PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

PEDRO MARTINS

(atualizado em 04-maio-2016)

 

Bartyra Sette

Fabricio Gerin

 

 

Pedro Martins, alfaiate, casou com Izabel Nunes. Viúvo, Pedro testou em 28-05-1638 e foi inventariado em 04-11-1638 por sua única flha viva, Maria Leoa.

 

Foram quatro as filhas do casal:

 

1- Isabel Martins, já falecida em 1638. Foi a segunda mulher de Cristóvão Pereira viúvo de Mecia Rodrigues falecida com testamento de 13-07-1605 e inventariada no mesmo ano. Sem geração, herdou seu pai Antonio Barcellos (SAESP vol. 30º, neste site).

          Cristovão foi inventariado por Isabel em 18-02-1622 (SAESP vol.5º, neste site). Deixou quatro filhos de seu casal, tutelados pelo avô materno:

1-1 Pedro, 13 anos em 1622.

1-2 Luiza, 11 anos

1-3 Cristóvão, 5 anos. Segundo SL 1º, 12, 3-2, Cristováo Pereira casou com Madalena Vidal, filha de João Peres Calhamares e Margarida Fernandes (ou Madalena Afonso), filha de João Dias Arenço e de Izabel Botelho, com geraçãode cinco filhos, entre eles:

1-3-1 Maria batizada na Sé de S. Paulo em 03-10-1643.

SP, SP Igreja N Sra da Assunção aos 03 de Outubro(?) 1643 bat a Maria, f.l. Cristovão Pereira e Madanela Vidal, padr.: Antonio ---qr.ª e Madanela Vi--l.

1-4 Francisco, 2 meses em 1622.

 

2- Ana Ribeiro, já falecida em 1638, deixou filhos havidos de seu marido Gaspar Manoel Salvago.

          Ana foi primeira vez casada com Manoel Requeixo, falecido no sertão e inventariado em 22-09-1615 (SAESP vol. 31º neste site). Sem filhos legítimos, teve Manoel Requeixo, de uma india teminimó de nome Brizida, os filhos naturais: Domingos, Gaspar, e Branca.

Foram filhos de Ana e Gaspar, q.d.:

2-1 Ines Ribeiro, viúva, aos 28-11-1642 na Sé de S. Paulo, casou com Manoel Preto de Moraes, natural da cidade de Beja, filho de Manoel Dias e Isabel Ramos

Aos 28/11/1642 na Sé de São Paulo (Livro 1, fls. 32v) Manoel Preto de Moraes, natural da cidade de Beja, filho de Manoel Dias e Isabel Ramos, com Inês Ribeiro, viúva, filha do Capitão Gaspar Manoel Salvago e Ana Ribeiro (pesq. Fabricio Gerin).

Pais de, pelo menos (pesq. Fabricio Gerin):

2-1-1 Gaspar, batizado na Sé de S. Paulo aos 02-09-1648.

Sé de São Paulo batizado aos 02/09/1648 na Sé de São Paulo - Gaspar, f. de Manoel Preto e Inês Ribeiro – padrinhos: João Nogueira de Pazes e Mécia Rodrigues (pesq. Fabricio Gerin).

         Muito provavelmente o Gaspar Ribeiro casado com Catarina Leme do Prado, batizada em 02-11-1647, filha de Pedro do Prado e Antonia Leme, esta inventariada com testamento em 28-2-1684 (SAESP vol.21º neste site) e (SL. 3, 367, 1-6).

Sé de São Paulo batizada aos 02/11/1647 -Catarina, f. de Pedro do Prado e Antonia Leme - padrinhos: Pedro Fernandes Aragonês e Antonia Furtado (pesq. Fabricio Gerin).

2-1-1-1 Gaspar Ribeiro Salvago casou três vezes, tronco da familia do mesmo nome.

2-1-1-2 Salvador Ribeiro Salvago faleceu aos 21-01-1757 casado com Maria de Siqueira.

Sé de São Paulo aos 21/01/1757 faleceu Salvador Ribeiro Salvago, natural desta cidade, filho de Gaspar Ribeiro Salvago e Catarina Leme, casado com Maria de Siqueira – sepultado na capela de Nossa Senhora da Penha – não se lhe achou testamento (pesq. Fabricio Gerin).

2-1-1-3 Antonia Leme do Prado faleceu em 08-01-1751 casada com Pedro Mestre Machado. Pais de, pelo menos:

Sé de São Paulo aos 08/01/1751 faleceu Antonia Leme do Prado, f.l. de Gaspar Ribeiro Salvago e Catarina Leme do Prado, já defuntos, casada com Pedro Me...e Machado, moradora no bairro da Penha, e natural desta freguesia – sepultada na capela da Senhora da Penha – fez seu testamento – testamenteiro: seu filho, Francisco Leme Machad (pesq. Fabricio Gerin).

2-1-1-3-1 Francisco Leme Machado testamenteiro materno. Faleceu aos 1502-1753, casado com Ana Maria de Oliveira,

Igreja N. Sra da Assunção Sé de São Paulo aos 15-02-1753 faleceu Francisco Leme Machado, casado que foi com Ana Maria de Oliveira e filho de Pedro Mestr- Machado e Antonia Leme, natural e morador nesta freguesia. Sepultado na capela de N. Sra da Penha.

2-1-1-4 Catarina do Prado faleceu em 28-01-1754.

Sé de São Paulo aos 28/01/1754 faleceu Catarina Leme do Prado, natural e moradora nesta freguesia, filha de Gaspar Ribeiro Salvago e Catarina Leme do Prado – sepultada na capela de Nossa Senhora da Penha – fez testamento – sua sobrinha, Rosa Leme do Prado – testamenteiros: Bernardo Machado, Francisco Bueno, Antonio Ferreira e Antonio Leme (pesq. Fabricio Gerin).

