PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

 

PEDRO XAVIER e LUZIA BICUDA DE ALVARENGA

(atualizado em 23-outubro-2016)

 

 

William Horst Richter

 

Pedro Xavier, natural do reino da França, casou na terra com Luzia Bicuda de Alvarenga, natural de Taubaté-SP.

 

Foram moradores no vale do Paraiba Paulista, onde nasceram filhos, e no Sul de Minas onde ambos faleceram.

 

Pedro foi sepultado aos 11-09-1742 na capela da Senhora da Lapa. Luzia faleceu em 25-12-1760 e foi sepultada na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada, ambas filias da matriz de Prados-MG.

Prados, Mg Igreja N Sra da Conceição aos onze dias do mes de setembro de 1742 dentro da capela da Senhora da Lapa se deu sepultura a Pedro Xavier, de nação frances, casado com Luzia Bicuda. Não fez testamento por não ter de que.

 

Prados_Nossa Senhora da Conceição. Aos 25-12-1760 faleceu Luzia Bicuda, viuva que ficou de [espaço em branco]. Sepultada na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial desta matriz dos Prados.

 

Encontramos quatro filhas do casal, naturais de Guaratinguetá-SP, com geração no sul de Minas:

1- Antonia Pereira de Alvarenga

2- Francisca Xavier

3- Izabel Bicuda de Alvarenga

4- Catarina Pereira de Alvarenga

 

1- Antonia Pereira de Alvarenga nasceu em Guaratinguetá-SP. Em Prados-MG em 1725 casou com João da Costa Pereira, natural e batizado na freguesia de S. Salvador de Cabreiro termo dos Arcos Arc. de Braga, filho de Pedro da Costa e de Feliciana da Costa.

Prados, MG aos 10-11-1803 nesta freguesia de Prados, disse João da Silva França. pessoa fidedigna, que João da Costa Pereira, f.l. de Pedro da Costa e de Feliciana da Costa, natural e batizado na freguesia de S. Salvador de Cabreiro termo dos Arcos Arc. de Braga se casara com Antonia Pereira de Alvarenga, f.l. de Pedro Xavier e Luzia Bicuda de Alvarenga, natural e batizada na freguesia de Santo Antonio de Guaratinguetá Bispado de S. Paulo, na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial desta matriz de Prados e que foram testemunhas João Alves Preto e o Alf. Antonio Marques de Moraes, e ele dito França e que se casaram os ditos João da Costa e Antonia Pereira na era de 1725 sendo vigario desta freguesia, segundo a sua lembrança. o Reverendo Mathias de Al----------, e por não aparecer este assento do casamento dos ditos, mandei fazer este assento no livro dos Suplementos e o assinei era ut supra.

          João, casado segunda vez com Ana Luiza de Mesquita, testou no arraial da Lage com aprovação em 31 de Julho de 1780. Sem geração do segundo matrimônio, declarou dois filhos do primeiro. Foi inventariado em 15-09-1784 em S. João del Rei (inventario na família “João de Rezende Costa” neste site colaboração de Moacyr Villela).

          Ana Luiza, aos 04-07-1785 em S. José del Rei, casou segunda vez com João da Mota Botelho, filho do Capitão Manoel da Mota Botelho, natural de Santo André de Estremoz Arc. Evora, e Ana Maria Joaquina. Geração deste matrimônio na família “João de Rezende Costa”.

Antonia e João tiveram:

1-1 Antonio da Costa Pereira, natural da vila de São José onde casou em fevereiro de 1774 com Ana Joaquina de Rezende, filha de Antonio Nunes de Rezende e Maria Pedrosa de Moraes.

          Alferes Antonio foi inventariado em 1799 pela viúva. Deixou a Fazenda Invejosa em Passatempo-MG, quatro filhos legítimos e uma natural (inventário neste site). Geração na família “João de Rezende Costa”.

1-2 Mateus Pereira da Costa, estava casado em 1784.

 

2- Francisca Xavier foi madrinha em 10-05-1738:

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 10-05-1738 na capela de Sto Antonio da Lagoa Dourada bat a Manoel, f.l. Manoel Gonçalves Tristão e Catarina Pereira, padr.: Pascoal Luiz de Azevedo e Francisca Xavier filha de Pedro Xavier, todos desta freguesia.

          Muito provavelmente a casada com Antonio de Souza de Siqueira (Cerqueira) e pais de, q.d.:

2-1 Maria Joaquina de Souza, natural do Curralinho da Freguesia da Vila de São José. Foi a primeira mulher de Bento Gonçalves da Costa, natural São Paio da Vila dos Arcos de Val de Vez, do Termo da Vila de Valença do Arcebispado de Braga, filho de Manoel Gonçalves da Costa e de Simoa da Costa.

          Maria Joaquina testou na Fazenda das Éguas em 17 de Outubro de 1792, faleceu em 6 de dezembro do mesmo ano e foi inventariada em 27-02-1793 (inventário neste site).

          Bento casou em segundas núpcias com Maria Teixeira de Carvalho, filha de Domingos Teixeira de Carvalho e Luiza da Costa Ferreira, sem geração deste matrimônio. Faleceu em 17-02-1822 com testamento onde declara filiação, os dois casamentos, seus filhos legítimos e um filho natural.

          Geração na familia “Maria Teixeira de Carvalho, Miranda Ramalho - Gonçalves da Costa”.

2-2 Helena Maria de Souza em 24-07-1774 estava casada com Joaquim de Rezende Costa:

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, aos 24-07-1774 Lage, bat. Francisca, f.l. Maximiano Jose Nogueira e Violante Josefa, padr.: Joaquim de Rezende Costa e s/m Helena Maria de Souza

          Em 11-08-1789, viúva, Helena Maria casou segunda vez com João Tostes de Azedias, viuvo de Maria Antonia da Silva, falecida em Prados aos 27-11-1768, e filho de Mateus de Azedias e Agueda Evangelha.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas aos 11-08-1789 na capela de N. Sra da Penha de França da Lage filial desta matriz de Santo Antonio da vila de S. Jose e testemunhas Francisco Vieira e Gervasio Pereira de Avim(sic) se receberam João Tostes de Azedias, f.l. de Matheus de Azedias e Agueda Evangelha, viuvo de Maria Antonia da Silva, morador na Lagoa Dourada da freguesia dos Prados = e Ellena Maria de Souza, f.l. de Antonio de Souza e Francisca Xavier, viuva de Joaquim de Rezende Costa, moradora nesta freguesia da vila de S. Jose, e tudo deste bispado de Mariana.

 

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 27-11-1768 faleceu confessada e sacramentada Maria Antonia da Silva, mulher de João Tostes de Azedias. Foi sepultada na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada, filial desta matriz dos Prados.

 

3- Izabel Bicuda de Alvarenga, natural de Guaratinguetá-SP, casou com Sebastião Pereira de Avila, natural da cidade do Rio de Janeiro e falecido em Prados aos 31-12-1756.

Prados, MG aos 31-12-1756 faleceu Sebastião Pereira Davila, sepultado dentro da capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial desta matriz dos Prados.

Pais de, q.d.:

3-1 Ana, batizada em 25-12-1746.

Prados, MG bat 1740-1759 im 92 aos 25-12-1746 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial desta paroquia de N. Sra da Conceição dos Prados bat a Ana, f. de Sebastião Pereira davila e de s/m Izabel Bicuda; foram padrinhos o Alf. Manoel Pacheco Barroso e Maria Joseph Pereira, casados, todos moradores e fregueses desta freguesia.

3-2 Maria em 28-10-1748.

Prados, MG aos 28-10-1748 na capela da Lagoa Dourada dilial desta matriz bat a Maria, f.l. de Sebastião Pereira Davila e de s/m Izabel Bicuda, fregueses desta dita matriz e foram padrinhos Manoel Rodrigues Coelho, solteiro e Catarina Pereira mulher de João da Silva, todos desta dita freguesia.

 

Duplicata:

Prados, MG na era de 1750, pouco mais ou menos, na capela da Lagoa Dourada dilial desta matriz bat a Maria, f.l. de Sebastião Pereira Davila e de s/m Izabel Bicuda de Alvarenga, foram padrinhos Manoel Rodrigues Coelho e e Catarina Pereira mulher de João da Silva, a que tudo me constou por informações que julguei veridicas, por serem dadas por pessoas fidedignas (...) e para constar o fiz e assignei, Prados 13-07-1789 o Coad.or João Glz de Moira.

3-3 Domingos, falecido em 14-03-1753.

Prados, MG aos 14-03-1753 faleceu Domingos, filho de Sebastião Pereira, somente com o sacramento da penitencia por não dar lugar para mais, e foi sepultado dentro da capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial desta matriz de N. Sra da Conceição dos Prados.

3-4 Catarina Pereira casou com João da Silva, filho de João da Silva e Angela Fernandes, naturais da freguesia de S. Martinho do Couto de Moure Arc. Braga.

          Em 11-12-1797, viúva, Catarina requereu Carta de Sesmaria:

Arquivo Publico Mineiro - sg-cx.35-doc.24

Requerimento de Catarina Pereira, viúva de João da Silva referente a carta de sesmaria de meia légua em quadra das terras que possui, sendo uma fazenda de cultura e criação, na aplicação de Nossa Senhora da Glória, freguesia da Santo Antônio, vila São José - 11/12/1797

 

Diz Catherina Pereira, viuva do falecido João da Silva, moradora na aplicação de Nossa Sra da Gloria do Passatempo da freguesia de Sto An tonio da vila de S. Jose Comarca do Rio das Mortes que ela é senhora de uma fazenda de cultura e criar cita na mesma aplicação, que confronta com o Alf. [--]ão Pereira da Silva = e Joanna Antonia; e outros e para a Supp. melhor as poder possuir requer a V. Excia seja servido mandar passar Carta de Sesmaria de meia legoa de terra em quadra na referida fazenda, fazendo Pião e onde mais conveniente for a Supp.te dentro dos limites da mesma fazenda.

 

Passe Carta de Sesmaria, 2 de Janeiro de 1798.

 

          Catarina fez inventário de seus bens em 21-11-1804. Compareceram oito filhos, sendo uma falecida e representada por seus filhos.

          João, Antonio e Maria(segunda) não são citados, nem representados, no inventário materno:

- João batizado em 09-05-1755.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 09-05-1755 cap. Desterro, João, f.l. João da Silva e Catarina Pereira, padr.: Domingos Fernandes e s/m Angelica Maria.

- Antonio em 12-08-1759

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 12-08-1759 Passatempo, Antonio, f.l. João da Silva e Catarina Pereira , padr.: Antonio Joseph Ferreira e Joana Antonia, mulher de Sebastião Fernandes.

