PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

MATIAS DE OLIVEIRA

(atualizado em 31-julho-2017)

S.L. 8º, 488, 1-2 Mathias de Oliveira, f.º do Cap. 3.º, faleceu em 1661 com testamento em S. Paulo no estado de viúvo de Antonia Rodrigues f.ª de Antonio Rodrigues Velho e de Joanna de Castilho. V. 7.º pág. 451. Teve (C. O. de S. Paulo):

2-1 Manoel do Zouro (ou dos Ouros) casado com Anna Soares

2-2 Mathias de Oliveira casado com Maria Antunes

2-3 Jorge Velho casado com Mecia Correa da Veiga

2-4 João dos Ouros (com 20 anos em 1661) casou com Izabel Ribeiro

2-5 Salvador de Oliveira, tinha 17 anos em 1661.

2-6 Joanna de Castilho casada com Paulo Nunes de Siqueira

2-7 Maria dos Ouros, f.ª do § 2.º, estava casada com João Maciel de Alvarenga.

2-8 Julianna de Oliveira 1.º casada com Nicolau Barreto, c2c  Alberto da Costa Cordova

 

 

Bartyra Sette

Fabricio Gerin

 

 

Matias de Oliveira era filho de Manoel Fernandes Zouro e Juliana de Oliveira foram moradores no Rio de Janeiro e já eram falecidos em 1657.

Em 03-09-1631 (testamento da sogra) Matias já estava casado com Antonia Rodrigues, filha de Antonio Rodrigues e Joana de Castilho esta inventariada em 25-04-1633 SAESP vol.8º.

Matias, viúvo, testou em 1657 em S. Paulo onde foi inventariado em 09-09-1661. Declarou oito filhos de seu casal e dois filhos bastardos:

1b- Sebastiana, filha bastarda de Matias, estava em casa paterna em 1657.

2b Pedro, tambem bastardo, em casa de Manoel de Aguiar.

 

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

Matias de Oliveira

Autos aos 09-09-1661 nesta vila de S. Paulo.

Declarante Manoel dozoiro testamenteiro do defunto seu pai.

Testamento: (...) 1657 nesta vila de S. Paulo eu Matias de Oliveira (...). Sou filho de Manoel Fernandes zouro e Juliana de Oliveira, moradores na cidade do Rio de Janeiro, ja defuntos. Fui casado com Antonia Rodrigues, ja defunta, da qual tive cinco machos e tres femeas.

Casei minha filha Joana de Castilho com Paulo Nunes. Minha filha Maria dozouro com João Maciel. Tenho uma filha solteira por nome Juliana de Oliveira. Meu filho Manoel dozouro. Meus filhos Jorge, João e Salvador são de menor idade.

Tenho uma filha bastarda em minha casa, por nome Sebastiana e um filho bastardo por nome Pedro que esta em casa de Manoel de Aguiar, mando a meu filho Manoel do zouro os recolha e tenha em sua companhia como seus irmãos que são.

Cumpra-se 23-08-1661

 

1- Manoel do Zouro casou com Ana Soares, filha de Geraldo Correa Soares e Estacia da Veiga, familia Maria da Cunha e Jeronimo da Veiga. Pais de, pelo menos:

1-1 Miguel dos Ouros, em Nazaré aos 13-02-1692, casou com Antonia Ribeira, filha do falecido Antonio Ribeiro e Catarina Dias.

Nazaré Paulista, SP igreja n. Sra de Nazaré aos 13-02-1692 Miguel dos Ouros f.l. Manoel dos Ouros e Ana Soares = cc Antonia Ribeira f.l. Antonio Ribeiro, falecido e Catarina Dias, não havendo impedimento algum.

Pais de, q.d., batizados em Nazare:

1-1-1 Manoel em 30-01-1693.

Nazaré Paulista, SP igreja n. Sra de Nazaré aos 30-01-1693 bat. Manoel, f.l. Miguel dos Ouros e Antonia Ribeira, padr.: Manoel dos Ouros e Catarina Dias.

1-1-2 Geraldo em 22-07-1695.

Nazaré Paulista, SP igreja n. Sra de Nazaré aos 22-07-1695 bat Geraldo, f.l. Miguel dos Ouros e Antonia Ribeira, padr.: Antonio Fernandes Camacho e Ana Soares.

2- Matias de Oliveira, não nominado no testamento paterno. Em 26-10-1677, foi curador de seus sobrinhos orfãos, filhos que foram de João do Zouro.

          Casou com Maria Antunes da Veiga, filha de Geraldo Correa Soares e Estacia da Veiga, familia Maria da Cunha e Jeronimo da Veiga.

Geração de quatro filhos descrita em SL. 3º, 217, 3-2.

3- Jorge Velho casou com Mécia Correa, irmã inteira das supra citadas Maria Antunes da Veiga e Ana Soares, familia Maria da Cunha e Jeronimo da Veiga.

          Em 1668, no inventário paterno, Mécia comparece no estado de viúva de Jorge Velho. Em 1675, inventário materno, estava casada com Antonio de Siqueira Cubas que abriu mão da herança, porquanto estava contente do dote que lhes dera. (SL 6º, 236, 4-5, onde se deve corrigir a filiação de Mecia, bem como em SL 3º, 233, 4-2).

SL. 3º, 233, 3-3 Mecia Correa da Veiga, f.ª de Estacia da Cunha n.º 2-8 de pág. 217, segundo escreveu Pedro Taques, foi casada com Jorge Rodrigues Velho, irmão de Mathias de Oliveira do n.º 3-2 e teve: 4-1 e 2.

4-1 Maria da Costa da Veiga casada em 1699 em S. Paulo com Manoel da Costa de Azeredo.

4-2 (Cremos que foi f.ª de 3-3) Mecia Correa da Veiga que foi casada com Antonio Cubas de Siqueira, Tit. Cubas.

 

          4-2 é a própria Mecia 3-3 casada segunda vez .

 

4- Joana de Castilho casada, em vida do pai, com Paulo Nunes de Siqueira, filho de João Nunes e Maria do Amaral - família “Paulo da Costa”.

          Geração de seis filhos em S.L. 1º, 9, 5-1, Manoel Nunes não consta do rol. Entre eles:

4-1 Domingos Nunes de Siqueira, batizado em 25-04-1650 na Sé de S. Paulo, faleceu em Nazaré aos 25-10-1724. Foi casado com Isabel Cardoso. Geração em SL. 8, 489, 3-1.

SP, SP Igreja N Sra da Assunção aos 25-04-1650 bat a Domingos, f.l. Paulo Nunes e Joana de Castilho, padr.: --- Nunes e Maria (Caraça?).

 

Nazaré Paulista, SP igreja n. Sra de Nazaré aos 25-10-1724 fal. Domingos Nunes de Siqueira de idade 80 anos pouco mais ou menos, test.: Salvador Gonçalves Murzilho, Sebastião Preto.

4-5 Florência Nunes de Siqueira casou primeira vez com Pascoal Leite da Cunha, filho de Pascoal Leite da Cunha, inventariado em 18-9-1651 (SAESP vol. 44º, neste site) e de Mecia da Cunha Gago.

          Pascoal Leite da Cunha faleceu com testamento de 01-09-1683 e foi inventariado em 26-12-1684. Compareceram cinco filhos do casal.

          Em 10-12-1690 Florência já estava segunda vez casada com José Cardoso da Cunha.

4-5-1 Simão, com 11 anos em 1684.

