PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

 

MANOEL PEREIRA BRANDÃO

(atualizado em 29-abril-2017)

 

 

Bartyra Sette

 

Manoel Pereira Brandão (ou Azevedo) e sua mulher Jerônima do Pinho eram naturais da freguesia de S. Miguel lugar de Urro do Concelho da vila de Arouca Bispado de Lamego, onde casaram aos 07 de maio de 1704.

Portugal >Aveiro > Arouca > Urrô > São Miguel - aos 07-05-1704 assisti ao matrimonio que contrairam Hyeronima de Pinho, fa. de Estevão João e de s/m An.ta Tavares de Urro e Mel P.ra de Aze.do, filho de Lucas P.ra e de s/m Maria Brandoa, ja defunta, do mesmo lugar de Urro; foram testemunhas Mel. Fran.co e Simão de Pinho.

Jerônima, batizada em 10-12-1680, era filha de Estevão João e Antonia Tavares.

Portugal >Aveiro > Arouca > Urrô > São Miguel - Aos 10-12-1680 batizei a Hieronima, filha de Estevão João e de s/m An.ta Tavares de Urro; foram padrinhos João de Pinho e Hieronima, filhos de Andre do --- e Rosa.

Manoel, batizado em 10-04-1680, era filho de Lucas Pereira de Azevedo, batizado em 24-10-1655 e casado aos 18-07-1678 com Angela Maria, neto paterno de Manoel Duarte (já falecido em 1678) e de Paula Ferreira (casados em 20-09-1630), neto materno de George Brandão e Angela Fernandes, ambos já falecidos  em 1678.

Arquivo Distrital do Aveiro-PT, Concelho de Castelo de Paiva, Paroquia de São Martinho de Sardoura, im 46 fls. 44 - aos 10-04-1680 bat a Manoel, f. de Lucas Frr.ª de Azevedo e de s/m Angela Maria moradores no lugar de Tvere(?). Foram padrinhos Salvador Brandão, de Arouqua e Feliciana de Azevedo filha de Paula Frr.ª. Era ut supra (pesq. Geraldo Dutra de Andrade Neto)

 

Arquivo Distrital do Aveiro-PT, Concelho de Castelo de Paiva, Paroquia de São Martinho de Sardoura, im 25 fls --, aos 24 do mes de 8bro de 655 anos bat. a Lucas f. de Manoel [rasgado]te e de s/m Paula Ferreira. Foram padrinhos B. Costa e Maria da Costa sua mãe, da vila freg. de Sobrado (pesq. Geraldo Dutra de Andrade Neto)

 

Arquivo Distrital do Aveiro-PT, Concelho de Castelo de Paiva, Paroquia de São Martinho de Sardoura, Livro misto de batismos, casamentos e óbitos, fls.55v im 58 - [Lucas Ferr.ª(sic) de Azvd.º e Angela M.ª] Aos 18-07-1678 se receberam Lucas Pereira(sic) de Azevedo, filho de Mel Duarte, já defunto, e de s/m Paula Ferreira moradores no lugar do Coreto(?) desta freguesia = cc Angela Maria, f. de Angela Frz e de George Brandão, já defuntos, da freguesia de S. Miguel de Uró C.º de Arouqua (pesq. Geraldo Dutra de Andrade Neto)

 

Arquivo Distrital do Aveiro-PT, Concelho de Castelo de Paiva, Paroquia de São Martinho de Sardoura, im 49 fls. 47 - Recebimentos [Mel. Duarte e Paula Ferreira] aos 20-09 do mesmo ano (1630) recebi a Paula Ferreira com Manoel Duarte. Era ut supra (pesq. Geraldo Dutra de Andrade Neto)

 

Manoel Pereira Brandão e Jerônima do Pinho vieram com filhos para o Brasil nas primeiras decadas do século XVIII. Entre eles:

1- Maria de Pinho

2- Alexandre Pereira Brandão

3- Damiana de São José

4- Teodosio Pereira Brandão

5- Rosa Maria de São José

 

 

1- Maria de Pinho aos 16-06-1733 casou com José da Costa Ribeiro, natural da cidade do Porto-PT, filho de Antonio da Costa Ribeiro e Maria da Costa.

Pólis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG). Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição do Campo dos Carijós, hoje Conselheiro Lafaiete 1727­1735, 124 16/06/1733 Capela de São Gonçalo do Camapuã, José da Costa Ribeiro, natural da Cidade do Porto, filho de Antônio da Costa Ribeiio e de Maria da Costa, com Maria do Pinho, natural de São Miguel do Ouiroti, filha de Manoel Pereira (Brandão, nota nossa) e de Jerônirna do Pinho.

 

          Ambos faleceram em Tiradentes-MG e foram sepultados na ermida da Sra do Carmo do Japão. Maria em 1783 e José em 1809:

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro de Suplementos, em o ano de 1783 dentro da Ermida da Sra do Carmo do Japão foi sepultada Maria de Pinho, mulher de Jose da Costa Ribeiro, atacada de um estupor. Vila de São Jose 21-04-1819

 

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro de Suplementos, em o ano de 1809 dentro da ermida da Sra. do Carmo do Japão foi sepultado Jose da Costa Ribeiro, viuvo de Maria de Pinho. Vila de São Jose 21-04-1819

 

Entre os filhos do casal:

1-1 Domingos, b atizado aos 29-12-1735.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 29-12-1735 nesta matriz bat a Domingos, f.l. de Jose da Costa Ribeiro e Maria de Pinho; foram padrinhos Domingos da Costa Guimarãe,s solteiro e morador em Vila Rica de Ouro Preto e Damiana de São Jose mulher de Jeronimo da Costa, todos moradores nesta mesma freguesia.

1-2 Manoel da Costa Pereira aos 03-02-1763 casou com Genoveva da Conceição, filha de Ana Teresa de São José, batizada na freguesia da Candelaria Bispado do Rio de Janeiro e de seu primeiro marido Domingos Gonçalves Machado, natural da freguesia de Santa Catarina da Ilha do Faial Bispado de Angra. Ana Teresa casou segunda vez com Teodosio Pereira Brandão, 4 abaixo.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 03-02-1763 na capela de S. Gonçalo filial desta matriz Manoel da Costa Pereira n/b nesta freguesia, f.l. Jose da Costa Ribeiro e de Maria do Pinho = cc Genoveva da Conceição, n/b nesta mesma freguesia dos carijos, f.l. de Domingos Gonçalves Maxado e de Ana Teresa de São Jose. Testemunhas que assinam Francisco Lopes Valle e Simão Caetano de Moraes Barr.to.

          Pais de, q.d.:

1-2-1 Maria em 05-03-1764.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 05-03-1764 na capela de Santo Amaro bat a Maria, f.l. Manoel da Costa Pereira e de Genoveva da Conceição. Foram padrinhos o Revdo Domingos da Costa Pereira e Maria de Jesus mulher de Jose Pereira Gomes, todos desta freguesia.

1-2-2 Manoel, batizado em 21-04-1766.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 21-04-1766 na matriz bat subconditione por ter sido batizado em casa, em caso de necessidade, a Manoel nascido a dez do dito mes, f.l. de Manoel da Costa Pereira e de Genobeba da Conceição, batizados nesta freguesia, npaterno de Jose da Costa Ribeiro, do Bispado do Porto e de Maria do Pinho, n/b na freguesia de S. Miguel de Orro Vale de Arouca e Bispado de Lamego, e pela materna de Domingos Gonçalves Machado, n/b na freguesia de Santa Catarina da Ilha do Faial Bispado de Angra e de Ana Teresa, n/b na freguesia da Candelaria Bispado do Rio de Janeiro. Foram padrinhos Theodozio Pereira Brandão e s/mulher Ana Teresa, todos desta freguesia.

1-3 Maria de Jesus batizada em 01-10-1741. Aos 30-08-1762 casou com José Pereira Gomes, natural da freguesia de S. Martinho da Costa comarca da Feira Bispado do Porto, filho dos falecidos Manoel Pereira e Teresa João

Conselheiro Lafaiete, MG aos 01-10-1741 nesta matriz bat a Maria, f. de Jose da Costa Ribeiro e s/m Maria de Pinho; foram padrinhos Jose Henriques e Rosa de São Jose, filha de Manoel Pereira, todos meus fregueses.

 

Conselheiro Lafaiete, MG aos 30-08-1762 na capela de Santo Amaro filial desta matriz Jose Pereira Gomes, n/b na freguesia de S. Martinho da Costa comarca da Feira Bispado do Porto, f.l. de Manoel Pereira e Teresa João, ja defuntos = cc Maria de Jesus, n/b nesta freguesia de Carijos, f.l. de Jose da Costa Ribeiro e s/m Maria de Pinho

Maria e José tiveram inumeros filhos batizados em S.; José del Rei, entre eles:

1-3-1 Domingos Pereira Gomes batizado em 08-08-1764. Aos 18-06-1798 casou com Ana Luisa Pereira Barbosa, filha do Tenente Manoel José Barbosa e Maria Rosa Marques. Geração na família “Fradique Marques Palmeira”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 08-08-1764 Passatempo, Domingos, f.l. Jose Pereira Gomes e Maria de Jesus, padr.: o Reverendo Domingos da Costa Pereira e Genovefa da Conceição.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. - 18-06-1798; Oliveira; Domingos Pereira Gomes; f. José Pereira Gomes e Maria de Jesus; n. São José ; Ana Luisa Pereira Barbosa; f. Tte. Manoel José Barbosa e Maria -osa Marques; n. São José;

1-3-2 Maria batizada em 22-12-1765.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 22-12-1765 Passatempo, o Reverendo Domingos da Costa Pereira, presbitero secular, batizou Maria, sua sobrinha, f.l. de Jose Pereira Gomes e Maria de Jesus, padr.: Manoel Henriques Pereira e Joana Maria, filha leg. de Alexandre Pereira Brandão.

1-3-3 Ana em 07-03-1768.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 07-03-1768 Passatempo, Ana, f.l. Jose Pereira Gomes e Maria de Jesus, padr.: Manoel Pereira Gomes e Francisca Maria filha de Alexandre Pereira Brandão.

1-3-4 José em 25-06-1769.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 25-06-1769 Passatempo, Jose, f.l. Jose Pereira Gomes e Maria de Jesus, padr.: Alexandre Pereira Brandão e Maria de Pinho mulher de Jose da Costa.

1-3-5 Joaquim Pereira Brandão batizado em 26-12-1770 Em 05-02-1799 casou com Hipolita Jacinta de Jesus; f. Manoel Luis Caetano e Custódia Maria de Jesus.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 26-12-1770 cap. Sra. Gloria Passatempo, Joaquim, f.l. Jose Pereira Gomes e Maria de Jesus, padr.: João da Costa Guimarães e Genoveva da Conceição.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, aos 05-02-1799; Japão; Joaquim Pereira Brandão; f. José Pereira Gomes e Maria de Jesus; n. São José; cc. Hipolita Jacinta de Jesus; f. Manoel Luis Caetano e Custódia Maria de Jesus; n. São José;

Entre os filhos do casal:

1-3-5-1 Manoel, batizado em 19-11-1799.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 19-11-1799 Japão, Manoel, f.l. Joaquim Pereira Brandão e Hipolita Jacinta de Jesus, padr.: Manoel Pereira do Espirito Santo e Custodia Maria de Jesus.

1-3-5-2 Joaquim em 31-08-1806.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 31-08-1806 Japão, Joaquim, f.l. Joaquim Pereira Brandão e Hipolita Jacinta de Jesus, padr.: Domingos Pereira Gomes e Luiza Maria do Nascimento.

 

1-3-6 Antonio batizado em 27-12-1773.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 27-12-1773 ermida da Sra do Carmo, Antonio, f.l. Jose Pereira Gomes e Maria de Jesus, padr.: Jose Pereira Malhado e Pascoa Maria mulher de Luiz de Almeida

1-3-7 Luiza em 26-05-1776.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 26-05-1776 ermida N. Sra do Carmo da aplicação da capela do Passatempo, Luiza n. aos 13, f.l. Jose Pereira Gomes e Maria de Jesus, padr.: Cap. Manoel Jose Velozo, e Luiza filha do Cap. João Teixeira Alz.

1-3-8 Rita em 10-12-1777.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 10-12-1777 Japão, Rita, f.l. Jose Pereira Gomes e Maria de Jesus, padr.: Cap. João Teixeira Alvares e s/m D. Izabel da Conceição.

1-3-9 Simão em 02-12-1779.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 02-12-1779 Japão, Simão, f.l. Jose Pereira Gomes e Maria de Jesus, padr.: Manoel e Maria, filhos de Jose Pereira Gomes todos desta freguesia.

