PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

Lazaro de Torres e Maria de Macedo

(atualizado em 14-fevereiro-2018)

 

S.L. 1º, 36, 3-1; Maria de Macedo que em 1619 já estava casada com Lazaro de Torres. Teve q. d.:

4-1 Margarida de Torres

4-2 Anna de Torres

4-3 Sebastiana de Torres,

4-4 João de Torres de Macedo

4-5 Catharina de Torres, que foi casada com Manoel Pimenta de Abreu, teve q. d.:

5-1; Antonio Pimenta de Abreu

5-2 Catharina Pimenta

4-6 Helena de Torres que foi casada com Sebastião Gonçalves de Barros.

 

 

 

Bartyra Sette

Fabricio Gerin

 

 

Maria de Macedo, filha de Helena de Macedo, já era casada em 23-4-1619 com Lazaro de Torres. Nessa data, Lázaro faz petição ao Juiz de Órfãos para ser curador dos filhos de Francisco Ramalho de Macedo: “Diz Lazaro Torres morador nesta Vila de São Paulo que elle lhe pertence ser curador dos filhos que ficaram de Francisco Ramalho Tamarutaca por ser casado com uma sobrinha do dito defunto filha de Helena de Macedo (...)”. (inventário de Francisco Ramalho - SAESP vol. 5, neste site).

 

Segundo Americo Brasiliense Antunes de Moura, in Povoadores do Campo de Piratininga (1951, RIHG 47º): Helena de Macedo foi casada com Marcos Lopes. "Homem velho"que em 1599 morava em S.Paulo, sendo nomeado porteiro e ... estalajadeiro. Pouco durou. Foi sua filha (ou enteada?) Maria de Macedo que casou com Lazaro de Torres.

 

Aos seis filhos de Maria de Macedo e Lázaro de Torres descritos na GP acrescentamos:

7- Mateus Gomes de Torres

8- Domingas de Torres

9- Lazaro de Torres, o moço, provavel filho ou neto.

 

 

1- Segundo a GP: Margarida de Torres que foi casada em 1634 em S. Paulo com Sebastião Fernandes Preto, filho de outro de igual nome.

 

2- Ana de Torres casou com João Fernandes Preto, sobrinho de Gaspar Cardoso. João faleceu com testamento de 1662 e foi inventariado em 1672. Além dos dez filhos citados na GP (1, 36, 4-2), João teve mais:

- Luzia (sem mencionar se legítima) casada com Berna----.

e três filhos putativos:

- [danificado]

- Manoel

- Antonio.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

1672 - João Fernandes Preto

Testamento:

Fui casado com Ana de Torres e dela tenho 6 filhos machos: [---] = Francisco = Salvador = Sebastião = João = Manoel. Dela tenho mais 3 filhas: Maria, cc. Andre Gonçalves = as duas mais moças se chamam Ana e Cate[-----]. Tive mais um filho que D's tem, por nome Gaspar o qual cc. Adriana Leme que ficou pejada quando viemos.

Tenho 3 filhos putativos: {----] = Manoel = Antonio. Tenho mais uma filha chamada Luzia, cc. Berna---- que lhe dei (...).

(...) meu filho que D's tem, Gaspar Fernandes.

(...) meu tio Gaspar Cardoso me deve (...).

No derradeiro do mes de Julho.

Por um conhecimento, meu sogro Lazaro Torres me vendeu um negro.

31-07-1662.

Recibos:

Antonio Barros Freire paguei a meu cunhado João de Araujo, por conta de minha tia Ana de Torres, que foi de sua legitima que lhe coube por morte de seu pai, a qual divida se lhe lançou sobre a fazenda do defunto João Fernandes Preto, a qual divida pagou a dita minha tia por seu marido. 21-09-1667

Codicilo 29-09-1662

Dividas e pagamentos:

Devo a Antonio Gonçalves de Mendonça (...).

Pago por João de Brito de Araujo e por ele dizer que lhe devia.

Cumpra-se 28-06-166?

Herdeiros desta fazenda:

- a viuva Ana de Torres

- a Maria da Luz, mulher de Andre Gonçalves.

- Adriana Leme, mulher que foi de Gaspar Fernandes.

[o restante danificado]

 

Entre os dez filhos de Ana e João:

2-7 Maria Fernandes da Luz casada com André Gonçalves de Freitas tiveram seis filhos segundo o inventário da filha Ana Rodrigues de Freitas. Ana Pedroso de Sampaio e Feliciana Rodrigues de Freitas são netas do casal:

2-7-1 Ana Rodrigues de Freitas foi inventariada em Mogi das Cruzes em 1728. Segundo o inventário, neste site em SAESP não publicados, herdaram seus irmãos e sobrinhos:

2-7-2 Izabel Rodrigues de Freitas, herdeira da irmã supra.

2-7-3 Francisco Rodrigues de Freitas, idem.

2-7-4 José Rodrigues de Freitas, inventariado em 1728. Seus filhos foram herdeiros da irmã Ana. Foi casado com Catarina de Sampaio filha de Luiz Monteiro de Alvarenga e primeira mulher Ana Pedroso. Geração na família “Antonio Alvares Couceiro”.

Entre os filhos do casal:

2-7-4-1 Ana Pedrosa de Sampaio, citada na GP como irmã do pai, batizada em Mogi das Cruzes em 1698. Foi casada com José Fernandes de Oliveira, tutor de suas cunhadas.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, em 1698 Ana, f. Jose Roiz de Freitas e Catarina de Sampaio

Pais de, pelo menos:

2-7-4-1-1 Ângela Pedrosa de Oliveira aos 18-01-1750 casou com Francisco Leme Nogueira, filho de Geraldo Fernandes Nogueira e Domingas de Lima. Geração na família “Miguel Fernandes Nogueira”, neste site.

2-7-4-2 Feliciana Rodrigues de Freitas, tambem citada na GP como irmã do pai. Casou com Luiz Correa da Fonseca. Feliciana faleceu em Mogi das Cruzes aos 08-03-1746.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 08-03-1746 fal. Feliciana Rodrigues de Freitas mulher q foi de Luiz Correa da Fonseca, de idade de quarenta e --- anos.

Pais de, q.d.:

2-7-4-2-1 Serafim, batizado em 01-03-1727.

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 01-04-1727 Serafim, f.l. Luiz Correa da Fonseca e Feliciana Rodrigues de Freitas, padr.: Revdo Vigario Gervasio de Abrunhos e Josefa de Araujo.

2-7-4-2-2 Manoel em 10-05-1729

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 10-05-1729 Manoel,. f.l. Luiz Correa da Fonseca e Feliciana Rodrigues de Freitas, padr.: Antonio Gonçalves Chaves e Rosa Pedrosa mulher de Antonio Coelho de Azevedo.

 

2-7-4-3 Maria Rodrigues de Freitas, com 18 anos em 1728. Em 30-05-1729, com provisão, casou com Manoel Fernandes Vianna, filho de Domingos Fernandes e Domingas Fernandes naturais da freguesia de Santa Marinha de Forjaens termo de Barcelos Arc. Braga.

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano 1728-1729

Manoel Fernandes Vianna e Maria Roiz de Freitas

Manoel Fernandes Vianna. Justificante casou em Mogi.

- 19-maio-1729

Testemunhas a favor de Manoel Fernandes Vianna, natural da freguesia de Santa Marinha termo de Barcelos, que veio de sua terra de menor idade (...)

Querem se casar Manoel Fernandes Vianna, f.l. de D.os Frz e de s/m D.as Frz, naturais da freguesia de Santa Marinha de Forjaens termo de Barcelos Arc. Braga = com Maria Roiz de Freitas, f.l. do defunto Jose Roiz de Freitas e de s/m Catarina de Sampaio moradores desta vila de Mogi.

Termo de publicação em 24-maio-1729

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 30-05-1729 Manoel Fernandes Vianna cc Maria Rodrigues de Freitas.

Pais de, pelo menos:

2-7-4-3-1 Ana Fernandes Vianna batizada em 24-05-1730. Aos 25-01-1750 casou com Salvador do Prado, filho de Antonio de Candia e Ana Vieira

Batismos Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 24-05-1730 Ana, f.l. Manoel Fernandes Viana e Maria Rodrigues de Freitas, padr.: Manoel Martins da Cunha e Maria Pedrosa Correa mulher de Manoel de Araujo de Lima.

 

Casamentos Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 25-01-1750 Salvador do Prado e Ana Fr.z Viana. Ele f.l. Antonio de Candia e Ana Vieira. Ela f.l. Ma[------] Fernandes Viana e Maria Rodrigues de Freitas.

 

2-7-4-4 Tomasia Rodrigues ou Monteira, menor de 10 anos em 1728. Aos 02-02-1741 casou com Francisco de Brum, natural de Angra da ilha do Faial, filho de Manoel de Bargas e Izabel de Faria.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 02-02-1741 Francisco de Brum, f.l. Manoel de Bargas e Izabel de Faria nts da ilha do Faial Bispado da cidade de Angra = cc Tomasia Monteira, f.l. Jose Rodrigues de Freitas e Catarina de Sampaio, estes nts e moradores desta.

2-7-4-5 Leonor de Sampaio ou Rodrigues de Freitas ou Correa, menor de 5 anos em 1728. Em 02-07-1749 casou com Lourenço José Fernandes, filho do Cap. Gabriel Fernandes de Mendonça e Teresa Leite de Moraes.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 02-07-1749 Lourenço Jose, f.l. Cap. Gabriel Fernandes e Teresa Leite de Moraes = cc Leonor Rodrigues de Freitas, f.l. Jose Rodrigues, falecido e Catarina de Sampaio. Ambos os contraentes nts/bts nesta.

Geração em SL. 7, 123, 6-3.

2-7-4-5-1 Manoel Fernandes aos 17-10-1779 casou com Ana Leite, filha de Izidoro Leite e Ana da Cunha, neta paterna Jose Leite de Siqueira e Angela Fernandes Lamin, neta materna de Salvador da Cunha Gago e Maria de Siqueira. Geração na família “Lamin”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 17-10-1779 Manoel Fernandes, f.l. Lourenço Jose Fernandes e Leonor Correa, np Gabriel Fernandes de Mendonça e Teresa Luiza, nm Jose Rodrigues de Freitas e Catarina de Sampaio= cc Ana Leite, f.l. Izidoro Leite e Ana da Cunha, np Jose Leite de Siqueira e Angela Fernandes, nm Salvador da Cunha Gago e Maria de Siqueira

2-7-4-5-2 Bento José Fernandes aos 10-06-1783 casou com Angelica de Jesus, f.l. Antonio da Cunha Gago e Ana Maria, neta paterna de Salvador da Cunha Gago e Maria de Siqueira, neta materna de Felix Correa da Silva e Angela de Godoy, SL. 5, 207, 7-2

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 10-06-1783 Bento Jose Fernandes, f.l. Lourenço Jose Fernandes e Leonor Rodrigues de Freitas, np Gabriel Fernandes e Teresa Leite, nm Jose Rodrigues e Catarina de Sampaio = cc Angelica de Jesus, f.l. Antonio da Cunha Gago e Ana Maria, np Salvador da Cunha Gago e Maria de Siqueira, nm Felix Correa da Silva e Angela de Godoy, todos desta freguesia.

2-7-4-5-3 Joaquim Fernandes de Moraes aps 20-10-1783 casou com Mariana de Jesus, irmã inteira de Angelica de Jesus supra citada.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 20-10-1783 Joaquim Fernandes de Moraes, f.l. Lourenço Jose Fernandes e Leonor Rodrigues de Freitas, np Gabriel Fernandes de Mendonça e Teresa Leite de Moraes, nm Jose Rodrigues de Freitas e Catarina de Sampaio = cc Mariana de Jesus, f.l. Antonio da Cunha Gago e Ana Maria, np Salvador da Cunha Gago e Maria de Siqueira, nm Felix Correa da Silva e Angela de Godoy. Todos nts desta freguesia

2-7-4-5-4 Francisco Fernandes aos 26-07-1786 casou com Izabel Pinto do Rego n. desta, filha de Diogo Pinto do Rego e Quiteria Pinta de Moraes, neta paterna de Felix da Cunha Nogueira e Izabel Pinta, neta materna de João Correa e Joana da Cunha, SL. 8, 271, 5-

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 26-07-1786 Francisco Fernandes n. desta, f.l. Lourenço Jose Fernandes e Leonor Rodrigues, np Gabriel Fernandes e Teresa Leite de Moraes, nm Jose Rodrigues e Catarina de S. Paio todos nts desta vila = cc Izabel Pinto do Rego n. desta, f.l. Diogo Pinto do Rego e Quiteria Pinta de Moraes, np Felix da Cunha Nogueira e Izabel Pinta, nm João Correa e Joana da Cunha todos nts desta vila.

2-7-4-5-5 Inacia Maria de Jesus aos 06-09-1788 casou com Manoel Joaquim da Cunha, filho de Antonio da Cunha Gago e Ana Maria de Godoy já citados.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 06-09-1788 Manoel Joaquim da Cunha, f.l. Antonio da Cunha Gago e Ana Maria de Godoy, np Salvador da Cunha Gago e Maria de Siqueira, nm Felis Correa da Silva e Angela de Godoy = Inacia Maria de Jesus, f.l. Lourenço Jose Fernandes e Leonor Rodrigues de Freitas, np Gabriel Fernandes de Mendonça e Teresa Leite de Moraes, nm Jose Rodrigues de Freitas e Catarina de Sao Paio, todos desta freguesia.

 

2-7-5 Catarina de Freitas, já falecida em 1728, herdaram seus filhos. Foi a segunda mulher de Luiz Monteiro de Alvarenga. Geração na familia “Antonio Álvares Couceiro”.

 

2-7-6 Maria do Rosario de Torres, herdeira da irmã Ana Rodrigues de Freitas. Casou com Antonio Pedroso de Alvarenga Pinto, filho de Antonio Monteiro de Alvarenga e Violante de Siqueira. Geração na família “Antonio Álvares Couceiro”.

3- Sebastiana de Torres casou com Antonio de Candia, filho de Jorge de Candia e Agostinha Rodrigues. Antonio faleceu com testamento e foi inventariado em Mogi das Cruzes em 1677.

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Antonio de Candia - 1677

Herdeiros nesta fazenda: a viuva Sebastiana de Torres e seus filhos: Maria = Catharina = Maria, femeas = e machos: Domingos = Agostinho = e Antonio, que são seis herdeiros.

Dividas que deve o casal:

- no inventário do defunto Miguel Fragoso deve o defunto Antonio de Candia aos orfãos do dito inventário (...)

Testamento:

Casado com Sebastiana de Torres.

Filho de Jorge de Candia e Agostinha Rodrigues.

Testamenteiro: Manoel Machado de Souza.

Cumpra-se 01-05-1677

 

Antonio de Candia foi irmão de:

- Sebastião de Candia casado com Catharina Pimenta (SL. 1, 41, 5-2)

- Domingos de Candia casou com Maria de Barros, filha de João Gonçalves de Barros e Maria de tal. Domingos faleceu no sertão, com testamento. Deixou uma filha:

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Domingos de Candia - 1663

Testamento 10-11-1663

Sou filho de Jorge de Candia e Agostinha Rodrigues. Sou cc. Maria de Barros, f.l. de João Gonçalves de Barros e Maria C[----]ça. Tenho uma filha dela, herdeira da minha fazenda.

Devedores:

- meu tio Manoel Gonçalves de Freitas.

meu irmão Sebastião de Candia.

Testamenteiros: Capitão Manoel Gonçalves de Freitas e João Pimenta de Abreu.

Cumpra-se

Autos do inventário: 28-03-1673 em morada de Maria de Barros, dona viuva.

Curador da órfã sua sobrinha, Sebastão de Candia.

Carta:

Sra. Sobrinha (...) da morte de meus sobrinho que Deus tem em glória.

Se perdeu Vos mece nela, um marido, em mim terá vos mece um pai.

O testamento não mandei na primeira ocasião por estar na mão do padre Gaspar Cubas e ele o entregara a Manoel Pimenta de Abreu que fica por testamenteiro e eu fico por curador de minha filha(sic) Maria de Candia.

23-09-1673 Manoel Gonçalves de Freitas.

Domingos de Candia faleceu no sertão com testamento. Devia a Maria Gonçalves, a Manoel Figueiredo, João Baurel, ----- Carreiro. Os testamenteiros são falecidos, Maria de Barros, sua mulher, deve dar cumprimento ao referido. 13-12-1678.

 

Compareceram no inventário paterno os seis filhos citados na GP (SL. 1, 36, 4-3) sendo:

3-4 Domingos de Candia de Macedo foi casado com Leonor Rodrigues falecida em 08-09-1722 e inventariada em 19-07-1723 em Mogi das Cruzes.

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Leonor Rodrigues

mulher de Domingos de Candia de Macedo

Autos aos 19-07-1723

Titulo dos Filhos:

Severino, de 21 anos

Maria cc João Rodrigues Nogueira

Faleceu em 08 de setembro do ano passado de 1723(sic) sem testamento, for a casada apenas uma vez com ele inventariante. Ficara um filho menor Severino de Candia e uma filha ja casada com João Rodrigues Nogueira chamada Maria de Candia.

Foram dois os filhos do casal:

3-4-1 Severino de Candia, com 21 anos em 1723.

3-4-2 Maria de Candia (ou Maria Rodrigues Escudeira ou Maria Rodrigues de Candia) já casada com João Rodrigues Nogueira. João faleceu com testamento aberto aos 08-09-1764 e foi inventariado em 23-10-1764 no sitio Piraju. Maria faleceu em 30-04-1769:

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 30-04-1769 faleceu Maria Rodrigues Escudeira viuva de João Rodrigues Nogueira, natural desta freguesia com seu testamento.

 

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Traslado do testamento de João Rodrigues Nogueira 1

Testamenteiros: meu genro Antonio do Prado Garcia, meu compadre João Afonso Pereira

Declaro que sou casado com Maria Rodrigues Escudeira - tenho 7 filhos: Domingos, Manoel, Jose, Felix, Francisco, Benta, Monica (ambas já casadas)

No texto:

Minha afilhada e neta Maria, f. de meu filho Jose Rodrigues;

Minha terça deixo a duas netas e afilhadas, filhas de minha filha Benta, uma por nome Paulina e a outra Maria.

Abertura aos 08-09-1764

Cumpra-se idem.

 

Autos: 23/10/1764 neste sitio de Piraju.

Inventariante a viuva Maria  Rodrigues Escodeira.

Morrera em 08 de setembro de 1764, fora casado uma so vez com ela e ficaram seis filhos, quatro machos e duas femeas.

Titulo:

Domingos Rodrigues Nogueira cc Ana Pires

Manoel Rodrigues Nogueira cc Rosa de Siqueira

Jose Rodrigues Nogueira cc Antonia Cardosa

Francisco, 34 anos

Benta Rodrigues Nogueira viuva de Bras Cubas de Avila

Monica Rodrigues Nogueira cc Antonio do Prado Garcia

Filhos do defunto Bras Cubas: Paula 11 = Maria 9 = Eleuterio de 14.

 

João, em testamento, declara sete filhos de seu casal. Felix não comparece no inventário.

3-4-2-1 Domingos Rodrigues Nogueira casado com Ana Pires.

3-4-2-2 Manoel Rodrigues Nogueira casado com Rosa de Siqueira

3-4-2-3 José Rodrigues Nogueira casado com Antonia Cardosa. Entre seus filhos:

3-4-2-3-1 Maria, afilhada e legatária do avô paterno. Maria Rodrigues Leite aos 12-01-1766 casou com Francisco Cubas do Prado, filho de Jose Cubas do Prado e Maria Paes de Camargo, neto paterno de Tomas Gago Raposo e Margarida de Siqueira, e neto materno de Fernão Munhoz e Vitoria de Camargo

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 12-01-1766 Francisco Cubas do Prado, f.l. Jose Cubas do Prado e Maria Paes de Camargo, np Tomas Gago Raposo e Margarida de Siqueira, falecidos e nm Fernão Munhoz e Vitoria Paes de Camargo, falecidos = cc Maria Rodrigues Leite, f.l. Jose Rorigues Nogueira e Antonia Cardosa desta freguesia, np João Rodrigues Nogueira e Maria Rodrigues de Escudeiros, falecidos e moradores desta freguesia

3-4-2-4 Francisco com 34 anos em 1764. Francisco Alves (ou Rodrigues) Nogueira em Guarulhos-SP aos 10-08-1765 casou com Mariana Fernandes, filha de Antonio Fernandes de Oliveira e Escolastica de Araújo, neta paterna de Jose Fernandes de Oliveira e Maria Ribeira, pela materna de Manoel de Araujo e Teresa Rodrigues.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição - aos 10-08-1765 Francisco Alves Nogueira, n. desta freguesia, f.l. João Rodrigues Nogueira e Maria Rodrigues de Escudero, np Antonio Ribeiro e Maria Antunes = cc Mariana Fernandes, f.l. Antonio Fernandes de Oliveira e Escolastica de Araujo. Neto o noivo pela parte materna de Domingos de Candia e Ana Rodrigues de Escudero neta a noiva pela parte paterna de Joze Fernandes de Oliveira e Maria Ribeira, pela materna de Manoel de Araujo e Teresa Rodrigues nts de S. Paulo.

 

          Segunda vez aos 30-10-1766, tambem em Guarulhos, Francisco casou com Antonia Maria da Assunção, filha de Antonio Ferreira Mendes e Maria Machada.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição - aos 30-10-1766 Francisco Alvares Nogueira, f.l. João Rodrigues Nogueira e Maria Rodrigues de Escudeira, viúvo de Mariana Fernandes= cc Antonia Maria da Assunção, f.l. Antonio Ferreira Mendes e Maria Machada.

