PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

NARCISO DE FARIA E SILVA, guarda mor

(atualizado em 12-março-2016)

 

Bartyra Sette

 

 

Guarda mor Narciso de Faria e Silva, natural da Parnaiba-SP, casou com Maria Pedrosa de Moraes, natural de Mogi das Cruzes-SP. Foram moradores no sul de Minas onde encontramos os filhos:

1- Ignes Pedrosa de Moraes § 1º que segue.

2- Catarina Maria da Silva Aguiar

3- Luiza de Mendonça:

4- Benta

5- Narciso de Faria e Silva

 

2- Catarina Maria da Silva Aguiar casou com Miguel Nunes Bernardes, filho de André Bernardes de Brito e Margarida Nunes Rangel 1-4 do § 1º, neto materno de Francisco Nunes da Costa e Lucrecia Leme Barbosa. Geração na família “Lucrecia Leme Barbosa”, neste site.

 

3- Luiza de Mendonça, madrinha em 20-03-1741. Provavelmente a madrinha da sobrinha Ana (5-1), e já casada em 1748.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos-  aos 20 março 1741, Lagoa, Joachim, f. de Manoel Guimarães e sua mulher Maria Rodrigues Vicuda; padr.: Diogo Gonçalves de Carvalho e Luiza de Mendonça, filha do guarda mor Narciso de Faria, todos moradores desta freguesia.

 

4- Benta, batizada na capela da Lagoa filial de Aiuruoca aos 21-07-1735.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos-  aos 21 de julho de 1735 Lagoa, Benta, f. de Narciso de Faria e Silva e Maria Pedroza, padr.: Antonio Soares Coelho solteiro e D. Margarida mulher de Francisco Rodrigues Lago, todos desta freguesia e nela moradores.

 

5- Narciso de Faria e Silva natural de Aiuruoca, casou com Isabel Pedrosa de Oliveira, natural de Jundiai-SP, filha de Jeronimo Rodrigues Perdigão e Maria Alvares de Oliveira, natural de Paranagua. Pais de q.d.

5-1 Ana Pedrosa de Alvarenga, batizada em Aiuruoca em 22-12-1748. Em Itajuba Velha (Delfim Moreira-MG) aos 30-07-1768 casou com Antonio Cabral da Silva, natural de Itaberaba-MG, filho de Inacio Cabral de Souza, natural de Campo Grande e de Maria da Silva de Jesus, natural de Santo Antonio de Inhauma ambos Bispado do Rio de Janeiro, neto paterno de Luiz Machado de Abreu natural da cidade do Rio de Janeiro e de Brizida Cabral de Souza natural de Iraja-RJ.

Igreja N Sra da Conceição de Aiuruoca-MG aos 22-12-1748 na capela de N Sra do Rosario bat a Ana, f.l. Narcizo de Faria Silva e Izabel de Oliveira, padr.: Francisco Xavier Bernardes e Luiza de Mendonça, casados e moradores nesta freguesia.

 

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 aos 30-07-1768 Antonio Cabral da Silva nat de Santo Antonio de Itaberaba Bispado de Mariana, f.l. Inacio Cabral de Souza, nat da freg. de Campo Grande e de Maria da Silva de Jesus, nat da freg. de Santo Antonio de Inhauma tudo Bispado do Rio de Janeiro, np Luis Machado de Abreu nat da cidade do Rio de Janeiro e Brizida Cabral de Souza nat da freg. de N S do Bom Sucesso de Iraja Bisp. do Rio de Janeiro, nm Francisco de Alvarenga e Antonia Dias da Silva, ambos nts da cidade do Rio de Janeiro = cc com Ana Pedrosa de Alvarenga nat de Aiuruoca, f.l. Narciso de Faria Silva nat da Aiuruoca e de Isabel Pedrosa de Oliveira, nat de Jundiai, np Narciso de Faria Silva, nat a vila de Parnaiba e de Maria Pedrosa, nat da vila de Mogi, nm de Jeronimo Rodrigues Perdigam nat de Taubate e de Maria de Oliveira nat da vila de Paranagua Bispado de S. Paulo.

Pais de, q.d.:

5-1-1 Custódio Correa da Silva, batizado em Delfim Moreira em 27-02-1770. Na Campanha em 26-11-1801 casou com Escolastica Maria de Souza, batizada por 1786, filha de Antonio Dias da Silva Ferraz e de Maria Pinta dos Reis

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 aos 27-02-1770 Custodio, f.l. Antonio Cabral da Silva e Ana Pedrosa de Alvarenga, madrinha Isabel Pedrosa de Oliveira cc Narcizo de Faria Silva.

 

Campanha, MG aos 26-11-1801 nesta matriz com provisão, Custodio Correa da Silva, f.l. de Antonio Cabral da Silva e de Ana Pedrosa de Alvarenga, ambos falecidos, n/b na freguesia de N. Sra da Soledade de Itqajuba do Bispado de S. Paulo e morador nesta freguesia = cc Escolastica Maria de Souza, f.l. de Antonio Dias da Silva Ferraz e de Maria Pinta dos Reis, n/b nesta mesma freguesia.

 

Campanha, MG livro suplementos batismos no ano de 1786, pouco mais ou menos, na capela de S. Gonçalo bat a Escolastica, f.l. de Antonio Dias da Silva Ferraz e de Maria Pinta dos Reis; foram padrinhos Domingos Dias do Prado e Maria Rodrigues, e por não aparecer este assento, informado o lancei aqui para todo o tempo constar.

5-1-2 Madalena Pedrosa de Oliveira batizada em 01-03-1774. Ao 09-10-1794 casou com Joaquim Manoel da Silva, batizado em 24-05-1759, filho de Antonio Carvalho da Silva (ou de Toledo) e Maria Antonia chamada antes da crisma Antonia Martins Correa - aportes à GP: Antonio Carvalho de Toledo - SL. VIII, 45, 5-1

Campanha, MG aos 01-03-1774 na capela de S.Gonçalo bat a Madalena, nascida a 25 janeiro proximo, f.l. de Antonio Cabral da Silva e de Ana Pedrosa de Alvarenga; foram padrinhos Antonio João de Araujo, e Domingas Pinta Soares com procuração de Margarida Correa. Sem mais noticias.

 

Campanha, MG aos 09-10-1794 nesta matriz sem impedimento, Joaquim Manoel da Silva, f.l. Antonio Carvalho da Silva e Maria Antonia chamada antes da crisma Antonia, n/b nesta matriz da Campanha = cc Madalena Pedrosa de Oliveira, n/b na capela de S. Gonçalo filial desta matriz, f.l. de Antonio Cabral da Silva e de Ana Pedrosa de Alvarenga.

5-1-3 Maria Serafina Pedrosa batizada em 29-02-1784. Aos 30-11-1799 casou com Inacio de Oliveira Costa, batizado em 30-03-1774, filho de Mateus de Oliveira Costa e de Maria Gonçalves de Siqueira.

Campanha, MG aos 29-02-1784 na capela de S. Gonçalo bat a Maria, f.l. Antonio Cabral e de Ana Pedrosa, de dois meses. Foram padrinhos Jose Duarte do Rego e Ana Ferreira de Oliveira.

 

Campanha, MG livro suplementos batismos no ano de 1783, pouco mais ou menos, bat a Maria, f. de Antonio Cabral da Silva e de Ana Pedrosa de Alvarenga, foram padrinhos Jose Duarte do Rego e ----(?) Ferreira de Oliveira;e por não se encontrar este assento, informado dele, o lancei aqui.

 

Campanha, MG aos 30-11-1799 nesta matriz se receberam Inacio de Oliveira Costa, f. de Mateus de Oliveira Costa e Maria Gonçalves de Siqueira = cc Maria Serafina Pedrosa, f. de Antonio Cabral a Silva e Ana Pedrosa de Alvarenga. Ambos nts/bts nesta freguesia da Campanha.

 

Campanha, MG aos 30-03-1774 nesta matriz bat a Inacio, nascido de nove dias, f.l. de Mateus de Oliveira e de Maria Gonçalves natural da Campanha. Foram padrinhos Jose de Aguiar e Leonor Maria mulher de Manoel Francisco Grillo.

 

Campanha, MG livro suplementos batismos no ano de 1776 nesta matriz bat a Inacio, f. de Mateus de Oliveira da Costa e de Maria Gonçalves de Siqueira. Foram padrinhos Jose de Aguiar e Leonor de tal, e por não aparecer este assento, informado dele o lancei aqui.

5-1-4 Rosa de Lima batizada em 29-02-1784.

Campanha, MG aos 06-11-1785 na ermida de Santa Catarina bat a Rosa de Lima, de dois meses, f.l. de Antonio Cabral da Silva e de Ana Pedrosa de Alvarenga natural da Aiuruoca e ele de Guara----, avos paternos Inacio Cabral e s/m, avo maternos Narciso de Faria e Izabel Pedrosa. Foram padrinhos odito Narciso de Faria e sua filha Ignez.

 

5-2 Maria, batizada em Delfim Moreira aos 04-06-1760

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 aos 04-06-1760 Maria, f.l. Narcizo de Faria e Isabel Pedrosa, ele nat de Aiuruoca e ela de Jundiai, padr.: Antonio de Morais de Almeida, solteiro e Inacia de Souza cc Manuel dos Santos Rosa.