4-5-2 Izabel da Cunha com 9 anos. Casou antes de 18-02-1695 com Antonio Lopes de Brito.

4-5-3 Maria, com 6 anos.

4-5-4 João com 2 anos.

4-5-5 Pascoal com um ano em 1684.

4-6 João Nunes de Siqueira faleceu aos 27-10-1718 com inventário aberto aos 20-04-1719 por sua viúva Maria de Mattos.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventarios do 2º Cartório de Mogi das Cruzes

Pesq.: Fabricio Gerin/

João Nunes de Siqueira

Faleceu 27/10/1718.

Inventário aberto aos 20/04/1719, no sitio e fazenda que ficou do defunto.

Viúva Maria de Matos.

Filhos, 5 machos e 4 femeas, 3 casadas e uma muda que é a mais velha que tem 50 anos, Tomé Nunes casado 42, Maria de Matos casada 39, Antonia de Siqueira casada 36, Mecia da Cunha casada 34, João Nunes de Mattos 33 casado, João Batista casado 30, Clemente Nunes casado 28, Francisco Nunes de Siqueira casado 25.

Termo de curadoria da muda Joana: a mãe Maria de Mattos. Assino, a rogo de minha mãe, João Nunes dde Mattos.

 

Foram citados os filhos e genros que responderam não queriam entrar na partilha:

- João Vaz cc Antonia de Siqueira

- Bartolomeu da Cunha cc Maria de Mattos

- Cosme de Lima cc Mecia da Cunha

Assinam a partilha:

- Tome Nunes de Siqueira

- João Nunes de Mattos

- Francisco Nunes de Siqueira

- João Batista

- Clemente Nunes de Mattos

Diz Salvador da Cunha Gago que ele como tutor da orfã muda, que ficou por falecimento de João Nunes de Siqueira (...).

Pais de nove filhos, situação em 20-04-1719:

4-6-1 Joana, com 50 anos, muda. Tutelada de Salvador da Cunha Gago.

4-6-2 Tomé Nunes de Siqueira 42 anos, casado.

4-6-3 Maria de Matos Maciel com 39 anos em 1719, foi casada duas vezes. Primeira vez Maria casou com Bento de Faria, filho de Manoel João e Maria de Faria, ambos carijós. Em 1700 tirou dispensa do impedimento de consanguinidade em 4º grau para se casar, como casou, com Bartolomeu da Cunha Gago, filho de João Lourenço da Cunha e de Apolonia de Freitas - Geração na família “Domingos de Góes”.

RMJ) ACMSP Dispensas Matr4imoniais 

Bertholomeu da Cunha (Gago) e Maria de Mattos (Maciel) - ano 1701

Consangüíneos em 4º grau.

Maria da Cunha e Henrique da Cunha foram irmãos.

De Maria da Cunha nasceu Amador Lourenço que foi pai de João Lourenço, pai do orador.

Anrique da Cunha teve Mecia da Cunha que teve Maria de Mattos mãe da oradora.

Entre outros motivos alegados para merecerem a dispensa consta que os oradores são oriundos de neófitos.

         Maria e Bento tiveram, pelo menos, o filho:

4-6-3-1 José Nunes de Faria com 41 anos em 1741, testemunha na dispensa matrimonial do filho Matias. Foi casado com Maria das Candeas, batizada em Mogi das Cruzes em 1699, filha de Gregorio João e Joana Sobrinha casados em Mogi em 16-10-1678, neta paterna do falecido Francisco João e Maria Ribeira ambos carijós, neta materna do falecido Francisco Vaz dos Reis* e de Maria Rodrigues.

             *Obs. Na dispensa do neto Matias, Francisco Vaz dos Reis é citado como Crisóstomo Alves.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, Maria, f. Gregorio João e de s/m Joana Sobrinha, foi batizada aos 08 de fevereiro da sobredita era; [corria o ano de 1699]

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 16-10-1678 Gregorio João, f. Francisco João, já fal. e s/m Maria Ribeira = cc Joana Sobrinha, f. Francisco Vaz dos Reis, fal. e de s/m Maria Rodrigues, todos moradores desta vila

          José Nunes de Faria e Maria das Candeas tiveram 13 filhos citados em SL. 5º, 88, 5-1. Entre eles:

4-6-3-1-1 Matias Nunes de Faria nasceu em 24-02-1720 em Sorocaba. Em 27-02-1755, dispensados do impedimento de consanguiniade em 2º grau misto com o 1º, casou com Escolastica da Cunha Maciel, filha de Maria de Mattos Maciel e seu segundo marido Bartolomeu da Cunha Gago - família “Domingos de Góes” e geração em SL. 5º, 89, 6-2.

             Escolástica foi primeira vez casada, em Sorocaba aos 24-12-1733, com José Garcia Mulano, naturalo de Jacarei e falecido aos 08-06-1740 em Sorocaba, filho de João Garcia Mulano e Laureana Bicudo (SL. 6º, 465, 5-1)

Sorocaba, SP Igreja N Sra da Ponte aos 24-12-1733 nesta matriz Joseph Gracia Mollano, f.l. de Joam Gracia Mollano e Laureana Bicuda, natural da vila de Jacarei = cc Escolastica da Cunha Maciel, f.l. Bartolomeu da Cunha Gago e Maria Nunes de Matos, naturais da vila de Mogi e de presente moradores de N. Sra da Ponte desta vila de Sorocaba. Test.: Luiz Teixeira da Silva e Hieronimo de Moura Gaviam

 

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano1754

Mathias Nunes de Faria e Escolastica da Cunha 28-novembro-1754

Dizem os oradores Matias Nunes de Faria, nat/morador na vila de Sorocaba e Escolastica da Cunha, natural de Mogi do Campo e moradora ha muitos anos na sobredita vila de Sorocaba deste bispado - impedidos no 2º grau de consanguinidade misto com o primeiro porque.:

- Q Escolastica da Cunha, oradora, é irmã de Jose Nunes de Faria pai do orador, por serem filhos legitimos de Maria de Mattos, ainda q de diversos pais por haver a dita casado duas vezes, donde provem nos oradores o impedimento de 2º grau de consanguinidade misto com primeiro.

- Q o orador tem dois quartos e meio de neofito do gentio da terra.

- Q os oradores vivem ha bastantes anos contrato iliciyo de que tem prole.

- Q a oradora por ser viuva e de idade, não achara outro com quem case.

Depoimento dos Oradores:

Matias Nunes de Faria, natural desta vila de Sorocaba, solteiro, vive de sua lavoura, de idade 30 anos.

Escolastica da Cunha, natural da vila de Mogi, viuva, de idade 42 anos, pouco mais ou menos.

Testemunhas:

1) João Nunes de Matos, n. da cidade de S. Paulo e morador nesta vila, casado, vive de sua lavoura, de idade de 72 anos, parente de sangue com a oradora em 2º grau e com o orador no mesmo grau.

2) Salvador de Oliveira Gago, n. da vila de Mogi, casado, morador desta vila, vive de seu negocio, de idade de 77 anos parente do orador por afinidade em segundo grau (1677??)

Por parte paterna é a seguinte:

Manoel João foi casado com Maria de Faria, ambos carijós, destes procedeu Bento de Faria, tambem carijó, o qual casou com Maria de Matos e destes procedeu Jose Nunes de Faria casado com Maria das Candeas, e destes procedeu o orador Mathias Nunes de Faria.