- Maria em 20-12-1766.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 20-12-1766 Passatempo, Maria, f.l. João da Silva e Catarina Pereira, padr.: Antonio Annes Lisboa e Ana, solteira, filha do dito João da Silva.

 

Museu Regional de São João del Rei

Inventario em vida de Catarina Pereira

Data: 21-11-1804

Disponibilizado por William Horst Richter.

Transcrito por Projeto Compartilhar

Local: Fazenda Caxoeira do Monte do Ferro na aplicação do Passatempo da vila de S. José em casas de morada da inventariante Catarina Pereira, viúva do falecido João da Silva.

 

Diz Catarina Pereira, viúva do falecido João da Silva, que se acha avançada em anos e quer dispor de sua vida dando a seus filhos o que lhes pertence das duas partes de sua meação, ficando-lhe a sua terça para dispor dela como lhe parecer. E para fazer com justiça, quer se proceda a inventário por este Juizo nos seus bens por ser mesmo Juizo do Inventario do falecido seu marido, por haverem netos menores.

Requer se sirva mandar proceder inventario nos ditos seus bens que em sua vida quer dividir pelos seus filhos

 

Filhos:

- Jose Antonio da Silva Pereira, casado, 47 anos.

- Manoel Antonio da Silva, de idade 41 anos.

- Francisco Antonio da Silva, 35 anos

- Maria Antonia casada com Alferes Mathias Francisco de Vargas.

- Rosa Joaquina casada com Francisco Jose de Souza.

- Ana Rosa da Silva, de idade 27 anos.

- Luiza Antonia, viuva do Alf. João Pereira da Silva.

- Ana Joaquina da Silva, falecida, casada que foi com Jose Alves Madeira de cujo matrimonio ficaram os filhos seguintes:

NETOS:

- Manoel Alves Madeira, casado.

- Pedro Alves, casado.

- Francisco Alves, de idade 25 anos.

- Alexandre Alves Madeira, de idade 24 anos.

- João Alves Madeira, de idade 23 anos.

- Jose Alves Madeira, de idade 20 anos.

- Domingos Alves Madeira de idade 18 anos.

- Maria Joaquina de idade, digo, casada com Manoel Machado Netto.

3-4-1 Maria Antonia da Silva, batizada em 09-07-1747. Casou com Matias Francisco de Vargas. O casal é o tronco da familia “Matias Francisco de Vargas” neste site.

Prados, MG bat aos 09-07-1747 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial desta matriz bat a Maria, f.l. de João da Silva e de Catarina Pereira fregueses desta matriz. Foram padrinhos o Revdo Padre Capelão Manoel de Souza Ribeiro e Catarina Pereira, viuva, todos desta freguesia.

3-4-2 Ana Joaquina da Silva foi a primeira mulher de José Alves Madeira, filho de Amaro Alves Madeira e Ignes da Fonseca. Faleceu aos 05-09-1791 e foi representada no inventário materno pelos filhos de seu casal. Geração na familia “Amaro Alves Madeira”.

3-4-3 Luiza Antonia da Silva, batizada em 30-01-1753, foi madrinha em 15-04-1776.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 30-01-1753 Passatempo, Luiza, f.l. João da Silva e Catarina Pereira, padr.: Antonio Rodrigues Souto e Ana de Souza, avós paternos João da Silva e Angela Fernandes, naturais de São Martinho do Couto de Mo--- Arc. Braga, avós maternos Sebastião Pereira, natural do Rio de Janeiro e Izabel Bicuda, natural de São Paulo, e os mais todos desta freguesia.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 15-04-1776 cap. S. João Batista, Pedro, f.l. Jose Alz Madeira e Ana Joaquina da Silva, padr.: Francisco Roiz e Luiza Antonia da Silva filha de João da Silva, todos desta freguesia.

         Em 1785 estava casada com o Alferes João Pereira da Silva. Em 21-11-1804 era viúva.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - em o ano de 1785 Passatempo. João, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa de Jesus, padr.: Manoel Ferreira Pacheco, e Luiza da Silva mulher de João Pereira da Silva. Vila de S. José 10-02-1810

Foram pais de, pelo menos:

3-4-3-1 Joana Rosa da Silva em S. Jose del Rei aos 24-11-1800 casou com Antonio Gonçalves de Araujo, daí natural, filho de Manoel Gonçalves de Araújo e Theresa de Jesus. Com geração em S. José del Rei (atual Tiradentes-MG).

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. aos  24-11-1800; Capela da Sra. do Carmo do Japão; Antonio Gonçalves de Araújo, n. São José; f. Manoel Gonçalves de Araújo e Theresa de Jesus; = cc. Joanna Rosa da Silva, n. São José; f. Alf. João Pereira da Silva e D. Luiza Antonia;

3-4-4 José Antonio da Silva Pereira, batizado em 21-08-1757. Aos 22-02-1802 casou com Claudina Candida de S. José, batizada em 15-02-1780, filha de Antonio Martins da Silva e Rosa Feliciana da Assunção. Com geração em S. José.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 21-08-1757 Passatempo, Joseph, f.l. João da Silva e Catarina Pereira, np de João da Silva e Angela Fernandes, batizados na freg. de S. Martinho do Couto de Moure Arc. Braga, nm Sebastião Pereira de Avila, n. da cidade do Rio de Janeiro e Izabel Bicuda de Alvarenga, bat. na freg. de Santo Antonio da vila de Guaratingueta do Bispado de S. Paulo, padr.: Guarda Mor Domingos Vieira da Mota e Brigida, filha do Alf. Manoel Pacheco Barrozas.

 

Tiradentes e capelas filiadas, cas. - aos 22-02-1802 na capela de S. João Batista, Jose Antonio da Silva Pereira, f.l. João da Silva e Catarina Pereira, n. da freg. de S. Jose; = cc. Claudina Candida de S. Jose, f. de Antonio Martins da Silva e Rosa Feliciana da Assunção, n. de S. Jose.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 15-02-1780 S. João Batista, Claudina, f.l. Antonio Martins da Silva e Rosa Feliciana, padr.: Antonio Machado Rodrigues e Justa Inocencia filha de João Machado Rodrigues

3-4-5 Rosa Joaquina da Silva, batizada em 24-08-1761. Em 12-11-1792 casou com Francisco José de Souza, natural de S. João del Rei, filho de Manoel de Souza Tavares e Joana de Lemos de Oliveira. Geração na família “Lemos - Oliveira - Godoy”, neste site.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 24-08-1761 Passatempo, Rosa, f.l. de João da Silva e Catarina Pereira, padr.: Domingos Vieira da Mota e Ana Maria, mulher de --- Machado.

 

3-4-6 Manoel Antonio da Silva Pereira, batizado em 07-03-1764, casou duas vezes. Primeira vez com Zeferina Angelica de Jesus, fiúva de Francisco Martins de Rezende e filha de José de Barros de Albuquerque e Izabel Teresa de Jesus, família “Antonio Furquim da Luz”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 07-03-1764 Passatempo, Manoel, f.l. Pedro Machado e Josepha Maria, padr.: Gregorio Francisco Pereira e Teresa solteira, digo, filho legitimo de João da Silva e Catarina Pereira, padr.: Bento Joseph e s/m Thomasia Maria da freg. dos Prados.

 

São Jose del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, aos 24-08-1815? apresentaram-se habilitados os contraentes Manoel Antonio da Silva Pereira, n/b na capela do Passatempo, f.l. de João da Silva e Catarina Pereira; e D. Zeferina Angelica de Jesus, f.l. Jose de Barros de Albuquerque e D. Izabel Teresa, n/b na capela do Bomsucesso e viuva de Francisco Miz de Rezende. Administrou o matrimonio.

         Viúvo, Manoel Antonio casou aos 05-11-1826 com Maria Constança do Ceu, filha do Alf. Francisco Ferreira da Silva e Margarida Joaquina.

B7: Casamentos Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 05-11-1826 matriz, Manoel Antonio da Silva Pereira, viuvo de Zeferina Angélica de Jesus, morador no Passatempo; = cc Maria Constancia do Ceo, f.l. Alf. Francisco Ferreira da Silva e Margarida Joaquina, natural e moradora nesta freguesia.

 

3-4-7 Francisco Antonio da Silva com 35 anos em 1804.

3-4-8 Ana Rosa da Silva, batizada em 18-06-1774. Com 27 anos em 1804.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro de suplementos, aos 18-06-1774 Passatempo, Ana, f.l. João da Silva e Catarina Pereira, padr.: Jose Alves Madeira, e Ana Pereira de Souza. Vila de São Jose 02-02-1802.

 

3-5 Rosa Maria do Sacramento casou em Prados aos 27-06-1763 com Bento José Rabelo, natural de S. Salvador de Fornos termo da vila da Feira Bispado do Porto, filho de Domingos Antonio e de Maria Rebella.

Prados, MG aos 27-06-1763 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial da matriz dos Prados se receberam Bento Jose Rebello, n/b na freg. de S. Salvador de Fornos termo da vila da Feira Bispado do Porto,. f.l. de Domingos Antonio e de Maria Rebella = cc Rosa Maria do Sacramento, n/b esta dita freguesia dos Prados, f.l. de Sebastião Pereira Davila e de Izabel Bicuda. Testemunhas Joseph Pacheco Monteiro e Manoel Luiz Affonso.

Entre os filhos do casal, batizados em S. José del Rei:

3-5-1 José em 06-05-1764.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 06-05-1764 Passatempo, Joseph, f.l. Bento Jose e Rosa Maria, padr.: João da Silva e Thomasia Maria, solteira.

3-5-2 Josefa Maria do Sacramento batizada em 25-06-1769. Casou em Prados aos 01-03-1802 com Francisco da Rocha Garcia, natural da freguesia de S. Pedro, Ilha Terceira Bispado de Angra, filho de Antonio da Rocha Garcia e Francisca Joaquina.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 25-06-1769 Passatempo, Josepha, f.l. Bento Jose Rebelo e Rosa Maria, padr.: Antonio Annes Lisboa e Ana Joaquina, solteiros.

 

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Lagoa aos 01-03-1802 Francisco da Rocha Garcia, f.l. de Antonio da Rocha Garcia e Francisca Joaquina, n/b freguesia de S. Pedro Ilha Terceira Bispado de Angra = Josepha Maria do Sacramento, f.l. de Bento Jose Rabello e Roza Maria do Sacramento, n/b na freguesia da vila de S. Jose.