2-1-1-5 José Ribeiro do Prado faleceu em Prados-MG aem 19-07-1748. Foi casado em S. Paulo com Catarina Pinheiro.

Prados, MG - Nossa Senhora da Conceição dos Prados aos 19/07/1748 faleceu José Ribeiro do Prado, casado com Catarina Pinheiro na cidade de São Paulo, natural da freguesia da Conceição da cidade de São Paulo, f.l. de Gaspar Ribeiro Salvado e Catarina Leme do Prado, ambos já defuntos, e de presente morador nesta freguesia dos Prados – não fez testamento, e nem tinha de que – está sepultado dentro da Matriz desta freguesia (pesq. Fabricio Gerin).

2-1-1-6 Ana Rodrigues de Siqueira casou com três vezes. Primeira vez com Manoel Colaço, segunda vez com Domingos Ribeiro do Prado falecido em 1704, e terceira vez com Manoel da Cunha, sem geração deste.

          Ana faleceu com apontamento feito em 17-12-1711 e teve inventário conjunto com Domingos em 17-01-1712.

Foram filhos de Ana Rodrigues (situação em 17-12-1711):

Com Manoel Colaço:

1- Antonio Colaço, 25 anos.

2- Luís Colaço, 16 anos.

3- Paulo Colaço, 15 anos

 

Com Domingos Ribeiro do Prado:

4- Isabel, 11 anos.

5- Domingos, 9 anos.

6- Rosa, 9 anos.

7- Inocencio, 6 anos.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin

Inventário de Domingos Ribeiro do Prado e Ana Rodrigues de Siqueira, 1712

Autos: 17-01-1712, vila de São Paulo

Domingos faleceu em 1704

Ana Rodrigues tinha sido casada com Manoel Colaço (filhos: Antonio Colaço, de 25 anos; Luís Colaço, de 16 anos; Paulo Colaço, de 15 anos)

De Domingos 4 filhos: Isabel, de 11 anos; Domingos, de 9 anos; Rosa, de 9 anos; Inocêncio, de 6 anos.

Isabel Ribeiro do Prado, casada com Antonio Ferreira.

Apontamento de Ana Rodrigues de Siqueira – natural da vila de São Paulo, moradora no bairro de Caguaçu – fui casada 3 vezes: 1ª com Manoel Colaço (3 filhos: Antonio Colaço, Luís Colaço, Paulo Colaço); 2ª com Domingos Ribeiro do Prado (4 filhos: Isabel Ribeiro, Rosa Ribeiro, Domingos Ribeiro e Inácio Ribeiro); 3ª com Manoel da Cunha, não tive filhos – 17-12-1711, bairro de Nossa Senhora da Penha.

Diz Gaspar Ribeiro Salvago, morador desta, que falecendo seu neto Inocêncio Rodrigues do Prado, com testamento, nele instituiu por seu legítimo, único e universal herdeiro ao suplicante seu avô; seu neto foi herdeiro de seu pai Domingos Ribeiro do Prado e Ana Rodrigues, genro e filha do suplicante.

Testamento de Inocêncio Rodrigues do Prado, 22-07-1729, bairro da Penha: sou natural desta cidade, f.l. de Domingos Ribeiro do Prado e Ana Rodrigues, todos defuntos, e só tenho vivos meu avô Gaspar Ribeiro Salvago e sua mulher Catarina Leme do Prado.

15-06-1719, na capela de Nossa Senhora da Penha de França, Antonio Ferreira, f. de André Coelho e Mariana Ferreira, naturais da cidade de Lisboa, com Isabel Ribeiro do Prado, f. de Domingos Ribeiro do Prado e Ana Rodrigues.

2-1-1-6-4 Isabel Ribeiro do Prado (Isabel Leme do Prado), com 11 anos em 1711, filha de Ana e Domingos Ribeiro do Prado. Em 15-06-1719 casou com Antonio Ferreira, natural de Lisboa, filho de André Coelho e Mariana Ferreira.

          Entre os filhos de Antonio e Isabel, falecida com testamento em 31-08-1753:

São Paulo, SP Igreja N. Sra da Assunção aos 31-08-1753 faleceu Izabel Leme do Prado, filha de Domingos Ribeiro do Prado e de s/m Ana Rodrigues. Casada com Antonio Ribeiro, alias Antonio Ferreira, foi sepultada na capela de N.Sra da Penha. Fez seu testamento. Deixou a sua irmã Rosa (...) deixou a sua filha Mariana (...). Testamenteiros a Luiz Pedroso, a Antonio Leite de ----- , a Manoel Franco e a Bernardo Machado.

2-1-1-6-4-1 Aleixo Ferreira casou com Catarina Maria, filha de Pascoal Leite da Cunha e Teresa Machado pais tambem de Inacio Leite da Cunha casado em Mogi das Cruzes aos 23-08-1746 com Ursula de Godoy citados na família “Lazaro de Torres”.

Aleixo e Catarina tiveram, pelo menos:

2-1-1-6-4-1-1 Inacio Francisco Xavier em Mogi das Cruzes aos 11-11-1782 casou com Maria Clara de Santa Ana, filha de Diogo Pinto do Rego e Quiteria Pinta de Moraes, neta paterna de Felix da Cunha Nogueira e Izabel Pinta do Rego, neta materna de João Fragoso Correa de Moraes e Joana da Cunha - familia Domingos de Goes 2-1-3-2 arrumar p/ Joana Simoa Rodrigues

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 11-11-1782 Inacio Francisco Xavier, f.l. Aleixo Ferreira e Catarina Maria ambos nts e fregueses da cidade de S. Paulo, np Antonio Ferreira e Izabel Leme do Prado tambem bts de S. Paulo, nm Pascoal Leite da Cunha e Teresa Machada tambem nts de S. Paulo = cc Maria Clara de Santa Ana, f.l. Diogo Pinto do Rego e Quiteria Pinta de Moraes, np Felis da Cunha Nogueira e Izabel Pinta do Rego, nm João Fragoso Correa de Moraes e Joana da Cunha, todos nts e fregueses desta vila.