1-3-10 Manoel do Espirito Santo casou com Maria Angelica de Jesus, filha de Manoel Luiz Caetano e Custodia Maria de Jesus, já citados.

         Pais de, q.d.:

1-3-10-1 Joaquim, batizado em 23-04-1795.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos  aos 23-04-1795 Carmo do Japão, Joaquim, n. aos 02, f.l. Manoel do Espirito Santo e Maria Angelica de Jesus, np Jose Pereira Gomes e D. Maria de Jesus, nm Manoel Luiz Caetano e Custodia Maria de Jesus, padr.: Joaquim Pereira Brandão e D. Jeronima da Conceição.

 

2- Alexandre Pereira Brandão casou com Rita Maria de Jesus, filha do Alferes Francisco da Costa Veiga e Ana Maria de Barros, naturais da Sé do Rio de Janeiro. Pais de, q.d. batizados em Tiradentes-MG:

2-1 Manoel Pereira Brandão

2-2 Francisca Maria, ambos solteiros em 1765.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 31-03-1765 Passatempo, Maria, f.l. Manoel Furtado de Mendonça e Clara Rosa de Jesus, padr.: Manoel Pereira Brandão e Francisca Maria, solteiros filhos de Alexandre Pereira Brandão.

2-3 Joaquim, em 03-01-1763.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 03-01-1763 cap. Passatempo, Joaquim, f.l. Alexandre Pereira Brandão e D. Rita Maria de Jesus, np Manoel Pereira Brandão e s/m Jeronima de Pinho naturais da freg. de S. Miguel do Vale de Ar---a do Bispado de Lamego, nm Alf. Francisco da Costa Veiga e s/m D. Ana de Barros nts da freg. da Sé Bispado do Rio de Janeiro, padr.: Joseph Pereira Gomes e Maria Moreira Maya mulher de Manoel Sanches Thome

2-4 Jerônimo Pereira Brandão aos 08-05-1797 em Tiradentes casou com Francisca da Silva Costa, natural da Cachoeira do Campo, filha de Domingos da Costa Guimarães e Ana Maria da Silva.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, 08-05-1795; Jerônimo Pereira Brandão; f. Tte. Alexandre Pereira Brandão e Rita Maria de Jesus; n. Queluz; cc Francisca da Silva Costa; f. Domingos da Costa Guimarães e Ana Maria da Silva ; n. Cachoeira do Campo;

Pais de, q.d.:

2-4-1 José Pereira Brandão, batizado em 1796. Aos 20-08-1824 casou com Maria do Carmo de Jesus (ou do Sacramento), filha de José Francisco Pereira e Felícia Rosa.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro Suplementos, em o ano de 1796 Oliveira, Jose, f.l. Jeronimo Pereira Brandão e Francisca da Silva Costa, padr.: Luiz Manoel Leite e Maria Vieira s/mulher. Vila de S. Jose 05-07-1824.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, 20-08-1824; Oliveira; José Pereira Brandam ; f. Jerônimo Pereira Brandão e Francisca da Silva Costa; Oliveira; cc Maria do Carmo de Jesus; n/b em Oliveira; f. José Francisco Pereira e Felícia Rosa; testemunhas Ignacio Pacheco Lopes e Alf. Manoel Miz do Espirito Santo.

Pais de, q.d.:

2-4-1-1 José, batizado em 10-08-1828.

B7: Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) cap. Sto Antonio aos 10-08-1828, Jose, f.l. Jose Pereira Brandão e Maria do Carmo do Sacramento, padr.: Antonio Jose dos Santos e Francisca da Silva Costa.

2-4-2 Ana, batizada em 23-11-1796.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 23-11-1796 Oliveira, Ana, f.l. Jeronimo Pereira Brandão e Francisca da Silva Costa, moradores no arraial do Rio do Peixe da freg. das Congonhas do Campo porem nascida na aplicação da capela de N. Sra. da Oliveira filial desta matriz de Santo Antonio da vila de S. Jose. padr.: João Leite Guedes e s/m Francisca Rosa do Nascimento desta dita aplicação.

2-4-3 Bárbara, em 29-11-1803.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 29-11-1803 Oliveira, Barbara n. 01, f.l. de Jeronimo Pereira Brandão e Francisca da Silva Costa, padr.: João da Silva e Maria da Silva ------.

2-5 Josefa Maria da Conceição, batizada aos 16-11-1758. Em casou com Francisco Xavier da Costa Ribeiro, filho de José Ribeiro de Carvalho e Inacia Caetana de Souza natural de Recife-PE, neto paterno Pedro João e Maria Coelho, neto materno de José da Costa Fialho e Maria de Souza Delgado; família “José da Costa Fialho”.

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 16-11-1758 na capela de Santo Amaro filial desta matriz bat a Josefa n aos 6 do dito mes, f.l. Alexandre Pereira Brandão e Rita Maria de Jesus, np Manoel Pereira Brandão e s/m Jeronima de Pinho nts da freg. de S. Miguel de Uro concelho de Arouca Bispado de Lamego  e pela materna do Alf. Francisco da Costa Borges e D. Ana de Barros nts da freguesia da Sé da cidade do Rio de Janeiro. Padrinhos Francisco Rodrigues Gomes e Jeronima filha de Jeronimo da Costa Guimarães.

Pais de, q.d.:

2-5-1 Alexandre, batizado em 21-01-1778.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 21-01-1778 Japão, Alexandre, f.l. Francisco Xavier da Costa Ribeiro e Josefa Maria da Conceição, np Jose Ribeiro de Carvalho e Inacia Caetana de Souza natural de Pernambuco, pela materna de Alexandre Pereira Brandão n/b em S. Miguel do Orro Bispado de Lamego e s/m Rita Maria n/b na Sé do Rio de Janeiro; padr.: Alexandre Pereira Brandão e s/m Rita Maria todos desta freguesia

2-6 Joana Maria de Jesus casou com Gabriel Domingues, filho de Antonio Domingues e Izabel André. Pais de, q.d.:

2-6-1 Alexandre Pereira Brandão, batizado em 04-06-1768. Aos 02-12-1800 casou com Maria Antonia de Jesus, filha de Manoel Antonio Ribeiro e Ana Maria de Jesus. Com geração.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 04-06-1768 Japão, Alexandre, f.l. Gabriel Domingues e Joana Maria de Jesus, padr.: Francisco da Costa Ribeiro e s/m Josefa ---- da Conceição.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. aos  02-12-1800; São João del Rei; Alexandre Pereira Brandão; f. Gabriel Domingues e Joana Maria de Jesus; cc. Maria Antonia de Jesus; f. Manoel Antonio Ribeiro e Ana Maria de Jesus; casamento confirmado no dia 08-01-1801 na capela do Japão

2-6-2 Agueda, em 14-06-1771.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 14-06-1771 Passatempo, Agueda, f.l. Gabriel Domingues e Joana Maria de Jesus, padr.: Manoel Alvino Pereira e Agueda Maria de Jesus.

2-6-3 Rita, em 1772.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro Suplementos, ano 1772 Passatempo, Rita, f.l. Gabriel Domingues e Joana Maria de Jesus; padr.: Antonio de São Payo Silva e s/m Francisca Maria de Jesus. S. Jose //-11-1787.

2-6-4 Francisca, em 03-11-1772.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 03-11-1772 Passatempo, Francisca, f.l. Gabriel Domingues e Joana Maria de Jesus, padr.: Jeronimo Pereira Brandão, solteiro e Rita Maria de Jesus mulher do Ten. Alexandre Pereira Brandão, todos desta freguesia.

2-6-5 Antonio, em 23-08-1775

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 23-08-1775 ermida de N. Sra do Monte do Carmo, Antonio, f.l. Gabriel Domingues e Ana(sic) Maria de Jesus, np Antonio Domingues e s/m Izabel Andre moradores na freguesia de Santa Eulalia de Oliveira do Douro Bispado do Porto, neto materno do Ten. Alexandre Pereira Brandão e s/m Rita Maria de Jesus; padr.: Manoel da Costa Pereira e s/m Genoveva da Conceição e todos desta freguesia.

2-6-6 Joaquim Domingues da Costa, batizado em 19-05-1777. Aos 13-02-1803 casou com Ana Joaquina, filha de José Antonio Fonte Arcada e Ana Maria; família “Manoel Rodrigues Coimbra”.

2-6-7 Custódia, em 12-10-1779.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 12-10-1779 Japão, Custodia, f.l. Gabriel Domingues e Joana Maria, padr.: João Antonio Henriques e Francisca Maria mulher de Antonio de Sampaio desta freguesia.

2-6-8 Bárbara, em 15-12-1781.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - 15-12-1781 Japão, Barbara, f.l. Gabriel Domingues e Joana Maria de Sirqueira, padr.: Jeronimo Pereira Brandão e Francisca Maria mulher de Antonio de São Paio.

2-6-9 Teresa, em 03-11-1783.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 03-11-1783 cap. Sra das Necessidades do Rio do Peixe freg. de Congonhas do Campo com licença, Teresa, f.l. Gabriel Domingues e Joana Maria de Jesus, moradores na aplicação do Japão desta freguesia, padr.: Antonio de São Paio e s/m Francisca de Jesus.

 

3- Damiana de São José, em 01-11-1733 casou com Jerônimo da Costa Guimarães, natural da freguesia de S. Torquato termo de Guimarães Arc. Braga, filho de João Lourenço da Costa e Jerônima Martins.

Conselheiro Lafaiete, MG. Aos 01-11-1733 nesta igreja matriz de N. Sra da Conceição do Campo Jeronimo da Costa Guimarães, f.l. João Lourenço da Costa e Jeronima Martins, n/b na freguesia de Santo Trocato(sic) termo da vila de Guimarães Arc. Braga = cc Damiana de São Jose, f.l. Manoel Pereira Brandão e Jeronima de Pinho, n. da freguesia de Santo Miguel lugar de Orro do Concelho da vila de Arouca Bispado de Lamego.

          Jerônimo fez seu testamento em Campos de Santo Amaro aos 22-01-1781, aberto em 17-10-1790. Deixou legado a quatro sobrinhas, filhas de seu falecido irmão Domingos da Costa Guimarães, moradores na Cruz das Almas da Itabira. Instituiu herdeiras do remanescente da terça, em partes iguais, as filhas Ana e Francisca. Deixou legado as netas e afilhadas Custódia e Josefa, filhas de Pascoa.

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição obitos 1810-1830 e 1743-1796.

Testamento de Jeronimo da Costa Guimarães: (...) eu Jeronimo da Costa Guimarães, abaixo assinado, atual morador que sou nos Campos de Santo Amaro, freguesia de Carijos termo da vila Rica Bispado de Mariana, f.l. João Lourenço da Costa e de Jeronima Martins da Costa, já defuntos, nat. e bat. na freguesia de S. Torcato(?) termo da vila de Guimarães Arc. Braga. Testamenteiros em 1º lugar a m/filho Jose da Costa Guimarães, em 2º a m/filho Joaquim da Costa Guimarães, em 3º a meu filho João da Costa Guimarães.

Sou casado com Damiana de São Jose e houvemos dez filhos, que vivos existem a saber: Frei Manoel de Santa Gertrudes, religioso professo no Mosteiro de Santo Antonio na cidade do Rio de Janeiro = Jose = Amaro = Joaquim = João = Maria = Jeronima = Pascoa = Ana = e Francisca.

Eu testador ter dado estado conjugal as minhas filhas Maria = Jeronima = e Pascoa, as quais dotei com alguns escravos e outros bens movies - ordeno que entre com tais bens para a fatura do inventario para efeito de se lhe levar em conta estes mesmos bens em suas legitimas paternas em mor de igualdade (...) ou assinando termo de abse conferencia com os mais meus sobreditos herdeiros, dos quais totalmente excluo a parda Maria casada com Manoel Lopes dos Santos, que dizem ser minha filha natural havida em tempo de meu celibato pela haver dotado com equivalente a respeito dos mais meus filhos legitimos.