          Terceira vez em Mogi das Cruzes aos 22-07-1770, Francisco casou com Maria Madalena, filha de José de Góes Machado e Luzia Pedrosa, neta paterna de Antonio Machado de Souza e Potencia da Cunha, neta materna de Domingos João e Maria Pedrosa, 8-2-2-1 abaixo

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 22-07-1770 Francisco Rodrigues Nogueira, f.l. João Rodrigues Nogueira e Maria Rodrigues de Escudeira, falecidos, viuvo de Antonia Maria da Assunção, np e nm não sabiam= cc Maria Madalena, f.l. Jose de Goes Machado e Luzia Pedrosa, falecidos, np Antonio Machado de Souza e Potencia da Cunha, nm Domingos João e Maria Pedrosa, todos nts desta

Francisco e Maria Madalena tiveram, q.d.:

3-2-4-1 Catarina Maria de Jesus aos 02-08-1791 casou com Francisco de Paula de Alvareno, filho de Rosa Maria de Jesus e seu primeiro marido Bento Pedroso Moreira, neto paterno de Verissimo Pedroso Moreira e Josefa da Cunha de Macedo, (SL.. 5, 327, 7-1)

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 02-08-1791 Francisco de Paula de Alvareno, f.l. Bento Pedroso Moreira e Rosa Maria de Jesus, np Verissimo de Mattos e Josefa de tal, nm não souberam dizer = cc Catarina Maria de Jesus, f.l. Francisco Rodrigues Nogueira e Maria Madalena de Jesus, np João Rodrigues Nogueira e Maria de Candia. Os contraentes nts desta vila, ele morador no bairro de Paratihy e ela no bairro da Capela.

             Rosa Maria de Jesus, casada primeira vez em Mogi das Cruzes aos 26-10-1762, era filha de Francisco Gomes Ferreira e Maria Rodrigues de Oliveira, neta paterna de João Gomes Ferreira e Maria Pinta da Fonseca, naturais da Conceição dos Guarulhos, neta materna de Antonio de Candia e Joana Rodrigues de Oliveira.

             Segunda vez aos 15-08-1793 casou com José Barbosa de Moraes, natural de Baependi-MG, filho de João Batista e Izabel da Costa Velosa.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 26-10-1762 Bento Pedroso Moreira, n. desta vila, f.l. Verissimo Pedroso Moreira e Josefa da Cunha de Macedo nts desta dita vila, np Manoel de Mattos e Izabel de Godoy nts desta vila e nm Francisco Martins e Nataria da Cunha, todos nts desta vila = cc Rosa Maria de Jesus, f.l. Francisco Gomes Ferreira e Maria Rodrigues de Oliveira, np João Gomes Ferreira e Maria Pinta da Fonseca, nts da freguesia da Conceição dos Guarulhos, nm Antonio de Candia e Joana Rodrigues de Oliveira, naturais segundo dizem da cidade de S. Paulo.

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 15-08-1793 Jose Barbosa de Moraes, n. freg. Baependi bispado de Mariana, f.l. João Batista ---- e Izabel da Costa Velosa = cc Rosa Maria de Jesus, viuva de Bento Pedroso Moreira.

 

3-4-2-5 Benta Rodrigues Nogueira aos 03-07-1742 casou com Bras de Avila de Miranda (ou Brás Cubas de Avila), filho de Francisco Cubas de Miranda e Teresa Pires de Avila - família Os Irmãos Curtado Cap. 1º.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 03-07-1742 Bras de Avila de Miranda, f.l. Francisco Cubas de Miranda e Teresa Pires de Avila, nts e moradores da cidade de S. Paulo = cc Benta Rodrigues, f.l. João Rodrigues Nogueira e Maria Rodrigues de Macedo, estes nts e moradores desta.

          Brás já era falecido em 1764. Compareceram três filhos de seu casal, Paula e Maria legatárias do avô materno: Paula 11 = Maria 9 = Eleuterio de 14

3-4-2-6 Monica batizada em 14-01-1728. Monica Rodrigues Nogueira em 1764 estava casada com Antonio do Prado Garcia

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 14-01-1728 Monica, f.l. João Rodrigues Nogueira e Maria Rodrigues de Candia, padr.: Luiz Correa da Fonseca e Brizida Sobrinha.

 

3-6 Antonio, batizado em 15-03-1675.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 15-03-1675 bat. Antonio f. Antonio de Candia e Sebastiana de Torres

3-7 Agostinha batizada em 1680, filha de Antonio de Candia e Sebastiana de Torres, não é citada no testamento paterno.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, em 1680, bat. Agostinha, f Antonio de Candia e Sebastiana de Torres

          Agostinha Rodrigues casou com João da Cunha de Mendonça, filho de Manoel da Cunha Gago e Izabel de Mendonça, neto materno de Francisco de Mendonça e Maria de Góes, família “Domingos de Góes” neste site. João inventariado em 1711, sem geração, herdaram seus irmãos. Assinou a rogo da viúva inventariante Agostinha Rodrigues, seu irmão Domingos de Candia de Macedo. Inventário na família citada.

4- João de Torres de Macedo foi casado com Maria Pinta de Alvarenga, filha de Antonio Monteiro de Alvarenga e Violante de Siqueira já citados. Geração na família “Antonio Alvares Couceiro”.

 

5- Catarina de Torres casada com Manoel Pimenta de Abreu. Alem dos dois filhos citados na GP foram pais de: Francisco 5-3 abaixo.

5-1 Antonio Pimenta de Abreu foi casado com Angela Paes Floriam.  Ambos faleceram com testamento e foram inventariados em Mogi das Cruzes-SP. Antonio faleceu em 01-05-1730 com testamento de 17-02-1730 e inventariado em 26-05-1732. Angela em 07-06-1732 com testamento de 29-05-1732 e foi inventariada em 09-07-1734. Declararam nove filhos de seu casal descritos em S.L. 1º, 39, 5-1 (inventários neste site SAESP não publicados).

5-1-1 Manoel Pimenta, 54 anos em 1732 e 60 em 1734, casado com Maria de Godoy (SL. 6, 10, 2-8).

5-1-2 Inacio Pimenta, 53 em 1732 e 58 em 1734.

5-1-3 Antonio Pimenta de Abreu aos 02-05-1730 casou com Maria das Neves, filha de Martinho da Fonseca Pinto e Maria Correa.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 02-05-1730 Antonio Pimenta de Abreu, f. Antonio Pimenta de Abreu e Angela Paes = cc Maria das Neves, f. Martinho da Fonseca Pinto e Maria Correa

         Antonio faleceu abinstestado em 31-12-1730 e foi inventariado em 1732. Deixou filha póstuma descrita na família “Sebastião da Fonseca Pinto"

5-1-4 Izabel Pimenta, com 49 em 1732, casada com João Pedroso Moreira, natural de Santos-SP. João faleceu em 28-11-1736 e foi inventariado em 03-01-1737. Compareceram os seis filhos descritos em SL. 1, 40, 6-7:

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 28-11-1736 fal. João Pedroso Moreira marido de Izabel Pimenta. Testamenteiros João Domingues de Carvalho e Tome Pimenta que não aceitaram e se encarregou em um genro do dito defunto por nome Manoel Gomes..

 

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

João Pedroso Moreira

Viuva Izabel Pimenta

Autos 03-01-1737

Falecera com testamento em 27-11-1736. Fora casado uma vez com ela inventariante.

Titulo dos Filhos: Inacio cc, Francisco 23 anos = Antonio 21 = Suzana Moreira cc Manoel Gomes Barros = Joana cc Fernando Dias de Siqueira = Vitoria 26 anos.

Tutoria e curadoria a Vicente Pimenta de Abreu, tio pela parte materna.

 

5-1-4-1 Inacio de Faria aos 20-03-1736 casou com Rosa de Siqueira, filha de João Batista Maciel e Izabel da Cunha, família “Matias de Oliveira”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 20-03-1736 Inacio de Faria, f.l. João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta = cc Rosa de Siqueira, f.l. João Batista Maciel e Izabel da Cunha, Todos desta.

Pais de, q.d.:

5-1-4-1-1 Ana Moreira, em Mogi das Cruzes aos 29-01-1771 caso com Francisco Hidalgo, filho de João Hidalgo e Francisca Leite, neto paterno de Francisco Hidalgo e Ana Maria de Alvarenga, neto materno de João Gonçalves Caminha e Maria Leite Ferreira, família “Antonio Alvares Couceiro”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 29-01-1771 Francisco Hidalgo, f.l. João Hidalgo e Francisca Leite, np Francisco Hidalgo e Ana Maria de Alvarenga, nm João Gonçalves Caminha e Maria Leite Ferreira = cc Ana Moreira, f.l. Inacio de Faria e Rosa de Siqueira, np João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta e nm João Batista Maciel e Izabel da Cunha.

5-1-4-1-2 Escolastica Moreira de Siqueira aos 22-02-1770 casou com José Martins Cesar, natural de Itu-SP, filho de Bento Leme e Izabel de Mello do Rego, neto paterno de José Martins Cesar e Ana Leme, neto materno de João de Mello do Rego. Geração em SL. 6, 550, 2-2.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP aos 22-02-1770 Jose Martins Cesar, n. da vila de Itu, f.l. Bento Leme e Izabel de Mello do Rego, np Jose Martins Cesar e Ana Leme, nm João de Mello do Rego e avo materna não se soube averiguar = cc Escolastica Moreira de Siqueira, n. desta, f.l. João de Faria Moreira e Rosa de Siqueira, np João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta de Abreu, nm João Batista Maciel e Izabel da Cunha.

5-1-4-1-3 Rosa de Siqueira aos 05-07-1777 casou com João de Miranda, filho de Antonio de Goes Raposo e Maria de Miranda, neto paterno de José de Goes Raposo e Maria Correa de Jesus, neto materno de Inacio de Miranda e Izabel Fernandes - “Matias de Oliveira”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 05-07-1777 Ambos nts e moradores nesta. João de Miranda, f.l. Antonio de Goes Raposo e Maria de Miranda, np Jose de Goes Raposo e Maria Correa de Jesus, nm Inacio de Miranda e Izabel Fernandes = cc Rosa de Siqueira, f.l. Inacio Moreira de Faria e Rosa de Siqueira, np João Pedroso e Izabel Pimenta, nm João Batista Maciel e Izabel da Cunha. Test.: Francisco Jose de Almeida cc D. Ursula, e Angelo de Lima Franco cc Maria da Cunha

5-1-4-1-4 Angela de Siqueira, batizada em 17-01-1762. Aos 05-08-1777, com provisão, casou com José de Miranda, batizado em 20-07-1760, irmão inteiro de João de Miranda supra citado - “Matias de Oliveira”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 05-08-1777 Jose de Miranda, n. desta, f.l. Antonio de Goes Raposo e Maria de Miranda np Jose de Goes Raposo e Maria Correa de Jesus, nm Inacio de Miranda e Izabel Fernandes = cc Angela de Siqueira, n. desta, f.l. Inacio Moreira de Faria e Rosa de Siqueira, np João Pedroso e Izabel Pimenta, nm João Batista Maciel e Izabel da Cunha.

5-1-4-1-5 Bento Pedroso em maio de 1786 casou com Genoveva Maria de Jesus, filha de Angelo Fernandes Nogueira e Josefa de Jesus Moreira, neta paterna de Geraldo Fernandes Nogueira e Catarina Gomes, neta materna de Manoel da Costa Lima e Francisca de Jesus Carassa - família "Manoel da Cunha".

5-1-4-1-6 Maria Moreira casou com Inacio Alvares da Silva, filho de Francisco Alvares e Maria de Loreto. Pais de, q.d.:

5-1-4-1-6-1 Ana Maria de Jesus, natural de Mogi das Cruzes, em S. Roque aos 15-04-1790 casou com Antonio Pantojo, viúvo de Vitória Domingues, neto paterno de João Gonçalves e Pascoa de Proença, neto materno de Baltazar Garcia.

São Roque, SP Igreja de São Roque. aos 15-04-1790 nesta igreja matriz da freguesia de S. Roque e testemunhas Roque Nunes de Moraes e Domingos Alvares Cardoso, ambos casados. Se casaram Antonio Pantojo, viuvo de Victoria Domingues, fregues desta matriz = cc Ana Maria de Jesus, f.l. de Ignacio Alvares da Silva e de Maria Moreira, natural da vila de Mogi das Cruzres e moradora e freguesa desta matriz de S. Roque. O contraente neto paterno de João Gonçalves e Pascoa de Proença, e pela materna de Baltazar Garcia, e nada disseram a respeito da avó materna; e a contraente neta paterna de Francisco Alvares e Maria de Loreto e pela materna de Ignacio de Faria e de Rosa de Siqueira.

5-1-4-1-7 Luiza de França aos 04-05-1780 casou com Agostinho de Azevedo Souza, viuvo de Izabel Leite e filho de Pedro de Azevedo (SL. 8, 537, 5-2).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 04-05-1780 Agostinho de Azevedo Souza, viuvo de Izabel Leite e filho de Pedro de Azevedo e Luzia de tal, np não soube dizer e nm de Domingos Vaz de Lima e Luzia de tal nts desta vila= cc Luiza de França, n. desta, f.l. Inacio de Faria Moreira e Rosa [danificado]eira, np João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta de Abreu, nm João Batista Maciel e Izabel da Cunha

Nota do transcritor: engano no nome da mãe do contraente.

          Luiza, viúva, aos 04-11-1784 casou com o viúvo Francisco de Oliveira Silva, filho de Salvador de Oliveira da Silva e Francisca de Moraes.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 04-11-1784 Francisco Oliveira da Silva, n. desta e viuvo de Vitoria Mendes = cc Luiza de França, n. desta e viuva de Agostinho de Azevedo

          Francisco foi casado primeira vez aos 134-07-1762 com Vitória Mendes de Moraes, filha de Pedro Paes Dias e Domingas de Moraes, neta materna de Mateus Saraiva de Moraes (ou Leme) e sua segunda mulher Maria Machado de Souza. Geração na família “André Rodrigues Saraiva”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 13-07-1762 Francisco de Oliveira da Silva, f.l. Salvador de Oliveira da Silva e Francisca de Moraes, dos avos não deu noticia = cc Vitoria Mendes, f.l. Pedro Paes e Domingas [------], dos avos não deu noticia.

5-1-4-2 Vitoria, 26 anos em 1737.

5-1-4-3 Francisco 23 anos

5-1-4-4 Antonio, 21 anos. Antonio de Faria Moreira aos 28-08-1741 casou com Angela Gomes de Moraes, filha dos falecidos Tome Moreira Velho e Branca das Neves, família “Godoys” neste site.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 28-08-1741 Antonio de Faria Moreira, f.l. João Pedroso Moreira, falecido e Izabel Pimenta de Abreu = cc Angela Gomes de Moraes, f.l. Tome Moreira Velho e Blanca das Neves, falecidos.

Geração descrita em SL. 6º, 52, 4-10, entre eles:

5-1-4-4-3 Joaquim Pedroso Moreira, batizado em Mogi das Cruzes em 14-10-1750. Em 14-01-1774 com provisão, casou com Ana Catarina de Macedo, batizada em 04-12-1751, filha de Estevão da Costa de Macedo e Izabel Barbosa - famílias Braz de Pina e Antonio Alvares Couceiro.

ACMSP Dispenssas Matrimoniais - ano 1774

Joaquim Pedroso Moreira e Ana Catarina de Macedo

Autos de Casamento aos 08-junho-1774

Ele f.l. de Antonio de Faria Moreira e de s/m Angela Gomes de Moraes . Ela f.l. de Estevão da Costa de Macedo e Izabel da Costa Barbosa. Todos naturais e moradores desta vila de Mogi das Cruzes.

- aos 14-outubro-1750 nesta matriz bat a Joaquim, f. de Antonio de Faria Moreira e de s/m Angela de Godoy(sic) Moreira(sic), foram padrinhos Manoel de Mello, casado e Vitoria Pinta de Jesus, solteira, filha de João Pedroso Moreira, todos desta freguesia.

- aos 04-dezembro-1751 bat a Ana, f. de Estevão da Costa de Macedo e de s/m Izabel Barbosa, foram padrinhos [danificado] Pimenta de Abreu e Maria Barbosa, solteira, filha de Bruno Dias Delgado, todos moradores desta freguesia. Mogi 5-junho-1774

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, fls 144v aos 14-01-1774 Joaquim Pedroso Moreira, f.l. Antonio de Faria Moreira e Angela Gomes de Moraes, np João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta de Abreu, nm Tome Moreira Velho e Nataria Gomes = cc Ana Catarina de Macedo, f.l. Estevão da Costa de Macedo e Izabel da Costa Barbosa, np Manoel da Costa Macedo e Rosa Maria, nm Bruno Dias Delgado e Maria Salvadora de Jesus,

B7: engano na avo materna do orador.

 

Joaquim e Ana Catarina tiveram os filhos, q.d.:

5-1-4-4-3-1 Angelo Pedroso de Macedo, batizado em 13-08-1775. Em 01-11-1805, dispensados do impedimento no 4º grau de consanguinidade, casou com Francisca Maria de Jesus, batizada em 02-10-1786, filha de Manoel José de Araujo e de s/m Maria do Rosario - família Godoys, neste site.

B7: ACMSP Dispenssas Matrimoniais - ano 1805 Autos de Dispensa aos 08-outubro-1805

Angelo Pedroso de Macedo e Francisca Maria de Jesus, naturais e moradores da vila de Mogi das Cruzes - impedimento no 4º grau de consanguinidade:

PQ Florentino de Godoy foi irmão legitimo de Thome Moreira, deste procedeu Angela Gomes, desta nasceu Joaquim Pedroso Moreira e deste procedeu Antonio Pedroso de Macedo, orador.

PQ daquele Florentino de Godoy procedeu Rosa Maria de Godoy, desta nasceu Manoel Jose de Araujo e deste procedeu Francisca Maria de Jesus, oradora.

 

Depoimento do orador: (...) de idade 30 anos, pouco mais ou menos (...)

Depoimento da oradora: de idade dezaseis anos mais ou menos.

 

Autos de Casamento

Quer casar Angelo Pedroso de Macedo, f.l. de Joaquim Pedroso Moreira e de Ana Catarina = com Francisca Maria de Jesus, f.l. de Jose de Araujo e de Maria da Conceição. Naturais desta matriz de Mogi das Cruzes deste bispado.

Certidões:

- aos 13-agosto-1775 nesta matriz de Mogi das Cruzes bat a Angelo, f. de Joaquim Pedroso e de s/m Ana Catarina de Macedo, foram padrinhos Estevão da Costa de Macedo, marido de Izabel da Costa, e Maria [danificado]; todos desta freguesia

- aos 02-outubro-1786 nesta matriz bat a Francisca, f. de Manoel Jose[danificado]  e s/m Maria do Rosario moradores no bairro de Tapity. Foram padrinhos [danificado] da Cruz, filho solteiro de João da Cruz e Rosa Maria, viuva de [danificado] Ferraz, todos desta freguesia. Mogi 28-8bro-1805.

5-1-4-4-3-2 Maria do Sacramento batizada em 11-07-1779. Em fevereiro de 1802, com provisão, casou com Francisco Rodrigues Gonçalves, batizado em 20-04-1779, filho de Angelo Rodrigues de Lima e Ana da Cunha - família Antonio Alvares Couceiro.

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano 1802

Francisco Rodrigues Gonçalves e Maria do Sacramento

Autos aos 29-janeiro-1802

Ele f.l. Angelo Rodrigues Lima e s/m Ana Machada de ---veyra, ja defunta. Ela f.l. de Joaquim Pedroso Moreira e de s/m Ana Catarina de Macedo. Os contraentes são naturais e batizados nesta vila de S. Ana de Mogi das Cruzes onde ambos são fregueses; todos deste bispado de S. Paulo.

- aos 20-abril-1779 nesta matriz de Mogi das Cruzes bat a Francisco, f. de Angelo Rodrigues de Lima e de s/m Ana Machada, foram padrinhos Miguel Rodrigues Xavier e sua mulher(sic) Ana Teresa, solteiros, filhos de Jose Rodrigues da Silva, ja defunto e de Rita Ferreira de Almeida, fregueses de S. Paulo e os mais desta freguesia.

- aos 11-julho-1779 nesta matriz de Mogi das Cruzes bat a Maria, f. de Joaquim Pedroso Moreira e de s/m Ana Catarina de Macedo. Foram padrinhos Antonio Jose de Faria, viuvo de Lucrecia Maria, e Teresa Maria de Jesus casada com Mateus Pereira, todos destaq freguesia. Mogi das Cruzes 18-janeiro-1802.

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos [--] de fevereiro de 1802 e testemunhas Domingos Ribeiro Lima e João Jose de Farias(?). Francisco Rodrigues Gonçalves, f.l. Angelo Rodrigues Lima e Ana Machada = cc Maria do Sacramento, f.l. Joaquim Pedroso de Macedo, digo Moreira e Ana Catarina de Macedo.

5-1-4-4-3-3 Joaquim José de Macedo aos 29-08-1796 casou com Inacia Francisca de Oliveira, filha de Angelo Rodrigues de Lima e Ana da Cunha (ou Machada) - família Antonio Alvares Couceiro.

5-1-4-4-4 Antonio José de Faria foi casado primeira vez aos 02-05-1775 com Lucrecia Maria de Jesus, falecida em 03-01-1776, filha de Bento Rodrigues de Aguiar e Maria Machada, neta paterna de José Rodrigues de Aguiar e Catarina Pinta de Siqueira.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 02-05-1775 Antonio Jose de Faria, n desta, f.l. Antonio de Faria Moreira e Angela Gomes de Moraes, np João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta, nm Tome Moreira Velho e Nataria(sic) Gomes = cc Lucrecia Maria de Jesus, n. desta, f.l. Bento Rodrigues de Aguiar e Catarina Pinta digo de Maria Machada, np Jose Rodrigues de Aguiar e Catarina Pinta de Siqueira e não se pode averiguar os avos maternos.

          Segunda vez aos 24-02-1784, com provisão, Antonio casou com Izabel Maria do Espirito Santo, filha de Estevão da Costa Macedo e de Izabel Barbosa - família Antonio Alvares Couceiro.

ACMSP Dispensas Matrimoniais

Antonio Jose de Faria e Izabel Maria do Espirito Santo

Autos aos 29-janeiro-1785

Ele viuvo de Lucrecia Maria de Jesus. Ela f.l. de Estevão da Costa Macedo, ja defunto e de s/m Izabel da Costa Barbosa. Ambos os contraentes naturais e batizados nesta matriz de Santa Ana de Mogi das Cruzes.

