PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

MANOEL ALVES TAVEIRA

(atualizado em 04-novembro-2015)

 

 

Bartyra Sette

Colaboração de Moacyr Urbano Villela

 

 

Manoel Alves Taveira nasceu em São Romão de Nogueira Termo da Vila da Barca Arcebispado de Braga aos 24-03-1705, filho de Mathias Francisco (Alves) e sua mulher Maria Taveira, neto paterno de Antonio Francisco e Ana Martins e neto materno de Gonçalo Rodrigues e Isabel Taveira. Pais tambem de João Alves Taveira que segue no Cap. 2º.

Paróquia de São Romão da Nogueira. Aos 24-03-1705 nasceu Manoel filho de Matias Francisco e Maria Taveira. Batizado aos 26 de março. Padrinhos, Antonio Francisco e sua mulher Brites Gomes da freguesia de Vila Verde (pesq. Moacyr Villela).

 

Ascendência de

Manoel e João Alves Taveira

 

 

Veio para o Brasil onde casou com Josefa Lemes de Lima, natural de Pindamonhangaba-SP, filha de João Bicudo do Espirito Santo e Maria Leme Soares.

 

Ao redor de 1730 o casal se estabeleceu em seu Sítio do Cajurú do Caminho Velho, vizinhos e contemporâneos que foram dos primeiros povoadores do sul de Minas Gerais.

 

Manoel faleceu com testamento nuncupativo aos 04-06-1748 e foi inventariado no mesmo ano por sua viúva.

 

Josefa casou segunda vez com João Duraens. Viúva novamente, faleceu com testamento em 24-03-1798 com geração de filha única deste segundo matrimônio na familia “João Bicudo do Espirito Santo”.

 

Manoel teve de seu casal, segundo seu inventário (neste site), os filhos:

1- Maria Alvares

2- Ana

3- Luiz

4- Helena

5- Antonio

6- Quitéria

7- Joaquim

8- Estanislau

 

1- Maria Alvares Taveira, batizada em Carrancas aos 03-11-1731. Aos 19-08-1744 casou com Estanislau Teixeira de Andrade que foi tutor de seus cunhados menores.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 03-11-1731 Maria, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Lemes, padr.: Manoel Antunes Nogueira, andante deste caminho e Maria de Lima, viuva do sitio das Caveiras

 

B7: casamentos - Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 19-08-1744 Estanislau Teixeira de Andrade, n. freg. Santo Andre de Molares termo de Guimarães Arc. Braga. f.l Padre Antonio Teixeira de Andrade e Sebastiana da Silva, já falecida; = cc  Maria Alvares Taveira, n/b nesta freguesia, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Leme.

          Estanislau, natural de Santo André dos Molares termo de Guimarães Arcebispado de Braga, era filho legitimo do Padre Antonio Teixeira de Andrade e Sebastania da Silva, esta já falecida em 1744.

          Pais de, q.d.:

1-1 Antonio Teixeira de Andrade, batizado aos 28-09-1749 em Carrancas, casou duas vezes. Viúvo de Ana Maria da Silva, em Baependi-MG aos 15-02-1790 casou com Maria Gomes de Oliveira, viúva de André Francisco de Araújo, filha de de Inácio Martins de Araújo, natural de Taubaté-SP e de outra Maria Gomes de Oliveira, casados em Barbacena aos 19-03-1753, neta paterna de Gabriel Picão e Catarina Pereira de Araújo, neta materna de Gonçalo Gomes de Araujo e Francisca de Oliveira - família Gonçalo Gomes de Araujo.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 15-09-1749 nasceu Antonio, f.l. Estanislau Teixeira de Andrade n. de Santo Andre dos Molares Arac. de Braga e Maria Alves Taveira, n. desta freguesia, np Antonio Teixeira de Andrade e Sebastiana da Silva nts e moradores na dita freguesia de Santo Andre de Molares, nm Manoel Alves Taveira n. de S. Romão de Nogueira Arc. de Braga e Josefa Lemes n. da cidade de S. Paulo e moradores desta freguesia. Foi batizado aos 28 dias do mesmo mes e ano, padr.: Padre Manoel Caetano de Figueiredo n. Bispado de Viseu e ---- Enes Lara mulher de Luiz Gomes n. desta freguesia. E pq este assento estava por lançar neste livro, o fiz.

 

B7: Diocese de Campanha, paroquia de Baependi-MG - aos 15 fevereiro de 1790 - Antonio Teixeira de Andrade e Maria Gomes de Oliveira.

Ele f.l. de Estanislau Teixeira de Andrade e Maria Alves Teixeira; n. e b. na freg. De Lavras e viúvo que ficou por falecimento de Anna Maria da Silva.

Ela f.l. de Ignacio Martins de Araujo e Maria Gomes de Oliveira; n. e b. na freg. De Baependi, viuva que ficou de Andre Francisco de Araujo.

 

1-2 Manoel Teixeira de Andrade, batizado em 02-04-1752. Aos 30-05-1774 casou com Francisca Joana Pereira, filha de Manoel Pereira Souto e Izabel Lourença da Assunção, família “Antonio Borges”.

B7: Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 02-04-1752 matriz, Manoel n. 17-03, f.l. Estanislao Teixeira n; freg. Santo Andre de Molares Termo de Guimarães Arc. Braga e Maria Alvares Taveira n. desta freguesia de N. Sra da Conceição das Carrancas, np Antonio Teixeira de Andrade e Sebastiana da Silva, padr.: Caetano Jose Pena, solteiro natural do reino e Maria Leme, solteira filha de Mateus Lerme Barbosa.

 

B7: casamentos - Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 30-05-1774 Manuel Teixeira de Andrade, f.l. Estanislao Teixeira de Andrade e Maria Alves Tabeira; = cc.  Francisca Joana Pereira, f.l. Manoel Pereira Souto e Izabel Lourença. Ambos nts/bts nesta freguesia.

          Francisca testou em 09-06-1795 e faleceu em 24 do mês seguinte.

Lavras, MG - aos 24-08-1795 faleceu Francisca Pereira sepultada dentro desta matriz. Fez seu testamento:  (...) eu Francisca Pereira sou f.l. de Manoel Pereira Souto e Izabel Lourença da Assunçao natural desta freguesia das Lavras do Funil. Fui casada com Manoel Teixeira de Andrade de quem tive oito filhos a saber: Maria = Bernardo = Francisca = Esmeria(sic) = Joaquim = João = Venancio = Jose; porem de todos este somente quatro estão vivos que são: Francisca cc Manoel de Souza Lopes = Esmenia = Joaquim = Jose = os quais são os meus herdeiros. Deixo a minha terça a meus filhos Esmenia = Francisca cc Manoel de Souza Lopes = e Jose; e o mais se repartira entre todos os filhos.

Testamenteiros em 1º lugar a Valentim Jose da Fonseca, em 2º ao paroco(?) Antonio Roiz Lima, em 3º ao Sr. Manoel Teodoro.

Lavras do Funil 9 de Junho de 1795 Francisca Pereira

 

O casal teve oito filhos: Maria = Bernardo = Francisca = Esmeria(sic) = Joaquim = João = Venancio = José. Apenas quatro eram vivos em 1795:

1-2-1 Francisca Silvéria Teixeira aos 10-05-1790 casou com Manoel de Souza Lopes, filho de José de Souza Correa e Clara Maria Moreira, família “Antonio de Souza Lopes”, neste site.

Lavras, MG Igreja Santa Ana aos 10-05-1790 Ermida de S. João Nepomuceno, Manoel de Souza Lopes, f.l. Jose de Souza Lopes digo, Jose de Souza Correa e de Clara Maria Moreira; = cc. Francisca Silveria Teixeira, f.l. Manoel Teixeira de Andrade e Francisca Joanna Pereira, n/b freg. das Lavras.

1-2-2 Esmenia ou Esméria.

1-2-3 Joaquim

1-2-3 José

1-3 Maria, batizada em 06-01-1754.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 06-01-1754 matriz, Maria n. aos 28-12-1753, f.l. Estanislao Teixeira de Andrade n. freg. de Santo Andre de Morales Arc. Braga e Maria Alves Taveira n. desta freguesia, np Antonio Teixeira de Andrade e Sebastiana da Silva nts e moradores da mesma freguesia de Santo Andre, m Manoel Alves Taveira n. S. Romam de Nogueira Arc. Braga e Josefa Lemes de Lima n. de S. Paulo, padr.: Caetano Jose Pena, solteiro n. da Ribeira da Pena Arc. Braga e Genoveva Maria, solteira f. de Francisco de Avila Fagundes.

1-4 Caetano, em 29-09-1755.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 29-09-1755 Caetano, f.l. Estanislao Teixeira de Andrade n. freg. Sto Andre de Molares Arc. Braga e Maria Alves n. desta freguesia, np Antonio Teixeira de Andrade e Sebastiana da Silva nts e moradores da dita freguesia de Sto Andre, materno de Manoel Alves Taveira n. S. Romam de Nogueira Arc. Braga e Josefa Lemes n. S. Paulo, padr.: Caetano Jose Pena, solteiro e Angela(?), solteira filha de Maria de Moraes viuva.

1-5 Narcisa, em 02-11-1757.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 02-11-1757 Narcisa n. aos 23-10, f.l. Estanislao Teixeira de Andrade n. freg. Sto Andre de Molares Arc. Braga e Maria Alves Taveira n. desta freguesia, np Antonio Teixeira de Andrade e Sebastiana da Silva, nm Manoel Alves Taveira e Josefa Lemes, padr.: Narciso Rodrigues de Oliveira, solteiro morador desta freguesia.

2- Ana Rodrigues de Lima, batizada em 26-05-1734 em Carrancas onde, aos 22-02-1751 casou-se com Manoel Ferreira Bessa, natural de Santa Luzia do Bispado do Porto, filho de Manoel da Costa e Luzia (ou Luiza) Pinto.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 26-05-1734 Ana, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Lemes, padr.: Francisco Xavier da Silva e Blanca de Toledo do sitio da Rocinha.

 

Freguesia de N.Sra. da Conceição das Carrancas.