Da minha terça disponho da maneira seguinte: legados pios = ao Santo Hospital de Vila Rica para a cura dos pobres enfermos = para a redenção dos cativos = = deixo a quatro orfãs donzelas recolhidas, minhas sobrinhas, a eleição de meu testamenteiro 25$000 rs a cada uma = O que ficar da minha terça instituo universais herdeiras as minhas filhas Ana e Francisca em partes iguais

(...) este meu solene testamento que hora mandei escrever por Manoel Ribeiro Guimarães(...). Campo de Santo Amaro 22-01-1781 Jeronimo da Costa Guimarães

Adição: deixo a Damiana, minha afilhada, filha do falecido Antonio Toste 40$000 rs = Deixo a meu filho Frei Manoel de Santa Gertrudes 20$000 rs para o seu tabaco e lenços = Deixo ao Hospital dos Irmãos Terceiros da Ordem Serafica da cidade do Rio de Janiero 20$000 rs = Deixo as minhas duas netas e afilhadas Custodia e Josefa, filhas de minha filha Pascoa, 20$000 rs a cada uma. Finalmente declaro que as minhas 4 sobrinhas que faz menção a verba supra são filhas de meu irmão já falecido Domingos da Costa Guimarães, moradores na Cruz das Almas da Itabira, era dia, ut supra Jeronimo da Costa Guimarães.

Aprovação aos 23-01-1781 Freguesia de N Sra da Conceição dos Carijos

Testemunhas: Manoel Jose Braga = Francisco Rodrigues Xavier = Antonio Rodrigues Dutra = Manoel Pereira Lagoa = Pedro Jose da Costa

Termo de Abertura: aos 17-10-1790 nesta Real Vila de Queluz, Minas e Comarca do Rio das Mortes, em casas de residencias do Cap. Mor Jose Rodrigues da Costa atual Juiz Ordinario.

          Damiana faleceu com testamento de 12-02-1798 e foisepultada aos 23-04-1798 na capela de Santo Amaro. Declarou nove filhos vivos:

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição  - aos 23-04-1798 junto as arcadas do presbiterio da capela de Santo Amaro filial  desta matriz de Queluz foi sepultada Damiana de São Jose, casada que foi com Jeronimo da Costa Guimarães. Fez testamentop em o qual declara ter nove filhos vivos os quais instituiu seus herdeiros que são: Amaro, Jose, Joaquim, João, Jeronima, Maria, Francisca e Ana, filhos do falecido marido supra declarado. Para constar fiz este assento.

Testamento: (...) eu testadora Damiana de São Jose moradora na freguesia de N Sra da Conceição da vila de Queluz comarca do Rio das Mortes Bispado de Mariana, f.l. de Manoel Pereira Brandão e de Jeronima de Pinho, natural e batizada na freguesia de S. Miguel de Orró da vila de Arouca Bispado de Lamego, faço este meu testamento da forma seguinte: (...) declaro que fui casada com Jeronimo da Costa Guimarães, ja falecido e tivemos nove filhos que se acham vivos a saber: Amaro, Jose, Joaquim, João, Jeronima, Maria, Paschoa, Francisca e Ana que são os meus necessáris herdeiros. Por falecimento de meu marido se fez inventário dos bens que havia no casal, e porque todos os meus filhos se achavam emancipados pelas idades se procedeu amigavelmente a partilhas, e para de uma só vez se fazerem, fiz lhe a entrega dos bens que tocavam a minha meação que igualmente entraram nas ditas partilhas e herança, pelo que estão inteirados das legitimas paterna e materna; e somente reservei a minha terça da qual somente quero dizer neste meu testamento.

Testamenteiros em 1º lugar a meu filho Joaquim da Costa Guimarães. em 2º a meu filho Jose da Costa Guimarães e pelo premio e trabalho desta minha testamentaria, instituo herdeiro do restante da sobra da minha terça, feito meu funeral e pagas as minhas disposições.

Pedi ao Padre Antonio Gonçalves Correa mo escrevesse, e depois de me ser lido lhe roguei por mim assinasse. Sendo no Sitio de Santo Amaro aos 12-02-1798 eu que este Testamento escrevi a rogo da Testadora Damiana de São Jose por ela assinei - o Padre Antonio Gonçalves Correa.

          Segundo os testamento, Damiana e Jerônimo tiveram dez filhos que chegaram a idade adulta:

- Antonio, batizado em 22-08-1739. Provavelmente falecido na infância.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 22-08-1739 nesta matriz bat a Antonio, f.l. de Jeronimo da Costa e Damiana de São José; foram padrinhos Jose Henrique, andante no caminho e Rosa Pereira, solteira, filha de Manoel Pereira.

3-1 Maria da Costa da Assumpção, batizada em 19-09-1734. Casou com Manoel Antunes Vieira, natural de S. Julião comarca de Guimarães Arc. Braga, filho de Julião Antunes e Senhorinha Vieira.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 27-08-1734 bat a Maria, f.l. de Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São José; foram padrinhos o Cap. Antonio da Costa Guimarães e Rosa de S. Jose, todos moradores nesta freguesia.

 

Conselheiro Lafaiete, MG, Igreja Nossa Senhora da Conceição -. Aos 18-08 de mil setecentos e [danificado] cinco na capela de Santo Amaro Test.: Revdo Manoel Fernandes Santiago e Antonio Rodrigues Ventura. Manoel Antunes Vieira, f.l. Julião Antunes e Senhorinha Vieira, n. freg. S. Julião de Taboapar(?) comarca de  Guimarães Arc. Braga = cc Maria da Assumpção,  f.l. Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São Jose, n. desta,

          Manoel faleceu em 1787 e foi inventariado no mesmo ano pela viúva. Compareceram seis filhos do casal (idades em 1787):

Arquivo : IPHAN – São João Del Rei

Tipo de Documento: Inventário

Ano: 1787 Caixa: 535

Inventariado:Manoel Antunes Vieira

Inventariante: Maria da Costa Assunção - viúva

Local: Paragem “córrego Caetetú” aplicação de Santana do Morro do Chapéu Freguesia de Carijós, Termo da Vila de São José

Anotado por: Moacyr Villela

Abertura do inventario (data rasgada) em casa de morada da viúva inventariante. Declarou que seu marido tinha falecido neste ano de 1787 sem testamento

Era natural do Reino. (São Julião de Tabuaças) e só fora casado com ela deixando como herdeiros seus filhos legítimos que teve com ela inventariante: (idades mais ou menos)

- Simão Antunes Vieira com 30 anos;

- Manoel ... D...( papel rendilhado ilegível) 26 anos;

- José Antunes Vieira 24 anos;

- Joaquim Antunes Vieira 23 anos;

- Maria Josefa casada com José Vieira G...(rasgado) 27 anos. Quando se casou levou em dote 2 escravos e uma sorte de terras;

- Francisca ...(rasgado) casada com Manoel dos Santos  17 anos. Levou em dote 2 escravos

 

Bens de Raiz:

- Fazenda de Cultura com casas de vivenda, paiol, moinho, monjolo, chiqueiro e seus logradouros tudo coberto de telhas no valor de 2.400.000 reis;

- Duas sesmarias de terras na mesma paragem no valor de 1.800.000 reis

- 19 escravos

- 3 juntas de bois de carro

- 12 cabeças de gado

- 54 porcos

- 37 ovelhas

 Monte Mor – 7.066.472 reis

3-1-1 Simão Antunes Vieira batizado em 17-02-1757. Com 30 anos.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 17-02-1757 nesta freguesia bat a Simão, f.l. de Manoel Antunes Vieira e Maria da Assunção, que nasceu aos sete do mesmo mes, np de Julião Antunes e Senhorinha Vieira, nts da freguesia de São Julião de Tabuaças Concelho de Vieira comarca de Guimarães, nm de Jeronimo a Costa Guimarães e Damiana de São Jose, moradores nesta freguesia mas não naturais. Foram padrinhos Esstevão da Mota, solteiro e Rosa Maria do Rosario mulher de Cçemente Fialho, todos desta freguesia.

3-1-2 Maria Josefa, batizada em 25-09-1759. Com 27 anos, casada com José Vieira.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 25-09-1759 na capela de Santa Ana bat a Maria, Manoel Antunes Vieira e Maria da Assunção, foram padrinhos Jose Henriques e Paschoa, filha de Jeronimo da Costa Guimarães.

3-1-3 Manoel batizado em 30-03-1761. Com 26 anos em 1787.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 30-03-1761 na capela de Santa Ana bat a Manoel, f.l. Manoel Antunes Vieira e Maria da Assunção, np de Julião Antunes e Senhorinha Vieira, n. da freguesia de São Julião de Tabuaças, nm de Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São Jose natural da freguesia de S. Miguel de Orro Vale de Arouca, foram padrinhos o Alf. Domingos Galvão e s/m Pascoa da Ressurreição.

         Manoel da Costa Pereira faleceu com testamento aberto aos 31-08-1829. Foi casado com Maria Angelica da Conceição, filha de Antonio de Souza Almada e Antonia Rosa de Santa Ana. Deixou duas filhas de legítimo matrimônio e um filho natural:

Conselheiro Lafaiete, MG - Testamento de Manoel da Costa Pereira aberto a 31 de agosto de 1829. (...) eu Manoel da Costa Pereira sou n. da freguesia de N. Sra da Conceição da Real vila de Queluz, f.l. de Manoel Antunes Vieira e de Maria da Costa da Assunção, ambos falecidos. Sou casado com Maria Angelica da Conceição, f. de Antonio de Souza Almada e s/m Antonia Rosa de Santa Ana, e que da minha mulher tenho os filhos seguintes: Joaquina cc Jose Lopes de Carvalho = Ana cc Bento Lopes de Carvalho. Declaro que alem destes, tive no estado de solteiro, de Ana Maria, um filho Anacleto que foi exposto ao falecido Padre Jacob e o reconheço por meu e o instituo por meu herdeiro juntamente com minhas filhas legitimas. Quero que o restante de minha terça fique com minhas filhas legitimas. (...) Hoje Fazenda do Ribeirão de São Jose 27 de agosto de 1829 Manoel da Costa Pereira. Aprovação e abertura Real Vila de Queluz 31 de agosto de 1829

3-1-3-1n Anacleto, filho natural de Ana Maria e Manoel da Costa Pereira, exposto ao Padre Jacob.

3-1-3-1 Joaquina, filha de Manoel e Maria Angelica. Casada em vida do pai com Jose Lopes de Carvalho.

3-1-3-2 Ana, irmã inteira da supra. Casada, em vida do pai, com Bento Lopes de Carvalho.

 

3-1-4 José Antunes Vieira, batizado em 24-05-1763. Com 24 anos.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 24-05-1763 na capela de Santa Ana bat a Jose, f.l. Manoel Antunes Vieira e Maria da Assunção, np de Julião Antunes e Senhorinha Vieira, nts. da freguesia de São Julião de Tabuaças, nm de Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São Jose natural da freguesia de S. Miguel de Orro Vale de Arouca, foram padrinhos Teodosio Beira Brandão e s/m Ana Teresa.

         Em Tiradentes-MG aos 15-08-1787 casou com Francisca da Fonseca Cabral; filha Manoel da Fonseca Cabral e Isabel da Cruz. Geração na familia “Gonçalo de Almeida Collaço”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. aos 15-08-1787; Padre Gaspar; José Antunes Vieira; f. Manoel ----nes Vieira e Maria da Costa da Assumpção; n. Carijos; = cc. Francisca da Fonseca Cabral; f. Manoel da Fonseca Cabral e Isabel da Cruz; n. São Jose

3-1-5 Joaquim Antunes Vieira, batizado em 05-08-1765. Com 23 anos em 1787.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 05-08-1765 na capela de Santa Ana bat a Joaquim nascido a 26 do mes de julho, f.l. Manoel Antunes Vieira e Maria da Assunção, np de Julião Antunes e Senhorinha Vieira, nts. da freguesia de São Julião de Tabuaças Arc. Braga comarca de Guimarães Concelho de Vieira, nm de Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São Jose esta batizada na freguesia de S. Miguel de Orro Bispado de Lamego, foram padrinhos Jose Nunes de Moraes e Maria da Assunção, filhos de Antonio Nunes de Moraes, todos desta freguesia.

3-1-6 Francisca, com 17 anos, casada com Manoel dos Santos.

 

3-2 Frei Manoel de Santa Gertrudes, batizado em 19-09-1735. Religioso professo no Mosteiro de Santo Antonio na cidade do Rio de Janeiro. Não é citado no testamento materno.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 19-09-1735 bat a Manoel, f.l. de Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São José; foram padrinhos Domingos da Costa morador em Ouro Preto e Maria de de Pinho mulher de Jose da Costa, todos moradores nesta freguesia de N. Sra da Conceição do Campo de Carijos.

3-3 Jeronima da Conceição, batizada em 04-03-1737. Aos 01-09-1762 casou com Manoel Pereira Gomes natural da Freguesia de São Martinho de Anta, comarca da Feira do Bispado do Porto, filho de Manoel Pereira e Teresa João.