Por parte materna é a seguinte:

Crisostomo Alves casou com Maria Roiz, ambos carijós, destes nasceu Joana Sobrinha a qual casou com Gregorio João, mulato, e destes nasceu Maria das Candeas casada com Jose Nunes de Faria e destes procedeu o orador Mathias Nunes de Faria

3) Jose de Oliveira Falcão, natural desta vila, casado, morador nela, que vive de sua lavoura de idade 43 anos. Parente no 2º grau por afinidade com o orador.

(...) por parte materna: Crisostomo Alves cc Maria Rodrigues eram carijos, destes nasceu Joana Sobrinha, carijo, a qual casou com Gregorio João, que dizem ser mulato, e deles procedeu Maria das Candeas casada com Jose Nunes de Faria pais do orador.

 

Quer casar Mathias Nunes de Faria, n. da vila de Sorocaba, f.l. de Jose Nunes de Faria e Maria das Candeas = com Escolastica da Cunha, viuva de Jose Garcia Mulano, ja defunto, ambos moradores nesta vila de Sorocaba, filha leg. de Bartolomeu da Cunha e de Maria de Matos, ja defuntos. Os contraentes estão impedidos por parentesco de sanguinidade no 2º grau misto com o 1º de que tem impetrado dispensa.

Certidões:

- aos oito dias do mes de Junho de 1740 anos faleceu Jose Garcia Mulano, natural da vila de Mogi. Sepultado nesta matriz, sem canto por ser muito pobre, não fez testamento. Sorocaba 22-janeiro-1755 anos.

Justificação de batismo de Matias Nunes de Faria: Aos 09-11-1739 nesta vila de N. Sra da Candelaria me foi apresentada uma justificação de testemunhas vinda da vila de Sorocaba junto com um mandado de comissão a requerimento de Matias Nunes de Faria (...)

Diz Matias Nunes de Faria, f.l. de Jose Nunes de Faria e de s/m Maria das Candeas, que ele se acha contratado na vila de Taubaté para se casar e porque não se acha naquela vila de Sorocaba o assento de seu batismo razão porque quer justificar ter idade suficiente para contrair matrimonio (...).

Testemunhas - Vila de Sorocaba aos 07-novembro-1739 anos:

1- Jose Nunes de Faria, casado, morador desta vila, vive de sua lavoura, de idade de 41 anos. Disse que sabe por ser pai do justificante que nasceu a 24 de fevereiro de 1720, ao qual dito seu filho justificante batizou o Reverendo Padre Frei Antonio dos Serafins nesta vila.

2- Ignacio João, casado, morador nesta vila, vive de sua lavoura de idade de 30 anos.

 

Sorocaba, SP Igreja N Sra da Ponte aos 27-02-1755 nesta matriz, dispensados do impedimento de 2º grau misto com 1º grau, Matheus Nunes de Faria, natural e morador nesta vila de Sorocaba, f.l. Joseph Nunes de Faria e Maria das Candeas, ambos naturais da vila de Mogi e moradores nesta de Sorocaba, neto o dito contraente por parte paterna de Bento de Farias e Maria de Mattos, ambos os ditos avos naturais de S. Paulo, e pela parte materna neto de Gregorio João e Joana Sobrinha, ambos naturais da vila de Mogi = cc Escolastica da Cunha, natural da vila de Mogi e moradora desta de Sorocaba, f.l. Bartolomeu da Cunha e Maria de Matos, ambos naturais da vila de Mogi, neta paterna de Joam Lourenço e de s/m Maria de Goes os quais ambos foram naturais de Mogi, e por parte materna de Joam Nunes e de s/m Maria de Mattos(sic) ambos naturais da vila de Mogi. E a dita contraente viuva de Joseph Garcia Mullano. Test.: Salvador de Oliveira (aa Salvador de Oliveira Gago), casado e o Cap. Luiz Teixeira da Silva, casado

Matias e Escolastica tiveram, q.d.:

4-6-3-1-1-1 Leonardo José Paes, batizado em Sorocaba em 1758. Em 1776 tirou dispensa do impedimento de consanguinidade em 4º grau para se casar com Maria Nunes da Silva, batizada em Sorocaba em 1759, filha de Anselmo Nunes e Josefa Ribeira de Figueiró (SL. 5º, 74, 7-2).

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano 1776

Autos de Dispensa de Leonardo Jose Paes e Maria Nunes da Silva, da vila de Sorocaba - impedimento de consanguinidade em [manchado]

Q João Nunes de Matos é irmão legitimo de Maria de Matos.

Q de João Nunes de Matos procedeu Salvador Nunes, de quem procedeu Anselmo Nunes pai da oradora Maria Nunes.

Q de Maria de Matos procedeu Jose Nunes de Faria, falecido, e deste Matias Nunes de Faria, tambem falecido, pai do orador Leonardo Jose Paes.

Q da sobredita Maria de Matos tambem proceceu Escolastica da Cunha mãe do orador.

 

Vila de Sorocaba 18-janeiro-1776 Depoimento do oradores:

-  Leonardo Paes, natural e morador na vila de Sorocaba, vive de sua lavoura de idade 16 anos (...) (aa) Leonaro Jose Paes.

- Maria Nunes da Silva, n. e moradora desta vila de Sourocaba, tem vivido debaixo do patrio poder, de idade 16 anos.

Testemunhas

 

Quer casar Leonardo Jose Paes, n/b nesta vila, f.l. de Matias Nunes de Faria, ja defunto e de s/m Escolastica da Cunha = com Maria Nunes da S.ª, n/b nesta mesma freguesia, f. de Anselmo Nunes e de s/m Josefa Ribeira de Figueiro. Os contraentes são moradores nesta mesma freguesia e estão ligados no parentesco de 4º grau de consanguinidade

Certidões:

- aos 07-12(?)-1758 bat a Leonardo, f. de Mathias Nunes e de s/m Escolastica da Cunha, foram padrinhos Mioguel Pedroso por seu pp, Matias de Madureira, tocou a criança, e Gertrudes de Almeida, viuva, todos desta freguesia.

- aos 25 do mes de --ereiro de 1759 nesta matriz bat a Maria, f. Anselmo Nunes e de s/m Josefa Ribeira, foram padrinhos Miguel [manchado] e Maria Ribeira, casada, todos desta freguesia.

4-6-3-1-2 Narcisa de Faria Paes aos 28-07-1736 casou com Francisco Ponce de Leon, filho do falecido Gabriel Ponce de Leon e Maria Leme da Veiga. Geração em SL. 7º, 229, 4-3.

Sorocaba, SP Igreja N Sra da Ponte aos 28-julho-1736 se receberam Francisco Ponce de Leon, f. de Gabriel Ponce de Leon. ja defunto e de s/m Maria Leme da Veiga, naturais e moradores q foram da vila de itu e assistentes tambem q foram das minas de Parnapanema e ora moradores nesta vila = com Narcisa de Faria Paes, f. de Jose Nunes de Faria e de s/m Maria das Candeas, moradores desta mesma vila. Test.:Cap. Francisco de Almeia Falcão, Escolastica da Cunha,

4-6-3-1-3 Maria das Candeas aos 22-11-1740 casou com Miguel Garcia Lumbria, filho de outro e Maria Garcia. Geração em SL. 5º, 91, 6-11.

Sorocaba, SP Igreja N Sra da Ponte aos 22-novembro-1740 nesta matriz se receberam Miguel Garcia Lumbria, f. de Miguel Garcia Lumbria e de s/m Maria Garcia, nts e moradores desta vila = com Maria das Candeas, f. de Jose Nunes de Faria e de s/m Maria as Candeas moradores desta vila; sendo testemunhas  Luiz Castanho de Moraes, Placido Pereira, Gertrudes de Almeida, Maria Paes de Araujo.

