PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

JOÃO GONÇALVES DE MELLO

Aportes à Genealogia Paulistana

(atualizado em 09-novembro-2016)

 

 

SL. 7, 130, 3-4 Lourenço Correa Pires foi casado com Catharina Bueno do Prado, natural de S. Paulo, † com testamento em 1764, f.ª de Balthazar da Costa da Veiga e de Maria Bueno de Mendonça, V. 3.º pág. 210; faleceu em 1739 em S. Paulo, e teve: 4-1 a 4-8.

4-3 Rosa Maria Bueno casou em 1720 com Antonio de Moura f.º de Luiz de Moura e de Luiza Monteiro, de Santos (C. Ec. de S. Paulo).

4-6 Maria Leme de Oliveira estava casada com Manoel Ferreira (Pereira, doadores do patrimônio do sobrinho Padre Vitoriano).

 

 

Regina Moraes Junqueira

Bartyra Sette

 

 

João Gonçalves de Mello nasceu na Freguesia de Santo Estevão, Termo de Chaves do Arcebispado de Braga, filho de Francisco Gonçalves e Anastácia Pires, da mesma freguesia (batismo do filho José)

Pelos meados do séc XVIII vivia na paragem chamada Recôncavo da Lagoa Verde, Aplicação da Capela de Nossa Senhora da Conceição da Barra, Freguesia de Nossa Senhora do Pilar da Vila de São João del Rei, onde possuía fazenda e lavras minerais. Em São João del Rei era Irmão Terceiro das Ordens do Carmo e do Santíssimo Sacramento.

Casou em primeiras núpcias com Maria Cleofa Bueno, filha do Licenciado Antonio de Moura e Dona Rosa Maria Buena de Moraes.

Silva Leme localizou o casamento de Antonio e Rosa Maria em São Paulo no ano de 1720, sem mais notícias sobre o casal.

Licenciado Antonio de Moura nasceu na Freguesia de Santa Justa de Lisboa, filho de Luiz de Moura e Luiza Monteiro da mesma freguesia de Santa Justa.

Antonio e Rosa Maria foram para a região de São João Del Rei, onde nasceram seus filhos.

Segundo o processo “de genere” dos padres Vitoriano da Paixão e Francisco Ferreira da Silva, ambos neste site, tiveram ao menos:

- Maria Cleofa Bueno, também referida como Maria Cleofa de Moura Buena, batizada na Capela de Santo Antonio do Rio das Mortes Pequeno, foi a primeira mulher de João Gonçalves de Mello.

- Padre Victorianno da Paixão, natural de São João Del Rei, com 64 anos em 1797. Requereu “De Genere” em 1758 (neste site). Foram doadores de seu patrimonio os tios Maria Leme de Oliveira casada com Manoel Ferreira Pereira.

- Padre Francisco Xavier de Moura habilitou-se ao sacerdócio juntamente com os irmãos Vitoriano e Manoel. Em 1797 tinha 61 anos. Ditou seu testamento na Fazenda do Tanque em 23-11-1807. Foi inventariado em 1809 (testamento e inventário, neste site, colaboração de Moacyr Villela).

- Manoel Correa de Oliveira

inserido no De Genere de Francisco Ferreira da Silva 1-5 abaixo

“Vistos estes autos de Inquirição de Genere / a favor dos habilitandos Francisco Xa/vier de Morais, [sic] e seus Irmãos Vitori-/ano da Paixão Correa, e Manoel Cor/rea de Oliveira, testemunhas inqui/ridas, e documentos juntos mostra-se que os habilitandos são naturais deste / Bispado, filhos legítimos do Licenciado / Antonio de Moura, natural da fregue-/sia de Santa Justa da Cidade de Lisboa / e de Rosa Maria Buena de Morais (...)”

 

 

Descendência de João Gonçalves Mello

 

João Gonçalves Mello casou duas vezes: primeiro com Maria Cleofa Bueno e em segundas com Ana Quitéria de Souza, filha de José da Costa Fialho e Maria de Souza Delgada, família “José da Costa Fialho”.