3-5-3 Joaquim José Rabelo, batizado aos 03-02-1772. Casou aos 26-05-1805 com Maria José do Nascimento, natural de Prados, filha de Manoel José do Nascimento e Joana Maria de Moura, família “José de Andrade Braga”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 03-02-1772 Passatempo, Joaquim, f.l. Bento Jose Rabelo e Rosa Maria do Sacramento, padr.: Luiz Soares da Torre e Luiza Antonia da Silva.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, aos 26-02-1805 Japão; Joaquim Jose Rabello, f.l. Bento Jose Rabello e Rosa Maria do Sacramento, n/t Passatempo; cc Maria Josefa  digo Maria José do Nascimento, f.l. Manoel Jose do Nascimento e Joana Maria de Moura, n/b Lagoa Dourada, freguesia de Prados; test.: Manoel Jose dos Santos e Felisberto Virgulino Martins Pereira.

3-5-4 Maria Jacinta do Sacramento casou, na capela do Passsatempo filial de S. José del Rei com registro em Prados aos 12-05-1810, com José Dias dos Santos, natural das Congonhas do Campo-MG, filho do Alf. Francisco Dias dos Santos e Joana Luiza da Silva.

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Capela do Passa Tempo, filial da vila de S. Jose aos 12-05-1810. José Dias dos Santos, f.l. do Alf. Francisco Dias dos Santos e D. Joanna Lucia da Silva, n/b na freguesia de Congonhas = Maria Jacinta do Sacramento, f.l. de Bento Jose Rabelo e Roza Maria do Sacramento, n/b nesta freguesia de Prados.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. aos 12 de Maio de 18[danificado] Passatempo; Jose Dias dos Santos, f.l. Alf. Francisco Dias dos Santos e Joana Luiza da Silva, n/b freg. de Congonhas do Campo; cc Maria Jacinta do Sacramento, f.l. Bento Jose Rebello e Rosa Maria do Sacramento, n/b na Lagoa Dourada da freg. dos Prados; test.: Francisco das Chagas e Andrade e Feloisberto Virgulino Martins Pereira.

3-5-5 João José Pereira de Ávila, natural de Prados. Casou em Boa Esperança-MG aos 07-06-1819 com Ana Bernarda, filha do Cap. Bernardo José Carneiro e de Narcisa Antônia Vieira, familia “Amaro de Mendonça Coelho”.

Boa Esperança, MG Igreja N Sra das Dores matr - aos 07-06-1819 João José Pereira de Ávila, nat. de Prados e f. de Bento José Rabelo e de Rosa Maria do Sacramento e Ana Bernarda, nat. de Dores e f. do Cap. Bernardo José Carneiro e de Narcisa Antônia Vieira.

 

4- Catarina Pereira de Alvarenga, natural de Guaratinguetá-SP, casou duas vezes. Primeira vez com Manoel Gonçalves Tristão natural da Ilha Terceira. Segunda vez aos 16-11-1751 com José Rodrigues Coelho, natural de S. Salvador do Passo do Souto Bispado do Porto e hoje de Penafiel, filho de Manoel Rodrigues e de Catarina Coelho.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 16-11-1751 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada se receberam Jose Rodrigues Coelho e Catarina Pr.ª. Foram testemunhas João Esteves e o Lic. Antonio dos Reis de Oliveira.

          Catarina faleceu em Prados em 03-01-1774 e foi sepultada na capela dos Olhos D’Agua.

Prados, MG aos 03-01-1774 faleceu Catarina Pereira, mulher de Jose Rodrigues, de Curralinho. Sepultada dentro da capela dos Olhos deagua filial desta matriz.

          José testou no Arraial da Lagoa em 28 de janeiro de 1776 e faleceu aos 11-02-1778, declarou quatro filhos de seu casal:

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição obitos - Lagoa - Jose Roiz Coelho - aos 11-02-1778 faleceu sem sacramentos por ser de morte violenta Jose Rodrigues Coelho, viuvo, sepultado na capela de Santo Antonio, com testamento cujo teor é o seguinte: (...) eu Joseph Rodrigues Coelho (...)

testamenteiros: em 1º Domingos Machado, em 2º Antonio A. Pereira, em 3º Miguel Lourenço e em 4º João Fr.co.

Sou natural e batizado na freguesia de S. Salvador do Passo do Souto Bispado do Porto e hoje de Penafiel, f.l. de Manoel Rodrigues e de Catarina Coelho, ja defuntos. Fui casado com Catarina Pereira de Alvarenga, e hoje viuvo por seu falecimento, de cujo matrimonio tivemos quatro filhos a saber: Antonia Maria cc Francisco Jose Ribeiro de Moura = ---- casada com Custodio Jose Ribeiro = Francisca = e outra Maria meus herdeiros forçados.

im 71) (...) a minha filha Maria por ser aleijada de um braço; a minha filha Antonia (...). Arraial da Lagoa 28 de janeiro de 1776 Joseph Rois Coelho

 

Catarina e Manoel Gonçalves Tristão tiveram os filhos, q.d.:

4-1 Joana Antonia Pereira

4-2 Manoel, batizado em Prados aos 10-05-1738.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 10-05-1738 na capela de Sto Antonio da Lagoa Dourada bat a Manoel, f.l. Manoel Gonçalves Tristão e Catarina Pereira, padr.: Pascoal Luiz de Azevedo e Francisca Xavier filha de Pedro Xavier, todos desta freguesia.

4-3 João Gonçalves Tristão

4-4 Violante do Sacramento

4-5 Pedro Gonçalves Tristão

 

Catarina e José Rodrigues Coelho tiveram quatro filhos que viviam em 1776:

- filho falecido em 31-10-1759.

Prados, MG aos 31-10-1759 faleceu um inocente, filho de Jose Rodrigues Coelho, foi sepultado dentro da capela da Lagoa Dourada.

- Joana, batizada em 04-05-1760.

Prados, MG bat 1739-1867 na mesma folha (316)  se acha um do teor seguinte = aos 04-05-1760 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial desta matriz dos Prados bat a Joana, f.l. de Jose Rodrigues Coelho e de CAtarina Pereira, neta paterna de Manoel Rodrigues e Catarina Coelha, naturais da freg. de S. Salvador do Passo de Souza Bispado do Portop, e pela materna neta de Pedro Xavier e de Luzia Bicuda, naturais esta da cidade de S. Paulo e aquele de França. Foram padrinhos Jose Pacheo Borges e s/m Ursula Roza de Rezende assistentes nesta dita freguesia; e para constar mandei fazer este assento que assinei era ut supra. o Vigar. Mel Mz de Carvalho. Eu o transladei fielmente do livro a que me reporto. o Coadjtor João Glz de Moira.

 

4-6 Antonia Maria Pereira

4-7 Teresa Maria do Sacramento.

4-8 Francisca Josefa

4-9 Maria Joaquina Rodrigues

 

4-1 Joana Antonia Pereira, batizada em S. José aos 28-07-1736, casou duas vezes.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 28-07-1736 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada bat a Joana, f.l. Manoel Gonçalves Tristão e Catarina Pereira de Alvarenga. Padr.: Manoel Correa de Mesquita e Luzia Bicuda da freguesia de Congonhas.

          Aos 08-07-1751 casou com Pascoal Gonçalves Beirigo, natural de S. Salvador de Portela das Cabras Arc. Braga, filho de Alexandre Gonçalves Beirigo e Andreza Dias.

Prados, MG aos 08-07-1751 e testemunhas abaixo assinadas se casaram Paschoal Glz, natural e bat. na freg. de S. Salvador de Portella das Cabras = cc Joana Antonia Pereira, n/b nesta freguesia. (Test. q aa: Domingos Glz Beirigo e Lourenço Frr.a)

          Paschoal foi irmão, por parte de pai, de Domingos Gonçalves Beirigo, natural da mesma S. Salvador da Portela, filho natural de Alexandre Gonçalves Beirigo e Teresa Gonçalves. Casou com Clara Maria da Rosa e faleceu em 29-12-1791 com testamento e geração de oito filhos (testamento neste site).

          Pascoal faleceu aos 08-03-1758.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas. Aos 08-03-1758 enterrou-se no campo, por falecer de repente, o corpo de Paschoal Gonçalves Beirigo, por não estar capaz de se levar a lugar sagrado. Casado com Joana Antonia.

          Segunda vez Joana casou com Sebastião Fernandes Gandra, natural de São Salvador de Gandra termo de Valença do Minho Arcebispado de Braga, filho de Pedro Fernandes e de Maria Lourença.

          Sebastião testou em 25-10-1797, faleceu em 13 de novembro do mesmo ano e foi inventariado em 03-01-1798. Joana testou em 03-03-1809 e foi sepultada em 05-05-1809 (inventário e testamento neste site). Joana instituiu herdeiras do remanescente da terça: “todas as minhas netas que se acharem vivas, e em igual parte.” Foram 26 as netas herdeiras da terça.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas. Aos 05-05-1809 enterrou-se dentro desta capela do Passa Tempo filial da matriz da vila de S. Jose, junto ao altar da Sra das Dores, D. Joana Antonia Pereira, que morreu hydropsica, com testamento.

 

Joana e Pascoal tiveram três filhos, que seguem:

4-1-1 Ana Antonia Pereira

4-1-2 Antonio Luiz Gonçalves

4-1-3 João Gonçalves dos Santos

 

Joana e Sebastião Fernandes Gandra tiveram quatro filhos que chegaram a idade adulta, que seguem:

4-1-4 Maria Jacinta do Nascimento

4-1-5 Manoel Fernandes dos Santos

4-1-6 Francisco Gonçalves Gandra

- Sebastião, batizado em 19-02-1771. Já falecido em 25-10-1797, seu pai deixou missas por sua alma.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 19-02-1771 Passatempo, Sebastião, f.l. Sebastião Fernandes e Joana Antonia, padr.: Antonio da Costa Pereira e Maria Pereira tia do batizado.

- Jacinta, batizada em 13-10-1772. Não é citada, nem representada no testamento paterno.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 13-10-1772 Passatempo, Jacinta, f.l. Sebastião Fernandes e Joana Antonia, padr.: o Capelão Jose Dias de Aguiar Rabello e Ana Antonia irmã da dita batizada.

4-1-7 Ana Joaquina Fernandes

 

4-1-1 Ana Antonia Pereira, batizada em 02-12-1754, filha de Joana e seu primeiro marido Pascoal Gonçalves Beirigo.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 02-12-1754 Passatempo, Ana, f.l. de Paschoal Gonçalves Beyrigo e Joana Antonia, np Alexandre Gonçalves e Andreza Dias, naturais de S. Salvador da Portella do Arc. Braga, nm Manoel Gonçalves de Freitas(sic), natural da Ilha Terceira do Bispado de Angra e Catarina Pereira natural da vila de Guaratingueta do Bispado de S. Paulo, padr.: Manoel Gonçalves Coura e Rosa Maria Bernardes, mulher de Francisco Malta.

         Ana Antonia casou com José Martins Teixeira. Já falecida em 03-03-1809, três de suas filhas: Maria - Emerenciana - Esmeria, foram herdeiras na terça da avó materna.