2-1-1-6-4-2 Francisca Rodrigues, casada.

2-1-1-6-4-3 Ana Rodrigues, casada

2-1-1-6-4-4 Mariana Rodrigues, solteira em 1774.

2-1-1-6-4-5 João Ferreira, faleceu aos 50 anos em 16-02-1774. Era viúvo de Antonia Leme.

Guarulhos, SP aos 16-02-1774 fal. no bairro da Ponte Grande distrito desta freguesia, João Ferreira de idade teria 50 anos natural da cidade de S. Paulo e fregues desta, viuvo de Antonia Leme filho de Antonio Ferreira e s/m Izabel Rodrigues, falecidos. Não fez testamento. Bens que tinha segundo me consta é um sitio em que morava junto a Ponte Grande deste com seu embaraço, por terem parte nele Aleixo Ferreira e Francisca Rodrigues irmãos do sobredito falecido João Ferreira. O dito falecido tem irmãos vivos que são Aleixo Ferreira, casado = Francisca Rodrigues, casada = Ana Rodrigues, casada = Mariana Rodrigues, solteira.

 

2-1-1-6-5 Domingos, com 9 anos em 1711. Domingos Leme do Prado, em Conselheiro Lafaiete aos 17-09-1733 casou com Rosa Maria, batizada em Mogi das Cruzes-SP em 05-11-1721, filha de Manoel Veloso de Chaves (ou Manoel Jorge Veloso) e de Ana Maria Antunes de Siqueira, Outras informações sobre a família de Rosa Maria in aportes à GP “Ignacio de Sousa do Prado (ou Ignacio de Oliveira d'Horta) - SL. IV, 324, 4-1”

Conselheiro Lafaiete, MG aos 17 de setembro de 1733 nesta matriz feitas as denunciações nesta dita igreja e na de S. Paulo onde o contraente é natural e na de Mogi onde a contraente é natural, e ambos moradores nesta de N. Sra da Conceição dos Carijos se receberam Domingos Leme do Prado, natural da Cidade de São Paulo, filho de Domingos Ribeiro do Prado e de Ana Rodrigues, já defuntos, com Rosa Maria, natural da vila de Mogi, filha de Manoel Veloso de Chaves e de s/m Ana Maria Antunes de Siqueira. Testemunhas que assinam: Manoel Fernandes Dias e Domingos da Silva Cabral

 

Paroquia de Sant’Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 05-11-1721 bat. Rosa, f.l. Manoel Jorge e s/m An[--] Maria de Siqr.ª,  foram padr.: Thome Pimenta de A[----] e Maria do Prado

Entre os filhos de Domingos e Rosa:

2-1-1-6-5-1 Domingas batizada aos 14-11-1740.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 14-11-1740 na Capela de Santo Amaro, filial desta matriz, bat a Domingas, f.l. de Domingos Leme do Prado e Rosa Maria, foram padrinhos Manoel Coelho e Vitoria Coelha mulher de Manoel Francisco, todos meus fregueses.

2-1-1-6-5-2 Domingas, aos 25-02-1742.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 25-02-1742 na Capela de Santo Amaro, filial desta matriz, bat a Domingas, f.l. de Domingos Leme do Prado e Rosa Maria, meus fregueses; foram padrinhos Manoel Coelho Rodrigues, solteiro e Vitoria Coelho mulher de Francisco Leme, tambem meus fregueses

2-1-1-6-5-3 Antonia, batizada em 16-10-1746.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 16-10-1746 na capela de Santo Amaro filial desta matriz bat a Antonia, f. de Domingos Lemes do Prado e de s/m Rosa Maria meus fregueses, npaterna de Domingos Ribeiro do Prado e de s/m Ana Rodrigues nts da freguesia da ciade de S. Paulo, e pela materna de Manoel Jorge Vellozo e de s/m Ana Maria da freguesia de Mogi das Cruzes do mesmo bispado. Nasceu aos cinco do mesmo mes e ano, foram padrinhos: Josae da Costa Ribeiro e s/m Maria do Pinho, meus fregueses

2-1-1-6-5-4 Isabel Maria do Prado casou com Guarda Mor Domingos de Goes Maciel, filho de Antonio de Góes Maciel e Maria Pinheiro. Geração em SL. 5, 356, 6-9.

2-1-1-6-5-5 Maria Francisca do Prado em Mogi das Cruzes aos 14-02-1775 casou com Francisco Martins de Macedo, filho de Pedro Martins de Macedo e Joana de Jesus.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 14-02-1775 Francisco Martins de Macedo, n. de S. Paulo e morador nesta, f.l. Pedro Martins de Macedo e Joana de Jesus = cc Maria Francisca do Prado, n. freg. Nazare, f.l. Domingos Leme do Prado e Rosa Maria de Oliveira assistentes atualmente nesta vila e não se pode averiguar os avos

2-1-1-6-5-6 Inocencio Leme do Prado em Mogi das Cruzes aos 26-08-1780 casou com Ana Maria de Miranda, filha de Antonio de Goes Raposo e Maria de Miranda, neta paterna de José de Goes Raposo e Maria Correa de Jesus, neta materna de Inacio de Miranda e Izabel Fernandes de Oliveira

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 26-08-1780 Inocencio Leme do Prado, n. desta, f.l. Domingos Leme do Prado e Rosa Maria de Oliveira, falecidos = cc Ana Maria de Miranda, n. desta, f.l. Antonio de Goes Raposo e Maria de Miranda, np Jose de Goes Raposo e Maria Correa de Jesus, nm Inacio de Miranda e Izabel Fernandes de Oliveira.

