solteiro.

2-8-1-6 André, batizado em Aiuruoca aos 08-12-1739.

B7: Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 08 dez 1739 matriz, Andre, f. do licenciado Diogo Pinto Torres e s/m Antonia da Silva, padr.: Manoel Correa Arnaut, casado e Andreza de Castilho, casada.

2-8-1-7 Maria Joaquina do Rosario batizada em 15-08-1741, Aos 01-12-1770 casou com Manoel Pereira dos Santos, natural da freguesia de N. Sra do Loureto-RJ, filho de Manoel da Trindade e Maria Antonia de Jesus.

Aiuruoca, MG aos 15-08-1741 bat a Maria, f.l. de Diogo Pinto e Antonia da Silva, foram padrinhos Antonio Pinto de ------- e Ana Joaquina da ----------- de Manoel Correa Arnaut, todos moradores nesta freguesia.

 

Aiuruoca, MG aos 01-12-1770 se receberam Manoel Pereira dos Santos, f.l. de Manoel da Trindade e Maria Antonia de Jesus, n/b na freg. de N. Sra do Loureto do Rio de Janeiro = E Maria Joaquina do Rosario, f.l. de Diogo Pinto Torres e Antonia da Silva de Aguiar, batizada nesta freguesia.

         Pais de, pelo menos:

2-8-1-7-1 Brigida batizada em 01-11-1771, madrinha a avó materna.

Aiuruoca, MG aos 01-11-1771 bat a Brigida, f.l. de Manoel Pereira dos Santos e Maria Joaquina do Rosario, que nasceu em 24 de 8bro proximo, foram padrinhos Francisco Pinto Rorres, seu tio e Antonia da Silva de Aguiar, avó materna, todos desta freguesia.

2-8-1-8 Clara Francisca do Amor Divino, batizada aos 12-11-1747 em Aiuruoca. Em Baependi-MG aos 27-02-1772 casou com Francisco Leme da Cunha, natural de Mogi das Cruzes, filho de Miguel Fernandes Nogueira e Maria Fragosa de Mattos. Geração em SL. 3, 172, 6-1.

B7: Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 12 nov 1747 matriz, Clara, f.l. do licenciado Diogo Pinto Torres e s/m Antonia da Silva, padr.: Francisco --- da Sylva Brito e Francisca Leyte de Moraes, casada, todos desta freguesia.

 

B7: Baependi-MG, aos 27 fevereiro de 1772 nesta matriz de N. Sra. De Monserrate de Baependy- Francisco Leme da Cunha cc. Clara Francisca do Amor Divino.

Ele n. e bat. na vila de Santa Anna de Mogi das Cruzes, bisp. de SP, f.l. de Miguel Fernandes Nogueira e Maria Fragosa de Mattos;

Ela n. e b. freg. De N. Sra. De Aiuruoca f.l. de Diogo Pinto Torres e Antonia da Silva Aguiar.

 

2-8-2 Lourenço Dias da Silva casou em Baependi com Teresa Correa de Almeida, filha de Antonio Correa Leme e Francisca de Almeida Lara, família “João Bicudo do Espirito Santo”, neste site.

          Lourenço foi sepultado em Baependi em 13-09-1798 e Teresa em 23-04-1800

B7: Baependi-MG - Óbitos aos 13-09-1798 foi sepultado Lourenço Dias da Silva, cc. Thereza Corr.ª de Almeida.

 

B7: Baependi-MG - Óbitos -  aos 23-04-1800 sep. nesta matriz Theresa Correya de Almeida (...) que era viúva.

(...) eu Theresa Correya de Almeida (...) faço este meu testamento na forma seguinte:

Deixa Missas.

(...) dou de esmola a minha filha Anna, 60$000 réis

(...) devo por um crédito de 4-$000 réis aos herdeiros do falecido meu filho Antonio, cujos correm juros da Lei (...)

Devo a meu filho Joaquim 19$252 réis; a meu filho José 12$577 réis.

Declara devedores (...)

(...) deixo a meu neto Jose (...)

Declaro que me fica devendo minha filha Anna (...)

Roguei a meu sobrinho Luiz Correya este por mim fizesse.

Hoje 21(?)-04-1800 como testemunha que este fiz e assinei a rogo - Luiz Correya Dias

Como testemunha qui vi fazer e assinar: Jose Correya da Silva, Joaq.m Correya da Silva, Jose Correya de Alvarenga

(...). In fide Parochi, Baependi 23-04-1800

          Lourenço e Teresa tiveram os filhos, q.d.:

2-8-2-1 Ana citada no testamento materno. Ana Leodora (ou Eliodora) da Silva, em Baependi aos 24-04-1805, casou com José Pereira Ramos, natural da cidade do Porto, filho de Joaquim Pereira de Mesquita e Ana Clara dos Passos.

Baependi, MG Igreja N Sra do Monserrate matr - aos 24-04-1805 nesta matriz e testemunhas Manoel Pereira Pinto e Jose Correa de Almeida. Jose Pereira Ramos, f.l. Joaquim Pereira de Mesquita e Ana Clara dos Passos, natural  e batizado na Sé da cidade do Porto = cc Ana Eliodora da Silva, f.l. Lourenço Dias da Silva e Theresa Correa de Almeida, natural e batizada e moradores nesta freguesia de Baependi.

         Capitão José Pereira Ramos de Mesquita, viúvo segunda vez de Delfina Serina de Albuquerque, faleceu com testamento aberto em 11-02-1835. Foi inventariado no mesmo ano (inventário neste site, colaboração de Benedito Raimundo Alves). Alem dos filhos legítimos de ambos os matrimônio, Cap. José declarou duas filhas naturais, uma tida no estado de solteiro e outra no estado de viúvo, esta ultima herdou com seus imãos:

Filhos do Capitão José:

In-1 Joaquina, tida no estado de solteiro, filha de Ana escrava do Cap.Felles Ribeiro.

IIn-2 Maria, filha de Floriana cabra, tida no estado de viúvo. Com 3 anos em 1835. Herdou com seus irmãos.

 

Filhos legitimos com Delfina Serina de Albuquerque, já falecida em 1835:

I- José Pereira Ramos de Mesquita, com 21 anos em 1835. Em 1862, morador no Distrito de Dores da Boa Esperança, casado com Flora Jesuina Ribeiro da Cunha.

II- Silveria, com 20 anos, demente, tutelada pelo irmão José.

III- Miguel Pereira Ramos, com 18 anos. Casou com Candida Idalina de Jesus.

IV- Delminda Serina de Albuquerque, com 17 anos. Casou com Flavio Ribeiro da Cunha.

V- Ana Clara Pereira casada com Pedro Pereira Ribeiro Caldas.

VI- Gabriel, com 10 anos em 1835.

 

Baependi, MG - Óbitos, aos 12-02-1835 sep. Capitão Jose Pereira Ramos de Mesquita, viúvo.

Eu, Jose Pereira Ramos de Mesquita, f.l. Joaquim Pereira de Mesquita e Ana Clara dos Passo, n. da cidade do Porto reino de Portugal, e de presente morador na freg. da vila Baependi do Bispado de Mariana Provincia de Minas Gerais.

Testamenteiros: 1º m/filho Joaquim Pereira Ramos,. 2º Pedro Ribeiro Pereira Caldas, 3º Sargento Mor Francisco de Paula Pereira e Souza.

Fui cc. Ana Leodora da Silve, tivemos os filhos: = Ana, cc. Antonio de Villasboas Simoens, digo Francisca, cc. Antonio de Villasboas Simoens = Joaquim, tambem casado.

C2c Delfina Serina de Albuquerque, já falecida, de cujo matrimonio tivemos os filhos: Jose = Ana = Silveria = Miguel = Raphael, já falecido = Delminda = Manoel e Gabriel.

Os dois primeiros filhos se acham inteirados de suas legitimas materna.

Nomeio para tutor de meus filhos menores a meu filho e 1º testamenteiro Joaquim Pereira Ramos.

Declaro que por fragilidade humana e no estado de viuvo tive comercio carnal com uma escrava de nome Floriana cabra, de cujo comercio tive com a mesma uma filha de nome Maria, a qual foi liberta na pia batismal e por isso hé minha vontade que aquela Floriana gose de liberdade e quanto a Maria, filha desta, se o Direito permitir, que entre em herança com outros meus filhos, tambem a instituo herdeira mas, quando isto não seja permitido, deixo a mesma em legado 300$000réis.

Deixa de esmolas: a Leonor, filha daquela Floriana acima dita, e que tambem foi liberta na pia, 100$000.

Sendo solteiro, tive uma filha com Ana, escrava do Cap.Felles Ribeiro, cuja filha se chama Joaquina, existe hoje em poder do Cel. João Pedro Diniz Junqueira; meu testamenteiro a custa dos meus bens tratara de liberta-la.

Vila Santa Maria Baependi, 11-02-1835 Jose Pereira Ramos de Mesquita.

 

Ana e Cap. José Pereira Ramos de Mesquita tiveram dois fihos:

2-8-2-1-1 Francisca Leodora de Mesquita casada com Antonio de Villas Boas Simões. Francisca, viúva, testou em Chistina, MG em 06-02-1870. Seu testamento foi aberto em 27-09-1872 (testamento neste site, colaboração de Raimundo Alves). Declarou os filhos de seu casal e deixou legados para vários netos seus afilhados.

Filhos do casal na ordem em que são citados no testamento:

2-8-2-1-1-1 Joaquim Pereira Simões

2-8-2-1-1-2 José Joaquim Pereira Simões, 1º testamenteiro materno. Pai de, legatários da avó paterna: Joana(?) e Antonio

2-8-2-1-1-3 João Pereira Simões. Pai de, legatários da avó paterna: José e Joaquim.

2-8-2-1-1-4 Antonio Pereira Simões

2-8-2-1-1-5 Manoel Pereira Simões, 3º testamenteiro materno. Pai de, legatários da avó paterna: Maria, José, e Olimpia

2-8-2-1-1-6 Francisco Pereira Simões

2-8-2-1-1-7 Domingos Pereira Simões

2-8-2-1-1-8 Vicente Pereira Simões, 2º testamenteiro materno.

2-8-2-1-1-9 Ana, já falecida em fevereiro de 1870, foi casada com Manoel Domingues e pais de, legatários da avó materna: Maria, Antonio e José,

2-8-2-1-1-10 Candido Pereira Simões, já falecido em 1870.

2-8-2-1-1-11 Manoel Pereira, idem.

 

2-8-2-1-2 Joaquim Pereira Ramos de Mesquita, em Baependi aos 29-11-1834, casou com Leonor Felisbina Pereira Caldas, filha do Cap. Antonio Ribeiro da Costa Caldas, natural de Queluz-MG e Honoria Felisbina Pereira Caldas natural de São José, casados em S. João del Rei aos 22-10-1799, neta paterna de Pedro José Ribeiro e Ana Maria da Conceição, neta materna do Cap. Domingos Pereira Soares e Ana Teresa de Jesus - família Sargento Mor Alexandre Pereira de Araújo, neste site.

B7: Diocese de Campanha, paroquia de Baependi -MG, aos 29 novembro 1834 - Joaquim Pereira Ramos de Mesquita e Leonor Felisbina Pereira e Caldas. Ele f.l. do cap. Jose Pereira Ramos e de Ana Leodora (sic) da Silva. Ela f.l. do cap Antonio Ribeiro da Costa Caldas e D. Honoria Felisbina Pereira e Caldas. Test.: S.M. Jose de Meirelles Freire e Olympio Viriato Catam.

 

Matriz de Nossa Senhora do Pilar de S. João del Rei, MG e capelas filiadas aos 22-10-1799 matriz, Cap. Antonio Ribeiro da Costa Caldas, f.l. Pedro Joze Ribeiro e D. Anna Maria da Conceição, n/b freg. vila de Queluz; = cc. D. Honoria Felisbina Pereira e Caldas, f.l. Cap. Domingos Pereira Soares e D. Anna Thereza de Jesus, n/b freg. S. Jose.

Alferes Joaquim em 1862 era morador na freguesia de Ouro Fino, termo de Pouso Alegre.

 

2-8-2-2 Joaquim, citado no testamento materno. Joaquim Correa da Silva, natural de Baependi, em Campanha aos 22-09-1781 casou com Ana Angelica Rosalia de Marins, ai batizada em 31-03-1763, filha do falecido Manoel Miguez de Andrade e Antonia Maria Clara - família “Martins do Prado - Marins do Prado”, neste site.