5-3 Ines de Moraes, batizada em 27-12-1764. Aos 30-10-1787 na Campanha casou com João Moreira de Souza, natural da Campanha, filho de Pedro de Souza e Maria Moreira, família “Lamim” desentroncados. Com geração na Campanha.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 aos 27-12-1764 bat a Ines, f.l. Narcizo de Faria e Isabel de Oliveira.

 

Campanha, MG aos 30-10-1787 nesta matris João Moreira de Souza, f.l. de Pedro de Souza e Maria Moreira, n/b nesta freg. da Campanha = cc Ignez de Moraes, f.l. de Narciso de Faria e de Izabel Pedrosa, ja defunta, n/b na freg.de Itajuba o bispado de S.Paulo.

 

5-4 Inacia de Oliveira de Alvarenga, batizada em Delfim Moreira-MG aos 12-12-1767. Em Campanha-MG aos 22-01-1805 casou com Antonio Gonçalves da Conceição, natural de Iraja-RJ, filho de José Gonçalves de Tal e Josefa Maria do Nascimento.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 aos 12-12-1767 Inacia, f.l. Narcizo de Faria Silva e Isabel Pedrosa.

 

Campanha-MG - casamentos -aos 22-01-1805 Antonio Gonçalves da Conceição, f. de Joze Gonçalves ----- e de Josefa Maria do Nascimento, bat. na freguesia de N. Sra. da Apresentação de Iraja Bispado do Rio de Janeiro = Ignacia de Oliveira de Alvarenga, f. de Narciso de Faria e Silva e de Izabel Pedroza de Oliveira, bat. na freguesia de Itajuba Bispado de S. Paulo.

 

 

IGNES PEDROSA DE MORAES § 1º

(atualizado em 15-dezembro-2014)

 

Ignes Pedrosa de Moraes, natural de Mogi das Cruzes ou de Aiuruoca, filha do Guarda Mor Narciso de Faria e Silva e de Maria Pedrosa de Moraes casou duas vezes. Primeira vez com Antonio da Silva, natural de Leiria-PT, filho de Antonio da Silva e Isabel das Neves, tambem naturais de Leiria (termo de casamento de 1-3 Antonio abaixo).

 

Antonio faleceu aos 31-03-1738 em conseqüência de um tiro que lhe deram e teve seu inventário aberto em seu sítio da Ilha Queimada aos 16 de junho do mesmo ano (neste site).

 

Ignes casou segunda vez com Francisco Xavier Bernardes, natural de Guaratinguetá-SP, filho de Andre Bernardes de Brito e Margarida Nunes Rangel, família “Lucrecia Leme Barbosa”. Francisco já era falecido em 27-08-1776 (casamento da filha Margarida).

 

Antonio e Ignes tiveram os filhos, tutelados pelo padrasto:

1-1 Maria da Conceição e Silva

1-2 Theodora da Silva

1-3 Antonio dos Santos da Silva

 

Ignes e Francisco Xavier tiveram os filhos, q.d.:

1-4 Helena Francisca de Gusmão

1-5 Andre Bernardes do Nascimento,

1-6 Francisco Xavier Bernardes

1-7 Margarida Nunes Rangel

1-8 Maria

 

 

1-1 Maria da Conceição e Silva, batizada aos 08-11-1734, casou aos 21-01-1749 na Capela do Rosário, Freguesia de Aiuruoca com Domingos Leme de Brito, natural de Guaratinguetá, filho de André Bernardes, já falecido em 1749, e Margarida Nunes Rangel (S.L. 3º, 34, 3-2, adenda geral vol. 9º ) e família “Lucrecia Leme Barbosa”, neste site.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos-  aos 08 Novembro 1734 Maria, f.l. de Antonio da Silva e s/m Ignes de Moraes, padr. Cap. João Martins Ribeiro, solteiro, e Maria Pedrosa, mulher do Guarda mor Narciso de Faria.

 

Certidão de Casamento inserida no inventário paterno:

Certifico que a folhas cento e quinze do Livro em que se lançam os Assentos das pessoas que se recebem em Matrimonio nesta Freguesia e achei um assento cujo teor é o seguinte:

Aos vinte e um de janeiro de mil setecentos e quarenta e nove anos na Capela de Nossa Senhora do Rozario filial desta Matriz de Nossa Senhora da Conceição da Aiuruoca e na presença de mim o Padre João Monteiro com licença do Reverendo Vigário desta Freguesia o Padre João Machado Falcão, com banhos corridos na forma do Sagrado Concilio Tridentino e Constituição do Bispado sem impedimento algum canônico com Provisão do Muito Reverendo Doutor Manoel da Rosa Coutinho Vigário da Vara desta Comarca do Rio das Mortes pelas nove horas da manhã depois de confessados e examinados da Doutrina Cristã se receberam solenemente por mulher e marido Domingos Leme de Brito natural e batizado na Freguesia de Santo Antonio da Vila de Guaratinguetá Bispado de São Paulo filho legitimo de André Bernardes, já defunto, e de sua mulher Margarida Nunes Rangel e Maria da Conceição natural e batizada na Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Aiuruoca, filha legitima de Antonio da Silva, já defunto, e de sua mulher Ignes de Morais e lhes dei as bênçãos na forma da Santa Madre Igreja sendo testemunhas Manoel da Fonseca e Costa o Sargento Mor Domingos de Oliveira Castelo Branco e cá o Padre João Monteiro e para constar mandei fazer este termo que assinei. O Vigário João Machado Falcão.

Era o que continha o dito Assento e nada e para constar faço esta Certidão que sendo necessário o juro in verbum sacerdotis.

Hoje, Freguesia de Nossa Senhora da Conceição Aiuruoca, 17 de Fevereiro de 1749. O Vigário Francisco de Serqueira Campos.

 

Pais de, e.o.:

1-1-1 Ignez Maria do Rosário, batizada aos 08-10-1752 em Aiuruoca, onde em 1773 casou com Francisco José de Carvalho, natural de Guaratinguetá, filho do Capitão Lazaro Rodrigues de Carvalho e Ana Paes da Motta - aportes à GP: Ana Paes da Motta - SL. III, 84, 4-2.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 08 Outubro 1752 Rosário da Lagoa, IGNEZ, f.l. de Domingos Leme de Britto e Maria da Conceipsam; np de André Bernardes n. vila Sto Antonio de Guaratinguetá bispado de SPaulo e Margarida Nunes da mesma vila; nmaterna (*) de Antonio Pedroso e Lucrecia Nunes Barbosa da mesma vila e bispado; padr.: Cap. Manoel da Fonseca e Josefa Maria do Rosário moradores na Lagoa desta freguesia. Declaro abrir este assento por não constar do livro que servia no dito ano de 1752. Ayuruoca 02 julho 1773.

(*) Obs.: engano nos avós maternos

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas. aos 10 --- 1773 - Lagoa - Francisco Jose de Carvalho e Ignes Maria do Rosário.

Ele n. e b. Guaratinguetá, bisp. de SP, f. do Cap. Lazaro Rodrigues de Carvalho e Anna Paes.

Ela n. e b. Aiuruoca, f.l. de Domingos Lemes de Britto e de Maria da Conceição.

 

Ignez Maria e Francisco José tiveram q.d.

1-1-1-1 Antonio, batizado aos 01-10-1774 em Aiuruoca.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos, aos 01 Outubro 1774 Sto Antonio de Percicaba, ANTONIO, f.l. de Francisco Jose de Carvalho e s/m Ignes Maria da Conceipsam; np de Lasaro Rodrigues de Carvalho e Anna Paes da freg. de N. Sra. da Piedade Bispado de SP; nm de Domingos Leme de Britto e Maria da Conceipsam e Sylva desta freguesia; padr.: Domingos Leme de Britto seu avô materno e Anna Esmeria do Sacramento solteira filha do Guarda mor Miguel Nunnes Bernardes. Todos desta freguesia.

1-1-1-2 Ana, batizada aos 25-12-1777 na Capela do Rosário, foram seus padrinhos Miguel Rodrigues Feijó e Maria da Conceição, avó da batizada, moradores na Freguesia de Aiuruoca.

1-1-1-3 João, batizado aos 02-02-1779 tambem na Capela do Rosário, foram seus padrinhos André Bernardes, solteiro e Maria Joaquina, mulher de Francisco ---- de Oliveira.

 

1-1-2 Antonio Correa Rangel, natural da Aiuruoca. Casou aos 07-06-1784 em Resende-RJ com Margarida Francisca de Aguiar (ou da Conceição ou Rangel), natural de Aiuruoca, filha de Miguel Nunes Bernardes e de Catarina Nogueira de Aguiar, família Lucrecia Leme Barbosa e SL. 3º, 35, 5-7.

07-06-1784 na matriz do Campo Alegre pelo Padre Fancisco Xavier de Toledo. Antonio Correa Rangel, n/b em Aiuruoca, f.l. de Domingos Leme de Brito e Maria da Conceição Silva; = cc. Margarida Francisca de Aguiar, n/b Aiuruoca, f.. de Miguel Nunes Bernardes e Catharina Nogueira de Aguiar (Acervo Itamar Bopp, ficha 0295)

          Antonio, já falecido em 1823 (casamento do filho Francisco) e Margarida tiveram, entre outros, os filhos:

1-1-2-1 Theodoro, batizado aos 23-11-1788

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 23 Novembro 1788 Lagoa, Theodoro, f.l. de Antonio Correa Rangel e Margarida Francisca; padr.: Domingos Leme de Britto e Ignez Maria de Jesus.