4-6-3-1-4 João Paes de Faria aos 03-05-1759 casou com Antonia Rodrigues da Conceição, filha de José Alves Rodrigues e Maria Leme de Oliveira, neta paterna de Antonio Valente e Antonia Rodrigues, neta materna de Felipe Colaço e Catarina Ribeira (SL. 8º, 130, 3-3)

Sorocaba, SP Igreja N Sra da Ponte aos 03-maio-1759 nesta matriz e testemunhas Matias de Madureira Calheiros, solteiro e João Nunes Maciel, casado, naturais e fregueses desta freguesia, sde casaram João Paes de Faria, f.l. de Jose Nunes de Faria, falecido e de s/m Maria as Candeas, todos desta freguesia = com Antonia Rodrigues da Conceição, f.l. de Jose Alvres Rodrigues e de s/m Maria Leme de Oliveira naturais desta freguesia. O contraente é neto paterno de Bento de Faria e de sua mulher nada souberam dizer, todos naturais de Mogi, neto materno não souberam. A contraente é neta paterna de Antonio Valente e de s/m Antonia Rodrigues, naturais de S. Paulo, nmaterna de Felipre Colaço e de s/m Catarina Ribeira, naturais da Parnaiba,

4-6-3-1-5 Felipa Nunes casou duas vezes. Primeira vez aos 13-09-1745 casou com João Rodrigues Machado, natural de Santo Amaro, filho de Domingos Rodrigues Machado e da falecida Maria Domingues.

Sorocaba, SP Igreja N Sra da Ponte aos 13-setembro-1745 se receberam João Rodrigues Machado, n. da freguesia de Santo Amaro, filho de Domingos Rodrigues Machado e de s/m Maria Domingues, ja defunta, moradores desta vila = com Felipa Nunes, n. desta vila, f. de Jose Nunes de Faria e de s/m Maria das Candeas naturais desta vila. Test.: Jose Antonio Guimarães, Gregorio Dias de Madureira, Gertrudes de Almeida, e Lucrecia Pedrosa.

          Segunda vez aos 06-02-1757, Felipa casou com José Correa da Silva, filho do falecido Manoel Correa da Silva e Antonia Correa Vidal, neto paterno de Manoel Delgado da Silva, natural de S. Paulo e de Izabel Correa Moreira, natural da vila de Mogi das Cruzes, neto materno de Estevão Sanches de Oliveira, natural de Itu e de Ana Rodrigues, natural de Santo Amaro.

Sorocaba, SP Igreja N Sra da Ponte aos 06-fevereiro-1757 nesta matriz onde ambos os contraentes são naturais e fregueses, sendo testemunhas Vito Pereira Maciel, casado e Salvador de Moraes, solteiro, se casaram José Correa da Silva, f.º de Manoel Correa da Silva, ja defunto e de Antonia Rodrigues Vidal, n. desta vila, npaterno de Manoel Delgado da Silva, n. de S. Paulo e de s/m Izabel Correa Moreira, n. da vila de Mogi, nmaterno de Estevão Sanches de Oliveira, n. de Itu e de s/m Ana Rodrigues, n. da freguesia de Santo Amaro = com Phelipa Nunes de Faria, f.l. de Jose Nunes de Faria, n. da vila de Mogi e de s/m Maria das Candeas natural da mesma vila, neta paterna de Bento de Faria, n. de S. Paulo e de s/m Vitoria(sic) Nunes de Matos natural da vila de Jacarei.

4-6-3-1-6 Pedro Nunes de Faria batizado em 01-11-1742. Aos 10-07-1760 casou com Maria Rodrigues do Espirito Santo, filha do falecido José Nunes de Faria e de s/m Maria de Candeas, neta paterna de Antonio Valente e Antonia Rodrigues, neta materna de Felipe Colaço e Catarina Ribeira (SL. 8º, 130, 3-3)

Sorocaba, SP Igreja N Sra da Ponte aos 01-11-1742 bat a Pedro, f.l. de Jose Nunes de Faria e Maria das Candeas, foram padrinhos Luiz Castanho de Moraes, casado e Maria de Madureira.

 

Sorocaba, SP Igreja N Sra da Ponte aos 10-07-1760 nesta matriz e testemunhas Miguel Garcia Paes e João Cubas de Almeida, casados; se receberam Pedro Nunes de Faria, natural desta freguesia e nela batizado e morador, filho que ficou de Jose Nunes de Faria e de s/m Maria de Candeas, ambos naturais de Mogi das Cruzes, neto paterno de Bento de Faria, natural de Mogi e de Maria de Quebedos(sic), natural da ciade de S. Paulo, neto materno de Gregorio João e de Joana cujo sobrenome não souberam dizer e assim mesmo a naturalidade = e Maria Rodrigues do Espirito Santo, natural e moradora desta vila, filha de Jose Alvres Rodrigues e Maria Leme, naturais e moradores desta, neta paterna de Antonio Valente, natural da vila de Itu e de Antonia Rodrigues, natural da cidade de S. Paulo, neta materna de Felipe Colaço n. da vila de Parnaiba e de Catarina Ribeira, natural da freguesia da Cotia, todos deste bispado.

 

4-6-4 Antonia de Siqueira 36 anos em 1719, casada com João Vaz. Antonia Nunes de Siqueira (Antonia Rodrigues) casou com João Vaz da Cunha, já emancipado em 1679, filho de Antonio Vaz da Cunha, inventariado em 1667, e de Maria Ferreira Dormonde, inventariada em 1671- aportes à GP: Antonio Vaz da Cunha - citado em SL. V, 92, 4-8.

Tiveram sete filhos, segundo a GP, entre eles:

4-6-4-2 Maria Nunes de Mattos em Sorocaba aos 29-06-1734 casou com Estevão Domingues de Oliveira, filho de Diogo Domingues Vidigal e Joana Fernandes de Oliveira.

Sorocaba-SP Igreja N Sra da Ponte aos 29-06-1734 nesta matriz Estevão Domingues de Oliveira, f.l. Diogo Domingues Vidigal e Joana Fernandes de Oliveira = cc Maria Nunes de Mattos f.l. João Vaz de Siqueira e Antonia Nunes de Siqueira, já defunta, todos moradores desta freguesia. Testemunhas Pascoal Gonçalves, Jose de Oliveira.

4-6-4-3 Domingos Nunes de Mattos, batizado em Mogi das Cruzes aos 07-06-1708. Aos 22-10-1737 casou com Maria de Jesus, filha de Sebastião Fernandes de Mendonça e Maria de Siqueira - família "Miguel Fernandes Nogueira".

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 07-06-1708 Domingos, f. João Vaz da Cunha e Antonia Roiz, padr.: João Nunes e Brizida Sobrinha

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 22-10-1737 Domingos Nunes de Mattos f. l. João Vaz da Cunha e Antonia Nunes de Siqueira = cc Maria de Jesus, f.l. Sebastião Fernandes de Mendonça e Maria de Siqueira.

4-6-4-4 João Nunes de Mattos, batizado em Mogi das Cruzes em 18-07-1710. Em Sorocaba aos 26-05-1732 casou com Maria Francisa, filha do falecido João da Cunha Gago e Maria João. Geração na família João da Cunha Gago.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 18-07-1710 João, f.l. João Vaz da Cunha e -------nes de Siqueira, padr.: . Marcelino Correa de Mattos e Maria [-------].

