PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

LINHAGEM RODRIGUES

do Carmo da Escaramuça

 

Gráfico Ahnentafel da linha paterna.

 

 

Silvia Rita do Prado Mendes Buttros

 

 

 

1- AURELIANO JOSÉ RODRIGUES, nascido em Paraguaçu, aos 09/08/1895, e falecido em 1956, em Poços de Caldas, filho de Aureliano José Rodrigues e Maria Cândida da Silva.

          Casou-se aos 23/07/1920, em Aparecida, SP, com LINA FONSECA, nascida em Paraguaçu, aos 14/06/1901, e falecida aos 16/05/1982, filha de Quintino Pereira da Fonseca e Mariana Teresa Rocha.

          Com grande geração em Paraguaçu (antiga Carmo da Escaramuça), Sul de Minas Gerais.

 

 

2- AURELIANO JOSÉ RODRIGUES, batizado aos 15/07/1867 em Bom Jesus do Lambari, atual Jesuânia, filho de Bernardino José Rodrigues e Maria do Carmo de Oliveira. Falecido em Paraguaçu aos 03/12/1898.

Jesuânia Livro Batismos 1852/1874 fls. 211v Aos 15/07/1867 Aureliano, filho legítimo de Bernardino José Roiz e de Maria do Carmo de Oliveira. Foram padrinhos: Vicente Francisco Dias e Maria Luísa de Carvalho. O Vig.ro Joaquim Theodoro Martins.

 

          Dispensados dos impedimentos de consanguinidade de 2° e 3° graus da linha transversal igual, casou-se aos 19/02/1887, em Jesuânia, com MARIA CÂNDIDA DA SILVA, natural de Jesuânia, filha de Joaquim Serafim Rodrigues e Francisca Cândida. Falecida em Paraguaçu, aos 26/07/1941.

Do Processo de dispensa por consanguinidade: Dizem os oradores Aureliano José Rodrigues e Maria Cândida de Jesus que se acham justos e contratados para se receberem em matrimonio, mas obsta-lhes os impedimentos de consanguinidade de 2° e 3° graus da linha transversal igual. De 2° grau por ser o pai do orador irmão do pai da oradora. De 3° grau por ser o pai da oradora primo irmão da mãe do orador.

 

Jesuânia, Livro 1857/1917 fls. 57 Aos 19/02/1887, dispensados do impedimento de consanguinidade, Aureliano José Rodrigues e Maria Cândida de Jesus. Testemunhas: Urbano de Almeida e Joaquim Seraphim Roiz.

 

 

4-BERNARDINO JOSÉ RODRIGUES, batizado aos 28/05/1828 em Campanha, MG, e falecido em Paraguaçu, aos 25/06/1910, filho de Antônio José Rodrigues e Maria Moreira da Silva.

Campanha, batismos 1824/1829, fls. 73. Aos 28/05/1828, Bernardino, filho legitimo de Antonio Joseph Rodrigues e Maria Moreira da Sª; foram padrinhos Joseph da Silva Passos e D. Maria Vicencia Bressane de Araújo.

 

          Casou-se com MARIA DO CARMO DE OLIVEIRA, batizada em Campanha em 1°/12/1833, e falecida em Paraguaçu, aos 05/06/1910, filha de Manoel Antônio de Oliveira e Maria Vitória Rodrigues.

Campanha, batismos 1829/1838, 179v, im. 61. No 1°/12/1833, Maria, f.l. de Manoel Antonio de Oliveira, e de Maria Vitoria da Silva. Foram padrinhos: José Antonio Rodrigues e D. Mariana Vitoria de Jesus.

 

 

8- ANTÔNIO JOSÉ RODRIGUES, batizado em Campanha aos 27/09/1795, filho do Capitão Antônio José Rodrigues e Maria Vitória da Silva. Falecido aos 21/12/1860, em Jesuânia, MG.

Campanha, batismos 1791/1806, fls. 125v. Aos 27/09/1795, Antonio, filho legitimo de Antonio Jose Rodrigues, o moço, e de sua mulher Maria Vitoria da Silva, foram padrinhos: o Tenente João Fernandes da Silva, morador em Pouso Alto, e Maria Felícia da Silva, casada com José Antônio Rodrigues. O P.e Francisco Jose de Sampaio.

 

Jesuânia óbitos 1852/1918, fls. 54. Aos 21/12/1860 sepultou-se no Cemitério desta Matriz a Antonio Jose Rodrigues de idade de setenta anos. Casado com Maria Moreira da Silva. Com sacramentos. O Vig.ro Joaquim Theodoro Martins.