1-1-2-2 Antonio José Bernardes, batizado aos 11-07-1790. Em Baependi aos 09-06-1813 casou com Silveria Maria de Alvarenga, filha de Joaquim Bueno Camargo e Josefa Maria de Alvarenga, família “João Martins de Azevedo”.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 11 Julho 1790 Rosário, Antonio, f.l. de Antonio Correa Rangel e Margarida Francisca de Aguiar, naturais desta freguesia.

 

Baependi, MG Igreja N Sra Monserrate aos 09-06-1813 na capela de N Sra da Conceição do Rio Verde filial desta matriz, Antonio Jose Bernardes, f.l. Antonio Correa Rangel e Margarida de tal = cc Silveira Maria de Alvarenga, f.l. Joaquim Boeno de Camargo e Josefa Maria de Alvarenga. Test.: Francisco Pimenta de Alvarenga e Domingos Lemes(?) Bernardes.

 

1-1-2-3 Luisa Clara do Nascimento, natural de Baependi, em Aiuruoca aos 19-10-1809 casou com Theodosio Jose de Souza, viúvo de Mariana Leite da Silva.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas. aos 19 Outubro 1809 cap. Alagoa - Theodosio Joseph de Soisa, viuvo de Marianna Leite da Silva; c/ Luisa Clara do Nascimento, f.l. de Antonio Correa Rangel e Margarida Francisca, n. e b. freg. de Baependi.

1-1-2-4 Manoel, batizado aos 02-11-1797

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 02 Novembro 1797 Lagoa, Manoel, f.l. de Antonio Correa Rangel e Margarida Francisca; padr.: Custodio Correa Rangel e Brigida Maria mulher de Manoel Pereira Golarte. Todos desta freguesia.

1-1-2-5 Francisco Correa Rangel, natural de Aiuruoca. Em Franca-SP aos 12-05-1823 casou com Ana Paes de Campos, filha de João da Costa Maldonado e Ana Antunes de Campos

Casamentos da matriz de N. S. da Conceição de Franca-SP aos 12-05-1823 Francisco Correa Rangel f.l. do finado Antonio Correa Rangel e Margarida Francisca de Aguiar, n. freg. Aiuruoca Bispado de Mariana = cc Ana Paes de Campos f.l. João da Costa Maldonado e Ana Antunes de Campos, n. desta freguesia, test.: Antonio Jose Bernardes e Joaquim Jose Dias, casados.

1-1-3 João batizado em 14-08-1767.

Aiuruoca, MG aos 14-08-1763 na capela da Alagoa bat a João, f.l. de Domingos Leme e Maria da Conceição, foram padrinhos Bericimo Francisco Silva e Maria da Silva. Aiuruoca 18-9bro-1763

1-1-4 Brigida Maria da Conceição, batizada aos 20-05-1765 em Aiuruoca.

Aiuruoca, MG aos 20-05-1765 na capela da Alagoa bat a Brigida, f.l. de Domingos Leme de Brito e Maria da Conceição, foram padrinhos João Peres de Gusmão e Catarina da Silva, casada com Mig.l Nunes. Aiuruoca 23 de maio de 1765.

          Em novembro de 1783 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade para se casar com José Joaquim das Neves, filho de João dos Reis Neves, natural do Bispado do Porto e Lucrecia Leme Rangel, família “Matheus Leme Barbosa”. Aparentemente este casamento não se realizou  pois, em 31-01-1786 Brigida se casou com Manoel Pereira Gularte, filho de João Pereira Gularte e Isabel Nunes de Siqueira - família “Isabel Nunes de Siqueira”.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas. aos 31 Janeiro 1786 - cap. Rosário - Manoel Pereira Gularte, f.l. de João Pereira Gularte e Isabel Nunes de Siqueira; c/ Brigeda Maria da Conceição, f.l. de Domingos Leme de Brito e Maria da Conceição Silva.

Naturais e bts. nesta freguesia.

Pais de, e.o.:

1-1-4-1 Maria Joaquina da Conceição, casou com Zepherino Vasques Fernandes. Pais de, batizados em Aiuruoca, e.o.:

Manoel, aos 25-08-1822; Policena, aos 03-03-1824 e Laurinda, aos 27-08-1826

1-1-4-2 Ana Esmeria de São José, casou com José Mendes de Carvalho, filho do Capitão Joaquim Mendes de Carvalho e Maria Josefa de Carvalho, família “Mendes de Carvalho” Cap. 3º, neste site.

1-1-4-3 Manoel, batizado aos 12-04-1790

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 12 Abril 1790 Lagoa, Manoel, f.l. de Manoel Pereira Goulart e Brigida Maria da Conceição; padr.: Manoel Ferreira Ribeiro e Rosa Pereira de Jesus. Todos desta freguesia.

1-1-4-4 Antonio, batizado aos 05-12-1797

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos - aos 05 Dezembro 1797 Lagoa, Antonio, f.l. de Manoel Pereira Golarte e Brigida Maria de Jesus, padr.: Custodio Correa Rangel e Anna Maria Joaquina mulher de Manoel Ferreira Ribeiro. Todos desta freguesia.

1-1-4-5 Brigida, batizada aos 04-03-1802

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 04 Março 1802, matriz, Brigida, f.l. de Manoel Pereira Gularte e Brigida Maria da Conceição; padr.: Alf. Manoel Correa Rangel casado e, Margarida Nunes do Bom Sucesso por pp. que dela apresentou Maria Joaquina. A madrinha da vila de Resende, Bispado do RJ e os pais desta freguesia.

1-1-4-6 Bibiana, batizada aos 18-05-1804

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 18 Maio 1804 matriz, Bibiana, f.l. de Manoel Pereira Goulart e Brigida Maria da Conceição; npaterno de João Pereira Goulart e Isabel Maria de Siqueira; nmaterno de Domingos Leme de Brito e Maria da Conceição naturais de S.Paulo. Padrinhos o Revdo. Joseph d'Abreu e Silva e D. Rita Leocadia de Toledo.

1-1-4-7 Renato, batizado aos 24-08-1806

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 24 Agosto 1806 matriz, Renato, f.l. de Manoel Pereira Goulart e Birgida Maria da Conceição; padr.: Joseph Esau dos Santos e D. Theresa, filha do Guarda mor Manoel Nunes de Mendonça.

1-1-5 Ana Maria da Conceição, batizada aos 20-02-1767 em Aiuruoca onde aos 31-01-1786 casou com Manoel Ferreira Ribeiro, filho de Manoel Ferreira de Carvalho e Rosa Pereira de Jesus, neto paterno de João Ferreira de Carvalho e Maria Soares Ribeira, naturais da freguesia de S. Vicente de Sousa, Concelho de Filgueiras Termo Guimarães, Arcebispado de Braga; neto materno de João Pereira Goulart, natural das Ilhas e Izabel Nunes de Siqueira do Bispado de S. Paulo, família “Isabel Nunes de Siqueira”.

Aiuruoca, MG bat aos 20-02-1767 na Capela da Sra do Rosario da Lagoa, filial desta matriz, bat a Ana, f.l. de Domingos Leme de Brito e Maria da Conceição; foram padrinhos P. Carlos Ribeiro da Fonseca e Ignacia Maria de Jesus, solteira.

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas.- aos 31 Janeiro 1786  Manoel Ferreira Ribeiro, f.l. de Manoel Ferreira de Carvalho e Rosa Pereira de Jesus;

c/ Anna Maria da Conceição, f.l. de Domingos Leme de Brito e Maria da Conceição Silva. Naturais desta freguesia.

Pais de, pelo menos:

1-1-5-1 Manoel, batizado aos 26-07-1802

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 26 Julho 1802 Lagoa, Manoel, f.l. de Manoel Ferreira Ribeiro e Anna Joaquina da Conceição; padr.: Antonio Correa Rangel e sua mulher Margarida Francisca.

 

1-1-6 Manoel Correa Rangel, nasceu aos 24-05-1767 e foi batizado em 12 de junho do mesmo ano. Casou duas vezes.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos-  aos 12 junho 1767 cap. Rosario, Manoel, f. de D.os Leme de Britto e de Maria da Conceição s/m, nasceu aos 24 maio, padr.: Verissimo Fr.c S.ª solteiro, e madr.: Catharina da --- mulher do guarda mor Miguel Nunes Bernardes, moradores todos nesta freguesia.

          Em primeiras núpcias aos 28-11-1792 em Baependi, Manoel casou com Maria Francisca de Alvarenga, natural de Parati-RJ, filha de Francisco Coelho de Oliveira e Anna Maria de Alvarenga. Em segundas, em Aiuruoca aos 15-04-1800 com Maria Antonia do Sacramento, viúva do Alferes José Joaquim de Barros. Geração na família “Martins Covas”, Cap. 2º, neste site.

 

1-1-7 Margarida Nunes Rangel em 1783 em Aiuruoca-MG requereu dispensa do impedimento de consanguinidade pela parte paterna em 2º grau por linha colateral igual e pela materna em 2º misto com 3º para se casar com André Bernardes Rangel, natural de Aiuruoca, filho de Miguel Nunes Bernardes e de Catarina Maria da Silva Aguiar, família “Lucrecia Leme Barbosa”, neste site.