2-1-1-6-6 Rosa Ribeira, batizada em 28-11-1701. Teve a filha:

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição aos 28-11-1701 bat Rosa, f.l. Domingos Ribeiro do Prado e Ana Roiz, padr.: Paulo da Silva Leme e Ana Ribr.ª

2-1-1-6-6-1 Rita Rodrigues, filha natural de Rosa Ribeira, neta materna de Domingos Ribeiro e s/m Ana Rodrigues. Em 22-09-1757m dispensados do impedimento de consanguinidade em 3º grau se casou com José Pires de Godoy, filho de João de Miranda e Catarina Ribeira, neto paterno de Antonio de Miranda e s/m Izabel Graces de Godoy, neto materno de Gaspar Ribeiro Salvago e sua primeira mulher Ana Pires de Siqueira 2-1-1-1 supra e família ”Gaspar Ribeiro Salvago”.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição [Jose Pires de Godoi e Rita Rodrigues] aos 22-09-1757 Jose Pires f.l. João de Miranda e Catarina Ribeira n. desta freguesia, npaterno de Antonio de Miranda e s/m Izabel Graces de Godoi nts de S. Paulo e pela materna de Gaspar Ribeiro Salvago e s/m Ana Pires de Siqueira nts desta freguesia = cc Rita Rodrigues f. natural de Rosa Ribeira e pai incognito, neta materna de Domingos Ribeiro e s/m Ana Rodrigues nts da cidade de S. Paulo. Com dispensa do impedimento no 3º grau de consanguinidade.

2-1-1-6-7 Inocencio, com 6 anos em 1711. Inocencio Rodrigues do Prado faleceu com testamento de 22-07-1729.

 

2-2 Maria Ribeiro casou na vila de Santos com Gaspar Correa de Azevedo, filho de Francisco Correa Paes. Gaspar faleceu com testamento e foi inventariado em 14-10-1647 (SAESP vol. 35). Deixou filho único tutelado pelo avô paterno:

2-2-1 Bartolomeu, com 2 anos em 1647.

2-3 Maria Madalena Cabral, aos 28-11-1642 na Sé de S. Paulo, casou com Francisco de Gouvea, natural da cidade da Guarda, filho de Domingos Fernandes e Leonor de Gouvea.

Aos 28/11/1642 na Sé de São Paulo (Livro 1, fls. 32v: Francisco de Gouvea, natural da cidade da Guarda, filho de Domingos Fernandes e Leonor de Gouvea, com Maria Madalena Cabral, viúva, filha de Gaspar Manoel Salvago e Ana Ribeiro (pesq. Fabricio Gerin).

2-4 Barbara Ribeira falecida com testamento de 21-11-1669 e inventariada em 1670 foi casada três vezes. Primeira vez casou com Desidério Pedroso, filho de João Pedroso, com geração de filha única.

(Livro 1, fls. 25) Sé de São Paulo em junho de 1640 Desidério Pedroso, filho de João Pedroso com Bárbara Ribeiro, filha de Gaspar Manoel Salvago e Ana Ribeiro, já defunta (pesq. Fabricio Gerin).

          Segunda vez casou com João Pires Antunes, viúvo de Beatriz Moreira. João Pires faleceu com testamento e foi inventariado em 30-03-1660 (SAESP Vol 37º). Deixou seis filhos do primeiro matrimônio e seis do segundo.

          Terceira vez, Barbara casou com o viúvo Antonio Ribeiro Cavaco. Antonio foi primeira vez casado, na cidade do Rio de Janeiro, com Joana Barreta, filha de João Barreto e Catarina do Valle. Antonio faleceu com testamento que recebeu o cumpra-se em 01-04-1666. Deixou geração de três filhos do primeiro matrimônio: Maria = Ana = Tome; e filho único do segundo.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

Apenso: Inventario de Antonio Ribeiro Cavaco aos 04-07-1666 nesta vila de S. Paulo no termo e limite dela paragem chamada Jerisi, sitio e fazenda que ficou do defunto Antonio Ribeiro Cavaco.

Declarante: Barbara Ribeira, viuva do defunto. Assinou a seu rogo seu filho Gaspar Manoel Salvago.

Titulo dos Filhos do 1 matrimonio, no Rio de Janeiro: Maria = Ana = e Tome

Titulo dos Filhos do 2 matrimonio: Pascoal, de 4 anos.

Testamento:

Fui cc na cidade do Rio de Janeiro com Joana Barreta, filha de João Barreto e Catarina do Valle. Entre ambos tivemos duas filhas Maria e Ana, e um filho por nome Tome.

Sou casado com Barbara Ribeira e temos um filho por nome Pascoal.

Meu cunhado Domingos Antonio, morador na cidade do Rio de Janeiro.

Cumpra-se 01-04-1666

Barbara faleceu com testamento de 21-11-1669, com cumpra-se de 22 do mesmo mês e ano, e foi inventariada em 1670. Declarou os três casamentos e a geração:

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

Barbara Ribeira 1670

Autos aos 24-01-1670 nesta vila de S. Paulo veio Gaspar Manoel Salvago testamenteiro de sua mãe Barbara Ribeira

 

Testamento

Aos 21-11-1669 (...) rogo a meu filho Manuel Salvago seja meu testamenteiro..

Fui casada tres vezes. A primeira vez com Desiderio Pedroso e tive uma filha por nome Ana. Segunda vez com João Pires e tive cinco filhos: Gaspar = Manoel = Marcos = Bras = e Izabel.

Casei terceira vez com Antonio ---------- filho de nome Pascoal.

Assina a rogo da testadora Manoel Preto.