Aos vinte e dois dias do mês de Fevereiro de mil setecentos e cinquenta e um nesta Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Carrancas, pelas dez horas do dia pouco mais ou menos, com banhos, na forma do Sagrado Concilio Tridentino e Cosntituição deste Bispado, sem se descobrir impedimento algum canônico e com Provisão do Muito Reverendo Doutor Vigário da Vara desta Comarca José Sobral e Souza, se receberam por palavras de presente, em minha presença, Manoel Ferreira Bessa, natural e batizado na Freguesia de S. Luzia da Vila de Canazes sobre Tamega Bispado do Porto, filho legítimo de Manoel da Costa e de Luzia Pinto, já defuntos = e Ana Rodrigues de Lima, natural e batizada na Freguesia de Nossa Senhora da Conceição das Carrancas, filha legítima de Manoel Alves Taveira, já defunto e de sua mulher Josefa Lemes de Lima, confessados e examinados na Doutrina Cristã e lhe dei as bênçãos, sendo testemunhas presentes a tudo o Capitão Domingos Teixeira e Estanislau Teixeira, ambos casados e fregueses desta freguesia (...).

Pais de, q.d:

2-1 Ana, batizada em 23-01-1757.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 23-01-1757 Ana n. aos 12, f.l. Manoel Pereira Bessa n. da vila de Canavezes Bispado do Porto e Ana Rodrigues de Lima n. desta freguesia, np Manoel da Costa e de Luiza Pinta, nts e moradores na dit vila de Canavezes, nm Manoel Alves Taveira n. do reino e Josefa [dobra] n. de Bispado de S. Paulo, padr.: Padre Manoel Caetano de Fiqueiredo

2-2 Maria, em 26-02-1758.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 26-02-1758 Maria n. aos 17, f.l. Manoel Pereira Bessa n, de Canavezes Bispado do Porto e Ana Rodrigues de Lima n. desta freguesia, padr.: Luiz Alves Taveira morador na Aiuruoca e Josefa Leme mulher de João Duarens(sic), todos moradores desta freguesia.

3- Luiz Alves Taveira, batizado em 08-10-1736. Casou duas vezes. Em primeiras núpcias, em Aiuruoca aos 16-10-1755, com Maria Barbara (ou Barbosa) da Conceição.

B7: Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 08-01-1736 Luiz, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Leme, padr.: Luiz Pereira e s/m Maria Nogueira do Prado, da freguesia de N. Sra de Monserrate de Baependi.

 

Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Aiuruoca

Aos dezesseis dias do mês de Outubro de mil setecentos e cinquenta e cinco nesta Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Conceição do Arraial da Aiuruoca, com Provisão do Muito Reverendo Doutor Vigário da Vara, pelas dez horas do dia recebi com palavras de presente na forma do Concilio Tridentino e Cosntituição do Bispado a Luiz Alves Taveira, filho legítimo de Manoel Alves Taveira, já defunto e de sua mulher Josefa Lemes, natural e batizado na Freguesia de Nossa Senhora da Conceição das Carrancas = com Maria Barbosa da Conceição, filha legítima de Pedro da Mota e de sua mulher Maria da Silva, natural e batizada nesta freguesia da Aiuruoca e logo lhes dei as bênçãos nupciais sendo testemunhas presentes o Padre Boaventura Lopes Leite, Francisco Xavier do Rozário, João Barbosa Raposo (...).

O casal viveu em Carrancas onde eram proprietários da Fazenda Caveira da Venda Nova.

          Maria Bárbara (ou Barbosa) da Conceição, natural de Aiuruoca e falecida em Lavras com testamento aberto em Agosto de 1787, era filha de Pedro da Motta Paes e Maria da Silva, neta paterna de Rafael Gomes do Amaral e Catarina Páscoa Barbosa, neta materna de Francisco da Silva e Catarina Correa da Veiga (SL. 3º, 62, 4-1). Maria da Silva viúva, casou em segundas nupcias aos 15-07-1750 em Aiuruoca com João Barbosa Raposo viúvo de Angela Fernandes (família “Pedro da Motta Paes”).

Casamentos -Igreja N. Sra. da Conceicão de Aiuruoca, comarca do rio das Mortes - aos 15 julho 1750 - João Barbosa Raposo, viuvo de Angela Fernandes; c/ Maria da Silva, viuva de Pedro da Motta Pais, moradores nesta freguesia.

 

Capitão Luiz, em São João del Rei com registro em Lavras, casou em segundas aos 16-10-1755 com Maria Madalena de Jesus, natural de Lavras, filha de João Vieira Pacheco e Teresa Branca da Silva, neta materna de Matheus Leme Barbosa e Rosária Maria de Jesus - Família “Matheus Leme Barbosa” neste site.

Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 08-05-1788 matriz da vila de S. João del Rei, Luiz Alvares Taveira, f.l. de Manoel Alvares Taveira e Josefa Lemes, n/b freg. Lavras, viuvo de Maria Barbosa; = cc. Maria Magdalena de Jesus, f.l. João Vieira Pacheco e Thereza Branca da Silva, n/b freg. Lavras

 

Luiz e Maria Madalena faleceram em Carrancas, ambos com testamento escritos na Fazenda Caveira da Venda Nova. Ele faleceu aos 03-10-1818 e Maria teve seu testamento aberto aos 17-02-1830 e foi inventariada no mesmo ano por seu genro José Raimundo Barbosa. Geração na família “Mateus Leme Barbosa”.

 

Capitão Luiz e Maria Bárbara tiveram, segundo seus testamentos e inventários (neste site), dois filhos:

3-1 Ana Maria da Conceição, batizada em 22-06-1760, casou duas vezes. Aos 28-08-1775 com João Correa Guimarães, filho de João Correa Guimarães e Clara Lemes dos Santos. Antes de 1817 casou segunda vez com Alberto Monteiro Silva.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 22-06-1760 Ana, f.l. Luiz Alves Taveira n. desta freg. e Maria Barbosa da Conceição n. da freg. Aiuruoca, padr.: Jose Francisco e s/m Helena Alves Taveira.

 

B7: casamentos -Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 28-08-1775 João Correa Guimarães, f.l. João Correa Guimarães e Clara Lemes dos Santos, n/b na freg. de N. Sra da Piedade do bispado de S. Paulo; = cc  Ana Maria da Conceição, f.l. Luiz Alves Taveira e Maria Barbosa da Conceição, n/b nesta freguesia de Carrancas onde todos são fregueses.. Test.: Manoel Barbosa de Lima e Jose Raimundo de Vasconceilos.

          Em 1818, com 58 anos, Ana Maria e seu segundo marido moravam no Rio do Peixe, freguesia de Baependi, onde ela redigiu seu testamento em 1817, aberto aos 29-08-1831:

B7: Baependi – Óbitos – Testamento (trechos)

Eu Ana Maria da Conceição, f.l. Cap. Luiz Alves Taveira e D. Maria Barbara da Conceição, já falecidos. Fui cc. João Correia Guimarães, já falecido, de quem tivemos os filhos seguintes: Izabel, cc. Thome Mor.ª = Joaq.m Correia = Marcelino Cor.ª = João Cor.ª = Jose Cor.ª = Jacinta, cc. Jose Carv.º = Maria, cc. Bernardo Gomes = Ana, cc. Felisberto Carv.º = Maria Fran.ª, cc. Antonio Glz Valim = João Corr.ª, aos quais instuituo herdeiros das duas partes dos meus bens.

Testamenteiros: 1º a meu segundo marido com quem hoje me acho casada, Alberto Mont.ro Silva; 2º meu filho João Cor.º, o mais moço; 3º a meu genro Jose Carvalho.

Legados: a meu filho João Cor.ª, mais moço 24$000;

Herdeiro da terça meu segundo marido e 1º testamenteiro Alberto Mont.ro Silva.

Escrito a rogo por Joaquim Jose Fulgencio Carlos de Castro, Vila Santa Maria de Baependi 30-10-1817.

Segue-se aprovação com cinco testemunhas.

Termo de Abertura aos 29-08-1831

 

          Ana Maria e João tiveram dez filhos:

3-1-1 Izabel, legatária da avó materna, em 1817 estava casada com Thomé Moreira

3-1-2 Joaquim Correa

3-1-3 Marcelino Correa

3-1-4 João Correa, batizado em 14-10-1789.

Lavras, MG Igreja Santana Lv Suplementos aos 14-10-1789 nesta matriz bat a João, f.l. João Correa Guimarães e Ana Maria, padr.: Manoel Ferreira Mendes e s/m Maria Francisca.

3-1-5 José Correa

3-1-6 Jacinta, casada com José Carvalho

3-1-7 Maria, casada com Bernardo Gomes

3-1-8 Ana casada com Felisberto Gomes Carvalho

3-1-9 Maria Francisca, casada com Antonio Gonçalves Vallim

3-1-10 João Correa (outro), referido pela mãe como “o mais moço”.

 

3-2 Manoel Alves Taveira da Silva, alferes, com 56 anos em 1818, também casou duas vezes. Em primeiras núpcias aos 19-07-1791 com Rita Inácia dos Santos, filha de João Vieira Pacheco e Teresa Branca da Silva (família “Matheus Leme Barbosa”).

Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 19-07-1791 Ermida do Favaxo filial de Baependi, Manoel Alves Taveira da Silva, f.l. Cap. Luiz Alves Taveira e Maria Barbosa da Conceição; = cc. Rita Ignacia dos Santos, f.l. João Vieira Pacheco e Theresa Branca da Silva. Nts/bts nesta freguesia .

 

          Rita Inácia faleceu de sobreparto e foi sepultada em Baependí aos 13-06-1800.

B7: Baependi - Óbitos - aos 13-06-1800 foi sep. dentro Capela S.Tomé, Ritta Ignacia dos Santos, mulher de Manuel Alves Taveira. Faleceu de uma febre de sobreparto.