 

Sorocaba-SP Igreja N Sra da Ponte aos 26-05-1732 nesta matriz João Nunes de Mattos, f.l. João Vaz da Cunha e Antonia de Siqueira, já defunta = cc Maria Francisca, f.l. João da Cunha Gago. já defunto e Maria João naturais da freguesia de S. Ana de Mogi e moradores nesta freguesia. Test.: Salvador de Oliveira Gago, Antonio da Cunha Gago

4-6-4-5 Isabel da Cunha. Muito provavelmente a casada com João Batista 4-6-7.

4-6-4-6 Maria da Cunha, em fevereiro de 1721 em Mogi das Cruzes, casou com João Bicudo, filho de João de Chaves e s/m Mecia Ribeira, família Francisco de Chaves.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, [termo bastante danificado-rasgado] fevereiro de 1721 João Bicudo, f.l. de João de Chaves e s/m Mecia Ribeira = cc Maria da Cunha, f. João Vaz da Cunha e s/m Antonia Nunes

4-6-4-7 Antonio Nunes de Mattos, em Sorocaba aos 07-04-1739, casou com Teresa de Jesus Barbosa, filha do falecido Manoel Leme e Joana Ribeira.

Sorocaba-SP Igreja N Sra da Ponte aos 07-04-1739 nesta matriz Antonio Nunes de Mattos f.l. João Vaz da Cunha e Antonia Nunes, já defunta naturais da vila de Santa Ana de Mogi e moradores nesa vila = cc Teresa de Jesus Barbosa, f.l. Manoel Leme, já defunto e Joana Ribeira nts da vila de Mogi e moradores nesta vila. Testemunhas Manoel Jorge Preto, João Nunes de Siqueira, Maria Francisca, Ignacia Mariz.

4-6-5 Mecia da Cunha 34 anos, casada com Cosme de Lima

4-6-6 João Nunes de Mattos 33 anos, casado. Em 1723 já estava casado com Teresa Fernandes Nogueira, filha de Geraldo Fernandes Nogueira e sua primeira mulher Catarina Gomes Correa, família "Miguel Fernandes Nogueira".

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 29-09-1757 fal. João Nunes de Mattos, viuvo que ficou de Teresa Fernandes Nogueira, natural da cidade de S. Paulo, casado que foi na vila de Sorocaba e morador desta freguesia no bairro do Campo Grande, faleceu nesta vila de Mogi, de idade de 74 anos pouco mais ou menos, foi sepultado dentro desta igreja matriz. Fez Testamento

4-6-7 João Batista 30 anos, casado. João Batista Maciel ou de Oliveira casou com Izabel da Cunha, filha de João Vaz da Cunha e muito provavelmente a 4-6-4-5 supra.

Tiveram quatro filhos descritos em SL. 5, 78, 4-3, encontramos mais um:

4-6-7-1 Zacarias Nunes aos 10-01-1763 casoua com Ana Fernandes de Oliveira, filha de Miguel Fernandes Vidal e Teresa Pinta de Oliveira, neta paterna João Pereira Vidal e Maria Moreira, neta materna de Manoel Pinto de Torres e Violante de Siqueira família "Miguel Fernandes Nogueira.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 10-01-1763 Zacarias Nunes, f.l. João Batista de Oliveira(sic) e Izabel da Cunha nts desta vila, np João Nunes de Siqueira e Maria de Mattos, nm João Vaz da Cunha e avó não disse = cc Ana Fernandes de Oliveira, f.l. Miguel Fernandes Vidal e Teresa Pinta de Oliveira, nm Manoel Pinto de Torres e Violante de Siqueira, npaterna João Pereira Vidal e Maria Moreira

4-6-7-2 Rosa de Siqueira aos 20-03-1736 casou com Inacio de Faria, filho de João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta. Geração na família "Lazaro de Torres”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 20-03-1736 Inacio de Faria, f.l. João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta = cc Rosa de Siqueira, f.l. João Batista Maciel e Izabel da Cunha, Todos desta.

4-6-7-3 Manoel Batista Maciel aos 15-01-1739 casou com Maria do Espirito Santo, filha de Domingos Vaz de Lima e Luzia Pedrosa, família Gaspar Vaz Guedes

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 15-01-1739 Manoel Batista, f.l. João Batista e Izabel da Cunha = cc Maria do Espirito Santo, f.l. Domingos Vaz de Lima e Luzia Pedrosa, todos desta.

4-6-7-4 Maria do Rosario aos 11-01-1774 casou com Martinho da Fonseca Ozorio, natural de Baependi-MG, filho de Manoel da Fonseca e Margarida Pinto, neto materno de Antonio da Cunha Pinto e Catarina Vaz Pedroso - aportes à GP: Margarida Pinto - SL II, 372, 4-7.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 11-01-1774 Martinho da Fonseca Ozorio, n. freg. Baependi e morador nesta, f.l. Manoel da Fonseca e Margarida Pinta, np não se pode averiguar, nm disse ser neto de Antonio da Cunha e Catarina Pedrosa = cc Maria do Rosario, n. desta, f.l. João Batista Maciel e Izabel da Cunha, np João Nunes e Maria de Mattos, nm não se pode averiguar.

4-6-7-5 João Batista Maciel não consta no rol de seus irmãos na GP. Aos 26-05-1743 casou com Josefa da Silva, filha de Gregorio Alves e Maria Gomes.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 26-05-1743 João Batista Maciel, f.l. João Batista de Oliveira e Izabel da Cunha = cc Josefa da Silva, f.l. Gregorio Alves e Maria Gomes, todos nts e moradores desta.

Pais de, pelo menos:

4-6-7-5-1 Izabel da Cunha aos 19-08-1766 casou com Tomas Rodrigues de Aguiar, filho de José Rodrigues e Catarina Pinta, neto paterno de Pascoal Rodrigues de Aguiar e Ana Vaz dos Reis e neto materno de João Fernandes e Maria Fernandes

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 19-08-1766 Tomas Rodrigues de Aguiar, f.l. Jose Rodrigues e Catarina Pinta = cc Izabel da Cunha, f.l. João Batista Maciel e Josefa da Silva todos desta freguesia. O contraente npaterno de Pascoal Rodrigues de Aguiar e Ana Vaz dos Reis e nm João Fernandes e Maria Fernandes. A contraente npaterna João Batista e Izabel da Cunha, nm Gregorio Alves e Maria Gomes.

          Aos 04-10-1785, viúvo, Tomas casou segunda vez com Genoveva Maria de Jesus, filha de João Mendes de Moraes e Ana Maria de Jesus, neta paterna de Januario Machado de Oliveira e Maria Guedes da Luz, e materna de Pedro de Moraes e Maria Mendes (SL. 8, 359, 3-1).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 04-10-1785 Tomas de Aquino de Aguiar, viuvo de Izabel da Cunha = cc Genoveva Maria de Jesus, f.l. João Mendes de Moraes e Ana Maria de Jesus, np Januario Machado de Oliveira e Maria Guedes da Luz, e nm Pedro de Moraes e Maria Mendes, estes e aqueles nts de S. Paulo

Isabel da Cunha e Tomás tiveram os flhos, q.d.:

4-6-7-5-1-1 Maria Pinta de Siqueira aos 21-01-1783 casou com Francisco Maciel, natural da Ilha Grande Bispado do Rio de Janeiro, filho de Frutuoso Maciel e Marcelina da Silva

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 21-01-1783 Francisco Maciel, n. da Ilha Grande Bispado do Rio de Janeiro, f.l. Frutuoso Maciel e Marcelina da Silva = cc Maria Pinta de Siqueira, f.l. Tomas de Aquino de Aguiar e Izabel Nunes, np Jose Rodrigues de Aguiar e Catarina Pinta, nm João Batista Maciel e Josefa de Siqueira, todos ntes desta. Test.: Sarg. Mor João Pimenta de Abreu e Antonio Joe Monteiro, casados nesta vila.