Conselheiro Lafaiete, MG matr [Manoel Pereira Gomes e Jeronima das Conceição]  aos 01-09-1762 [danificado] Manoel Pereira Gomes, n. --- Bispado do Porto, f.l. Manoel Pereira e de sua mulher Thereza João = cc Jeronima da Conceição, natural e batizada nesta dita freguesia de Nossa Senhora da Conceição do Campo dos Carijós, f.l. de Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São Jose

 

Conselheiro Lafaiete, MG .Aos 04-03-1737 nesta matriz bat a Jeronima, f.l. Jeronimo da Costa e Damiana de Santo Jose, foram padrinhos Domingos Teixeira, solteiro e Joana do Prado mulher do Ajudante Domingos Dias Vieira, todos moradores nesta freguesia.

Tiveram filhos nascidos no distrito de Passatempo do termo da Vila de São José:

3-3-1 Manoel, batizado aos 14-08-1763.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 14-08-1763 Passatempo, Manoel, f.l. Manoel Pereira Gomes, natural da freguesia de S. Martinho de Anta do lugar de --danta da comarca da Feira do Bispado do Porto, neto paterno de Manoel Pereira natural da dita freguesia e de Tereza João natural da freguesia de Santo Estevão da G--- do concelho de Gaya do dito bispado, e de s/m Jeronima da Conceição, neto materno de Jeronimo da Costa Guimarães natural da freguesia de São Turcado comarca da vila de Guimarães do Arc. de Braga e de Damiana de São Joseph natural da freg. de S. Miguel de En----- Vale de Arouca do Bispado de Lamego, padr.: Joseph Pereira Santos e Genovefa da Conceição mulher de Manoel da Costa Pereira.

3-3-2 Maria Rosa dos Serafins, batizada aos 06-08-1764. Aos 04-02-1795 casou com Antonio José Alves de Moura, filho de Manoel Alves Martins e Maria Teresa de Moura, naturais da freguesia de São João do Arnoio concelho de Celorico de Bastos Arc. de Braga. Antonio José era viúvo de Antonia Mariana Marques da Silva, com geração deste matrimônio na família “Fradique Marques Palmeira”.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 08-08-1764 Passatempo, Maria, f.l. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição, pad.: Revdo. Domingos da Rocha Pereira e Maria de Jesus.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. aos 04-02-1795; Japão; Antonio José Alvarez de Moura, viúvo de Antonia Mariana Marques da Silva; cc. Maria Rosa dos Serafins; f. Manoel Pereira Gomes e Jerônima da Conceição; n. São José del Rei;

Pais de, q.d.:

3-3-2-1 Jerônimo, nasceu aos 18-12-1795 e foi batizado aos 06-01-1796

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 06-01-1796 Oliveira, Jeronimo n aos 18-12-1795, f.l.. Alf. Antonio Jose Alvares de Moura e Maria Rosa dos Serafins,  np Manoel Alvares Martins e Maria Teresa de Moura, nm Manoel Pereira Gomes e D. Jeronima da Conceição; padr.: Manoel Pereira Guimarães e a dita Jeronima da Conceição.

3-3-2-2 Bárbara, gêmea do supra.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 06-01-1796 Oliveira, Barbara n aos 18-12-1795, f.l.. Alf. Antonio Jose Alvares de Moura e Maria Rosa dos Serafins,  np Manoel Alvares Martins e Maria Teresa de Moura, nm Manoel Pereira Gomes e D. Jeronima da Conceição; padr.: João Leite Guedes e s/m Francisca Rosa do Nascimento.

3-3-2-3 Bárbara Clara da Conceição, batizada aos 28-03-1797. Aos 01-12-1815 casou com Manoel José Barbosa, filho do Tenente Manoel José Barbosa e Maria Rosa Marques, família “Fradique Marques Palmeira”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 28-03-1797 Oliveira, Barbara n. aos 03, f.l. Alf. Antonio Jose Alvares de Moura e Maria Rosa dos Serafins, np Manoel Alvares Martins e Maria Teresa de Moura, naturais da freg. de S. João de Ernoi do Arc. Braga, nm Manoel Pereira Gomes, n. de S. Martinho de Anta do bispado do Porto e Jeronima da Conceição natural da freg. de N. Sra. da Conceição da vila de Queluz, padr.: Revdo Jose Pereira Guimarães e Barbara Clara da Conceição mulher de Manoel Marques Palmeira.

3-3-2-4 Domingos, em 1801.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro Suplementos, no ano de 1801 cap. Oliveira, Domingos, f.l. Antonio Jose Alves de Moura e Maria Rosa dos Serafins, padr.: Lourenço Pereira da Costa e Ana Gertrudes da Conceição. Vila de São Jose 03-05-1822

3-3-2-5 Joana, em 1802.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - Livro Suplementos, em o ano de 1802 Cap. Oliveira, Joana, f.l. Antonio Jose Alves de Moura e Maria Rosa dos Serafins, padr.: Joaquim Pereira e Joana Antonia Marques. Vila de São Jose 08-05-1820

3-3-3- Jerônima Luiza de São José batizada aos 19-03-1766 em Tiradentes onde aos 24-09-1793 casou com Inácio da Cunha Ferreira, filho de Caetano da Cunha Ferreira e Rosa Maria de São José. Geração na família “Caetano da Cunha Ferreira”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 19-03-1766 Passatempo, Jeronima, f.l. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição, padr.: Manoel da Costa Pereira e s/m Genovefa da Conceição

 

3-3-4- João Pereira Gomes, batizado aos 17-11-1767. Aos 14-11-1796 casou com Ana Maria Marques Palmeira, filha de Fradique Marques Palmeira e Ana Maria de Jesus. Família “Fradique Marques Palmeira”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 17-11-1767 Passatempo, João, f.l. Manoel Ferreira(sic) Gomes e Jeronima da Conceição, padr.: Theodosio Pereira Brandão e Joana Maria da Conceição mulher de Alexandre Pereira Brandão.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. aos 14-11-1796; Oliveira; João Pereira  Gomes; f. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição; n. São José del Rei; = cc. Ana Maria Marques Palmeira; f. Fradique Marques Palmeira e Ana Maria de Jesus; n. São José del Rei.

3-3-5 Bento, batizado em 03-05-1769.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - 03-05-1769 Passatempo, Bento, f.l. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição, padr.: João da Costa Guimarães e Francisca Maria de Jesus mulher de Antonio de Sampaio da Silva.

3-3-6 José, batizado em 19-03-1771.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 19-03-1771 Passatempo, Jose, f.l. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição, padr.: Joaquim da Costa Guimarães, tio do dito batizado e Maria Rosa mulher de Jose da Costa Ribeiro.

3-3-7 Lourenço Pereira da Costa, batizado em 24-09-1772. Aos 07-10-1801 casou com Joana Cândida de Rezende, filha de Antonio da Costa Pereira e Ana Joaquina de Rezende. Geração na família “João de Rezende Costa”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 24-09-1772 Passatempo, Lourenço, f.l. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição, padr.: Jose Pereira Malta e Maria Florinda, solteira filha de Antonio Luiz Bemfica.

3-3-8 Barbara Clara da Conceição, batizada em 09-09-1776. Aos 07-11-1796 casou com Manoel Marques Palmeira, irmão inteiro de Ana Maria supra. Geração na família Família “Fradique Marques Palmeira”.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 09-09-1776 Japão, Barbara, f.l. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição, padr.: Cap. Manoel Jose Veloso e Maria de Jesus filha de Manoel da Costa Pereira.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. aos 07-11-1796; Japão; Manoel Marques Palmeira; f. Fradique Marques Palmeira e Ana Maria de Jesus; n. São José del Rei; = cc. Barbara Clara da Conceição; f. Manoel Pereira Gomes e Jerônima da Conceição; n. São José del Rei

3-3-9 Joaquim, batizado em 15-04-1778.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 15-04-1778 Japão, Joaquim, f.l. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição, padr.: João Antonio Henriques e Ignez Francisca mulher de Domingos Gonçalves.

3-3-10 Ana Gertrudes da Conceição, batizada em 1780. Aos 21-07-1800 casou com Antonio Machado da Silveira, batizado em 22-06-1774, filho de Bartolomeu Machado da Silveira e Joana Vitória de Jesus.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 13-12(?)-1780 Japão, Ana, f.l. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição, padr.: Jose da Costa Guimarães e Ana Maria de Jesus, solteiros.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, cas. - aos 21-07-1800; Japão; Antonio Machado da Silveira; f. Bartholomeu Machado da Silveira e Joanna Victoria de Jesus; n. de São João Batista;= cc. Ana Gertrudes da Conceição; f. Manoel Pereira Gomes e Jeronima da Conceição; n. Japão;

 

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 22-06-1774 ermida S. João Batista, Antonio, f.l. Bartolomeu Machado da Silveira e Joana Vitoria, par.: Antonio Martins da Silva e s/m Rosa Feliciana.

Pais de, q.d.:

3-3-10-1 Antonio, batizado em 08-12-1802.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 08-12-1802 Japão, Antonio, f.l. Antonio Machado da Silveira e Ana Gertrudes da Conceição, padr.: Joaquim Pereira Gomes e Jeronima da Conceição, todos desta aplicação.

3-3-10-2 Silvéria, em 20-01-1805.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 20-01-1805 Japão, Silveria. f.l. Antonio Maxado da Silveira e Ana Gertrudes da Conceição, padr.: Jose Soares de Azevedo e Maria Luiza de Oliveira.

3-3-10-3 João, em 01-03-1807.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 01-03-1807 Japão, João, f.l. Antonio Maxado da Silveira e Ana Gertrudes da Conceição, todos desta aplicação, padr.: João Leite Guedes e s/m Francisca Rosa do Nascimento, moradores na aplicação da Oliveira.

3-3-10-4 José, em fevereiro de 1809.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos ??-02-1809 Japão, Jose, f.l. Antonio Maxado da Silveira e Ana Gertrudes da Conceição, padr.: Alf. Francisco de Paula de Vasconcellos e Maria Joana da Silveira, moradores na aplicação do Rio do Peixe da freg. Congonhas.

 

3-4 José da Costa Guimarães, 1º testamenteiro paterno.

3-5 Pascoa Maria de Jesus batizada aos 19-04-1741. Aos 10-09-1762 casou com Luiz de Almeida, natural de S. Adrião Bispado de Coimbra, filho de Braz Ferreira e Antonia de Almeida.

Conselheiro Lafaiete, MGaos 19-04-1741 na capela de Santo Amaro bat a Pascoa, f.l. de Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São Jose, fregueses desta freguesia, foi padrinho Silvestre da Costa Guimarães morador na freguesia da Itatiaia, e Joana Mendes da Silva mulher de Domingos da Costa Guimarães moradores na freguesia da Caxoeira.

 

Conselheiro Lafaiete,MG - matr aos 10-09-1762 Luiz de Almeida natural da freg. de S. Adrião da vila de --- da Ribeira Bispado de Coimbra, f.l. Braz Ferreira e s/m Antonia de Almeida, já defuntos = cc Pascoa Maria de Jesus, n/b newsta dita freguesia, f.l. Jeronimo da Costa Guimarães e s/m Damiana de São Jose.

Foram filhos do casal:

3-5-1 Custódia, batizada em 12-09-1763. Afilhada e legatária do avô materno:”Deixo as minhas duas netas e afilhadas Custodia e Josefa, filhas de minha filha Pascoa, 20$000 rs a cada uma.”

Conselheiro Lafaiete, MG aos 12-09-1763 nesta matriz bat a Custodia nascida a dezenove de agosto deste dito ano, f.l. de Luiz de Almeida e Pascoa Maria de Jesus, foram padrinhos Jeronimo da Costa Guimarães e s/m Damiana de S. Jose, todos desta freguesia.

3-5-2 Maria Eugenia da Conceição, batizada em 01-10-1764.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 01-10-1764 nesta matriz bat a Maria nascida a 20 de setembro deste dito ano, f.l. de Luiz de Almeida e Paschoa Maria de Jesus, foram padrinhos o Alf. Domingos Pereira de Souza e Maria da Assunção mulher de Manoel Antunes Vieira, todos desta freguesia.

         Foi casada com Jacinto José Barbosa que em 09-07-1800, viúvo, casou com Angelica Rosa do Paraíso, filha do Capitão Manoel José Braga e de Ana Thereza de Jesus

Casamentos da Paroquia de Nossa Senhora da Conceição da Real Vila de Queluz. Copiados por Allex de Assis Milagre e João Paulo Ferreira de Assis, do Livro de Casamentos de 1795-1883, Tomo I (1795-1824) Arquivado na respectiva paroquia 38 v. Santo Amaro do Camapuã, 09/07/1800, Jacinto Joze Barbosa, viúvo de Maria Eugenia, com Angelica Roza do Paraíso, filha do Capitão Manoel Joze Braga e de Anna Thereza de Jesus, todos desta freguesia.