- aos 03-janeiro-1776 nesta vila de Mogi das Cruzes faleceu Lucrecia Maria de Jsus, natural desta, de bexigas, mulher que foi de Antonio Jose de Faria. Sem testamento por não ter de que e foi sepultada nesta matriz.

- nos assentos dis batizados desta freguesia não se acha o assento de batismo da contraente. Mogi 27-janeiro-1785.

 

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 06-02-1785 Antonio Jose de Faria, n. desta, viuvo de Lucrecia Maria de Jesus = cc Izabel Maria do Espirito Santo, n. desta, f.l. Estevão da Costa de Macedo n. vila de Santos e Izabel da Silva Barbosa n. desta vila, np Manoel a Costa n. do reino de Portugal e Rosa Maria n. da vila de Santos, nm Bruno Dias Delgado e Maria Salvadora ntes desta vila

5-1-4-4-6 José de Faria Moreira aos 16-11-1784 casou com Maria Salvadora, filha de Estevão da Costa de Macedo e Izabel Barbosa - famílias Braz de Pina e Antonio Alvares Couceiro.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 16-11-1784 Jose de Faria Moreira, n. desta e f.l. Antonio de Faria Moreira e Angela Gomes de Moraes nts desta, np João Pedroso e Izabel Pimenta nts da vila de Santos, nm Tome Moreira e Branca das Neves ntes da Conceição dos Guarulhos  = cc Maria Salvadora, n. desta, f.l. Estevão da Costa, n. da vila de Santos  e Izabel da Costa Barbosa n. desta, np Manoel da Costa n. do reino de Portugal e [danificado] Rosa Maria n. da vila de Santos, nm Bruno Dias Delgado e Maria Salvadora, todos nts desta,

5-1-4-4-7 Izabel Maria do Espirito Santo aos 11-05-1786 casou com Ângelo Nunes de Siqueira, filho de Francisco Nunes de Siqueira e Ana Maria de Moraes, família “João Gonçalves Alentado”.

5-1-4-5 Suzana Moreira casada com Manoel Gomes Barros, filho de João de Barros P. e Ana Gomes de Barros. Manoel, viúvo, faleceu em Ouro Fino em 03-03-1738, com geração.

Ouro Fino-MG Igreja S. Francisco de Paula - aos 03-03-1783 faleceu Manoel Gomes de Barros teria de idade ou tinha noventa anos de idade, f.l. de Joam de Barros Pi--(?) e de s/m Ana Gomes de Barros, ja defuntos. Foi casado com Suzana Moreira, ja defunta, filha leg. de Joam Pedroso de Barros(sic) e de s/m Izabel Pimenta de Abreu moradores na vila de Mogi das Cruzes deste bispado. Não fez testamento por nesta freguesia não haver tabelião e ser muito pobre; mas fez um apontamento no qual deixou seu filho Angelo Gomes -------.

5-1-4-6 Joana Pimenta aos 17-01-1734 casou com Fernando Dias de Siqueira, viuvo de Beatriz de Oliveira e filho de Domingos Dias de Siqueira (ou Figueiredo) falecido em 1747 e Catarina de Freitas

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 17-01-1734 Fernando Dias de Siqueira, viuvo de Beatriz de Oliveira e f. l. Domingos Dias de Siqueira(sic) e Catarina de Freitas = cc Joana Pimenta, f.l. João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta de Abreu.

 

Óbitos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, - em 1747 Domingos Dias de Figueiredo marido q foi de (Catarina) de Freitas.

 

5-1-5 Tome Pimenta de Abreu, com 47 anos em 1732, casou duas vezes. Primeira vez em 1712 casou com Josefa de Araújo, batizada em 22-08-1688, filha de Luiz Mendes e Paula Moreira, família “Godoys” neste site.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, em 1712 Tome Pimenta de Abreu, f. Antonio Pimenta de Abreu e Angela Paes = cc Josefa de Araujo f. Luiz Mendes e Paula Moreira.

 

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 22-08-1688 Josefa, f Luiz Mendes e Paula Moreira.

 

         Josefa faleceu em novembro de 1733 e foi inventartiada em 10-04-1734. Deixou cinco filhos de seu casal:

Óbitos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 09-11-1733 fal. Josefa de Araujo mulher de Tome Pimenta de Abreu. Testamenteiros seu marido Tome Pimenta de Abreu e seu cunhado Jorge da Costa Pina. Deixou legados, entre eles 50.000 rs a sua irmã Izabel Rodrigues.

 

         Aos 05-06-1735, Tomé casou segunda vez com Teresa Machada de Moraes, filha de João Machado de Lima e Maria da Motta e Moraes,

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 05-06-1735 Tome Pimenta de Abreu, viuvo, f. Antonio Pimenta de Abreu e Angela Paes = cc Teresa Machada de Moraes, f.l. João Machado de Lima e Maria da Motta e Moraes, todos nts desta freguesia.

         Teresa faleceu de sobreparto aos 25-03-1739. Foi inventariada em 22-04-1739. Deixou dois filhos de seu casal. Geração na família “José de Bulhões”, neste site.

Óbitos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, - aos 25-03-1739 fal. Teresa Machada de Lima mulher q foi de Tome Pimenta de Abreu.

 

Viúvo novamente, Tomé faleceu com testamento aos 01-09-1739 e foi inventariado em dezembro do mesmo ano (inventários neste site SAESP não publicados).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 01-09-1739 faleceu Tome Pimenta de Abreu, viuvo. Fes testamento pela sua mão, Testamenteiros: Inacio Pimenta de Abreu, meu compadre Joao Domingues de Carvalho e o Cap. Miguel Fragoso.

 

Segundo os inventários, Tomé Pimenta de Abreu e Josefa de Araújo tiveram os filhos:

5-1-5-1 Maria de Godoy, com 20 anos em 1734. Em 20-02-1735 casou com Veríssimo João de Carvalho, natural de S. Salvador da Ribeira da Pena Arc. de Braga, filho de Antonio João e Pascoa Frazoa.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 20-02-1735 Verissimo João de Carvalho, f.l. Antonio João e Pascoa Frazoa(?) nts e moradores na freg. de S. Salvador concelho da Robeira de Pena Arc. Braga = cc Maria de Godoy, f.l. Tome Pimenta de Abreu e Josefa de Araujo, falecida, nts e fregueses desta.

5-1-5-2 Maria Pimenta, com 18 anos em 1734. Maria de Araújo aos 06-11-1736 casou com Manoel de Mello, filho de Gervasio de Mello e Izabel Fernandes. Geração em SL. 6, 94, 3-1.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 06-11-1736 Manoel de Mello, f.l. Gervasio de Mello e Izabel Fernandes, nts e moradores na freg. de -- Arc. Braga = cc Maria de Araujo, f.l. Tome Pimenta de Abreu e Josefa de Araujo, falecida,

5-1-5-3 Maria Moreira, com 16 anos. Maria de Godoy Ferraz aos 12-06-1741 casou com Manoel Rodrigues da Cunha, filho de Manoel Rodrigues e Izabel Fernandes.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 12-06-1741 Manoel Rodrigues da Cunha, f.l. Manoel Rodrigues e Izabel Fernandes ---------, da freguesia de Santiago Arc. Braga,  = cc Maria de Godoy Ferraz, f.l. Tome Pimenta de Abreu e Josefa ------- Ferraz, falecidos.

5-1-5-4 João Pimenta de Abreu, com 15 anos em 1734 e 22 em 1739. Em 1743 requer emancipação:

Inventarios 2º Cartório de Mogi das Cruzes - SP

Petição de emancipação 23-11-1743

João Pimenta de Abreu, f.l. Tome Pimenta de Abreu e Josefa de Araujo, ja defuntos. Que ele tem 24 p/25 anos de idade e capacidade para reger seus bens(...)

Testemunhas:

Cap Luiz da Costa de Vasconcellos, 45 anos, vive de lavoura; disse ser primo-irmão do suplicante.

Jose Leite de Siqueira, 51 anos, vive de lavoura, parente em 3º grau por consanguinidade.

Miguel da Costa de Godoy, solteiro, vive em companhia de sua mae, 34 anos, parente por consanguinidade no 2º grau.

Na Conceição dos Guarulhos em 25-05-1751 casou com Escolastica de Camargo, filha de Francisco de Camargo Ortiz e Maria da Cunha.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição matr. - aos 25-05-1751 nesta igreja onde a contraente é natural e moradora e freguesa sendo ele morador e fregues da vila de Santa Ana das Cruzes. João Pimenta de Abreu, f.l. Tome Pimenta de Abreu e Josefa de Araujo Ferraz = cc Escolastica de Camargo, f.l. Francisco de Camargo Ortiz e Maria da Cunha.

5-1-5-5 Escolástica, com 14 anos em 1734 e 19 anos em 1739. Em 1741, Escolástica de Godoy Ferraz estava casada com Manoel de Carvalho Pinto. Inserido no inventário paterno:”Manoel de Carvalho Pinto, morador desta vila cc Escolastica de Godoy Ferraz, orfã que ficou de Tome Pimenta de Abreu e Josefa de Araujo - Autuação aos 04-12-1741”.

          Manoel era natural de São Tomé de Covelas, concelho de Baião, Bispado do Porto, filho de Manoel de Magalhães Pinto, natural de Anreade concelho de Aregos Bispado de Lamego e Teresa de Seixas de Carvalho. Faleceu com testamento aberto em 22-01-1756 e foi inventariado no mesmo ano (inventários SAESP não publicados, neste site).

          Em 15-12-1758 Escolástica já se achava casada com Cap. Leandro de Mello, natural de Santa Maria de Pandufinho Arc. de Braga, filho de Gervasio de Mello e Izabel Fernandes.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 10-01-1762 me foi apresentado um mandado do M. R. Dr. Vigario Geral deste bispado de S. Paulo em 06-10-1761 em que determinava o dito R.;Sr.Dr. Vigario Geral que lançasse neste livro a sentença por ele proferida em que justificou o Cap. Leandro de Mello casado nesta vila com Escolastica de Godoy Ferraz e a sentença é do teor seguinte: (...) se prova ter o justificante celebrado o matrimonio in facie Eclesiae com Escolastica de Godoy Ferraz hei o casamento justificado S. Paulo 05-10-1761.

E sendo perante mim o justificante lhe foi perguntado se sabia o dia em que se tinha casado o que respondeu fora recebido nesta matriz de Santa Ana das Cruzes de Mogi em presença do Revdfo Vigario Colado Antonio de Barrtos Machado,. sendo presentes por testemunhas o Cap. Mor Manoel Rodrigues da Cunha e Manoel de Mello que abaixo são assinasdos, aos dez de janeiro de 1758(?) com Escolastica de Godoy Ferraz: o dito Cap. Leandro de Mello, n. da freg. de Santa Maria de Pandufinho Arc. de Braga f.l. Gervasio de Mello e Izabel Fernandes, np e nm não declarou por não saber os nomes = e a dita Escolastica de Godoy Ferraz, n. desta mesma vila de Mogi, f.l. Tome Pimenta e Josefa de Araujo. Mogi era ut S.ª 1762

Escolástica e Manoel de Carvalho tiveram seis filhos (idades em 21-04-1756), todos deram quitação da legítima paterna:

5-1-5-5-1 Bartolomeu de Carvalho Pinto, 12 anos. Emancipado em 1768.

5-1-5-5-2 Maria, 10. Maria de Godoy Ferraz aos 15-08-1770 casou com Domingos Rodrigues da Cunha, natural de S. Pedro da Sobreira Bispado do Porto, filho de João Moreira e Catarina Rodrigues. Domingos dá quitação da legitima de Maria em 24-01-1774.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 15-08-1770 Domingos Rodrigues, f.l. João Moreira e Catarina Rodrigues, n. da freg. S. Pedro da Sobreira(?) Bispado do Porto= cc Maria de Godoy Ferras, n. desta, f.l. Manoel de Carvalho Pinto e Escolastica de Godoy Ferraz, nm Tomas Pimenta de Abreu e Josefa de Araujo e np se não pode averiguar

5-1-5-5-3 José Carvalho Pinto, 8.

5-1-5-5-4 Ana de Godoy Ferraz, 7

5-1-5-5-5 Bento de Carvalho Pinto, 3

5-1-5-5-6 Manoel de Carvalho Pinto, de um ano

 

5-1-6 Ana Pimenta de Abreu, com 45 anos em 1732, casada com Sargento Mor Simão da Cunha Gago. Entre seus filhos:

5-1-6-1 Antonia de Vasconcellos, batizada em 25-07-1718. Aos 13-01-1740 casou com José Alves de Mello, filho do Mestre de Campo Sebastião Ferreira Albernaz e Izabel de Castilho, naturais de Taubate-SP. Geração na família Guiomar de Alvarenga Cap. 4º.

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 25-07-1718 Antonia, f.l. Simão da Cunha Gago e Ana Pimenta, padr.: Inacio Pimenta e -----

 

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 31-01-1740 Jose Alves de Mello, f.l. Mestre de Campo Sebastião Ferreira Albernaz e Izabel de Castilho, nts da vila de Taubate = cc Antonia de Vasconcellos, f.l. Ten. Cel. Simão da Cunha Gago e Ana Pimenta, nts e moradores desta freg.

 

5-1-6-2 Teresa, legataria da avó materna: ”a minha neta Teresa filha de Simao da Cunha”.

5-1-6-3 Maria, batizada em 15-08-1720. Maria da Cunha Vasconcellos casou com Francisco Lopes de Faria, filho de Maria Marins do Prado e seu primeiro marido Marcos Lopes de Faria. Geração na família “Marttins do Prado - Marins do Prado” § 2º.

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 15-08-1720 Maria, f.l. Simão da Cunha [----] e Ana Pimenta de Abreu, padr.: Francisco de Borja Xavier e Bri-----

5-1-6-4 Escolástica de Vasconcellos, natural de Mogi das Cruzes. Em Aiuruoca-MG aos 20-02-1773 casou com Manoel Fernandes Furtado, daí natural, filho de Francisco Preto Pimentel e Joana Leme da Silva

B7: Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas. - aos 20 fevereiro 1773 - N. Sra. Conceição de Aiuruoca - Manoel Fernandes Furtado, f.l. de Francisco Preto Pimentel e Joanna Leme da Silva, n. e b. freg. de Aiuruoca; com D. Escolastica de Vasconcellos, f.l. do cel Simão da Cunha Gago e Anna Pimenta de Abreo, n. e b. na vila de Mogi das Cruzes, bispado de S.Paulo.

5-1-7 Juliana Pimenta de Abreu, batizada em 04-12-1692. Em 1732 com 37 anos estava casada com Manoel da Cunha Gago.

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, - aos 04-12-1694 Juliana, f. Antonio Pimenta e Angela Paes

         Manoel faleceu em 20-09-1752 e foi inventariado pela viúva no mês seguinte. Compareceram cinco filhos do casal:

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Manoel da Cunha Gago, marido de Juliana Pimenta de Abreu -

capa) filhos: Pedro 28, cc = Manoel 20, ausente e casado = Antonia Ayres cc Antonio de Godoy = Rosa Pimenta cc Simão Rodrigues Cardoso = Inacia, solteira, 14 (casou com Bento Nunes) =

Tutor Domingos Pimenta de Abreu

 

Autos aos 17-10-1752

Inventariante a viuva.

Falecera sem testamento em 20-09-1752. Fora casada so uma vez com o dito defunto Manoel da Cunha Gago e lhe ficaram dois filhos e tres filhas.

Assino a rogo de minha mãe: Pedro da Cunha Gago

Titulo dos Filhos:

Pedro 28

Manoel 20

Antonia Ayres cc Antonio de Godoy

Rosa Pimenta cc Simão Rodrigues Cardoso

Inacia 14, solteira.

 

5-1-8 Vicente Pimenta de Abreu com 35 anos em 1732, casado com Maria Paes de Almeida, filha de João Gago Paes e Ana de Proenca. Maria faleceu em 06-11-1743 e foi inventariada no mês seguinte. Deixou quatro filhos de seu casal:

Óbitos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 06-11-1743 fal. Maria Paes de Almeida mulher q foi de Vicente Pimenta de Abreu, seus testamenteiros são o dito seu marido e Manoel Pimenta de Abreu.

 

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Maria Paes de Almeida, mulher de Vicente Pimenta de Abreu

Autos aos 20-12-1743

Inventariante o viuvo.

Falecera aos 05-11 com seu testamento. Fora cc só com ele e ficam quatro filhos, dois machos e duas femeas.

Titulo dos filhos: Inacia, 18 = João 17 = Ana 13 = Vicente de 7.

Curador Domingos Pimenta de Abreu

Treslado do testamento:

Aos 29-10-1743 Maria Paes de Almeida (...)

Testamenteiros a meu marido Vicente Pimenta de Abreu, a meu cunhado Manoel Pimenta.

Sou cc com Vicente Pimenta de Abreu e temos quatro filhos Inacia = Joam = Ana e Vicente.

Sou n. da cidade de S. Paulo, f.l. João Gago Paes e Ana de Proenca, falecidos.

5-1-8-1 Inacia, 18 anos em 1743. Inacia Paes de Almeida (ou de Almeida Paes) casou com Francisco Rodrigues Barbosa, filho de Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz Maciel. Francisco faleceu aos 09-06-1755 com testamento de 15-05-1755. Geração na família Joana Simoa Rodrigues, neste site.

          Inácia casou segunda vez em Conceição dos Guarulhos aos 23-05-1758 com João Rodrigues de Oliveira, filho de Bento Rodrigues de Oliveira e Maria de Pontes, neto paterno de Manoel Rodrigues de Oliveira e Maria de Pontes, neto materno de Antonio Rodrigues e Mariana de Pontes, família “Nunes de Pontes” Cap. 1º § 3º.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição [João Rodrigues de Oliveira  e Inacia Paes de Almeida] aos 23-05-1758 test.: João Rodrigues Cardoso e Salvador Nunes Ferrão, ambos casados. João Rodrigues de Oliveira, f.l. Bento Rodrigues de Oliveira e Maria de Pontes nts desta freguesia, neto paterno de Manoel Rodrigues de Oliveira natural da cidade de S. Paulo e Domingas de Oliveira n. da freguesia de Nazare, e pela materna de Antonio Rodrigues n. desta freguesia e Mariana de Pontes n. da freguesia de Nazare = cc Inacia de Almeida Paes, viuva de Francisco Rodrigues Barbosa, f.l. Vicente Pimenta de Abreu e Maria Paes nts de Mogi das Cruzes, neta paterna de João Gago natural desta freguesia e Ana de Proença n. desta freguesia e pela materna se não lembrão quem sejão.

5-1-8-2 João, batizado em Mogi das Cruzes em 03-08-1726. Com 17 anos em 1743

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 03-08-1726 Joam, f.l. Vicente Pimenta e Maria Paes, np Antonio Pimenta e s/m Angela Paes, nm Joam Gago e s/m Ana de Proença. Padr.: Cap. Manoel Pimenta e Ana de Goes, todos desta freguesia.

5-1-8-3 Ana, com 13 anos em 1743. Ana de Jesus, em 1748 tirou provisão para se casar com o viúvo Guarda Mor Francisco Martins Lustosa, natural da freguesia de Santiago de Lustosa termo da cidade do Porto Arc. de Braga, filho dos falecidos Antonio Martins e Angela Gomes.

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano 1748

Francisco Martins Lustosa, guarda mor e Ana de Jesus

Autos de Justificação de batismo de Ana de Jesus - 05-fevereiro-1748

Ana de Jesus, f.l. de Vicente Pimenta de Abreu e de s/m Maria Paes de Almeida, naturais e moradores da vila de S. Ana das Cruzes de Mogi; que ela se acha contratada para casar com o Guarda Mor Francisco Martins Lustosa, assistente nas minas de Sapucai (...) lhe é necessário justificar a sua idade, visto o seu paroco não achar o assento dela.

 

Testemunhas, entre elas:

João Domingues de Carvalho, casado, morador desta vila, vive de suas lavouras de idade 60 anos pouco mais ou menos, aos costumes disse ser seu padrinho. Confirmou os itens; foi batizada na matriz desta vila em janeiro de 1730 e que ele dito testemunha tinha sido o padrinho e madrinha Mari[danificado] Godoy mulher de Manoel Pimenta de Abreu.

- Manoel Pimenta de Abreu, casado, morador desta vila, vive de suas lavouras, de idade 73 anos; tio da justificante; (...) foram padrinhos João Domingues de Carvalho e Maria de Godoy de Almeida, mulher dele dito testemunha.

Autos de Casamento: 06-fevereiro-1748

Guarda Mor Francisco Martins Lustosa, f.l. de Antonio Martins e de s/m Angela Gomes, ja defuntos, natural e bat. na freguesia de Santiago de Lustosa termo da cidade do Porto e Arc. de Braga e viuvo que ficou de Maria Soares de Jesus, morador na freguesia de S. Ana do Sapucai = com Ana de Jesus, f.l. de Vicente Pimenta de Abreu e de s/m Maria Paes de Almeida, ja defunta, naturais e moradores na freguesia de S. Ana das Cruzes de Mogi.

 

Francisco Martins Lustosa, viuvo de Maria Soares, falecida da outra parte do Rio Sapucai e sepultada na capela de S. Gonçalo, filial desta freguesia de Santo Antonio de Val da Piedade do Rio Verde (...).

Igreja Matriz de Santo Antonio do Val da Piedade da Campanha do Rio Verde Bispado de Mariana:

- aos vinte e ---- de janeiro de 1746 faleceu Maria Soares, mulher de Francisco Martins Lustosa, sem sacramntos por morrer repentinamente de parto; tinha de idade trinta e cinco anos, pouco mais ou menos, e foi sepultada na capela de S. Gonçalo filial desta matriz (...)