Maria Cleofa faleceu na Paragem da Lagoa Verde com inventário aberto aos 16-10-1747 (neste site) deixando filha única, que não consta na Genealogia Paulistana.

João faleceu aos 17-02-1772 e foi inventariado por sua segunda esposa Ana Quitéria. Deixou geração dos dois casamentos. (inventário neste site)

 

João e Maria Cleofa tiveram:

 

1- Maria Cleofa Bueno, batizada aos 25-07-1747 em Conceição da Barra, casou com José Ferreira da Silva, natural e batizado na Freguesia de Santa Cruz de Albergaria Velha Bispado de Coimbra, filho de Rafael Fernandes (ou Ferreira) da Silva natural da Freguesia de Albergaria a Velha, e Maria Marques da Silva natural da Freguesia da Ribeira de Fragoas Bispado de Coimbra (batismo do filho Francisco).

Foram proprietários da Fazenda Ribeirão da Paciência na Aplicação da Capela de São Gonçalo do Brumado.

          José faleceu aos 15-03-1810 e Maria Cleofa aos 14-02-1824 com testamento ditado em 12-09-1822. Tiveram oito filhos segundo seus inventários, neste site:

1-1 José Ferreira da Silva, batizado em 15-01-1767. Casou com Custódia Ferreira de Jesus, filha de Manoel Ferreira Carneiro e Feliciana Cardosa de Andrade. Geração na família “Origem dos Carneiros - Costa Rios”.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 15-01-1767 Jose, f.l. Jose Ferreira da Silva da freg, de Santa Cruz da Albergaria Bispado de Coimbra e Maria Cleofa Bueno, da freg. do Pilar Bispado de Mariana, np Rafael Ferreira da Silva e Mariana Marques da Silva, da dita freguesia de Santa Cruz, nm João Gonçalves de Mello, da freg. de Santo Estevão e Maria C. Bueno, da freg. do Pilar Bispado de Mariana, padr.: Padre Matias Antonio Salgado e Maria Gomes de Oliveira.

1-2 Manoel Ferreira da Silva, batizado em 10-10-1768. Contratado para casar com Mariana Moreira de Souza, filha de Antonio Moreira Ribeiro e Juliana de Souza Soares (Os Ribeiro da Silva de São Gonçalo do Brumado, Cap. 2º, em Famílias, neste site).

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 19-10-1768 Manoel, f.l. Jose Ferreira da Silva da freg, de Santa Cruz da Albergaria Bispado de Coimbra e Maria Cleofa Bueno, da freg. do Pilar Bispado de Mariana, np Rafael Ferreira da Silva e Mariana Marques da Silva, da dita freguesia de Santa Cruz, nm João Gonçalves de Mello e Maria Cleofa Bueno, padr.: Cap. Manoel Ferreira Godinho e Maria Josefa da Conceição, viuva

          Tenente Manoel já era falecido em 1810 e foi representado no inventário paterno pelos filhos do casal (idades em 09-07-1810):

1-2-1 Maria Madalena da Silva, quinze anos. Casou com João da Silva Pereira Gomes, filho natural de Ana Praxedes de Paiva Magalhães (família “Joaquim Pinto de Magalhães” § 2º). Em 1825 eram moradores em S. João del Rei.

         João foi inventariado em 10-11-1857. Em 10-08-1870 Maria Madalena fez partilha de seus bens, reservando-se a terça, faleceu aos 21 do mesmo mês. Fez-se inventário da terça em 1871.

         Segundo seus inventários (neste site) Maria e João tiveram seis filhos:

1-2-1-1 Mariano Pereira da Silva Gomes com 44 anos em 1857, viúvo, morador na Vila do Rio Preto. Em 1870 estava casado com Paulina Carolina Gomes.