Cumpra-se 22-11-1669

 

Digo eu Antonio Ribeiro Cavaco que devo ao Sr. Gabriel Barbosa, meu cunhado (...) abril de 1665

 

Titulo dos Filhos do 1º matrimonio: Ana Salvaga cc Manoel de Aguiar =

Titulo dos Filhos do 2º matrimonio:

- Gaspar Manoel Salvago, casado

- Manoel Pires de 18

- Izabel Ribeira cc João dozoiro.

- Marcos de 12

- Bras de 10

Titulo dos Filhos do 3º matrimonio:

- Pascoal de sete anos.

 

Requerimento que fez o testamenteiro Gaspar Manoel Salvago 14-06-1670 (...) e sua mulher Francisca Cubas; seus irmãos e cunhado João dozouro. No sitio que ficou de sua mãe no bairro e paragem Itaici junto a N Sra da Conceição.

2-4-1 Ana Salvaga (ou Pedrosa), filha de Barbara e Desidério Pedroso. Já falecida em 30-05-1695 (casamento do filho Manoel), foi casada com Manoel de Aguiar e Mendonça. Geração em SL. 7, 159, 3-1 onde Ana é citada como Maria.

Entre os filhos do casal:

2-4-1-1 Manoel de Aguiar e Mendonça, em Sorocaba aos 30-05-1695, casou com Maria de Souza, filha de Antonio de Souza Brandão e de Sebastiana Pedrosa.

Sorocaba, SP aos 30-05-1695 Manoel de Aguiar e Mendonça, f. de Manoel de Aguiar e Mendonça e de s/m Ana Pe[---], já defunta = cc Maria de Souza, f. de Antonio de Souza Brandão e de s/m Sebastiana Pedrosa, todos moradores desta vila, tetemunhas Josefa Pedrosa, Izabel de Souza, Tomas de [------] e Joseph Benardes.

2-4-1-2 Euquerio de Aguiar, em Sorocaba aos 04-02-1697, casou com Ana Moreira de Souza, filha de Antonio de Souza Brandão e de Sebastiana Pedrosa da Silva.

Sorocaba, SP aos 04-02-1697 Eucherio de Aguiar, f. de Manoel de Aguiar e Mendonça e de s/m Ana Pedrosa, ja defunta moradores na vila da Parnaiba = cc Ana Moreira de Souza, f. de Antonio de Souza Brandão e de s/m Sebastiana Pedrosa da Silva.Testemunhas Sebastião Bicudo e João Antunes, Maria de Souza, Maria Domingues.

2-4-1-3 Maria da Fé, na Parnaiba em 1704 casou com João Ferreira da Fonseca, filho de Manoel Rabelo da Fonseca e de Paula Monteiro

ASBRAP 2 - Livro 1 de casamentos de Santana de Parnaíba, coligidos por Silva Leme. Rodnei Brunete da Cruz. João Ferreira da Fonseca, f. de Manoel Rabelo da Fonseca e de Paula Monteiro (de Portugal), com Maria da Fé, fa. de Manoel de Aguiar e de Ana Pedroso (ano de 1704).

 

Bárbara e João Pires Antunes tiveram seis filhos (idades em 30-3-1660, todas pouco mais ou menos):

2-4-2 Gaspar, com 11 anos. Gaspar Manoel Salvago casou com Francisca Cubas, filha de Maria Rodrigues e seu primeiro marido Antonio Cubas inventariado em 26-04-1660.

          Em 04-05-1668 Maria Rodrigues já estava casada com Jeronimo Alves, que deu conta dos bens dos enteados. Maria faleceu com testamento de 04-07-1683, com cumpra-se de 04-03-1687 e foi inventariada por Jeronimo em 20 de maio do mesmo ano. Sem geração do segundo matrimônio, teve seis filhos do primeiro (Antonio Cubas-1660 e Maria Rodrigues-1687 - Inventários SAESP não publicados).

I- Maria com 8 anos em 1660. Maria Cubas Casou com João Rodrigues Lamego, testamenteiro da sogra.

II- Francisca Cubas de 7 anos

III- Antonio Cubas de 6

IV- Catarina Rodrigues de 5 anos. Curatelada em 1687.

V- Bras Cubas de 4.

VI Domingas de 10 meses em 1660. Não comparece em 1687.

 

Gaspar faleceu com testamento de 02-07-1680, e foi inventariado por Francisca no mesmo ano. Deixou de seu casal dois filhos e, pelo menos, duas filhas: Domingos, Antonio, Gaspar, Maria e Bárbara.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

Gaspar Manoel Salvago

Autos aos em 1680 paragem chamada ----, bairro de ----------- termo da vila de S. Paulo

Declarante a viuva Francisca Cubas. Assina a seu rogo Jeronimo --------------.

Titulo dos Filhos:

Domingos de 10 =

--------------- de 7

--------------

-----------------

----------------------

Testamento: aos 02-07-1680 (...) sou natural desta terra, filho do defunto ------------ Pires Antunes e Barbara Ribeira. Sou cc nesta vila com Francisca Cubas, tres filhos machos e ----- femeas a saber: Domingos, Antonio, Gaspar, Maria, Bar----.

(no texto) meu irmão Manoel Pires. Meu sogro ------- Alves.

Recibo: recebi de Manoel Pires como testamenteiro do defunto ----------- Salvago.

2-4-2-5 Barbara Ribeiro, na Parnaiba em 1700, casou com João Lopes do Prado, filho de Matias Fernandes e Isabel Lopes do Prado, família “Braz de Piña”. Geração em SL. 8, 327, 3-1.