 

          Em segundas, em Baependi aos 12-02-1801, casou-se com Helena Maria Ribeiro, filha de João Pinto Ribeiro e Maria Vieira de Jesus (família “João Pinto Ribeiro” de Baependi).

lv. 6, (Baependi) - Aos 12 fevereiro 1801 na capela do Rio Grande, Manoel Alves Taveira, viúvo de Rita Ignacia dos Santos; e Elena Maria Ribeira, f.l. de João Pinto Ribeiro e D. Maria Veeera (?), n. e b. (sic); ambos moradores nesta freguesia.

Manoel e Helena tiveram, q.d.:

3-2-1 Joaquim Alves Taveira Pinto casado com Ana Francisca de Jesus, filha de João Pinto Ribeiro e Caetana Andrade de Jesus. Geração na família “Os Carvalho Duarte no Sul de Minas” Cap. 2º § 7º.

3-2-2 João Alves Taveira aos 01-03-1835 casou com Ana Flausina de Jesus, filha do Alferes Marcelino Alves Ferreira e Maria Inácia de Jesus, 6-11-2 abaixo.

B7: casamentos -Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 01-03-1835 ermida do Alf. Marcelino Alves Ferreira, João Alves Taveira, f.l. Alf. Manoel Alves Taveira e D. Elena Maria Ribeira, já falecida; = cc D. Ana Flausina de Jesus, f.l. do Alf. Marcelino Alves Ferreira e D. Maria Inacia de Jesus. test.: Jose Pinto Ribeiro e Joaquim de Souza Pinto.

 

         João e Ana Flausina foram moradores em Baependi, onde foi iniciado o inventario dele aos 26-09-1879. Deixou casas no Cahy, no Areado e em São Tomé das Letras.

         Dividiram os bens a viúva Ana Flausina de Jesus, a quem coube a meação, e os filhos (inventário neste site):

3-2-2-1 João Alves Taveira

3-2-2-2 José Alves Taveira;

3-2-2-3 Carolina Maria das Dores, casada com José de Souza Freire

3-2-2-4 Maria Ignacia

3-2-2-5 Helena Maria Ribeiro

3-2-2-6 Ana Ambrosia de Jesus, casada com Manoel Alves Taveira de Souza

3-2-2-7 Genoveva Maria Ribeiro, casada com Severino Augusto da Costa. Genoveva teve seu inventário aberto em 1886 pelo viúvo, deixando dois filhos. (Cartório do 1º Oficio de Lavras, resumido in “Família Junqueira” de José Américo Junqueira de Mattos, fls 1158), onde erroneamente se leu que ela foi filha de João Alves Teixeira. Foram moradores em Carmo da Cachoeira, onde possuiam a Fazenda dos Terras.

3-2-2-8 Manoel Alves Taveira.

 

4- Helena Alves Taveira, batizada em 02-03-1738. Aos 02-06-1755 casou-se com José Francisco da Silva, natural da Freguesia de Santa Maria de Águas Santas Bispado do Porto, filho de Francisco João e Domingas da Silva.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 02-03-1738 nesta matriz, Helena, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Leme, padr.: Antonio Raposo Barreto e s/m Juliana de Oliveira, da caveira de cá.

 

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 02-6-1755 José Francisco da Silva, n. freg. Santa Maria da Agua Santa Bispado do Porto, f.l. Francisco João e Domingas da Silva; = cc Helena Alves Taveira, n. desta freguesia, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Leme.

          José Francisco, viúvo, aos 03-07-1769 casou com Maria Teresa de Jesus, filha de José de Souza Correa e Clara Maria Moreira, familia “Antonio de Souza Lopes”.

Helena e José tiveram, q.d.:

4-1 Joaquim José da Silva batizado aos 30-04-1756 em Carrancas onde aos 14-11-1775 casou com Ana Maria de Souza, filha de Antonio de Souza Lopes e sua segunda mulher Ângela dos Santos. Família “Antonio de Souza Lopes”.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 30-04-1756 Joaquim n. aos 22-04, f.l. Jose Francisco da Silva n. de Aguas Santas do Bispado do Porto e Helena Alves Taveira n. desta freguesia, np Francisco João e Domingas da Silva nts e moradores da dita freguesia de Aguas Santas, nm Manoel Alves Taveira n. de Braga e Josefa Leme n. S. Paulo, padr.: Serafino Rodrigues de Oliveira, n. de Braga

 

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 14-11-1775 Joaquim José da Silva, f.l. Jose Francisco da Silva e Helena Alves Taveira; = cc. Ana Maria de Souza, f.l. Antonio de Souza Lopes e Angela dos Santos. Ambos nts/bts nesta freguesia onde são fregueses. Test.: Luiz Alves Taveira e Jose Barbosa.

4-2 José, batizado em 08-03-1758.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 08-03-1758 Jose n. aos 24-02, f.l. Jose Francisco da Silva n. Aguas Santas Bispado do Porto e Helena Alves Taveira n.m desta freguesia, np Francisco João e Domingas da Silva nts de Aguas Santas, nm Manoel Alves [cortado o final da pagina} n. de S. Paulo, padr.: Serafino Rodrigues n. de Braga e todos moradores desta freguesia

4-3 Manoel, em 25-05-1760.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 25-05-1760 Manoel n. aos 07-05, f.l. Jose Francisco da Silva . freg. Aguas Santas Bispado do Porto e Helena Alves Taveira n. desta freguesia, padr.: Luiz Alves Taveira e s/m Maria da Silva Barbosa.

4-4 Antonio, em 11-11-1764.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 11-11-1764 Antonio, f.l. Jose Francisco n. freg. Aguas Santas Bispado do Porto e Helena Alves Taveira n/b nesta freg., padr.: Jose Leme Barbosa, solteiro e Lucrecia Leme, viuva.

5- Antonio Alves Taveira, natural de Carrancas, batizado aos 19-02-1740, foi proprietário da Fazenda Cachoeira do Pinhal, na Freguesia de Baependi, Termo da Vila da Campanha da Princesa.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) 19-02-1740 Antonio, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Leme, padr.: Diogo Garcia e s/m Julia Maria do Sacramento

Casou duas vezes. Primeiro em Aiuruoca aos 29-08-1757, casou-se com Rita Maria de Jesus, filha de Gaspar João Barreto e Maria de Brito.

Freguesia de Aiuruoca - Aos vinte e nove dias do mês de Agosto de mil setecentos e cinquenta e sete nesta Paroquial Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Arraial de Aiuruoca com Provisão do Muito Reverendo Doutor Vigário da Vara o Vigário Ignacio José de Souza pelas dez horas do dito dia se recebeu com palavras de presente e na forma do Conselho Tridentino e Constituição a Antonio Alves Taveira, filho legítimo de Ant.(?) Alz Taveira já defunto e de sua mulher Jose Lemes, natural e batizado na Freguesia da Conceição de Nossa Senhora das Carrancas = com Rita Maria de Jesus, filha legítima de Gaspar João Barreto e de sua mulher Maria de Brito, natural e batizada nesta Freguesia e logo lhes deu as bênçãos (...).

 

          Antonio faleceu em Baependi aos 06-08-1811 e foi inventariado no mesmo ano por sua viúva Antonia Maria de Jesus. Deixou geração de ambos os matrimônios.

 

          Antonio e Rita tiveram segundo seu inventário (neste site) nove filhos, situação em 17-12-1811:

5-1 Manoel Alves Taveira, 40 anos, casado com Christina Maria de Jesus.

5-2 Rita Maria de Jesus, 39 anos em 1811. Aos 10-01-1803 casou com Manoel Antonio Ferreira, com 40 anos, viúvo de Maria Ferreira Ribeiro.

B7: Diocese de Campanha, paroquia de Baependi-MG - matriz - 10 janeiro 1803 - Manoel Antonio Ferreira  e Ritta Maria de Jesus.

Ele 40 anos, viúvo de Maria Ferreira Ribeiro;

Ela com 30 anos, f.l. de Antonio Alves Taveira e Ritta Maria de Jesus; n. e b.  nesta dita freguesia.

5-3 Helena Alves Taveira, já falecida, casada com Francisco Cabral

5-4 Francisco Alves Taveira, 36 anos, casado com Ana Joaquina de Menezes

5-5 Joaquim Alves Taveira, em 11-05-1803 casou com Maria Custódia da Rosa, filha de José Pereira de Faria e Maria Rosa Leme. Em 1811, com 35 anos estava casado com Antonia Maria, provavelmente a falecida em 06-06-1836.

B7: Diocese de Campanha, paroquia de Baependi-MG- 11 maio 1803 - Joaquim Alves Taveira e Maria Custodia da Rosa.

Ele com 27 anos, f.l. de Antonio Alves Taveira e Ritta Maria de Jesus.

Ela com 18 anos, f.l. de Jose Pereira (?) de Faria e Maria da Rosa Leme.

 

B7: Baependi-MG - Óbitos, aos 06-06-1836 sep. Capela Rio Verde, Antonia mulher de Joaquim Alves Taveira.

5-6 Antonia Maria de Jesus, 27 anos em 1811, natural das Lavras do Funil. Aos 26-07-1803 casou com Antonio da Silva Bueno (citado como Antonio Bernardes no inventário do sogro), natural da Campanha, filho natural de Maria Francisca.

Campanha, MG aos 26-07-1803 nesta matriz se receberam Antonio da Silva Bueno, filho natural de Maria Francisca, batizado nesta freguesia = cc Antonia Maria de Jesus, f.l. de Antonio Alves Taveira e de Rita Maria de Jesus, n/b na freg. das Lavras do Funil.

5-7 Floriana Alves Taveira, 26, viúva de Antonio da Cunha.

5-8 Genovefa Maria de Jesus, 25, casada com Joaquim Mariano do Prado

5-9 José Alves Taveira, 23 anos em 1811, casado com Maria Francisca de Jesus. José, viúvo, faleceu em Baependí aos 13-12-1867 e foi sepultado no dia seguinte no cemitério geral.

B7: Baependi-MG - Óbitos, aos 13-12-1867 (a margem: J.e Alz Taveira) no Paiol desta paroquia faleceu J.e Alves Taveira, viuvo, de idade de 80 anos, cemiterio geral, e no dia 14 foi sepultado.

 

Antonio e Antonia tiveram a filha única:

5-10 Joaquina, 11 anos em 1811. Joaquina Maria de Jesus, em Baependi aos 23-11-1814, casou-se com Francisco Antonio de Oliveira.