1-2-1-2 Tenente Francisco Pereira da Silva Gomes, com 42 anos, casado com Maria Madalena da Silva, moradores na Freguesia de Cabo Verde termo da vila de Caldas Comarca do Sapucaí

1-2-1-3 Mecias Carolina de Jesus, com 40 anos, casada com Antonio Ribeiro do Prado

1-2-1-4 Matildes Carolina de Jesus, com 38 anos, casada com Carlos Luis Guilherme Gaed. Em 1871 Matildes era viúva. Pais de, pelo menos:

1-1-1-4-1 João Luis Guilherme Gaede, assina pela avó na partilha de 1870.

1-2-1-5 Mariana Cândida de Jesus, com 36 anos, viúva de Francisco Kapler. Em 1870 estava casada com José Marcelino Pereira.

          José Marcelino, filho de pais incógnitos, foi primeiro casado com Micaela Jesuína da Anunciação (Família “Os Alves Antunes”, neste site).

          Mariana faleceu aos 08-05-1894 com inventário aberto no mesmo ano por seu genro. Deixou um sobrado na Rua Duque de Caxias e uma casa térrea na Rua do Comércio. Sem geração do segundo marido, Mariana Cândida teve do primeiro (inventários do casal neste site):

1-2-1-5-1 Mariana Cândida Kapler, batizada em São João Del Rei aos 20-07-1848, com certidão transcrita no inventário paterno:

Aos vinte dias do mês de Agosto de mil oitocentos e quarenta e oito nesta Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar da cidade de São João del Rei o ?Reverendo Coadjutor Bernardino de Souza Caldas batizou solenemente e pôs os santos óleos a Mariana inocente branca, filha legítima de Francisco Kpller e Dona Mariana Cândida de Jesus, nascida há vinte dias. Foram padrinhos João da Silva Pereira Gomes e sua mulher Dona Maria Madalena da Silva, todos desta freguesia. Vigário Luís José Dias Custódio.

          Mariana casou com Antonio Homem de Almeida. Faleceu antes de sua mãe e deixou a filha única:

          1-2-1-5-1-1 Antonina Homem de Almeida, solteira, com 13 anos em 1894.

1-2-1-6 Lina Maria das Mercês, com 34 anos, casada com Carlos Augusto Tremoulet

 

1-2-2 Manoel, doze anos. Solteiro em 1825.

1-2-3 Antonio, dez anos. Idem.

1-2-4 Joana, oito anos. Idem.

1-2-5 José, seis anos. Idem.

1-2-6 Apolinário de três anos. Idem.

1-3 Mariana Ferreira da Silva, aos 12-11-1798, casou com João José da Rocha, filho de José João da Rocha e Izabel de Almeida e Silva. Irmãos de João José na família “Os Faria de Bom Sucesso” Cap. 2º § 1º.

Casamentos – SJDRei - Ermida Santa Ana da fazenda do Tanque Distrito da Capela da Conceição da Barra - Aos 12-11-1798, João Joze da Rocha, f.l. Joze João da Rocha e Izabel de Almeida e Silva; = cc. Mariana Ferreira da Silva, f.l. de Joze Ferreira da Silva e Maria Cleofa Boena. Nts/bts nesta freguesia.

1-4 Francisco Ferreira da Silva, padre. Batizado em S. João del Rei aos 12-08-1772. Requereu “De Genere” em 1797 (neste site).

[Batismo do Habilitando:]

(...) Aos 12/08/1772 nesta Capela de Nossa / Senhora do Pillar [ilegível, mais ou menos uma linha e meia] [trecho corroído] batizou e pôs os Santos Óleos = a Francisco filho / legítimo de Jose Ferreira da Silva natural da / Freguesia de Santa Crus de Albergaria a Velha / Bispado de Coimbra, e de Maria Cleofa Bue/na natural, e batizada nesta Freguesia de / Nossa Senhora do Pilar: foram padrinhos o / Padre Francisco Maria de Paula. Avós Paternos Ra/fael Fernandes da Silva natural da Fregue/sia de Albergaria a Velha, e Maria Mar/ques da Silva natural da Freguesia da Ribeira / de Fragoas Bispado de Coimbra, Maternos / João Gonçalves de Mello natural da Freguesia / de Santo Estevão do Arcebispado de Braga / Termos de Chaves, e Maria Cleofa Buena / Bispado de Mariana de que foi este assento = O Coadjutor Luis Pereira Gonzaga. (...)