ASBRAP 2 - Livro 1 de casamentos de Santana de Parnaíba, coligidos por Silva Leme. Rodnei Brunete da Cruz. João Lopes do Prado, f. de Matias Fernandes e Isabel Lopes do Prado = cc Barbara Ribeiro, f. Gaspar Manoel Salvago, fal., e Francisca Cubas (ano de 1700)

2-4-3 Manoel, 10 anos. Manoel Pires (Antunes ou Salvago) casou com Maria Ribeiro, filha de Francisco de Gouvea e Francisca de Siqueira.

2-4-3-1 Ana Pires Ribeiro foi a segunda mulher de Batista Maciel da Veiga, inventariado em Mogi das Cruzes em 01-04-1756 (SAESP não publicados, neste site). Geração na familia Maria da Cunha e Jeronimo da Veiga.

2-4-3-2 Antonia Pires Ribeiro, casada com Sebastião Barreto Cardoso (SL. 8º, 234, 4-4)

2-4-3-3 José Pires Ribeiro, casado em Nazare aos 04-06-1709 com Maria da Assumpção Pinheira (SL. 5º, 361, 4-3). Geração na família “Pinheiro”.

Nazaré Paulista, SP Igreja N. Sra de Nazaré aos 04-06-1709 Jose Pires f.l. Manoel Pires e Maria Ribeira = cc Maria da Assunção Pinheira f.l. Domingos Ribeiro e Izabel Pinheira.

2-4-3-4 Maria Pires Ribeiro, casada com Baltasar Benito dos Reis. Pais de, citados na GP:

2-4-3-4-1 Ana Pires Ribeiro c1742c Salvador Paes Cardoso (SL. 1º, 107, 4-2).

2-4-3-4-2 Catarina Pires Ribeiro c1746c Angelo Preto Cardoso (SL. 1, 107, 4-3)

2-4-3-4-3 Simoa Pires Ribeiro cc José Munhoz de Pontes (SL. 3, 222, 6-2).

2-4-3-4-4 João Pires Benito cc Marta Antunes de Miranda (SL. 3, 307, 4-8)

2-4-3-5 Barbara Ribeiro, c1c Gaspar Soares Ferreira (SL. 7º, 503, 3-2) e em 1716 c2c com José de Santa Maria (SL. 2º, 307, 4-4)

2-4-3-6 Izabel Pires do Prado c1c Amaro Gonçalves Barbosa e c2c João de Siqueira Caldeira (SL. 7, 511, 3-11).

2-4-3-7 Catarina Pires Ribeiro, falecida em 15-06-1770, foi casada com Manoel de Miranda Silva com vários filhos esparsos na GP:

Guarulhos, SP aos 15-06-1770 no bairro da Sra do Bom Sucesso fal. Catarina Ribeira teria 90 anos, natural e moradora nesta freguesia, f. Manoel Pires Salvago e viuva de Manoel de Miranda da Silva.

2-4-3-7-1 Josefa de Miranda Silva c1736c Francisco da Silva Coutinho (SL. 7, 465, 6-1)

2-4-3-7-2 João de Miranda Silva, batizado em Guarulhos em 15-02-1711, casou com Ana Maria de Siqueira (SL. 7, 527, 5-7).

São Paulo, Guarulhos, Igreja N. Sra da Conceição aos 15-02-1711 nesta igreja e freguesia da Conceição bat. Joam, f.l. Manoel de Miranda Silva e s/m Catherina Ribeira, padr.: Joam Alvres e sua mulher

2-4-3-7-3 Joana Damasceno casou com Martinho Rodrigues de Pontes (SL. 3, 229, 5-6) e família “Nunes de Pontes” Cap. 1º § 3º.

2-4-3-7-4 Antonio de Miranda Silva cc Joana Rodrigues de Pontes SL. 3, 232, 5-7 e família “Nunes de Pontes” Cap.1º § 3º.

2-4-3-7-5 Francisco de Miranda Pereira cc Isabel Fernandes Maciel (SL. 8, 267, 3-5)

2-4-3-7-6 Maria de Miranda Silva casou com João Correa Marques, filho de Pedro Gomes Corrêa e de Maria Marques.

          Entre os filhos do casal:

2-4-3-7-6-1 Pedro Gomes Correa casou primeira vez com Cristina Maria de Moraes, filha de Antonio de Souza Dias e Rosa Maria do Prado.

          Segunda vez em Nazare aos 13-11-1770, Pedro casou com Izabel de Goes Maciel, filha de Antonio de Goes Maciel e Maria Ribeira de Alvarenga, neta paterna de Antonio de Goes e s/m Francisca Machada, neta materna de Estevão Vaz e s/m Catarina do Prado (SL. 5, 354, 6-6).

Nazaré Paulista, SP igreja n. Sra de Nazaré, [a margem: Pedro Gomes Correa e Izabel de Goes Maciel] aos 13-11-1770 sem impedimentos e test.: Bento de Moraes da Assunção cc Ana Maria de Pontes, e Miguel da Cunha de Macedo cc Leonor Maciel. Pedro Gomes Correa, viuvo de Cristina Maria de moraes, f.l. João Correa Marques e Maria de Miranda, np Pedro Gomes Correa e s/m Maria Parques, nm Manoel de Miranda e s/m Catarina Peres = cc Izabel de Goes, f.l. Antonio de Goes Maciel e Maria Ribeira de Alvarenga, np Antonio de Goes e s/m Francisca Machada, nm Estevão Vaz e s/m Catarina do Prado. Ambos naturais e fregueses desta.

          Pedro e Cristina Maria tiveram nove filhos citados em SL. 7, 13, 5-3, entre eles:

2-4-3-7-6-1-6 Antonio Gomes Correa batizado aos 04-11-1745 em Conceição dos Guarulhos-SP. Em Carrancas aos 04-10-1779 casou com Angélica Clara de Jesus (ou do Nascimento), natural de Congonhas do Campo-MG, filha de João Rodrigues Rosa e Catarina Maria de São Francisco.