Encontramos os filhos do casal, batizados em S. José:

4-1-1-1 Maria Felizarda Pereira batizada em 04-08-1777, co-herdeira da terça da avó materna em 1809. Em 20-08-1800 casou com Manoel de Souza Pereira, batizado em Prados-MG aos 09-02-1772, filho de Manoel de Souza Pereira e Francisca Gomes da Silva, neto paterno de Pascoal de Souza, natural da freguesia do Topo doa Ilha de S. Joarge e Barbara da Conceição, natural da freguesia das Bandeiras da Ilha do Pico, e pela materna neto de Luiz da Costa Silva, natural do lugar de N Sra da Graça Arc. de Braga e Pascoa da Silveira Gomes, natural do Lugar de N Sra da Gloria de Inhomirim-RJ. Com geração na família “Pascoal de Souza Pereira”, neste site.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 04-08-1777 Passatempo, Maria, f.l. Jose Martins Teixeira e Ana Antonia, padr.: Alf. João Gonçalves dos Santos, casado e Joana Antonia mulher de Sebastião Fernandes.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, aos 20-08-1800 na capela de N. Sra da Gloria do Passatempo e testemunhas o Pe. Francisco Pinto de Goes e Lara, Antonio da Costa Pereira, Jose Gomes Pinheiro se receberam Manoel de Souza Pereira, f.l. Manoel de Souza Pereira e Francisca Gomes da Silva, n/b na capela de N. Sra do Livramento da freguesia da Conceição dos Prados = cc Maria Felizarda Pereira, f.l. de Jose Rodrigues Teixeira e Ana Antonia Pereira, n/b na dita capela do Passatempo desta freguesia.

 

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos  09-02-1772 na capela de N Sra do Livramento filial desta matriz bat a Manoel, f.l. Manoel de Souza e Francisca Gomes da Silva, neto paterno de Pascoal de Souza e Barbara da Conceição, ele natural da freguesia do Topo da Ilha de S. Jorge e ela da freguesia das Bandeiras da Ilha do Pico, e pela materna neto de Luiz da Costa Silva e Pascoa da Silveira Gomes, ele natural do lugar de N Sra da Graça Arc. de Braga e ela natural do Lugar de N Sra da Glori- de Inhomirim Bispado do Rio de Janeiro. Foram padrinhos Pascoal de Souza com pp que tinha do Cap. Casemiro de Moraes Leite, e Mariana Teresa de Jesus mulher do dito Cap. Casemirio de Moraes Leite.

4-1-1-2 José em 16-01-1780.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 16-01-1780 Passatempo, Jose, f.l. Jose Martins Teixeira e Ana Antonia Pereira, padr.: Antonio Luiz Gonçalves e Rita Maria de Jesus, solteiros.

4-1-1-3 Manoel em 20-11-1781.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 20-11-1781 Passatempo, Manoel, f.l. Jose Martins Teixeira e Ana Antonia Pereira, padr.: João Gonçalves dos Santos e Maria Jacinta.

4-1-1-4 Violante em 16-02-1783. Já falecida, provavelmente antes de 14-08-1798.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 16-02-1783 Passatempo, Violante, f.l. Jose Martins Teixeira e Ana Antonia Pereira, padr.: Francisco Ribeiro, casado.

4-1-1-5 Francisco em 05-06-1791.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - 05-06-1791 Passatempo, Francisco, f.l. Jose Martins Teixeira e Ana Antonia Pereira, padr.: Jose Antonio da Silva, solteiro filho de João da Silva, e Joana Antonia Pereira mulher de Sebastião Fernandes.

4-1-1-6 Emerenciana em 17-04-1793. Co-herdeira da terça da avó materna em 1809.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 17-04-1793 Passatempo, Emerenciana n. aos 09, f.l. Jose Martins Teixeira e Ana Antonia Pereira, padr.: Alf. Manoel Pacheco Barrozas e D. Ana Joaquina de Rezende mulher do Alf. Antonio da Costa Pereira.

4-1-1-7 Candido em 11-02-1795.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 11-02-1795 Passatempo, Candido n. 07-01, f.l. Jose Martins Teixeira e Ana Antonia Pereira, moradores na aplicação da dita capela, padr.: Revdo. Francisco Pinto de Gois e Lara e Francisca Candida de Rezende, mulher de Gervasio Pereira de Alvim, moradores na aplicação da capela de N. Sra. da Penha de França da Lage desta dita freguesia.

4-1-1-8 Esmeria Antonia Pereira, batizada em 11-09-1797. Co-herdeira da terça da avó materna em 1809. Em 17-05-1823 casou com Antonio Pereira Alvim, natural de Barbacena, filho de Antonio Pereira Alvim e Quiteria Justina Rodrigues, família “João Pereira Themudo”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 11-09-1797 Passatempo, Esmeria n. aos 21-08, f.l. Jose Martins Teixeira e Ana Antonia Pereira, moradores na aplicação da dita capela, padr.: Alf. João Pinto de Goes e Lara e s/m Ana Teresa moradores na aplicação da capela de N. Sra. da Penha de França da Lage

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, 17-05-1823; Passatempo; Antonio Pereira Alvim; f. Antonio Pereira Alvim e Quiteria Justina Rodrigues; n. Barbacena; Esmeria Antonia Pereira; f. José Martins Teixeira e Ana Antonia Pereira; n. São José

4-1-1-9 Violante, batizada em 14-08-1798. Já falecida em 5-5-1809, não herdou na terça da avó materna.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 14-08-1798 Passatempo, Violante, f.l. Jose Martins Teixeira e Ana Antonia Pereira, padr.: Alf. Manoel da Costa Rezende e s/m Ana Felipa Ferreira.

4-1-2 Antonio Luiz Gonçalves, batizado em 23-09-1756, casou duas vezes. Primeira vez Alferes Antonio Luiz Gonçalves casou com Maria do Espirito Santo de Rezende, filha de José Pacheco e Ursula Rosa (termo do batismo de Maria).

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 23-09-1756 Passatempo, Antonio, f.l. Paschoal Gonçalves Beyrego e Joana Antonia, np Alexandre Gonçalves Beyrego e Andreza Dias, ambos da freguesia de S. Salvador da Portela das Cabras concelho de Penela do Arc. de Braga, nm Manoel Gonçalves Freitas, já defunto, n. da Ilha Terceira do Bispado de Angra e de Catarina Pereira, n. da vila de Taubaté do Bispado de S. Paulo, padr.: Antonio Machado Dias e Rosa Bernardes, mulher de Francisco Jorge Malta.

         Segunda vez Antonio casou com Maria Candida de Rezende. Testou na Invejosa em 1 de julho de 1843. Declarou a geração dos dois matrimônios. Seu testamento foi registrado no livro de óbitos de Passatempo em 16-09-1846:

Passatempo, MG - Testamento do Alf. Antonio Luiz Gonçalves: sou natural e morador nesta freguesia de N. Sra do Passatempo, termo da vila da Oliveira, f.l. de Paschoal Gonçalves Beirigo e Joana Antonia Pereira, ja falecidos. Fui cc Maria do Espirito Santo Rezende, ja falecida, e presentemente sou casado com Maria Candida de Rezende e deste consorcio tenho quatro filhos a saber: Francisca, Ana, Jose, e Maria e daquele primeiro consorcio tive oito filhos a saber: Antonio, João, Jose já falecido e deixou dois filhos meus netos, e minhas filhas Izabel cc João Affonso Vasco, Violante casada com Francisco Jose de Souza, Ana cc Jose Alves, Candida cc Silverio Ferreira Borges, e Maria solteira, os quais são meus herdeiros.

Testamenteiros em 1º a minha mulher Maria Candida de Rezende, em 2º a meu filho Antonio, em 3º a meu cunhado Manoel da Costa Rezende.

Constituo por meus herdeiros dos restantes de minha terça as minhas filhas e filhos deste ultimo consorcio que é Francisca = Ana = Jose = Maria = e algum mais que houver em tempo de minha vida.

Pedi a Manoel Ferreira Villaça que este meu testamento escrevesse e eu me assino. Envejoza 1 de julho de 1843 Antonio Glz: digo Antonio Luiz Glz.

E nada mais se continha. Passatempo 16 de 7bro de 1846 O Vig. Jose Fabião.

 

         Segundo o Testamento, Antonio e Maria do Espirito Santo tiveram oito filhos que chegaram a idade adulta. Lauriano, Francisca e Francisco não são mencionados. Foram co-herdeiras da terça da avó paterna as filhas: Izabel - Violante - Ana - Candida - Francisca - Maria.

- Lauriano batizado em S. José aos 21-03-1782.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 21-03-1782 S. João Batista, Lauriano, f.l. Antonio Luiz Gonçalves e Maria do Espirito Santo de Rezende, padr.: João Gonçalves dos Santos e Joana Antonia

4-1-2-1 Violante, batizada em 1782, casou com Francisco Jose de Souza

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro suplementos, no ano de 1782 Passatempo, Violante, f.l. Alf. Antonio Luiz Gonçalves e D. Maria do Espirito Santo, padr.: Felisberto Virgolino Martins Pereira, e Violante da Silva mulher de João da Silva. Vila de S. José Vila de S. José 1815.

          Em 1831 comparecem no censo do Passatempo, Francisco José com 40 anos e Violante com 45.

Censo 1831 Passatempo-MG 5º quarteirão fogo 3

FRANCISCO JOZE DE SOUZA; chefe do fogo; masculino; branca; 40; casado; agricultor

VIOLANTE; cônjuge; feminino; branca; 45; casado;

6 escravos

4-1-2-2 Antonio batizado em 26-08-1783. 2º Testamenteiro paterno.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos -, fls. 96 aos 26-08-1783 Passatempo, Antonio, f.l. Antonio Luiz Gonçalves e Maria do Espirito Santo, padr.: Jose Machado de Oliveira, solteiro e Maria, filha de Sebastião Fernandes.

4-1-2-3 Isabel, batizada em 1784, casou com João Afonso Vasco. Comparecem no censo de 1831 com vários dependentes.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro 6 suplementos, fls 82 no ano de 1784 cap. S. João Batista, Izabel, f.l. Alf. Antonio Luiz Gonçalves e Maria do Espirito Santo, padr.: Sebastião Fernandes Gandra e s/m Ana Joaquina, avos paternos do batizado e moradores hoje no Passatempo desta freguesia. Vila de S. José 08-01-1815

(Obs: erro na declaração dos avós)

 

Censo 1831 Passatempo-MG 5º quarteirão fogo 4

JOAO AFONSO VASCO; chefe do fogo; masculino; branca; 48; casado; agricultor

ISABEL; cônjuge; feminino; branca; 43; casado;

JOAO; dependente; masculino; branca; 10;

SEVERIANNO; dependente; masculino; branca; 9;

JOZE; dependente; masculino; branca; 8;

FRANCISCA; dependente; feminino; branca; 6;

FURTUNATO; dependente; masculino; branca; 4

MARIA; dependente; feminino; branca; 3

3 escravos

4-1-2-4 José, batizado em 30-11-1788. Já falecido em 01-07-1843, deixou dois filhos.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 30-11-1788 ermida S. João Batista, Jose. f.l. Antonio Luiz Gonçalves e Maria do Espirito Santo, padr.: Custodio Jose Ribeiro, e Rosa filha de Jose Pacheco Borges.