 

          Casou-se com MARIA MOREIRA DA SILVA, falecida em Jesuânia aos 09/09/1862, filha de Mateus da Silva Passos e Quitéria Maria Rodrigues.

Jesuânia óbitos 1852/1918, fls. 67v.Aos 09/09/1862 sepultouse no Cemitério desta Matriz a Maria Moreira da Silva, viuva, de idade sessenta e oito annos. Faleceu com sacramentos.

 

 

16- Capitão ANTÔNIO JOSÉ RODRIGUES, batizado em Campanha aos 19/03/1772, filho de outro Antônio José Rodrigues, e de Maria Teresa Rosa. Falecido em Campanha aos 20/02/1828.

Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 19-03-1772 matriz, Antonio de onze dias, f.l. Antonio Jose Rodrigues n. da freg. S. Tome da Avação Arc. Braga e Maria Teresa n. da freg. da Borda do Campo deste Bispado, padr.: João Tavares Carneiro e s/m Ana Maria do Espirito Santo,. Avos pat. Francisco Vaz e Dorotea de Souza, falecidos, maternos Antonio Luiz de Medeiros, falecido e Izabel da Rosa.

 

Campanha, Óbitos 1816/1836, fls. 170. Aos 20/02/1828 foi sepultado na Capela das Dores o Capitam Antonio José Rodrigues, na idade de settenta e cinco annos; falecido de hu Estupor; com acimpanhamento da Ordem, e de todas as Irmandades. O Vig.ro José de souza Lima.

 

          Casou-se em Campanha, aos 17/10/1792, com MARIA VITÓRIA DA SILVA, natural de Pouso Alto, MG, e falecida em Campanha, aos 13/10/1833, filha do Tenente João Fernandes da Silva e Francisca Maria de Siqueira.

Campanha, Matrimônios 1777/1794, fls. 118v. Aos 17/10/1792 nesta Matriz, Antonio José Roiz. filho de Antonio José Roiz, e Maria Thereza de Jesus, natural e batizado nesta freguezia da Campanha do Rio Verde, e Maria Vitoria da Silva, filha legitima do Tenente João Fernandes da Silva, e Francisca Maria de Siqueira, natural e batizada na freguezia da Conceição do Pouzo Alto, onde he moradora. O Vig.ro Luiz Diogo da silva Torres.

 

Campanha, Óbitos 1816/1836. Aos 13/10/1833 falecendo D. Maria Victoria, mulher do falecido Capitam Antonio Jose Roiz, de idade cincoenta annos, ataque de estomago, foi acompanhada pela Irmandade do Santissimo, Passos, Boamorte, Ordem do Carmo, e encomendada, sepultada na Sacristia desta Matriz. O Vig.ro José de Souza Lima.

 

 

32- ANTÔNIO JOSÉ RODRIGUES, batizado aos 23/11/1730 em São Tomé da Abação, Concelho de Guimarães, Distrito de Braga, Portugal, filho de Francisco Vaz e de Dorotéia de Souza. Fez testamento aos 19/05/1802, em Campanha, MG, cuja transcrição no livro de óbitos ocorreu aos 29/12/1802.

Livro de Batismos de S. Tomé de Abação, Concelho de Guimarães, Distrito de Braga, 1725/1784, fls. 21v. Antonio, filho de Francisco Vas e de sua mulher Doroteya de Souza, moradores em Cortinhas, nasceo a vinte de novembro de mil setecentos e trinta, foi baptizado aos vinte e tres do dito mes, por mim Abbade Gonçalo Ferreyra da Sylva, forão padrinhos Antonio filho de Domingos Francisco, já defunto, e de sua mulher Catherina de Lemos, do Cazal do Outeiro, freguezia da Villa Fria, madrinha Domingas, filha de Domingos Francisco, e sua mulher Catherina Vieyra, lugar de Sampayo de Villa Nova, João Francisco do Ryo, freguezia de Pinheiro, e o padrinho, em verdade de que fiz este acento, dia, mes, e anno ut supra. o Abb.e Gonçalo Frr.a da Sylva

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio obitos 1796-1804 Final do testamento de Antonio Jose Rodrigues. (...) disposições do funeral. Declaro que fui casado com Maria Teresa de Jesus, de presente falecida, de cujo matrimonio temos filhos a saber: Antonio = João = Joze = Domingos = Manoel, falecido = Quiteria = Maria = e Leonor os quais instituo por meus universais herdeiros dos bens que retarem livres da minha terça.