 

1-1-7 Domingos Lemes Bernardes, batizado aos 10-02-1771 em Aiuruoca, casou com Úrsula Francelina de Castilho.

Aiuruoca, MG bat - aos 10-02-1771 na capela da Alagoa bat a Domingos nasceu aos 27 do mes de janeiro do dito ano, f.l. de Domingos Leme de Brito e Maria da Conceição, foram padrinhos Francisco Jose de Carvalho e Maria Antonia mulher de João Peres, moradores na Alagoa desta freguesia.

          Domingos faleceu com testamento e foi sepultado na Capela do Rosário da Freguesia de Pouso Alto a 7 de janeiro de 1838, com 60 e tantos anos. Declarou naturalidade, filiação, a prole legítima de doze filhos e cinco filhos naturais tidos em solteiro. Nomeou 2º testamenteiro “meu genro Jose Ferreira Gomes” sem citar a filha (testamento neste site):.

Filhos naturais:

1-1-7-1n Domiciano Antonio da Cunha “filho de Clara de tal, batizado na Capela do Rio Verde de Baependi”.

1-1-4-2n Justino “filho de Micaela, fâmula de que foi de André Bernardes morador na Vila de Resende”.

1-1-7-3n José Teodoro Bernardes “filho de Maria Francisca da Silva batizado na Capela do Rio Verde”

 

“filhas de Isabel Lemes batizadas na Freguesia de Pouso Alto”

1-1-7-4n Maria casada com José Antonio de Lima. Pais de, pelo menos:

1-7-4n-1 João Cândido, legatário do avô materno.

1-1-7-5n Domiciana casada com Joaquim José Moraes

 

Filhos legítimos:

1-1-7-1 Ana Francelina

1-1-7-2 Maria Clementina de Castilho, dispensados do impedimento de consanguinidade duplicado em 2º grau e em 4º grau em linha transversal igual sendo pela parte paterna e pela materna, casou com Silvério Correa Rangel, batizado em Aiuruoca em 10-06-1810, filho de Manoel Correa Rangel e Maria Antonia do Sacramento, neto paterno de Domingos Leme de Brito e Maria da Conceição Silva, neto materno de Lourenço José de Andrade e Silva e Úrsula Maria de Jesus.

Processo Matrimonial - Aiuruoca-MG, Livro Misto 1826-1829

Oradores Silverio Correa Rangel e Maria Clementina, da freguesia de Aiuruoca

Data: (11) março 1829

Impedimento: Consanguinidade em 2º grau da linha transversal igual, primos co-irmãos.

Testemunhas:

1ª - Manoel Jose de Barros, natural do Bispado de Aveiros do Reino de Portugal, branco, casado e morador nesta freguesia de Aiuruoca há 40 anos, aonde vive de sua industria, de idade de 67 anos,

(não tem o verso)

Silverio Correa Rangel e Maria Clementina de Castilho são primos irmãos porque:

-o Capitão Manoel Correa Rangel, pai do orador, é irmão de Domingos Leme Bernardes pai da oradora.

Que a oradora vive honestamente e seus pais tem mais filhos pra estabelecer e poucos bens.

- Tristão Antonio da Silveira, branco, casado, natural da Freguesia da Vila de São João e morador nesta ha 21 anos aonde vive de negocio de fazenda seca, de idade de 41 anos.

Juramento do Orador:

Silverio Correa Rangel, natural desta freguesia de Aiuruoca e na mesma morador aonde vive em companhia de seus pais. Homem banco, solteiro, de idade de 19 anos.

Disse ser ele orador e Maria Clementina de Castilho primos irmãos . Porque o Capitão Manoel Correa Rangel, pai dele orador, é irmão de Domingos Leme Bernardes, pai da oradora Maria Clementina de Castilho.

Dizem Silverio Correa Rangel e Maria Clementina que tendo obtido a graça da dispensa da consanguinidade em 2º grau da linha transversal igual, por serem irmãos seus pais, por enquanto não requerendo outra consanguinidade que é entre a mãe do orador e o pai da oradora, por suporem-na fora do 4º gau, mas como agora antes de contrairem o matrimonio aparece esta nova causal, existindo esse impedimento no 4º grau, e não excedendo ao 3º, requerem conceda a dispensa dita,

Autos de Dispensa dos oradores Silverio Correa Rangel e Maria Clementina e estão ligados com o impedimento de consanguinidade duplicado em 2º e 4º grau em linha transversal igual sendo pela parte paterna e pela materna

 

         Pais de, pelo menos:

1-1-7-2-1 Joaquim Silvério, legatário do avô materno.

1-1-7-3 Emerenciana

1-1-7-4 Cândida

1-1-7-5 Balbina

1-1-7-6 Antonio

1-1-7-7 Silvéria

1-1-7-8 Carlota

1-1-7-9 Domingos

1-1-7-10 Salviano

1-1-7-11 Carolina

1-1-7-12 José

 

1-1-8 Francisco, batizado em 31-07-1774.

Aiuruoca, MG aos 31-07-1774 na capela da Alagoa bat a Francisco, f.l. de Domingos Leme de Brito e Maria da Conceição, foram padrinhos Cap. Francisco Dias de Vasconcellos e Joaquina Maria de Oliveira casada com Verissimo Francisco, todos desta freguesia.

1-2 Teodora da Silva batizada em Aiuruoca aos 16-01-1737.

Aiuruoca aos 16-01-1737 nesta matriz bat a Teodora, f.l. do Lic. Antonio da Silva e Ignez de Moraes, foram padrinhos Bras de Almeida Faria Gayo e Maria da Silva, mulher de Diogo Pinto, todos desta freguesia.

          Casou aos 19-9-1753 na Capela do Rosário com o viúvo Agostinho Machado Furtado, filho de Sebastião Mendes Furtado e de Helena Machado de Vasconcellos SL. 8, 478, 1-6 onde não consta o filho Agostinho. Agostinho era viúvo de Juliana de Souza Pereira.

(pesq. Moacyr Villela): Casamentos de Aiuruoca-MG - Aos 19 de Setembro de 1753 na Capela da Senhora do Rosario da Alagoa casaram Agostinho Machado ...tado filho legitimo de Sebastião Mendes Furtado e de Elena Machado de Vasconcelos natural da Freguesia de Santo Amaro Bispado de São Paulo viúvo que ficou de Juliana de Souza Pereira com Teodora da Silva batizada nesta Freguesia filha legitima de Antonio da Silva e de Ines de Morais. Foram testemunhas o licenciado Jose Teixeira Pinto, casado e Manoel Jose Alves Porto, solteiro...

 

          Teodora faleceu em 17-08-1757 e foi inventariada em 1759 pelo viúvo. Deixou filha única do seu casal:

Museu Regional de São João Del Rei – Inventários de São João Del Rei cx 491

Inventariada: Teodora da Silva

Inventariante: Agostinho Machado Furtado - viúvo

Inicio do Inventario: 21-11-1759

Local – Sitio da Boa Vista do caminho velho. Pouso Alto

Anotado por Moacyr Villela

 “Neste sitio da Boa Vista do caminho velho presentes os louvados”... (ilegível)... De Rodrigues Simões e... Faleceu a 19 de agosto de 1757. Deixou por herdeira uma filha menor. (nome da herdeira não declarado e rasgado no formal de partilha)

BENS –

3 escravos

2 cavalos, 4 éguas, 20 cabeças de gado;

- Sitio com casas cobertas de capim, senzalas e cozinha com suas terras anexas – 80.000;

- 2 alqueires de planta de milho – 14.400

Dividas Ativas:

- João Mendes de Paiva – 36.000;

- Domingos de Oliveira Leitão – 40.000;

- Francisco de Souza – 17.600;

- Miguel Nunes Bernardes – 20.000

Divida Passiva:

- Jose Pinto de Miranda – 19.000

MONTE MOR – 550.480

Prestação de contas em 1776:

“Diz Manoel Ferreira Gomes ser casado com Maria Machado da Silva filha legitima de Agostinho Machado Furtado e Teodora da Silva”.

Assento de casamento: “A 19 de julho de 1770 na matriz de Nossa Senhora do Monteserrate de Baependi casaram se Manoel Ferreira Gomes natural e batizado na Freguesia de São Miguel de Vilarinhos, Termo da Vila de Guimarães, Arcebispado de Braga, filho legitimo de João(ou Jose) Ferreira Borges falecido e de Maria Francisca Gomes, com Maria Machada da Silva natural desta, filha legitima de Agostinho Machado Furtado e de Teodora da Silva”.

 

1-2-1 Maria Machada da Silva, natural de Baependi, aos 19--07-1770 casou com Manoel Ferreira Gomes, natural de vila de S. Miguel de Villarinho Arcebispado de Braga, filho de José Ferreira Villarinho e Maria Machada da Silva.