         Segundo o testamento paterno, Maria dexou geração de três filhos, entre eles:

3-5-2-1 Ana Joaquina de Jesus aos 24-11-1814 casou com José Joaquim da Silva, filho de Joaquim José da Silva e Ana Maria da Silva

Pólis 30 - Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição da Real Vila de Queluz Livro de Casamentos 1795-1883, Tomo I (1795-1824) Arquivado na respectiva Paróquia, copiados por Allex de Assis Milagre e João Paulo Ferreira de Assis. 88 v. Matriz, 24/11/1814, Joze Joaquim da Silva, de Ouro Preto, filho de Joaquim Joze da Silva e de Anna Maria da Silva, com Anna Joaquina de Jesus, desta, filha de Jacintho Joze Barboza e de Maria Eugenia da Conceição.

3-5-3 Luiza, batizada em 30-11-1766. Não é citada no testamento paterno.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 30-11-1766 nesta matriz bat a Luiza nascida aos 16 do mesmo mes, f.l. de Luiz de Almeida e Paschoa Maria de Jesus, foram padruinhos o Dr. Sebastião da Costa Rangel e Damiana de São Jose mulher de Hieronimo da Costa Guimarães, todos desta freguesia.

3-5-4 Josefa Florinda da Conceição, batizada em 19-03-1768, legatária do avô materno. Aos 11-08-1785 casou com Matheus Homem da Costa, filho de Matheus Homem da Costa e Maria Dias de Carvalho, família “Manoel Pereira da Silva” Cap. 1º.

         Josefa faleceu em 15-01-1791 sem geração, pois a filha que teve já era falecida:

Conselheiro Lafaiete,MG - aos 19-03-1768 nesta matriz bat a Josefa nascida a 13 do mesmo mes, f.l. Luiz de Almeida e Pascoa Maria de Jesus. Padr.: Revdo Dr. Sebastião da Costa Rangel e Damiana de São Jose mulher de Jeronimo da Costa Guimarães

 

Conselheiro Lafaiete, MG, Igreja Nossa Senhora da Conceição obitos. Aos 15-01-1791 dentro desta matriz de N Sra da Conceição da Real Vila de Queluz foi sepultada Josefa Florinda casada com Matheus Homem da Costa de cujo matrimonio teve uma filha que faleceu e mais não tem vivo, filha de Luiz de Almeida e Pascoa Maria de Jesus e foi por mim encomendada e acompanhada. Faleceu no mesmo dia em casa do dito seu pai.

3-5-5 Ana Rosa de Jesus, batizada em 29-06-1770. Aos 28-02-1791 casou com José de Vargas, filho de José de Vargas Branco e Paula Rosa

Conselheiro Lafaiete,MG - aos 29-06-1770 nesta matriz batizou sub conditione por ter sido batizada em casa por necessidade a Ana nascida no primeiro do mesmo mês, f.l. Luiz de Almeida e Pascoa Maria de Jesus; padr.: o Revdo Domingos da Costa Pereira e Ana, solteira filha de Jeronimo da Costa Guimarães, todos desta freguesia.

 

Conselheiro Lafaiete, MG, Igreja Nossa Senhora da Conceição - Aos 28-02-1791 - Matrimônio de José de Vargas, f.l. Jose de Vargas Branco e Paula Rosa, n/b na vila de Queluz = cc Ana Rosa de Jesus, n/b nesta vila de Queluz, f.l. Luiz de Almeida e Pascoa Maria de Jesus.

 

3-5-6 Teresa Florinda de São José, nasceu em 15-07-1772 e foi batizada em 8 do mês seguinte.

Conselheiro Lafaite, MG Igreja N Sra da Conceição bat. Aos 08-08-1772 bat a Teresa n. aos 15-07 do dito ano, f.l. Luiz de Almeida e Paschoa Maria de Jesus, foram padrinhos João de Siqueira Leitão e Francisca, solteira filha de Jeronimo da Costa Guimarães, todos desta freguesia..

         Em Itaverava, MG aos 22-01-1821 casou com Furriel José de Souza Lima, viúvo de Ana Rosa de São José.

Itaverava, MG Igreja Santo Antonio - aos 22-01-1821 Furriel Jose de Souza Lima, viúvo de Ana Rosa de São Jose, morador nesta freguesia = cc Teresa Florinda de São Jose, f.l. de Luiz de Almeida e Pascoa Maria de Jesus e lhes conferi as bençãos nupciais.

3-5-7 Manoel Albino de Almeida nasceu em 16-06-1774 e foi batizado em 11-08 do mesmo ano. Casou com Francisca Candida Xavier de Noronha falecida aos 62 anos, sepultada em 19-07-1847.

Conselheiro Lafaiete,MG - aos 11-08-1774 nesta matriz bat. a Manoel n. a 16 de junho do dito ano, f.l. Luiz der Almeida e Pascoa Maria de Jesus, np Braz Ferreira n. da freg. de Santo (Adrião?) Ribeira de Oys Bispado de Coimbra e s/m Antonia de Almeida da freguesia de --- do mesmo bispado, neto materno de Jeronimo da Costa Guimarães, n. São Turcado comarca da vila de Guimarães do Arc. de Braga e de Damiana de São Joseph natural da vila de Arouca e freguesiad de S. Miguel  do Bispado de Viseu,  padrinhos Jose Rodrigues da Costa e Francisca Rosa da Conceição, solteira filha de Jeronimo da Costa Guimarães.

 

Conselheiro Lafaiete,MG - obitos aos 19-07-1847 na matriz foi sepultada D. Francisca Candida X.er de Noronha mulher do G.M. Manoel Albino de Almeida, de 62 anos, de hepatitis.

 

         Guarda Mor Manoel Albino testou na Vila de Queluz aos 04-02-1850. Seu testamento foi aberto em 16-05-1850. Declarou seis filhos de seu casal e deixou legados aos sete filhos legítimos do falecido Joaquim Albino de Almeida, exposto em sua casa:

Conselheiro Lafaiete,MG - obitos -. aos 17-maio-1850 no adro desta matriz foi sepultado Manoel Albino de Almeida, viuvo de Francisca Candida, de idade de 78 anos. Testamento do Guarda Mor Manoel Albino de Almeida (...) eu o Guarda Mor Manoel Albino de Almeida natural e morador desta vila, f.l. dos finados Luiz de Almeida e Paschoa Maria de Jesus (...). Fui casado uma unica vez com D. Francisca Candida Chavier de Noronha, ja falecida, de cujo matrimonio tivemos seis filhos a saber: João Albino de Almeida = Barbara cc Gabriel Tomas Villela = Maria Candida que existe em minha companhia = Francisco Balbino = Romualdo Jose de Noronha = Jose Justiniano, este falecido em vida de minha mulher em estado de solteiro sem herdeiros descendentes. Testamenteiros em 1º m/filho Francisco Balbino de Noronha, em 2º m/filho Romualdo Jose de Noronha, em 3º a m/filho João Albino de Almeida. (...) doei aos meus netos, filhos de m/filho Francisco Balbino (...). Declaro e deixo em legado a cada um dos sete filhos legitimos do finado Joaquim Albino de Almeida residentes nesta vila a quantia de 10$000 rs.(...) Vila de Queluz aos 04-02-1850 Manoel Albino de Almeida.

Concluido com termo de abertura aos 16-maio-1850 nesta vila

3-5-7-1ex Joaquim Albino de Almeida, exposto em casa do Guarda Mor Manoel Albino de Almeida.

          Aos 10-06-1829 casou com D. Joana Felisberta Alves de Jesus (ou de São José), filha do Furriel Teodósio Alves Cirino e Matildes Esméria de Jesus,

Conselheiro Lafaiete,MG aos 10-06-1829 Joaquim Albino de Almeida, exposto em casa do Guarda Mor Manoel Albino de Almeida = cc D. Joana Felisberta Alves de Jesus, f.l. Furriel Teodosio Alves Sirino e D. Matildes Esmeria de Jesus. Ambos naturais desta freguesia. Testemunhas: Comendador Jose Inacio Gomes Barbosa e Jose Narciso de Almeida Cardoso.

Furriel Teodosio Alves Cirino era filho de Teodosio Alves, natural da freguesia de Pedroso Arc. Braga e de Teresa Maria de Jesus, batizada em Carijos ao 01-06-1758 e aí casados em 04-09-1781, neto paterno de Gabriel Alves e Maria Gomes, neto materno de Manoel Gomes e Maria Gracia, naturais da freguesia de Santa Barbara Lugar dos Cedros Ilha do Faial Bispado de Angra. Por Teresa Maria, era bisneto de Manoel Gomes e Maria Nunes, e de Manoel Gracia e Ana Correa, todos naturais da sobredita freguesia.

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 04-09-1781 nesta matriz de N Sra da Conceição Campo Carijos Theodosio Alvares, f.l. Gabriel Alves e Maria Gomes, n/b na freg. de Pedroso do Arc. Braga = cc Teresa Maria de Jesus, f.l. Manoel Gomes e Maria Gracia, nat/bat, ambos moradores nesta freguesia

 

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição - aos 01-06-1758 bat a Teresa nascida aos 25-05 do dito ano, f.l. Manoel Gomes e Maria Gracia, np Manoel Gomes e Maria Nunes naturais da freguesia de Santa Barbara Lugar dos Cedros Ilha do Faial Bispado de Angra e pela materna de Manoel Gracia e Ana Correa naturais da mesma sobredita freguesia. Foram padrinhos Manoel Furtado de Mendonça e s/m Josefa da Conceição.

         Teodosio Alves Cirino casou com Matildes Esméria de Jesus e faleceram ambos em Queluz, ela 27-03-1847 e Teodosio com testamento aberto em 13-01-1855.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 27-03-1847 na matriz foi sepultada Matildes Esmeria de Jesus, casada com Theodosio Alves Serino, de 61 anos, de hyptrofia(?).

 

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição - Furriel Theodosio Alves Serino - aos 14-01-1855 nesta matriz da vila de Queluz foi sepultado Furriel Theodosio Alves Serino, branco viuvo de Matildes Esmeria de S. Jose, de idade de setenta e dois anos,

Testamento do Furriel Theodosio Alves Cerino aberto aos 13-01-1855 - (...) Eu ]Theodosio Alves Cyrino (...) sou f.l. dos já falecidos Theodosio Alves e Teresa Maria de Jesus, Fui casado com D. Matildes Esmeria de Jesus de cujo matrimonio tivemos os filhos seguintes: Joana, hoje viuva de  Joaquim Albino de Almeida = Laura cc Manoel Martins de Siqueira Junior = Candida com Joaquim Jose Vaz de Oliveira = Matildes com Manoel Alves Cyrino = Maria Eleodora cc Fortunato Jose Gonçalves = Theodosio Alves Ferreira = Jose Alves Cyrino =

Testamenteiros em 1º lugar o Cap. Jose Dias de Souza, em 2º Diogenes Teixeira Campos, em 3º Daniel Lourenço Baeta Neves

Legados:

- a Claudemira mulher de Bonifacio Joaquim de Queiroz

- dei a Antonio Coelho de Albuquerque e s/m Antonia, cuja doação ratifico.

- deixo 5 alq. de terras de cultura desta minha fazenda de Olaria a Francisco Balbino de Noronha Almeida.

Deixo o remanescente de minha terça a minha filha Laura e a Julia, de menor idade, filha de minha escrava Maria crioula.

(...) feito a meu rogo pelo advogado Agostinho Jose Ferreira Andrada Junior por mim somente assinado. Vila de Queluz 12 de Janeiro de 1855 Theodosio Alves Cyrino

Segue-se o termo de aprovação em 12-01-1855 e o de Abertura aos 13-01-1855 pelo Vigario Domiciano Teixeira Campos.

 

Joaquim Albino de Almeida já era falecido em 04-02-1850. Seus sete filhos legitimos foram legatários do Guarda Mor Manoel Albino: “Declaro e deixo em legado a cada um dos sete filhos legitimos do finado Joaquim Albino de Almeida residentes nesta vila a quantia de 10$000 rs”. Entre eles:

3-5-7-1ex-1 José, batizado em 21-03-1836. José Albino de Almeida, padrinho da sobrinha Antonia Rita, filha de Matildes Esméria.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 21-03-1836 nesta matriz bat a Jose, f.l. do Quartel Mestre Joaquim Manoel de Almeida e Joana Felisberta de Jesus, Fora padrinhos Antonio Rois Braga e D. Antonia Rita de Jesus.