 

          (pesquisa de Moacyr Villela) Padre Francisco Ferreira da Silva, Vigário de Conceição da Barra, foi o ultimo grande mineiro a explorar lavras nas margens do Rio das Mortes. Em sua fazenda do Tanque próxima a barra do Rio do Peixe em terras nas duas margens do rioo ele trabalhava com 38 escravos quando foi recenseado pelo Barão Eschwege em 1814. Era o maior mineiro em atividade na área da Vila de São João Del Rei quando a mineração estava minguando.

          Alem da mineração a Fazenda do Tanque também tinha dois engenhos de moer cana um movido à água e outro com bois que eram a principal fonte de renda da propriedade. No censo de 1840 contava ainda a fazenda com 60 escravos a maioria velhos africanos:

Arquivo Publico Mineiro – Mapa de População – cx 6 doc 11

Conceição da Barra – 1840 – Fogo 1

Reverendo Vigário Francisco Ferreira da Silva – 70 anos – Branco – solteiro

Eugenio Martins Ferreira – 46 anos – Pardo – casado – agricultor;

Joaquina Maria Ferreira – 35 anos – Parda – casada

Páscoa Maria Ferreira – 36 anos – Parda – casada;

João Nepomuceno de Siqueira – 24 anos – Pardo – solteiro;

Francisco Simões de Siqueira – 20 anos – Pardo – solteiro;

Isabel – 18 anos – crioula – solteira;

Rufino (a) Lemos – 28 anos;

Maria Madalena – 14 anos – Parda;

Luzia – 10 anos – Parda;

Alexandrina – 7 anos – Parda;

Claudina – 8 meses – Parda.

Mais 60 escravos entre homens e mulheres

 

          Padre Francisco redigiu seu testamento em 1837 e teve seu inventário aberto em 1843 (neste site). Reconheceu quatro filhos naturais:

1-4-1 Joaquim Ferreira da Silva, casado e morador no Catalão, Provincia de Goiás. Com geração

1-4-2 Páscoa Maria Xavier Ferreira casada com Simão Antonio de Siqueira, filho natural de Brás Freire de Siqueira, família “Domingos Freire de Figueiredo”.

         Páscoa e Simão tiveram, pelo menos:

1-4-2-1 João Nepomuceno de Siqueira, nomeado 2º testamenteiro do avô em conjunto com sua mãe.

1-4-2-2 Francisco, recebeu legado do avô materno. Francisco Simões Ferreira nomeado 3º testamenteiro do avô em conjunto com seu pai.

1-4-3 Joaquina da Silva Xavier casada com Eugenio Martins Fereira. Em 1858 eram moradores de Além Paraiba

1-4-4 Maria Madalena, solteira com 16 anos. Casou com João Nepomuceno de Siqueira 1-4-2-1 supra.

 

1-5 Alferes Rafael Ferreira da Silva batizado em 10-03-1781. Solteiro em 1866.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 10-03-1781 Rafael, f.l. Jose Ferreira da Silva e Maria Cleofa Bueno, padr.: Antonio Gonçalves Figueiro, solteiro e D. Maria Joaquina da Silva.

1-6 Ana Josefa da Silva, batizada em 22-03-1784. Aos 12-11-1798, casou com Manoel José Pinto, filho de José Correa e Maria Pinta.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 22-03-1784 Ana, f.l. Jose Ferreira da Silva e Maria Cleofa Bueno, padr.: Antonio Ferreira Carneiro e D. Maria Leme.