Pais de, q.d.:

1-2-1-1 Maria Ferreira da Silva, batizada aos 31-01-1773 na Capela do Rosário filial de Aiuruoca. Em Baependi aos 25-10-1793 casou com Antonio Francisco da Silva, natural de Lorena, filho do Tenente José Rodrigues de Carvalho e Ana Francisca da Silva

Igreja N.Sra. da Conceição de Aiuruoca, MG - batismos- aos 31 Janeiro 1773 Rosário da Lagoa, Maria, f.l. de Manoel Ferreira Gomes n. vila de S. Miguel de Villarinho Arc. Braga, e s/m Maria Machada da Sylva n. Baependi; np de Jose Ferreira Villarinho n. da dita freguesia e arcebispado e de Maria Francisca Gomes n. de S. Thiago de Figueiro bispado do Porto; nmaterna de Agostinho Machado Furtado n. Pouso Alto e Theodora da Sylva n. desta freguesia; padr.: Jose Marques solteiro, e Maria da Conceissam mulher de Domingos Leme de Brito.

 

Diocese de Campanha, Paróquia de Baependi. lv. 5 -. aos 25 Outubro 1793 Antonio Francisco da Silva e Maria Ferreira da Silva.

Ele f.l. do Ten. Jose Roiz de Carvalho e Anna Francisca da Silva; n. e b. na vila de Lorena, Bispado de SP.

Ela f.l. do Alf. Manoel Ferreira Gomes e Maria Machada da Silva; n. e b. na freg. de Aiuruoca.

 

1-3 Antonio dos Santos da Silva, batizado em 09-11-1738, póstumo. Com 15 anos em 18-03-1754.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 09 Novembro 1738 Antonio, filho póstumo de Antonio da Silva e s/m IInes de Moraes, padr.: Narcizo de Faria e Silva e Brizida Maria da Conceição mulher de ------ Oliveira Castello Branco.

          Aos 24-06-1761, Antonio casou com Maria Teresa Jardim de Aragão, natural de Curral del Rei, filha de Miguel da Fonseca Pereira, natural de S. José das Itapororocas, e de Maria Angelica do Espirito Santo, naturaç  da frg. do Sr Bom Jesus do Rio das Contas, ambas do Arc. da Bahia, neta paterna do Cap. João da Fonseca Cruz, natural da cidade do Porto e de Ana de Souza Pereira da dita frreguesia de Itapororoca, neta materna de José Ribeiro de Souza e Leonor Francisca, ambos de S. Pedro da Moretiba Arc. da Bahia.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 aos 24-06-1761 Antonio dos Santos Silva, nat de Aiuruoca, f.l. de Antonio da Silva nat de Leyria e de Inez de Morais nat de Aiuruoca, np Antonio da Silva e Isabel das Neves nts de Leyria, nm de Narcizo de Faria e Maria Pedrosa, ambos nts de Mogi das Cruzes = com Maria Teresa Jardim de Aragão, nat de N Sra da Conceição de Currral del Rei, f.l. Miguel da Fonseca Pereira, nat da freg. de S. Jose das Itaprorocas Arc. da Bahia, e Maria Angelica do Espirito Santo, nat da frg. do Sr Bom Jesus do Rio das Contas Arc. da Bahia, np do Cap. João da Fonseca Cruz, nat da cidade do Porto e D. Ana de Souza Pereira, nat da dita freguesia das Itaprorocas, nm de Jose Ribeiro de Souza e Leonor Francisca, ambos nts da freg. de S. Pedro da Moreitiba Arc. da Bahia.

          Antonio, falecido aos 08-09-1773, e Maria Teresa tiveram os filhos, q.d.:

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) óbitos (1753-1797) fls. 97 aos 08-09-1773 Antonio dos Santos Silva, com 33 anos, cc Maria Teresa, nat de Alagoa de Aiuruoca.

1-3-1 Antonio dos Santos Silva batizado em 16-05-1762.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 fls.92 aos 16-05-1762 bat a Antonio, f.l. Antonio dos Santos Silva e Maria Teresa Jardim, padr.: Francisco Xavier Bernardes, casado, e Maria Angelica Jardim cc Miguel da Fonseca Pereira.

          Segundo SL. 3, 37, 5-8, casou em 1783 com Margarida Pereira Rangel, filha de Manoel Pereira Fialho Serpa e Maria Magdalena de Jesus.

1-3-2 Teresa Maria de Jesus, batizada em 21-12-1766.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 fls. 94 aos 21-12-1766 Teresa, f.l. Antonio dos Santos Silva e Maria Teresa de Jesus.

          Segundo SL. 3, 26, 5-5, casou com Floriano Leme do Prado, filho de Francisco João dos Passos e Lucrecia Leme do Prado

1-3-3 José, batizado em 05-08-1770.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 fls. 95 aos 05-08-1770 Jose f.l. Antonio dos Santos Silva e Maria Teresa Jardim

 

 

Ignes Pedrosa de Moraes e seu segundo marido Francisco Xavier Bernardes tiveram os filhos, q.d.:

 

1-4 Helena Francisca de Gusmão natural de Aiuruoca, em Delfim Moreira aos 10-05-1753 casou com Manoel Diniz da Silveira, natural da Ilha do Pico Bispado de Angra, filho do falecido Manoel Diniz da Silveira e Madalena Pedroso de Moraes, natural de Lorena-SP.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 aos 10-05-1773 Manuel Diniz da Silveira, f.l. Manuel Diniz da Silveira, falecido nat da Ilha do Pico Bisp. de Angra e Madalena Pedroso de Moraes nat. da freg. da Piedade Bisp. de S.Paulo = cc Helena Francisca de Gusmão, n. Aiuruoca, f.l. Francisco Xavier Bernardes nat. de Guaratingueta e Ignez Pedrosa de Moraes nat de Mogi das Cruzes, np de Andre Bernardes de Brito e Margarida Nunes Rangel, nm Narciso de Faria Silva nat da vila de Parnaiba e Maria Pedrosa de Moraes nat de Mogi das Cruzes. O noivo nat de N. S. da Piedade Bisp, de S. Paulo

Helena e Manoel tiveram os filhos, q.d.:

1-4-1 Ana Maria da Silveira, natural de Itajuba. Em Aiuruoca aos 19-02-1798 casou com Bento Teixeira de Medeiros, ai batizado em 03-05-1772, filho de Domingos de Medeiros e Ana Teixeira.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas. - aos 19 fev 1798 - matriz - Bento Teixeira de Medeiros, f.l. de Domingos de Medeiros e Anna Teixeira, n. e b. nesta freguesia; cc/ Anna Maria da Silveira, f.l. de Manoel Dinis da Silveira e Elena Francisca de Gusmão, n. e b. freg. de Itajubá, bispado de SP.

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 03 maio 1772 Alagoa, BENTO, f.l. de Domingos de Medeiros e Anna Teixeira, q.n. aos 25 abril, padr.: Domingos Pereyra da Silva e Esperança Dias casados.

1-4-2 Francisco Diniz da Silveira, natural de Itajuba. Em Resende-RJ aos 05-088-1798 casou com Maria Angelica do Espirito Santo, natural de Pindamonhangaba, filha de Antonio Luiz Pereira e da falecida Ana Maria do Rosário.

05-08-1798 na matriz de Resende pelo Vig. Antonio de Mattos Nobrega de Andrada.  Francisco da Silveira, n/b na vila de Itajuba-SP, f.l. de Manoel Diniz da Silveira e Ilena Francisca de Gusmão; = cc. Maria Angelica do Espirito Santo, n. Pindamonhangaba, f.l. de Antonio Luiz Pereira e Anna Maria do Rosario, já defunta, Test.: Manoel Alves Franco e Bento Pinto de Magalhães (acervo Itamar Bopp ficha 0379)

Francisco e Maria Angelica tiveram filhos em Resende-RJ, entre eles:

1-4-2-1 Merenciana batizada em 08-06-1799.

16-06-1799 Merenciana, n. 08-06-1799, f.l. de Francisco da Silveira Gularte(sic), n. de Itajuba Bispado de S. Paulo e Maria Angelica do Espirito Santo, n. de Pindamonhangaba; np de Manoel Diniz da Silveira, n. da vila de Lorena e Helena Francisca de Gusmam, n. de Aiuruoca; nm de Antonio Luiz Pereira e Anna Maria. Bat. em Resende, pelo revº Vig. Antonio de Mattos Nobrega de Andrada. (acervo Itamar Bopp ficha 0068)

1-4-2-2 Antonio em 10-03-1816.

10-03-1816 em S. Luiz Beltrão pelo Padre Francisco Xavier de Toledo, Antonio, f.l. de Francisco Diniz da Silveira, n. Itajuba e Maria Angelica do Espirito Santo, n. Pindamonhangaba; np Manoel Diniz da Silveira, n. vila de Lorena e Elena Francisca (de Gusmão), n. da freguesia de Itajuba; nm incognitos. (acervo Itamar Bopp ficha 0963)

1-4-3 Manoel Diniz Pereira, natural de Itajuba, casou com Joana de Góes, filha de Pedro de Goes Raposo, natural de Resende e Margarida Nunes, natural de Parati ou Guaratingueta, estes casados em Resende aos 28-05-1776, neta paterna de G. Raposo e Antonia Fragosa de Sampaio, neta materna de Francisco de Brito Guedes e Antonia Rodrigues

28-05-1776 na Matriz de Campo Alegre pelo Vig. Henrique José de Carvalho. Pedro de Gois Rapozo, n/b na feg. de Campo Alegre, f.l. de Gre.... Raposo e Antonia Fragoza de Sam Paio; = cc. Margarida Nunes, n/b freg. S. Ant. de Guaratinguetá, f.l. de Francisco de Brito Guedes e Antonia Rodrigues (acervo Itamar Bopp ficha 0291)

Pais de, q.d.:

1-4-3-1 Emanuela batizada em 30-12-1801

30-12-1801 Emanuela, f.l. de Manoel Diniz Pereira, n. Itajubá e Joanna de Gois; np Manoel Diniz da Silveira, n. Lorena e Helena Francisca, n. Aiuruoca; nm Pedro de Godois(sic) Raposo, n. Aiuruoca e Dona Margarida Nunes, n. Parati. Padr.: Manoel Diniz da Silveira e sua mulher. Bat. em Resende pelo Vig. Francisco Xavier de Toledo (acervo Itamar Bopp ficha 0610).