3-5-7-1ex-2 Matildes Esméria de Jesus, batizada em 14-11-1837. Dispensados do impedimento de afinidade ilícita em 2º grau, aos 14-05-1855 casou com Guilherme Pinto de Andrade, natural da freguesia de Iguassu-RJ de idade 23 anos, filho de José Pinto de Andrade, natural da freguesia de Sande Bispado do Porto e Francisca Joaquina Pereira da Silva falecida no Rio de Janeiro aos 24-09-1834, neto paterno de Antonio Pinto de Andrade e Ana Maria

Conselheiro Lafaiete, MG aos 14-11-1837 nesta matriz bat a Matildes nascida a 31 de outubro, f.l. de Joaquim Albino de Almeida e Joana Felizarda de Jesus, padrinhos o Cap. Serafim Jose da Cunha e D. Vicencia Francisca de Jesus

 

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 14-05-1855 nesta matriz se receberam Guilherme Pinto de Andrade e Matildes Esmeria de Jesus, sendo esta de idade de 17 anos, f.l. do finado Joaquim Albino de Almeida e Joana Felisberta de São Jose, desta freguesia; e aquele de idade de 23 anos, f.l. de Jose Pinto de Andrade e D. Francisca [danificado]ra da Silva, da freguesia do Iguassu da Provincia do Rio de Janeiro [danificado].  Foram dispensados do impedimento de afinidade ilicita de 2º grau de linha transversal igual. Testemunhas o Barão de Suassuhy e Daniel Lourenço Baeta Neves.

             Francisca Joaquina faleceu no Rio de Janeiro aos 24-09-1834 e José casou segunda vez aos 20-02-1841 com Emilia Soares, natural da cidade do Porto, filha de Antonio Soares e Maria Teresa.

Arquivo Nacional, Fundo Juízo de Órfãos e Ausentes - ZN, 1834, nº 9320, caixa 1126, Gal A.)

Solicitado por Geraldo Dutra de Andrade Neto

Inventário de Francisca Joaquina

Juízo dos Órfãos - 1834

Francisca Joaquina Pereira - falecida

José Pinto de Andrade - inventariante

Autos aos 30-8bro-1834 - Rio de Janeiro

Declarou que a finada sua mulher Dona Francisca Joaquina Pereira faleceu a vinte e quatro de setembro do corrente ano, sem testamento, deixando os herdeiros seguintes:

Filhos:

Jose Pinto de Andrade, idade nove anos

Jose Pinto Neves de Andrade, seis anos.

Jose Delfim de Andrade, de cinco anos.

Guilherme Pinto de Andrade, de dois anos.

 

Total das avaliações: 7:529$980 reis

Rio de Janeiro, RJ - aos 20-02-1841 nesta igreja matriz de Santa Rita se receberam Jose Pinto de Andrade com Emilia Soares, ele f.l. de Antonio Pinto de Andrade e Ana Maria, natural e batizado na freguesia de Sande Bispado do Porto e viúvo de Francisca Joaquina Pereira; e ela f.l. de Antonio Soares e Maria Teresa, natural da cidade do Porto. A contraente foi dispensada da justificação de estado livre de sua Patria, e juntamente da Certidão de Batismo como tudo constou dos documentos que me apresentaram.

 

Entre os filhos de Guilherme Pinto de Andrade e Matildes Esmeria de Jesus

3-5-7-1ex-2-1 Antonia Rita de Andrade, batizada em 29-05-1757. Aos 26-11-1875 casou com João Batista de Siqueira, filho de Jacinto José de Siqueira e sua primeira mulher Francisca Maria de Jesus - família “Agueda Vaz Teixeira” neste site.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 29-05-1857 nesta matriz nat a Antonia Rita, f.l. Guilherme Pinto de Andrade e D. Matildes Esmeria de Andrade. Padr.: Jose Albino de Almeida, tio pela parte materna e D. Joana Felisberta de Jesus.

3-5-7-1ex-2-2 Avelino em 18-04-1859

Conselheiro Lafaiete, MG aos 18-04-1859 nesta matriz bat a Avelino nascido no primeiro do mesmo mes, f.l. de Guilherme Pinto de Andrade e D. Matildes Esmeria de Andrade, foram padrinhos Candido Jose Fernandes e D. Umbelina Carlota de S. Jose.

3-5-7-1ex-2-3 Americo em 22-04-1861.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 22-04-1861 nesta matriz bat a Americo nascido a sete deste, f.l. de Guilherme Pinto de Andrade e D. Matildes Esmeria de Andrade, foram padrinhos o Barão de Suassuhy e D. Ana Luuiza Alves Baeta casada com Antonio Alves Bebiano.

3-5-7-1ex-2-4 Isaias em 27-10-1863.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 27-10-1863 nesta matriz bat a Isaias nascido a dez deste, f.l. de Guilherme Pinto de Andrade e D. Matildes Esmeria de Andrade, foram padrinhos Dr. Firmino Antonio de Souza J.or, solteiro e D. Maria Jose Prachedes de Mello, viúva do Cap. Pedro Barjones de Mello.

3-5-7-1ex-2-5 Aprigio em 30-09-1865.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 30-09-1865 nesta matriz bat a Aprigio nascido a dezoito deste, f.l. de Guilherme Pinto de Andrade e D. Matildes Esmeria de Andrade, foram padrinhos Daniel Lourenço Baeta Neves e D. Maria Jose Prachedes de Mello.

3-5-7-1ex-2-6 Amelia em 24-08-1867.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 24-08-1867 nesta freguesia bat a Amelia nascida a quatro do mesmo, f.l. de Guilherme Pinto de Andrade e D. Matildes Esmeria de Andrade, foram padrinhos Dr. José Julio Vianna Barbosa e D. Cecilia Ledesma Barbosa, todos desta freguesia.

3-5-7-1ex-2-7 Afonsinha em 01-12-1869.

Conselheiro Lafaiete, MG em 01-12-1869 nesta matriz bat a Affonsinha, f.l. de Guilherme Pinto de Andrade e Matildes Esmeria de Andrade; foram padrinhos Luiz Dias de Souza e Izabel Candida de Souza.

 

3-5-7-1ex-3 Joaquim, batizado em 22-08-1839.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 22-08-1839 nesta matriz bat a Joaquim nascido a 20 de julho, f.l. de Joaquim Albino de Almeida e Joana Felisberta de Jesus, foram padrinhos Honorio Fidelis de Oliveira Braga e Genovefa Maria da Conceição.

3-5-7-1ex-4 Maria Joana do Espirito Santo em 30-05-1846.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 30-05-1846 bat a Maria Joana do Espirito Santo nascida a oito deste, f.l. de Joaquim Albino de Almeida e Joana Felisberta; foram padrinhos eu e Isabel Rodrigues Teixeira. O Vig. Candido Thaddeu Per.ª Brandam.

 

Filhos legítimos do Guarda Mor Manoel Albino de Almeida e Francisca Candida Xavier de Noronha:

3-5-7-1 João Albino de Almeida, 3º testamenteiro paterno.

3-5-7-2 Barbara Laurentina de Noronha casou aos 26-10-1827 com Gabriel Tomas Villela, viúvo de Ana Barbara Rufina de Castro, exposto em casa do Ten. Manoel Thomas Villela; família “Villela” Cap. 1º.

3-5-7-3 Maria Candida

3-5-7-4 Francisco Balbino de Noronha, 1º testamenteiro paterno.

3-5-7-5 Romualdo José de Noronha, 2º testamenteiro paterno.

3-5-7-6 José Justiniano falecido, solteiro sem descendentes, antes da mãe.

3-5-8 Januario Marcial de Almeida, 2º testamenteiro paterno.

3-5-9 Sebastião.

3-5-10 Silverio.

3-5-11 Silveria.

3-6 Amaro, batizado em 19-01-1745.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 19-01-1745 na capela de Santo Amaro bat a Amaro, f.l. de Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São Jose, npaterno de João Lourenço da Costa e s/m Hieronima Martins da freguesia de São Trocato termo de Guimarães Arcebispado de Portugal, e pela materna de Manoel Pereira Brandão e de s/m Hieronima de Pinho, ja defuntos, da freguesia de S. Miguel de Urro termo de Arouca Bispado de Lamego. Nasceu aos doze do sobredito mes e era supra. Padrinhos Theodosio Pereira Brandão e Rosa de São Jose, todos meus fregueses.

3-7 Joaquim da Costa Guimarães, batizado em 21-12-1746, 2º testamenteiro paterno. Aos 21-11-1803 casou com Ana Teresa de Jesus, filha do Cap. Francisco José Ferreira de Souza e de Antonia Rita de Jesus Xavier, familia “Os Rodrigues Dantas e os Silva Xavier” Cap. 2º.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 21-12-1746 na capela de Santo Amaro bat a Joaquim nasceu aos oito do mesmo mes e era, f.l. de Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São Jose, meus fregueses, npaterno de João Lourenço da Costa e de s/m Hieronima Martins da freguesia de São Trocato termo de Guimarães Arcebispado de Braga, e pela materna de Manoel Pereira Brandão e de s/m Hieronima de Pinho, ja defuntos, da freguesia de S. Miguel de Urro vila de Arouca Bispado de Lamego. Foram padrinhos Jose da Costa Ribeiro e s/m Maria de Pinho,. todos moradores nesta freguesia.

3-8 João da Costa Guimarães, 3º testamenteiro paterno.

3-9 Ana, co herdeira do remanescente da terça paterna.

3-10 Francisca, batizada em 14-10-1754, co herdeira do remanescente da terça paterna. Francisca Rosa do Nascimento aos 06-06-1785 casou com João Leite Guedes, natural da freguesia de Santo André Arc. Braga, filho de Manoel Teixeira Leite e sua mulher Teresa de tal.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 14-10-1754 na capela de Santo Amaro bat a Francisca, f.l. de Jeronimo da Costa e DAmiana de São Jose, nasceu aos trinta dias do mes de setembro; foram padrinhos Francisco Soares de Araujo en Francisca da Silveira, ambos moradores na cidade de Mariana e tocaram a criança por pp Jose Henriques e s/m Rosa Maria. Neta paterna de João Lourenço da Costa e Jeronima Martins da Costa naturais da freguesia de S. Trocato termo da vila de Guimarães Arc. Braga, e pela materna de Manoel Pereira Brandão e Jeronima de Pinho, naturais da freguesia de S. Miguel de Ororo do Bispado de Lamego.

 

Conselheiro Lafaiete, MG, Igreja Nossa Senhora da Conceição - Matrimônios - Aos 06-06-1785 Test.: Antonio Pereira Brandão e Licenciado Manoel Pereira Brandão. João Leyte Guedes, n. da freguesia de Santo Andre da Vila de ---une Arc. Braga, f.l.Manoel Teyxeyra Leyte e Theresa de --lla = cc Francisca Rosa do Nascimento, n. e moradora desta, f.l. Jeronimo da Costa Guimarães e Damiana de São Jose.

 

4- Teodosio Pereira Brandão, batizado em S. Miguel de Urrô aos 08-05-1717. Casou na capela de S. Gonçalo filial da matriz de Nossa Senhora da Conceição do Campo dos Carijos (atual Conselheiro Lafaite-MG) aos 01-11-1755 com Ana Teresa de São José, natural da Ilha do Faial, filha de Antonio Dutra Branco e Páscoa Teresa (de genere de Candido Tadeu Pereira Brandão e seus irmãos, neste site).

Portugal >Aveiro > Arouca > Urrô > São Miguel - aos 08-05-1717 bat a Theodosio, f. de Manoel Pereira e de s/m Hieronyma do Pinho ambos do primeiro matrimonio e moradores no lugar de Urro desta igreja e foram padrinhos Jorge de ----, filho de Jorge Brandão de Louzada(?) e Bernarda A., filha de Joam Frr.ª da ----- desta freguesia.

          Ana Teresa foi anteriormente casada com Domingos Gonçalves Machado, filho de Domingos Gonçalves e Angela Dutra da Ilha do Faial. Foram pais de, pelo menos: José, batizado em 01-06-1744 e Genoveva da Conceição casada com Manoel da Costqa Pereira 1-2 supra.

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 01-06-1744 nesta matriz bat a Jose, f.l. Domingos Gonçalves Machado e Ana Teresa de S. Jose meus fregueses, np Domingos Gonçalves e s/m Angela Dutra moradores da freguesia de S. Caetano da Ilha do Faial bispado de Angra, nmaterno de Antonio Dutra Branco e s/m Pascoa Teresa nts da freg. de N. Sra das Angustias na mesma ilha. Foram padrinhos J--- Goulart, solteiro e Angela Maria, solteira filha de A.------  Gonçalves, todos meus fregueses.