 

6- Quitéria Alves de Jesus, batizada em 14-05-1742. Aos 07-04-1755 em Carrancas, casou-se com Pedro Ferreira Pires, natural de Santa Bárbara das Nove Ribeiras Bispado de Angra, filho de Manoel Ferreira Pires e Rosa Maria de Jesus.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 14-05-1742 Quiteria, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Lemes, padr.: Manoel Machado de ---- e s/m Gertrudes Velosa

 

inserido no inventário paterno:

Freguesia das Carrancas - Aos sete dias do mês de Abril do ano de mil setecentos e cinquenta e cinco nesta Igreja das Carrancas pelas nove horas da manhã estando eu o Vigário Manoel Rodrigues presente e as testemunhas Francisco da Mota Reis, Manoel (....) de Melo e Caetano José Pena, feitas as três canônicas admoestações e sem impedimento algum, confessados e comungados e com licença do Reverendo Doutor Vigário da Vara desta Comarca José Sobral de Souza se receberam por palavras de presente em matrimônio Pedro Ferreira Pires, natural e batizado na Freguesia de Santa Barbara das Nove Ribeira Bispado de Angra e filho legítimo de Manoel Ferreira Pires e de Rosa Maria = com Quitéria Alves de Jesus, natural e batizada nesta Freguesia das Carrancas, filha legítima de Manoel Alves Taveira, já defunto e de Josefa Leme de Lima, e logo lhes dei as bênçãos (...).

 

          Pedro faleceu em Carrancas com testamento redigido na Fazenda do Ribeirão de Santo Antonio do Capivari, aberto aos 31-03-1807. Declarou naturalidade, filiação, casamento e os doze filhos vivos (testamento neste site):

6-1 Manoel, batizado em 30-10-1757. Não é citado no testamento paterno.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 30-10-1757 Manoel n. aos 23 do mesmo mes, f.l. de Pedro Ferreira Pires n. freg. Sta Barbara das Ilha Terceira e Quiteria Alves de Jesus n. desta freguesia, np Manoel Ferreira Pires e Rosa Maria, maternos de Manoel Alves Tavera e Josefa Leme, padr.: Manoel Jose -----, solteiro morador no Rio das Mortes ,

6-2 Francisco Alves Ferreira casou, aos 24-01-1785 em Carrancas, com Izabel Teodora da Silva, filha do Capitão Germano José da Silva Freire e Maria de Nazaré, neta materna de Francisco de Ávila Fagundes e Maria Alves da Porciúncula; família “Maria Alves da Porciúncula”.

Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 24-01-1785 na Capela de N. Sra. da Conceição das Carrancas, Francisco Alves Ferreira, f.l. Pedro Ferreira Pires e Quiteria Alves de Jesus; = cc. D. Izabel Theodora da Silva, f.l. Capitão Germano Jose da Sylva Freire e D. Maria de Nazare. Nts/bts nesta freguesia de S. Ana das Lavras do Funil

Pais de, pelo menos:

6-2-1 Ana, batizada em 1798.

Lavras, MG Igreja Santana Lv suplementos no ano de 1798 com pouca diferença na matriz de Carrancas então capela filial desta matriz bat a Ana, f.l. Alf. Francisco Alves Ferreira e Izabel Teodora, foram padr.: João Hipolito Matins e Teresa Maria de Jesus.

 

6-3 Maria, batizada em 01-12-1760.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 01-12-1760 Maria n. aos 17-11 do mesmo ano, f.l. Pedro Ferreira Pires n. da Ilha Terceira freguesia de Santa Barbara e Quiteria Alves de Jesus n. desta freguesia, padr.: Manoel Pereira Nunes morador no Rio das Mortes pequeno e Josefa Lemes mulher de  João Duraens, todos moradores desta freguesia.

6-4 Joaquim Alves Ferreira, batizado em 1763. Casou aos 27-08-1787 com Genoveva Maria do Rosário, filha de Manoel da Silva Torres e Maria Teresa de Santa Ana, família “Manoel da Silva Torres”.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos [ilegivel a data ] de 1763 com licença do Revdo Vigario desta freguesia, Joaquim n. aos 22-01 do presente ano, f.l. Pedro Ferreira Pires n/b freg. Santa Barbara das Nove Ribeiras do Bispado de Angra da Ilha Terceira e Quiteria Alves de Jesus n/b nesta freguesia, padr.: Joaquim Silva Campos e Ana Maria do Nascimento s/mulher todos desta freguesia.

 

Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 27-08-1787 Ermida N.S. Rosario filial desta matriz, Joaquim Alves Ferreyra, f.l. Pedro Ferreyra Pires e Quiteria Alves de Jesus; = cc. Genoveva Maria do Rosario, f.l. Manoel da Silva Torres e Maria Theresa de Santa Ana. Nts e moradores freguesia de Lavras do Funil

          Pais de, pelo menos:

6-4-1 e 2: Ana e Antonio, legatários do avô paterno.

6-4-3 Joaquina, legatária do tio paterno Jerônimo.

 

6-5 Felisberto, batizado em 17-02-1765.  Pai de, pelo menos:

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 17-02-1765 Felisberto, f.l. Pedro Ferreira Pires n/b freg. de S. Barbara Bispado da Ilha Terceira e Quiteria Alves de Jesus n. desta freg., padr.: Joaquim da Silva Campos e s/m Ana Maria

6-5-1 Quitéria, legatária do avô paterno.

 

6-6 Jacinta Maria de Jesus, batizada em 23-11-1766. Aos 07-02-1787 em São João del Rei, casou-se com João da Costa Silva, filho de João da Costa Guimarães e Izabel Pedrosa (família “Isabel Pedrosa”).

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 23-11-1766 Jacinta n. aos 31-10, f.l. Pedro Ferreira Pires n. da  freg. Santa Barbara da Ilha Terceira e Quiteria Alves de Jesus n. desta freguesia, padr.: Jose Gonçalves Martins morador em S. João del Rei e Ana Maria do Nascimento moradora desta freguesia.

 

Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 07-02-1787 matriz da vila de S. João del Rei, João da Costa Silva, f.l. João da Costa Guimarães e Izabel Pedrosa; = cc. Jacinta Maria de Jesus, f.l. Pedro Ferreyra Pires e Quiteria Alves de Jesus. Nts/bts freg. Lavras

 

          Capitão João faleceu aos 02-12-1823, com testamento (neste site) onde declara naturalidade, filiação o casamento sem geração e reconhece a filha natural Felícia, tida com Úrsula (depois mulher de Manoel de Pontes).

 

6-7 Alferes José Alves Ferreira, batizado em 09-08-1768. Casou com Joaquina Rosa do Nascimento, filha do Capitão Francisco da Costa Pereira. Família “Diogo Garcia”.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 09-08-1768 Jose, f.l. Pedro Ferreira Pires e Quiteria Alves de Jesus, moradores e fregueses desta freguesia, padr.: Jose Ferreira Alves e s/m Teresa Maria de Jesus todos moradores desta freguesia.

          Alferes José faleceu com testamento e foi inventariado em 1838 por sua viúva. Deixou a Fazenda do Barreiro, casa em Carrancas, 1/5 do sitio do Patrimônio alem de parte Fazenda Rio Grande e da Sesmaria do Bananal havidas por herança dos sogros.

          Teve, segundo seu testamento (neste site) seis filhos, situação em 1838:

6-7-1 Francisco José Ferreira, casou duas vezes. Aos 30-01-1837, dispensados do impedimento de consanguinidade em 2º grau, com Maria Marfisa do Nascimento 6-10-2 abaixo. Aos 19-06-1839 com Maria do Carmo, 6-12-3 abaixo.

B7: casamentos - Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 30-01-1837 oratorio do Alf. Jose Alves Ferreira, Francisco Jose Ferreira, f.l. Jose Alves Ferreira e D. Joaquina Rosa do Nascimento; = cc D. Maria Marfisa do Nascimento, f.l. Alexandre Alves Fereira e D. Constancia Teodora do Nascimento; test.: Marcelino Alves Ferreira, João Alves Ferreira e outros muitos, tendo sido dispensados do impedimento de consanguinidade em 2º grau.

 

B7: casamentos - Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 19-06-1839 em oratorio do Alf. Marcelino Alves Ferreira. Francisco Jose Ferreira, viuvo de D. Maria Marfisa; = cc D. Maria do Carmo, f.l. Marcelino Alves Ferreira e D. Maria Inacia.

6-7-2 Generosa Perpétua do Nascimento (ou Ferreira) casada com Justino Custódio Rodrigues, filho de Francisco Custódio da Veiga e Francisca Rosa da Silva Tavares. Geração na família “Antonio e João Vieira da Maia’ Cap. 1º.

6-7-3 Maria Fausta do Nascimento casada com Antonio Teodoro Ferreira.

6-7-4 Antonio José Ferreira, 14 anos.

6-7-5 José Joaquim Ferreira, 12 anos

6-7-6 Prudenciana Coralina (ou Querubina) de Jesus, 10 anos. Casou aos 23-10-1843 com seu primo Francisco Antonio Diniz, dispensados do impedimento de consanguinidade em segundo grau. “Recebi de minha tia e sogra Joaquina Rosa do Nascimento os bens de minha esposa Prudenciana de sua legitima paterna.... assina- Francisco Antonio Denis”. Família “Diogo Garcia”.

inserido no inventário paterno:

Acento - a 23 de Outubro de 1843 no oratório em casas de Dona Joaquina Rosa do Nascimento celebrei o matrimonio a Francisco Antonio Denis e Prudenciana Querubina de Jesus. Testemunhas João Alves Ferreira e Francisco Jose Ferreira, liberados do impedimento de consangüinidade em segundo grau da linha transversal .

 

6-8 Jerônimo Alves Ferreira, batizado em 07-10-1770.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 07-10-1770 Jeronimo n. aos 11-09, f.l. Pedro Ferreira Pires e Quiteria s/mulher, padr.: Francisco Martins da Silva e Ana Maria do Nascimento mulher de Joaquim Alves Campos todos desta freguesia.