Campanha, MG aos 22-09-1781 e testemunhas Jose Correa de Almeida e Manoel Ferreira Campanhã. Joaquim Correa da Silva, f.l. Lourenço Dias da Silva e Teresa Correa de Almeida, n/b em Baependi = cc Ana Angelica Rosalia de Marins, f.l. de Manoel Migueis, ja defunto e de Antonia Maria, n/b nesta da Campanha.

2-8-2-3 Antonio Correa da Silva casou aos 22-04-1788 com Ignez Monteiro de Alvarenga, natural de Baependi, filha de Domingos Rodrigues Simões e Ignez Monteira de Alvarenga.

B7: Baependi-MG - aos 22 abril 1788 matriz de Baependi - Antonio Correa da Silva e Ignez Monteiro de Alvarenga.

Ele f.l. de Lourenço Dias da Silva e de Tereza Correa de Almeida.

Ela f.l. de Domingos Rodrigues Simoens e Ignez Monteira já falecida, n. e b. nesta mesma freguesia.

         Antonio já era falecido em 1800, com geração segundo o testamento materno.

2-8-2-4 Alferes José Correa da Silva faleceu em Baependi em 30-07-1828, com testamento. Solteiro, declarou três filhos naturais tidos com Maria Custódia do Sacramento:

Baependi-MG - Óbitos, aos 30-07-1828 fal. Alferes Jose Correa da Silva, com testamento.

Testamento (trechos)

Eu, Jose Correa da Silva, f.l. Lourenço Dias da Silva e Theresa Correa de Almeida, já falecidos, n/b na freguesia desta vila de S. Maria de Baependi.

Testamenteiros: 1º Chrysostomo Correa da Silva, 2º  Cap. Jose Pereira Ramos de Mesquita, 3º Rev. Antonio Rodrigues Affonso.

Sou e sempre fui solteiro e tendo por fragilidade três filhos com Maria Custodia do Sacramento que são: Chrysostomo Correa, o meu 1º testamenteiro, Antonio e Carlota, já falecida, deixando um filho de nome Francisco; este e os dois acima nomeados intituo meus universais herdeiros.

V. Santa Maria de Baependi 11-06-1828. Registrado aos 31-07-1828

2-8-2-4-1 Crisostomo Correa da Silva

2-8-2-4-2 Antonio

2-8-2-4-3 Carlota já era falecida em 1828 deixando o filho Francisco.

2-8-2-5 Brigida Sobrinha de Aguiar, natural de Baependi onde aos 05-02-1771 casou com João Alves de Aguiar, natural de Prados-MG, filho de Matias Alves Negrão e Maria Marins do Prado, família “Martins do Prado- Marins do Prado” § 8º, neste site.

Baependi-MG Igreja N Sra de Monserrate matr - aos 05-02-1771 João Alves de Aguiar, bat. na freg. de Prados,  f.l. Matias Alves Negrão e Maria Marins do Prado = cc Brigida Sobrinha de Aguiar, natural desta freguesia, f.l. Lourenço Dias da Silva e de Teresa Correa de Almeida

2-8-2-6 Leandro, batizado em Baependi aos 22-03-1772.

Baependi, MG Igreja N. Sra do Monserrate aos 22-03-1772 nesta matriz bat a Leandro, f.l. Lourenço Dias da Silva e Teresa Correa de Almeida, padr.: João Alves de Aquino, casado e Joana Rodrigues mulher de Jose Correa.

2-8-3 Manoel da Silva Passos, natural de Baependi, casou com Maria Moreira Bicuda (ou da Silva), também natural de Baependi, filha de Manoel Moreira de Aguiar natural de Ponte de Lima Arc. Braga e Helena da Silva, de Baependi, família “Francisco Martins de Araújo”.

          Manoel testou em 27-04-1791 na Campanha do Rio Verde. Faleceu com cerca de 86 anos e foi sepultado aos 06-12-1799. Declarou três filhos vivos de seu casal. Maria testou na Campanha aos 08-10-1807.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio obitos - aos 06-12-1799 foi encomendado e sepultado dentro desta matriz da Campanha Manoel da Silva Passos, de idade de 86 anos. Fez seu solene testamento:

(...) aos 27-04-1791 nesta arraial da Campanha do Rio Verde freguesia de Santo Antonio do Vale da Piedade minas e comarca do Rio das Mortes em minha propria casa eu Manoel da Silva Passos  (...) faço este meu testamento: encomenda a alma.

Testamenteiros em 1º lugar a minha consorte Maria Moreira da Silva, em 2º lugar a meu filho Antonio da Silva Passos, em 3º lugar a meu filho Matheus da Silva Passos.

Sou nat e bat na freguesia de Baependi do Bispado de Mariana, f.l. de Guilherme da Cunha Gago e de Brizida Sobrinha de Aguiar, ambos falecidos. Sou casado com Maria Moreia da Silva de cujo matrimonio temos tido filhos dos quais são vivos: Antonio da Silva Passos = Matheus da Silva Passos = e Rita que são os meus forçados herdeiros.

No texto: dei a meu filho Antonio da Silva Gago(sic) um escravo = m/filho Matheus da Silva Passos tambem dei um escravo = a m/filha Rita Maria de Jesus quando se casou com Manoel Alves de Gusmão =

Legados: 10$000 rs a min ha afilhada Maria Ferreira, filha orfã de Manoel Ferreira Campanhã. A outra minha afilhada Anastacia, filha orfã de Luiz Francisco dos Santos 10$000 rs.

Manoel da Silva Passos - seguia aprovação.

Codecilo: digo eu Manoel da Silva Passos (...) deixo de esmola a Ana, filha de Jeronimo Francisco da Silva oito oitavas. As deixas que ja declarei em meu testamento sejam quebradas pela metade.

Hoje Campanha 25-11-1799 Manoel da Silva Passos seguia a aprovação.

Campanha 14-12-1799.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio obitos. Copia do Testamento com que faleceu Maria Moreira da Silva: (...) eu Maria Moreira da Silva, f.l. de Manoel Moreira de Aguiar e de Elena da Silva, ambos já falecidos, n/b nesta freguesia de Baependi do termo desta vila e bipado de Mariana (...). Testamenteiros em 1º a m/filho Antonio da Silva Passos, em 2º a meu sobrinho /alf. Miguel da Silva Gago, em 3º Manoel Tavares Terra marido de minha neta Ana(sic).

Fui cc Manoel da Silva Passos, de cujo matrimonio tivemos três filhos a saber: Antonio, o primeiro nomeado testamenteiro, Mateos e Rita, casada hoje com Manoel Alves de Gusmão os quais são meus legitimos herdeiros das duas partes terças partes dos meus bens, e pq odito meu filho Mateos é já falecido, os filhos que deixou representarão a sua pessoa. Deixo a cada uma de minhas netas, filhas de minha filha Rita e de Manoel Alves de Gusmão por nomes Maria= Ana = Teresa = Escolastica = e Ana dez oitavas de ouro. (...) vai redigido a meu rogo por Jose da Costa Godinho = Vila da Campanha da Princesa aos 08-10-1807 anos.

 

2-8-3-1 Antonio batizado em 24-06-1754. Antonio da Silva Passos, 2º testamenteiro paterno.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 24-06-1754 Antonio, f.l. Manoel da Silva Passos, n/b na matriz de Baependi e Maria Moreira da Silva n. da mesma freguesia, padr.: Simão Antonio Pereira, solteiro e Escolastica Barbosa Lima moradores nesta freguesia e a madrinha é mulher de Amaro Ferreira.

         Aos 16-04-1798 casou com Floriana Angelica de Azevedo, batizada em 08-12-1777, filha de Francisco Xavier Mariano, natural de Lorena-SP e Ana Silveria de Azevedo, natural das Congonhas-MG, neta paterna de João de Mello e Bernarda Gertrudes, neta materna de José de Queiroz Ferreira e Teresa de Azevedo Correa - família “Viveiros” Cap. 2º, neste site.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 16-04-1798 nesta matriz Antonio da Silva Passos, f.l. Manoel da Silva Passos e Maria Moreira da Silva = cc Floriana Angelica de Azevedo, f.l. de Francisco Xavier Mariano e Ana de Azevedo. Ambos nts e bts nesta freguesia.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 08-12-1777 nest matriz bat a Floriana Angelica, nascida de dez dias, f.l. de Francisco Xavier Mariano, natural da Piedade-SP e Ana Silveria de Azevedo, natural da freg. das Congonhas deste bispado; avos paternos João de Mello e Bernarda Gertrudes já defuntos, avos maternos Jose de Queiroz Ferreira e Teresa de Azevedo Correa. Foram padrinhos Thomas Alves de Mello e D. Ana Maria mulher de Antonio Luiz Ferreira.

          Antonio faleceu aos 75 anos e foi sepultado aos 18-10-1815

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos18-10-1815 falecendo de retenção de urina, de idade de 75 anos Antonio a Silva Passis, branco, casado, foi sepultado dentro desta matriz.

Entre os filhos de Antonio e Floriana, batizados na Campanha:

2-8-3-1-1 Ana em 05-02-1802.

Campanha, MG aos 05-02-1802 nesta matriz bat a Ana, f.l. de Antonio da Silva Passos e Floriana Maria de Jesus; foram padrinhos Manoel Tavares Terra, casado e Maria Moreira da Silva, viuva.

2-8-3-1-2 Manoel em 29-06-1803

Campanha, MG aos 29-06-1803 nesta matriz bat a Manoel, f.l. de Antonio da Silva Passos e Floriana Maria de Jesus; foram padrinhos João Tavares da Cunha e Escolastica Maria de Jesus.

2-8-3-1-3 Jose em 24-02-1805.

Campanha, MG aos 24-02-1805 bat a Jose, f.l. de Antonio da Silva Passos e Floriana Silveria de Azevedo; foam padrinhos Antonio Xavier Mariano e Lourenço Dias Portella.

2-8-3-1-4 Joaquim Mariano da Silva Passos batizado em 21-12-1807. Em Natercia aos 15-11-1825 casou com Candida Maria de Jesus, daí natural.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 21-12-1807 bat. a Joaquim, f.l. Antonio da Silva Passos e Floriana de tal. Foram padrinhos o Alf. Antonio Jose Rodrigues e Maria Victoria da Silva.

 

Natercia, MG, Igreja Santa Catarina aos 15-11-1825 nesta matriz, com competente habilitação receberam-se em matrimonio Joaquim Mariano da Silva, n. da vila da Campanha, e Candida Maria de Jesus, natural e moradora nesta freguesia, ao quais logo conferi as bençãos nupciais. Test.: Antonio Alz Fernandes e Gabriel de Souza Magalhães.

       Candida era filha de Felipe Alvares Vieira, natural de Aiuruoca e sua primeira mulher Maria Jacinta Rosa, natural da Borda do Campo, casados em Aiuruoca aos 07-06-1790, neta paterna de Manoel Machado Vieira e de Isabel de Santo Antônio, naturais de N.Sra. da Conceição villa das Vellas, Ilha de S. George, bispado Angra, neta materna de José da Silveira da Costa e de Arcângela Rosa de Jesus. Por Manoel, bisneta de Bartolomeu Pereira Vieira e Teresa Machado e por Isabel de Santo Antonio, bisneta de Antonio Alves da Silveira e Joana da Silveira

Aiuruoca, MG Casamentos. Aos 07/06/1790, na Capela da Senhora do Porto do Turvo, Felipe Alvares Vieira, f.l. de Manoel Machado Vieira e de Isabel de Santo Antônio, nat. e bat. nesta freg. de N.S. da Conceição da Aiuruoca, com Maria Jacinta Rosa, f.l. de José da Silveira da Costa e de Arcângela Rosa de Jesus, nat. e bat. na freg. da Borda do Campo.

         Isabel de Santo Antônio testou em Ribeirão das Vacas da Freguesia de Aiuruoca a 09-12-1785 e foi sepultada em Serranos em 1789. Declarou cinco filhos de seu casal. Ana e Antonio (o primeiro) nãoforam citados:

- Ana, batizada em 26-07-1778.

Aiuruoca, MG aos 26-07-1768 na capela dos Serranos bat a Ana, f.l. de Manoel Machado Vieira e Izabel de Santo Antonio, que nasceu em [dobra] do dito mes, foram padrinhos o Tenente Manoel Fr.g.es e s/m Antonia Maria.

- Antonio em 13-02-1771.

Aiuruoca, MG aos 13-02-1771 na capela dos Serranos bat a Antonio, f.l. de Manoel Machado Vieira e Izabel de Santo Antonio, q nasceu em 22 de janeiro, foram padrinhos Manoel Jose de Moraes e Domingas Ribeira.