Primeira vez, em Mogi das Cruzes aos 25-10-1731 e com provisão, Guarda Mor Francisco Martins Lustosa casou com Maria Soares de Jesus, falecida na Campanha em janeiro de 1746, filha de João Domingues de Carvalho e Teresa Sores de Jesus

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano 1730-1731

Francisco Martins Lustosa e Maria Soares

Justificação de solteiro a favor de Francisco Martins Lustosa - 20-novembro-1731

Diz Francisco Martins Lustosa, assistente na vila de Mogi, ora estante nesta vila de Santos, f.l. de Antonio Martins e de s/m Angela Gomes, naturais da freguesia de Santiago de Lustosa termo da cidade do Porto Arc. Braga = com Maria Soares, f.l. de João D.es de Carvalho e de s/m Teresa Soares de Jesus, moradores e naturais e fregueses da vila de Mogi desta comarca

Testemunhas. Depoimento do justificante.

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 25-10-1731 Francisco Martins Lustosa, f.l. Antonio Martins e Angela Gomes moradores na freg. de S. Tiago de Lustosa = cc Maria Soares, f.l. João Domingues de Carvalho e Teresa de Jesus moradores desta freguesia.

Francisco Martins Lustosa e Maria Soares tiveram os filhos, q.d.:

I- Maria do Rosario, natural de Mogi das Cruzes, casou com Luiz de Souza Menezes, de Portugal. Entre seus filhos:

I-1 Luísa Maria, em Curitiba, casou com José Cardoso Pazes, filho de Trifonio Cardoso Pazes e Escolastica Pereira Teles - SL. 3º, 297, 6-1.

II- Antonio Martins Lustosa casou em Curitiba com Izabel Maria de Andrade, filha de Antonio Rodrigues de Andrade e Maria do Valle. Com geração em SL. 6º, 478, 4-1

III- Maria, batizada na Aiuroca em 07-11-1734.

Aiuruoca-MG Igreja N Sra da Conceição aos 07-11-1734 na capela da Lagoa o padre ---- Teixeira Pinto bat a Maria, f.l. Francisco Martins Lustosa e Maria Soares, foram padrinhos o Revdo. Padre e Maria Bicuda mulher de Jose Rodrigues Braga, todos moradores no Bairro da Lagoa desta freguesia de N. Sra da Conceição da Aiuruoca.

IV- Teresa em 15-07-1736.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - aos 15 julho 1736 Lagoa, Thereza, f. Francisco Martins Lustosa e s/m Maria Soares, padr.: Domingos de Oliveira Castello Branco e s/m Brisida Maria da Conceição.

5-1-8-4 Vicente com 7 anos em 1743. Vicente Pimenta de Abreu, em Conceição dos Guarulhos em 15-06-1768 com provisão onde é citado como Vicente Pimenta de Almeida, casou com Izabel Rodrigues Pontes, filha de Bento de Oliveira da Silva e Maria Rodrigues de Pontes, npaterna de Manoel Rodrigues de Oliveira e s/m Domingas Rodrigues Ribeiro, e pela materna de Antonio Rodrigues de Oliveira e Mariana de Pontes. Geração na família “Nunes de Pontes” Cap. 1º § 3º.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição matr. [a margem: Vicente Pimenta de Abreu e Izabel Roiz de Pontes] aos 15-06-1768 Vicente Pimenta de Abreu, f.l. Vicente Pimenta de Abreu e Maria Paes de Almeida, n. da freg. de Mogi das Cruzes, np Antonio Pimenta de Abreu e Angela Paes nts da vila de Mogi das Cruzes, e pela materna de João Gago Paes e Ana de Proença de Lara nts da vila de Mogi das Cruzes = cc Izabel de Pontes Roiz,  f.l. Bento de Oliveira da Silva e Maria Rodrigues de Pontes, natural desta freg., npaterna de Manoel Rodrigues de Oliveira e s/m Domingas Rodrigues Ribeiro natural da vila de Mogi das Cruzes, e pela materna de Antonio Rodrigues de Oliveira e Mariana de Pontes da vila de Mogi das Cruzes.

 

5-1-9 Domingos Pimenta de Abreu, com 28 anos em 1732, casado com Maria Pinto do Rego falecida em 26-08-1747 e inventariada no mês seguinte. Deixou dois filhos de seu casal:

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Maria Pinta do Rego, mulher de Domingos Pimenta de Abreu

Treslado do testamento 31/07/1747 -

Testamenteiros: meu marido Domingos Pimenta e a m/filho João Pinto.

Sou natural desta vila, fl. de Manoel Pinto do Rego e Dona Maria da Luz Pimentel, ambos já defuntos - sou casada com Domingos Pimenta de Abreu - tivemos 3 filhos, sendo um falecido e vivos Tome e João.

autos: 09/10/1747

Inventariante o viuvo.

Falecera com testamento aos 26-08 do presente ano. Fora uma vez casada com ele inventariante e tiveram somente dois filhos: Tome Pinto, casado, 24 anos = João Pinto, 21.

Titulo dos Filhos

Tome Pimenta Pinto, cc, 24

João Pinto, 21

 

         Domingos casou segunda vez com Abundancia Ribeira, filha de Manoel Alves Couceiro e Maria da Luz do Prado, família “João Bernal Maciel”, neste site. Domingos faleceu aos 17-03-1758 e foi inventariado por Abundancia em maio do mesmo ano. Sem geração do segundo matrimônio, do primeiro compareceu apenas Tomé pois João já era falecido:

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Domingos Pimenta de Abreu, marido de Abundância Ribeira

Testamento -  aos 03/03/1757.

Testamenteiros: m/sobrinho Manoel de Mello e a m/filho Tome Pimenta Pinto e a m/sobrinho Joao Pimenta de Abreu.

Fui casado com Maria Pinta do Rego, já defunta - tivemos 2 filhos: Tomé e João.

Sou casado 2ª vez com Abundância Ribeira - não temos filhos.

Esmolas: m/afilhada Catarina, filha de meu compadre e sobrinho Antonio de Godoy = m/afilhada e neta Ana Maria, f. de m/filho Tome Pimenta Pinto = m/afilhada Maria, filha de m/compadre Francisco de Almeida = m/ afilhada filha de Jose de Moraes.

Abertura aos 17-03-1758

 

Codicilo: 15-03-1758

Declara dividas e confirma as esmolas.

Roguei a João Domingues de Carvalho, o velho, este por mim fizesse.

Pedi a m/filho Tome Pimenta Pinto que por mim assinasse.

Abertura aos 17-03-1758

Autos: 07/05/1758

Inventariante Abundancia Ribeiro, viuva.

Falecera aos 17-03 do ano(sic) proximo passado com seu testamento. Ela só fora casada com o dito defunto e que este tinha casado primeira vez com a defunta Maria Pinta do Rego. Deste matrimonio houveram dois herdeiros: um era falecido por nome João Pinto, e so se achava outro para este inventario. Do segundo matrimonio não houveram filhos.

Titulo dos Filhos:

Tome Pimenta Pinto

 

         Abundancia casou segunda vez aos 13-04-1783 com Pedro Francisco de Godoy, viúvo de Maria Soares e filho de Francisco Rondon(?) e Maria Leme da Silva:

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 13-04-1783 Pedro Francisco de Godoy, f.l. Francisco  Rondon(?) e Maria Leme da Silva, viuvo de Maria Soares= cc Abundancia Ribeira, f.l. Manoel Alves Couceiro e Maria da Luz do Prado, viuva de Domingos Pimenta de Carvalho. Os pais do contraente nts da cidade de Lisboa e os da conraente da vila de Parnaiba.

 

5-2 Catarina Pimenta de Abreu (ou Catarina de Torres) foi casada com Sebastião de Candia. Viúva, Catarina faleceu em 10-08-1713 com testamento e foi inventariada em 23-10-1714. Declarou seis filhos de seu casal:

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Catarina Pimenta de Abreu

Autos 23-10-1714 declarante Jorge de Candia, herdeiro q ficou por morte de sua mãe Catilina Pimenta.

4 filhos e duas filhas: Jorge de Candia, 34 = Luis de Candia, 36, Aparicio de Candia com 30 = Jose de Candia com 28 = Maria de Candia cc com 46 = Maria da Apresentação de 23 cc =

Dois casados a saber Jorge e Luiz.

A defunta falecera a 10-08-1713 com testamento

Curadoria: Tome Pimenta de Abreu para o orfão Antonio, na esmola que lhe deixou sua avo a defunta Caterina Pimenta.

Citação ao herdeiro Tome de Goes da Silva cc a herdeira Maria da Apresentação

Mel Ferreira da Cunha cc Maria de Candia

 

Partilha do orfão menor, Antonio, por esmola que lhe deixou sua avo

Traslado do Testamento:

Catarina Pimenta de Abreu aos 26-07-1713, (…)

Testamenteiros: aos meus filhos Luiz de Candia de Abreu e Aparicio de Candia.

Declaro sou n. da vila de Mogi, f.l. Mel Pimenta de Abreu e Catarina de Torres que Deus haja.

Fui cc com  Sebastiao de Candia, ja defunto, tivemos os filhos: Jorge de Candia, Luiz de Candia, Aparicio de Candia, Jose de Candia, Maria de Candia e Maria da Apresentacao.

Casei m/filha Maria de Candia a 1a vez com Bonifacio Fernandes ja defunto e lhe dei (…); casei m/filha Maria da Apresentacao com Tome de Goes.

Remanescente de minha terca: deixo a minha filha Maria de Candia 12$000 e o que sobrar se dara uma parte a meu neto Antonio.

Assinou a rogo da testadora seu irmao Antonio Pimenta de Abreu.

Aprovacao 27-07-1713

Cumpra-se 08-08-1713

 

Aos 19-12-1713 recebi de Luiz de Candia, testamenteiro de sua mae 12$000 rs q  deixou a minha mulher Maria de Candia (aa) Manoel Ferreira da Cunha

 

5-2-1 Maria de Candia, com 46 anos em 1714, casou duas vezes. Primeira vez com Bonifacio Fernandes de Andrade, filho de João Gonçalves Alentado, natural do Algarve e sua primeira mulher, neto materno de Marcelino Collaço e Ana de Freitas, família “João Gonçalves Alentado”.

Bonifacio foi inventariado em 09-11-1696, com geração de um filho.

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Bonifacio Fernandes de Andrade

Autos 09-11-1696

Declarante: Maria de Candia, viuva do defunto

Procurador da viuva, Antonio Pimenta de Abreu.

Procurador do órfão Antonio: Jorge de Candia.

(...) Luiz de Candia, tio do órfão Antonio

 

         Maria faleceu em 01-06-1721 casada com Manoel Ferreira da Cunha. Foi inventariada no ano seguinte.

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Maria de Candia 1722

Autos aos 08-04-1722

inventariante o viuvo Manoel Ferreira da Cunha

Faleceu abintestada aos 01-06-1721

E tinha uma filha com o ditto declarante, Joana Ferreira, de idade 20 anos, cc  Florentino de Gody

E outrossim tivera a dita defunta do primeiro matrimonio um filho Antonio de Candia de idade 23 anos.

 

Foram filhos de Maria:

5-2-1-1 Antonio de Candia, filho de Bonifacio, com 23 anos em 1722.

5-2-1-2 Joana Ferreira, filha de Manoel, com 20 anos em 1722. Aos 25-04-1719 casou com Florentino de Godoy, filho de Tome Moreira Velho e Nataria Gomes, família “Godoys” neste site.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 25-04-1719 Florentino de Godoy f. Tome Moreira Velho e Nataria Gomes = cc Joana Fr.ª f. M.el Fr.ª e Maria de Candia.

5-2-2 Luiz de Candia de Abreu, com 36 anos em 1714. Testamenteiro materno. Casou com Margarida Vaz Pinto, filha de Nuno de Góes Moniz e Izabel de Siqueira, família “Antonio Alvares Couceiro”.

         Margarida faleceu, viúva, em 24-12-1762.

Óbitos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 24-12-1762 fal. Margarida Vaz Pinta viuva de Luiz de Candia. Sem testamento.

Geração de sete filhos em SL. 5º, 321, 3-6. Rita não consta no rol de seus irmãos:

5-2-2-1 Angelo Vaz Pinto batizado em 19-12-1707. Aos 13-10-1739 casou com Maria da Penha, filha de Tomé Moreira Velho e Branca das Neves (tambem Branca Raposo de Moraes”, família “Godoys”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 19-12-1707 Angelo, f. l. Luiz de Candia e Margarida Vaz P.ta, padr.: Nuno de Goes e Catarina Pereira.

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 13-10-1739 Angelo Vaz Pinto, f.l. Luiz de Candia de Abreu e Margarida Vaz = cc Maria da Penha, f.l. Tome Moreira n. da freg. da Conceição e Branca das Neves, os mais nts e moradores desta freguesia.

Geração de oito filhos em SL. 5, 321, 4-2, entre eles:

5-2-2-1-1 Antonio Pinto de Abreu aos 18-11-1766 casou com Escolastica da Cunha, filha de Salvador da Cunha Gago e Maria da Silva Maldonada, neta paterna de Bartolomeu da Cunha Gago e Maria de Mattos, neta materna de João Cardoso Maldonado e Izabel de Siqueira (SL. 5º, 208, 6-5).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 18-11-1766 Antonio Pinto de Abreu, f.l. Angelo Vaz Pinto e Maria da Penha, np Luiz de Candia de Abreu e Margarida Vaz Pinto, nm Tome Moreira Velho e Branca Raposa de Moraes = cc Escolastica da Cunha, f.l. Salvador da Cunha Gago e Maria da Silva Maldonada, np Bartolomeu da Cunha Gago e Maria de Mattos, nm João Cardoso Maldonado e Izabel de Siqueira.

Antonio e Escolastica tiveram cinco filhos descritos na GP. Encontramos mais o filho Bento.

5-2-2-1-1-1 Luciano Pinto da Cunha casou aos 08-10-1789 com Maria Joaquina, filha de Pedro Rodrigues Carassa e Arcangela Pimenta de Godoy, neta paterna de Tome Rodrigues Carassa e Catarina da Cunha, neta materna de Manoel Pimenta de Abreu e Maria de Godoy (SL. 5º, 107, 6-1)

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 08-10-1789 Luciano Pinto da Cunha, f.l. Antonio Pinto de Abreu e Escolastica da Cunha, np Angelo Vaz Pinto e Maria da Penha, nm Salvador da Cunha Gago e Maria de Siqueira = cc Maria Joaquina, f.l. Pedro Rois Caraça e Arcangela Pimenta de Godoy, np Tome Rois Caraça e Catarina da Cunha, nm Mel. Pimenta de Abreu e Maria de Godoy. Os contraentes desta freguesia

5-2-2-1-1-2 Escolastica da Cunha Pinta aos 24-01-1792 casou com Manoel Joaquim Carassa, filho de Pedro Rodrigues Carassa e Arcangela Pimenta de Godoy (SL. 5º, 107, 6-2)

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 24-01-1792 Manoel Joaquim Carassa, f.l. Pedro Rodrigues Carassa e Arcangela Pimenta de Godoy = cc Escolastica da Cunha Pinta, f.l. Antonio Pinto de Abreu e Escolastica da Cunha de Jesus, todos fregueses desta vila.

5-2-2-1-1-3 Antonio Pinto de Abreu, primeira vez em Mogi das Cruzes aos 08-10-1794, casou com Cipriana Maria de Santa Ana, filha de José Gonçalves Cardoso e Angela Francisca das Neves (SL. 5º, 130, 6-1)

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 08-10-1794 Antonio Pinto de Abreu, f.l. Antonio Pinto de Abreu e Escolastica da Cunha = cc Cipriana Maria de Santa Ana, f.l. Jose Gonçalves Cardoso e Angela Francisca das Neves.

Antonio e Cipriana tiveram filhos batizados em Mogi das Cruzes e em Resende-RJ. Entre eles:

5-2-2-1-1-3-1 Maria Antonia, natural de Mogi das Cruzes. Casou com Manoel Francisco da Silva, n. da cidade de S. Paulo, filho de Bento Leme da Silva e Ana Joaquina da Boa Morte. Com geração em Resende, entre eles: Manoel batizado em 16-10-1814.

16-10-1814 na Matriz de Resende pelo Coadj. Domiciano Pereira Leite, Manuel, n. 07-10, f.l. de Manoel Francisco da Silva, n. da cidade de S. Paulo e Maria Antonia, n. de Mogi das Cruzes; np de Bento Leme da Silva e Ana Joaquina da Boa Morte, n. de SP; nm Antonio Pinto de Abreu e Sipriana Maria de Sant'Ana, n. Mogi das Cruzes; padr.: Capitão Antonio Correa da Costa e Angela Maria Teixeira. (Acervo Itamar Bopp - ficha 0971)

5-2-2-1-1-3-2 Ana Maria da Conceição casou com João da Silva de Araújo, filho de Jacintho Francisco de Araujo e Antonia Rosa. Pais de, e.o.: Fermina batizada em Resende em 09-05-1828.

09-05-1828 Fermina, f. João da Silva de Araujo e Ana Maria da Conceição; np Jacintho Francisco de Araujo e Antonia Rosa; nm Antonio Pinto de Abreu e Sipriana Maria; padr.: Vicente Francisco de Araujo e s/m Maria Nogueira (Acervo Itamar Bopp - ficha 1100)

5-2-2-1-1-3-3 Angela Francisca de Jesus, natural de Mogi das Cruzes. Em Resende aos 25-12-1832 casou com Joaquim Cunha Lima, dai natural, filho do Tenente José de Souza Lima e Francisca Maria de Jesus. Com geração em Resende.

25-12-1832 em Resende, Joaquim Cunha Lima, n/b nesta freguesia, f.l. Tenente Jose de Soiza Lima e Francisca Maria de Jesus; = cc. Angela Francisca de Jesus, n/b na vila de Mogi das Cruzes, f.l. Antonio Pinto de Abreo e Cipriana Maria de Santa Ana (Acervo Itamar Bopp - ficha 1493)

5-2-2-1-1-3-4 Ana Maria do Espirito Santo, natural de Mogi das Cruzes, em Resende aos 07-11-1842 casou com Marcos Jose de Almeida, viuvo de Maria Francisca de Jesus

07-11-1842 Marcos Jose de Almeida, viuvo de Maria Francisca de Jesus; = cc. Ana Maria do Espirito Santo, n. Mogi das Cruzes-SP, f.l. Antonio Pinto de Abreu e Supriana Maria de Santa Ana; test.: Ladislao Jose da Fonseca e Joaquim de Almeida Luz (Acervo Itamar Bopp - ficha 2032)

5-2-2-1-1-3-5 Teresa batizada em Resende em 07-02-1810.

07-02-1810 Teresa, n. 26-01, f.l. de Antonio Pinto de Abreo e Sipriana Maria de Santa Ana, naturais de Mogi das Cruzes; np Antonio Pinto de Abreo e Escolastica da Cunha, naturais de Mogi das Cruzes; nm João Gonçalves Cardoso e Angela Francisca das Neves, naturais de Mogi das Cruzes. Bat. em Resende pelo Padre Jose Antonio Martins de Sá (Acervo Itamar Bopp - ficha 0814)

5-2-2-1-1-3-6 Joaquina batizada em Resende em 22-03-1814.

22-03-1814 Joaquina, f.l. de Antonio Pinto de Abreu e Sipriana Maria de Santana, n. Mogi das Cruzes; np Antonio Pinto de Abreu e Escolastica da Cunha, naturais de Mogi das Cruzes; nm Jose Gonçalo Germano e Ana Francisca das Neves, n. Mogi das Cruzes; padr.: Capitão Victorino Correa da Costa e s/m Ana Teresa. Batizada na Matriz de Resende  pelo Padre João Urbano da Palma. (Acervo Itamar Bopp - ficha 0894)

Nota: engano na nomeação dos avós maternos.

5-2-2-1-1-4 Maria do Rosario casou com João Damaceno Sodre, filho de Antonio Pinto da Costa e Maria Eufrasia de Faria - família “Domingos Alves Ferreira”.

SL. 5, 322, 6-4 Maria do Rosario casada em 1799 na mesma vila com João Damasceno Sodré, natural de Jacarei f.o de Antônio Pinto da Costa e de Maria Eufrasia de Faria Sodré. V. 2.o pag. 500 onde foi omitido o f.o João Damasceno

5-2-2-1-1-5 Luzia da Cunha aos 22-01-1788 casou com Joaquim Nunes de Siqueira, f.l. Francisco Nunes de Siqueira e Ana Maria de Moraes - família “João Gonçalves Alentado”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 22-01-1788 Joaquim Nunes de Siqueira, f.l. Francisco Nunes de Siqueira e Ana Maria de Moraes, dos avos nada disseram = cc Luzia da Cunha, f.l.  Antonio Pinto de Abreu e Escolastica da Cunha, np Angelo Vaz Pinto e [danificado], nm Salvador da Cunha Gago e Maria Nunes nts desta freguesia.

5-2-2-1-1-6 Bento Pinto de Abreu, natural de Mogi das Cruzes. Em Resende-RJ aos 10-01-1797 casou com Ana Perpétua da Luz, natural de Mogi das Cruzes, filha de Antonio Pinto da Costa e Maria Eufrasia de Faria - família “Domingos Alves Ferreira”.

10-01-1797, na matriz de Resende, pelo vig.º Ant.º de Matos de Nobrega de Andrada. Bento Pinto de Abreo, n. de Mogy das Cruzes, f.leg. de Antonio Pinto de Abreo e Escolastica da Silva(sic), já defunta; = casou-se com Anna Perpetua da Luz, n. e batizada Mogy das Cruzes, f.leg. de Antonio Pinto (Acervo Itamar Bopp - ficha 0001)

5-2-2-1-3 José Pinto da Anunciação aos 16-10-1787 casou com Francisca Maria de Santa Ana, filha de José Correa de Miranda e Ignez Pedrosa, neta paterna de Francisco Alves Moreira e Domingas Correa de Miranda, neta materna de Bras da Costa e Izabel da Costa.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 16-10-1787 Jose Pinto da Anunciação, f.l. Angelo Vaz Pinto e Maria da Penha, np Luiz de Candia de Abreu e Margarida Vaz Pinto, nm Tome Moreira de Godoy e Branca das Neves= cc Francisca Maria de S. Ana, f.l. Jose Correa de Miranda e Ignez Pedrosa, np Francisco Alz Moreira e Domingas Correa de Miranda, nm Bras da Costa e Izabel da Costa.