          Faleceu solteiro, com testamento aberto aos 28-06-1807, onde nomeia seus herdeiros “dos remanescentes de meus bens dois filhos de uma escrava nossa”. “Diz Joaquim Francisco Alves Ferreira que falecendo da vida presente seu pai Jerônimo Alves Ferreira e deixando três filhos menores que então era o suplicante, outro por nome Paulino e uma por nome Hipólita

 

6-8-1 Joaquim Francisco Alves Ferreira, filho de natural de Maria Francisca, aos 09-11-1814 casou-se com Isabel Jacinta Clementina de Souza, filha do Coronel Tomás da Rocha e Souza e Maria Isidora Pereira.

inserido no inventário paterno:

Aos nove de Novembro de mil oitocentos e quatorze anos na Capela da Senhora do Rosário da Lagoa desta Freguesia o Padre Francisco Monteira de Afonseca Borges com licença minha assistiu ao matrimônio que em sua presença e das testemunhas os Capitães José Borges de Azevedo e Manoel Ribeiro de Carvalho contraíram por palavras de presente depois de habilitados canonicamente por Provisão, Joaquim Francisco Alves Ferreira, filho natural de Maria Francisca, que foi escrava de Pedro Ferreira Pires, nascido e batizado na Freguesia de Santana das Lavras - e Isabel Jacinta Clementina de Souza, filha legítima do Coronel Thomás da Rocha e Souza e de Maria Isidora Pereira, nascida, batizada e moradores, ambos nesta Freguesia e lhes conferiu logo as bênçãos nupciais o que tudo me fez constar (...).

6-8-2 Paulino

6-8-3 Hipólita

 

6-9 Vitoriano Alves Ferreira, batizado em 02-02-1772, presbistero secular da Ordem de S. Pedro. Padre Vitoriano redigiu seu testamento na Cidade da Campanha em 07-07-1848, aberto aos 18-01-1849.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 02-02-1772 Vitoriano, f.l. Pedro Ferreira Pires e Quiteria Alves de Jesus, padr.: Francisco Martins da Silva e Ana Maria do Nascimento

 

CAMARA MUNICIPAL DE CAMPANHA - MG

Centro de Memoria Cultural do Sul de Minas

CPA03 Testamentos - Campanha da Princesa 1846-1854

Registro do testamento com que faleceu Padre Vitorianno Alvares Ferr.ª aos 18-01-1849 de quem é testamenteiro Fran.co Jose Fer.ª morador na freg, de Carrancas.

Eu Vitorianno Alves Ferreira, presbistero secular da Ordem de S. Pedro, f.l. Pedro Ferreira Pires e Quiteria Alvares de Jesus, já falecidos, n/b na freg. de Carrancas.

Testamenteiros 1º meu sobrinho Francisco Jose Ferreira, 2º meu irmão Marcelino Alvares Ferreira, 3º meu sobrinho Antonio Theodoro Ferreira.

Instituo por meus herdeiros, depois de cumpridos os meus legados e todas as disposições e doações a meus sobrinhos Francisco Jose Ferreira e Jose Alvares Ferreira, e a meu sobrinho Pedro, f.l. de meu irmão Alexandre Alvares Ferreira, já falecido, e s/m Constancia Theodora.

Deixo a minha afilhada Candida, filha de meu irmão Marcelino Alvares Ferreira 100$000; igual quantia a meu sobrinho e afilhado Jose Theodoro Ferreira; e outra igual quantia a minha sobrinha Olina, f.l. de minha irmã Joaquina Alvares do Paraiso e de Manoel Joaquim de Brito digo Manoel Joaquim Gonçalves de Brito; deixo de esmola a Joam Jose Gomes morador no Arraial da Ibituruna 400$000.

Cidade da Campanha 07-07-1848 Padre Victorianno Alvares Ferreira

Aprovação 07-07-1848

Abertura 18-01-1849

Aceitação 31-01-1849 Francisco Jose Ferreira

 

6-10 João Alves Ferreira, alferes. Batizado em 29-09-1774.

Lavras, MG Igreja S. Ana aos 29-09-1774 na cap. N Sra da Conceição das Carrancas bat a João, f.l. Pedro Ferreira Pires e Quiteria Alves de Jesus,. padr.: Jeronimo Fernandes, solteiro e D. Ana Praxedes de Magalhães, todos destsa.

 

6-11 Alexandre Alves Ferreira, alferes. Casou com Constancia Theodora do Nascimento (família “Diogo Garcia”). Comparecem no censo de 1831, Alexandre com 54 anos declarados e Constancia com 38 e vários filhos:

Censo de Carrancas 02-11-1831, fogo 5 (II)

Alexandre Alves Ferreira, branco,  54, casado, lavrador

Jose Teodoro Ferreira, branco, filho, 18, solteiro,

Antonio Teodoro Ferreira, branco, filho, 17, solteiro,

Francisco, branco, filho, 5,

Constancia Teodora, branco, esposa, 38, casado,

Ana Constancia, branco, filho, 15, solteiro,

Maria Marfisia, branco, filho, 13, solteiro,

30 escravos

          Alexandre já era falecido em 1848 (testamento do irmão Padre Vitorino). Pais de, e.o.:

6-11-1 Pedro, herdeiro do tio Padre Vitoriano.

6-11-2 Maria Marfisa do Nascimento aos 30-01-1837 dispensados do impedimento de consanguinidade em 2º grau, casou com Francisco José Ferreira, filho de José Alves Ferreira e Joaquina Rosa do Nascimento.  6-6-1 supra.

B7: casamentos - Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 30-01-1837 oratorio do Alf. Jose Alves Ferreira, Francisco Jose Ferreira, f.l. Jose Alves Ferreira e D. Joaquina Rosa do Nascimento; = cc D. Maria Marfisa do Nascimento, f.l. Alexandre Alves Fereira e D. Constancia Teodora do Nascimento; test.: Marcelino Alves Ferreira, João Alves Ferreira e outros muitos, tendo sido dispensados do impedimento de consanguinidade em 2º grau.

 

6-12 Marcelino Alves Ferreira, alferes. Casou com Maria Inácia de Jesus, filha de Ignacio José de Souza Ribeiro, falecido em Baependi aos 11-06-1818 (inventário neste site) e Genoveva Maria Ribeiro, neta paterna de Manoel de Souza do Prado e de Ignacia Ribeira.

Censo de Carrancas 02-11-1831, fogo 6

Marcelino Alves Ferreira, branco, 53, casado, lavrador

Maria Inacia de Jesus, branco, mulher, 39, casado

Candida Cezarina, branco, filho, 16

Helena Maria, branco, filho, 14

Ana Inacia, branco, filho, 13

Antonio Marcelino, branco, filho, 10

Maria, branco, filho, 9

Jose, branco, filho, 7

Marcelino, branco, filho, 4

42 escravos

Entre seus filhos:

6-12-1 Cândida Cesarina, com 16 anos em 1831. Afilhada e legatária do tio Padre Vitoriano.

6-12-2 Ana Flausina de Jesus aos 01-03-1835 casou com João Alves Taveira, 3-2-2 supra.

6-12-3 Maria do Carmo aos 19-06-1839 casou com Francisco José Pereira, viuvo de Maria Marfisa 6-10-2 supra, filho de José Alves Ferreira e Joaquina Rosa do Nascimento, 6-7-1 supra.

6-13 Joaquina Alves do Paraiso, em Carrancas aos 31-08-1809, casou-se com Manoel Joaquim Gonçalves de Brito, filho do Capitão Amaro Gonçalves Chaves de Mendonça e Luísa Teresa de Jesus (de Moraes e tambem de Brito). Família Amaro de Mendonça Coelho, Cap. 3º.

Casamentos - Sta Ana das Lavras do Funil, aos 31-08-1809 Cap. N. Sra. Conceição Carrancas, Manoel Joaquim Gls, n/b freguesia da vila da Campanha, f.l. do Cap. Amaro Gls Chaves e Luisa Teresa de Jesus; = cc. Joaquina Als do Paraiso, f.l. de Pedro Ferreira Pires e Quiteria Als de Jesus, n/b nesta freguesia das Lavras.

Pais de, pelo menos:

6-13-1 Olina, legatária do tio Padre Vitoriano “igual quantia a minha sobrinha Olina, f.l. de minha irmã Joaquina Alvares do Paraiso e de Manoel Joaquim de Brito digo Manoel Joaquim Gonçalves de Brito”.

         Olina Leopoldina (ou Cândida) de Brito, em 1835 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade em 2º grau para se casar com José Gonçalves de Brito, filho de Antonio Amaro Gonçalves de Brito e Isabel Inacia de Jesus, família supra citada.

6-13-2 Porcina Cândida de Brito, em 1835 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade em 2º grau para se casar com Elias Gonçalves de Brito, irmão inteiro de José Gonçalves de Brito supra citado.

         Ambos já eram falecidos em 1849, deixaram geração.

 

6-14 Mariana de Jesus, não é citada no testamento paterno. Aos 03-02-1773 em Carrancas, casou com José Cardoso da Silva, batizado em 02-11-1750 em Barbacena, filho de Bartolomeu Cardoso Monteiro, natural da freguesia de de Santa Barbara da Ribeira da Ilha do Pico e de Maria de Jesus casados em Barbacena aos 23-09-1743, neto paterno de Gregorio Gonçalves Monteiro e Maria Gracia, natural de Baependi, neto materno de Manoel Jorge e Theresa Maria

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 03-02-1773 - José Cardozo da Silva, f.l. de Bartolomeu Cardozo Monteiro e Maria de Jesus, n/b freg. da Borda do Campo; = cc Mariana de Jesus, f.l. de Pedro Ferreira Pires e Quitéria Alves de Jesus. Test.: Antonio de Paiva e Silva, Domingos de Paiva e Silva, e Joaquim Alves Taveira.

 

Pólis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis (Ressaquinha-MG). -N. Sra Rosario e S. Jose do Ribeirão de Alberto Dias, lv. D-12 bat. 1749-1750 fls. 48 v. 02/11/1750 José, filho de Bartolomeu Cardoso Monteiro e de Maria de Jesus.