I- Maria Joana de Jesus, natural da freguesia da vila das Velas da Ilha de S.; Jorge, Bispado de Angra. Em Aiuruoca aos 09-09-1778 casou com Manoel Borges Leal, natural da freguesia de S.Miguel da Ilha Terceira Bispado de Angra, filho de Manoel Peres Pimentel e Maria de Jesus.

Aiuruoca, MG Igreja N Sra da Conceição aos 09-09-1778 nesta matriz e test.: João Gomes de Araujo e Francisco Afonço Vilar. Manoel Borges Leal, f.l. Manoel Peres Pimentel e Maria de Jesus, nat/bat na freg. de S. Miguel da Ilha Terceira Bispado de Angra = cc Maria Joana de Jesus, f.l.; Manoel Machado Vieira e Izabel de Santo Antonio, n/b na freg. da vila das Vellas da Ilha de S. Jorge Bispado de Angra.

II- Manoel, batizado na capela de S. Caetano do Paraopeba em 30-07-1760.

Cons. Lafaiete, MG aos 30-07-1760 na capela de S. Caetano do Paropeba,f ilial desta matriz de N. Sra da Conceição do Campo dos Carijos, bat a Manoel nascido aos 24 do mesmo, f.l. de Manoel Machado e de Izabel de Santo Antonio, npaterno de Bartolomeu Pereira e de Teresa Maxada, naturais da vila das Velas da Ilha de São Jorge Bispado de Angra, e neto materno de Antonio Alvares e Joana da Silveira, naturais da dita vila e bispado. Foram padrinhos Tomas Dias da M[---] e Antonia Mariana sua mulher.

III- João Alvares Fagundes batizado na capela de S. Caetano do Paraopeba em 15-07-1763. Em Aiuruoca aos 03-03-1782 casou com Ana Maria de São José, natural de Aiuruoca, filha de João Martins dos Santos e Ana Francisca de Jesus.

Cons. Lafaiete, aos 15-07-1763 na capela de S. Caetano do Paropeba, filial desta matriz de N. Sra da Conceição do Campo dos Carijos, bat a João, f.l. de Manoel Machado Vieira e de Izabel de Santo Antonio. Foram padrinhos João Dias da Motta e s/irmã Thomazia Dias, filhos de Thomaz Dias da Motta, todos desta freguesia.

 

Aiuruoca, MG - Matrimônios. Aos 03-03-1782, na Matriz da Senhora da Conceição de Aiuruoca, receberam-se João Álvares Fagundes, f.l. de Manoel Machado Vieira e de Isabel de Santo Antônio, natural e batizado na freguesia de Carijós, com Ana Maria de São José, f.l. João Martins dos Santos e de Ana Francisca de Jesus, natural e batizada nesta freguesia (pesq. Rafael de Castro Baker Botelho)

IV- Felipe, batizado em Aiuruoca em 01-05-1766.

Aiuruoca, MG aos 01-05-1766 na capela dos Serranos bat a Felipe, f.l. de Manoel Machado Vieira e Izabel de Santo Antonio, foram padrinhos o padre batizante (Lourenço Jose de Almeida) e Rosa Maria mulher de Tomas da Costa.

V- Antonio, batizado em Aiuruoca aos 01-08-1773.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 01 agosto 1773 Serranos, ANTONIO n. 20 julho, f.l. de Manoel Machado Vieira n/b matriz N.Sra. da Conceição villa das Vellas, Ilha de S. George, bispado Angra e s/m Isabel de Santo Antonio n/b na mesma matriz; np Bartholomeu Pereira Vieira e s/m Theresa Machado; nm Antonio Alvares e Joanna da Sylveira; padr.: Pedro Francisco de Oliveira solteiro, e Francisca Ribeira mulher de Manoel Machado

 

Museu Regional de São João Del Rei - Livro de Testamentos numero 8

Testadora: Isabel de Santo Antonio

Testamenteiro - Manoel Pereira Vieira

Data do Inventario - 1789

Local - Ribeirão das Vacas - Freguesia de Aiuruoca.

Transcrito por: Moacyr Villela

Testamento - trechos-

Eu ...sou natural e batizada na Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Vila de São Jorge do Bispado de Angra, filha legitima de Antonio Alves da Silveira e de sua mulher Joana da Silveira, já falecidos. Sou casada com Manoel Machado Vieira do qual casamento temos 5 filhos - Maria, Manoel, João, Felipe, Antonio. Desses meus filhos dois são casados Maria e João.

Primeiro testamenteiro meu filho Manoel. Segundo meu filho João e Terceiro, meu filho Felipe.

A terra onde vivo quando compramos ficou metade comigo, 1/3(sic) parte com meu marido e 1/3 parte com meu pai.

Ribeirão das Vacas da Freguesia de Aiuruoca a 9 de Dezembro de 1785. Assina a rogo Manoel Fernandes de Oliveira.

Sepultada na Capela de Serranos em 1789

Joaquim Mariano da Silva Passos faleceu em Jesuania e foi sepultado aos 12-12-1864.

Jesuânia, MG. Aos 12-12-1864 sepultou-se no Cemitério da Igreja Matriz desta freguezia do Lambary a Joaquim Mariano da Silva Passos, idade ciencoenta annos, casado com Candida Maria de Jesus, e para constar se fez este assento. O Vig.ro Joaquim Theodoro Martins.

Entre os filhos de Joaquim Mariano e Candida:

2-8-3-1-5 José, batizado Em Natercia aos 30-03-1828.

(pesq. Silvia Buttros) Natércia, MG. Aos 30/03/1828, José, f.l. de Joaquim Mariano da Silva e Cândida Maria de Jesus. Padrinhos: Felipe Alz. Vieira, avô materno, e sua mulher Mariana Flávia de São José.

2-8-3-1-5 Aurea, batizada em 21-07-1809.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 21-07-1809 na capela da Senhora da Conceição do Rio Verde bat a Aurea, f.l. de Antonio da Silva Passos e Floriana Angelica de Azevedo; foram padrinhos Jose Tavares da Cunha e Maria, filha de Francisco Ribeiro.

2-8-3-1-6 Antonio em 16-08-1811.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 16-08-1811 bat a Antonio, f.l. de Antonio da Silva Passos e Floriana Angelica de Azevedo; foram padrinhos Alf. Francisco Ribeiro da Silva e Felizarda Maria de Jesus.

 

2-8-3-2 Matheus da Silva Passos, batizado em 30-09-1756, 3º testamenteiro paterno. Aos 11-02-1782 casou com Quitéria Maria Rodrigues, filha de Antonio Jose Rodrigues e Maria Teresa da Rosa. Geração na família “Antonio Luiz de Medeiros”.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 30-09-1756 Mateus, f.l. Manoel da Silva n. freg. N. Sra do Monserrate de Baependi e Maria Moreira Bicuda n. da freg. de Baependi deste bispado, np Guilherme da Cunha Gago n. da vila de Mogi e s/m Brigida Sobrinha n. da vila de Jacarei do bispado de S.Paulo, nm Manoel Moreira de Aguiar n. de Ponte de Lima Arc. Braga e Helena da Silva n. freg. de Baependi deste bispado, padr.: Antonio da Silva Gago, e Izabel Caetana solteira filha de Esperança Josefa da Silveira.

 

Campanha, MG Igreja N Sra da Piedade aos 11-02-1782 nesta matriz, sem impedimentos e testemunhas Guarda Mor Antonio Correa de Lacerda e João Antonio da Fonseca se receberam Mateos da Silva Passos, f.l. de Manoel da Silva Passos e Maria Moreira da Silva, n/b nesta freguesia = cc Quiteria Maria Rodrigues, f.l. de Antonio José Rodrigues e Maria Teresa de Jesus, n/b na freguesia da Borda do Campo deste bispado de Mariana.

 

         Mateus foi sepultado aos 02-11-1799 na Campanha:

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 02-11-1799 foi encomendado e sepultado Mateus da Silva Passos, homem branco, casado, de idade de 40 anos, pouco mais ou menos.

2-8-3-3 Rita Maria de Jesus, batizada em Campanha em 20-07-1768. Aos 29-10-1778 casou com Manoel Alves de Gusmão, natural da Aiuruoca, filho de Manoel Alvares Souto e Gertrudes Lopes.

Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 20-07-1768 Rita n. de oito dias, f.l. Manoel da Silva Passos n. da freg. de Baependi e Maria Moreira da Silva n. da mesma freguesia, np Guilherme da Cunha Gago e Brizida Sobrinha de Aguiar, falecidos, maternos Manoel Moreira de Aguiar e Helena da Silva, falecidos. Padr.: Anastacia Moreira, casada e Luiz Francisco dos Santos.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 29-10-1788 nesta matriz se receberam Manoel Alvares de Gusmão, f.l.de Manoel Alvares Souto e Gertrudes Lopes = cc Rita Maria de Jesus, f.l. do Furriel Manoel da Silva Passos e Maria Moreira da Silva. Ambos os contraentes naturais e batizados neste bispado, ele na freguesia da Aiuruoca e ela desta da Campanha.

 

         Rita Maria fez seu testamento em Três Corações-MG em 11-09-1843, aberto em 12-06-1848. Declarou 14 filhos de seu casal, sendo oito vivos em 1843. Cinco de suas filhas foram legatárias da avó materna: ”Deixo a cada uma de minhas netas, filhas de minha filha Rita e de Manoel Alves de Gusmão por nomes Maria= Ana = Teresa = Escolastica = e Ana dez oitavas de ouro”. Ana (a primeira) e Maria já não são citadas no testamento materno em 1843.

B7: Igreja Sagrada Família (Três Corações, Minas Gerais), testamento de D. Ritta Maria de Jesus

Eu, Ritta Maria de Jesus (...),  filha legitima de Manoel da Silva Passos e Maria Moreira da Silva, da freguesia da Campanha.

Fui casada com Manoel Alves de Gusmão de cujo casamento houvemos 14 filhos e que presentemente só vivem oito a saber: Marianna = Thereza = Escolastica = Manoel Joaquim = João = José = Leocadia = Felisbina aos quais instituo por meus herdeiros.

Testamenteiros: em 1º a meu filho Jose Alves de Gusmão, em 2º meu filho Manoel Joaquim e em 3º meu filho João Alves de Gusmão.

Tres Corações do Rio Verde 11-09-1848

 

B7: CPA03 Testamentos - Campanha da Princesa 1846-1854

Registro do testamento com que faleceu Rita Maria de Jesus aos 13-06-1848 de quem é testamenteiro seu filho Jose Alves de Gusmam, morador ao pé da fazenda da Telha nesta freguesia.

Digo eu, Rita Maria de Jesus, f.l. de Manoel da Silva Passos e Maria Moreira da Silva da freguesia da Campanha. Fui cc. com Manoel Alves de Gusmam de cujo matrimonio tive quatro(sic) filhos e presentemente existem = Mariana = Theresa = Escolastica = Manoel = Joaquim = Joam = e Jose = Leocadia = Felisbina os quais instituo por meus universais herdeiros,

Testamenteiros: 1º meu filho Jose Alves de Gusmam, 2º a Manoel Joaquim, 3º meu filho Joam Alves de Gusmam.

Herdeiro do remanescente da minha terça meu filho Jose Alves de Gusmam.

Legados: a minha filha Felisbina para ajuda de seu casamento

Freguesia dos Tres Coraçoes de Jesus Maria e Jose do Rio Verde 11-09-1843 Rita Maria de Jesus

Aprovação 11-09-1843

Abertura 12-06-1848

Aceitação 10-07-1848 Jose Alves de Gusmam

 

- Antonio, batizado em 28-11-1807, não é citado entre seus 8 irmãos vivos em 1848.

Campanha, MG aos 28-11-1807 na capela dos Santissimos Corações bat a Antonio, f.l. de Manoel Alves de Gusmão e Rita Maria de Jesus; foram padrinhos Alf. Domingos dos Reis Silva e D. Francisca de Paula

2-8-3-3-1 Mariana.

2-8-3-3-2 Teresa.

2-8-3-3-3 Escolastica, batizada em 25-01-1795.

Campanha, MG aos 25-01-1795 nesta matriz bat a Escolastica, f.l. de Manoel Alves de Gusmão e Rita Maria de Jesus; foram padrinhos o Quartel Mestre Manoel Ferreira Lopes e s/m Maria Eugenia.

2-8-3-3-4 Manoel Joaquim. 2º testamenteiro materno

2-8-3-3-5 João Alves de Gusmão, batizado em Campanha em 08-01-1799. 3º testamenteiro materno.  Em 1823 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade para se casar com Clara Maria de Jesus, filha de José Ferreira da Silva e Constancia Maria de Jesus, 2-8-4-1-6-1 abaixo.

Nota: erro no parentesco de Brigida e Rita(eram primas irmãs) e no grau de impedimento.