 

1-5 Andre Bernardes do Nascimento, natural da Alagoa de Aiuruoca. Em Delfim Moreira aos 30-10-1783 casou com Ignez Gonçalves de Jesus, natural de Aiuruoca, filha de Pascoal Gonçalves e Maria Rodrigues do Nascimento, neta paterna Antonio Gonçalves Tinoco e Maria Pires da Silva, neta materna de José Rodrigues Braga e Maria Bicuda, família “José Rodrigues Braga”.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 fls. 5 aos 30-10-1783 Andre Bernardes do Nascimento nat da Alagoa de Aiuruoca, f.l. Francisco Xavier Bernardes e Inez Pedrosa de Morais, np Andre Bernardes de Gusmão e Margarida Nunes, nm Narciso de Faria e de não sabia = cc Ignez Gonçalves de Jesus nat de Aiuruoca, f.l. Pascoal Gonçalves e Maria Rodrigues do Nascimento, np Antonio Gonçalves Tinoco e Maria Pires da Silva, nm de Jose Rodrigues Braga e Maria Bicuda.

André e Ignez tiveram, pelo menos (indicação Mauricio Prado):

1-5-1 Maria Bernardes do Nascimento, natural de Itajuba. Em Delfim Moreira-MG aos 23-04-1801 casou com Francisco Teixeira da Fonseca, natural de Barbacena, filho de Agostinho de Teixeira da Fonseca, natural de S. Miguel de Sarzedo, comarca de Guimarães e Ana de Souza Lima, natural de Barbacena, neto paterno de Braz Teixeira e Custódia da Fonseca, neto materno de Pedro de Souza Lima e Isabel de Siqueira Portes - família João Pereira Themudo Cap. 1º.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 fls. 41 aos 23-04-1801, Francisco Teixeira da Fonseca com Maria Bernardes do Nascimento. Ele natural de Barbacena, filho legitimo de Agostinho de Teixeira de Afonseca, natural de Guimaraes, Arc. de Braga, e de Ana de Souza Lima, natural de Barbacena, n.p(sic). de Pedro de Souza Lima, natural de Sao Paulo, e de Izabel de Siqueira Portes, natural de Taubate. Ela natural de Itajuba, filha legitima do furriel Andre Bernardes do Nascimento, natural de Ayuruoca, e de Ignez Goncalves de Jesus, natural de Ayuruoca, n.p. de Francisco Xavier Bernardes e de Ignez Pedrosa, nts de Guaratingueta, n.m. de Paschoal Goncalves, natural de Pitoens, e de Maria Rodrigues do Nascimento, natural de Guaratingueta.

Francisco e Maria tiveram, q.d.: (indicação Mauricio Prado)

1-5-1-1 Maria Bernarda aos 14-02-1825 casou com Joao Ferreira de Azevedo, natural de Pouso Alto.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) aos 14-02-1825 João Ferreira de Azevedo, nat. de Pouso Alto, com Maria Bernarda f. de Franciso Teixeira da Fonseca e de Maria Bernarda, nat. de Itajuba.

1-5-2 Francisca Bernardes do Nascimento aos 27-11-1804 casou com Antonio da Silva Rosa natural de Santa Marinha de Vila Nova de Gaia, Bispado do Porto, filho de Jacyntho Rodrigues Rosa e Rita da Silva.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) aos 27-11-1804 Antonio da Silva Rosa fl de Jacinto Rodrigues Rosa e de Rita a Silva, nat. da freg. de Santa Marinha da Vila Nova de Gaia, Bisp. do Porto, com Francisca Bernardes do Nascim ento, fl de Andre Bernardes do Nascimento e de Inez Gonçalves de Jesus, nat. de Itajuba.

1-5-3 Josefa Hipolita de Nazare aos 18-05-1812 casou com Joaquim dos Santos Ferreira, natural da freguesia de Santo Antonio do Serro Frio Bispado de Mariana, filho do Cap. Joaquim do Santos Ferreira e de Maria Angelica do Nascimento

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) aos 18-05-1812 Joaquim dos Santos Ferreira, fl do Cap. Joaquim do Santos Ferreira e de D. Maria Angelica do Nascimento, nat. da freg. de Santo Antonio do Serro Frio Bisp. de Mariana = com D. Josefa Hipolita de Nazare, fl. do Furriel Andre Benardes do Nascimento e de D. Inez Gonçalves de Jesus, nat.de Itaajuba.

1-6 Francisco Xavier Bernardes, batizado aos 14-06-1745 em Aiuruoca.

Aiuruoca, MG aos 14-06-1745 na capela da Alagoa bat a Francisco, f.l. de Francisco Xavier Bernardes e Ignez de Moraes, foram padrinhos Manoel de Vargas e Catarina de Aguiar, solteiros.

 

Aiuruoca, MG aos 26-07-1748 na capela da Sra do Rosario da Alagoa bat a Francisco, f.l. de Francisco Xavier Bernardes e Ignez Pedrosa de Moraes, foram padrinhos Manoel de Valgas e Catarina de Mendonça; e por não fazer o assento em tempo, e para a todo constar, fiz este assento.

          Em Delfim Moreira aos 27-02-1787 casou com Genoveva Maria da Porciuncula, natural de S. Paulo, filha de Inacio Borges Pedroso, de S. Paulo e Mariana Leme do Prado de Pindamonhangaba (SL. 9, 43, 2-1), neta paterna de Manoel Dutra Machado e Isabel Pedrosa de Barros, naturais da cidade de S. Paulo (SL. 9, 43, 1-8), neta materna de José Barreto Leme e de sua primeira mulher Ana Cordeiro de Sene (SL. 3, 12, 3-6 ou “de Lane” segundo Monsenhor Lefort).

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 aos 27-02-1787 Francisco Xavier Bernardes nat da Alagoa de Aiuruoca, f.l. Francisco Xavier Bernardes nat de Guaratingueta e de Inez Pedrosa de Moraes, nat. de Mogi das Curzes, np Andre Bernardes de Gusmão, nat de Guaratingueta e Margarida Nunes nat da mesma Guaratingueta, nm Narciso de Farias e Maria Pedrosa, ambos nts de Mogi das Cruzes = cc Genoveva Maria da Porciuncula, nat da cidade de S. Paulo, f.l. Inacio Borges Pedroso, nat da cidade de S. Paulo e Mariana Leme do Prado nat de Pindamonhangaba, np Manuel Dutra Machado e Isabel Pedrosa de Barros, nts da cidade de S. Paulo, nm Jose Barreto Leme e Ana Cordeira de Lane, nts de Taubate.

Francisco já era falecido em 13-01-1823 (casamento da filha Feliciana): Entre os filhos do casal:

1-6-1 Ana Antonia de Jesus, natural de Itajuba. Em Delfim Moreira aos 18-02-1808 casou com Manoel do Amaral Gurge, natural de Taubate, filho de Salvador de Freitas Cordeiro e Maria Francisca da Conceição.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) aos 18-02-1808 Manuel do Amaral Gurgel, f.l. de Salvador de Freitas Cordeiro e de Maria Francisca de Jesus, nat. de Taubaté; com Ana Antonia de Jesus, fl. de Francisco Xavier Bernardes e de Genoveva Maria da Porciuncula, nat. de Itajuba.

1-6-2 Maria Joaquina de Jesus, natural de Itajuba. Em Delfim Moreira aos 01-08-1809 casou com Francisco Rodrigues de Siqueira, natural de Itajuba, filho de Manoel Rodrigues de Siqueira, natural de Lorena, e de Floriana de Souza Rosa, natural de Itajubá, onde casaram em 29-06-1780, neto paterno de Manoel Gil de Siqueira, natural de Taubaté e de Isabel Rodrigues Diniz, natural de Guaratingueta, neto materno de Inacia de Souza Pereira, natural da cidade de S. Paulo e de Manoel dos Santos Rosa, natural de S. Cosme e Damião Bispado do Porto,casados em Santo Amaro-SP em 24-05-1749; Manoel filho de Domingos Martins e Maria Lourença da Rosa, Inácia filha de Jose de Souza Pereira e Gertrudes Gonçalves Furtada.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) aos 01-08-1809 Francisco Rodrigues de Siqueira, nat. de Itajubá, fl. de Manuel Rodrigues de Siqueira, nat. de Lorena, e de Floriana de Souza Rosa, nat. de Itajubá, np. de Manuel Gil de Siqueira, nat. de Taubaté e de Isabel Rodrigues Diniz, nat. de Guaratingueta, nm de Inacio de Souza Pereira, nat. da cidade de S. Paulo e de Manuel dos Santos Rosa (sic); com Maria Joaquina de Jesus, nat. de Itajuba, fl. de Francisco Xavier Bernardes, nat. de Aiuruoca e de Genoveva da Porciuncula, nat. de Pindamonhangaba, np de Francisco Xavier Bernardes, nat. de Guaratingueta e de Inez de Morais, nat. de Aiuruoca, nm de Inacio Borges Pedrosp, nat da cidade de S. Paulo e de Mariana Lemes do Prado, nat. da cidade de S. Paulo.