4-6-7-5-1-2 Angelica Pinta aos 22-02-1784 João da Silva Ribeiro, filho de João Pires Ribeiro e Maria Madalena

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 22-02-1784 João da Silva Ribeiro, f.l. João Pires Ribeiro e Maria Madalena e não soube dizer nada dos avos = cc Angelica Pinta, f.l. Tomas de Aquino de Aguiar e Izabel da Cunha, np Jose Rodrigues de Aguiar e Catarina Pinta de Siqueira, nm João Batista Maciel e Josefa da Silva, todos nts desta. O contraente natural da vila de Se--val (Setubal?)

4-6-7-5-1-3 Angelo Rodrigues de Aguiar aos 04-09-1788 casou com Genoveva Franca de Jesus, filha de João Batista Franco e Inacia Leme da Silva, neta paterna de José de Lima Franco e Josefa de Goes de Jesus, neta materna de Manoel Leme do Prado e Maria da Silva de Jesus (SL 5, 306, 6-1)

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 04-09-1788 Angelo Rodrigues de Aguiar, f.l. Tomas de Aquino de Aguiar e Izabel Nunes, npaterno de Jose Rodrigues de Aguiar e Catarina Pinta nmaterno João Batista Maciel e Josefa de Siqueira= cc Genoveva Franca de Jesus, f.l. João Batista Franco e Inacia Leme da Silva, np Jose de Lima Franco e Josefa de Goes de Jesus, nm Manoel Leme do Prado e Maria da Silva de Jesus.

4-6-7-5-1-4 Gertrudes Pinta de Aguiar aos 07-01-1795 casou com Joaquim Fernandes, natural de Jacarei, filho de Geraldo Fernandes e Mecia de Siqueira

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 07-01-1795 Joaquim Fernandes, n. e fregues da vila de Jacarei, f.l. Geraldo Fernandes e Mecia de Siqueira = cc Gertrudes Pinta de Aguiar, n. desta, f.l. Tomas de Aquino de Aguiar e Izabel da Cunha.

4-6-8 Clemente Nunes de Mattos (ou Maciel). 28 anos, casado. Foi casado com Custódia Fernandes Nogueira, filha de Miguel Fernandes de Mendonça e Mariana Nogueira, família "Miguel Fernandes Nogueira".

4-6-9 Francisco Nunes de Siqueira (ou de Mattos) 25 anos, casado. Faoi casado com Maria Fernandes Nogueira, filha de Geraldo Fernandes Nogueira e Catarina Gomes Correa. Geração na família "Miguel Fernandes Nogueira".

 

5- Maria do Zouro casada, em vida do pai, com João Maciel.

 

6- João dos Ouros casou com Izabel Ribeira, filha de João Pires Antunes, inventariado em 30-3-1660 (SAESP vol. 37º) e sua segunda mulher Barbara Ribeira, neto materno de Gaspar Manoel Salvago e Ana Ribeiro - família “Pedro Martins”.

          João foi inventariado por Isabel em 11-09-1675. Deixou dois filhos de seu casal:

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

João dos Ouros 1675

Autos aos 11-09-1675 inventario de João dozouros neste termo da vila de S. Paulo.

Declarante Izabel Ribeira, viuva. Assinou a seu rogo Manoel de -------.

titulo dos filhos: Manoel de 5 anos = João de um .

Termo de requerimento - Apareceu Gaspar Manoel Salvago (...) assino por minha irmã Izabel Ribeiro, Gaspar Manoel Salvago.

Termo de curadoria feita a Matias de Oliveira aos 26-10-1677, curador de seus sobrinhos orfãos, filhos que foram do defunto João dozouros.

Contas que da Manoel Basão(ou Basam) casado com a curadora deste inventario - 27-12-1677

Requerimento que faz Manoel Basão e Matias de Oliveira, como curador dos orfãos filhos que ficaram de João dozouros. 18-07-1678

6-1 Manoel, 5 anos.

6-2 João, um ano.

 

7- Juliana de Oliveira, batizada na Sé de S. Paulo em 14-10-1642. Solteira em 1657.

Igreja N Sra da Assunção aos 14-10-1642 bat a Juliana, f.l. Matias de Oliveira e Antonia Rodrigues, padr.: Manoel Nunes de Siqueira e Catarina Dias

          Casou primeira vez com Nicolau Barreto, irmão de João Lourenço Corim. Nicolau foi inventariado em 1664, deixou filho único de seu casal (SAESP vol. 16º).

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

Inventariado Nicolau Barreto,

Petição apresentada por parte de João Lourenco

Data 08-08-1664 nesta vila de S. Paulo

Diz João Lourenço Corim, morador nesta vila, para notificar com testemunhas, em como emprestou ao defunto seu irmão Nicolau Barreto, 33$200 rs quando foi para o Rio de Janeiro.

Testemunhas 08-08-1664 nesta vila de S. Paulo

Crispim Duarte, morador nesta vila, 41 anos.

Manoel de Lemos, morador nesta vila, 28 anos, aos costumes disse que era seu cunhado.

Domingos Leme da Silva, morador nesta vila, 33 anos, dos costumes disse que eram parentes as mulheres

          Juliana casou segunda vez com Alberto da Costa Cordova inventariado em 19-12-1672.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

Alberto da Costa - 1672

Autos 19-12-1672 vila de N Sra da Conceição, em pousadas de Juliana de Oliveira viuva que ficou do defunto.

Declarante Juliana de Oliveira, viuva do defunto. Assinou a seu rogo seu irmão João dozouro.

Folha dos Orfãos: o orfão Manoel e a orfã Maria.

Vila de N Sra da Conceição e seu termo (...) fiz inventario por falecimento de Alberto da Costa Cordova e achei dois filhos legitimos havidos de sua mulher Juliana de Oliveira, orfãos menores Manoel e Maria.

 

Nicolau e Juliana tiveram o filho:

7-1 João, com 3 anos em 1664.

Juliana e Antonio tiveram dois filhos:

7-2 Manoel

7-3 Maria.

 

8- Salvador, menor em 1657.

 

_______________________________________________________________________________________________________

 

DESENTRONCADO

 

 

Capitão Miguel dos Ouros (da Veiga) e sua mulher Antonia de Miranda de Oliveira tiveram dois filhos, q.d.

Ambos naturais de S. Paulo e solteiros em 1718, assistiam nas Minas Gerais:

1- Maria dos Ouros da Veiga

2- Manoel dos Ouros da Veiga

 

1- Maria dos Ouros da Veiga, com provisão de 1718 no Furquim-MG, casou com Capitão José de Miranda de Oliveira natural da cidade de São Paulo, filho dos falecidos David de Miranda e Isabel Rodrigues Oliveira. Geração em aportes à GP: Izabel Rodrigues de Oliveira - SL. VIII, 230, 3-7

(Processo matrimonial arquivo AEAM Mariana processo ano 1718) - Orador - Capitão Jose de Miranda de Oliveira natural da cidade de São Paulo morador no Furquim filho legitimo de David de Miranda das Pereira já defunto e de sua mulher Isabel Rodrigues Oliveira já defunta.