Campanha-MG Livro misto 1823

Apresentação aos 27-08-1823

- oradores João Alves de Gusmão e Clara Maria de Jesus

Lº 8º f 43 se acha o assento: Aos 07-12-1807 bat a Clara, f.l. Jose Ferreira da Silva e Constancia Maria de Jesus, foram padrinhos Luiz Ferreira Campanham e Francisca Vitoria de Jesus;

Depoimento do orador: João Alves de Gusmão, homem branco, solteiro, natural e morador nesta freguesia da Campanha onde vive em companhia de seus pais, de idade de 23 anos.

Impedimento de consanguinidade em 3º grau misto de segundo em linha colateral desigual.

Itens: Que Brigida de Aguiar Pereira e Rita Maria de Jesus eram irmãs (sic), desta nasceu o orador.

Q. da dita Brigida de Aguiar Pereira nasceu Jose Ferreira e deste é filha a oradora - impedimento consanguinidade em 3º grau misto de 2º em linha colateral desigual

João Alves de Gusmão, f. Manoel Alves de Gusmão e Rita Maria de Jesus = com Clara Maria de Jesus, f. Jose Ferreira da Silva e de Constancia Maria de Jesus. Ambos nascidos e batizados nesta vila da Campanha.

Em o L.º 7 f. 244 se acha o assento seguinte: aos 08-01-1799 nesta matriz da Campanha bat a João f.l. Manoel Alves de Gusmão e Rita Maria de Jesus. Padr.: Revdo Manoel Vaz Reis e Genovefa da Silva Moreira. Neto o batizado pela parte materna de Manoel da Silva Passos n. da vila de Jacarei Bispado de S. Paulo e Maria Moreira da Silva n. da freg; de Baependi, pela paterna neto de Manoel Alves Souto n. da freg. do Souto Patriarca do Patriarcado de Lisboa e Gertrudes Lopes de Gusmão natural da vila de Santos Bispado de S. Paulo, todos desta freguesia.

Entre os filhos do casal:

2-8-3-3-5-1 João, batizado em Três Corações em 07-03-1841.

Igreja Sagrada Família (Três Corações, Minas Gerais) João aos 07-03-1841, f.l. de João Alvares de Gusmão e D. Clara Maria de Jesus, nasceu a um mês, padr.: Antonio Gonçalves de Avellar e D. Maria Candida de Jesus por pp q apr. D. Maria Innocencia.

 

2-8-3-3-6 Ana Vitória de Jesus, batizada em Campanha em 1800. Em 1822 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade em 3º grau para se casar com Antonio de Mello Lima 2-8-4-5-2 abaixo. Ana não é citada entre seus irmãos vivos em 1843.

2-8-3-3-7 José Alves de Gusmão, batizado em 02-04-1801. 1º testamenteiro materno

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 02-04-1801 nesta matriz bat a Jose, f.l. de Manoel Alves da Silva, digo de Gusmão e de Rita Maria de Jesus, foram padrinhos o Cap.Mor Regnt Intendente João Manoel Pinto Coelho Citinho e D. Berarda Eliodora Joaquina da Silva.

2-8-3-3-8 Leocadia batizada em 27-12-1809.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 27-12-1809 bat. Leocadia, f.l. de Manoel Alves de Gusmão e de Rita Maria de Jesus, foram padr.: o Ten. Manoel da Asunção Monteiro e D.Teresa Frausina de Oliveira.

2-8-3-3-9 Felisbina em 08-09-1812.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 08-09-1812 bat. Felisbina, f.l. de Manoel Alves de Gusmão e de Rita Maria, foram padr.: João Bernardes Pinto e Escolastica Maria.

2-8-4-1-6 José Ferreira da Silva batizado em 28-10-1776. Aos 11-05-1804 casou com Constancia Clara de Jesus, filha de pais incognitos.

2-8-4-1-6-1 Clara Maria de Jesus, batizada em 07-12-1807. Em 1823 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade para se casar com João Alves de Gusmão, filho de Manoel Alves de Gusmão e de Rita Maria de Jesus. Dispensa e geração em 2-8-3-3-5 supra.

2-8-4-1-6-2 Joaquim batizado em 03-10-1810.

Campanha, MG aos 03-10-1810 bat a Joaquim, f.l. de Jose Ferreira e Constancia Clara. Foram padrinhos o Alf. Gaspar Jose d Paiva e D. Ana Marcelina.

 

2-8-4 Antonio da Silva Gago, natural de Baependi, casou com Anastácia Moreira de Aguiar, tambem de Baependi, filha de Manoel Moreira de Aguiar e Helena da Silva, família “Francisco Martins de Araújo”.

          Anastácia, viúva, testou em 07-06-1805. Declarou naturalidade, filiação, e os filhos vivos de seu matrimônio, foi sepultada na matriz em 27-06-1810.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 27-06-1810 foi sepultada dentro desta matriz Anastacia Moreira, viuva, tendo 80 anos pouco mais ou menos.

Copia do Testamento de Anastacia Moreira de Aguiar:  Eu, Anastacia Moreira de Aguiar, f.l. de Manoel Moreira de Aguiar e Helena da Silva, já defuntos, n/b na freguesia de Baependi deste bispado, viuva de Antonio da Silva Gago, moradora nesta vila da Campanha (...).

Fui cc o falecido meu marido Antonio da Silva Gago de cujo matrimonio tivemos os filhos seguinte: Brigida cc Manoel Ferreira Campanham e hoje viuva = Ana cc Luiz Francisco dos Santos e hoje viuva = Maria cc Alf. Manoel de Mello Lima = Miguel = Genovefa cc Ignacio Franco = Joaquina cc Antonio Pinto = Andresa cc Alf. Gaspar de Paiva = Tome = Manoel = Jose = Joam = Clara = que todos se acham vivos e casados, menos Manoel e Clara que se acham solteiros, os quais todos são meus legtimos herdeiros.

(...) mais de minha terça deixo a minha filha Clara que esta solteira

Testamenteiro em 1º a meu filho Miguel [cortado] Gago, em 2º a m/filho Manoel da Silva Gago, em 3º a m/filho Joam da Silva Gago.

Por não saber ler nem escrever, pedi ao Alf. Antonio Luiz de Andrade por mim fizesse e por achar conforme tinha ditado pedi ao Alf. Jose Feliciano que por mim assinasse. Vila da Campanha aos 07-06-1805 Jose Feliciano Dias da Silva Bello como testemunha, que este escrevi e vi assinar = Antonio Luiz de Andrade. Segue-se a aprovação do 2º Tabelião.

 

Segundo o testamento de Anastácia, eram vivos em 1805 onze filhos do casal:

2-8-4-1 Brigida Sobrinha de Aguiar, já viúva em 1805, foi casada com Manoel Ferreira Campanhã, natural de Campanhã Bispado do Porto, filho de Felix Ferreira e Catarina Ferreira.

         Brigida faleceu com cerca de 64 anos e foisepultada aos 21-01-1809:

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 21-01-1809 foi sepultada dentro desta matriz Brigida Sobrinha de Aguiar, dona viuva de Manoel Ferreira Campanham, tendo de idade 64 anos pouco mais ou menos.

         Foram pais de, q.d., batizados em Campanha:

2-8-4-1-1 Antonio Ferreira da Silva (ou Campanhã) batizado em 11-04-1767. Aos 26-02-1797 casou com Joana Maria de araujo, filha de Sebastião de Araujo Ribeiro e Joana Maria da Conceição, neta paterna de João de Araujo Ribeiro e Maria Neto, neta materna de José Rodrigues Airão e Joana Maria Leme ou da Silva - família "João de Araujo Ribeiro".

Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) 11-04-1767 matriz, Antonio n. ha 15 dias, f.l. Manoel Ferreira Campanhã n. da freg. de N--- de Campanhã Bispado do Porto e Brizida Sobrinha de Aguiar n. desta matriz, padr.: Manoel Machado de Souza, casado e Anastacia Moreira de Aguiar mulher de Antonio da Silva Gago. Avos paternos Felis Ferreira e Caterina Ferreira, maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira de Aguiar.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 26-02-1797 Antonio Ferreira da Silva, f.l. de Manoel Ferreira Campanhã e Brigida Sobrinha de Aguiar = cc Joana Maria, f.l. Sebastião de Araujo Ribeiro e Joana Maria. Ambos nts e bts nesta freguesia da Campanha.

Entre os filhos do casal:

2-8-4-1-1-1 Manoel batizado em 18-10-1801.

Campanha, MG Igreja Sto Antono aos 18-10-1801 nesta matriz da Campanha bat a Manoel, f.l. Antonio Ferreira Campanhã e Joana Maria de Araujo, padr.: Bernardo Ferreira Campanhã e Senhorinha Maria de Jesus, solteiros.

2-8-4-1-2 Maria em 18-12-1768.

Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 18-12-1768 Maria n. ha dez dias, f.l. Manoel Ferreira Campanhã n. da freg. N. Sra. de Campanhã Bispado do Porto e Brizida Sobrinha de Aguiar n. desta matriz da Campanha, padr.: Manoel da Silva Passos, casado e Domingas Gonçalves mulher de Jose Borges da Costa. Avos pat. Felis Ferreira n. da vila da Feira e Caeterina Ferreira n. da mesma freg. da Campanha, maternos Antonio da Silva e Anastacia Moreira de Aguiar.

2-8-4-1-3 Senhorinha Ferreira de Jesus, batizada em 02-09-1770. Solteira e sem descendentes, faleceu aos 01-05-1847. Instituiu diversos legados e universais herdeiros aos sobrinhos filhos de Luiz Ferreira Campanhã e Umbelina Pereira de Aguiar

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 02-09-1770 matriz, Senhorinha de nove dias, f.l. Manoel Ferreira Campanhã n. da freg. de N. S. de Campanhã Bispado do Porto e Brizida Sobrinha de Aguiar n. desta matriz, padr.: Antonio da Silva Gago, casado e Maria da Silva mulher de Manoel da Silva Passos. Avos pat. Felis Ferreira n. da vila da Feira Bispado do Porto e Caterina Ferreira n. de Campanhã, maternos Antonio da Silva Gago n. freg. Baependi e Anastacia Moreira n. da freg. de Baependi.

 

CPA03 Testamentos - Campanha da Princesa-MG

Registro do testamento comque faleceu Senhorinha Ferreira de Jesus aos 01-05-1847 de quem é testamenteiro M.el Ferr.ª Campanhã, morador no Bom Jardim do Lambari.

Eu, Senhorinha Ferreira de Jesus, n. desta freg. da cidade de Campanha, f.l. de Manoel Ferreira Campanham e Brigida Bernardina de Aguiar, ambos já falecidos.

Deixa missas pela alma dos pais, do finado irmão Bernardo Ferreira Campanhã.

Declaroque sou solteira.

Legados: p/ minha sobrinha e afilhada Brizida Bernardina de Aguiar, filha do finado Luiz Ferreira Campanham e D. Valentina Pereira dos Anjos, cc. Antonio Ferreira Campanha, uma parte de terras desta fazenda do Bom Jardim que comprei de Manoel Ferreira Campanham.

Instituo herdeiros universais de meus bens a meus sobrinhos: Joam Ferreira Damaceno = Maria da Conceição, estes meus afilhados, e a Luiz Ferreira Campanham, filhos de Luiz Ferreira Campanham e D. Umbelina Pereira de Aguiar.

Devo a meu sobrinho Manoel Ferreira Campanham; a minha sobrinha e afilhada Maria da Conceição.

Rogo a meu sobrinho Manoel Ferreira Campanham e a minha comadre e cunhada D. Valentina Pereira dos Anjos queiram ser meus testamenteiros.

Bom Jardim, 04-02-1847

Aprovação 04-02-1847

Abertura 01-05-1847

Aceitação 09-05-1847 Manoel Pereira Campanham

 

2-8-4-1-4 Domingos Ferreira da Silva (ou Campanhã) batizado em 24-08-1772. Casou com Romana Maria de Oliveira e faleceu em 07-08-1814.

Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 24-08-1772 Domingos de oito dias, f.l. Manoel Ferreira Campanhã n. da vila de Campanhã Bispado do Porto e Brigida Sobrinha n. desta freguesia, avos paternos não houve quem desse os nomes, maternos Anastacia de tal e Antonio da Silva Gago o qual foi o padrinho e Ana de tal mulher de Luiz Francisco.