Declaro que o falecido meu filho Manoel foi casado e deixou uma filha a qual é herdeira; na sua parte se descontarão 30$000 rs e o que na verdade for que paguei de uma sentença que saiu na vila de João contra o dito na cauza injusta que me moveu e assim mais um cavalo que levou selado e enfreiado por 25 oitavas, uma espingarda no valor de seis oitavas com as custas que se devem no cartorio de Guilherme Jose de Ataide e de Francisco Pinto Correa de Mello. Declaro se chama Erdeira Lucinda. Declaro que depois de cumpridas as minhas disposições, havendo restante da minha terça se mandarão dizer em missas por minha alma.

(...) depois de me ser lido por Manoel Baptista Ferreira, que o escreveu, me assinei como testemunha nesta Nobre e Leal Vila da Campanha a 19 de maio de 1802 e logo se seguia a aprovação feita na nota do Tabelião desta vila Antonio Teixeira da Silva e as testemunhas com ele assinadas.

Vila da Campanha da Princesa 29 de Dezembro de 1802 o Vig. Antonio de Souza Monteiro Galvão.

 

          Casou-se aos 11/06/1758, em Borda do Campo, atual Barbacena, MG, com MARIA TERESA ROSA, batizada em Borda do Campo aos 19/06/1741, filha de Antônio Luís de Medeiros e de Isabel da Rosa Rodrigues, naturais da freguesia da Madalena, Ilha do Pico, Arquipélago dos Açores, familia “Antonio Luiz de Medeiros”.

Livro de Matrimônios de Barbacena 1752/1781, fls.38. 11/Jun/1758 Capela de N.S. do Pilar do Registro Velho. Antônio José Rodrigues, nat. e bat. na freg. de S.Thomé da Abação, Termo de Guimarães, Arcebispado de Braga, f.l. de Francisco Vaz e de sua mulher Dorothea de Souza; com Maria Theresa da Rosa, nat. e bat. na freg. de Borda do Campo, f.l. de Antônio Luís de Medeiros e de sua mulher Isabel da Rosa. Testemunhas: Manoel Ferreira Armonde, e José Ferreira dos Santos.

 

 

64- FRANCISCO VAZ, batizado aos 19/04/1698 em São Tomé da Abação, filho de José Rodrigues e de Joana Vaz.

Arquivo Distrital de Braga, Livro de Batismos de T. Tomé de Avação, Concelho de Guimarães, Distrito de Braga, 1691/1725, fls. 10. Aos treze dias do mes de Abril de mil seiscentos e noventa e oito annos nasceo F.co filho de Joseph Rodrigues, e de sua mulher, morador no lugar de Cortinhas, desta freguesia e foi baptizado por mim aos desanove dias do ditto mes, e anno, forão padrinhos Francisco da Silva meo sobrinho, e madrinha Catherina Machado da Villa de Guimarães, de que fiz este assento que assinei, dia, mes, e anno acima dittos. Manoel da Silva.

 

          Casou-se aos 18/03/1720, em Vila Fria, Concelho de Felgueiras, Distrito do Porto, com DOROTÉIA DE SOUZA, batizada em Vila Fria aos 21/11/1695, e falecida em São Tomé da Abação aos 18/09/1745, filha de Domingos Francisco e de Catarina de Lemos.

Arquivo Distrital do Porto, Livro de Matrimônios de Santa Maria da Vila Fria, Concelho de Felgueiras, Distrito do Porto, 1701/1766, fls. 98 Aos dezoito dias do mes de Março de mil sete centos e vinte annos assisti ao matrimonio que, feitas as denunciaçoens na forma do Sagrado Concilio Tridentino e Constituiçoens deste Bispado nesta Igreja celebrarão Francisco Vas, filho legitimo de Joze Rodrigues, e de sua mulher Joana Vas, moradores em Sizaldre freguezia de Sam Lourenço de Calvos, e Dorothea de Souza, filha legitima de Domingos Francisco, e de sua mulher Catharina de Lemos, do lugar do Outeiro desta freguezia, do que forão testemunhas o Capitam Manoel Dias Moreira morador na Rua Quinta de Barrado, freguezia de Sam Payo de Vizella, e Manoel Fernandes Crespo das Quintans, desta freguezia, e por verdade fis, e assinei este atermo. Vila Fria, era ut supra. o Abb.e Domingos Leitão de Oliveira.

 

Arquivo Distrital do Porto, Livro de Batismos de Vila Fria, Concelho de Felgueiras, Distrito do Porto, 1670/1700, fls. 51v. Aos vinte e um dias do mes de Novembro de mil seiscentos e noventa e cinquo baptisei e pus os Santos Oleos a Dorotea filha de Domingos Fr.co, e de sua mulher Catarina de Lemos, do lugar do Outeiro desta freg.a forão padrinhos Antonio Correia do lugar de S. Payo da freg.a de Villa Nova dos Infantes, e Catarina solteira filha de Antonio Mendes do Outeiro desta freguesia, e por verdade fis este assento, dia, era ut supra. O Cura João Salgado.