5-2-2-1-5 Lina Pinta de Godoy em Mogi das Cruzes aos 15-02-1768 casou com Manoel Rodrigues do Prado, natural de Pindamonhangaba, filho de Miguel Correa Machado e Ana Leme do Prado, neto paterno de Manoel Alvares Ribeiro e Luzia Nunes da Silveira, neto materno de José Rodrigues do Prado e Margarida Vaz Pinta. Manoel Rodrigues do Prado não consta no rol de seus irmãos em SL. 3º, 306, 4-5.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 15-02-1768 Manoel Rodrigues do Prado, n. Pindamonhangaba, f.l. Miguel Correa Machado e Ana Leme do Prado, np Manoel Alvares Ribeiro e Luzia Nunes da Silveira, nm Jose Rodrigues do Prado e Margarida Vaz Pinta= cc Lina Pinta de Godoy, n. desta, f.l. Angelo Vaz Pinto e Maria da Penha, np Luiz de Candia e Margarida Vaz Pinta, nm Tome Moreira Velho e Branca de Moraes. Test.: Sarg. Mor João Pimenta de Abreu cc D. Escolastica de Camargo, e Antonio Jose Monteiro cc Joana Maria.

5-2-2-1-7 Josefa Maria de Jesus, em Mogi das Cruzes aos 14-02-1790, casou com João da Cruz de Oliveira Roxa, filho de João da Cruz de Oliveira e Maria da Rocha de Moraes, neto paterno de Jorge Velho de Oliveira e Leonor de Miranda natural da cidade de S. Paulo, neto materno de Guilherme Lopes e Teresa Franca, naturais de Mogi - família Braz de Piña.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 14-02-1790 João da Cruz de Oliveira Roxa, f.l. João da Cruz de Oliveira e Maria da Roxa de Moraes, np Jorge Velho de Oliveira e Leonor de Miranda n. da cidade de S. Paulo, nm Guilherme Lopes e Teresa Franca nts desta vila = cc Josefa Maria de Jesus, f.l. Angelo Vaz Pinto e Maria da Penha, np Luiz de Candia de Abreu e Margarida Vaz Pinto nts desta, nm Tome Moreira de Godoy e Blanca das Neves Raposo nts da cidade de S. Paulo.

 

5-2-2-2 Izabel Pinta de Jesus aos 31-01-1745 casou com João de Godoy Moreira, filho de Tomé Moreira Velho e Branca das Neves (tambem Branca Raposo de Moraes”, família “Godoys”.

5-2-2-3 Catarina Pimenta de Abreu em Mogi das Cruzes aos 10-05-1744 casou com João Cubas Ferreira fiho de Geraldo Cubas Ferreira e Antonia Furtada nts da vila de Taubate. Geração na família Maria da Cunha e Jeronimo da Veiga.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 10-05-1744 João Cubas Ferreira f.l. Geraldo Cubas Ferreira e Antonia Furtada nts da vila de Taubate = cc Catarina Pimenta de Abreu, f.l. Luiz de Candia de Abreu e Margarida Vaz Pinto, estes nts e moradores desta.

5-2-2-4 Lourenço de Candia, aos 06-03-1746 casou com Catarina de Sene, filha de João de Chaves e Maria Nunes de Siqueira

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 06-03-1746 Lourenço de Candia, f.l. Luiz de Candia e Margarida Vaz Pinta = cc Catarina de Sene, f.l. João de Chaves e Maria Nunes de Siqueira todos nts e moradores desta. Dispensados em 4º grau de consanguinidade

Entre seus filhos:

5-2-2-4-1 Angelo de Candia de Abreu aos 16-08-1791 casou com Rosa Maria do Monte, filha de Jose Correa de Miranda e Ignez Pedrosa, neta paterna de Francisco Alves Moreira e Domingas Fernandes do Prado

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 16-08-1791 Angelo de Candia de Abreu, n. desta, f.l. Lourenço de Candia de Abreu e Catarina de Sene de Jesus moradores no bairro de Batujuru, np Luiz de Candia de Abreu e Margarida Vaz Pinta, nm me não disseram os avos = cc Rosa Maria do Monte, n. desta, f.l. Jose Correa de Miranda e Ignez Pedrosa, np Francisco Alves Moreira e Domingas Fernandes do Prado, nm não disseram. Test.: Bernardo Jose de Jesus e Jose Pinto da Anunciação, casados.

5-2-2-4-2 Catarina Maria de Jesus aos 25-04-1786 casou com Joaquim Rodrigues de Carvalho, filho de João Bicudo Pereira e Catarina Gomes Nogueira, família “Miguel de Carvalho”.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 25-04-1786 Joaquim Rodrigues de Carvalho, n. desta, f.l. João Bicudo Pereira e Catarina Gomes Nogueira, np João Afonso e não souberam o nome da avo, nm Geraldo Fernandes Nogueira e Catarina Correa, todos ntes desta vila = cc Catarina Maria de Jesus, n. desta, f.l. Lourenço de Candia e Catarina de Sene, np Luiz de Candia de Abreu e Margarida Vaz Pinto, nm João de Chaves e Maria Nunes todos nts desta,

5-2-2-5 Ana do Espirito Santo, aos 23-10-1764 casou com Simião Pinto do Rego, filho de Felix da Cunha Nogueira e Izabel Pinta do Rego, np Agostinho da Cunha e Maria Fernandes Nogueira, nm Manoel Pinto do Rego n. da cidade de Lisboa e D, Maria da Luz Pimentel, os mais de Mogi das Cruzes.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 23-10-1764 Semião Pinto do Rego, f.l. Felix da Cunha Nogueira e Izabel Pinta do Rego, np Agostinho da Cunha e Maria Fernandes Nogueira, nm Manoel Pinto do Rego n. da cidade de Lisboa e D, Maria da Luz Pimentel natural e todos os mais acima desta dita vila= cc Ana do Espirito Santo, f.l. Cap. Luiz de Candia de Abreu e Margarida Vaz Pinta, np Sebastião de Candia e Catarina Pimenta de Abreu, nm Nuno de Goes e Izabel de Siqueira, todos nts desta mesma freguesia.

5-2-2-7 Rita batizada em 04-02-1728.

Batismos -  Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 04-02-1728 Rita, f.l. Luiz de Candia e Margarida Vaz Pinto, padr.: Domingos Fernandes Barbosa e Maria de Godoy.

5-2-2-8 Timoteo de Candia de Abreu, batizado em Mogi das Cruzes em 29-008-1766. Em Conceição dos Guarulhos aos 10-06-1766, casou com Maria de Siqueira, filha de Roque de Siqueira e Maria da Luz, naturais desta freguesia, neta paterna de Francisco de Barros e Catarina de Siqueira, neta materna de Feliciano Cardoso e Domingas Freire. Geração na família “Domingos Freire de Figueiredo”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 29-08-1729 Timoteo, f.l. Luiz de Candia e Margarida Vaz Pinta, padr.: Manoel Pimenta e Ana Maria da Silva mulher de Domingos Fernandes Belbezem.

 

Guarulhos, SP aos 10-06-1766 test.: Salvador Cubas de Camargo, casado e João Rodrigues dos Anjos, casado. Timoteo de Candia de Abreu, f.l. Luiz de Candia de Abreu e Margarida Vaz Pinta, natural da freguesia de Mogi das Cruzes, neto paterno de Sebastião de Candia e Catarina Pimenta naturais de Mogi das Cruzes, nbeto materno Nuno de Goes e Izabel de Siqueira ele de Mogi e ela da vila de Santos = cc Maria de Siqueira, f.l. Roque de Siqueira e Maria da Luz, naturais desta freguesia, neta paterna de Francisco de Barros e Catarina de Siqueira, neta materna de Feliciano Cardoso e Domingas Freire.

 

5-2-3 Jorge de Candia de Abreu, com 34 anos em 1714. Casou com Maria de Godoy de Medeiros (citada na GP como Catharina de Godoy de Medeiros), filha de Inacio de Godoy Moreira e Catharina de Unhatte de Medeiros em Catharina de Unhate de Medeiros - SL. II, 10, 2-2

Maria faleceu em 08-09-1732 no bairro da Penha distrito da cidade de S. Paulo. Foi inventariada em 06-01-1734 em Mogi das Cruzes. Jorge faleceu com testamento em 10-07-1739 e foi inventariado no ano seguinte, inventários neste site em SAESP não publicados. Compareceram quatro filhos do casal:

5-2-3-1 Catarina Pimenta, com 22 anos em 1733. Casada aos 03-02-1728 com Francisco Dias da Silva (ou Francisco da Silva Camacho), filho de Manoel Dutra Machado e Maria Machada.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, em 03 fevereiro de 1728 Francisco Dias da Silva, f. Manoel Dultra Machado e Maria Machada, todos da cidade de S. Paulo = cc Catarina Pimenta, f.l Jorge de Candia e Maria(sic) de Godois, desta vila. Test.: Luiz de Candia de Abreu

5-2-3-2 Úrsula, com 18 anos. Ursula de Godoy Moreira aos 23-08-1746 casou com Inácio da Cunha, filho de Pascoal Leite da Cunha e Teresa Machada.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 23-08-1746 Inacio da Cunha, f.l. Pascoal Leite da Cunha e Teresa Machada nts da cidade de S. Paulo = cc Ursula de Godoy Moreira, f.l. Jorge de Candia de Abreu e Maria(sic) de Godoy nts da freg. da Sra da Conceição e moradores e fregueses desta. Test.: Angelo Vaz Pinto e João de Godoy

5-2-3-3 Sebastião, 11.

5-2-3-4 Inácia, 8.

5-2-4 Aparicio de Candia, batizado em 16-11-1684.

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 16-11-1684 Aparicio f Sebastião de Candia e Catarina de Torres

5-2-5 Joseph de Candia, com 28 anos em 1714.

5-2-6 Maria da Apresentação de Abreu, com 23 anos em 1714, casada com Tomé de Góes da Silva. Maria faleceu em 24-01-1735. Geração na familia “Antonio Álvares Couceiro”.

Óbitos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 24-01-1735 fal. Maria da Apresentação de Abreu mulher de Tome de Goes da Silva. Testamenteiros João Domingues de Carvalho, Tome Pimenta de Abreu e Miguel Fragoso de ----.

5-3 Francisco Pimenta de Abreu, filho de Manoel Pimenta de Abreu e Catarina de Torres, não foi citado no rol de seus irmãos em SL. 1, 39, 4-5.

          Em Mogi das Cruzes aos 28-09-1685 casou com Domingas Antunes de Moraes (ou de Mattos), filha do falecido Paulo Pereira e Izabel de Moraes.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 28-09-1685 Francisco Pimenta, f. Mel P.ta de Abreu já defunto e Catarina de Torres = cc Domingas Antunes, f. Paulo Pr.ª já defunto e Izabel de Moraes, moradores desta vila.

          Domingas faleceu em 13-10-1733. Francisco já era falecido em 1745 (casamento do filho Francisco).

Óbitos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 13-10-1733 fal. Domingas Antunes de Mattos mulher de Francisco Pimenta de Abreu

Francisco e Domingas tiveram os filhos, q.d.:

5-3-1 Ana Antunes de Abreu casou com Diogo Adorno da Silva, natural de Santos-SP, filho de João Tomé Adorno e Mariana Tavares, naturais de Santos (citada como Ana Tavares Pinta no assento de casamento de Manoel 5-3-1-2 abaixo), neto paterno de Antonio de Sampaio e Maria Gonçalves, neto materno de Manoel Tavares e Fulana da Silva.

Mariana Tavares testou em 26-08-1700. Declarou filiação, o casamento com João Tomé, os sogros e a geração de cinco filhos de seu casal, dois machos e tres femeas (SL. 8, 440, 1-1 onde deve-se corrigir o nome da primeira mulher de João Tomé):

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Juizo de Residuos - auto de contas de testamentos

1704 Santos - Mariana Tavares

Testamento: aos 26-08-1700 eu Mariana Tavares (...).

Testamenteiros a João Thome Adorno, meu marido e a Antonio da Rocha do Canto.

Sou natural desta vila de Santos, f.l. de Manoel Tavares e de sua mulher [----]ana da Silva. Sou casada com o dito João Thome, filho de Antonio de Sampaio e de s/m Maria Gonçalves, de cujo matrimonio temos cinco filhos, dois machos e tres femeas que são nossos herdeiros. Meu casamento foi por carta de ametade. De todo o resto de minha terça deixo a minha filha Ilena. (...)

Cumpra-se como nele se contem. Santos 29-agosto-1700.

 

SL. 8, 440, 2-1 Diogo Adorno de Sampaio, que casou-se em Mogi das Cruzes com Ana Antunes de Abreu, f.a de Francisco Pimenta de Abreu e de Domingas Antunes de Moraes.

         Viúvo com provisão de 1757, Diogo casou segunda vez, com Luiza Maria de Jesus, batizada em Mogi das Cruzes em 20-01-1723, filha de Francisco Gomes Braga e de s/m Maria Francisca:

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano 1757 im 10 a 14

Diogo Adorno e Luiza Maria de Jesus, da vila de Mogi das Cruzes.

Autos de Casamento aos 05-julho-1757

Diogo Adorno da S.ª, f.l. de João Thome Adorno e de s/m Mariana Tavare da S.ª, naturais da vila de Santos e viuvo de s/m Ana Antunes.

Luiza Maria de Jesus, f.l. de Francisco Gomes Braga e de s/m Maria Francisca leme(sic),ja defunta, todos desta fregeusia de Santa Ana.

- aos 20-janeiro-1723 na capela de Santo Angelo bat a Luiza, f. de Francisco Gomes Braga e s/m Maria Francisca. Padrinhos o Reverendo Padre ----- fr. João do 

- inicio todo danificado - com 53 anos pouco mais ou menos. Não fez testamento, teve uma missa de corpo presente. Mogi 16-junho-1756

         Diogo faleceu em 10-04-1761. Teve de seu casamento com Luiza a filha:

- Maria, de 3 para 4 anos em 1761. Maria do Monte aos 03-06-1783 casou com Francisco José Pereira, filho de João Bicudo e Catarina Gomes Nogueira, neto paterno de João Afonso e Domingas de Goes, neto materno de Martinho Carvalho da Cunha e Domingas Nogueira, família “Miguel de Carvalho”, neste site.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 03-06-1783 Francisco Jose Pereira, f.l. João Bicudo e Catarina Gomes Nogueira, np João Afonso e Domingas de Goes, nm Martinho Carvalho da Cunha e Domingas Nogueira = cc Maria do Monte, f.l. Diogo Adorno e Luiza Maria, np(sic) Francisco Gomes Braga e Maria Francisca de Oliveira nts desta vila, nm não se souberam os nomes. Nota: avós da oradora trocados, maternos por paternos.

 

Ana e Domingos tiveram três filhos, segundo inventário deste (neste site, SAESP não publicados):

5-3-1-1 Maria Salomé, batizada em 09-03-1727. Casou com João Munhoz Paes

Batismos Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 09-03-1727 Maria Salome, f.l. Diogo Adorno e Ana Antunes de Abreu, padr.: Cap. Manoel Carvalho e Domingas Antunes todos desta vila.

5-3-1-2 Manoel Adorno da Silva, com 25 anos em 1761. Em agosto de 1763 casou com Josefa Rodrigues de Almeida, filha de Antonio Godoy de Almeida e Joana Simoa Rodrigues, neta paterna de Antonio Godoy Moreira e Mecia Rodrigues de Almeida naturais de Jacarei, neta materna de Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz Maciel, família “Joana Simoa Rodrigues”.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos desase[--] de agosto de 1763 Manoel Adorno da Silva, n. desta vila, f.l. Diogo Adorno da Silva n. da vila de Santos e Ana Antunes de Abreu n. desta vila, np João Tome Adorno n. vila de Santos e Ana(sic) Tavares Pinta da mesma vila, nm Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Moraes nts desta vila = cc Josefa Rodrigues de Almeida, n. cidade de S. Paulo, f.l. Antonio Godoy de Almeida e Joana Simoa Rodrigues n. desta vila, np Antonio Godoy Moreira e Mecia Rodrigues de Almeida nts de Jacarei, nm Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz Maciel, ambos nts desta vila.

5-3-1-3 Antonio, com 20 anos em 1761.

5-3-2 Manoel Antunes de Abreu aos 27-09-1742 casou com a viúva Helena Pedrosa de Jesus, filha de Matias de Goes da Sylva e Domingas Dias Antunes SL. 5, 320, 4-1.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 27-09-1742 Manoel Antunes de Abreu, f.l. Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Mattos = cc Helena Pedrosa de Jesus, viuva, f.l. Matias de Goes da Sylva e Domingas Dias Antunes, todos nts e moradores desta. Test.: Angelo Rodrigues e Simão Rodrigues da Cunha

Manoel e Helena tiveram, q.d.:

5-3-2-1 Ana Josefa de Jesus aos 17-10-1761 casou com Tomé Antunes, filho de Simão Antunes de Siqueira e Leonor Furtada da Luz, neto paterno de Jorge Antunes Dias e Domingas de Siqueira naturais de Jacarei, neto materno de Francisco Furtado de Andrade e Esperança Saraiva naturais de Guaratingueta.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 17-10-1761 Tome Antunes, f.l. Simão Antunes de Siqueira e Leonor Furtada da Lux, np Jorge Antunes Dias e Domingas de Siqueira nts da vila de Jacarei, nm Francisco Furtado de Andrade e Esperança Saraiva nts da vila de Guaratingueta = cc Ana Josefa de Jesus, f.l. Manoel Antunes de Abreu e Helena Pedrosa, np Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Mattos nts desta vila, nm Matias de Goes da Silva e Domingas Dias Antunes q disse ser natural desta vila e o avo de S. Paulo.

5-3-3 Antonio, batizado em 24-06-1692.

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 24-06-1692 Antonio, f. Francisco Pimenta e D.as Antunes, padr.: ----- Pimentel e Maria Quiteria

5-3-4 Catarina Pimenta de Moraes, segundo a GP, casou com Gaspar Carassa Pinto, filho de Marcelino Correa de Moraes e Maria da Cunha Carassa. Geração na família “Manoel da Cunha”.

SL. 5, 325, 6-3 Gaspar Carassa Pinto estava casado com Catharina Pimenta de Moraes, f.ª de Francisco Pimenta de Abreu e de Domingas Antunes de Mattos.

 

5-3-5 Izabel de Jesus de Moraes aos 02-07-1748 casou com Miguel de Godoy Moreira, filho de Francisco Vaz Moniz e Catarina do Prado naturais de Jacarei-SP

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 02-07-1748 Miguel de Godoy Moreira, f.l. Francisco Vaz Moniz e Catarina do Prado nts da freg. de Jacarei = cc Izabel de Jesus de Moraes, f.l. Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Matos, nts e moradores desta vila. 6-

5-3-6 Francisco Pimenta de Moraes, natural de Mogi das Cruzes, em Carrancas-MG aos 15-02-1745 casou com Petronilha Pinta, filha natural de Francisco Pinto Ramires e Helena Rodrigues

B7: Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 15-02-1745 Francisco Pimenta de Moraes, n. freg. Sta. Ana da vila de Mogi, f.l. Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Mattos, já falecidos; = cc Petronilha Pinta, n. da mesma freg. de Mogi, f. nat. Francisco Pinto Ramires e Helena Rodrigues.

Francisco e Petronilha tiveram os filhos, q.d.:

5-3-6-1 João de Deus Pimenta de Abreu, batizado em 27-04-1741. Casou com Madalena Maria Rodrigues de Jesus. Faleceu aos 26-07-1832 com testamento escrito em Candeias em 27-04-1831 (testamento neste site). Declarou quatro filhos e deixou legados a diversos netos.

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 27-04-1741 João, f. nat. Francisco Pimenta, solteiro e Petronilha Pinta, solteira, padr.: Antonio Bicudo, casado e Joana de ----

5-3-6-1-1 João Pimenta de Abreu, 2º testamenteiro paterno.

5-3-6-1-2 Joaquim José Pimenta, 3º testamenteiro paterno. Pai de, pelo menos, legatárias do avô paterno: “Ana = Maria = e Silvéria, a cada uma dez mil réis.”

5-3-6-1-3 Ana casada com Francisco José de Alvarenga. Foram legatários do avô materno: “a minha neta Maria, filha do dito Alvarenga = a meu neto Francisco, filho do Alvarenga = à minha neta Hipólita, filha do Alvarenga”.

          Em 1831 o casal comparece no censo de Candeias, ele com 45 anos, Ana com 43 e vários filhos:

Censo 1831 Candeias-MG, fogo 46

FRANCISCO JOSE DE ALVARENGA, chefe do fogo, branca, 45, casado, agricultor

ANNA ANTONIA, cônjuge, branca, 43, casado, costureira

FRANCISCO JOSE, dependente, branca, 21, solteiro, negociante

JOAO JOSE, dependente, branca, 20, solteiro

JOSE, dependente, branca, 15, solteiro

JOAQUIM, dependente, branca, 13, solteiro

ANNA, dependente, branca, 18, solteiro

MARIA, dependente, branca, 16, solteiro

HIPOLITA, dependente, branca, 11, solteiro

escravos 6

5-3-6-1-4 Maria, já falecida em 1831, foi casada com Capitão Manoel José Lemos e deixou quatro filhos: Maria, Joaquim, Manoel, e José.

5-3-6-1-4-1 Maria Felicia dos Reis em Campo Belo-MG aos 21-02-1829 casou com Antonio Bernardes Coelho, filho do Cel. Manoel Martins Coelho e Maria Bernardes.

Matriz da Nova Freguesia do Bom Jesus do Campo Belo-MG (e capelas filiadas), Candeias aos 21-02-1829 Alferes Antonio Bernardes Coelho, f.l. do Coronel Manoel Miz Coelho e D. Maria Bernardes = Maria Felicia dos Reis, f.l. do Capitão Manoel José Lemos.