 

Livro de Matrimônios de Barbacena, MG - Matriz aos 23-09-1743 - Bartholomeu Cardozo Monteiro, f.l. de Gregorio Gonçalves Monteiro e Maria Gracia, nat. e bat. na freg. de Santa Barbara da Ribeira, da Ilha do Pico; e Maria de Jesus, filha natural de Manoel Jorge e Theresa Maria, nat. e bat. na freg. de N.S. de Monserrate de Maypendi. Foram testemunhas: Henrique Monteiro de Magalhães, Amaro Teyxeira e outros. O Vigr° Manoel da Silva Lagoinha (pesquisa Silvia Buttros).

 

Entre os filhos do casal:

6-14-1 Manoel Cardoso da Silva, na capela S. Miguel do Cajuru aos 28-11-1803 casou com Maria Teresa de Jesus, filha de Antonio Rabelo de Carvalho e Maria Antonia de Jesus; família “Antonio Gracia e João Garcia Duarte” II.

6-14-2 Quiteria Maria do Carmo (de Jesus ou da Conceição), natural das Lavras. Em Campanha aos 30-06-1801 casou com Antonio Martins da Costa, filho de Antonio Martins da Costa, natural de S. André do Sobrado Bispado do Porto e Maria da Conceição, natural de Guarapiranga-MG, neto paterno de Antonio Martins da Costa e Maria Pinta, neto materno de Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes. Geraçãona família “Antonio Borges da Costa.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 30-06-1801 nesta matriz Antonio Martins, f.l. Antonio Martins da Costa e Maria da Conceição, n/b nesta matriz = cc Quiteria Maria da Conceição f.l. de Jose Cardoso da Silva e Mariana de Jesus, n/b na freg. de Santana das Lavras.

6-14-3 Ana Custodia do Carmo aos 01-07-1801 casou com Bernardo da Costa, irmão inteiro de Antonio Martins da Costa supra citado.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 01-07-1801 nesta matriz Bernardo da Costa, f.l. Antonio Martins da Costa e Maria da Conceição, n/b nesta matriz = cc Ana Custodia do Carmo f.l. de Jose Cardoso da Silva e Mariana de Jesus, n/b na freg. de Santana das Lavras.

6-14-4 Mariano batizado em 30-03-1807.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 30-03-1807 na capela dos Santissimos Corações de Jesus bat a Mariano, f.l. Jose Cardoso da Silva e Mariana de Jesus, foram padrinhos Antonio Vieira da Costa e D. Leonor Francisca de Jesus por pp que apresentou Francisco Soares de Figueiredo.

 

7- Joaquim Alves Taveira, batizado aos 13-09-1744 em Carrancas. Aos 17-06-1773 casou com Maria Josefa do Espírito Santo, filha de Manoel Pereira Souto e Izabel Lourença da Assução, família “Antonio Borges”.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 13-09-1744 Joaquim, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Lemes, padr.: Domingos da Cunha, solteiro e Ignez Clara mulher de Luiz Gomes.

 

B7: casamentos - Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 17-06-1773 Joaquim Alves Taveira, n/b nesta freguesia, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Leme de Lima; = cc.  Maria Josefa do Espírito Santo, n/b nesta freguesia, f.l. Manoel Pereira Souto e Izabel Lourença da Assução. Test.: Rafael de Araujo Pimenta e Pedro da Silva.

          Faleceu com testamento e foi inventariado em 1812 por sua viúva Maria Jose. Foi proprietário da Fazenda Luminárias, vizinha das terras de Gabriel de Souza Diniz e de Francisco de Ávila Fagundes.

Em seu inventário (neste site) compareceram 12 filhos ou seus representantes:

7-1 Ana Alves (ou Martins) de Lima, batizada em 29-08-1773, casou duas vezes. Em primeiras núpcias, aos 15-11-1790, com Antonio Martins de Carvalho, filho de Miguel Martins de Carvalho e Maria da Conceição.

Lavras, MG Igreja Santana aos 29-08-1773 na capela de N Sra da Conceição das Carrancas bat a Ana, f.l. Joaquim Alves Taveira e Maria Josefa do Espirito Santo, npaterna de Manoel Alves Taveira e Josefa Lemes naturl da cidade e Bispado de S. Paulo, nm Manoel Pereira Souto e Izabel Lourença, e os pais da batizada nts desta freguesia. Foram padr.: Mnaoel de Souza Freire e s/m Ana Angelica.

 

Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 15-11-1790 S. João del Rei, Antonio Martins de Carvalho, f.l. Miguel Martins de Carvalho e Maria da Conceição Torres, n/b freguesia da vila Parnaiba Bispado de S. Paulo; = cc. Anna Martins de Lima, f.l. Joaquim Alves Taveira e Maria Jose do Espirito Santo, n/b nesta freguesia.

 

          Antonio faleceu aos 06-08-1806 e foi inventariado em 27-06-1812 pela viúva, já casada segunda vez com João Eduardo Pereira Ramos.

 

          Ana e Antonio tiveram quatro filhos, segundo o inventário deste (neste site):

7-1-1 Maria, com 18 anos em 1812. Maria Antonia do Nascimento aos 28-01-1817 casou com Mariano Correa da Silva, filho de Manoel Correa da Silva e Joaquina Rodrigues.

B7: casamentos -Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 28-01-1817 Mariano Correa da Silva, f.l. Manoel Correa da Silva e Joaquina Rodrigues, bat. na freg. da vila de Lorena(?); = cc. Maria Antonia do Nascimento, f.l. Antonio Martins de Carvalho e Ana Alves de Lima, bat. na freg. de Ouro Fino. Test.: Ten. Jose da Fonseca de Carvalho e Jose Martins de Souza.

7-1-2 Mariana, com 16.

7-1-3 Ana, com 12.

7-1-4 João, com 9 anos. João Batista Flausino de Carvalho, tenente coronel, nascido em Lavras casou com Angélica Constança da Silveira, filha do Coronel Luiz Furtado de Souza e Joaquina Julia da Silveira. Foi morador na Mutuca onde redigiu seu testamento na Fazenda das Pitangueiras aos 13-07-1880 aberto em 26-02-1884. Sem geração e ascendentes, instituiu universal herdeira a sua mulher.

CAMARA MUNICIPAL DE CAMPANHA - MG

Centro de Memoria Cultural do Sul de Minas

CPA 05, Testamentos - Campanha da Princesa 1872-1897

Registro do testamento com que faleceu o Tenente Coronel João Baptista Flausino de Carvalho.

Eu, João Baptista Flausino de Carvalho, f.l. Antonio Martins de Carvalho e D. Anna Alves de Lima, já falecidos, n. do municipio de Lavras e morador na freguesia da Mutuca municipio da Campanha.

Testamenteiros: 1º a minha mulher D. Angelica Constança da Silveira, 2º Major Joaquim Eloy Mendes, 3º Dr. Andre Martins de Andrade.

Sou cc. D. Angelica Constança da Silveira, f.l. do Coronel Luiz Furtado de Souza e D. Joaquina Julia da Silveira, ambos falecidos, e de cujo consorcio não tenho filhos.

Missas por minha alma, de meus pais e irmãos (...).

Deixo a Saturnino Flausino Barboza a quantia de 3:000$000 réis; a Anna, exposta em casa do Alferes Jose Martins na freguesia de S. Tomé das Letras, casada com fulano Cota Preta a quantia de quatro contos de reis; a Jose Flausino Damasceno, filho de Anna Pires, já falecida, 1:000$000; a uma irmã deste de nome Joaquina, viuva de Francisco de Oliveira, 1:000$000; a Daniel, ingenuo, filho legitimo de meus escravos Fernando e Eugenia, 1:000$000.

Não tendo herdeiro algum quer ascendente quer descendentes, instituo a minha mulher Dona Angelica Constança da Silveira herdeira universal de todos os meus bens, ficando por morte dela livres todos os meus escravos, e para os mesmos, como seu patrimonio e lugar de morada depois que entrarem no gozo de sua liberdade, por morte da dita minha mulher, ficará duzentos alqueires de terras em minha fazenda das = Pitangueiras = nesta freguesia da Mutuca (...).

Fazenda das Pitangueiras 13-07-1880 João Baptista Flausino de Carvalho

Aprovação 14-07-1880

Abertura 26-02-1884

Termo de Renuncia da testamentaria 10-03-1884 a viuva D. Angelica Constança da Silveira

Aceitação 10-03-1884 Major Joaquim Eloy Mendes

 

Ana e João Eduardo tiveram q.d.:

7-1-5 José Ramos Flausino aos 21-11-1836 casou com Maria das Dores, filha de José Pires de Siqueira.

B7: casamentos - Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 21-11-1836 matriz, Jose Ramos Flausino, f.l. João Eduardo, já falecido e Ana Alves de Lima; = cc Maria das Dores, f.l. Jose Pires de Sequeira; test.: Antonio Caetano de Andrade e Flavio de Souza.

7-2 Maria José do Espritio Santo, batizada em 07-08-1774 e já falecida em 1812,

Lavras, MG Igreja S. Ana aos 07-08-1774 na cap. das Carrancas bat a Maria, f..l. Joaquim Alves Taveira e Maria Jose de Santa Ana, padr.: Manoel Ferreira Mendes e s/m Maria Francisca, todos desta.

Foi casada com Isidoro Marques Viana e deixou a filha:

7-2-1 Rita, batizada em 10-01-1805.

Lavras, MG Igreja Santana aos 10-01-1805 na capela das Carrancas bat a Rita, f.l. Isidoro Marques Vianna e Maria Jose do Espirito Santo, padrinhos Antonio Affonço de Almeida e Antonia Marcilina do Carmo.

7-3 Luiza (Luzia) Vitória Alves de Lima, batizada em 18-02-1776, foi casada com o Alferes Lourenço Alves Guedes.

Lavras, MG Igreja Santana aos 18-02-1776 na capela N Sra da Conceição das Carrancas bat a Luiza, f.l. Joaquim Alves Taveira e Maria Jose do Espirito Santo, padr.: Manoel de Avila Fagundes por pp q apres. o mesmo batizante, e Mafalda das Neves Rangel.