 

Inserido na dispensa de Ricardo Pinto da Fonseca e Romana:

Em o L.º 6º f. 11 se acha o assento: aos 07-08-1814 falecendo de idade de 48 anos derepente Domingos Ferreira da Silva, foi acompanhado, encomendado e sepultado nesta matriz das grades para baixo, morador no Jardim do Lambari

 

          Em 1817 Romana requereu dispensa de afinidade espiritual e por copula ilícita para se casar com Ricardo Pinto da Fonseca, viúvo de Anastácia Maria de Jesus e filho de João Pinto da Fonseca e Helena Maria de Moraes, família “João Pereira Themudo” neste site.

Romana Maria faleceu aos 05-10-1851 sem testamento, e foi inventariada na Fazenda Bom Jardim em 04-03-1852 por seu filho Ricardo Pinto da Fonceca (inventário neste site, colaboração de Ricardo R P G Lobo). Compareceram, ou foram representados oito filhos, sem especificar de que nupcias, descritos na família supra citada.

 

Entre os filhos de Domingos e Romana:

2-8-4-1-4-1 Antonio Ferreira Campanham em 1837 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade em 2º grau para se casar com Brigida Bernardina de Aguiar, filha de Luiz Ferreira Campanhã e Valentina Pereira dos Anjos 2-8-4-1-8-3 abaixo.

          Antonio, já falecido em 1852, foi representado no inventário materno por cinco filhos descrito na família supra citada.

Campanha, MG lv. misto

05-01-1837 Antonio Ferreira Campanham e Brigida Bernardina de Aguiar, moradores na vila da Campanha - impedimento de consanguinidade em 2º grau de linha transversal p serem os pais dos oradores irmãos.

Q a oradora é órfã de pai e tem 24 anos

Testemunhas

1ª Valentina Pereira dos Anjos, viuva, branca, natural de Santo da Bertioga e moradora nesta freguesia onde vive de abricultura, de idade mairo de quarenta anos, consanguinea dos oradores. Imp. de consanguinidade em 2º grau em linha transversal igual pq Domingos Ferreira Campanham pai do orador é irmão de Luiz Ferreira Campanham pai da oradora. A oradora é orfã de pai, é pobre, ja tem 24 anos mais ou menos.

2ª Bernardo Pereira Campanham, branco, solteiro, natural e morador nesta vila da Campanha onde vive de agrigultura, de idade maior de 50 anos, consanguineo dos oradores. (aa) Bernardo Frrª Campa.m

3ª Joaquim Xavier de Salles, branco, casado, nat. e morador nesta freguesia da Campanha onde vive de sua agencia, de idade 41 anos

 

Depoimento dos oradores:

Antonio Ferreira Campanha, solteiro, branco, natural da vila de Bragança e morador nesta freguesia da Campanha onde vive de sua tropa, de idade 30 anos.

Brigida Bernardina, branca, solteira, natural e moradora nesta freguesia onde vive em companhia de sua mãe, de idade 23 anos.

2-8-4-1-4-2 Maria do Carmo Ferreira, batizada em 27-07-1806. Foi a segunda mulher do Cap. Tomas Alves de Mello, filho de outro e de Escolastica Maria de Moraes Navarro in aportes a GP: José Leme da Silva, capitão - SL II, 255, 3-5//.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 27-07-1806 bat Maria, f.l. de Domingos Ferreira da Silva e Romana de Oliveira de Jesus, foram padrinhos o Cap. Alexandre Pinto de Aguiar e D. Brigida Sobrinha de Aguiar.

          Maria do Carmo faleceu em 17-01-1864 com testamento feito na Fazenda do Pavão da Freguesia do Lambary em 19-12-1863. Geração deste matrimônio na família “João Pereira Themudo”. 2-1-6-2

2-8-4-1-4-3 Manoel Ferreira Campanhã batizado em 27-08-1810. Casado em 1852.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 27-08-1810 bat a Manoel, f.l. de Domingos Ferreira da Silva e Romana Maria de Oliveira, foram padrinhos Serafim Gomes Moreira, e Ana rta zeferina.

2-8-4-1-4-4 Alexandrina, batizada em 09-05-1812. Solteira em 1852.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 09-05-1812 bat a Alexandrina, f.l. Domingos Ferreira da Silva e Romana Maria, foram padrinhos Ricardo Pinto da Fonseca e Ana Francisca de Oliveira.

2-8-4-1-5 Bernardo Ferreira Campanhã, batizado em 09-10-1774. Já era falecido em 1847 (testamento da irmã Senhorinha): “Deixa missas pela alma do finado irmão Bernardo Ferreira Campanhã.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 09-10-1774 nesta matriz bat a Bernardino, nascido de onze dias mais ou menos, f.l. Manoel Ferreira Campanhã natural da freg. de Campanhã Bispado do Porto e Brigida Sobrinha de Aguiar natural desta da Campanha, avos maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira, avos paternos Felis Ferreira e Catarina Ferreira. Foram padrinhos o Furriel Manoel da Silva Passos e Maria Joaquina, solteira filha do dito Antonio da Silva Gago.

2-8-4-1-6 José Ferreira da Silva batizado em 28-10-1776. Aos 11-05-1804 casou com Constancia Clara de Jesus, filha de pais incognitos.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 28-10-1776 nesta matriz bat a Jose, nascido de quatro dias, f.l. Manoel Ferreira Campanhã natural da freg. de Campanhã Bispado do Porto e Brigida Sobrinha de Aguiar natural desta da Campanha, avos paternos Felix Ferreira e Caterina Fereira, avos maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira; foram padrinhos o Furriel Manoel da Silva Passos com pp de Jose da Silva e Maria ------- Moreira mulher do dito furriel com pp de Rosa Maria de Araujo Freitas mulher do dito Jose da Silva, ambos moradores na cidade do Rio de Janeiro.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 11-05-1804 Jose Ferreira da Silva, f.l.de Manoel Ferreira Campanhã e Brigida Sobrinha de Aguiar = cc Constancia Clara de Jesus, filha de pais incognitos, Ambos batizados nesta matriz.

2-8-4-1-7 Joaquina Maria de Aguiar, batizada em 13-09-1778. Aos 18-08-1800 em Baependi, casou com Inácio José Bueno, filho de Inácio Bueno de Moraes e Josefa Maria da Silva. Geração na família “José Rodrigues Airão”.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 13-09-1778 nesta matriz bat a Joaquina, de onze dias, f.l. Manoel Ferreira Campanhã natural da freg. de Campanhã Bispado do Porto e Brigida Sobrinha de Aguiar natural desta da Campanha, avos paternos Felix Ferreira e Caterina Fereira, avos maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira; foram padrinhos Joaquina filha dos ditos e Guilherme da Cunha Gago.

2-8-4-1-8 Manoel Ferreira Campanhã aos 26-08-1804 casou com Maria Inácia de Lima, filha do Alf. Tomé Martins Ribeiro e Maria Inácia de Lima, aportes a GP: ”Maria Barbosa de Lima - SL. VIIº, 428, 6-2, neste site.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 31-12-1780 nesta matriz bat a Manoel, de quinze dias, f.l. Manoel Ferreira Campanhã natural da freg. de Campanhã Bispado do Porto e Brigida Sobrinha de Aguiar natural desta da Campanha, avos paternos Felix Ferreira e Caterina Fereira, avos maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira; foram padrinhos Rita, filha do Furriel Manoel da Silva Passos e este compp de Basiio Gonçalves de Siqueira.

 

Campanha-MG - casamentos - aos 26-08-1804 Manoel Ferreira Campanham, f. de Manoel Ferreira Campanham e Brigida Sobrinha de Aguiar = Maria Ignacia de Lima, f. do Alferes Tome Martins Ribeiro e Maria Ignacia de Lima. Bts. nesta.

Pais de, q.d., (pesquisa de Ricardo R. P. Lobo):

2-8-4-1-8-1 Maria Ferreira em Pouso Alegre-MG aos 22-01-1834 casou com  Feliciano Vieira da Rocha, filho de Simão Vieira da Rocha e Ana Francisca.

Casamentos na Paróquia de Pouso Alegre, MG. Livro 2, Pág. 10v: Aos vinte e dous de Janeiro de hum mil oitocentos e trinta e quatro (22/01/1834), nesta Matriz de Pouzo Alegre, feitas as diligências de estilo, sem impedimento, as duas oras da tarde, em prezença do Reverendo Vigário José Maria de Moura Leite, e das testemunhas Manoel Vieira e Francisco Antonio, se receberão com palavras de prezente por marido e mulher Feliciano Vieira da Roxa, filho legitimo de Simão Vieira da Roxa e de Anna Francisca, com Maria Ferreira, filha legitima de Manoel Ferreira Campanham e de Maria Ignácia, ambos naturaes desta villa, e logo receberão as bençons nuptiais, de que para constar mandei fazer este assento que assigno. (a) O Vigário Encomendado João Dias de Quadros Aranha.

2-8-4-1-8-2 Ana Francisca Ferreira aos 25-02-1835 casou com Manoel Antunes Pereira, filho de outro e Ana Rosa.

Casamentos na Paróquia de Pouso Alegre, MG. Livro 2, Pág. 21v: Aos vinte e cinco de fevereiro de hum mil oitocentos e trinta e cinco (25/02/1835) pellas duas oras da tarde em prezença do Reverendo Coadjutor José Pedro, se receberão em matrimonio Manoel Antunes Pereira, filho legitimo de Manoel Antunes Pereira e de Anna Roza, natural de Pindamonhangaba, com Anna Francisca Ferreira, filha legitima do Manoel Ferreira Campanham e de Maria Ignácia de Lima, natural desta freguezia, e receberão bençons. Testemunhas: Joaquim Roberto Duarte e José Pereira da Silva, e para constar faço este que asino. (a) o Coadjutor José Pedro.

2-8-4-1-8-3 Antonio Ferreira Campanhã aos 02-06-1837 casou com Francisca Flauzina de Jesus, filha de José Pereira da Silveira e Ana Antunes de Souza.

Casamentos na Paróquia de Pouso Alegre, MG. Livro 2, Pág. 41: Aos dois de Junho de hum mil oitocentos e trinta e sete (02/06/1837), em minha prezença e das testemunhas abaixo assignadas, depois de feitas as diligencias de estillo, e sem impedimento, se receberão em matrimonio Antonio Ferreira Campanham, filho legitimo de Manoel Ferreira Campanham e de Maria Ignácia de Lima, com Francisca Frauzina de Jesus, filha legitima de José Pereira da Silveira e de Anna Antunes de Souza, naturais desta freguezia, e logo receberão as bençons nuptiais, de que para constar mandei fazer este assento que assigno. Testemunhas: Manoel Ferreira Campanham e Joaquim Simoins. (a) o Coadjutor José Pedro de Barros e Mello.

2-8-4-1-8-4 Joaquim batizado em 15-08-1805:

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 15-08-1805 bat a Joaquim, f.l Manoel Ferreira Campanham e Maria Inacia de Lima, foram padrinhos Luiz Ferreira Campanham e Birgida Sobrinha de Aguiar

2-8-4-1-9 Luiz Ferreira Campanhã, batizado em 13-06-1784.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 13-06-1784 nesta matriz bat a Luiz, de nove dias, f.l. Manoel Ferreira Campanhã natural da freg. de Campanhã Bispado do Porto e Brigida Sobrinha de Aguiar natural desta da Campanha, avos paternos Felix Ferreira e Caterina Fereira, avos maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira; foram padrinhos Antonio da Silva Pais, solteiro e Quiteria Maria Rodrigues mulher de Mateos da Silva Passos.

 

          Já falecido em 1837, Luiz casou duas vezes. Com Umbelina Pereira de Aguiar e com Valentina Pereira dos Anjos, esta nomeada testamenteira conjunta da cunhada Senhorinha.

Luiz e Umbelina tiveram, citados no dito testamento:

2-8-4-1-8-1 João Ferreira Damasceno, afilhado e co-herdeiro da tia Senhorinha.

2-8-4-1-8-2 Maria da Conceição, idem.

2-8-4-1-8-3 Luiz Ferreira Campanhã, co-herdeiro da tia.

 

Luiz e Valentina tiveram, citados no dito testamento:

2-8-4-1-8-3 Brizida Bernardina de Aguiar, batizada em Afilhada e legatária da tia Senhorinha. Em 1837 dispensados do impedimento de consanguinidade em 2º grau, casou com Antonio Ferreira Campanhã, 2-8-4-1-4-1 supra.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 31-05-1812 bat a Brigida, f.l. Luiz Ferreira campanhã e Valentina Pereira dos Anjos, brancos; foram padrinhos Bernardo Ferreira Campanhã e Senhorinha Emilia de Jesus.

2-8-4-1-8-4 Manoel Pereira Campanhã, batizado em 17-06-1813. Testamenteiro conjunto da tia Senhorinha: “Rogo a meu sobrinho Manoel Ferreira Campanham e a minha comadre e cunhada D. Valentina Pereira dos Anjos” (aa: Manoel Pereira Campanham).