Guarulhos, SP aos 04-11-1745 bat a Antonio, f. de Pedro Gomes Correa e s/m Cristina Maria de Moraes, foram padrin hos Angelo Correa Pinto e Maria de Miranda Silva.

Pais de, q.d.:

2-4-3-7-6-1-6-1 Manoel, batizado em Lavras aos 06-12-1784.

Lavras, MG Igreja Santana aos 06-12-1784 na ermida de N Sra da Ajuda das Tres Pontas filial desta matriz bat a Manoel, f.l. Antonio Gomes Correa e Angelica Clara do Nascimento, padr.: Tome de Araujo.

2-4-3-7-6-1-6-2 Antonio, em 03-04-1785.

Lavras, MG Igreja Santana aos 03-04-1785 na ermioda de N Sra da Ajuda filial desta matriz bat a Antonio, f.l. Antonio Gomes Correa e Angelica Clara do Nascimento, padr.: Vicente Jose Rodrigues.

2-4-3-7-6-1-6-3 José, em 10-02-1788.

Lavras, MG Igreja Santana aos 10-02-1788 na ermida de N Sra a Ajuda das Tres Pontas filial desta matriz bat a Jose, f.l. Antonio Gomes Correa e Angelica Clara do Nascimento(sic), padr.: Andre Miz Vieira e Mariana Felicia do Nascimento.

2-4-3-7-6-1-6-4 João Gomes Correa, natural de Lavras. Em Pouso Alegre-MG aos 05-02-1813 casou com Izabel Pereira de Jesus, filha do Furriel Antonio da Costa Silva e Josefa Maria dos Anjos, família “José Machado Tostes”, neste site.

Pouso Alegre, MG Igreja Bom Jesus aos 05-02-1813 sem impedimento João Gomes Correa, f.l. Antonio Gomes Correa e Angelica Clara, natural e batizado nas Lavras = cc Izabel Pereira de Jesus, f.l. Antonio da Costa Silva e D. Josefa Maria dos An jos, natural e batizada nas Lavras, e logo receberam as bençãos.

 

2-4-3-7-6-2 Catarina Correa Marques cc Angelo Correa Pinto, de quemm foi a primeira mulher (SL. 5, 297, 4-1)

2-4-3-7-6-3 Maria Correa Marques foi a primeira mulher de Salvador Rodrigues de Pontes, filho de Antonio Rodrigues de Oliveira e Mariana de Pontes. Geração na família “Nunes de Pontes” Cap. 1º § 3º.

2-4-3-7-6-4 Antonio Correa Marques c1c Rita Gonçalves da Cunha c2c Maria Antonia de Jesus (SL. 1, 25, 5-8).

2-4-3-7-6-5 Estanislau Correa Marques, em Nazare aos 12-02-1737, casou com Gertrudes Rodrigues da Cunha, filha de Jeronimo Nunes Pedroso e Messia Vaz da Cunha

Nazaré Paulista, SP Igreja N. Sra de Nazaré aos 12-02-1737 Estanislao Correa Marques f.l. João Correa Marques e Maria de Miranda da Silva nts da freg. da Conceição de Itanhaem = cc Gertrudes Rodrigues da Cunha f.l. Jeronimo Nunes Pedroso e Messia Vaz da Cunha naturais e moradores desta freguesia

Entre os filhos do casal:

2-4-3-7-6-5-1 Escolastica Correa da Cunha casou com Miguel Rodrigues de Pontes, filho de Bento Rodrigues de Oliveira e Maria Antunes de Pontes, família Nunes de Pontes Cap.1º § 3º..

2-4-3-7-6-5-2 Izabel Corrêa da Cunha cc José Lopes da Cunha (SL. 2, 20, 5-2)

2-4-3-7-6-5-3 José Correa da Cunha, em Guarulhos aos 23-03-1765, casou com Ana Maria Ferreira, filha do falecido Antonio Ferreira Leme e de Josefa da Cunha Pontes, neta paterna de Jorge Ferreira e s/m Izabel da Cunha, e neta materna de Antonio da Cunha Pontes e s/m Maria Rodrigues Barbosa

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição [Jose Correa e Ana Maria Ferreira] aos 23-03-1765 e testemunhas Salvador da Cunha Pontes, casado e Inacio Gregorio de Pontes, solteiro. Jose Correa, f.l. Estanislao Correa Marques e Gertrudes Correa da Cunha, natural da freguesia de Nazare, neto paterno de João Correa Marques e Maria de Miranda e materno de Jeronimo Nunes Pedroso e Maria Cardoza = cc Ana Maria Ferreira, f.l. Antonio Ferreira Leme, já defunto e Josefa da Cunha Pontes natural desta freguesia, npaterna de Jorge Ferreira e s/m Izabel da Cunha, e nmaterna de Antonio da Cunha Pontes e s/m Maria Rodrigues Barbosa

Pais de, q.d.:

2-4-3-7-6-5-3-1 Estanislau Correa da Cunha, natural da Conceição dos Guarulhos. Em Aiuruoca-MG aos 30-08-1797 casou com Vitória Maria das Neves, filha de Manoel Duarte Ferreira e Maria de Souza Lima - família “João Pereira Themudo” Cap. 1º.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas. - aos 30 agosto 1797 Livramento - Estanislao Correa da Cunha, f.l. de Joseph Correa da Cunha e Anna Maria Ferreira, n. e b. freg. N. Sra. da Conceição dos Guarulhos, SP; c/ Vitoria Maria das Neves, f.l. de Manuel Duarte Ferreira e Maria de Souza Lima, n. e b. freg. de Aiuruoca. Testemunhas Francisco Duarte Ferreira e Ciriaco Jose de Oliveira