4-1-2-5 Ana Gonçalves do Espirito Santo, batizada em 13-10-1790. Casou aos 20-08-1823 na capela do Passatempo com José Alves Diniz, natural de Tamanduá, filho de Antonio Alves Diniz e de Gertrudes Maria de Jesus

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 13-10-1790 S. João Batista, Ana, f.l. Antonio Luiz Gonçalves e Maria do Espirito Santo, padr.: Antonio Gonçalves da Costa e Ana Gonçalves da Costa.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas - matrimônios - aos 20-08-1823 na capela do Passatempo filial desta matriz, sem impedimento algum Jose Alves Diniz, f.l. de Antonio Alves Diniz e de Gertrudes Maria de Jesus, n/b na freguesia de Tamandua e morador na de Pitangui = cc Ana Gonçalves do Espirito Santo, f.l. do Alf. Antonio Luis Gonçalves e de D. Maria do Espirito Santo, n/b e m oradora nesta freguesia onde o contraente, de presente, é morador. Testemunhas Silverio Pereira Borges e Luis Gonçalves

 

4-1-2-6 Candida, batizada em 22-08-1792. Casou com Silverio Ferreira Borges.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 22-08-1792 Passatempo, Candida, f.l. Antonio Luiz Gonçalves e Maria do Espirito Santo, padr.: Alf. Manoel Luiz de Figueiredo e D. Maria Poderoza de Rezende mulher do Alf. Manoel Pacheco, o dito padrinho morador na aplicação da capela do Japão e os mais da dita capela do Passatempo.

 

Comparecem no censo de 1831 com vários dependentes:

Censo 1831 Passatempo-MG 5º quarteirão fogo 1º

SILVERIO FERREIRA BORGES; chefe do fogo; masculino; branca; 49; casado; agricultor

CANDIDA; cônjuge; feminino; branca; 38; casado;

BALDUINO FERREIRA BORGES; dependente; masculino; branca; 10; solteiro;

MARIA; dependente; feminino; branca; 8; solteiro;

SERAFIM; dependente; masculino; branca; 8; solteiro;

FRANCISCA FERREIRA BORGES; dependente; feminino; branca; 6; solteiro;

MARIA; dependente; feminino; branca; 9; ;

FRANCISCA; dependente; feminino; branca; 7; ;

REMOALDA; dependente; feminino; branca; 2; ;

6 escravos.

 

4-1-2-7 Francisca, batizada em 21-12-1793. Co-herdeira da terça da avó paterna em 1809. Não é citada no testamento paterno.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 21-12-1793 Passatempo, Francisca n. aos 11, f.l. Antonio Luiz Gonçalves e Maria do Espirito Santo, padr.: Francisco Fernandes Gandra, todos moradores na aplicação da dita capela.

4-1-2-8 Maria, batizada em 09-08-1795. Solteira em 1843.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos -. aos 09-08-1795 Passatempo, Maria n. aos 28-07, f.l. Antonio Luiz Gonçalves e Maria do Espirito Santo; np Pascoal Gonçalves Beirigo e Joana Antonia Pereira, nm Jose Pacheco e Ursula Rosa, padr.: Mateus Rodrigues da Costa.

4-1-2-9 Francisco batizado em 19-1-1797. Não é citado no testamento paterno.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 19-10-1797 Passatempo, Francisco, f.l. Antonio Luiz Gonçalves e Maria do Espirito Santo, padr.: João Gonçalves de Aguiar, morador na Lage, e Maria Antonia moradora no Japão.

4-1-2-10 João, batizado em 06-12-1801.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 06-12-1801 Passatempo, João, br. n. aos 05-11, f.l. Alf. Antonio Luiz Gonçalves e D. Maria do Espirito Santo, padr.: Antonio Teixeira Alves e D. Joana Teixeira, ambos filhos do Cap. João Teixeira Alves desta freguesia de S. Jose.

 

duplicata:

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 06-12-1801 Passatempo, João n. a 05-9bro, f.l. Alf. Antonio Luiz Glz e D. Maria do Espirito Santo, padr.: Antonio Teixeira Mor. e D. Joana Teixeira, ambos filhos do Cap. João Teixeira Alz, fregueses de S. Jose.

Segundo seu Testamento, Antonio e sua segunda mulher Maria Candida de Rezende, tiveram quatro filhos:

4-1-2-11 Francisca

4-1-2-12 Ana

4-1-2-13 José

4-1-2-14 Maria.

 

4-1-3 João Gonçalves dos Santos, batizado em 23-07-1758, casou com Maria Rosa Lucia do Nascimento, natural de Santo Antonio da Casa Branca-MG.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 23-07-1758 Passatempo, João, f.l. de Paschoal Gonçalves Beyrigo, já defunto e Joana Antonia, padr.: João da Silva de nação Francês e s/m Violante do Sacramento.

         Maria Rosa irmã de Manoel, batizado em Ouro Branco em 29-09-1759, eram filhos do Licenciado Simão Alvares Pereira e Josefa Teodora de Jesus, neto paterno de Domingos Martins e Ana Gonçalves naturais da vila de Lordelo Arc Braga, neto materno de Manoel da Silveira Goulart e Jeronima Maria da Luz naturais da ilha do Faial Bispado de Angra

Ouro Branco, MG Igreja de Santo Antonio aos 29-09-1759 bat a Manoel n. aos 14, f.l. do Lic. Simão Alvres e Josefa Teodora de Jesus, npaterno de Domingos Martins e Ana Gonçalves nts da vila de Lordelo Arc Braga, e pela materna de Manoel da Silveira Goulart e Jeronima Maria da Luz nts da ilha do Faial Bispado de Angra. Padr.: Manoel Ribeiro Guilarães, solteiro e ----- Maria mulher de Manoel Francisco.

         Maria Rosa testou na Fazenda o Morro do Ferro aplicação de N. Sra da Gloria do Passatempo freguesia da vila de S. Jose em 03-08-1815 e faleceu aos 12 de setembro seguinte. João faleceu em 25-11-1815, sem testamento. Tiveram inventario conjunto em 01-02-1816 (testamento e inventário neste site). Tiveram 13 filhos, sendo co-herdeiras da terça da avó paterna as filhas:” Ana - Maria - Teresa - Violante - Joaquina - Delfina - Rita - Felisbina”.

4-1-3-1 Manoel Gonçalves dos Santos, batizado em 20-04-1783. Estava casado em 1816.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 20-04-1783 Passatempo, Manoel, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa, padr.: Jose Martins Teixeira, casado e Joana Antonia.

          Comparar com:

Censo 1831 Passatempo-MG 1º quarteirão fogo 23º

MANOEL GONCALVES DOS SANTOS chefe do fogo masculino branca 46 casado agricultor

GRACIANNA cônjuge feminino branca 35 casado

LUCIO dependente masculino branca 18 solteiro

ANTONIO dependente masculino branca 15 solteiro

MANOEL dependente masculino branca 13

JOANNA dependente feminino branca 11

JOZE dependente masculino branca 8

SILVERIO dependente masculino branca 6

JOAO dependente masculino branca 2

13 escravos

 

4-1-3-2 Ana, batizada em 20-02-1785. Ana Rosa casou com José da Silva Gomes

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 20-02-1785 Passatempo, Ana, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa, padr.: Simão Alvares Pereira e s/m Josefa Teodora de Jesus.

4-1-3-3 João Gonçalves dos Santos, batizado em 1785. Casado em 1816.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - em o ano de 1785 Passatempo. João, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa de Jesus, padr.: Manoel Ferreira Pacheco, e Luiza da Silva mulher de João Pereira da Silva. Vila de S. José 10-02-1810

4-1-3-4 Maria Silveria de Jesus, batizada em 27-02-1788, casou com Francisco Ferreira da Trindade

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 27-02-1788 ermida S. João Batista, Maria, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa Lucia do Nascimento, padr.: Felisberto Virgolino Martins Pereira e Ana Maria de Jesus.

4-1-3-5 José, solteiro, com 27 anos em 1816.

4-1-3-6 Teresa, batizada em 08-09-1789, casou com José Luiz Gomes.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 08-09-1789 S. João Batista, Teresa, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa, padr.: Jose Antonio da Silva e Ana Maria do Sacramento.

4-1-3-7 Francisco, batizado em 19-07-1792. Solteiro em 1816.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 19-07-1792 Passatempo, Francisco n. aos 10, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa Lucia, npaterno de Pascoal Gonçalves Beirigo e Joana Antonia Pereira, nmaterno de Simião Alvares Pereira e Josefa Teodora de Jesus, padr.: Alf. Manoel Mendes, morador na aplicação da capela de S. João Batista, e Ana Joaquina, solteira filha de Sebastião Fernandes, esta e os ditos pais do batizado moradores na dita aplicação da capela do Passatempo.

4-1-3-8 Violante Maria de Jesus batizada em 14-01-1794. Em julho de 1816 casou com Joaquim Ferreira da Costa, batizado em S. João del Rei em 30-07-1792, filho de Vicente Coelho da Costa e Ana Luzia Ferreira, familia Domingos Ferreira Guimarães § 8.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 14-01-1794 Passatempo, Violante n. aos 25-12-1793, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa Lucia do Nascimento, padr.: Sebastião Fernandes Gandra e Maria Pereira do Nascimento, estes moradores na aplicação da Lagoa Dourada e os mais da dita caplea do Pasatempo.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, aos [danificado]te e tres de julho de 1816 Passatempo; Joaquim Ferreira da [danificado] Vicente Coelho da Costa e D. Ana [danificado], n/b na freg. de S. João; cc [danificado]lante Maria de Jesus, f.l. Joa[danificado]tos e Maria Rosa Lucia, ambos falecidos, n/b vila S. Jose; test.: Furriel João Francisco [danificado]el Fernandes dos Santos.

4-1-3-9 Joaquina Rosa de Jesus, batizada em 10-08-1795, casou com Manoel Antonio da Silva.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 10-08-1795 Passatempo, Joaquina n. 28-07, f.l. João Gonçalves dos Santos e Rosa Lucia do Nascimento, np Pascoal Gonçalves Beirigo e Joana Antonia Pereira, nm Simão Alvares Pereira e Josefa Teodora, padr.: Revdo João Bernardes da Silveira.