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 17-06-1813 bat a Manoel, f.l. Luiz Ferreira Campanhã e Valentina Pereira;foram padrihos Alf. Manoel da Silva Gago e Maria Barbara.

 

 

2-8-4-2 Ana da Silva Moreira, já viúva em 1805, foi casada com Luiz Francisco dos Santos, natural da freguesia de Sandin Bispado do Porto, filho de João Francisco e Ana Lopes

         Ana faleceu com apontmentos feito em 07-12-1805 e foi sepultada dois dias depois:

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 09-12-1805 foi sepultada nesta matriz Ana Moreira da Silva, viuva do falecido Luiz Francisco dos Santos. Faleceu de caimbra do sangue e de idade de 56 anos.

Apontamento com que faleceu Ana Moreira da Silva. (...) a meu filho Francisco Luiz dos Santos muito recomendo que faça tudo o que lhe determino nesta. Encomenda missas pela alma de meu marido Francisco Luiz dos Santos, de meu pai, de minhas filhas Anastacia e Maria Angelica, de meus escravos falecidos, e pelas almas do purgatorio. (...) Vila da Campanha 07-12-1805.

         Pais de, q.d.:

2-8-4-2-1 Anastácia Maria de Jesus, batizada em 30-12-1767. Casou ao 26-11-1800 com Ricardo Pinto da Fonseca, filho de João Pinto da Fonseca e Helena Maria de Moraes - família “João Pereira Themudo”.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 30-12-1767 matriz, Anastacia n. a dez dias, f.l. Luiz Francisco dos Santos n. freguesia de Sandim do Bispado do Porto e Ana da Silva Moreira n. desta freguesia. Np João Lopes, nmaterna Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira de Aguiar. Padr.: Manoel da Silva Passos, casado e a mesma Anastacia Moreira.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 26-11-1800 nest matriz Ricardo Pinto de Afonseca, f.l. de João Pinto de Afonseca e de Helena Maria de Moraes, n/b na freg. das Lavras e de presente morador nesta vila da Campanha = cc Anastacia Maria de Jesus, f.l. de Luiz Francisco dos Santos, ja falecido, e de Ana da Silva Moreira, n/b e moradora nesta freguesia da Campanha.

          Anastácia faleceu de sobre parto e foi sepultada em 02-04-1802. Ricardo casou segunda vez com a viúva Romana Maria de Oliveira com geração na família supra citada.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 02-04-1802 foi sepultada dentro desta matriz Anastacia Moreira, mulher branca, casada com Ricardo Pinto da Fonseca; morreu de parto.

Ricardo e Anastácia tiveram:

2-8-4-2-1-1 Anastácia, nascida por 1801.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio no ano de 1801 pouco mais ou menos bat a Anastacia, f.l. de Ricardo Pinto da Fonseca e s/m Anastacia Maria; foram padrinhos João Pinto da Fonseca e Ana da Silva, e por não aparecer este assento, informado do proprio pai que comigo aqui se assinou, o lancei aqui para todo o tempo constar. O Vig. Jose de Souza Lima - Ricardo Pinto da Fonseca.

 

2-8-4-2-2 Maria Angélica de Jesus, batizada em 10-03-1771, casou duas vezes. Primeira vez aos 26-11-1788 com João Rodrigues Airão, filho de José Rodrigues Airão e Joana Maria da Silva, Geração na família "José Rodrigues Airão".

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 10-03-1771 matriz, Maria Angelica de onze dias, f.l. Luiz Francisco dos Santos n. freg. de Sandim do Bispado do Porto e Ana da Silva Moreira n. desta freguesia, np João Francisco e Ana Lopes, maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira. Padr.: Alf. Domingos da Silva Ribeiro e Maria Moreira mulher de Manoel da Silva Passos.

 

Campanha, MG. Aos 26-11-1788 nesta matriz João Rodrigues Airão, f.l. Jose Rodrigues Airão e Joana Maria da Silva = cc Maria Angelica de Jesus, f.l. Luiz Francisco dos Santos, falecido e Ana Moreira da Silva. Ambos naturais e batizados nesta freguesia da Campanha.

          Aos 28-02-1802 casou segunda vez com João Pinto da Fonseca, de quem foi a primeira mulher, filho de João Pinto da Fonseca Barbosa e Helena Maria de Moraes - família “João Pereira Themudo”.

2-8-4-2-3 Senhorinha batizada em 20-07-1777.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 20-07-1777 bat a Senhorinha, nascida a onze dias, f.l. de Luiz Francisco dos Santos, natural de Sandim Bispado do Porto e de s/m Ana da Silva Moreira, natural desta matriz da Campanha; foram padrinhos Antonio da Silva Gago avô da batizada e Maria Joaquina, solteira filha do dto Gago; avós paternos João Francisco e Ana Lopes, falecidos, maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira.

2-8-4-2-4 Francisco Luiz dos Santos, batizado em 29-09-1779. “Testamenteiro” materno.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 29-09-1779 nesta matriz bat a Francisco nascido de oito dias, f.l. de Luiz Francisco dos Santos , natural de Sandim Bispado do Porto e de s/m Ana da Silva Moreira, natural desta matriz da Campanha; avós paternos João Francisco e Ana Lopes, avos maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira; foram padarinhos Genoveva, filha -------------- e Antonio Luiz -----------, solteiro.

2-8-4-3 Escolástica, em 07-07-1748. Não é mencionada no testamento materno.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 07-07-1748 Escolastica, f.l. Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira, ele n. da freg. N. Sra da Conceição de Jacarei bispado de S. Paulo e ela n. da freg. de N. Sra de Monserrate de Baependi, padr.: Lic. Manoel Antonio de Sampaio e Esperança Josefa da Silveira mulher de Cristovão de Faria.

2-8-4-4 Bento batizado em 01-11-1750 e falecido em 25-01-1761.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 01-11-1750 Bento, f.l. Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira da freg. de Baependi, np Guilherme da Cunha Gago n. da vila de Mogi e s/m Brigida Sobrinha de Aguiar da vila de Jacarei, nm de Manoel Moreira de Aguiar n. de Ponte de Lima e s/m Elena da Silva n. da freg. de Baependi; padr.: Manoel Antonio da S----. e Maria Bicuda mulher de Manoel da Silva Passos

 

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 25-01-1761 fal. Bento, menor, f.l. Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira,. Sepultado nesta matriz.

2-8-4-5 Maria, batizada em 13-11-1752. Maria Joaquina de Jesus aos 07-02-1785 casou com Manoel de Mello Lima, filho de José de Mello da Gama Menezes e Maria das Neves Pereira Brandão de Araújo, neto paterno de Manoel de Mello Lima de Menezes e Maria Pereira Caldas de Souza, neto materno de Tomé de Souza do Prado e Silva e Margarida Bicuda Leme de Araújo Pereira; família “Francisco Martins de Araújo”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 13-11-1752 Maria, f.l. Antonio da Silva Gago n./b na freg. de N. Sra da Conceição da vila de Jacarei bispado de SP e Anastacia Moreira n/b na freg. de Baependi deste bispado, np Guilherme da Cunha Gago n/b na freg. da vila de Mogi e s/m Brizida Sobrinha de Aguiar n/b na freg. da vila de Jacarei ambos bispado de SP, nm Manoel Moreira n/b na freg. de Ponte de Lima Arc. Braga e s/m Elena da Silva n/b na freg. de Baependi deste bispado, padr.: Manoel Monis Barreto, solteiro e Escolastica Barbosa mulher de Amaro Frr.ª desta freg.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 07-02-1785 nesta matriz se receberam Manoel de Mello Lima, f.l.de Jose de Mello da Gama e de Maria das Neves Pereira, n/b na vila de S. Jose deste bispado de Mariana = cc Maria Joaquina de Jesus, f.l. Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira da Silva, n/b nest freguesia.

 

Manoel faleceu com cerca de 49 anos e foi sepultado ao 25-03-1807 na matriz da Campanha. Ele e Maria Joaquinativeram os filhos, q.d.:

Campanha, MG Igreja Sto Antonio em 25-03-1807 foi sepultado nesta matriz o Alf. Manoel de Mello Lima cc Maria Joaquina de Jesus, moradora no Lambari no Porto de São Domingos. Tinha de idade 49 anos pouco mais ou menos.

2-8-4-5-1 Luiza Vitória de Mello, batizada em 29-09-1785 em Campanha onde em 1821 requereu dispensa de afinidade lícita para se casar com o Capitão João Pinto da Fonseca, viúvo de Maria Angélica de Jesus e filho de João Pinto da Fonseca e sua primeira mulher Helena Maria de Moraes. Geração na família “João Pereira Themudo” Cap. 2º.

www.familysearch.org (record search pilot)

Campanha-MG Livro misto 1818-1822

Oradores João Pinto da Fonseca e Luiza Vitoria de Mello

João Pinto da Fonseca, f.l. João Pinto da Fonseca e Ilena Maria de Jesus, já falecida, de idade 42 anos pouco mais ou menos, e que é viúvo de Maria Angelica de Jesus, e que era natural da freguesia das Lavras do Funil mas que há muitos anos vive nesta freguesia, e quer casar com D. Luiza Vitoria de Mello(...)

D. Luiza Vitoria de Mello, f.l. Alf. Manoel de Mello Lima, já falecido e Maria Joaquina de Jesus, n/b nesta freguesia onde tem

11-01-1821 - Impedimento de afinidade licita em 2º grau de linha transversal em razão de ter sido o orador casado com uma prima coirmã da oradora e assim tambem com o de cognação espiritual em 2º, por ter sido a oradora madrinha de um filho do orador.

Quer casar o Cap. João Pinto da Fonseca, viúvo de M.ª Angelica de Jesus, com D. Luiza Vitoria de Melo, f.l. Alferes Manoel de Melo Lima e D. Maria Joaquina de Jesus, natural e batizada na vila da Campanha da Princesa onde ambos são moradores.

 

Em o Livro 5, a fls. 35 se acha o assento cujo teor é o seguinte: aos 29-09-1785 nesta matriz da Campanha batizou e pos os santos oleos a Luiza de quinze dias, f.l. Manoel de Melo Lima n. da vila de S. Jose e Maria Joaquina natural desta freguesia. Avos paternos  Jose de Mello da Gama e Maria das Neves Pereira. Maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira. Foram padrinhos Antonio de Mello Pereira, casado e Anastacia Moreira. O Coadjutor Joaquim Jose de Godoy - e nada mais se contem no dito assento que aqui fielmente fiz e ao qual me reporto. Campanha 09-12-1820 Vig. Jose de Souza Lima

 

Igreja de Santo Antonio da vila da Campanha da Princesa - Livro 5 de assentos de mortos, fls. 56: Aos 20-01-1803 foi encomendado e sepultada nesta matriz das grades para baixo Maria Angelica, mulher de João Pinto da Fonseca, branca; morreu derrepente de um sobreparto e de idade de 28 anos, foi acompanhada pelo reverendo paroco e três sacerdotes que dosseram missa de corpo presente. E para constar fiz este assento - O Coadjutor Luiz Diogo da Silva - Nada mais se conten no dito livro e assento, todo o referido é verdade ao q me reporto e juro aos Santos Evangelhos, Vila da Canpanha da Princesa 17-03-1820 o Vigario Francisco Mor.º

 

2-8-4-5-2 Antonio de Mello Lima, batizado aos 08-12-1796 em Campanha. Em 1822 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade em 3º grau para se casar com Ana Vitória de Jesus, batizada em 1800, filha de Manoel Alves de Gusmão e Rita Maria de Jesus, 2-8-3-3-6 supra.

Processo Matrimonial - Campanha-MG - Livro Misto 1818

www.familysearch.org (record search pilot)

Antonio de Mello Lima e Ana Vitoria de Jesus - 1822

Querem casar os oradores Antonio de Mello Lima, f.l. do falecido Manoel de Mello de Lima e Maria Joaquina de Jesus = com Ana Vitoria de Jesus, f.l. Manoel Alves de Gosmão e Rita Maria de Jesus. Ambos os oradores são naturais desta freguesia da vila da Campanha da Princesa.

Impedimento de consanguinidade em 3º grau da linha transversal - q. Maria Joaquina de Jesus e Rita Maria eram primas coirmãs, desta nasceu a oradora e daquela o orador

Em o Lº 5 f 62 se acha o assento: aos 08-12-1786 nesta matriz da Campanha bat. Antonio de oito dias, f.l. Manoel de Mello Lima n. da vila de S. Jose e de Maria Joaquina n. desta freguesia, avos paternos Jose de Mello e Maria das Neves, avós maternos Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira. Foram padrinhos este e Maria Moreira mulher do Furriel Manoel da Silva. o Vig. Bernardo da Silva Lobo.