5-3-6-2 Maria Pinta de Jesus aos 11-10-1775 casou com José Garcia de Oliveira, natural de Guaratingueta-SP, filho de José Garcia da Rosa e Maria da Rosa de Jesus

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 11-10-1775 José Garcia de Oliveira, f.l. Jose Garcia da Rosa e Maria da Rosa de Jesus, n/b na vila de Pindamonhangaba; = cc. Maria Pinta de Jesus, f.l. Francisco de Moraes Pinto e Petronilha Pinta Rami-(?), n/b na vila de Taubaté bispado de S. Paulo e de presente fregueses desta. Test.: Cap. Francisco Alves Landim, João Francisco do Valle e João da Silva Ribeiro de Queiroz.

5-3-6-3 Francisco de Sales Pimenta, batizado em 24-02-1746. Na ermida do Campo B elo em 16-06-1794 casou com Margarida de Cordona Leal, filha de Caetano Lemos do Prado e Inacia Lemes do Prado

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 24-02-1746 Francisco, f.l. Francisco Pimenta e Petronilha Pinta, padr.: Domingos da Cunha por pp que passou a Simão Barbosa, e Ignez Clara de Jesus mulher de Luiz Gomes.

 

Casamentos - Sta Ana das Lavras do Funil, aos 16-06-1794 Ermida do Campo Belo, Francisco de Sales Pimenta, f.l. de Francisco Pimenta de Moraes e Petronila Pinta Ramila, n/b na freg. de Lavras; = cc. Margarida de Cordona Leal, f.l. de Caetano Lemos do Prado e Ignacia Lemes do Prado, n/b freguesia de Taubaté Bisp. de S.Paulo.

5-3-6-4 Pedro Angelo Pimenta, batizado em 29-06-1748. Aos 15-09-1785 casou com Izabel Angelica de Moraes, filha de Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes, família “Antonio Borges da Costa”.

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 29-06-1748 Pedro n. aos 14 do mesmo mes, f.l. Francisco Pimenta e Petronilha Pinto moradores nesta freguesia, padr.: Manoel Coelho da Costa e s/m Francisca do Couto

 

Campanha,MG Igeja Santo Antonio matr.. Aos 15-09-1785 nesta matriz e sem impedimento. Pedro Angelo Pimenta, f.l. Francisco Pimenta de Moraes e Petronilha Pinta Ramires, n/b na freg.das Lavras das Carrancas= cc Izabel Angelica de Moraes, f.l. Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves, n/b nesta Campanha.

          Izabel Angelica foi inventariada em S. João del Rei em 1804. Compareceram nove filhos do casal:

Museu Historico de São João Del Rey - 1804-caixa 589:

Inventário - ano - 1804 - cx - 589.

Pesquisa: Décio Martins de Medeiros

Isabel Angélica de Morais - inventariada.

Pedro Angelo Pimenta - inventariante.

Herdeiros -

Maria Eufrásia de Morais, casada com Francisco José Correa.

Ana Angelica de Morais, casada com Caetano Machado Corvello.

Josefa 14 anos

Madalena 12 anos

Tereza 10 anos

Pedro 8 anos

Joaquim 6 anos

Francisco 4 anos

Isabel 11 meses

5-3-6-4-1 Maria Eufrasia de Moraes casada com Francisco José Correa.

5-3-6-4-2 Ana Angelica de Moraes casada com Caetano Machado Corvello. Ambos foram inventariados em Passos-MG em 1869. Deixaram 11 filhos. Inventário neste site, colaboração de Débora Castellano.

5-3-6-4-3 Josefa Vereciana de Moraes com 14 anos em 1804. Aos 14-09-1812 casou com Miguel Lopes da Silva, filho de João Carlos da Silva e Francisca Maria do Evangelho. Geração na família “Miguel Lopes da Silva”.

Casamentos - Sta Ana das Lavras do Funil, aos 14-09-1812 matriz, Miguel Lopes da S.ª, f.l. de João Carlos da Silva e Francisca Maria do Evangelho; = cc. Josefa Verecianna de Mor.s, f.l. de Pedro Angelo Pimenta e Izabel Angelica de Mor.s. Nts/bts nesta.

5-3-6-4-4 Madalena Rufina do Sacramento, com 12 anos em 1804. Aos 23-05-1814 casou com Manoel Domingues do Nascimento, filho de Vicente Ferreira do Nascimento e Maria Ribeira, familia Amaro Coelho Pereira.

Pesquisa realizada por Luis Antonio Villas Bôas no dia 29/MAR/2003 no microfilme 1285469, item 2, livro s/n de casamentos de Lavras (1793-1839 desordenado, faltando anos) onde à folha 124 consta : "Aos 23 de maio de 1814 nesta Matriz ... contrairam MANOEL DOM. DO NASSIM.to f.o legítimo de VICENTE FERREIRA DO NASCIMENTO e MARIA RIBEIRA, natural e batizado na freguesia de São João del Rei e MAGDALENA RUFINA DO SACRAMENTO f.a legítima de PEDRO ANGELO PIMENTA e de ISABEL ANGELICA DE MORAIS nascida e batizada nesta freguesia de S. Anna das Lavras do Funil. Foram testemunhas JOSÉ ANTONIO DE ABREU e VALENTIM EVANGELISTA FERREIRA."

5-3-6-4-5 Pedro, com 8 anos.

5-3-6-4-6 Joaquim, com 6 anos.

5-3-6-5 Manoel, batizado em 01-11-1750

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 01-11-1750 Cap. Nazare, Manoel, f.l. Francisco Pimenta e Pepetronilha(sic) Pinto, fregueses desta freguesia, padr.: Revdo. Francisco Fernandes Mendes e Francisca do Couto mulher de Manoel Coelho da Costa. E por não estar feito este assento o fiz.

5-3-6-6 Rosa, em 22-05-1753.

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 22-05-1753 Rosa, f.l. Francisco Pimenta e Petronilha Pinta nts de Mogi e fregueses desta, np de Francisco Pimenta e Domingas Antunes nts de Mogi, nm Manoel(sic) -- e não soube de donde é natural, padr.: ---cisco Jorge, solteiro e Julia do Nascimento mulher de Miguel Lopes.

5-3-6-7 José, em 01-11-1755

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 01-11-1755 cap. Rio Grande, Jose n. aos 22-10, f.l. Francisco Pimenta n. Mogi e Petronilha Pinta n. de S. Paulo, e não disse os avós, padr.: Miguel Lopes da Silva e Maria, solteira filha de Francisco Pimenta.

5-3-6-8 Ana, em 12-03-1758.

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 12-03-1758 cap. Nazare, Ana n. aos 03, f.l. Francisco Pimenta e Petronilha Pinta nts da vila de Mogi Bispado de S. Paulo, padr.: Manoel Gonçalves Lopes e s/m Narcisa Maria

5-3-6-9 Catarina, em 01-06-1760.

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 01-06-1760 cap. Porto Real, Catarina n. aos 23-05, f.l. Francisco Pimenta e Petronilha Pinta, nts de Mogi das Cruzes-SP, padr.: Alf. Manoel Pereira do Amaral e s/m Ana Maria do Nascimento.

5-3-6-10 Joaquim, em 10-11-1763

Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) aos 10-11-1763 cap. Nazaré, Joaquim, f.l. Francisco Pimenta de Moraes e Petronilha Pinta nts da vila de Mogi Bispado de S. Paulo, padr.: Custodio Jose Dias e Julia Maria mulher de Miguel Lopes, todos moradores desta freguesia.

5-3-6-11 Madalena Pimenta de Jesus aos 27-02-1786 casou com Joaquim Borges da Costa, filho de Miguel Borges da Costa e Thomasia Gonçalves de Mores, família “Antonio Borges da Costa”.

Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 27-02-1786 nesta matriz, Joaquim Borges da Costa, f.l. Miguel Borges da Costa e Thomasia Glz de Mores, n/b na freg. Campanha do Rio Verde; = cc.. Magdalena Pimenta de Jesus, f.l. Francisco Pimenta de Moraes e Petronilha Pinta Ramira, n/b freg. Lavras

5-3-6-12 Antonio Pinto de Moraes aos 27-05-1789 casou com Ana Francisca de Oliveira, filha de José Borges da Costa e Domingas Gonçalves de Moras, família “Antonio Borges da Costa”.

Campanha-MG - casamentos - aos 27-05-1789 na Ermida de S. José do Dr. Vigario da Vara Jose Bernardo da Costa. Antonio Pinto de Moraes, f.l. de Francisco Pimenta de Moraes e Petronilha Pinta Ramires, n/b na freguesia de Lavras do Funil; = Anna Francisca de Oliveira, f.l. de Jose Borges da Costa e Domingas Gonçalves de Moraes, n/b nesta

 

5-3-7 Ângelo, batizado em Mogi das Cruzes em 25-08-1705.

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 25-08-1705 Angelo, f. Francisco Pimenta e Domingas Antunes, padr.: Manoel Pinto ---- e Maria da Rocha.

5-3-8 Maria Madalena em 01-05-1707.

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 01-05-1707 Maria Madalena, f. Francisco Pimenta e Domingas Antunes de Mattos, padr.: Cap. Tome Moreira Velho e Mariana de Vasconcellos.

5-3-9 Filho ou Filha de Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Moraes, que teve:

5-3-9-1 Manoel de Freitas de Oliveira, neto de Francisco Pimenta de Abreu. Casou com Maria de Doria Pinta e foi inventariado em Mogi das Cruzes em 11-01-1727. Deixou dois filhos: Luzia com 2 e meio anos e Manoel com 10 dias:

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Manoel de Freitas de Oliveira 11-01-1727

capa: filhos: Manoel com 10 dias e Luzia com 2 anos.

 

Autos 11-01-1727 em casas de Francisco Pimenta compareceu a viuva Maria Pedoria(?) Pinta, a declarante.

Faleceu em meados de maio p.p.; foi somente casado com ela declarante;

dois orfãos menores, Manoel com 10 dias e Luzia com 2 anos e meio. Assinou a seu rogo Francisco Barbosa Pedroso

 

Tutor e curador a Antonio Pimenta de Abreu (aa Antonio Pimenta Paes)

orfãos Manoel e Luzia

Antonio Pimenta Paes, de mudança para lugar muito distante, requer a isenção da tutoria

Novo tutor 07-06-1729: Francisco Pimenta de Abreu foi encarregado da tutoria dos orfãos neste inventário, seus netos, em lugar de seu sobrinho Antonio Pimenta Paes, para que tratasse da segurança dos ditos orfãos filhos do defunto seu neto Manoel de Freitas (foto)

 

Aos 06-05-1735 a Diogo Adorno de Sampaio tutoria dos orfãos seus sobrinhos em lugar de seu sogro Francisco Pimenta de Abreu, ja decrepto.

 

Aos 23-05-1742 Diogo Adorno de Sampaio, por ausentar-se desta vila e nao saber qdo retornaria, requer a remoção da tutoria.

Os orfãos deste inventario tinha sua mãe Maria de Doria Pinta levado consigo para as Minas Gerais ha seis anos e deles não tinha mais noticias.

Nova tutoria em 1742: Manoel Antunes de Abreu,

Nova tutoria em 30-12-1782 Tutor e curador a Manoel de Abreu Fialho,

29-05-1786 Tutor dos orfãos ausentes a Matias Pereira.

16-10-1786 idem Manoel da Silva Machado.

Prestação de Contas 07-07-1789: os orfãos Manoel e Luzia ja estavam de maior idade e havia muitos anos que se mudaram para as Minas Gerais onde se casara a femea e tinha noticia de ser falecida deixando varios filhos. E o macho se achava morador no arrayal ou freguesia da Sra. de Nazare da comarca das mesmas minas.

 

6- Helena de Torres casou com Sebastião Gonçalves de Barros, natural de S. Paulo, filho de Domingos Gonçalves da Maya e Marta de Mendonça.

          Sebastião testou em Taubaté aos 22-maio-1668. Seu atestamento recebeu o cumpra-se em abril de 1669 e foi inventariado por Helena em 26-abril-1669. Alem da geração legítima descrita em SL. 6º, 456, 2-7, declarou uma filha bastarda e pediu a mulher para a ter consigo.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariado Sebastião Gonçalves de Barros - 1669

Testamento:(...) aos 22-maio-1668 eu Sebastião Glz de Barros (...) faço este testamento. Encomenda a alma. Testamenteiros a meu filho Domingos Gls da Maya e a meu genro Domingos Dias Arenço. Encomena o sepultamento e missas.

Sou natural da vila de São Paulo, f. de Domingos Gls da Maya e Marta de Mendonça. Sou casado com Ilena de Torres e tenho três filhos e quatro filhas vivas e outra filha que morreu e deixou uma filha que é minha neta por nome Angela Gls; estes são meus herdeiros forçados.

Declara dividas.

Minha filha Sebastiana de Torres casei dotando com Gabriel de Goes e morrendo tornei a casar com Manoel de Figueiredo. A minha filha Maria Glz casei com Domingos Dias Arenço. A minha filha Tareza(?) Gls casei com D.os Arenço Botelho. Meus filhos chamam-se Domingos Glz da Maya, e Lazaro de Torres, e Vicente Glz, os quais até agora me não tem gasto nada. Assim se meus genros quizerem herdar na minha fazenda com os meus herdeiros entrarão com seus dotes.

Deixo a minha neta, para ajuda de se casar, 4 peças do gentio da terra. A minha terça deixo a minha filha Izabel Gls. Declaro que tenho una filha bastarda que peço a minha mulher a tenha consigo como sua filha.

S. Francisco das Chagas da vila de Taubate aos 22-maio-1668 eu Antonio de Barros Frere o escrevi e assino pelo testador por não saber ler.

Cumpra-se como nele se contem S. Fr.co das Chagas 24-maio-1668 anos.

Cumpra-se como nele se contem S. Fr.co das Chagas 2?-abril-1669 anos.

 

Auto de inventário aos 26-abril-1669 em casas e pousadas de Dona viuva Ilena de Torres. Assina a seu rogo Manoel Paes Cordeiro. Assino a rogo de minha avó Ilena de Torres. Mel Paes Cordeiro.

 

Orfãos herdeiros nesta fazenda (idades pouco mais ou menos)

Domingos Glz, de idade 25 anos.

Izabel Glz, 15 anos

Lazaro de Torres 13 anos.

Vicente Glz de 11 anos.

 

Declarou a viuva Ilena de Torres que o testamenteiro Domingos Dias Arenço, pagou por conta do defunto seu filho Domingos Glz da Maya (...). Solicitou que o defunto seu filho Domingos Glz da Maya não entrasse em partilhas porquanto se tinha pago por ele mais do que cabe aos outros órfãos (...)

 

Partilha das peças, coube:

- a dona viuva.

- a orfã Izabel de Barros

- ao orfão Vicente Glz.

Helena e Sebastião tiveram oito filhos:

6-1 filha, ja falecida no testamento paterno, deixou a filha:

6-1-1 Angela Gonçalves, legatária do avô materno.

6-2 Sebastiana de Torres, casada duas vezes em vida do pai. Primeira vez casou com Gabriel de Goes e segunda vez com Manoel de Figueiredo, viuvo de fulana Rodrigues com o filho Manoel. Sebastiana testou em 16-agosto-1670. Seu testamento foi aberto em 29-02-1671 e foi inventariada por Manoel em Taubaté no mesmo ano.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariada Sebastiana de Torres - 1671

Autos no ano de 1671 em pousadas do inventariante Manoel de Figueiredo, marido que foi de Sebastiana de Torres. Declaro que foi o testamento acostado a este inventario aos 17 dias do mes de junho da era atras dita.

 

Titulo dos filhos, idade pouco mais ou menos:

Pascoal, 16 anos.

Joana de 11 anos.

Izabel de 9 anos

Catarina de 8 anos.

Sebastiana de cinco anos.

 

Testamento: (...) aos 16-agosto-1670 anos eu Sebastiana de Torres (...) fazer meus apontamentos da forma seguinte: encomenda a alma, sepultamento e missas.

Declaro que sou filha de Sebastião Glz de Barros, de Ds haja e de s/m Ilena de Torres e fui casada com Gabriel de Goes do qual tive dois filhos e uma filha dos quais herdeiros não tenho [danificado]. Declaro que a filha que tive casei com Antonio Marques.

Casei segunda vez com Manoel de Figueiredo do qual temos cinco filhos, quatro femeas e um macho. Declara bens.

Temos uma armação no sertão a qual levou meu genro Antonio Marques. O restante de minha terça deixo as minhas filhas que tenho de meu presente marido.

Declaro que a legitima de um filho que teve meu marido da primeira mulher, o que se achar no inventário.

Declaro que nos deve: João Luiz; meu compadre Domingos Dias Botelho; Domingos Arenço Botelho. (...) roguei a Francisco Luiz Correa o fizesse.

Cumpra-se como nele se contem. Hoje 29-fevereiro-1671 anos.

 

Declarou mais o dito viuvo Manoel de Figueiredo que é a dever esta fazaenda, como consta por certidão [danificado] Ana das Cruzes Amaro Paes --ariano da de [---] [rasgo]na Roiz primeira mulher que foi do dito viúvo [rasgo] o orfão Manoel, filho dos ditos a quantia de 20.500 reis os quais se abaterão dos bens desta fazenda

 

Gabriel e Sebastiana tiveram três filhos, dois machos (não nomeados) e uma fêmea:

6-2-1 Mariana de Góes casada com Antonio Marques.

6-2-2 filho

6-2-3 filho. Muito provavelmente, Gabriel de Góes que segue.

 

Sebastiana e Manoel tiveram cinco filhos (idade pouco mais ou menos em 1671):

6-2-4 Pascoal, 16 anos.

6-2-5 Joana 11 anos.

6-2-6 Izabel 9 anos.

6-2-7 Catarina 8 anos

6-2-8 Sebastiana 5 anos.

 

6-2-3 filho. Muito provavelmente, Gabriel de Góes casou com Ignez Gonçalves e foram moradores em S. Vicente e Taubaté onde deixaram os filhos, q.d.:

- Suzana de Góes

- Ignez de Góes

- Miguel de Góes.

 

6-2-3-1 Suzana de Góes, natural de S. Vicente, casou com Domingos Dias Felix falecido com testamento e inventariado em Taubaté em 1660, filho de Jaques Felix e Morzilho. Geração na família “Jaques Felix”, neste site.

 

6-2-3-2 Ignez Gonçalves (ou de Góes), natural de S. Vicente. Casou com Domingos Gomes da Costa, filho de João Gomes, inventariado em 1-6-1620 (SAESP vol.5º neste site) e Paula Gonçalves inventariada em 1684 em Mogi das Cruzes-SP - Aportes à GP: Paula Gonçalves cc João Gomes - SL Iº, 27 e 28, 2-4.

          Domingos foi inventariado em Taubate em 18-maio-1671, com testamento. Declarou onze filhos de seu casal, citados em S.L. 1º, 28, 3-4:

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariado Domingos Gomes da Costa - 1671

Autos aos 18-maio-1671 em sitio e fazenda que ficou do defunto Domingos Gomes.

Inventariante Ignez Glz, mulher do dito defunto. Assina a seu rogo João Glz Cota

 

Titulo dos Filhos (idades pouco mais ou menos):

- Manoel de Goes, 25 anos.

- Gabriel de Goes 23 anos.

- Antonio de Goes de 21 anos.

- João 19 anos

- Fernando 17 anos

- Domingos 15 anos

- Alvaro 13 anos

- Gaspar de 11 anos

- Francisco de dois anos

- Lourenço de coatro anos.

- Maria de idade de dez anos

 

Testamento: (...) aos 19-fevereiro-1671 eu Domingos Gomes pedi a Antonio de Barros se me fizesse este meu testamento: encomenda a alma. Testamenteiros a meu irmão Cap. Duarte Gomes e a meu filho Manoel de Goes. Encomenda o sepultamento e missas.

Sou casado com Ignez de Goes e temos dez filhos e uma filha os quais são meus herdeiros a saber: Manoel = Gabriel = Antonio = João = Fernando = Domingos = Alvaro = Gaspar = Francisco = Lourenço = e Maria. Declara bens, entre elews: tenho mais em Mogi 75 braças de terras partindo com meu irmão João Gomes, paragem chamada Tapiti.

Declara dividas e devedores, entre eles: devo a minha sobrinha Ana de Medeiros cinco patacas. Deixo de esmola a minha sobrinha Maria de Souza; a uma sobrinha minha, filha que foi de Manoel [danificado]; o que restar de minha terça deixo a minha filha Maria de Goes. (...) 19 de fevereiro de 1671 anos + de Domingos Gomes.

Aprovação

Cumpra-se como nele se contem, S. Francisco das Chagas hoje 12-março-1671

 

6-2-3-2-1 Manoel de Goes da Costa com 25 anos em 18-maio-1671, casou duas vezes. Primeira vez casou com Maria de Unhate Madruga, natural de Guaratingueta-SP, filha de João Machado Jacome e Beatriz de Unhate (SL. 8º, 202, 3-2). Maria testou em 29-10-1700. Seu testamento recebeu o cumpra-se em 12 de novembro e foi inventariada em 15-03-1701. Declarou filho único de seu casal.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

0- Inventariada Maria de Unhate Madruga 1701

Autos aos 15-03-1701 no termo desta vila sitio e fazenda que ficou de Maria Donhatte, mulher de Manoel de Goes da Costa, inventariante.

 

Testamento: aos 29-10-1700 eu Maria de Unhate Madruga (...) faço este meu testamento; encomenda a alma.

Testamenteiros: a meu pai João Machado Jacome e a meu marido Manoel de Góes da Costa; encomenda o sepultamento e missas.

Sou natural da vila de S. Antonio de Guaratingueta, f.l. de João Machado Jacome e de s/m Beatriz de Unhate. Estou casada com Manoel de Goes da Costa, de cujo matrimonio temos um filho por nome Domingos, nosso legitimo herdeiro.

A minha terça. liquidamente, deixo para meus pais João Machado Jacome e Beatriz de Onhate. (...) Maria de Unhate Madruga

Cumpra-se como pede Taubate 12-novembro-1700

Cumpra-se como nele se contem Taubate 12-novembro-1700

 

0 Titulo de filhos: Domingos, de idade 4 anos pouco mais ou menos.

 

0- 1717 Formal de Partilhas requerido pelo herdeiro Domingos Machado Fajardo.