 

Arquivo Distrital de Braga, Livro de Óbitos de Abação 1691/1746, fls. 142 Aos dezoito dias do mes de Setembro de mil setecentos e corenta e cinco faleceo da vida presente Dorothea de Souza mulher de Francisco Vas do lugar de Cortinhas desta freguesia com todos os sacramentos e não fez testamento. Esta enterrada nesta Igreja e para constar fiz este que asigno dia mes, e anno ut supra. O Encomendado Manoel Teixeira de Azevedo.

 

 

128- JOSÉ RODRIGUES, batizado aos 23/03/1665 em S. Tomé da Abação, e falecido aos 30/10/1744, filho de Marcos Gonçalves e de Catarina Rodrigues.

ADB, Livro de Batismos S.Tomé de Abação 1581/1669, fls.60v Aos vinte e hum de Março de mil seiscentos e sessenta e cinco annos nasceo Jozeph, f° de Marcos Gls. e de sua mulher C.na Roiz, moradores no cazal de Cortinhas desta freguesia de S. Thome de Avação,  o qual baptizei sendo padrinhos Joseph mancebo solteiro, da freguesia de S. Pedro de Jugueiros,  e Senhorinha moça solteira desta freguesia moradora Cortinhas, oie vinte e tres do dito mes e anno. João Caminha Gallás.

 

ADB, Livro de Óbitos de Abação 1691/1746, fls. 142 Aos trinta dias do mes de Outubro de mil setecentos e corenta e coatro faleceu da vida presente Joze Rodrigues viuvo do lugar de Cortinhas desta freguezia com o sacramento da extremunção porquanto não estava capaz para mais por lhe dar de repente um estupor e não fez testamento, esta enterrado nesta Igreja na segunda campa, digo terceira ao entrar da porta travessa e por verdade fiz este assento dia mes, e anno ut supra. o Encom.do Manoel Teixeira de Azevedo.

 

          Casou-se aos 08/04/1697 em S. Tomé da Abação, com JOANA VAZ, ali falecida aos 21/11/1723, filha de Francisco Vaz e de Maria Mendes.

ADB, Livro de matrimônios de Abação, Concelho de Guimarães, Distrito de Braga, 1690/1741, fls. 71v. Aos oito dias do mes de Abril de mil seis centos e noventa e sete, nesta igreja de S. Thome de Abbassam, em minha presença, e na forma do Sagrado Concilio Tridentino, e constituiçoes deste Arcebispado, se receberão Jozeph Rodrigues, filho de Marquos Gls. já defuncto, e de sua mulher Catherina Roiz, do lugar de Cortinhas, com Joanna Vas, filha legitima de F.co Vas e de sua mulher Maria Mendes do lugar do Telhado desta freg.a forão tes.tas o P.e Thome Frz. , e João Vas. e M.el Fr.co, solteiro de Cortinhas, todos desta freg.a e outras muitas pessoas de que fis este assento dia, mes, e anno ut supra. Manoel da Silva.

 

ADB, Livro de Óbitos de Abação 1691/1746, fls. 129. Aos vinte e hum dias de Novembro de mil setecentos e vinte e tres faleceo Joana Vas mulher de Joze Rodrigues, morador em Cortinhas com todos os sacramentos esta sepultada nesta Igreja de São Thome de Abassão a quarta sepultura da pia para o Confissionario na de duas pedras. Não fez testamento e por verdade fiz este que asignei dia, mes e era ut supra. O Abbade Gonçalo Ferreira da Silva.

 

 

256- MARCOS GONÇALVES, batizado aos 12/03/1642 em S. Tomé da Abação e aí falecido aos 22/04/1680, filho de outro Marcos Gonçalves e de Ana Francisca.

ADB, Livro de Batismo de S. Tomé da Abação, Concelho de Guimarães, 1581-1669, fls. 44. Baptizei a Marcos filho de marcos Glz, e de sua molher Anna Fr.ca de Cortinhas desta freguesia, de S. Thome de Avação forão padrinhos Simão Glz. morador em Santa Catarina da Serra, freguesia da Costa, e C.na Fr.ca do Portozelo desta freguesia de S. Thome de Avação. Oie 12 de março de 642. João Caminha Gallas.