Em o Lº 2 de Suplementos se acha o assento da contraente: No ano de 1800 mais ou menos na capela do Rio Verde bat. Ana, f.l. Manoel Alves de Gusmão e Rita Maria de Jesus. Foram padrinhos Tome da Silva Gago e Maria Barbara de Jesus. e por não aparecer este assento informado do Padre Antonio Jose, o lancei aqui para todo o tempo constar. o Vig. Jose de Souza Lima.

 

Aos 21-01-1822 nesta vila da Campanha da Princesa inquerimos aos oradores Antonio de Mello Lima e Ana Vitoria de Jesus para efeito de sua dispensa.

Depoimento dos Oradores:

Antonio de Mello Lima: homem branco, solteiro, n. e morador nesta freguesia da Campanha onde vive de sua cultura, de idade de 30 e tantos anos. Filho de Manoel de Mello Lima, já falecido e de sua mulher Maria Joaquina de Jesus, que tem de idade 31 anos, n/b nesta freg. da Campanha onde sempre vivi solteiro (aa) Antonio de Mello Lima.

Ana Vitoria de Jesus, f.l. Manoel Alves de Gusmão e Rita Maria de Jesus, de idade 22 anos n/b nesta freguesia da Campanha onde vive em companhia de sua madrinha,

 

Testemunhas:

1ª Cap. João Pinto da Fonseca, homem branco, casado, n. da freg. de Lavras e morador nesta da Campanha onde vive de sua cultura, de idade 44 anos. Disse que era parente dos oradores.

Disse que Antonio de Mello Lima e Ana Vitoria de Jesus são os mesmos de que trata no mandado. Disse que Maria Joaquina de Jesus e Rita Maria de Jesus são primas irmãs e que desta nasceu a oradora e daquela o orador e por isso estavam os oradores ligados com o impedimento de consanguinidade em 3º grau em linha transversal igual

2ª - Joam da Silva Gago, homem branco, casado, n/b nesta freg. da Campanha onde vive de sua cultura, de idade de 52 anos, parente dos oradores.

3ª Cap. Gaspar Jose de Paiva, homem branco, casado, n. da freg. de Aiuruoca e morador nesta da Campanha onde vive de seus negocios de fazenda seca e cultura, de idade de 54 anos

 

Sentença aos 15-10-1822.

 

2-8-4-6 Miguel em 08-10-1754. Capitão Miguel da Silva Gago aos 07-11-1792 casou com Ana Maria de Mello (ou de Jesus), filha de Tomás Alves de Mello e Esclastica de Moraes - in Aportes à GP: “Jose Leme da Silva, capitão” - SL II, 255, 3-5.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 08-10-1754 Miguel, f.l. Antonio da Silva Gago n. da freg. de N. Sra da Conceição da vila de Jacarei-Sp e Anastacia Moreira n. freg. N. Sra da Conceição de Baependi bispado de Mariana, np Guilherme da Cunha Gago n. da vila de Mogi e Brigida Sobrinha de Aguiar n. da vila de Jacarei ambos bispado de SP, nm Manoel Moreira de Aguiar n. de Ponte de Lima Arc. Braga e Elena da Silva n. da freg. de Baependi, padr.: Jose Ferreira, solteiro e Inacia, solteira filha de Esperança Josefa viuva de Cristovão de Faria.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 07-11-1792 nesta matriz se receberam Miguel da Silva Gago, f.l. do falecido Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira de Aguiar, n/b nesta freguesia da Campanha = cc Anna Maria de Mello, f.l. de Thomas Alves de Mello e Escolastica de Moraes, n/b nesta freguesia.

Entre os filhos do casal:

2-8-4-6-1 Escolástica, afilhada e herdeira do tio Manoel da Silva Gago: “Escolastica, filha de meu irmão Miguel”.

2-8-4-6-2 Maria Antonia batizada em 21-06-1795.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 21-06-1795 nesta matriz bat a Maria Antonia, de nove dias, f.l. de Miguel da Silva Gago e de Ana Maria de Jesus, foram padrinhos João Inacio, solteiro filho do Alf. Tomas Alz de Mello e Andreza da Silva, solteira filha de Anastacia da Silva de Aguiar.

2-8-4-6-3 Antonio em 01-04-1805.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 01-04-1805 bat Antonio, f.l. Miguel da Silva Gago e de Ana Maria de Jesus, foram padrinhos Antonio Jose de Viveiro e D. Escolastica Maria de Moraes

2-8-4-6-4 Florentina em 07-06-1807.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 07-06-1807 bat a Florentina, f.l. Miguel da Silva Gago e de Ana Maria de Jesus, foram padrinhos Tomas Alves de Mello e Josefa Maria de Jesus.

2-8-4-6-5 Vitoria em 22-10-1809.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 22-10-1809 bat a Vitoria, f.l. de Miguel da Silva Gago e de Ana Maria de Mello, foram padrinhos Antonio Francisco de Mira e Vitoria mulher de Jose da Silva de Aguiar.

2-8-4-6-6 Rita em 06-01-1812.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 06-01-1812 bat a Rita, f.l. do Alf. Miguel da Silva Gago e de Ana Antonia(sic) de Mello, foram padrinhos Alf. Gaspar Jose de Paiva e D. Clara Maria de Jesus.

2-8-4-7 Genoveva Maria da Silva batizada em 28-08-1756. Em 22-01-1794 casou com Inácio da Silva Franco, filho de Domingo Franco da Silva e Maria Leite de Moraes - família “Braz de Piña”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 28-08-1756 Genoveva, f.l. Antonio da Silva Gago n. vila de Jacarei bispado de SPaulo e Anastacia Moreira n. freg. Baependi deste bispado, avos paterno e maternos ficam em outro assento a fls. 92v; padr.: Miguel Gomes Vallença, solteiro e Maria Zeferina mulher de Manoel Tavares todos moradores nesta freguesia.

2-8-4-8 Joaquina em 06-08-1758. Em 1805 estava casada com Antonio Pinto.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 06-08-1758 Joaquina, f.l. Antonio da Silva Gago n. vila Jacarei-SP e Anastacia Moreira n. freg. Baependi deste bispado, padr.: Mateus Machado Pacheco cc Francisca Leme da Silva, e Maria Nogueira de ---- mulher de Jose Rodrigues da Fonseca.

2-8-4-9 Tomé da Silva Gago batizado em 01-01-1761. Aos 24-09-1797 casou com Maria Silveria de Jesus, filha de José Mendes dos Santos e Ana Josefa da Conceição - família “Gaspar João Barreto”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 01-01-1761 Tome, f.l. Antonio da Silva Gago n/b na vila de Jacarei-SP f.l. Guilherme da Cunha Gago e de Brizida Sobrinha de Aguiar; e de Anastacia Moreira n. freg. Baependi f.l. Manoel Moreira de Aguiar e Helena da Silva, padr.: Revdo Bernardo da Silva Lobo, e Izabel Caetana da Silveira mulher de Domingos Rodrigues Afonço.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 24-09-1797 nesta matriz Tome da Silva Gago, f.l. Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira de Aguiar, n/b nesta freguesia = cc Maria Silveria de Jesus, f.l. de Jose Mendes dos Santos e Ana Josefa da Conceição, n/b nesta matriz.

2-8-4-10 Andreza Maria de Jesus, batizada em 08-12-1762. Aos 15-02-1805 casou com Alf. Gaspar José de Paiva, viúvo de Leonor Francisca de Jesus e filho de José de Paiva e Silva e Maria Josefa da Trindade; família “Paiva” Cap. 2º, § 6º. Sem geração.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 08-12-1762 Andreza, f.l. Antonio da Silva Gago n. da vila de Jacarei Bispado de S. Paulo e Anastacia Moreira de Aguiar n/b na freg. de Baependi deste bispado, np Guilherme da Cunha Gago e Brizida Sobrinha de Aguiar, já defuntos,  nm  Manoel Moreira de Aguiar e Joana da Silva, já defuntos; padr.: Jose Ferreira do Amaral, viuvo e Maria da Silva mulher de Manoel da Silva Passos.

2-8-4-10 Manoel da Silva Gago batizado em 19-03-1765. Testou na Vila da Campanha da Princesa em 05-03-1817. Solteiro instituiu herdeiros os sobrinhos e afilhados Francisco, filho de João, e Escolastica, filha de Miguel.

Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 19-03-1765 Manoel, f.l. Antonio da Silva Gago n/b Jacarei-SP e Anastacia Moreira n/b em Baependi deste bispado, np Guilherme da Cunha Gago e Brizida Sobrinha, falecidos, nm Manoel Moreira e Helena da Silva, falecidos; padar.: João Lopes Pinheiro, casado e Maria da Silva mulher de Manoel da Silva Passos

 

Campanha, MG Igreja Santo Antonio obitos - Testamento com que faleceu Manoel da Silva Gago. (...) eu Manoel da Silva Gago natural desta freguesia, f.l. de Antonio da Silva Gago e Anastacia Moreira de Aguiar, ja falecidos (...).

Testamenteiros em 1º lugar meu irmão João da Silva Gago, em 2º lugar a meu irmão Jose da Silva Aguiar, em 3º a meu sobrinho Luiz Ferreira Campanham.

Declaro que não tenho herdeiros forçados ascendentes nem descendentes e por isso disponho de meus bens na forma seguinte: (...) encomenda missas.

Depois de satisfeitas as minhas disposições e cumpridos meus legados, no restante dos meus bens instituo por meus herdeiros a meus sobrinhos e afilhados: Francisco, filho de m/irmão João, e Escolastica, filha de meu irmão Miguel.

Nesta Vila da Campanha da Princesa aos 05-03-1817 Manoel da Silva Gago.

2-8-4-11 José da Silva de Aguiar batizado em 24-01-1767. Em 15-08-1796 casou comVitória Angélica de Jesus, filha de José Mendes dos Santos e Ana Josefa da Conceição, família “Gaspar João Barreto” já citada.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 24-01-1767 matriz, Jose, f.l. Antonio da Silva Gago n. freg. da vila de Jacarei-SP e Anastacia Moreira de Aguiar n. da freg. de Baependi deste bispado, padr.: Manoel Teixeira Campanhã, casado e Maria da Silva mulher de Manoel da Silva Passos. Avos pat. Guilherme da Cunha Gago e Brizida Sobrinha de Aguiar, falecidos, maternos Manoel Moreira de Aguiar e Helena da Silva, falecidos.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 15-08-1796 nest matriz Jose da Silva de Aguiar, f.l. Antonio da Silva Gago, ja defunto e de Anastacia Moreira = cc Vitoria Angelica de Jesus, f.l. de Jose Mendes dos Santos e de Ana Josefa da Conceição, n/b nesta mesma freguesia.

 

2-8-4-12 João da Silva Gago, batizado em 02-01-1769. Aos 20-02-1803 casou com Helena Maria de Moraes, filha de João Pinto da Foneca e da falecida Helena Maria de Moraes; família “João Pereira Temudo” Cap. 2º.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 02-01-1769 matriz, João n. aos 27-12-1768, f.l. Antonio da Silva Gago n. freg. dila de Jacarei-SP e Anastacia Moreira de Aguiar n. freg. Baependi deste bispado, padr.: Jose Borges a Costa, casado e Brizida Sobrinha mulher de Manoel Ferreira Campanhã. Avos pat. Guilherme da Cunha Gago n. da freg. da vila de Mogi das Cruzes e Brizida Sobrinha de Aguiar n. freg. da vila de Jacarei-SP, maternos Manoel Moreira de Aguiar n. vila de Ponte de Lima e Helena da Silva n. da freg. de Baependi deste bispado.

Pais de, pelo menos:

2-8-4-12-1 Joaquim, batizado em 13-05-1804.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio. Aos 13-05-1804 nesta matriz bat a Joaquim, f.l. João da Silva Gago e Helena Maria de Moraes, brancos. Foram padrinhos Jose Pinto da Fonseca e Anastacia Moreira de Aguiar.

2-8-4-12-2 Francisco, afilhado e herdeiro do tio Manoel da Silva Gago: “Francisco, filho de meu irmão João”.

2-8-4-13 Clara Maria em 20-06-1773. Solteira em 1805, herdeira do remanescente da terça materna.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 20-06-1773 matriz Clara Maria de dez dias, f.l. Antonio da Silva Gago n. freg. Jacarei-sP e Anastacia Moreira n. da freg. de Baependi deste bispado, avos paternos Guilherme da Cunha Gago e Brigida Sibrinha de Aguiar, maternos Manoel Moreira e Helena da Silva. Padr.: Alf. Domingos da Silva Ribeiro, casado e Maria Moreira mulher do Furriel Manoel da Silva Passos.