 

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort

 aos 29-06-1780 Manuel Rodrigues de Siqueira, natural da freg de Piedade-SP, f.l. de Manuel Gil de Siqueira e Izabel Rodrigues Diniz, = cc Floriana Rosa de Souza, natural de Itajuba, f.l. de Manuel dos Santos Rosa, falecido e Ignacia da Silva.

 

RMJ: Casamentos de Sto Amaro-SP aos 24-05-1749; Manoel dos Santos Rosa, natural da freguesia de S. Cosme e Damião do Bispado do Porto, filho de Domingos Martins e Maria Lourença da Rosa; cc. Inacia de Souza Pereira, natural desta, filha de Jose de Souza Pereira e Gertrudes Gonçalves Furtada. T.: Jeronimo Muniz de Menezes e Gaspar Nunes de Brito.

          Francisco e Maria Joaquina tiveram, q.d.: (indicação Mauricio Prado)

1-6-2-1 Delfina Maria de São José, batizada em Itajuba aos 21-10-1810.

Itajuba, MG Igreja N Sra da Soledade aos 21-10-1810 nesta igreja de Itajuba bat a Delfina, f. de Francisco Rodrigues de Siqueira e de Maria Joaquina. Padrinhos Francisco Xavier Bernardes e Genovefa Maria sua mulher.

         Aos 18-04-1829 em Defim Moreira, casou com Tomas de Aquino, natural de Pouso Alto, filho de Tomas de Aquino Ribeiro, natural de Aiuruoca e Anna Fernandes de Moraes (tambem citada como Ana Ferreira de Moraes) natural da Borda do Campo, casados em Aiuruoca em 07-03-1791, neto paterno de José Ribeiro de Mendanha e Margarida Dias de Jesus, neto materno de Simão Rodrigues Chaves e Escolastica Pereira - família “Josefa de Oliveira Leite”, neste site.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) - aos 28-04-1829 Tomaz de Aquino, f. de Tomaz de Aquino Ribeiro e de Ana Fernandes de Moraes, falecida, nat. de Pouso Alto, com Delfina Maria de S. Jose, f. de Francisco Rodrigues de Siqueira e de Maria Joaquina de Jesus, nat. desta.

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas. aos 07 março 1791 - matriz - Thomas de Aquino Ribeiro e Anna Fernandes de Moraes. Ele f.l. de Joseph Ribeiro de Mendanha e de Margarida Dias de Jesus, n. e b. nesta freg. de Aiuruoca. Ela f.l. de Simeão Rodrigues Chaves e Escolastica Pereira, n. e b. freg. Borda do Campo.

         Tomas de Aquino Ribeiro, segunda vez aos 04-05-1828, casou com Maria Alves de Sene, viúva de Luiz Gonçalves.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) aos 04-05-1828 Tomas de Aquino Ribeiro, viuvo de Ana Ferreira de Moraes = cc Maria Alves de Sene, viuva de Luiz Gonçalves sepultado na capela do Capivari.

1-6-3 Francisco Xavier Bernardes aos 12-05-1818 casou com Margarida Francisca de Jesus, natural de Guaratinguta-SP, filha de Antonio José Ribeiro, natural de Guaratingueta e Francisca Maria de Jesus, natural de Pindamonhangaba.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 2. aos 12-05-1818 Francisco Xavier Bernardes fl. de Francisco Xavier Bernardes e de Genoveva Maria da Conceição, nat. de Itajuba; com Margarida Francisca de Jesus, fl de Antonio Jose Ribeiro e de Francisca Maria de Jesus, nat. de Guaratingueta.

          Antonio José Ribeiro e Francisca Maria de Jesus casaram em Guaratingueta em 11-09-1792. Ele filho de Gonçalo Machado Ribeiro natural da freguesia de S. Romão do Corgo Arc. de Braga e de Margarida Pedrosa de Jesus, natural de Guaratingueta (casados em Guaratinguetá em 27-07-1756), neto paterno de Miguel Machado e de Helena Ribeiro naturais da mesma freguesia de S. Romão, neto materno de João Ferreira Cintra e de Luzia Guedes Pedroza natural de Guaratingueta. Francisca Maria era filha de João da Costa Silva natural da cidade do Porto e de Maria Nunes de Siqueira natural de Pindamonhangaba casados em Guaratingueta em 07-09-1746, neta paterna de José Moreira e Maria João, neta materna de Salvador Bicudo de Siqueira e Teodosia Peres de Gusmão (SL. 8, 42, 3-7)

Guaratingueta, SP aos 11-09-1792 nesta matriz se receberam Antonio Jose Ribeiro n. desta vila, f.l. de Gonçalo Machado Ribeiro n. da freg. de S. Romão do Corgo Arc. de Braga e de Margarida Pedrosa de Jesus, n. desta vila, np de Miguel Machado e de s/m Elena Ribeiro nts da mesma freguesia de S. Romão, e pela materna de João Ferreira Cintra, cuja naturalidade não souberam dizer e de Luzia Guedes Pedroza n. desta vila = cc Francisca Maria de Jesus, n. da freguesia de Pinamonhangaba, f.l. de João da Costa Silva n. da cidade do Porto e de s/m Maria Nunes de Siqueira n. da dita freguesia de Pindamonhangaba, e dos avos assim paternos como maternos não souberam dizer. Test.: Ajudante Thomas Marcondes da Silva e Joseph Joaquim de Brito, ambos casados e todos desta freguesia excepto Joseph Joaquim de Brito que é da freg. de Pindamonhangaba.

 

Guaratinguetá-SP Igreja Sto Antonio aos 27-07-1756 Gonçalo Machado cc Margarida Pedrosa. Ele n. de Braga, f.l. Miguel Machado e Elena Ribeira = Ela n. de Taubate, f.l. João Ferreira Citra(sic) e Luzia Guedes.

 

Guaratingueta, SP em 07-09-1746 com provisão, João da Costa Silva f.l. Joseph Moreira e Maria João, natural da freguesia de S. Miguel da Gandra Bispado do Porto = cc Maria Nunes de Siqueira, f.l. Salvador Bicudo de Siqueira e Theodosia Peres de Gusman moradores desta vila e freguesia. Tetemunhas JoãoMachado Ludovico e Joseph do Rego Barbosa, ambo desta freguesia.

1-6-4 Margarida Francisca de S. José aos 02-01-1814 casou com Antonio da Silva Neto, natural de Barbacena, filho de Pedro José Neto e de Inacia Maria Rosa.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 2 fls. 29 aos 02-01-1814 Antonio da Silva Neto, nat. de Barbacena, f. de Pedro José Neto e de Inacia Maria Rosa; com Margarida Francisca de S. Jose, nat. de Itajuba, f. de Francisco Xavier Bernardes e Genoveva Maria da Porciuncula.

1-6-5 Mariana Francisca da Encarnação, natural de Itajuba. Em Delfim Moreira aos 04-02-1819 casou com Domingos Pinto Ribeiro, natural de Guaratingueta, filho de Joaquim Pinto Ribeiro e Rosa Maria de Jesus

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 2 fls. 39 aos 04-02-1819 Domingos Pinto Ribeiro, f.l. Joaquim Pinto Ribeiro e Rosa Maria de Jesus, nat de Guaratingueta = com Mariana Francisca da Encarnação, f.l. Francisco Xavier Bernardes e Genoveva Maria da Porciuncula, nat de Itajuba.

Entre os filhos de Domingos e Marianna Francisca (indicação Mauricio Prado):

1-6-5-1 Laurinda Ribeiro do Nascimento natural de Itajuba onde casou duas vezes. Pimeira vez aos 07-01-1858 casou com Domingos Rodrigues de Moraes, viúvo de Izabel Maria de Gusmão.

Itajuba, MG aos 07-01-1858 nesta matriz de Itajuba donde os contraentes são fregueses e as testemunhas João Antonio da Silva e João Rodrigues da Silva se receberam Domingos Rodrigues de Moraes, viuvo de Izabel Maria de Gusmão, sepultada nesta paroquia = cc Laurinda Ribeiro do Nascimento, f. de Domingos Pinto Ribeio e de Mariana Francisca da Encarnação, nat/bat nesta matriz.

          Segunda vez aos 12-07-1865, Laurinda casou com João Luiz Machado, filho de Antonio Luiz Machado e Ludovina Maria de Jesus.

Itajuba, MG aos 12-07-1865 nesta matriz de Itajuba donde os contraentes são fregueses e as testemunhas Antonio Glz. Mendes e Manoel Jose de Melo se receberam João Luiz Machado, f.l. de Antonio Luiz Machado e Ludovina Maria de Jesus = cc Laurinda Ribeiro do Nascimento, viuva de Domingos Roiz de Moraes.