Luiza faleceu em Abril de 1800 e teve seu inventário aberto em 1803 na Paragem da Bocaina do Rio Grande onde morava o viúvo. Nessa ocasião Lourenço já estava casado com Ana Joaquina de Paiva, f ilha de João de Paiva e Silva e Maria Rodrigues (família “Paiva”, Cap 2º, § 4º).

Segundo seu inventário, neste site, Luiza e Alferes Lourenço tiveram dois filhos:

7-3-1 Ana Inácia, com 5 anos em 1803. Solteira com 14 anos em 1812.

7-3-2 Francisco, batizado em 28-04-1800. Com 4 anos em 1803 e 12 em 1812.

Carrancas, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 28-04-1800 na capela do Espirito Santo bat a Francisco, f.l. Lourenço Alz Guedes e Luiza Vitoria Alves, foram padrinhos Antonio Marinho de Moura e Teresa Maria, e por não aparecer este assento o lavrei aqui depois de informado.

 

7-4 Antonia Marcelina do Carmo, aos 13-07-1803 no Campo Belo, casou-se com Antonio de Campos Bicudo, natural de Itu-SP, filho de Francisco Leme da Silva e Ermenegilda Maria de Campos, família “Domingos Leme da Silva”. Em 1812 consta casada com Antonio Ildefonso Lara “Antonia casada com Antonio Ildefonso Lara

Casamentos - Sta Ana das Lavras do Funil, aos 13-07-1803 Capela S. Bento do Campo Belo, Antonio de Campos Bicudo, n/b na vila de Itu Bispado de SP, f.l. de Fran.co Le--[lombada] da S.ª e Ermenegilda Maria de Campos; = cc. Antonia Marcelina do Carmo, f.l. de Joaquim Alz Taveira e Maria Jose do Espirito Santo, n/b nesta

7-5 Escolástica Maria, casada com José Luís Garcia, filho de Mateus Luís Garcia e Francisca Maria de Jesus, neto paterno de Diogo Garcia e Julia Maria da Caridade, neto materno de José Martins Borralho e Teodora Barbosa de Lima. Família “Os Barbosa Lima” Cap. 4º.

7-6 Jacinta Arcângela, casada com Joaquim Francisco de Souza

7-7 Joaquim Alves Taveira, solteiro, 30 anos. Na matriz de Lavras aos 18-06-1814 casou-se com Maria Claudina, viúva de Francisco de Assis.

Casamentos - Sta Ana das Lavras do Funil,  aos 18-06-1814 matriz, Joaquim Alz Taveira, f.l. Joaquim Alz Taveira e Maria J.e do Espirito Santo, n/b nesta freguesia de S. Ana das Lavras do Funil; = cc. Maria Claudina, viuva de Francisco de Assis

7-8 Manoel Alves Taveira aos 12-09-1807 casou com Ana Alves da Porciuncula, tambem Ana Senhorinha Martins Saldanha, filha de Alexandre Luiz Barbosa e Ana Senhorinha Martins Saldanha (ou Ana Senhorinha Gonçalves); famílias “Antonio Martins Saldanha” e “Maria Alves da Porciúncula”.

Santana do Sapucaí, MG aos 12/Set/1807, nesta Matriz, Manoel Alves Tavira (sic), f. de Joaquim Alves Tavira (sic) e de  Maria Josefa do Espírito Santo; c.c. Ana Alves da Porciúncula, f. de Alexandre Luís Barbosa e de Ana Senhorinha Martins Saldanha. Ambos naturais das Lavras do Funil. TT: Domingos antônio Soares, Francisco Xavier da Costa. O Vigr° João Alvares Botão(pesq. Silvia Buttros)

Ana Senhorinha Martins Saldanha faleceu em 13-02-1825. Segundo o inventário dela, neste site, tiveram dois filhos:

7-8-1 Luiza Vitória do Espírito Santo, casada com João Hipólito de Souza Ferraz.

7-8-2 Antonio Alves Taveira, com 15 anos mais ou menos em 1825.

7-9 Isabel Flauzina de Nazaré, batizada em 30-05-1784. Casada com Mateus Luís Garcia, irmão de José Luís sura citado. Geração na família “Os Barbosa Lima” Cap. 4º.

Lavras, MG Igreja Santana aos 30-05-1784 ba capela de Carrancas bat a Izabel, f.l. Joaquim Alvares Taveira e Maria Jose do Espirito Santo, padr.: Cap. Germano Jose da Silva Freire e s/m D. Maria de Nazare.

7-10 José Alves Taveira, batizado em 07-08-1786. Aos 04-06-1810 casou com Maria Rita de Paiva, filha de João de Paiva e Silva e Maria Rodrigues, familia “Paiva” Cap. 2º.

Lavras, MG Igreja Santana Lv Suplementos aos 07-08-1786 na capela de N Sra da Conceição filial desta matriz bat a Jose, f.l. Joaquim Alz Taveira e Maria Josefa do Esp.; Santo, padr.: Antonio Ribeiro da Silva e s/m D. Genoveva de tal.

7-11 Antonio Alves Taveira, batizado em 10-02-1789. Solteiro em 1812.

Lavras, MG Igreja Santana Lv Suplementos aos 10-02-1789 na ermida do Campo Belo bat a Antonio, filho leg. de Joaquim Alz Taveira e Maria Jose do Espirito Santo, padr.: João da Costa Silva e s/m Jacinta Ferr.ª

7-12 Maria Antonia, solteira, 12 anos

 

8- Estanislau, batizado em 01-11-1746. Estanislau Alves Teixeira aos 10-05-1773 casou com Ângela dos Santos, filha de Antonio de Souza Lopes e Ângela dos Santos Vieira, família “Antonio de Souza Lopes”.

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 01-11-1746 bat Stanislao, f.l. Manoel Alves Taveira n. frg. S. Romão de Nogueira termo da vila da Barca comarca de Vianna Arc. de Braga e de Josefa Lemes n. da freg. de N. Sra. da Conceição da cidade de S. Paulo, foram padr.: Stanislao Teixeira, casado morador no sitio do Ribeirão das Caveiras e D. Maria Alves da Porciuncula Barbosa mulher de Francisco de Avila Fagundes morador na vila contigua a matriz, todos desta freguesia.

 

B7: casamentos - Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 10-05-1773 Estanislau Alvares Taveira, f.l. Manoel Alves Taveira e Josefa Leme; = cc. Angela dos Santos, f.l. Antonio de Souza Lopes e Angela dos Santos. Ambos nts/bts nesta freguesia.

 

Pais de, q.d.:

8-1 Maria, batizada em 10-07-1774.

Lavras, MG Igreja S. Ana aos 10-07-1774 cap. N Sra da Conceição das Carrancas bat a Maria, f.l. Stanislau Alves Taveira e Angela dos Santos, padr.: Antonio de Souza Lopes e Josefa Lemes, casados, todos desta freguesia.

 

________________________________________________________________________

 

Cap. 2º João Alves Taveira

(atualizado em 04-novembro-2015)

 

Nasceu em 14-01-1711 na freguesia de S. Romão de Nogueira da vila da Barca, filho de Matias Francisco Alves e s/m Maria Taveira da mesma freguesia.

Paróquia de São Romão da Nogueira. João, filho legitimo de Matias Francisco e Maria Taveira do lugar de Quintela, de primeiro matrimonio. Nasceu aos 14 de janeiro de 1711 foi batizado aos 16 de janeiro. Padrinho João da Costa e sua mulher Jeronima Fernandes todos da freguesia (pesq. Moacyr Villela).

 

Casou com Catarina Pedrosa, natural de Guaratingueta-SP, filha de Manoel Pedroso de Brito natural de Guaratingueta e s/m Antonia da Silva (tambem Antonia do Prado Leme) natural de Pindamonhangaba.

 

Foram moradores em Campanha onde nasceram filhos. João já era falecido em 1790 (dispensa da filha Maria), deixou ao menos:

 

1- Ana, batizada em 24-03-1748.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 24-03-1748 Ana, f.l. João Alves Taveira e Catarina Pedrosa, ele n. da freg. de S. Romão de Nogueira comarca de Viana Arc. Braga e ela n. da freguesia Sto Antonio da vila de Guaratingueta bispado de S. Paulo, padr.: Jose Pedro da Silveira e Antonia da Silva mulher de Manoel Pedroso

 

2- Manoel Alves Taveira, batizado em 05-03-1751. Casou com Rita Maria da Silveira, natural de Ouro Fino-MG, filha de Francisco da Silveira Dutra, natural de Aiuruoca e de Maria do Espirito Santo, natural de Guaratinguetá ou Pindamonhangaba-SP, neta paterna de Francisco Furtado Dutra, da Ilha do Faial e Florencia Francisca das Neves, de Jacarei-SP, neta materna de Jose Correa de Aguiar, de Pindamonhangaba e Mariana de Freitas, de Taubaté - família “Bernarda Dutra da Silveira”.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 05-03-1751 Manoel, f.l. João Alves n. da freg. de S. Romão de Nogueira da vila da Barca e Catarina Pedrosa n. da vila de Guaratingueta, np Matias Francisco Alves e s/m Maria Taveira da mesma freguesia de S. Romão da Barca, nm Manoel Pedroso de Brito n. da vila de Guaratingueta e s/m Antonia da Silva n. da vila de Pindamonhangaba, padr.: Hieronimo Pinto Rodrigues, e Maria Leme do Prado

Rita e Manoel tiveram os filhos batizados em Cabo Verde, q.d.:

2-1 Luiz em 02-12-1787.

Cabo Verde, MG Igreja N Sra da Assunção aos 02-12-1787 nesta matriz bat a Luiz, de idade de oito dias, f.l. de Manoel Alvres Taveira e de Rita Maria da Silveira moradores em S. Bartolomeu, aquele natural da Campanha e esta natural do Ouro Fino, neto paterno de João Alvres Taveira nat. de Ponte de Lima, e de Catarina Pedrosa nat. da vila de Guaratingueta, e pela materna neto de Francisco da Silveira Dutra natural de Juruoca e de Maria do Espirito Santo cuja naturalidade não souberam dizer; foram padrinhos Joaquim Jose de Andrade, solteiro filho de João de Andrade Silva e de Maria Pedrosa Leme, e Tiodosia Maria, casada, todos desta freguesia.