4-1-3-10 Sebastião, batizado em 20-01-1797. Solteiro em 1816.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 20-01-1797 Passatempo, Sebastião n. aos 07, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa, padr.: Manoel Fernandes dos Santos e s/m Ana Joaquina.

4-1-3-11 Delfina Maria de Jesus, batizada aos 25-04-1798. Casou aos 29-01-1817 com Joaquim Antonio da Silva, batizado em Prados aos 17-01-1791, filho do Alf. Antonio Joaquim da Silva e Gertrudes Desideria da Silva (termo no inv. dos pais).

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 25-04-1798 Passatempo, Delfina n. aos 01, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Rosa Lucia do Nascimento, padr.: Padre Capelão Francisco Pinto de Goes, e Manoel Antonio da Silva.

 

Prados, MG aos 17-01-1791 na capela da Lagoa Dourada filial desta matriz dos Prados bat a Joaquim, inocente, f.l. de Antonio Joaquim da Silva e de Gertrudes Desideria da Silva; foram padrinhos Jose Simões da Fonseca e Joaquina dos Santos Correa mulher de João da Silva de Andrade.

4-1-3-12 Rita Maria de Jesus, batizada em 21-12-1799. Aos 30-04-1818 casou com Floriano Jose Barreto, natural de Tamandua-MG, filho de Manoel Jose do Espirito Santo e Ana Joaquina de Castro (termo no inv. dos pais), familia Antonio José Barreto.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 21-12-1799 Passatempo, Rita, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Roza Lucia do Nascimento, padr.: Alf. Jose Gomes Pinheiro e s/m D. Maria Jacinta do Nascimento.

4-1-3-13 Luiza, batizada em 16-09-1801. Ja falecida em 1809, não comparece no rol das co-herdeiras da avó paterna.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 16-09-1801 S. João Batista, Luiza, br., f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Roza Lucia do Nascimento, padr.: Alf. Antonio Gonçalves de Araujo e Jose Alves Pereira este da dita aplicação de S. João Batista, e todos os mais do Passatempo.

4-1-3-14 Felisbina Maria de Jesus, batizada em junho de 1803. Casou aos 09-09-1819 com Constantino José da Silva, filho do Cap. Antonio Joaquim da Silva e Gertrudes Desideria da Silva (termo no inv. dos pais).

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro de suplementos, em o mes de 06-1803 Passatempo, Felisbina, f.l. João Gonçalves dos Santos e Maria Roza Lucia, padr.: Jose Gonçalves da Cunha e D. Bernarda da Silveira. Vila de São Jose 05-09-1819.

 

4-1-4 Maria Jacinta do Nascimento, batizada em 19-03-1765, filha de Joana e seu segundo marido Sebastião Fernandes Gandra. Casou com Cap. José Gomes Pinheiro, filho de Ana Rosa de Jesus e seu primeiro marido Manoel Gomes Pinheiro.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 19-03-1765 Passatempo, Maria, f.l. Sebastião Fernandes e Joana Antonia, padr.: Francisco Lourenço, solteiro e Maria Angelica mulher de Domingos Fernandes Barandas.

         Geração na família Gomes Pinheiro. Entre as filhas do casal, foram co-herdeiras da terça da avó materna em 1809: “Francisca e Jesuina”.

4-1-5 Manoel Fernandes dos Santos, batizado em 28-05-1767. Aos 15-10-1787 casou com Ana Joaquina do Nascimento, filha de Andre Martins Borges e Maria Josepha do Nascimento, familia “Martins Borges”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 28-05-1767 Passatempo, Manoel, f.l. Sebastião Fernandes e Joana Antonia, padr.: Gregorio Francisco Pereira e Maria Pereira.

         Manoel testou em Passatempo em 13-11-1824 e Ana Joaquina testou no Morro do Ferro em 20-04-1836, sem geração. Testamentos  inseridos na família supra citada.

4-1-6 Francisco Fernandes Gandra, batizado em 19-04-1769. Aos 07-07-1796 casou com Violante Francelina do Amaral, batizada em 08-02-1776, filha de Antonio Luiz Benfica e Helena Gurgel do Amaral.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 19-04-1769 Passatempo, Francisco, f.l. Sebastião Fernandes e Joana Antonia, padr.: Antonio Annes Lisboa, solteiro.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, 07-07-1796; Passatempo; Francisco Gonçalves Gandra; f. Sebastião Gonçalves Gandra e Joana Antonia Pereira; n. São José del Rei; cc. Violante Francelina do Amaral; f. Antonio Luiz Benfica e Helena Grogel do Amaral; n. São José del Rei;

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos  aos 08-02-1776 ermida Sra do Carmo da aplicação da capela do Passatempo, Violante, f.l. Antonio Luiz Bemfica e Helena Grugel do Amaral, madr.: Helena Leite de Figueiredo mulher de Manoel Lourenço Mancebo

         Viúvo, Alferes Francisco Fernandes Gandra comparece no censo de 1831 de Nossa Senhora da Oliveira do Termo de São Jose Del Rei no quarteirão 15, fogo 16: com 63 anos, viuvo, agricultor; 6 escravos.

         Foram co-herdeiras da terça da avó paterna em 1809 as filhas:”Do Alf. Francisco Frz Gandra e s/m D. Violante Francelina as seguintes: Joana - Maria - Violante - Francisca”.

4-1-6-1 Joana Francelina do Amaral, batizada em 1797. Aos 26-01-1816 casou com Narciso Ferreira de Oliveira, filho de Simão Ferreira de Oliveira e Ana Rosa.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro desuplementos, ano de 1797 Passatempo, Joana, f.l. Francisco Fernandes Gandra e Violante Francelina do Amaral, padr.: Sebastião Fernandes Gandra e Joana Antonia Pereira. Vila de S. José 21-01-1816

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, 26-01-1816; Japão; Narcizo Ferreira de Oliveira *; f. Simão Ferreira de Oliveira e Ana Rosa; = cc. Joana Francelina do Amaral; f. Alf. Francisco Fernandes Gandra e Violante Francelina do Amaral; n. São José

4-1-6-2 Maria Francelina batizada em 31-12-1798. Aos 25-10-1816 casou com Rogerio Ferreira de Oliveira, irmão inteiro do supra citado Narciso Ferreira de Oliveira.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 14-01-1799 Passatempo, Maria n. aos 31-12-1798, f.l. Francisco Fernandes Gandra e Violante Francelina do Amaral, moradores na dita aplicação; padr.: Serafim Jose Grogel e s/irmã Ana Luiza Inocencia do Amaral moradores na aplicação do Japão.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, 25-10-1816; Japão; Rogerio Ferreira de Oliveira; f. Simão Ferreira de Oliveira e Ana Rosa; = cc. Maria Francelina; f. Alf. Francisco Fernandes Gandra e Violante Francelina do Amaral; n.São José

4-1-6-3 Violante Francelina, batizada em 04-12-1800. Aos 24-10-1816 casou com Antonio Ferreira de Oliveira, irmão dos suspra citados Rogerio Ferreira de Oliveira e Narciso Ferreira de Oliveira.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 04-12-1800 Passatempo, Violante n. 20-9bro, f.l. Francisco Gonçalves(sic) Gandra e Violante Francelina do Amaral padr.: Manoel Fernandes dos Santos e D. Maria Jacinta mulher do Alf. Jose Gomes Pinheiro.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, 24-10-1816; Japão; Antonio Ferreira de Oliveira; f. Simão Ferreira de Oliveira e Ana Rosa; = cc. Violante Francelina; f. Alf. Francisco Fernandes Gandra e Violante Francelina do Amaral; n. São José

4-1-6-4 Francisca Francelina do Carmo, em Campo Belo-MG aos 29-07-1822 casou com Inocencio Rodrigues Maia, filho do Cap. José Pereira Maia e Antonia Ribeira.

Matriz da Nova Freguesia do Bom Jesus do Campo Belo-MG (e capelas filiadas), matriz aos 29-07-1822 Innocencio Roiz Maya, f.l. do Cap. Jose Per.ª Maya e D. Antonia Ribeira = Francisca Francelina do Carmo, f.l. do Alf. Francisco Fernandes Gandre e Violanta Francelina do Amaral.

4-1-7 Ana Joaquina Fernandes, batizada em 01-10-1775. Aos 28-05-1800 casou com João Francisco de Andrade, natural de Prados, filho de João Francisco de Andrade e Ana Maria de Jesus.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 01-10-1775 Passatempo, Ana, f.l. Sebastião Fernandes e Joana Antonia, padr.: Costodio Luiz da Costa, casado e Ana Antonia Pereira mulher de Jose Martins Teixeira.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, 28-05-1800; N.S.Gloria de Passatempo; João Francisco de Andrade; f. João Francisco de Andrade e Anna Maria de Jesus; n. Prados; cc. Anna Joaquina Fernandes; f. Sebastião Fernandes Gandra e Joanna Antonia Pereira; n. Passatempo;

         Foram co-herdeiras da terça da avó materna em 1809 as filhas: Joana - Ana - Florisbela - Esmeria.

4-1-7-1 Joana, batizada em S. Jose aos 16-05-1802.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 16-05-1802, Passatempo, Joana n. 01, f.l. João Francisco de Andrade e Ana Joaquina Fernandes desta aplicação, padr.: o Revdo Francisco de Paula Barreto desta freguesia e D. Ana Maria de Jesus da freguesia de Prados.

4-1-7-2 Ana Francisca de Andrade batizada aos 02-07-1804 em S. José onde aos 22-01-1823 casou com Manoel Ferreira Pacheco, aí batizado em 21-04-1799, filho de José Ferreira Pacheco e Teresa Angelica de Jesus.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 02-07-1804 Passatempo, Ana, f.l. João Francisco de Andrade e Ana Joaquina, padr.: Manoel Fernandes Gandra e D. Maria Jacinta, mulher do Alf. Jose Gomes.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, matr - aos 22-01-1823 na capela do Passatempo, filial da matriz de Santo Antonio da vila de S. Jose se receberam Manoel Ferreira Pacheco, f.l. de Jose Ferreira Pacheco e de Teresa Angelica de Jesus = e Ana Francisca de Andrade, f.l. de João Francisco de Andrade e D. Ana Joaquina Fernandes. Ambos os contraentes naturais e batizados nesta freguesia. Test.: Cap. Francisco das Chagas de Andrade e Manoel de Andrade Braga.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 21-04-1799 Oliveira, Manoel, f.l. Jose Ferreira Pacheco e Teresa Angelica de Jesus, padr.: Custodio Luiz da Costa e Ana Rosa Ferreira.