2-8-5 Guilherme da Cunha Gago, natural de Baependi, casou com Rosa Maria de Godoys, natural de Jacarei-SP e filha de Vicente de Godoys Macedo e Maria Pedrosa de Moraes (SL. 6º, 11, 3-1). Pais de, q.d. batizados em Campanha:

2-8-5-1 José Antonio de Moraes, natural de Jacarei. Em Campanha aos 08-11-1780 casou com Domingas Angélica do Nascimento, aí batizada em 14-12-1760 e filha de Manoel de Souza Teixeira e da finada Catarina Teixeira da Silva, neta paterna de Manoel de Souza Teixeira e Inácia de Araújo, neta materna de Jerônima Correa; família “Mateus Fernandes Agostim”.

B7: Campanha-MG - casamentos - aos 08-11-1780 matriz, Joze Antonio de Moraes, f.l. de Guilherme da Cunha Gago, já defunto, e Rosa Maria de Godois, n/b vila de Jacarehi Bispado de S. Paulo; = com Domingas Angelica do Nascimento, f.l. de Manoel de Souza Teixeira e Caterina Teixeira da Silva, já falecida, n/b na freguesia da Campanha.

 

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 14-12-1760 Domingas, f.l. Manoel de Souza Teixeira e Catarina Teixeira, np Manoel de Souza Teixeira e Inacia de Araujo, nm Hieronima Correa; padr.: Domingos Dias Chaves, casado e Domingas Gonçalves mulher de Jose Borges da Costa.

2-8-5-2 Brigida Sobrinha (ou Severina) da Silva, natural de Jacarei, casou com João dos Santos Porto (ou Ferreira), natural da Campanha, filho de outro natural do Porto-PT e Maria da Luz da Ressurreição, natural de Jacarei; família “Lamin - desentroncados”.

2-8-5-2-1 Antonia, batizada em Campanha em 26-07-1771.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 26-07-1771 Antonia, f.l. João dos Santos Porto n. desta freguesia e Brigida Sobrinha da Silva n. Jacarei-SP, avos pat. João dos Santos Porto e Maria da Luz, maternos Guilherme da Cunha Gago e Rosa Maria de Godois. Foi esta a madinha e o dito avô João dos Santos.

2-8-5-2-2 Nicolau em 21-12-1772.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 21-12-1772 Nicolau de dezesseis dias, f.l. João dos Santos Porto n. desta freguesia e Brigida Sobrinha da Silva n. Jacarei, avos pat. João dos Santos Porto e Maria da Luz, maternos Guilherme da Cunha Gago e Rosa Maria de Godoy. Padr.: Almotacel João Alvares Carneiro e Maria Buena mulher do Alf. Manoel de Paiva.

2-8-5-2-3 Francisca de Paula em 1819 requereu dispensa de 3º grau misto de 2º grau para se casar com Francisco de Souza, filho de Maria Angélica, esta irmã de João dos Santos Porto (ou Ferreira) família supra citada.

2-8-5-2-4 José Ferreira dos Santos, batizado em 30-09-1780. Em 1811 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade em 3º grau misto de 2º para se casar com Ignez Gomes de Oliveira, batizada em 10-05-1785, filha José Inácio Rodrigues e Maria Joaquina da Conceição, neta materna de Manoel dos Santos Pereira e Ignez Custódia de Jesus, esta filha de João dos Santos Porto (ou Ferreira) família supra citada.

Processo Matrimonial - Campanha-MG - Livro Misto 1818

www.familysearch.org (record search pilot)

Jose Ferreira dos Santos e Ignez Gomes de Oliveira - 1811

08-05-1811 - Dizem Jose Ferreira dos Santos e Ignez Gomes de Oliveira moradores na parage o Campo Grande da freguesia da Vila da Campanha da Princes que eles se acham justos e contratados para se receberem em matrimonio mas obsta lhes o impedimento de parentesco em 3º grau de consanguinidade misto de 2º:

- q João dos Santos Ferreira e Ignez Custodia de Jesus eram irmãos inteiros por serem ambos filhos dos falecidos João dos Santos Porto e de sua mulher Maria da Luz da Ressurreição.

- q daquele João dos Santos Ferreira e s/m Brizida Severina da Silva nasceu o orador o dito Jose Jerreira dos Santos.

- q de Ignez Custodia de Jesus e de seu marido Manoel dos Santos Pereira nasceu Maria Joaquina da Conceição e desta e seu marido Jose Ignacio Rodrigues nasceu a oradora.

 

No Livro 4º dos batizados desta matriz a f 157: aos 30-09-1780 nesta matriz da Campanha bat. a Jose nascido de vinte e seis dias, f.l. João dos Santos Ferreira n. da Campanha e de Brigida Sobrinha da Silva n. de Jacarei. Avós paternos João dos Santos Porto e Maria da Luz, avos maternos Guilherme da Cunha Gago e Rosa Maria de Godois. Foram padrinhos Guilherme Jose de Athaide e sua mulher D. Maria SaSa(?) de que fiz este assento. o Vig. Bernardo da Silva Lobo.

E no Livro 7º se acha este assento: Aos 10-05-1795 nesta matriz da Campanha bat. a Ignez, f.l. Jose Ignacio Rodrigues e Maria Joaquina da Conceição. Foram padrinhos Antonio Xavier de Souza e Ignez Custodia de Jesus, todos desta freguesia. o Vig. Antonio de Souza Monteiro Galvão.

Campanha da Princesa 28-11-1811

 

Depoimento dos contraentes:

Jose Ferreira dos Santos, homem branco, solteiro, natural desta freguesia da vila da Campanha da Princesa de idade de 30 anos, morador nesta sobredita freguesia, que vive de sua agencia de criar gado e vender

Ignez Gomes de Oliveira, mulher branca, solteira, natural desta freguesia da vila da Campanha da Princesa e nela moradora, de idade de 16 anos, que vive em casa de seus pais; que é f.l. de Jose Ignacio Rodrigues e Maria Joaquina da Conceição, esta f.l. Ignez Custodia de Jesus.

 

Testemunhas:

- Cap. Guilherme Jose Xavier de Athaide e Cunha, solteiro, homem branco, natural desta freguesia da vila da Campanha e nela morador, de idade de 40 anos, que vive de suas cobranças de seu negocio

- Manoel dos Santos Ferreira, homem branco, casado, n. desta freguesia da vila da Campanha da Princesa e nela morador, de idade de 54 anos, q vive de sua lavoura, aos costumes disse ser tio e padrinho do orador, e que a oradora é filha de uma sua sobrinha carnal.

- João Moreira de Souza, homem branco, casado, natural desta freguesia e nela morador, de idade de 50 anos, q vive de sua lavoura,

Sentença, Mariana 12-12-1811

 

2-8-5-3 Genoveva Maria, natural de Jacarei, casou com Manoel Leme da Silva, batizado em 09-07-1749 em Campanha, filho de Manoel Leme da Silva natural de Mogi das Cruzes-SP e Rita Maria de Jesus natural de Congonhas do Campo-MG. Geração na família “Domingos Leme da Silva”.

2-8-5-4 Inácia, batizada em Campanha em 16-07-1758.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 16-07-1758, Inacia, f.l. Guilherme da Cunha Gago n. freg. Baependi deste bipado e Rosa Maria de Godois n. Jacarei-SP, padr.: Jose Mendes dos Santos, solteiro e Maria Moreira da Silva mulher de Manoel da Silva.

2-8-5-5 Maria Izabel de Godoi, batizada em 29-06-1760. Aos 03-10-1780 casou com José Ferreira Leme, natural de Conceição dos Guarulhos-SP, filho de Tomé Ferreira Leme e Izabel da Cunha Pontes.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 29-06-1760 Maria, f.l. Guilherme da Cunha Gago n. da freg. de Baependi deste bispado e Rosa Maria de Godoys n. da vila de Jacarei Bispado de SPaulo, padr.: Miguel Gomes Valença, solteiro e Anastacia Moreira de Aguiar mulher de Antonio da Silva Gago, todos desta freguesia. Avos paternos Guilherme da Cunha Gago e Brizida Sobrinha da Silva, maternos Vicente de Godoys Macedo e Maria Pedrosa de Moraes.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - aos 03-10-1780 matriz, Joze Ferreira Leme, f.l. de Thomé Ferreira Leme e Izabel da Cunha Pontes, n/b na freguesia da Conceição dos Guarulhos do Bispado de S. Paulo; = com Maria Izabel de Godoi, f.l. de Guilherme da Cunha Gago, já falecido e Rosa Maria de Godoi, n/b nesta freguesia.

2-8-5-6  Antonio, em 18-07-1762.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 18-07-1762 matriz, Antonio, f.l. Guilherme da Cunha Gago n. da freg. de N. Sra. do Monserrate de Baependi e Rosa Maria de Godoys n. da vila de Jaccarei-SP, padr.: Antonio Simões, casado e Maria da Silva de Aguiar mulher de Antonio Ferreira de Souza, Avós paternos Guilherme da Cunha Gago e Brizida Sobrinha, já defuntos, maternos Vicente de Godoys Macedi e Maria Pedrosa de Moraes.

2-8-5-7 Quitéria Branca (chamada antes da crisma Branca), batizada em 19-02-1764. Aos 07-02-1787 casou com Joaquim Dias das Chagas, natural de S. João del Rei, filho de Francisco das Chagas e Francisca Dias Correa.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 19-02-1764 matriz, Branca, f.l. Guilherme da Cunha Gago n/b na freg. de Baependi deste bispado e Rosa Maria de Godoy b/b na cidade de Jacarei-SP, np Guilherme da Cunha Gago, falecido e Brizida Sobrinha da Silva, falecida, nm Vicente de Godoy e Maria Pedrosa de Moraes, padr.: Francisco Fernandes da Costa e D. Joana filha do Cap. Miguel Pires Barreto.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - matriz aos 07-02-1787 Joaquim Dias das Xagas, f.l. de Francisco das Xagas e Francisca Dias Correa, n/b na vila de S. João del Rei; = Quiteria Branca chamada antes da crisma Branca, f.l. de Guilherme da Cunha Gago e de Roza de Godoes, n/b na freguesia de Campanha.

Pais de, q.d.:

2-8-5-7-1 Maria Cândida, aos 04-06-1818 em S. João del Rei-MG casou com João Luiz dos Santos, filho de José dos Santos e Maria Rodrigues.

B7: Casamentos - SJDRei-MG, aos 04-06-1818 Capela Bom Sucesso, João Luis dos Santos, f.l. Jose dos Santos e Maria Rodrigues; = cc. Maria Candida, f.l. Joaquim Dias das Chagas e Quiteria Branca de Tolledo.

2-8-5-8 Francisca, batizada em 13-05-1767.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais)  Bat. aos 13-05-1767 Francisca n. aos 03, f.l. Guilherme da Cunha Gago n. da freg. de Baependi deste bispado e Rosa Maria de Godoys n. da freg. da vila de Jacarei-SP, padr.: Jose Pimentel, solteiro e Izabel Maria de Oliveira mulher de Manoel Vaz Ferreira. Avos pat. Guilherme da Cunha Gago n. de Mogi das Cruzes e Brizida Sobrinha da Silva(sic) n. da freg. da vila de Jacarei, maternos Vicente de Godoys de Macedo e Maria Pedrosa de Moraes ambos da freg. de Jacarei, ambos bispado de S.Paulo.

2-8-5-9 Tomé, em 07-04-1770

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais)  Bat. aos 07-04-1770 matriz, Tome de dez dias, f.l. Guilherme da Cunha Gago n. de Baependi e Rosa Maria de Godoi n. de Jacarei, np Guilherme da Cunha Gago e Brigida Sobrinha da Silva, maternos Vicente de Godois de Macedo e Maria Pedrosa de Moraes, padr.: Manoel Ferreira Sampaio e Ana Maria de Jesus mulher de Antonio Luiz Ferreira.

2-8-5-10 Andreza, em 25-05-1772.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais)  Bat. aos 25-05-1772 matriz, Andreza de nove dias, f.l. Guilherme da Cunha Gago n. freg. Baependi e Rosa Maria de Godois n. Jacarei-SP, np Guilherme da Cunha Gago e Brigida Sobrinha, falecidos, maternos Vicente de Godois Macedo e Maria Pedrosa de Moraes, falecida. Padr.: Jose Pereira da Fonseca e sua mãe D. Maria do Nascimento.