2-4-3-7-6-5-4 Ana Correa Marques em Nazare aos 16-07-1770, viúva de José Gonçalves Cardoso, casou com Rodrigo Antonio Ferreira, filho de Antonio Ferreira Leme e Josefa da Cunha Pontes, neto paterno de João Ferreira, neto materno de Antonio da Cunha Pontes e s/m Maria Rodrigues Barbosa (SL. 5, 123, 6-1) e família Nunes de Pontes Cap.1º § 3º,

Nazaré Paulista, SP igreja n. Sra de Nazaré [Rodrigo Antonio Ferreira e Ana Correa da Cunha] aos 16-07-1770 sem impedimentos e test.: Cristovão da Cunha de Moraes cc Maria da Cunha, e Salvador Correa da Cunha, solteiro e filho de Gaspar Vaz da Cunha. Rodrigo Antonio Ferreira, f.l. Antonio Ferreira Leme e Josefa da Cunha Pontes, np João Ferreira cuja mulher não houve quem disesse, nm Antonio da Cunha Pontes e s/m Maria Rodrigues Barbosa = cc Ana Correa da Cunha, viuva de Joseph Gonçalves Cardoso, e filha de Estanislau Correa Marques e Gertrudes Rodrigues da Cunha, npaterna de João Correa Marques e Maria de Miranda, nmaterna de Jeronimo Nunes e s/m Messia Vaz. Rodrigo Antonio natural e fregues da Conceição dos Guarulhos e a mulher natural e freguesa desta.

2-4-4 Matias, de 9 anos. Não é citado no testamento materno (21-11-1669).

2-4-5 Izabel, de 8 anos. Izabel Ribeira cc João dos Ouros, filho de Mathias de Oliveira e Antonia Rodrigues. Geração na família “Matias de Oliveira”.

2-4-6 Marcos Pires, de 7 anos. Em 1674 requereu dispensa do impedimento em 3º grau por afinidade para se casar com Ana Maria, viúva de João Martins 4-3-1 abaixo.

(pesq. Fabricio Gerin) ACMSP, Processo Matrimonial 4-1-1 Marcos Pires e Ana Maria, 1674

Dispensados no 3º grau por afinidade (ele, neto de Ana Ribeiro, a qual teve uma filha por nome Bárbara Ribeiro, esta mãe do orador, em que fica sendo 3º neto de Pedro Martins, tronco – e deste nasceu também Maria Leoa, e desta procedeu Francisco Martins, e este gerou João Martins, e este foi casado 1ª vez com a oradora

 – Pedro Martins tivera 2 filhas, uma chamada Maria Leoa, da qual nasceu Francisco Martins, e deste, João Martins, o qual casou com a oradora 1ª vez, e do dito Pedro Martins nasceu outra filha chamada Ana Ribeiro, da qual nasceu Bárbara Ribeiro, da qual nasceu o orador Marcos Pires).

2-4-7 Bras, de 6 anos em 1660 e dez anos em 1670

 

Bárbara Ribeira e Antonio Ribeiro Cavaco tiveram o filho único:

2-4-8 Pascoal, com 4 anos em 1666 e sete anos em 1670. Em Itu aos 25-04-1718 Pascoal Ribeiro Cavaco casou com Isabel Pires, filha do Capitão Matias de Mendonça e Luísa Leme de Miranda. Geração em SL. 5, 241, 3-10.

Itu, SP aos 25/04/1718 Pascoal Ribeiro Cavaco, filho de Antonio Ribeiro Cavaco e Bárbara Ribeiro, já defuntos, moradores da cidade de São Paulo, com Isabel Pires, filha do Capitão Matias de Mendonça e Luísa Leme de Miranda (pesq. Fabricio Gerin).

 

3- Luzia Martins, também já falecida em 1638, casada com João Vieira (Sarmento), citado no testamento do sogro. (PFRJ - Rheingantz vol. 3, 52, 1-1).

 

4- Maria Leoa, viúva em 1638, testamenteira do pai. Foi casada com Domingos Mourato de Bittencourt, pais de, pelo menos, duas filhas legatárias do avô materno: “Declaro que tenho uma data de terra de meia légua nos limites de Ibitorantim até o Juqueri a qual deixo às minhas netas Maria M.ratt... e Luzia de Avila por boas obras que me fizeram e dinheiro que comigo gastaram...”

4-1 Maria Mourato de Bittencourt casou na Sé em agosto de 1643 com Antonio de Lima Borges, natural de Ponte de Lima, filho de Domingos Alvares e Domingas Rodrigues.

(pesq. Fabricio Gerin) São Paulo, SP em agosto de 1643 na Sé: Livro 1, fls. 37 – Antonio de Lima Borges, natural de Ponte de Lima, filho de Domingos Álvares ... e Domingas Rodrigues, já defuntos, com Maria Mourato de Bitencourt, filha de Domingos Mourato de Bitencourt, já defunto, e Maria Leoa.

4-2 Luzia de Avila de Bittencoaurt aos 16-04-1640 casou com Simão Lopes Fernandes, natural do Rio de Janeiro, filho de Manoel Fernandes e Beatriz Gonçalves e viúvo de Izabel de Brito. Geração de ambos os matrimônios em aportes à GP “Izabel de Brito cc Simão Lopes Fernandes - SL. II, 9, 2-2”.

(pesq. Fabricio Gerin) São Paulo, SP na Sé aos 16/04/1640: Livro 1, fls. 24v – Simão Lopes Fernandes, filho de Manoel Fernandes, defunto, e Beatriz Gonçalves, com Luísa de Ávila de Bitencourt, filha de Domingos Morato e Maria ...

4-3 Francisco Martins, pais de:

4-3-1 João Matins foi o primeiro marido de Ana Maria, que em 1674 requereu dispensa do impedimento de afinidade em 3º grau para se casar com Marcos Pires 2-4-6 supra