Teodosio, sepultado em 28-07-1795, e Ana Teresa tiveram dois filhos:

Conselheiro Lafaiete, MG aos 28-07-1795 dentro desta matriz de Queluz foi sepultado Theodosio Pereira Brandão de idade pouco mais ou menos oitenta anos, casadxo que era com Ana Thereza de São Jose de quem teve dois filhos: o Cap. Manoel Pereira Brandão e Maria Theresa. Faleceu sem testamento.

4-1 Licenciado Manoel Pereira Brandão, batizado em 27-09-1756. Aos 31-01-1785 casou com Jacinta Georgiana de Mariscoti, batizada em 02-05-1763, filha do Cap. Bernardo Martins Pereira, natural da vila de Sever Bispado de Viseu casado aos 19-01-1757 em Conselheiro Lafaiete com Luiza Maria do Sacramento dai natural, neta paterna do Cap. Francisco Martins Pereira e Catarina Tavares e neta materna de João Vaz de Lima e Pascoa da Ressurreição de Jesus (de genere de Candido Tadeu Pereira Brandão e seus irmãos, colaboração de Geraldo Dutra de Andrade Neto, neste site).

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 27-09-1756 na capela de Santo Amaro filial desta matriz bat a Manoel,. f.l. Teodosio Pereira Brandãi e Ana Teresa de S. Jose, np Manoel Pereira e Jeronima de Pinho, e pela materna de Antonio Dutra Branco e Pascoa Teresa. Padrinhos Manoel, solteiro filho de Jose da Costa, e Jeronima filha de Jeronimo da Costa.

 

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição matr - [Lic. Manoel Pereira Brandão e D. Jacinta Georgiana de Mariscoti] aos 31-01-1785 nesta matriz e test.: Cap. Jose Rodrigues da Costa e Ten. Antonio Joaquim Per.ª Ferraz se casaram o Licenciado Manoel Pereira Brandão e D. Jacinta Georgiana de Mariscoti ambos naturais e moradores nesta freguesia. Ele f.l. de Teodosio Pereira Brandão e Ana Teresa de S. Jose, neto paterno de Manoel Pereira Brandão e Jeronima de Pinha, e pela materna de Antonio Dutra Branco(?) e Páscoa Teresa. Ela f.l. Cap. Bernardo Martins Pereira e D. Luiza Maria do Sacramento, npaterna do Cap. Francisco Martins Pereira e D. Catarina Tavares da Sena (Serra?), e pela materna de João Vaz de Lima e D. Pascoa da Ressurreição.

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 02-05-1763 nesta igreja matriz bat a Jacinta n. aos 24-04 do dito ano, f.l. de Bernardo Martins Pereira e D. Luiza Maria do Sacramento, padrinhos Domingos Taveira de Souza e Maria filha do Lic. Apolinario Pereira.

 

          Capitão Manoel Pereira Brandão faleceu com testamento de 26-02-1835 aberto em 29-03-1840. Jacinta Georgeana fez seu testamento na Fazenda de São Gonçalo em 31-03-1845, aberto em 16-05-1845:

Conselheiro Lafaiete,MG Igreja N Sra da Conceição obitos - Testamento do Capitão Manoel Pereira Brandão aberto a 29 de Mço 1840.

Em nome de Deos Amem. No ano do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1835 aos 26 dias do mes de Fevereiro nesta vila de Queluz comarca de Ouro Preto em casas de minha propriedade eu o capitão Manoel Pereira Brandão (...) delibero fazer meu testamento na maneira que se segue: (...) sou natural desta freguesia da Senhora da Conceição de Queluz e que foram meus pais Theoosio Pereira Brandão e Ana Pereira(sic) de São Jose, todos falecidos. Declaro que sou no presente casado com Dona Jacinta Georgeana de Mariscote e que do nosso matrimonio temos os filhos seguintes: Padre Candido = Candida = Jacinta = Manoel = Maria = Ana = Umbelina = Marciano, a todos estes declaro herdeiros das duas partes da minha meação. Nomeio para minha testamenteira a minha mulher Dona Jacinta, e para premio do seu trabalho lhe deixo todo o remanescente da minha terça. Encomendação de missas e legados pios. (...) escrito a meu rogo pelo Padre Antonio Ribeiro de Andrade que tambem se assina = Manoel Pereira Brandão = Escritor e testemunha o Padre Antonio Ribeiro de Andrade. Segue-se aprovação feita aos 21-02-1836 pelo Tabelião Antonio Vaz de Amorim. Neste mesmo ato pelo dito testador foi declarado que era sua vontade que sua escrava Delfina fique pertencendo a minha filha Umbelina (...) declarou mais que as contas que tem com seu filho o Reverendo Vigario Candido Thadeu Pereira Brandão desde ja as da por justas e findas.(...) seguindo-se depois a certidão paroquial dde abertura feita a 29-03 do corrente ano. Queluz 8 de abril de 1840 o Vig. Cand.º Thadeu Per.ª Br.ª

 

Conselheiro Lafaiete,MG Igreja N Sra da Conceição obitos - Testamento de D. Jacinta Georgeana de Mariscote aberto aos 16-05-1845. Em nome de Deus Amem. (...) eu Jacinta Georgeana de Mariscote n/b e moradora na freguesia de Queluz, f.l. dos falecidos Cap. Bernardo Martins Pereira e D. Luiza Maria do Sacramento, viuva do finado Cap. Manoel Pereira Brandão (...). Tivemos os filhos: Padre Candido = Candida = Jacinta = Manoel = Maria = Ana = Marciano os quais existem e são herdeiros legitimos das duas partes de meus bens. Doei a minha neta Ana, filha de m/filho Manoel (...) mais a meu neto Candido, filho do Alf. Adriano Jose de Oliveira. Deixo a Theodosio Pereira Brandão em remuneração dos serviços e companhia que me tem feito a quantia de 100$000 rs. Deixo a meus filhos Candida, Manoel, Maria, Ana, Marciano, a cada um 200$000 rs. Herdeira do remanescente da terça a filha Jacinta Matildes mulher do Alf. Adriano Jose de Oliveira.

Testamenteiros em 1º m/filho Padre Candido Thadeu Pereira Brandão, em 2º m/filho Marciano Pereira Brandão, em 3º ao Alf. Adriano Jose de Oliveira. (...) pedi a Jacinto Jose de Siqueira me escrevesse. Fazenda de São Gonçalo 31-03-1845 Jacinta Georgeana de Mariscote. Segue-se a aprovação, depois a certidão paroquial de abertura feita a 16 do corrente mes e ano. O Vig. Candido Thadeu Pereira Brandão.

 

          Foram oito os filhos citados nos testamentos. Jacinto, Joaquim e Francisco não são mencionados:

- Jacinto Pereira Brandão, batizado em 01-01-1789 (de genere supra citado)

- Joaquim Pereira Brandão, em 08-10-1797. Idem, idem.

- Francisco, batizado em 01-12-1799, tambem não é mencionado:

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 01-12-1799 na capela de S. Gonçalo filial de N Sra da Conceição da Real Vila de Queluz, bat a Francisco, f.l. Cap. Manoel Pereira Brandão e D. Jacinta Joaquina Mariscota, ambos naturais desta freguesia, neto pat. Teodosio Pereira Brandão nat. do Bispado do Porto Lugar de Aroca freguesia de S. Miguel de Orró e Ana Teresa de S. Jose n. do Bispado do Rio de Janeiro freguesia da Candelaria, e pela parte materna do Cap. Bernardo Martins Pereira natural da vila de Sever Bispado de Viseu e D. Luiza Maria do Sacramento, n. da Real vila de Queluz deste bispado de Mariana. Padr.: Cap. Antonio Joaquim Pereira Ferraz e D. Teodosia Dias Pereira, ambos moradores nesta freguesia.

4-1-1 Candido nasceu em 28-10-1785 e foi batizado aos cinco de novembro do mesmo ano. Candido Tadeu Pereira Brandão e seus irmãos, Jacinto Pereira Brandão, Manoel Pereira Brandão e Joaquim Pereira Brandão, requereram “de genere” em 1809 (neste site).

Padre Cândido Tadeu Pereira Brandão, foi sepultado em 02-01-1850. Herdaram seus irmãos.

 (pesq. Geraldo Dutra de Andrade Neto) Conselheiro Lafaiete-MG Igreja N Sra da Conceição [Pe. Candido Thaddeo id.e 64] Joaquim Jose de Amorim Presbitero secular do Habito de S. Pedro e Vigario nesta freguesia de Santa Ana dos Cebollas atesto e faço certo que no dia dous de janeiro de mil oitocentos e cincoenta nesta capela mor da mesma matriz encomendei e foi sepultado o Revdo. Vigario de Queluz Pe. Candido Thaddeo Pereira Brandam paramentado segundo a pratica da igreja, q tinha de idade sessenta e quatro anos, natural da vila de Queluz Bispado de Mariana, faleceu abintestado. Freguesia de Santa Ana do Cebolas em 2 de janeiro de 1850. O Vigr.º Joaquim Jose de Amorim e nada mais continha a dita certidão a qual copiei exactam.te. Queluz 27 de janeiro de 1850 O Vigr.º Encomd.º Domiciano Teixr.ª Campos.

 

(in Joaquim Rodrigues de Almeida, Quincas de Almeida, "Apontamentos Tirados de Autos dos Cartórios do Primeiro e Segundo Ofícios do Foro de Conselheiro Lafaiete; do Arquivo da Matriz e de diversos outros documentos", página 101, Livro do acervo da Biblioteca Antônio Perdigão - Museu e Arquivo da Cidade, doação de Walter Andrade Souza em 11 de março de 1988. Cidade de Conselheiro Lafaiete - ano 2011.

1850. Vigario Candido Pereira Brandão. Os irmãos deste, então falecido, fizeram uma justificação, como herdeiros Manoel Martins Pereira Brandão; Marciano Pereira Brandão; Candida Eleoteria casada com Felisberto Virgulino Martins Pereira; Jacinta Erotildes da Conceição; Ana Leopoldina de S. Policarpo; Maria Candida; Antonia de Florencia casada com o cel. Domingos de Souza Barros.

 

1850. O Padre Candido Tadeu Pereira Brandão, vigario da freguesia de Queluz. O Padre Joaquim José de Amorim vigario da freguesia de Santa Ana de Ceboulas em 2 de janeiro de 1850. O vigario encomendado de Queluz Padre Domiciano Teixeira Campos, na certidão que deu disse que o Padre Candido Tadeu Pareira Brandão foi batizado na Matriz de Queluz ao 18 de julho de 1792 pelo Revdo. Dr. Francisco Pereira de Assis de Santa Apolonia, filho do licenciado Manoel Pereira Brandão e de Jacinta Georgiana de Mariscote, neto paterno de Teodosio Pereira Brandão e de Ana de São José, ele natural da freguesia de São Miguel de Orlos, na [espaço] bispado do Porto, ela natural da cidade do Rio de Janeiro da freguesia da Candelaria; pela materna do capm Bernardo Martins Pereira e de Lucia Maria do Sacramento ele natural da Vila de Cervi freguesia de Santa Maria bispado de Viseu; ela natural da mesma vila e freguesia; foram padrinhos Manoel Marques França morador na cidade do Rio de Janeiro, por procuração que apresentou Felisberto Virgulino Martins Pereira e Ana Teresa de Jesus, moradora na mesma cidade mulher do mesmo por procuração que apresentou Maria Teresa do Nascimento.

4-1-2 Cândida

4-1-3 Jacintha Matildes de Jesus aos 24-01-1816 casou com seu primo Adriano Jose de Oliveira, filho de José Dantas e Maria Teresa do Nascimento, 4-2-4 abaixo.

Tiveram, pelo menos:

4-1-3-1 Cândido, legatário da avo materna.

4-1-4 Manoel Martins Pereira Brandão, batizado em 18-07-1792, requereu “de genere” juntamente com seu irmão Candido. Aos 17-02-1817 casou com Ana Francisca Benedita Barbosa, filha do Cap. Lucas Martins Barbosa e Rosa Maria - família “Domingos Gonçalves Chaves” § 2º, neste site.

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 17-02-1817 nesta capela de Santa Ana do Morro do Chapeu filial desta matriz de Queluz sem se descobrir impedimento algum e testemunhas Antonio Alvares de Oliveira Maciel e Cap. Francisco Antonio de Siqueira se receberam Manoel Martins Pereira Brandão, f.l. do Cap. Manoel Pereira Brandão e D. Jacinta Georgeana de Mariscote = e D. Anna Francisca Benedita, f.l. Cap. Lucas Martins Barbosa e D. Rosa Maria, naturais, batizados e moradores nesta freguesia de Queluz (pesq. Geraldo Dutra de Andrade Neto)

Manoel foi sepultado em Itaverava-MG aos 25-11-1858, com 65 anos.