Segunda vez com dispensa, Manoel casou com Ana Maria Ferreira (ou Dias) irmã de Gregorio Dias Ferreira, filha de Maria da Rocha, neta materna de Maria de Souza esta filha de Baltazar de Souza e Cecilia Gomes - Aportes à GP: Paula Gonçalves cc João Gomes - SL Iº, 27 e 28, 2-4.

ACMSP - Dispensas Matrimoniais

Manoel de Gois e Ana Maria Dias 06-abril-1700 anos

Parentes do 2º para o 4º grau ou o que na verdade se achar.

D.os Gomes e Sizilia Gomes foram irmãos legitimos, e do dito D.os Gomes procedeu Manoel Gois; e de Sizilia Gomes procedeo Maria de Souza e desta Maria de Souza Maria da Rocha, mãe da oradora.

São vindos de neofitos posto que em grau remoto.

Inquirição de Testemunhas 16-abril-1701 nesta vilsa de N. Sra da Conceição da Paraiba:

- Inocencio Correa, morador nesta vila, de idade 49 anos.

- Sebastião Bicudo, morador nesta vila, de idade 61 anos,

- Manoel Frz Cubas, estante nesta vila, de idade 40 anos.

Manoel testou em Taubate em 04-02-1721 com condesilio de 05-02-1721 abertos em 9 do mesmo mês. Declarou geração legítima e ilegítima. Foi inventariado por Ana em 17 de fevereiro do mesmo ano.

Inventariado Manoel de Góes da Costa - 1721

Testamento (...) aos 04-fevereiro-1721 eu Manoel de Goes da Costa (...) faço este testamento: encomenda a alma.

Testamenteiros aos senhores. João de Barros, Gregorio Dias Ferreira, João Rodrigues Montemor; encomenda o sepultamento e missas.

Sou natural da vila de S. Francisco as Chagas de Taubate, f.l. de Domingos Gomes da Costa e de Ignez Glz, ja defuntos. Fui casado na mesma vila com Maria de Unhatte e dela tive um filho unico por nome Domingos, meu herdeiro. Depois casei com a segunda por nome Ana Maria Ferreira da qual tive três filhos: Tome, Manoel, e Maria os quais todos com o da primeira mulher são meus herdeiros forçados. Declara bens - dividas - devedores. Meu casamento foi por carta de ametade. Herdeira universal do remanescente de minha terça a minha mulher Ana Maria Ferreira. Hoje vila de Taubate 04-fevereiro-1721 = Manoel de Goes da Costa.

Aprovação: aos --/--/1721

Cumpra-se

 

Condesilio (...) aos 05-fevereiro-1721 eu Manoel de Goes a Costa (...); encomenda a alma.

Testamenteiros: como ja determinei no meu testamento aos srs. João de Barros, Gregorio Dias Ferreira, João Rodrigues Montemor. Declaro que tenho três bastardas a saber Tomasia, que a criei sempre em conta de filha, que a trouxe do sertão das minas; e Maria e outra Maria as quais é minha vontade fiquem na companhia de minha mulher, isentas e livres. Deixo a minha afilhada Caterina, filha de meu compadre João de Barros 50$000 reis do remanescente de minha terça. Declaro que tenho uma filha adotiva a qual se chama Paula da Costa, a esta deixo da minha terça 50$000 reis; (...) Taubate 05-fevereiro-1721 Manoel de Goes ad Costa

Aprovação aos 05-fevereiro-1721

Cumpra-se como nele se contem.

Termo de abertura: 09-fevereiro-1721

 

Termo de desistencia da testamentaria que faz João de Barros - 12-fevereiro-1721

Aceitação que faz Gregorio Dias Ferreira - 18-fevereiro-1721

 

Auto de inventario aos 17-02-1721 nesta vila de S. Francisco das Chagas de Taubate em casas de morada de Gregorio Dias em cuja casa se achava a viuva que ficou do defunto Manoel de Goes da Costa chamada Ana Maria Ferreira para efeito de se fazer inventario dos bens que ficaram. Rogou a seu irmão Gregorio Dias Ferreira por ela assinasse.

 

Titulo dos herdeiros filhos da primeira mulher:

Domingos Machado, casado, dotado.

 

Titulo dos filhos deste matrimonio:

Maria da Costa Ferreira de idade 16 anos

Manoel Ferreira de idade 14 anos

Tome de Souza, de idade 5 anos.

 

Avaliações - Dividas -

          Ana Maria Ferreira faleceu em Barbacena-MG aos 12-01-1762, mais de quarenta anos depois de seu marido.

Igreja Nossa Senhora da Piedade (Barbacena-MG). Aos 12-01-1762 faleceu Ana Maria Ferreira, viuva de Manoel de Goes da Costa. Sepultada na matriz

 

6-2-3-2-1-1 Domingos Machado Fajardo, com 4 anos em 1701, filho único de Manoel e Maria de Unhate.

 

Filhos com Ana Maria Ferreira:

6-2-3-2-1-2 Maria da Costa Ferreira, com 16 anos em 1721.

6-2-3-2-1-3 Manoel Ferreira com 14.

6-2-3-2-1-4 Tome de Souza da Costa com 5 anos em 1721. Em Barbacena aos 28-02-1759 casou-se com Antonia Maria de Souza, daí natural e filha natural de Tomás dos Santos e Rita Maria de Jesus.

B7: casamentos Barbacena - matriz, aos 28-02-1759 Tomé de Souza da Costa, natural da freguesia de S. Francisco das Chagas de Tabate, bispado de SP, f.l. de Manoel de Góes da Costa, já defunto, e de s/m Anna Maria Ferr.ª, com An.ta Maria de Souza, n/b nesta, filha natural de Thomas de S.z e de Rita Maria de Jesus. Test.; F--- José Vaz de Abreu, viandante e Felix Antonio da Cunha, casado e morador nesta.

          Tomé e Antonia Maria tiveram os filhos batizados em Barbacena-MG, q.d.:

6-2-3-2-1-4-1 João, aos 14-12-1760

B7: batismos Barbacena - matriz aos 14-12-1760 JOÃO nascido aos 07, f.l. de Thomé de Souza da Costa e s/m Antonia Maria; np de Manoel de Góes da Costa e s/m Anna Maria Ferreira naturais da vila de Taubaté Bispado de S.Paulo; nm de Thomas dos Santos e s/m Ritta de Jesus. Padr.: Francisco Als da Assunção, solteiro.

6-2-3-2-1-4-2 José, aos 14-12-1760.

B7: batismos Barbacena - matriz aos 14-12-1760 JOSÉ nascido aos 07, f.l. de Thomé de Souza da Costa e s/m Antonia Maria; np de Manoel de Góes da Costa e s/m Anna Maria Ferreira naturais da vila de Taubaté Bispado de S.Paulo; nm de Thomas dos Santos e Ritta de Jesus. Padr.: José Luis solteiro e, Luisa de Jesus mulher de Manoel de Souza Gls.

6-2-3-2-1-4-3 Tomás, batizado aos 22-01-1764. Tomás dos Santos Souza casou primeiro com Quitéria Maria e em julho de 1810, viúvo, casou segunda vez com Ana Joaquina Rosa, filha de Joaquim José da Rosa e Rita Angélica

B7: batismos Barbacena - matriz aos 22-01-1764 TOMAS nascido aos 10, filho* (sic) de Manoel de Souza Costa, natural de Taubaté Bispado de S. Paulo e s/m Antonia Maria natural desta freguesia; np de Manoel de Góes da Costa e s/m Anna Maria Ferreira naturais da dita vila de Taubaté; nm de Tomas dos Santos e s/m Ritta Maria. Padr.: Vital Ferreira e s/m Martha de Miranda de Castilhos.

* (sic) a margem: filho de Tomé de Souza..

 

B7: casamentos - matriz aos  08 (?) de Julho de 1810 Thomas dos Santos da Costa, f.l. de Thomé dos Santos Sza. e de Antonia Maria, viuvo que ficou de Quiteria Maria; = Anna Joaquina da Rosa, f.l. de Joaquim Jose da Rosa e Ritta Angelica, n/b nesta matriz.

6-2-3-2-1-4-4 Francisco, aos 11-05-1766

B7: batismos Barbacena - matriz aos 11-05-1766 FRANCISCO nascido aos 03, f. de Thome de Souza da Costa natural de Taubaté Bispado de S. Paulo e s/m Antonia Maria natural desta; np de Manoel da Costa e s/m Anna Maria Ferreira naturais da vila de Taubaté; nm de Thomas dos Santos e s/m Rita de Jesus. Padr.: Manoel Frz Lima e s/m Theresa de Jesus.

6-2-3-2-1-4-5 Ana, aos 20-08-1769

B7: batismos  Barbacena - matriz aos 20-08-1769 ANA nascida aos 07, f.l. de Thome de Souza natural da vila de Taubaté e s/m Antonia de Jesus; np de Manoel da Costa natural da vila de Taubaté, já defunto, e Anna Maria natural da mesma vila; nm de Thomas dos Santos. Padr.: Alf. João Rois e Martha de Miranda.

 

Geração ilegítima:

Manoel de Góes da Costa declarou em testamento as três filhas bastardas: Tomasia, “que a trouxe do sertão das minas”; Maria e outra Maria.

 

Comparar com:

6-2-3-2-1-1b Tomasia de Souza, filha de Manoel de Góes da Costa e Domingas de Souza, casou duas vezes em Barbacena-MG. Aos 19-10-1733 casou com João Pires Pimentel, natural da freguesia da Conceição da cidade de São Paulo e filho de outro e de Joana de Serqueira, naturais da cidade de S. Paulo.

Pólis 30 copiados pelo Prof. João Paulo Ferreira de Assis. Barbacena, MG lv. 1-A, 111 verso, 19/10/1733, Matriz, João Pires Pimentel natural da Cidade de São Paulo, filho de João Pires Pimentel e de mãe incógnita, com Thomasia de Souza, natural de Taubaté, filha de Manoel de Góis e de Domingas de Souza.

          Tomasia, viúva, casou segunda vez aos 12-04-1758 com Manoel de Oliveira Paramos, natural de Paramos, Bispado do Porto, filho dos falecidos Manoel Domingues e Izabel João e viúvo de Izabel Antonia sepultada na freguesia de Paramos.

Barbacena, MG aos 12-04-1758 nesta matriz se receberam Manoel de Oliveira Paramos, n/b na freg. de Santo Tirso de Paramos comarca da Feira Bispado do Porto, f.l. de Manoel Domingues e de Izabel João, ja defuntos, e viuvo de sua primeira mulher Izabel Antonia que se acha sepultada na freguesia de Paramos = e Tomasia de Souza, n/b na freg. de S. Francisco das Chagas da vila de Taubate Bispado de S. Paulo, f.l. de Manoel de Goes da Costa e s/m Domingas de Souza, ja defuntos, e viuva de seu primeiro marido João Pires Pimentel que se acha sepultado na matriz desta freguesia da Borda do Campo. Test.: Antonio de Faria, Francisco Peixoto moradores nesta mesma freguesia. 

Tomásia e João Pires foram pais de, q.d.:

6-2-3-2-1-1b-1 Maria, batizada aos 18-08-1738.

Barbacena, MG aos 18-08-1738 bat a Maria, f.l. de João Pires Pimentel e de s/m Tomasia de Souza, foram padrinhos Francisco Frz e Maria da Conceição.

6-2-3-2-1-1b-2 Maria em 11-05-1741.

Barbacena, MG aos 11-05-1741 nesta matriz bat a Maria, f.l. de João Pires e Tomasia de Souza, foram padrinhos Francisco Pompeu, solteiro e Felipa [---] mulher de João de Barros.

6-2-3-2-1-1b-3 Manoel em 21-10-1743.

Barbacena, MG aos 21-10-1743 nesta matriz bat Manoel, f.l. de João Pires Pimentel, n. da freguesia de N. Sra. da Conceição de S. Paulo e de s/m Tomasia de Souza, n. de Taubate e moradores nesta dita freguesia da Borda do Campo, o qual nasceu aos onze dias do dito mes e ano. É npaterno de João Pires Pimentel e materno de Manoel de Goes da Costa e de Mexia Leme(sic), foram padrinhos Manoel de Araujo e Arcangela Pinheira dos Santos.

6-2-3-2-1-1b-4 Eugenia Maria de Jesus batizada em 11-11-1748. Aos 05-08-1765 casou com Lourenço Leme da Silva, natural de Itaverava-MG, filho natural de Domingos Leme da Silva e Maria Garcia. Com geração em Barbacena.

Barbacena, MG aos 11-11-1748 bat a Eugenia, f.l. de João Pires Pimentel e de s/m Tomasia de Souza, moradores no Sítio de Manoel Dias da Borda do Campo, naturais de São Paulo; neta paterna de João Pires Pimentel e de Joana de Serqueira, naturais de São Paulo; neta materna de Manoel de Goys da Costa e de Domingas de Souza, naturais de Taubaté. Padrinhos: Felipe Nery, solteiro, e Maria do Prado. Todos desta freguesia.

 

Barbacena, MG aos 05-08-1765 nesta matriz se receberam Lourenço Leme da Silva, n/b na freg. de Sto Antonio de Itaberava desta comarca, f. natural de Domingos Leme da Silva e Maria Garcia = com Eugenia Maria de Jesus, n/b nesta freguesia, f.l. de João Pires Pimentel e Tomasia de Souza. Foram testemunhas Francisco Peixoto de Carvalho e João dos Reis, moradores nesta freguesia.

 

6-2-3-2-2 Gabriel de Goes 23 anos em 1671, filho de Domingos Gomes da Costa e Ignez Gonçalves.

6-2-3-2-3 Antonio de Goes de 21 anos. Antonio de Góes da Costa faleceu em Taubate aos 12-08-1722 e foi inventariado em primeiro de outubro do mesmo ano por sua viúva Maria Aires de Aguirre.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariado Antonio de Góes da Costa 1722

Autos ao primeiro-outubro-1722 em casas e morada do defunto Antonio de Goes da Costa onde se achava a viuva do dito defunto Maria daguirre. Seu marido falecera a 12-agosto-1722, sem testamento.

 

Titulo dos filhos:

- Joseph Aires, casado

- Sezilia Gomes cc João de Godoy

- João Aires, solteiro, 18 anos.

- Catarina de Goes cc Pedro de Souza.

 

Avaliações - Dividas -

 

Autuação de Petição: 22-12-1722 - Diz Joseph Ayres, morador nesta vila, que ele se obrigou com negocios do defunto seu pai Antonio de Goes a Costa, com Luiz Pinto de Souza (...).

 

Autuação de Petição que faz Elena, bastarda aos 20-abril-1724.

Diz Elena, mulher bastarda, filha natural de Lourenço Correa Barbosa, homerm branco e de uma negbra do gentio da terra da administração de D. Maria de Aguirre moradora na vila de Taubate; que ela suplicante era legitimamente liberta, criada nela por filha de seu irmão (...) requer lhe seja dada sua liberdade.

Maria Aires de Aguirre faleceu em Campanha-MG em 12-08-1750

Campanha, MG Igreja Santo Antonio - aos 12-08-1750 faleceu Maria Ayres de Aguirre.

Foram quatro os filhos do casal:

6-2-3-2-3-1 José Aires, casado.

6-2-3-2-3-2 Cecília Gomes, casada com João de Godoy.

6-2-3-2-3-3 Catarina de Góes casada com Pedro de Souza.

6-2-3-2-3-4 João Aires Góes, solteiro com 18 anos em 1722. Faleceu na Campanha do Rio Verde-MG em 14-11-1762 com testamento de 15-09-1762. Foi casado com Joana Rodrigues Pedrosa, natural de Itu-SP. Teve geração legitima e natural:

Campanha, MG Igreja Santo Antonio - aos 14-11-1762 faleceu João Ayres Goes natural da vila de Taubate Bispado de S. Paulo, de idade 60 anos pouco mais ou menos, casado com Joana Rodrigues Pedrosa, filho leg. de Antonio de Goes da Costa e Maria Ayres de Aguirre, já defuntos. Sep. nesta matriz, fez testamento

Aos 15-09-1762 neste Arraial da Campanha do Rio Verde de S. Antonio do Vale da Piedade na paragem chamada Bom Jardim eu Joam Aires (...).

Testamenteiros Antonio de Barros Silva e m/mulher Joana Rodrigues Pedrosa, ao Cap. Miguel Pires.

Sou natural da vila de Taubate da Capitania da cidade de S. Paulo, f.l. Antonio de Goes da Costa e Maria Aires de Aguirre, ja defuntos = sou cc Joana Rodrigues Pedrosa natural da vila de Itu da dita capitania. de cujo matrimonio tivemos uma filha por nome Inacia Aires Pedrosa que se acha casada com Jose Correa de Macedo.

Declara bens = dividas = devedores

Instituo a dita minha filha Inacia Aires Pedrosa por minha universal herdeira, moradora na cidade do Rio de Janeiro.

Sitio ou Paragem do Bom Jardim do Arraial da Campanha do Rio Verde dia era ut supra - Joam Aires Gois = E declaro que tenho mais uma filha natural ou bastarda por nome Francisca de Oliveira a qual é casada com Joam da Costa Camargo e por ela não teve mais senão o vestuario, que a tive antes do matrimonio que contrai com a dita minha mulher e por isso é herdeira e a constituo por tal conjuntamente com a outra filha que ja nomeei = Joam Aires Gois

6-2-3-2-3-4-1n Francisca de Oliveira casada João da Costa Camargo.

6-2-3-2-3-4-1 Inacia Aires Pedrosa que se acha casada com José Correa de Macedo, natural de S. Martinho das Carvalhas termo de Barcelos, filho de Manoel Antonio da freguesia das Carvalhas e Maria Correa da freguesia de S. Tiago Arc. Braga.

6-2-3-2-3-4-1-1 Antonio Correa de Macedo casou com Joana Moreira de Castilho, batizada na Campanha em 20-06-1759, filha de Manoel Pinto de Souza e Maria Leme Moreira.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 20-06-1759 Joana, f.l. Manoel Pìnto de Souza e Maria Lemes Moreira, padr.: João da Silva Penella, solteiro e Tomasia Teixeira mulher de Jose Henrique.

Antonio e Joana tiveram, pelo menos, o filho:

         6-2-3-2-3-4-1-1-1 Pedro, batizado em 01-01-1779.

Campanha, MG aos 01-01-1779 nesta matriz bat a Pedro, nascido de dez dias, f.l.de Antonio Correa de Macedo e de Joana Moreira, nts desta campanha. Avos paternos Jose Correa e Inacia Aires, maternos Manoel Pinto de Souza e sua mulher, foram padrinhos Jose Rodrigues Mendes e o Cap. Antonio Rodrigues com pp de D. Maria Teresa mulher do Alf. Manoel, de Paiva.

6-2-3-2-3-4-1-2 José batizado na Campanha em 18-12-1755.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 18-12-1755 Jose n. aos 11, f.l. Jose Correa n. freg. das Carvalhas Arc Braga e Inacia Hayres n. desta freguesia, np Manoel Antonio da freg. das Carvalhas e Maria Correa da freg. de S. Tiago de --tis Arc. Braga; nm João Haires da vila de Taubate e Joana Rodrigues da vila de Itu Bispado de S. Paulo; padr.: P. João de Matos e Joana Rodrigues mulher de João Hayres todos desta freguesia.

6-2-3-2-3-4-1-3 Joana em 29-05-1757.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 29-05-1757 Joana, f.l. Jose Correa de Macedo n. freg. S. Martinho das Carvalhas termo de Barcelos e Inacia Ayres Pedrosa n. desta freguesia, padr.: Cap. Domingos Telles da Silva, solteiro e Antonia do Espirito Santo viuva de Antonio de Souza Rocha.

6-2-3-2-3-4-1-4 Maria em 11-10-1758.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 11-10-1758 Maria, f.l. Jose Correa de Macedo n. da freg. S. Martinho das Carvalhas termo da vila de Barcelos Arc. Braga e Inacia Ayres Pedrosa n. desta freg.; padr.: Jose de Oliveira, solteiro e Jacinta Maria de Jesus mulher de João Correa Pinto.

6-2-3-2-4 João 19 anos em 1671, fiho de Domingos Gomes da Costa e Ignez Gonçalves.

6-2-3-2-5 Fernando 17 anos

6-2-3-2-6 Domingos 15 anos em 1671. Domingos Gomes da Costa casou com Beatriz Barbosa, filha de Felipe de Gusmão e Branca Raposo (SL. 3º, 30, 3-1).

          Domingos faleceu em Taubate aos 25-03-1714 e foi inventariado por Beatriz em 19 do mês seguinte. Foram três os filhos do casal: Mateus, Branca e Maria.

          Beatriz casou segunda vez com Salvador Correa do Prado, natural de Guaratingueta, filho de Matheus Martins do Prado e Francisca Correa - família Guiomar de Alvarenga. Sem geração deste matrimônio.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariado Domingos Gomes da Costa

Inventariante Beatriz Barbosa

Autos aos 19-abril-1714 em casas de morada do Cap. Diogo Barbosa adonde a inventariante se achava. Seu marido falecera aos 27 dias do mes de março deste presente ano, no seu sitio paragem chamada Ipiaciama, não fizera testamento e que deste matrimonio ficaram três filhos: Mateus, Branca e Maria os quais eram seus legitimos herdeiros.

 

Monte Mor 645$320 reis

meação a viuva 322$660 reis

aos orfãos Mateus, Branca e Maria, todos juntos 322$660 reis

 

Tutor e curador dos orfãos o Cap. Diogo Barbosa do Rego, parente mais chegado dos órfãos.

Foi dado juramento ao Cap. Diogo Barbosa do Rego para ser tutor de seus sobrinhos Mateus, Branca e Maria

 

Diz a viuva Beatriz Barbosa que, para segurança da parte das legitimas, de seus filhos orfãos, que recebeu da por fiador a Antonio Veloso da Costa

6-2-3-2-6-1 Mateus Leme da Costa, assinou a rogo da mãe no inentário do padrasto.

          Casou com Maria da Veiga falecida em Taubate aos 15-10-1755 e inventariada em 20 de novembro do mesmo ano, filha de Francisco Borges Rodrigues e sua segunda mulher Francisca Cordeiro (da Costa ou da Veiga)- família os irmãos Furtado Cap. 1º.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventário de Maria da Veiga, moradora que foi no termo desta vila e nela mulher que foi de Mateus Leme da Costa.