4-1-7-3 Florisbela em 08-06-1806.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 08-06-1806 Passatempo, Florisbela, f.l. João Francisco de Andrade e Ana Joaquina, padr.: Revdo. João Bernardes da Silveira e o Alf. Antonio Gonçalves de Araujo, este e os pais da inocente desta aplicação.

4-1-7-4 Esmeria em 14-12-1807.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 14-12-1807 S. João Batista, Esmeria, f.l. Furriel João Francisco de Andrade e Ana Joaquina, padr.: Revdo. Francisco Pinto de Gois e Lara e Bernarda Joaquina da Silvr.ª mulher de Matheus Glz, de S. João Batista, e o padrinho da Lage.

4-1-7-5 Maria no ano de 1814.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro de suplementos, no ano de 1814 Passatempo, Maria, f.l. João Francisco de Andrade e Ana Joaquina Fernandes, padr.: João Fernandes da Silveira e o Alf. Antonio Gonçalves de Araujo.

 

4-3 João Gonçalves Tristão batizado aos 03-06-1740 em Prados.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição [rasurado] JOÃO - aos tres dias do mes de junho de 1740 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada bat a João, f. de Manoel Gomes Tristão e de s/m Catarina Pereira. Foram padrinhos Jose Antonio da Silva e Francisca Jorge filha de Pedro Xavier, todos desta freguesia

 

duplicata:

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição na mesma folha(16) verso se acha um do teor seguinte: aos 3 de junho de 1740 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada bat a João, filho de Manoel Gonçalves Tristão e s/m Catarina Pereira; foram padrinhos Jose Antonio da Silva e Francisca Jorge filha de Pedro Xavier, todos desta freguesia, e para constar fiz este assento, mes e era ut supra. o Vig. Manoel da Encarnação Justiniano. = Eu o transladei fielmente do livro a que me reporto. O Coadj.or João Glz de Moira.

          Casou em Jacarei-SP aos 01-07-1757 com Rosa Nunes de Siqueira, dai natural, filha de José Nunes Felix e Mecia da Cunha naturais de Jacarei, neta paterna de Francisco Felix natural de Jacarei e Angela Nunes de Siqueira natural de Taubaté, e neta materna de Antonio da Cunha de Abreu e Anna Bicuda naturais de Jacarei.

A primeiro de Julho de setecentos e cincoenta sete anos na Matriz de N.S. da Conceição de Jacarey, pelas quatro horas da tarde procedendo as diligencias do estilo não sendo encontrado impedimento algum em cumprimento de hua provizão do R.do Dr. Visitador ..........de Medeiros Pereira em minha presença e de João Cardoso de Menezes, e de Diogo de Araujo Ferraz, moradores desta freguezia, casados, pessoas de mim conhecidas se receberão por palavras de prezente ...............João Gonçalves Tristão e Rosa Nunes de Siqueira, João Gonçalves natural da freguezia da Conceição dos Prados, e Rosa Nunes de Siqueira natural desta freguezia, elle filho legitimo de Manoel Gonçalves Tristão natural da Ilha Terceira, e de  Catherina Pereira de Alvarenga, natural da Vila de Guaratinguetá, neto paterno não sabe de quem, e materno de Pedro Xavier Frances, digo, natural de França, e Luzia Bicuda natural da cidade de Taubaté, ela filha legitima de José(?) Nunes Feliz natural desta freguezia, e Mecia da Cunha natural também da mesma freguezia, neta paterna de Francisco Feliz natural desta freguezia e Angela Nunes de Siqueira natural da vila de Taubaté, e neta materna de Antonio da Cunha de Abreu e Anna Bicuda ambos naturais desta vila, e logo lhe dei as bençois no mesmo dia em que fiz este que me assinei com as testemunhas nomeadas. O Vig.ro Joaquim da Cunha (pesq. William Horst Richter - transcrição de Silvia Buttros)

4-4 Violanta do Sacramento, batizada aos 11-11-1742 em Prados. Aos 10-07-1758 casou com João da Silva, natural da freguesia de S. Saturnino termo e bispado de Santa Maria reino de França, filho do falecido Simão de Layz e Maria da Silva.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição =Violante - aos 11-11-1742 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada bat a Violante, f. de Manoel Gomes Tristão e de s/m Catarina Pereira. Foram padrinhos Amaro de Freitas e Maria Pereira, mulher de Manoel Pacheco, todos desta freguesia

 

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 10-07-1758 cap. Sto Antonio da Lagoa Dourada, João da Silva n/b na freg. S. Saturnino termo e bispado da vila de Santa Maria Reino de França, f.l. Simão de Lays, ja defunto e Maria da Silva = cc Violanta do Sacramento n/b nesta freguesia, f.l. Manoel Gonçalves Tristão, ja defunto e Catarina Pereira assistentes nesta freguesia.

          João testou no Sitio da Samambaia aos 09-03-1802. Sem geração, instituiu Violante sua universal herdeira. Faleceu em 01-08-1804:

Prados, MG obitos - aos 01-08-1804 na capela da Lagoa Dourada filial desta matriz faleceu João da Silva, casado com Violante do Sacramento. Foi sepultado na capela da Lage, freguesia de S. Jose. Fez seu testamento cujo teor é o seguinte: (...) eu João da Silva, nat/bat na freguesia de Santa Maria,. comarca e Bispado da mesma Santa Maria no reino de França, f.l. de Simão da Silva e Maria da Silva, ja defuntos, e de presente morador neste sitio chamado Samambaia, na Aplicação da Lage, freguesia de Santo Antonio da vila de S. Jose do Rio das Mortes Bispado de Mariana.

Sou casado com Violante do Sacramento e ate o presente não temos filhos, nem os tive em tempo de solteiro.

Testamenteiros em 1º lugar a minha mulher Violante do Sacramento e a Jose Lopes Picado, queiram ambos juntos serem meus testamenteiros, e por falecimento de ambos rogo em 2º lugar a Jose Glz., do Morro do Ferro.

Dos meus bens, que foram adquiridos por minha industria e trabalho disponho na forma seguinte = se pague tudo qto na verdade eu dever = encomenda missas =

Legados: dois crioulos, eu e minha mulher deixamos por esmola a Maria, filha de Jose Lopes Picado e de Joaquina Ribeira do Sacramento, por morte de nós ambos, e no caso de ser falecida a dita legataria, ficarão pertencendo a Violante, filha dos mesmos, mais moça.

Porque não tenho herdeiros ascendentes nem descendentes, instituo por meus herdeiros em todo o restante de meus bens a minha mulher Violante do Sacramento e a Jose Lopes Picado. Sitio da Samambaia aos 09-03-1802 João da Silva. Testemunha o Padre João Jose de Carvalho.

E não continha mais o dito testamento que aqui fielmente copiei do proprio original a que me reporto.

4-5 Pedro Gonçalves Tristão, batizado em 25-04-1745, último filho de Manoel Gonçalves Tristão e Catarina Pereira.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 25-04-1745 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada bat a Pedro, f.l. de Manoel Gonçalves Tristão e de s/m Catarina Pereira; foram padrinhos João de Miranda Ramalho e Antonia de Castilho mulher de João d- -------, todos desta freguesia.

          Segundo a Genealogia Paulistana, Pedro casou em 1767 em Jacarei com Gertrudes de Moraes, filha de Jose Moreira de Moraes e Maria Rodrigues (SL. 7, 271, 4-3).

 

4-6 Antonia Maria Pereira, batizada em 30-10-1752. Casou com Francisco José Ribeiro de Moura, natural da freguesia de S. Miguel termo de Guimarães, filho de Bernardo de Moura e Angela Ribeira.

Prados, MG aos 30-10-1752 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial desta matriz, bat a Antonia, f.l. de Jose Rodrigues Coelho e Catarina Pereira de Alvarenga, foram padrinhos o Revdo Manoel de Souza Ribeiro e Antonia Pereira de Alvarenga mulher de João da Costa, do Curralinho e os mais todos desta freguesia.

          Antonia Maria faleceu em Prados e foi sepultada na capela da Lagoa Dourada em 16-11-1807.

Prados, MG obitos aos 16-11-1807 na capela da Lagoa Dourada filial desta matriz faleceu Antonia Maria Pereira, mulher de Francisco Jose Ribeiro, sepultada dentro da dita capela.

          Francisco Jose testou em 14-12-1812 e faleceu em 03-01-1813. Declarou sete filhos de seu casal:

Prados, MG obitos - aos 03-01-1813 faleceu Francisco Jose Ribeiro de Moura, homem branco, viuvo de Antonia Maria Pereira. Sepultado dentro da Capela da Lagoa Dourada. Tinha seu testamento (...) aos 14-12-1812 eu Francisco Jose Ribeiro de Moura (...) natural do Arc. Braga freguesia de S. Miguel termo de Guimarães, f. de Bernardo de Moura e Angela Ribeira, e morador neste bispado de Mariana em a Ressaca da Lagoa Dourada termo da vila de S. Jose Comarca do Rio das Mortes. Fui casado com Antonia Maria Pereira, ja falecida, de cujo matrimonio tenho sete filhos que são os herdeiros legitimos, fora dos quais não ha outros.

Testamenteiros: 1º 1º meu compadre Manoel Jose de Andrade. em 2º a Jose Lopes Picado e em 3º Antonio Jose de Andrade.

Legados: a meu afilhado Manoel Gonçalves, filho de Pedro Francisco Gonçalves= a m/afilhada Ana, filha de Antonio Jose de Andrade = a m/afilhada Emerenciana, filha de Severino Jose Martins ja falecido = a Antonia minha afilhada, filha de Jose Ribeiro meu filho se dê 8$000rs = a minha Francisca Josefa, solteira, que se acha em minha companhia 50$000 = e a minha filha Maria Helena cc Antonio Jose 20$000rs = e a Ana Ribeira, minha filha, mulher de Severino Jose Martins falecido, 20$000rs = se houver mais algum restante se repartira pelos outros meus filhos assim varões como mulheres.

Francisco Jose Ribeiro de Moura

Entre os sete filhos declarados, mas não nomeados no testamento paterno:

4-6-1 José Ribeiro pai de:

4-6-1-1 Antonia, legatária do avô paterno.

4-6-2 Ana Ribeira de Jesus, natural de S. João del Rei. Em Prados aos 04-11-1799 casou com Severino José Martins Ramos, daí natural, filho de José Martis Ramos e Ana Maria da Conceição.

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos Lagoa aos 04-11-1799 Severino Joze Martins Ramos, f.l. de Joze Martins Ramos e Ana Maria da Conceição, n/b nesta = Anna Ribeira de Jesus, f.l. de Francisco Jose Ribeiro de Moura e de Antonia Maria Pereira, n/b freguesia de S. João del Rei.