Itaverava,MG Igreja Santo Antonio obitos - aos 25-11-1858 falecendo de hidropsia Manoel Martins Pereira Brandão, de idade de 65 anos, foi sepultado dentro desta matriz das grades para cima.

 

Teve os filhos, q.d.:

4-1-4-1 Ana, legatária da avó paterna: “Doei a minha neta Ana, filha de m/filho Manoel (...)”.

4-1-4-2 Cândido Martins Pereira Brandão, filho do Alf. Manoel Martins Pereira Brandão e Ana Francisca Benedita Barbosa. Com 30 anos em 16-04-1849, casou com Cândida Eulina de Santa Gertrudes, tambem com 30 anos, filha natural de Maria Madalena de Jesus

Conselheiro Lafaiete, MG - aos 16-04-1849 nesta matriz de Queluz Candido Martins Pereira Brandão, de 30 anos, f.l. Alf. Manoel Martins Pereira Brandão e Ana Francisca Benedita Barbosa = cc Ana Candida Eulina de Santa Gertrudes, de idade 30 anos, filha natural de Maria Madalena de Jesus. Ambos os contraentes nascidos e batizados nesta matriz. Test.: o Vig. Candido Thadeu Pereira Brandão e Cap. Marciano Pereira Brandão.  Vila de Queluz 16 de abril de 1849.

4-1-4-3 Cândido Pereira Brandão, nasceu em 11-11-1843 e foi batizado em 07 do mês seguinte, filho de Manoel Martins Pereira Brandão e Ana Francisca Benedita Barbosa. Em 04-05-1861 casou com Maria Madalena da Conceição, de 15 anos, filha de Antonio Esteves Ferreira e Maria Florinda de Jesus.

Conselheiro Lafaiete,MG Igreja N Sra da Conceição aos 07-12-1843 bat a Candido nascido a 11 de novembro do dito ano, f.l. do Alf. Manoel Martins Pereira Brandão e D. Ana Francisca Benedita Barbosa. Foram padrinhos Francisco Teixeira de Siqueira e s/m D. Ana Maria, todos desta freguesia. O Vig. Candido Thadeu Pereira Brandão.

 

Conselheiro Lafaiete, MG aos 04-05-1861 nesta matriz Candido Pereira Brandão, de 19 anos, f.l. Manoel Martins Pereira Brandão, falecido e D. Ana Francisca Benedita Barbosa = cc Maria Madalena da Conceição, de 15 anos, f.l. Antonio Esteves Ferreira e Maria Florinda de Jesus. Ambos os contraentes naturais e moradores nesta freguesia. Test.: Candido Martins Pereira Brandão e Anacleto Jose Pedroso.

Entre seus filhos:

4-1-4-3-1 Orminda Brandão, com 16 anos em 07-06-1902, casou com Arthur de Andrade, de 18 anos, filho de João Baptista de Siqueira e de Antonia Rita de Andrade, neto paterno de Jacinto José de Siqueira e Francisca Maria de Jesus, neto materno de Guilherme Pinto de Andrade e Matildes Esmeria de Jesus Almeida - família “Agueda Vaz Teixeira”, neste site.

 (pesq. Geraldo Dutra de Andrade Neto) C.R.Civil Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais Certidão de Casamento de Arthur Andrade e Orminda Brandão aos 07-06-1902

Arthur Andrade, solteiro com 18 anos, filho de João Baptista de Siqueira e de Antonia Rita de Siqueira.

Orminda Brandão, solteira com 16 anos, filha de Candido Pereira Brandão e Maria Magdalena da Conceição Brandão.

 

4-1-5 Maria Candida Antonia de Florença aos 09-07-1810 casou com Cap. Domingos de Souza Barros, filho do Cap. Domingos José de Barros e Purcina Rosa de Souza.

Pólis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG).

Real Vila de Queluz, cas. 1795-1824 tomo I fls, 96v. São Gonçalo do Camapuã, 09/07/1810, capitão Domingos de Souza Barros, filho do capitão Domingos Joze de Barros e de ---- (?) Purcina Roza de Souza, com Maria Candida Antonia de Florença, filha do capitão Manoel Pereira Brandão e de Jacintha Jorgiana de Mariscote, ambos desta freguezia.

4-1-6 Ana Leopoldina de São Policarpo aos 17-11-1819 casou com Teodosio Pereira Dantas, filho de José Dantas e Maria Teresa do Nascimento, 4-2-5.

Pólis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG).

Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição da Real Vila de Queluz, 114 São Gonçalo, 17/11/1819, Theodorio Pereira Dantas, filho de Joze Dantas e de  Maria Thereza do Nascimento, com Anna Leopoldina de São Policarpo, filha do Capitão Manoel Pereira Brandão e de Jacinta Georgiana de Mariscote, ambos desta freguesia.

4-1-7 Umbelina, legatária de uma escrava no testamento paterno:”Neste mesmo ato pelo dito testador foi declarado que era sua vontade que sua escrava Delfina fique pertencendo a minha filha Umbelina (...)”. Não é citada no testamento materno.

4-1-8 Marciano Pereira Brandão, batizado em 24-06-1807. Foi o 2º testamenteiro materno.

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição - aos 24-06-1807 na capela de S. Gonçalo filial de N Sra da Conceição da Real Vila de Queluz, bat a Marciano nascido aos dous do mesmo mes e ano, f.l. Cap. Manoel Pereira Brandão e D. Jacinta Joaquina Mariscota, ambos naturais desta freguesia. Padr.: Dr. Placido Martins Pereira, morador na vila de Sabará por pp que apresentou o Cap. Antonio Joaquim Pereira Ferraz, e Candida, filha do mesmo Capitão Manoel Pereira Brandão.

 

4-2 Maria Teresa do Nascimento batizada em 28-12-1758. Aos 07-08-1776 casou com José Dantas, natural de Santa Maria de Tavora - vila de Arcos, filho de Fulano Dantas e Joana de Araújo.

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 28-12-1758 na capela de Santo Amaro filial desta matriz bat a Maria n. aos 23 do dito mes, f.l. Theodosio Pereira Brandão e Ana Teresa de S. Jose, np Manoel Pereira e s/m Jeronima do Pinho nts da freg. de S. Miguel de Hurro concelho de Arouca Bispado de Lamego, e nm de Antonio Dutra Branco e s/m Paschoa Maria nts da freg. de N. Sra da Angustia da Ilha do Faial Bispado de Angra. Padrinhos Jose Henriques e Maria do Pinho mulher de Jose da Costa Ribeiro.

 

Conselheiro Lafaiete, MG Igreja N Sra da Conceição aos 07-08-1776 na capela de S. Gonçalo filial desta matriz e testemunhas Manoel da Costa Pereira e Jose Gonçalves Machado. Jose Dantas, f.l. de [danificado]as Dantas e Joana de Araujo, n/b na freguesia de Santa Maria de Tabora termo da vila de Arcos = cc Maria Teresa do Nascimento, f.l. Teodosio Pereira Brandão e Ana Teresa de S. Jose, n/b nesta.

Pais de, q.d.:

4-2-1 Manoel Rodrigues Pereira Dantas aos 13-02-1804 casou com Luiza Silveria de Santa Ana, filha do Cap. Manoel Jose Braga e Ana Teresa de Jesus. Outras informações sobre os irmãos de Luiza na família “Antonio Coelho Valadão”.

Pólis 30 copiados por Allex de Assis Milagre e João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG).Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição da Real Vila de Queluz, do Livro de Casamentos 1795-1883, Tomo I (1795-1824) Arquivado na respectiva Paróquia. Ermida de N.S. da Conceição da Fazenda do Padre Manoel Joze Braga, 13/02/1804, Manoel Rodrigues Pereira Dantas, filho de Joze Dantas e de Maria Thereza do Nascimento, com Luiza Silveria de Santa Anna, filha do capitão Manoel Joze Braga e de Anna Thereza de Jesus, ambos desta freguezia.

4-2-2 Ana Silveria da Conceição aos 14-02-1804 casou com Joaquim de Oliveira Braga, filho do Cap. Manoel Jose Braga e Ana Teresa de Jesus supra citados.

Pólis 30 copiados por Allex de Assis Milagre e João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG). Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição da Real Vila de Queluz, do Livro de Casamentos 1795-1883, Tomo I (1795-1824) Arquivado na respectiva Paróquia. Ermida de N.S. da Conceição da Fazenda do Padre Manoel Joze Braga, 14/02/1804, Joze Joaquim de Oliveira Braga, filho do capitão Manoel Joze Braga e de Anna Thereza de Jesus, com Anna Silveria da Conceição, filha de Joze Dantas e de Maria Thereza do Nascimento, ambos desta freguezia.

4-2-3 Leonarda Antonia da Conceição aos 178-02-1813 casou com Jerônimo Ferreira Palmeira, filho de Manoel Femandes Palmeira e de Jozefa de Jesus.

Pólis 30 copiados por Allex de Assis Milagre e João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG). Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição da Real Vila de Queluz, do Livro de Casamentos 1795-1883, Tomo I (1795-1824) Arquivado na respectiva Paróquia. Matriz. 17/02/1813, Jeronimo Ferreira Palmeira, filho de Manoel Femandes Palmeira e de Jozefa de Jesus, com Leonarda Antonia da Conceição, filha de Joze Dantas e de Maria Thereza do Nascimento.

4-2-4 Adriano José de Oliveira aos 20-01-1816 casou com sua prima Jacinta Matildes de Jesus, filha de Manoel Pereira Brandão licenciado e Jacinta Georgina de Mariscote. Geração em 4-1-3 supra.

Pólis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG). Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição da Real Vila de Queluz, São Gonçalo, 24/01/1816, Adriano Joze de Oliveira, filho de Joze Dantas e de Maria Thereza do Nascimento, com Jacintha Matildes de Jesus, filha do Capítão Manuel Pereira Brandão e de Jacinta Georgiana de Nazareth, ambos os cônjuges desta freguesia .

4-2-5 Theodosio Pereira Dantas aos 17-11-1819 casou com sua prima Ana Leopoldina de São Policarpo 4-1-6, irmã inteira de Jacinta Matildes de Jesus supra citada.

Pólis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG). Casamentos da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição da Real Vila de Queluz, São Gonçalo, 17/11/1819, Theodorio Pereira Dantas, filho de Joze Dantas e de Maria Thereza do Nascimento, com Anna Leopoldina de São Policarpo, filha do Capitão Manoel Pereira Brandão e de Jacinta Georgiana de Mariscote, ambos desta freguesia.

 

5- Rosa Maria de São José casou com José Henriques, filho de Manoel Henriques de São Francisco e de Catarina Francisco naturais de Santa Maria de Pigeiros comarca da Feira Bispado do Porto.

          Entre os filhos do casal:

5-1 Domingos Henriques Pereira aos 27-02-1775 na Ermida de São João Nepomuceno filial da matriz de Nossa Senhora da Conceição do Campo dos Carijós casou-se com Maria Dias de Carvalho, filha de Matheus Homem da Costa e Maria Dias de Carvalho. Geração na família ”Manoel Pereira da Silva” Cap. 1º.

          Em 12-06-1798, Domingos casou segunda vez com Helena Rosa do Sacramento, filha de Manoel Ferreira da Silva e Micaela Rosa da Trindade.

Pólis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG) Paroquia N.Sra. da Conc. da Real  Vila de Queluz, Tomo I, fls. 21 v São João Nepomuceno do Patrimonio, 12/06/1798, Domingos Henriques Pereira, viúvo de Maria Dias de Carvalho, com Helena Roza do Sacramento, filha de Manoel Ferreira da Silva e de Michaela Roza da Trindade

5-2 José Henriques de São Francisco no mesmo dia 27-02-1775 na Ermida de São João Nepomuceno casou-se com Francisca Dias Pereira, tambem filha de Matheus Homem da Costa e Maria Dias de Carvalho; família supra citada.

5-3 João, batizado em 23-09-1754.

Conselheiro Lafaiete, MG aos 23-09-1754 na capela de Santo Amaro bat a João, f.l. de Jose Henriques e de Rosa Maria, nasceu aos nove dias do dito mes; foram padrinhos Luiz Coelho Borges morador na freguesia de S. Jose do Rio das Mortes, e Jeronima da Conceição filha de Jeronimo da Costa; neto paterno de Manoel Henriques de Sam Francisco e de Catarina Francisco naturais de Santa Maria de Pegeyros comarca da Feira Bispado do Porto, e pela materna de Manoel Pereira Brandão e Jeronima de Pinho naturais de S. Miguel de Horor Bispado de Lamego.