2-2 Antonio, em 14-03-1790.

Cabo Verde, MG Igreja N Sra da Assunção aos 14-03-1790 nesta matriz bat a Antonio, f.l. de Manoel Alves Taveira e de Rita Maria da Silveira moradores em S. Bartolomeu, aquele natural da Campanha e esta de Ouro Fino, np de João Alvres Taveira nat de Ponte de Lima e de Catarina Pedrosa Leme nat de Guaratingueta, nm de Francisco da Silveira Dutra nat da Aiuruoca e de Maria do Espirito Santo nat de Taubate, foram padrinhos Bento Dias Palhão e s/m Ana Teresa todos desta freguesia.

2-3 Lourenço em 31-03-1796.

Cabo Verde, MG Igreja N Sra da Assunção aos 31-03-1796 nesta matriz bat a Lourenço, f.l. de Manoel Alvares Taveira e de Rita Maria da Silveira, foram padrinhos Manoel Jose Barbosa e Joana Cardosa, casados, todos desta freguesia.

2-4 Domingos em 04-11-1797.

Cabo Verde, MG Igreja N Sra da Assunção aos 04-11-1797 nesta matrioz bat a Domingos nascido a 23 de outubro p.p., f.l. de Manoel Alves Taveira natural da Campanha e de Rita Maria da Silveira nat. do Ouro Fino, npaterno de João Alves Taveira nat. de Ponte de Lima e de Catarina Pedrosa nat. de Guaratingueta, nmaterna de Francisco da Silveira Dutra nat da Aiuruoca e de Maria do Espirito Santo cuja naturalidade não souberam dizer; foram padrinhos João da Costa Leal e s/m Joaquina Maria da Fonseca, todos desta freguesia.

 

3- Maria Tavera de Figueiredo, batizada em 26-11-1752.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 26-11-1752 Maria nascida de 8 dias, f.l. João Alz Pedrosa(sic) e Catarina Pedrosa, padr.: Jose Pedro da Silv.ª, e Antonia da Silva Lemos.

          Em 01-06-1790 entrou com processo de dispensa de consangüinidade para poder se casar com Joaquim José de Andrade, batizado aos 02-08-1758 na Campanha, filho de João de Andrade Silva e Maria Pedrosa, esta irmã de Catarina Pedrosa, mãe da oradora.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 02-08-1758 Joaquim , f.l. João de Andrade da Silva n. freg. do Pombalinho termo da vila do Rabacal Bispado de Coimbra e Maria Pedrosa n. vila Guaratingueta Bispado de S. Paulo, padr.: Francisco de Azevedo Coutinho, solteiro e Maria Cardosa mulher de Baltazar Gomes Lima.

 

4- Domingos Alves Taveira, batizado em 14-12-1755. Citado no processo de dispensa da irmã, neste site, porque ele e seu irmão Manoel “são bem capazes de matar o orador”.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 14-12-1755 Domingos, f.l. João Alvares Taveira, natural do reino e sem mais informações e Catarina Pedrosa n. de Guaratingueta, padr.: Jose, solteiro filho de Manoel Pedroso, e Escolastica Ribeira mulher de Antonio Dias,

 

 

________________________________________________________________________

 

“Alves Taveira” Desentroncados

 

Encontramos no sul de Minas Gerais algumas pessoas desse apelido, talvez ligadas ao tronco, mas ainda sem documento comprovatório. Ficam aqui como “D” (desentroncados).

 

 

D2 Manoel Alves Taveira

 

Manoel Alves Taveira casou com Angélica Honória de São José. Foram moradores em Baependí onde possuíam parte da Fazenda do Areado e metade de uma casa em São Tomé das Letras.

Foram irmãos de Manoel, segundo testamento de seu filho José:

Joaquim Alves Taveira, morador na  Fazenda do Cahi, Freguesia de São Thomé das Letras, Termo e Comarca da Cidade de Baependi

João Alves Taveira, segundo testamenteiro do sobrinho José.

 

Manoel faleceu aos 04-08-1860. Como já era viúvo, seus herdeiros foram os filhos (inventário neste site):

D2-1- José Alves Taveira, 30 anos. Morador em São Tomé das Letras onde faleceu em fevereiro de 1863, solteiro, deixando suas irmãs por herdeiras e os tios por testamenteiros. Inventário neste site.

D2-2- Maria, casada com Antonio Thomaz da Silva.

D2-3- Pudenciana Carolina Ribeiro, casada com João Gonçalves de Siqueira (Junior), morador em Cabo Verde, Termo de Caldas. Venderam sua parte na herança de José para o cunhado João Alves Taveira Junior.

D2-4- Emilia, solteira, 17 anos. Em 1863 Emilia Ricardina estava casada com Antonio Pinto Ribeiro

D2-5- Custódia, solteira, 13 anos. Em 1863 estava casada com João Alves Taveira Junior.

 

 

 

D4 Joaquim Alves Taveira

 

Morador no Bairro do Paiol em Baependí, onde faleceu aos 10-03-1899.

Foi casado com Francisca Maria de Jesus. Possuía parte de uma casa em Caxambu e terras na Grota do Urubu, alem da casa de morada e terras no Paiol. Segundo seu inventário, neste site, deixou os filhos:

 

D4-1- Joaquim Alves Taveira Júnior, 36 anos.

D4-2- Theresa Maria de Jesus, 32 anos, solteira, mentecapta e incapaz.

D4-3- José Alves Taveira, 30 anos, solteiro.

 

 

 

D5 José Alves Taveira

 

Nascido por volta de 1792, com 38 anos em 1831. Casou com Maria Cândida Ribeiro e foram moradores no distrito da Matriz de Carrancas, vizinhos de Antonio Sancho Diniz Junqueira. Em 1831 comparecem no censo com quatro filhos:

1831 – Relação dos Habitantes da Paróquia de Conceição de Carrancas, Fogo 117

José Alves Taveira, branco, 38, casado, lavrador

Francisco, branco, filho, 10

Joaquim, branco, filho, 8

Maria Cândida Ribeiro, branco, mulher

Maria, branco, filho, 6

Genoveva, branco, filho, 4

20 escravos

 

_____________________________________________________________________________________________________

 

Ascendência de

Manoel e João Alves Taveira

 

 

Moacyr Villela

PAIS

 

2- Matias Francisco batizado em S. Romão em 03-03-1676. Aí casou aos 21-01-1699 com Maria Taveira:

Paróquia de São Romão da Nogueira livro misto 1641-1716 fl.s/inf.

Batismo de Matias, filho de Antonio Francisco e sua mulher aos 06-03-1676. Padrinho Francisco Lourenço e Ana Taveira

 

Paróquia de São Romão da Nogueira livro misto 1641-1716 fl. 48

Aos 21-01-1699 se receberam Matias Francisco filho de Antonio Francisco e Ana Martins com Maria Taveira filha de Gonçalo Rodrigues e Isabel Taveira todos desta freguesia

 

3- Maria Taveira batizada em 15-03-1675.

Paróquia de São Romão da Nogueira. Batismo de Maria, filha de Gonçalo Rodrigues e sua mulher aos 15 de janeiro de 1675. Padrinhos o Licenciado (rasgado)  e Ana Alvares de Sousa.

 

 

AVÓS

 

4- Antonio Francisco

5- Ana Martins

 

6- Gonçalo Rodrigues casou em abril de de 1670 na freguesia de São Romão da Nogueira, termo da Vila da Barca – Arcebispado de Braga – Portugal.

Paróquia de São Romão da Nogueira livro misto 1641-1716 fl. 44

No mês de Abril de 1670 se receberam em matrimonio Gonçalo Rodrigues e Isabel Taveira

Gonçalo já era falecido em 13-04-1701 (casamento da filha Pascoa).

7- Isabel Taveira.

Além de Maria Taveira, encontramos mais dois filhos do casal, nos livros paroquiais de São Romão:

7-1 Gonçalo batizado em 1672.

Paróquia de São Romão da Nogueira. Aos três de... (rasgado)... 1672. Batismo de Gonçalo filho de Gonçalo Rodrigues e sua mulher. Padrinho Sebastião do... (rasgado).

7-2 Páscoa Taveira batizada em 12-03-1678. Casou em 13-04-1701 com Brás Antunes batizado em 03-02-1677 em São Romão, filho de Gaspar Antunes e da falecida Ana Francisca.

Paróquia de São Romão da Nogueira livro misto 1641-1716 fl. 11-v

Batismo de Páscoa filha de Gonçalo Rodrigues aos 12-03-1678 padrinho João Francisco de Ana Taveira

 

Paróquia de São Romão da Nogueira- Aos 13-04-1701 se receberam Brás Antunes filho legitimo de Gaspar Antunes e Ana Francisca já defunta e Páscoa Taveira filha legitima de Gonçalo Rodrigues já defunto e Isabel Taveira todos da freguesia de São Romão.

 

Paróquia de São Romão da Nogueira livro misto 1641-1716 fl. 10-v

Batismo de Brás aos 03-02-1677. Padrinho Gonçalo Serqueira

Entre os filhos de Páscoa e Brás Antunes:

- Manoel Antunes Nogueira nasceu em 01-12-1705. Emigrou para as Minas Gerais onde casou aos 17-11-1755 na freguesia da Borda do Campo (atual Barbacena) com Rita Luiza Vitoria de Bustamante, natural do Rio de Janeiro filha de Luis Fortes de Bustamante e Sá e Luiza Maria Xavier da Fonseca - família “Fortes de Bustamante” § 4º, neste site.

Paróquia de São Romão da Nogueira, Aos 01-12-1705 nasceu um menino de Brás Antunes e sua mulher Páscoa Taveira batizado aos quatro do mesmo. Foram padrinhos Manoel Antunes solteiro filho de Gaspar Antunes e Jacinta Pereira solteira filha de Domingos Pereira da freguesia de Magalhães. Recebeu o nome de Manoel.