Oradora- Maria dos Ouros natural da cidade de São Paulo filha legitima do Capitão Miguel dos Ouros da Veiga e de sua mulher Antonia de Miranda todos naturais de São Paulo

Testemunha - Manoel dos Ouros da Veiga morador no Furquim vive de sua roça e faisqueira irmão da oradora declara que ambos assistem nas Minas já pelo menos 10 anos. Ambos solteiros

 

2- Manoel dos Ouros da Veiga, em 1718 era morador no Furquim. Casou primeira vez com Isabel de Oliveira de Miranda, filha de Jorge Velho e Izabel de Miranda.

          Em 15-09-1757, viúvo e morador na Conceição dos Guarulhos, casou com Maria Rodtrigues Lamim, filha do falecido Felix Rodrigues Lamim e Teresa Martins.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 15-09-1757 Manoel dos Ouros e Maria Rodrigues Lamim. Ele viuvo de Izabel de Oliveira e morador na freg. de Conceição dos Guarulhos. Ela f.l. Felix Rodrigues Lamim, ja defunto e Teresa Martins

          Manoel faleceu em Mogi das Cruzes aos 09-09-1763.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 09-09-1763 fal. Manoel dos Ouros cc Maria Rodrigues Lamim

          Maria Rodrigues Lamim, em 03-09-1769, casou com Francisco Velho de Moraes, viuvo de Ana de Lima.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 03-09-1769 Francisco Velho de Moraes, viuvo de Ana de Lima, natural e morador desta freguesia = cc Maria Rodrigues Lamim, viuva de Manoel dos Ouros, natural e moradora nesta. E não se pode averiguar quem são os avos de um e de outro por terem de idade 70 anos pouco mais ou menos. Test.: Manoel de Souza Brito cc Maria Nunes, e Antonio Correa da Cunha cc Maria de Lima.

Manoel e Izabel de Miranda tiveram os filhos, q.d.:

2-1- Francisca de Oliveira da Silva, natural da cidade de S. Paulo. Em Mogi das Cruzes aos 10-06-1761 casou com 1761 Inacio Pedroso Bomfante, filho de José Pedroso Bomfante e Maria Leme da Silva, neto paterno de João Leme Bomfante e Maria Pedrosa naturais da vila de Parnaiba, neto materno de João Dias Mendes e Maria Leme da Silva naturais da vila de S. Vicente - familia José de Bulhões, neste site.

SL. 2, 350, 6-1 Ignacio Pedroso Bomfante casado em 1761 em Mogi das Cruzes com Francisca de Oliveira da Silva, de S. Paulo, f.ª de Manoel dos Ouros e de Izabel de Oliveira Miranda, n. p. de Miguel de Oliveira, de Ouro Preto.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, fls 40 aos 10-06-1761 Inacio Pedroso Bomfante, f.l. Jose Pedroso Bomfante e Maria Leme da Silva, np João Leme Bomfante e Maria Pedrosa nts da vila de Parnaiba, nm João Dias Mendes e Maria Leme da Silva nts da vila de S. Vicente = cc Francisca de Oliveira da Silva, f.l. Manoel dos Ouros da Veiga e Izabel de Oliveira de Miranda, natural a contraente da cidade de S, Paulo e o contraente desta vila de Mogi, np de Miguel dos Ouros e Antonia de Miranda de Oliveira natural das minas do Ouro Preto, nm Antonio Simões e Leonor de Miranda de Oliveira nts da cidade de S. Paulo. Test.: Salvador Pedroso da Silva e Cap. Eugenio de Almeida Ramos.

2-2 Antonio dos Ouros de Miranda (ou de Oliveira) casou com Maria Pedrosa da Conceição, filha de José Pedroso Bomfante e de Maria Leme da Silva. - Familia José de Bulhões, neste site.

ACMSP Dispensa de Matrimonios Parte A ano 1755  -

Antonio dos Ouros de Miranda e Maria Pedrosa da Conceicao - aos 08-01-1755

Antonio dos Ouros, morador no bairro de S. Miguel, fregues e natural da freguesia de N. Sra da Conceição Guarulhos, f.l. de Manoel dos Ouros e de Izabel de Miranda, se acha contratado para se casar com Maria da Conceição, f.l. de Jose Pedroso Bomfante e de Maria Leme da Silva, naturais da vila de Mogi de Santa Ana das Cruzes.

Antonio dos Ouros de Miranda, f.l. de Manoel dos Ouros da Vega e de s/m Izabel da Conceição de Oliveira, ja defunta, todos naturais e fregueses da freguesia de N. S. da Conceição dos Guarulhos, = com Maria Pedrosa da Conceição, f.l. de Jose Pedroso Bomfante, ja defunto e de s/m Maria Leme da Silva, todos naturais e freguesees nesta vila de Mogi.

 

Justificado o batismo do justificante Antonio dos Ouros.

 

- Vendo um dos livros de assentos dos batizados desta freguesia nele a f. 31- se acha o assento do teor seguinte: = aos 09-12-1728 bat a Maria, f. de Jose Pedroso Bomfante e de s/m Maria Leme, Padrinhos Cosme Damião, e Francisca de Godoy. Mogi 10 de Dezembro de 1754

 

Pais de, q.d.:

2-2-1 Pantaleão Pedroso Bomfante, natural de Mogi das Cruzes onde foi batizado aos 30-07-1754. Em 1784 habilitou-se para casar com Ana Maria da Silveira, nascida e batizada na cidade de S. Paulo, filha do falecido José Correa Lopes, e Josefa Cardosa de Araujo. Ana Maria havia sido batizada na Capela de N Sra da Penha aos 19-06-1762.

SL. 3, 349, 6-1 Anna Maria, casou.

ACMSP - Dispensas Matrimoniais - ano 1784

Autos de Casamento Pantaleão Pedroso Bomfante e Ana Maria da Silveira 20-07-1784

 

Querem casar Pantaleão Pedroso Bomfante, n/b nesta vila de Sta. Ana de Mogi das Cruzes, f.l. de Antonio dos Ouros de Oliveira e de s/m Maria da Conceição = com Ana Maria da Silveira, n/b na cidade de S. Paulo, f.l. de Jose Correa Lopes, ja defunto e de s/m Josefa Cardosa de Ar.º, todos moradores e fregueses desta vila e Sta. Ana de Mogi das Cruzes Bispado de S. Paulo.

 

Revendo os livros competentes, em um deles se acha o assento do teor seguinte: aos 30-07-1754 nesta matriz bat a Pantaleão, f. de Antonio dos Ouros e s/m Maria da Conceição, foram padrinhos Domingos de Almeida Ramos e s/m Escolastica Coelha.

 

Idem, a f 88v achei o assento do teor seguinte: aos 19-06-1762 me apresentaram uma certidão da qual constava que, de licença minha, bat. em a capela da Sra da Penha a Ana, f. de Jose Correa Lopes e de s/m Josefa Cardosa de Almeida, E pos os santos oleos sendo padrinhos Jose da Silva Br--- e Catarina Cardosa do Prado fregueses desta. S. Paulo 12 de julho de 1784.