 

ADB, Livro de Óbitos de S. Tomé de Abação 1669/1691. Aos vinte e dois dias do mes de Abril de mil seis centos e oitenta annos falece Marcos Glz. de Cortinhas, com todos os sacramentos, fez testamento, e sua mulher seria obrigada aos bens de sua alma. Pereira.

 

          Casou-se aos 15/04/1663 na freguesia de Jugueiros, Concelho de Felgueiras, Distrito do Porto, com CATARINA RODRIGUES, batizada em Jugueiros aos 16/11/1631, e falecida em S. Tomé da Abação aos 07/07/1713, filha de José Rodrigues e de Maria Gonçalves.

ADP, Livro de Matrimônios da freguesia de Jugueiros, Concelho de Felgueiras, Distrito do Porto, 1652/1690, fls. 111v. Aos quinze dias do mes de Abril de mil seiscentos e sessenta e tres, recebi por palavras de prezente, na forma do Sagrado Concilio Tridentino, nesta freguesia de São Pedro de Jugueiros, a Marcos Glz. f° legitimo de Marcos Glz. já defunto e de sua mulher Anna Francisca da freguezia de S. Thome da Avassam, com C.na Rodrigues, fª legitima de Joseph Roiz já defuncto, e de sua mulher Maria Glz. do lugar da Cruz desta freguesia, forão tes.tas que prezentes estavão P° Cardozo do Picoto, D.os Fr.co do Coial, e Fr.co de Lemos do lugar do Monte, e outras mais pessoas desta dita freguesia, em fé de que fiz este assento, que assinei era ut supra. João Pinto de Magalhães.

 

ADP, Livro de Batismos de Jugueiros 1627/1652, fls. 10v. Aos dezesseis dias do mes de Novembro de mil seiscentos e trinta e hum annos baptizei Caterina filha de Joze Roiz e de sua mulher Maria Glz. da Cruz forão padrinhos Fr.co Vellozo do Formigueiro e C.na solteira, filha de Isabel Glz. do (borrado) todos desta freguesia. Domingos Ferreira.

 

ADB, Livro de Óbitos de S. Tomé da Abação 1691/1746, fls. 106. Catherina Rodrigues viuva moradora em Cortinhas faleceo aos sete dias de Julho com todos os sacramentos fez testa. que tem sua filha Catherina, esta sepultada junto da Porta travessa desta Igreja, por verdade fiz este assento dia ut supra de mil setecentos e treze. o Abbade Gonçalo Ferreira da Silva.

 

 

512- MARCOS GONÇALVES, falecido aos 28/07/1661 em S. Tomé da Abação, e ANA FRANCISCA, falecida aos 28/08/1673, também, em São Tomé da Abação.

ADB, Livro de Óbitos de S. Tomé de Abação 1594/1668, fls. 95. Aos vinte e oito dias do mes de Julho de mil seiscentos e sessenta e hum faleceo Marcos Glz. morador no cazal de Cortinhascom os sacramentos da Santa Igreja, está sepultado nesta igreja de S. Thome de Avação. E por verdade fiz este assento que assinei dia, era ut supra. João Caminha Gallas.

 

ADB, Livro de Óbitos de S. Tomé da Abação 1669/1691, fls. Aos vinte e oito dias do mes de Agosto do anno de 1673 falleceo Anna Fr.ca viúva de Cortinhas, com os sacramentos da Igreja, e foi sepultada nesta Igreja de São Thome de Avação, e não fez testamento. e por passar na verdade fiz e assinei. Era ut supra. Cura Encomendado P.e Domingos da Costa.

 

514- JOSÉ RODRIGUES, falecido em Jugueiros aos 15/10/1662, e MARIA GONÇALVES, falecida aos 02/11/1681, também, em Jugueiros.

ADP, Livro de Óbitos de Jugueiros 1652/1696, fls. 145v. Aos quinze dias do mes de Outubro de mil setecentos e sessenta e dois faleceu Joseph Roiz do lugar da Cruz com todos os sacramentos fez testamento em o qual instituiu a sua mulher Maria Glz. por sua erdeira (borrado) contem a saber (borrado) de esmola (borrado) foi sepultado dentro desta Igreja de São Pedro de Jugueiros em fé do que fiz este assento que assinei era ut supra. João Pinto de Magalhães.

 

ADP, Livro de Óbitos de Jugueiros 1652/1696, fls. 167. Aos dous dias do mes de Novembro do anno de mil seiscentos e oitenta e hum faleceo Maria Glz. moradora na Cruz abintestada com todos os sacramentos seu genro Thome de Crasto está obrigado ao bem da alma por verdade fiz este assento era ut de supra. Domingos de Magalhães.