Autos aos 20-novembro-1755 nesta vila em o sitio donde mora Mateus Leme da Costa, como cabeça de casal. Sua mulher havia falecido aos 15-outubro deste presente ano e não fez testamento

 

Titulo dos filhos:

1- Ignacia casada com Jose Rodrigues de Faria

2- Francisca cc Pedro Moreira de Castilho

3- Maria de idade 17 anos pouco mais ou menos, solteira.

4- Domingos, de idade de 14 para quinze anos, solteiro.

5- Salvador, de idade 12 anos pouco mais ou menos,

6- Joseph de idade 10 anos pouco mais ou menos,

 

Bens e avaliações - Dividas - Funeral -

 

Declaração de meio dote de Jose Rodrigues e de Pedro Moreira.

 

Auto de Partilhas - 07-fevereiro-1757

Pagamento feito ao inventariante Mateus Leme de sua meação 33$562 reis

Pagamento a Pedro Moreira por cabeça de sua mulher 8$820 reis

Pagamento a orfã Maria 8$820 reis

Pagamento ao orfão Domingos 8$820 reis

Pagamento ao orfão Salvador 8$820 reis

Pagamento ao orfão Jose 8$820 reis

 

Termo de conclusão 10-fevereiro-1757.

Mateus, em 1757 dispensados do impedimento de afinidade lícita em 4º grau, casou com Maria da Silva, batizada em Taubaté em 26-02-1721, filha de João do Prado da Silva cujo se chamava João Dias Leme e de sua mulher Messia de Freitas - família Sebastião Gil Cap. 3º.

Mateus e Maria a Veiga tiveram seis filhos e não sete com citado em S.L. 3º, 31, 4-2:

6-2-3-2-6-1-1 Inacia casada com José Rodrigues de Faria.

6-2-3-2-6-1-2 Francisca casada com Pedro Moreira de Castilho.

6-2-3-2-6-1-3 Maria com 17 anos em 1755.

6-2-3-2-6-1-4 Domingos com 14 para 15 anos.

6-2-3-2-6-1-5 Salvador com 12.

6-2-3-2-6-1-6 José Barbosa da Costa, batizado em Taubate aos 24-08-1747. Em 1772 tirou dispensa do impedimento de 4º grau para se casar com Marta Alves Moreira, batizada em 05-10-1743, filha de João Alvares Moreira e Gertrudes Garcia, neta paterna de Pedro Leme, já falecido em 1757, por este bisneta de Manoel Rodrigues Moreira e - família Gaspar Vaz Guedes, neste site.

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano 1772

Jose Barbosa da Costa e Martha Alz Moreira - 15-junho-1772

Autos de dispensa de 4º grau de consanguinidade, naturais e moradores na vila de Taubate Bispado de S. Paulo.

Que Branca Raposo era legitima irmã de Pedro Leme, ambos ja defuntos.

Q de Branca Raposa nasceu Beatriz Barbosa, desta Mateus Leme da Costa e deste procedeu o orador Jose Barbosa da Costa.

Q de Pedro Leme procedeu Ana Ribeira Leme** e desta nasceu João Alves Moreira e deste procedeu Marta Moreira que é a oradora.

**Obs: falta uma geração na descendência.

 

Depoimento dos contraentes Jose Barbosa da Costa, f.l. de Mateus Leme da Costa e de s/m Maria da Veiga, ja defunta.

Martha Alz Moreira, f.l. de João Alvares Moreira e de sua mulher Gertrudes Garcia, e sempre vivera debaixo do patrio poder

 

Testemunhas

Quer casar Jose Barbosa da Costa, f.l. de Mateus Leme da Costa e de s/m Maria da Veiga, ja defunta = com Martha Alz Moreira, f.l. de João Alvares Moreira e de sua mulher Gertrudes Garcia, todos naturais e moradores nesta vila de S. Francisco das Chagas de Taubate Bispado de S. Paulo.

Certidões: aos 24-agosto-1747 bat a Joseph, f. de Matheus Leme da Costa e de s/m Maria da Veiga, naturais desta freguesia, foram padrinhos Manoel Barbosa do Prado, solteiro e Ursula Izabel de Mello mulher de Timoteo Correa de Toledo todos moradores nesta freguesia.

- Aos cinco de 8bro de 1743 bat a Martha, f. de João [danificado] e de sua mulher Gertrudes Garcia, naturais desta freguesia, foram padrinhos Antonio [danificado] filho de [danificado]

6-2-3-2-6-2 Branca Raposo foi casada com Manoel Homem de Azeredo. Entre seus filhos:

6-2-3-2-6-2-1 Maria Bicudo casou com Miguel Rodrigues do Prado, filho de Manoel Paes da Fonseca e Joana do Prado de Siqaueira. Geração na família Sebastião Gil Cap. 5º.

6-2-3-2-6-3 Maria

6-2-3-2-7 Alvaro 13 anos

6-2-3-2-8 Gaspar de 11 anos

6-2-3-2-9 Maria de idade de 10 anos. Maria de Góes da Costa casou com Francisco Rodrigues Moreira, filho de Manoel Rodrigues Moreira e Maria Bicudo. Geração na família Gaspar Vaz Guedes.

6-2-3-2-10 Lourenço de 4 anos.

6-2-3-2-10 Francisco de 2 anos

 

6-2-3-3 Miguel de Góes, natural de S. Vicente. Casou com Maria Borges (ou Camacha), filha de Francisco Borges, inventariado em 11-9-1649 (SAESP vol. 39º, neste site) e Helena Rodrigues.

          Miguel testou em 18-fevereiro-1668 e foi inventariado no mesmo ano. Alem da geração legitima, descrita em S.L. 1º, 34, 5-9, teve uma filha de Vicencia, negra da terra, alforriada em testamento.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Miguel de Goes

Testamento: (...) aos 18-fevereiro-1668 eu Miguel de Goes faço este testamento na forma seguinte: encomenda a alma. Rogo a minha mulher Maria Borges e a meu cunhado Francisco Borges Roiz queiram ser meus testamenteiros. Encomenda o sepultamento.

Sou natural da vila de S. Vicente, filho leg. de Gabriel de Goes, ja defunto e de Ignez Gonçalves. Sou casado com Maria Borges de quem tenho duas filhas e sete filhos a saber: Ignez = Margarida = Luiz = Antonio = João = Gabriel = Francisco = Domingos = Miguel os quais são meus legitimos herdeiros, Declara bens. Declaro que Vicencia, uma negra da terra de que tive uma filha, deixo forra mas acompanhara sempre a minha mulher.

Declaro que dois bastardinhos que em casa se criaram, e se lhes não sabe pais, os quais deixo encomendados a minha mulher.

Declaro que meu cunhado o Padre Gaspar Borges. Deixo o remanescente da terça a minha mulher (...). Roguei a Domingos Roiz do Prado me fizesse este testamento hoje 18-fevereiro-1668 nesta vila de S. Francisco das Chagas = Miguel de Goes

 

Autos do inventário aos 27 do mes de sebro(sic) de 1668 neste sitio do defunto Miguel de Goes. Inventariante Maria Borges, dona viuva, assinou a seu rogo seu irmão Manoel Borges Couseiro.

Titulo dos Órfãos (idade pouco mais ou menos)

Antonio 12 anos.

Luiz de 15 anos.

João de 11 anos.

Gabriel de nove anos.

Francisco de sete anos.

Ines de 17 anos.

Margarida de cinco anos.

Domingos de 4 anos.

Miguel de 2 anos.

 

          Maria Borges foi inventariada em 30-abril-1697. Ines e Margarida não comparecem, nem são representadas no inventário materno:

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariada Maria Borges - 1697

Inventariante Antonio de Góes Camacho

Aos 30-abril-1697 em o sitio de Antonio de Góes Camacho.

Titulo dos herdeiros:

- Luiz de Góes Camacho.

- Antonio de Góes Camacho.

- João de Góes Camacho.

- Gabriel de Góes Camacho.

- Francisco de Góes Camacho.

- Domingos de Góes Camacho.

- Miguel de Góes Camacho.

 

20-junho-1703 apareceram os herdeiros que ficaram de Maria Borges: João de Goes/ Gabriel de Goes por seu pp Jose Dias Morgado/ Domingos de Goes/ Miguel de Goes por seu pp Luiz Rodrigues/ Francisco de Goes ausente/ Antonio de Goes Camacho por ele e sua mulher Maria Cardosa.

 

6-2-3-3-1 Ines de 17 anos em 1668. Não comparece, nem é representada, no inventário materno.

6-2-3-3-2 Luiz de 15 anos.

6-2-3-3-3 Antonio 12 anos em 1668

6-2-3-3-4 João de 11 anos.

6-2-3-3-5 Gabriel de nove anos.

6-2-3-3-6 Francisco de sete anos.

6-2-3-3-7 Margarida de cinco anos. Não comparece, nem é representada, no inventário materno.

6-2-3-3-8 Domingos de 4 anos.

6-2-3-3-9 Miguel de 2 anos.

 

6-2-6 Izabel 9 anos em 1671, filha de Sebastiana de Torres e de Manoel de Figueiredo. Izabel de Torres, seu filho foi legatário da tia Catarina de Torres:

6-2-6-1 João Jorge.

 

6-2-7 Catarina 8 anos. Catarina de Torres casou com Domingos de Oliveira. Faleceu com testamento de 15-12-1723 aberto em 21-08-1725 e foi inventariada por Domingos em 7 de dezembro do mesmo ano.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponinilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariada Catarina de Torres 1725

Autos aos 07-dezembro-1725 nesta vila inventariante seu marido Domingos de Oliveira.

Titulo dos filhos:

- Roberto de Macedo cc Marta de Miranda.

- Arcangelo, de maior.

- Antonio, de maior.

- Gabriel, ja defunto, depois do testamento.

 

Treslado do Testamento: (...) aos 15-dezembro-1723 eu Caterina de Torres (...) faço este testamento: encomenda a alma.

Testamenteiros: a meu marido Domingos de Oliveira e a meu filho Arcangelo de Oliveira e a João de Oliveira Gago; encomenda o sepultamento e missas.

Sou natural desta vila, f.l. de Manoel de Figueiredo e Sebastiana de Torres. Sou casada com Domingos de Oliveira de cujo matrimonio temos quatro filhos: Roberto de Macedo cc Marta de Miranda; Arcangelo; Gabriel e Antonio os quais todos são meus legitimos e universais herdeiros. Declara bens, dividas. Legados: a meu sobrinho João Jorge, filho de minha irmã Izabel de Torres, duas varas de pano de algodão. Remanescente da terça para o meu marido e por sua morte, ficando alguma coisa, lograrão meus filhos a dita deixa. (...) vila de S. Francisco das Chagas de Taubate 15-dezembro-1723 Caterina de Torres

Aprovação: 15-dezembro-1723

Abertura 21-agosto-1725

 

Partilhas e Pagamentos aos herdeiros Roberto de Macedo, Arcangelo de Oliveira, e Antonio Dias.

 

Diz Arcanjo de Oliveira que ele esta casado e tem de idade passando dos trinta anos, requer a folha de partilha. 1726.

 

         Domingos faleceu com testamento de 27-03-1732, aberto em 24 de setembro do mesmo ano. Foi inventariado em 22-10-1732.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariado Domingos de Oliveira, morador que foi nesta vila.

Autos aos 22-outubro-1732 nesta vila, no sitio em que morou o defunto Domingos de Oliveira.

Inventariante Roberto de Macedo, filho do dito defunto, em cujo poder existiam os bens do defunto seu pai.

 

Titulo dos filhos:

Roberto de Macedo, casado, de maior.

Arcanjo de Oliveira, casado, de maior.

Antonio Dias, ausente.

 

Bens - Avaliações - Partilhas -

 

Monte Liquido 207$990 reis.

Toca a terça 69$330 reis

Toca a cada um dos três herdeiros 46$220 reis.

 

Diz Roberto de Macedo, morador desta vila, que ele ha anos serve de tutor a seu irmão orfão Antonio, filho de Domingos de Oliveira, e tem muito trabalho (...) por cuja razão se lhe deve (...) a vintena dos juros.

Quitação que da o tutor Roberto de Macedo de 3$200 r que recebeu de vintenas (...). 27-janeiro-1759

 

Diz Roberto de Macedo, que ha 14 anos pouco mais ou menos tem servido de tutor do orfão Antonio, filho do defunto Domingos de Oliveira de quem são filhos, e como se acha com cinco filhos e com 74 anos de idade, que não quer continuar (...).

Dando contas, notifique ao Cap. Antonio Coutinho Cordeiro para assinar termo de tutoria. Taubate 10 de 7bro de 1760.

Auto de Contas aos 12-setembro-1760.

 

Termo de tutor e curador aos 15-setembro-1760 a Antonio Coutinho Cordeiro ao orfão Antonio deste inventário.

 

Julgo as contas tomadas ao tutor Jacinto Antonio Carmo. Taubate 14-novembro=1764.

 

 (...) novo tutor a Gabriel de Araujo Torres. Taubate 22 de 8bro de 1771

Auto de contas aos 28-setembro-1774.

 

Tutor o Alf. Felis Correa Leme por ser parente do dito orfão.Taubate 30-setembro-1774

 

Diz Antonio de Oliveira do Prado, morador nas minas do Cuiaba, por seu procurador o Sargento Mor Manoel Lopes de Leão desta vila, que o suplicante se acha casado como consta da certidão junta, e com idade de setenta anos pouco mais ou menos como constara do inventário que se fez neste Juizo dos bens do defunto Domingos de Oliveira pai do suplicante, a quem se fez quinhão no dito inventario e partilhas por ser legitimo herdeiro. (...) quer arrecadar sua legitima pela razão de ter casado e ter capacidade de reger seus bens.

 

Procuração que faz: Antonio de Oliveira, morador do Rio Coxipo e seu termo desta mesma vila

Data: 06-abril-1776 nesta vila Real do Sr. Bom Jesus de Cuiaba

Procuradores Nomeados: nesta mesma vila ao Ten. Francisco Dias da Cruz Cordeiro, o Lic. Jose Barbosa de Sá, o Cap. Jose da Cruz --- e Faria.

Na vila de Itu e em toda parte a Francisco Novaes de Magalhães;

na Araritaguaba Domingos da Rocha de Abreu e a seu filho Domingos da Rocha de Abreu e o Cap. Andre Dias de Almeida

 

Substabelecimento:

Data: 23-novembro-1778 nesta vila de Itu.

Francisco Novaes de Magalhães, morador nesta vila, procurador bastante reytro.

Substabelecia (...); Cap. Mor Manoel de Oliveira Cardoso, Sarg. Mor Lopo dos Santos Serra, Manoel Jose da Encarnação, na cidade de S. Paulo.

Na vila de Taubate o Cap. Mor Bento Lopes de Leão, o Sarg. Mor Manoel Lopes de Leão, Euzebio da Cunha e Simão Martins (...).

 

Termo de nova tutoria - aos 03-janeiro-1778 a Thimoteo Pires de Godoy, morador nesta mesma vila, casado e parente do orfão Antonio deste inventario, seu tio (...).

 

Treslado do testamento do defunto Domingos de Oliveira.

(...) aos 27-março-1732 eu Domingos de Oliveira (...) faço este testamento: encomenda a alma.

Testamenteiros: Sr. João de Barros de Alcaçova e ao Sr. João Ribeiro Maciel; encomenda o sepultamento e missas.

Sou natural da vila de Indahy(sic), f.l. de Antonio de Oliveira e de s/m Maria das Neves Gil. Fui casado nesta vila de Taubate com Catarina de Torres, de cujo matrimonio tivemos três filhos as saber: Roberto de Macedo/ Arcango de Oliveira que já são casados; e Antonio de Oliveira que esta ausente e não é casado; os quais são meus legitimos e universais herdeiros.

Declaro que meu filho Antonio não esta inteirado da legítima de sua mãe, e os outros estão satisfeitos. Declara bens e devedores. Da minha terça instituo universais herdeiros, depois de pagas as minhas dividas e cumpridos meus legados, do que restar aos meus testamenteiros em adjunto com meus filhos, que repartam entre si igualmente. (...) Vila de São Francisco das Chagas de Taubate aos 28-março-1732 Domingos de Oliveira.

Aprovação 30-março-1732

Abertura: 24=setembro=1732 nesta vila me foi apresentado o testamento de Domingos de Oliveira, com que faleceu, de que fiz este termo.

Cumpra-se

 

Recibos diversos.

 

         Foram quatro os filhos do casal:

6-2-7-1 Roberto de Macedo casado com Marta de Miranda da Veiga, filha de Jeronimo da Veiga Correa e Maria Moniz de Miranda - família Maria da Cunha e Jeronimo da Veiga, neste site.

          Roberto, tutor de seu irmão ausente Antonio de Oliveira, com 74 anos declarados em 1760, com cinco filhos.

6-2-7-2 Arcangelo de Oliveira. Em 1726, casado, requereu sua folha de partilha.

6-2-7-3 Gabriel, falecido depois de 15-12-1723 (testamento materno) e antes da abertura do inventário (07-12-1725).

6-2-7-4 Antonio Dias, maior. Antonio de Oliveira (do Prado) morador nas minas do Cuiaba, com 70 anos em 1776, casado, requer sua legítima por seu procurador.

 

6-3 Maria Gonçalves casada com Domingos Dias Arenço, dotada pelo pai.

6-4 Teresa(?) Gonçalves casada com Domingos Arenço Botelho filho de outro e de Ana Ribeira de Escobar. Geração na família Domingos Arenço Botelho.

6-5 Domingos Gonçalves da Maia com 25 anos em 1669. Faleceu durante a inventariança.

6-6 Izabel Gonçalves ou de Barros, com 15 anos em 1669. Herdeira da terça paterna.

6-7 Lazaro de Torres, com 13 anos. (citado na GP como Nazario).

6-8 Vicente Gonçalves, 11 anos.

 

7 Mateus Gomes de Torres casou com Mariana Cardosa. Mateus faleceu com testamento e foi inventariado em 1671 em Mogi das Cruzes. Nomeou testamenteiro o cunhado Manoel Machado de Souza e tutor de seus filhos seu irmão João de Torres.

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin

Mateus Gomes de Torres - 1671

Autos: 21-05-1671 em casas de Mariana Cardosa, mulher do defunto.

Juramento dado a Manoel Machado como testamenteiro em lugar da viuva Mariana Cardosa por estar na roça indisposta.

Herdeiros: a viuva e os filhos: Francisco = Matheus = Antonia = Maria = e Ana.

Recibo: Manoel Machado de Souza como testamenteiro de seu cunhado Matheus Gomes,

Curador e tutor dos órfãos seus sobrinhos a João de Torres, vindo do sertão.

Testamento

[-----------------] Maria, Ana, os quais são todos herdeiros.

Testamenteiro meu cunhado Manoel Machado de Souza e por curador de meus filhos meu irmão João de Torres.

Sou filho de Lazaro de Torres e Maria de Macedo.

Cumpra-se 17-07-1671

          Foram filhos do casal:

7-1 Francisco

7-2 Mateus

7-3 Antonia

7-4 Maria

7-5 Ana.

 

8- Domingas de Torres casada com Manoel Machado de Souza, testamenteiro do cunhado Mateus Gomes de Torres supra. Pais de, q.d.:

8-1 Maria Machada (ou de Souza) foi a segunda mulher de João Gonçalves Alentado, tronco da família “João Gonçalves Alentado”.

 

8-2 Antonio Machado de Souza, batizado em 1680. Em 1701 casou com Potencia da Cunha (ou Vaz), filha de Domingos de Góes de Mendonça e Mariana da Cunha, família “Domingos de Góes” e SL. 5, 133, 3-8 onde Antonio é citado como filho de Francisca de Torres.

Batismos Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, em 1680, Antonio, f Manoel Machado de Sz e Domingas de Torres

 

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, ano 1701 Antonio Machado, f. Mel Machado e Domingas de Torres = cc Potencia da Cunha, f. ---- de Goes e Mariana da Cunha.

 

          Potencia faleceu em 30-07-1734 e foi inventariada em setembro do mesmo ano. Deixou dois filhos de seu casal:

Óbitos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 30-07-1734 fal. Potencia da Cunha mulher de Antonio Machado de Souza

 

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin

Pontenciana da Cunha - 15-09-1734

Inventariante cabeca de casal Antonio Machado de Souza

Faleceu com testamento no  distrito desta vila aos 29-07 deste presente ano e fora casada somente com ele inventariante e tiveram dois filhos: Joseph e Francisco

Joseph 23 anos e Francisco, 30 anos mentecapto

8-2-1 Francisco, com 30 anos em 1734, mentecapto.

8-2-2 Joseph, com 23 anos. José de Góes Machado aos 05-02-1739 casou com Luzia Pedrosa, filha de Domingos João Ribeiro e Maria Pedrosa de Jesus

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 05-02-1739 Jose de Goes Machado, f.l. Antonio Machado de Souza e Potenciana da Cunha = cc Luzia Pedrosa, f.l. Domingos João Ribeiro e Maria Pedrosa de Jesus. Todos desta.

8-2-2-1 Maria Madalena, em Mogi das Cruzes aos 22-07-1770, casou com Francisco Rodrigues (ou Alves) Nogueira, de quem foi a terceira mulher. Geração em 3-4-2-4 supra.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 22-07-1770 Francisco Rodrigues Nogueira, f.l. João Rodrigues Nogueira e Maria Rodrigues de Escudeira, falecidos, viuvo de Antonia Maria da Assunção, np e nm não sabiam= cc Maria Madalena, f.l. Jose de Goes Machado e Luzia Pedrosa, falecidos, np Antonio Machado de Souza e Potencia da Cunha, nm Domingos João e Maria Pedrosa, todos nts desta

 

9- Lazaro de Torres, o moço. Provavel filho ou neto do tronco. Casou com Francisca de tal e batizaram filhos em Mogi das Cruzes:

9-1 Manoel, em 17-03-1662.

Batismos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 17-03-1662 Manoel, f. Lazaro de Torres, o moço e Francisca Freitas(?).