         Severino já era falecido em 14-12-1812 (testamento do sogro). Pais de, pelo menos:

4-6-2-1 Emerencina, afilhada e legatária do avô materno.

4-6-3 Violante Ribeiro de Moura natural de Prados, onde aos 28-09-1801, casou com Domingos da Costa e Carvalho, natural da freguesia de Santa Eufemia Arc. Braga, filho de Antonio Carvalho e Teresa Gonçalves.

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos -. Capela da Lage da freguesia de S. Jose aos 28-09-1801 Domingos Gonsalves de Carvalho, digo da Costa e Carvalho, f.l. de Antonio Carvalho e Thereza Gonsalves, n/b freguesia de Santa Eufemia de Agilde Arcebispado de Braga = Violante Ribeiro de Moura, f.l. de Francisco Jose Ribeiro de Moura e Antonia Maria Pereira, n/b nesta.

4-6-4 Maria Helena de Jesus, natural de Prados. Aos 25-09-1809 casou com Antonio José de Andrade, filho de Manoel José de Andrade e Francisca Josefa, 4-7-2 nesta família.

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Lagoa Dourada aos 25-09-1809 Antonio Jose de Andrade, f.l. de Manoel Jose de Andrade e Francisca Josefa = Maria Illena de Jesus, f.l. de Francisco Jose de Moura e Antonia Maria Pereira. Nts/bts nesta freguesia de Prados.

4-6-5 Francisca Josefa, solteira em 1812.

4-6-6 Joaquina Ribeiro do Sacramento, natural de Prados. Na capela de N. Sra da Penha de França da Lage aos 15-04-1799 casou com José Lopes Picado, natural da fregresia de Santa Maria de Moure Arc. Braga, exposto em casa de José Teixeira.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas. Aos 15-04-1799 na capela de N. Sra da Penha de França da Lage, filial desta matriz de Santo Antonio da Vila de São José e testemunhas o Revdo. Jose da Silva Mattos e Domingos Rodrigues da Costa se casaram Jose Lopes Picado, exposto em casa do Jose Teixeira, natural e batizado na freguesia de Santa Maria de Moure Arc. Braga = com Joaquina Ribeira do Sacramento, f.l. de Francisco Jose Ribeiro de Moura e Maria Antonia Pereira, natural e batizada na freguesia dos Prados.

         Comparecem no censo de 1831, José com 50 anos, Joaquina com 47 e vários filhos:

Censo 1831 Nossa Senhora da Penha de França da Laje, fogo 84

JOZE LOPES PICADO, 50, casado, chefe, masc.

JOAQUINA RIBEIRA, 47, casado, cônjuge, fem.

VIOLANTA, 25, solteiro, dependente, fem.

ANNA, 23, solteiro, dependente, fem.

ANTONIA, 20, solteiro, dependente, fem.

FRANCISCA, 15, solteiro, dependente, fem.

FELISBINA, 13, solteiro, dependente, fem.

JOAQUIM, 17, solteiro, dependente, masc.

23 escravos.

         Capitão José Lopes Picado faleceu com 70 anos declarados e foi sepultado aos 19-05-1847 na matriz de Resende Costa.

Resende Costa, MG Igreja N. Sra da Penha aos 19-05-1847 foi sepultado debaixo do arco desta matriz o Cap. J.e Lopes Picado, casado com D. Joaquina Ribeira do Sacramento. Era irmão do Santissimo Sacramento desta matriz. Teria setenta anos (indicação de William Horst Richter)

 

4-7 Teresa Maria do Sacramento batizada em 02-11-1755. Casou com Custódio José Ribeiro, natural da freguesia de S. Salvador do Passo de Souza, filho de João Brás e Rosa Maria.

Prados, MG bat aos 02-11-1755 na capela da Lage filial da matriz de S. Jose a Theresa, f.l. de Joseph Rodrigues Coelho e Catarina Pereira, npaterna de Manoel Rodrigues e Catarina Coelho sua mulher, naturais da freguesia de S. Salvador do Passo do Souto Bispado do Porto; pela materna neta de Pedro Xavier, natural do reino de França e de s/m Luzia Bicuda de Alvarenga, natural do Bispado de S. Paulo. Foram padrinhos Domingos Machado e Violante Pereira do Sacramento, todos moradores desta freguesia dos Prados.

 

Prados, MG matr - aos 18-02-1775 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada filial desta matriz dos Prados em cuja freguesia os contraentes são moradores, se receberam Custódio Jose Ribeiro, f.l. de João Bras e Rosa Maria, natural e batizado na freguesia de S. Salvador de Passo de Souza, em outro tempo Bispado do Porto e hoje de Penafiel = com Teresa Maria do Sacramento, natural desta freguesia dos Prados, f.l. de Joseph Rodrigues Coelho e de Catarina Pereira de Alvarenga. Testemunhas Joseph Gomes de Oliveira e Andre Rodrigues Chaves.

          Custódio José faleceu com testamento feito no sitio Samambaia da Lagoa Dourada em 14 de Agosto de 1819 e aberto em 31-08-1822. Foi inventariado por Teresa Maria em 1823. Deixou legado ao sobrinho e afilhado João Gonçalves Rodrigues, filho de Pedro Francisco. Sem geração, instituiu universal herdeiro ao sobrinho Antonio Soares Rodrigues (inventário neste site).

4-8 Francisca Josefa batizada em 16-05-1758. Aos 02-08-1782 casou com Manoel José de Andrade batizado em Prados aos 27-07-1755,, filho de Gaspar de Andrade Braga e Vitoria da Conceição de Rezende, naturais da freguesia de N. Sra da Assunção da vila do Porto Bispado de Angra casados em Prados aos 04-05-1753, neto paterno de Miguel de Andrade Braga e Angela de Magalhães, neto materno de Antonio Cabral de Rezende e Ignez de S. Pedro, todos naturais da Ilha de Santa Maria, freguesia de N. Sra da Assunção Bispado de Angra.

Prados, MG aos 16-05-1758 na capela de N Sra da Penha de França da Lage filial da matriz da vila de São Jose bat a Francisca, f.l. de Jose Rodrigues Coelho e Catarina Pereira, foram padrinhos João da Silva e Bernardo Pinheiro de Carvalho moradores na dita freguesia de S. Jose e os pais desta dos Prados.

 

Prados, MG aos 02-08-1782  na capela de N. Sra da Penha de França da Lage filial da matriz de S. Jose e testemunhas o Revdo Antonio Manoel de Alvarenga, o Cel. Severino Ribeiro e outras, se receberam Manoel Jose de Andrade, f.l. de Gaspar de Andrade = com Francisca Josefa, f.l. de Jose Rodrigues Coelho e Catarina Pereira de Alvarenga. Ambos os contraentes naturais, batizados e moradores nesta freguesia dos Prados.

 

Prados, MG aos 27-07-1755 na capela de Santo Antonio da Lagoa Dourada, filial da matriz dos Prados, bat a Manoel. f.l. de Gaspar de Andrade Braga e de s/m Vitoria da Conceição, neto paterno de Miguel de Andrade Braga e Angela de Magalhães da vila do Porto Ilha de Santa Maria Bispado de Angra, e pela materna de Antonio Cabral de Rezende e de Ignez de São Pedro, da dita vila ilha e bispado, freguesia de N. Sra da Assunção; foram padrinhos Jose da Cunha Pacheco e s/m Rosa de Rezende, todos moradores nesta freguesia dos Prados.

 

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 04-05-1753 nesta matriz e testemunhas Antonio dos Santos, solteiro filho de Joana Batista, e Fructoso Gonçalves. Gaspar de Andrade Braga, n. da freg. de N. Sra da Assunção da vila do Porto Bispado de Angra. f.l. Miguel de Andrade Braga e Angela de Magalhães = cc Vitoria da Conceição de Rezende, n. da mesma freguesia, f.l. Antonio Cabral de Rezende e Ignez de S. Pedro.

          Gaspar de Andrade Braga faleceu em 25-09-1757.

Prados, MG aos 25-09-1757 apareceu defunto, no campo ou no rio, Gaspar de Andrade, casado que foi com Vitoria da Conceição, moradores nesta freguesia, o qual tinha sido, pouco antes, confessado e ungido, e não tinha recebido o sagrado viatico por estar ---- de juizo. Foi encomendado e sepultado nesta matriz dos Prados e não fez testamento.

Manoel e Francisca Josefa tiveram, pelo menos, os filhos:

4-8-1 Ana Josefa de Andrade, natural de Prados. Aos 05-10-1807 casou com José Fernandes de Miranda, filho de Antonio Machado de Miranda e Anna Joaquina de Rezende.

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Cap. Lagoa aos 05-10-1807 Joze Fernandes de Miranda, f.l. de Antonio Machado de Miranda e Anna Joaquina de Rezende = Anna Josepha de Andrade, f.l. de Manoel Jose de Andrade e Francisca Josepha. Nts/bts freguesia Prados.

         Ana Josefa faleceu aos 28-02-1810. Geração na família João de Rezende Costa.

Prados, MG obitos - aos 28-02-1810 na capela da Lagoa Dourada filial desta matriz faleceu Ana Josefa mulher de Jose Fernandes de Miranda. Foi sepultada dentro da dita capela.

4-8-2 Antonio José de Andrade aos 25-09-1809 com Maria Helena de Jesus, filha de Francisco José de Moura e Antonia Maria Pereira, 4-6-4 supra

Prados, Minas Gerais (e capelas filiadas) - casamentos - Lagoa Dourada aos 25-09-1809 Antonio Jose de Andrade, f.l. de Manoel Jose de Andrade e Francisca Josefa = Maria Illena de Jesus, f.l. de Francisco Jose de Moura e Antonia Maria Pereira. Nts/bts nesta freguesia de Prados.

4-9 Maria Joaquina Rodrigues batizada em 04-09-1763.

Prados, MG aos 04-09-1763 na capela da Lage filial de S. Jose bat a Maria, f.l. de Jose Rodrigues e Catarina Pereira; foram padrinhos Jose da Costa Pereira e Maria Joaquina.

          Aos 14-10-1783 casou com Pedro Francisco Gonçalves, filho de Pedro Francisco Gonçalves e Rita Quiteria de Azevedo. Geração na família Pedro Francisco Gonçalves e Rita Quiteria de Azevedo, neste site.

Prados-MG - Aos quatorze de outubro de 1783. Na matriz de Prados. Casaram Pedro Francisco Gonçalves natural de Prados filho de Pedro Francisco e Rita Quitéria de Azevedo com Maria Joaquina Rodrigues natural de Prados filha de Jose Rodrigues Coelho e Catarina Pereira de Alvarenga.