 

2-2-2 Antonio Pedroso de Oliveira aos 08-11-1785 casou com Manoela Pedrosa, filha de Manoel Leme do Prado e Joana Pedrosa, neta paterna de Manoel da Fonseca Coelho e Ana Pedrosa, neta materna de Domingos Dias e Domingas de Lima - família “Antonio Alvares Couceiro”.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 08-11-1785 Antonio Pedroso de Oliveira, f.l. Antonio dos Ouros e Maria da Conceição, np Manoel dos Ouros e Izabel de Oliveira, nm Jose Pedroso Bomfante e  Maria Leme da Silva = cc Manoela Pedrosa, f.l. Manoel Leme do Prado e Joana Pedrosa, np Manoel da Fonseca Coelho e Ana Pedrosa, nm Domingos Dias e Domingas de Lima.

 

2-3 Ana de Oliveira aos 31-12-1760 casou com Agostinho Rodrigues Nogueira, filho de Domingos Jorge de Chaves e Izabel Fernandes Lamim, neto paterno de Manoel Jorge de Chaves e Maria Ana Velosa, neto materno de Domingos Lamim e Maria Fernandes Nogueira

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 31-12-1760 Agostinho Rodrigues Nogueira, f.l. Domingos Jorge de Chaves e Izabel Fernandes Lamim, np Manoel Jorge de Chaves e Maria Ana Velosa, nm Domingos Lamim e Maria Fernandes Nogueira = cc Ana de Oliveira, f.l. Manoel dos Ouros da Veiga e Izabel de Oliveira de Miranda, np Manoel dos Ouros e Antonia de Miranda, nm Jorge Velho e Izabel de Miranda

Pais de, pelo menos:

2-3-1 Maria Rodrigues aos 26-03-1783 casou com Francisco Barbosa, filho de João Maciel Barbosa e Izabel Sobrinha, neto paterno de Manoel Ribeiro Coito e Maria Rodrigues naturais da freguesia da Conceição, neto materno de João dos Ouros Antunes e Maria Rodrigues.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, fls 194 aos 26-03-1783 Francisco Barbosa, f.l. João Maciel Barbosa e Izabel Sobrinha, np Manoel Ribeiro Coito e Maria Rodrigues nts da freg. da Conceição, nm João dos Ouros Antunes e Maria Rodrigues = cc Maria Rodrigues, f.l. Agostinho Rodrigues Nogueira e Ana Maria de Oliveira, np Domingos Jorge Chaves e Izabel Rodrigues Lamim, nm Manoel dos Ouros e Izabel de Oliveira. Test.: Jose Alves Pedroso, casado e Bento da Cunha, solteiro filho de Pedro da Cunha de Macedo

2-3-2 Francisco Rodrigues Nogueira aos 20-02-1783 casou com Ana Maria, filha de José Gomes da Silva e Catarina da Silva, neta paterna de Simão Gomes da Silva e Maria de Mattos, neta materna de Simplicio Leite e Luzia da Silva.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 20-02-1783 Francisco Rodrigues Nogueira, f.l. Agostinho Rodrigues Nogueira e Ana Maria de Oliveira, np Domingos Jorge de Chaves e Izabel Rodrigues Lamim, nm Antonio dos Ouros e Izabel de Oliveira = cc Ana Maria, f.l. Jose Gomes da Silva e Catarina da Silva, np Simão Gomes da Silva e Maria de Mattos, nm Simplicio Leite e Luzia da Silva

2-4 Faustino de Oliveira, natural da Conceição dos Guarulhos. Em Mogi das Cruzes aos 09-06-1772 casou com Ana Nunes de Oliveira, filha de Valerio da Silva e Izabel Nunes Nogueira, neta paterna de Antonio da Cunha Pinto e Catarina Vaz Poderosa, neta materna de Francisco Nunes de Mattos e Maria Fernandes Nogueira (SL. 2º, 370, 5-5)

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 09-06-1772 Faustino de Oliveira, n. freg. Conceição dos Guarulhos e morador nesta, f.l. Manoel dos Ouros e Izabel de Oliveira , np Miguel dos Ouros e Antonia de Miranda, nm [danificado] velho e Leon[---] de Oliveira= cc Ana Nunes de Oliveira, n. desta, f.l. Valerio da Silva e Izabel Nunes Nogueira, np Antonio da Cunha Pinto e Catarina Vaz Pederosa, nm Francisco Nunes de Mattos e Maria Fernandes Nogueira. Test.: Sarg. Mor João Pimenta cc D. Escolastica de Camargo, e Cap. Eugenio de Almeida Ramos cc D. Angela Pimenta.

Pais de, pelo menos:

2-4-1 Francisca Maria de Jesus aos 14-11-1797 casou com João Pinto de Moraes, natural da Conceição dos Guarulhos, filho de José Pinto e Maria Cardosa.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 14-11-1797 nesta matriz e test.: Francisco Jose Machado, casado e Salvador dos Santos, solteiro fregues da cidade de S. Paulo. Joam Pinto de Moraes, n. da freg. da Conceição dos Guarulhos, f.l. Jose Pinto e Maria Cardosa = cc Francisca Maria de Jesus, f.l. Faustino de Oliveira e Ana Nunes.

2-5 Leonor dos Ouros casou com Vitorino Fernandes de Oliveira, filho de José Fernandes e Maria Ribeiro.

ACMSP Dispensas Matrimoniais - ano 1743

Contraentes Victorino Fernandes de Oliveira e Leonor dos Ouros 15-05-1743

Leonora dos Ouros, moradora e natural desta cidade de S. Paulo, f. de Manoel dos Ouros, quer justificar o seu batismo (batizada na aldeia de S. Miguel dos religiosos de S. Francisco, de idade que disse ter de 16 anos)

 

Vitorino Frz de Oliveira, f. de Jose Frz de Oliveira e de s/m Maria Ribeira, [-------] freguesia de Sto Amaro = com Leonor dos Ouros, f. de Manoel dos Ouros da Veiga e s/m Izabel de Oliveira, n. da cidade de S. Paulo.

 

Paroquia de Santo Amaro: (...) um assento do teor seguinte: aos sete de julho de 1720 bat a Vitorino, f. de Joseph Fernandes e de s/m Maria Ribeira, PP Amaro Rodrigues Velho e Antonia Bicuda. Santo Amaro 17 de abril de 1743

2-5-1 Manoel Fernandes de Oliveira, natural da Conceição dos Guarulhos. Em Mogi das Cruzes aos 27-09-1775 casou com Rosa Maria de Jesus, n. desta, f.l. Sebastião Fernandes e Ana Correa Aranha, neta paterna de Bartolomeu Fernandes e Maria Rodrigues da Silva, neta materna de Manoel de Siqueira Aranha e Domingas Correa Pinto.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 27-09-1775 Manoel Fernandes de Oliveira, n. Conceição dos Guarulhos, f.l. Vitorino Fernandes de Oliveira e Leonor dos Ouros,  np Jose Fernandes e Maria Ribeira, nm Manoel dos Ouros e Izabel de Oliveira= cc Rosa Maria de Jesus, n. desta, f.l. Sebastião Fernandes e Ana Correa Aranha, np Bartolomeu Fernandes e Maria Rodrigues da Silva, nm Manoel de Siqueira Aranha e Domingas Correa Pinto. Test.: Salvador da Fonseca cc Josefa de Mello, e Antonio dos Ouros cc Maria da Conceição

2-6 Catarina de Oliveira casou com José Pedroso Bonfante, filho de José Pedroso Bonfante e Maria Leme da Silva. Geração na familia José de Bulhões.