1-6-6 Inacio Xavier Bernardes, natural de Itajuba. Em Delfim Moreira aos 09-02-1823 casou com Helena Maria do Espirito Santo, natural de Pouso Alto, filha de Luiz Gonçalves e Maria Alves

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 3 fls. 50 aos 09-02-1823 Inacio Xavier Bernardes f. Francisco Xavier Bernardes e Genoveva Maria de Porciuncula, nat de Itajuba = cc Helena Maria do Espirito Santo, f. Luiz Gonçalves e Maria Alves, nat de Pouso Alto.

Entre seus filhos (indicação Mauricio Prado):

1-6-6-1 Antonio Luiz Goncalves em Itajuba aos 21-01-1851 casou com Brandina Maria da Conceição, filha de José Rodrigues de Sá e Gertrudes Querubina de Oliveira(tambem Gertrudes Alves de Oliveira), neta paterna de Antonio Rodrigues de Sá e Ana Maria da Conceição, neta materna de ose Antonio dos Reis e Maria Alves de Oliveira; família “Sargento Mor José Rodrigues Braga”, neste site.

Itajuba, MG Antonio Luiz Glz e Brandina Maria da Conceição. Aos 21-01-1851 nesta matriz e testemunhas Antonio Roiz Braga e Prodente Francisco Ribeiro moradores desta, se receberam em matrimônio Antonio Luiz Glz, f.l. Ignacio X.er Bernardes e Ellena Maria do Espirito Santo com Brandina Maria da Conceição, f.l. de Jose Rodrigues de Sá e Gertrudes Querobina de Oliveira. Ambos nts/btes nesta donde são fregueses (indicação Mauricio Prado).

1-6-6-2 Francisco Inacio Xavier em Itajuba aos 25-10-1853 casou com Messias Leopoldina da Soledade, irmã inteira de Brandina Maria da Conceição supra citada.

Itajuba, MG aos 25-8bro-1853 nesta matriz e testemunhas Joaquim Jose dos Reis e Jose Joaquim da Cunha Figueiredo se receberam Francisco Ignacio X.er, f.l. de Ignacio X.er Bernardes e Ellena Maria do Espirito Santo com Missias Leopoldina da Silva, f.l. de Jose Rodrigues de Sá e Gertrudes Querobina de Oliveira. Ambos nts/bts nesta freguesia (indicação Mauricio Prado)

1-6-6-3 Inacio Xavier de Sene em Itajuba aos 05-12-1863 casou com Arminda Maria da Soledade, filha de Custodio Pereira Ribeiro e Florinda Maria da Silva.

Itajuba, MG aos 05-12-1863 nesta matriz e testemunhas Joaquim Xavier Ferreira e Francisco Xavier Bernardes se receberam Ignacio Xavier de Sene, f.l. de Ignacio Xavier Bernardes e Ilena Maria do Espirito Santo = cc Arminda Maria da Soledade, f.l.de Custodio Pereira Ribeiro e Florinda Maria da Silva. Nts e fregueses desta paroquia (indicação Mauricio Prado).

1-6-6 4 José batizado em 11-04-1847.

Itajuba, MG aos 11-04-1847 nesta paroquia de Soledade de Itajuba bat a Jose, n. de desessete dias, f.l. de Ignacio Xavier Bernardo e Elena Maria do Espirito Santo, foram padrinhos Joaquim Francisco Ribeiro e s/m Brandina Maria de Jesus, todos fregueses desta (indicação Mauricio Prado).

1-6-7 Antonio Francisco Pereira, natural de Itajuba. Aos 11-02-1823 em Delfim Moreira, casou com Ignez Maria do Nascimento, natural de Pouso Alto, filha de Tomas de Aquino Ribeiro e Ana Fernandes de Moraes, neta paterna de Jose Ribeiro de Mendanha e Margarida Dias de Jesus, neta materna de Simão Rodrigues Chaves e Escolastica Pereira de Araujo - família “Josefa de Oliveira Leite”, neste site.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 3 fls. 50 aos 11-02-1823 Antonio Francisco Pereira, f. Francisco Xavier Bernardes e Genoveva Maria da Porciuncula, nat de Itajuba = cc Inez Maria do Nascimento, f. Tomas de Aquino Ribeiro e Ana Fernandes de Morais, nat de Pouso Alto.

1-6-8 Feliciana Bernarda do Nascimento aos 13-01-1823 casou com Joaquim Rodrigues de Siqueira, viuvo de Rita Antonia de Oliveira.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 3 fls. 49 aos 13-01-1823 Joaquim Rodrigues de Siqueira, viuvo de Rita Antonia de Oliveira, com Feliciana Bernarda do Nascimento, filha de Francisco Xavier Bernardes, falecido, e de Genoveva Maria da Porciuncula, nat. de Itajuba.

1-6-9 Manoel José Bernardes casou duas vezes. Primeira vez casou com Maria Barbara do Nascimento. Segunda vez casou com Gertrudes Pereira Serpa, filha de José Pereira Serpa e Maria Rodrigues da Fonseca, família “Bento da Costa Preto” Cap. 6.

          Gertrudes e Manoel comparecem no censo de 1839, ele com 40 anos e ela com 44 anos declarados:

censo Carmo de Baependi. 1839 fogo 327.

Manoel Jose Bernardes; branco; 40; casado; lavrador; le e escreve

Gertrudes Pereira Cerpa; branco; 44; casada;

1 escravo;

          Manoel testou na Fazenda do Campo Alegre em 02-09-1838, declarou os dois matrimônios. Sem geração do segundo, teve do primeiro quatro filhos. Dionizio, Luzia, Ignacio e Manoel José Bernardes.

Carmo de Minas, MG Igreja N Sra do Carmo obitos aos 24 de janeiro de 1840, digo de 1838 faleceu Manoel Jose Bernardes com solene testamento que abaixo vai transcrito. Foi sepultado dentro desta matriz.

Obs: corria o ano de 1839.

 

Testamento: Eu Manoel Jose Bernardes, f.l. Francisco Jose Bernardes e Jenoveva Maria de Perciuncula, n/b na freguesia de Itajuba e de presente morador nesta Fazenda do Campo Alegre, freguesia de N Sra do Carmo, termo da vila de Baependi(...)

Fui casado com Maria Barbara do Nascimento,f.l.de João Antonio da Cunha, falecido, e falecendo esta de quem tivemos os seguintes filhos: Dionizio, Luzia, Ignacio e Manoel. Passei as segundas nupcias com Gertrudes Pereira, f.l. de Jose Pereira Serpa, ja falecido e de D. Maria Rodrigues da Fonseca, de cujo matrimonio não tivemos filhos.

Testamenteiros em 1º lugar a sobredita m/mulher Gertrudes Pereira, em 2º Antonio Machado de A-----, em 3º a meu filho Manoel Jose Bernardes que esta em casa de Jose Carneiro

Legados pios.

Declaro que a tempo do falecimento de minha primeira mulher, nada possuia, e por isso não se fez inventario, antes devia. Os bens que presente possuo foram todos adquiridos depois que me casei segunda vez com esta minha mulher, a quem devo muitas obrigações por me ter feito vezes de mãe e em reconhecimento do muito que me tem servido e ajudado deixo, depois de cumpridos todos os meus legados, o retante da minha terça.

Fazenda do Campo Alegre segundo de setembro de 1838 Manoel Jose. Segue-se a aprovação

 

1-7 Margarida Nunes Rangel, natural de Itajuba. Em Delfim Moreira aos 27-08-1776 casou com José Moreira de Castilho, natural de Taubaté, filho de José Moreira Cordeiro e de Maria Antonia de Castilho, naturais de Taubaté, neto paterno de Domingos Cordeiro Gil e Andreza de Castilho S.L. 8º, 100, 4-1.

Segundo SL 8º, 100, 5-2, e SL. 7, 459, 5-10 José Moreira Cordeiro, filho de Jose Moreira Cordeiro e Maria Antonia de Castilho, foi casado com Marta, filha de Antonio Garcia da Cunha e de Maria Antunes Cardoso.

Itajuba Velha (Delfim Moreira)-MG (transcritos e resumidos por Monsenhor Lefort) lv. 1 aos 27-8-1776 José Moreira de Castilho, nat. Taubaté, filho de José Moreira Cordeiro e de Maria Antonia de Castilho, ambos naturais de Taubaté, neto pat. de Domingos Cordeiro Gil e de Isabel Moreira*, ambos naturais de Itajubá, neto materno de não sabia, com Margarida Nunes Rangel, nat. de Itajubá, filha de Francisco Bernardes Xavier, nat. Guaratinguetá e de Inez Pedrosa de Morais, D. Viuva, nat. Aiuruoca, neto paterno de André Bernardes de Brito e de Margarida Nunes Rangel, nats. Guaratinguetá, neto materno de Narciso de Faria, nat. Parnaiba e de Maria Pedrosa de Alvarenga, nat. Mogi das Cruzes.

*nota: Engano no nome da avó paterna do orador.

 

1-8 Maria, batizada em Delfim Moreira aos 08-03-1758, teve por padrinhos Andre Marques Alvares, morador em Itajuba e Maria Pedrosa filha do Cap. Lazaro Fernandes, da freguesia da Piedade.