 

Casamentos – SJDRei - Ermida S. Ana da Fazenda do Tanque Distrito da Cap. N. Sra. da Conceição da Barra - Aos 12-11-1798, Manoel Jose Pinto, f.l. Joze Correa e Maria Pinta, n/b freg. N. Sra, de Carquera Bispado de Lamego; = cc. Ana Josefa da Silva, f.l. Joze Ferreira da Silva e Maria Cleofa Boena, n/b nesta freguesia.

 

          Ana já era falecida em 1825 e foi representada no inventário materno pelo filho único:

1-6-1 Antonio José Pinto, batizado em 17-05-1805. Solteiro de idade de vinte anos legatário da avó materna.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 17-05-1805 Antonio, f.l. Cap. Manoel Jose Pinto e Ana Josefa da Silva, padr.: Revdo Francisco Xavier de Moura por pp ao Revdo Francisco Ferreira da Silva.

 

1-7 Maria Cleofa da Silva, batizada em 14-06-1786. Aos 02-02-1806 casou com o Alferes Brás Freire de Siqueira, filho de João Vaz Siqueira e Gertrudes de Moraes Freire, neto materno de Lourenço Correa de Moraes e Maria Freire de Godoy. Geração natural de Brás na família “Domingos Freire de Figueiredo”.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 14-06-1786 Maria, f.l. Jose Ferreira da Silva e Maria Cleofa Bueno, padr.: Padre Francisco Xavier de Moura e D. Maria Leme de Oliveira, viuva.

 

B7: Casamentos - SJDRei, aos 02-02-1806 Ermida da fazenda doRibeirão, Aplicação de S. Gonçalo do Brumado, Alferes Bras Freire de Siqueira, f.l. João Vaz Siqueira e Gertrudes de Moraes Freire; = cc. Maria Cleofa da Silva, f.l. Joze Ferreira da Silva e Maria Cleofa Boena. Nts/bts nesta freguesia.

 

          Brás faleceu aos 22-04-1815 e teve seu inventário aberto em 31-10 do mesmo ano. Ainda durante a inventariança de Braz, Maria Cleofa casou com o Capitão Manoel Ferreira Leite e se mudaram para Resende-RJ. Encontramos por esta época em Resende um único Capitão Manoel Ferreira Leite, casado que foi com Josefa de Souza Monteiro (Família “Os Teixeira de Souza, Cap 2º). Josefa ainda viva em março 1816 (foi madrinha de batismo em Resende – Acervo Itamar Bopp 0964). Em dezembro do mesmo ano Capitão Manoel estava viúvo, segundo o inventário de Maria de Souza Monteiro, avó de Josefa, fls 20. Provávelmente o mesmo Capitão Manoel, morador em Resende, que se casou em segundas com Maria Cleofa. Ele faleceu aos 15-05-1819, sepultado na Matriz de Resende.

15-05-1819 faleceu em Resende o Capitão Manoel Ferreira Leite, sepultado dentro da Matriz de Resende, com 56 anos e encomendado pelo Vigario Jose Antonio Martins de Sá e amortalhado com Hábito de S. Francisco. (Acervo Itamar Bopp ficha 1166)

 

          Em 1825 Maria estava casada com o Alferes Manoel da Silva Soares, moradores no Termo de Resende-RJ.

          Maria e Brás tiveram, segundo o inventário dele (neste site):

1-7-1 João Freire de Siqueira, batizado em 24-11-1806. Procurador da mãe e do padrasto no inventário da avó materna.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 24-11-1806, João, f.l. Alf. Bras Freire de Siqueira e D. Maria Cleofa da Silva, padr.: Cap. Manoel Jose Pinto por pp ao Padare Francisco Xavier de Moura, e D. Maria Cleogfa Bueno,

1-7-2 Mariana, batizada em 25-09-1814. Mariana Augusta de Siqueira casou com Francisco Marcondes de Toledo, filho de Antonio Marcondes do Amaral e Maria Francisca de Toledo (S.L. 5º, 551, 5-3).

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 25-09-1808 Mariana, f.l. Alf. Bras Freire de Siqueira e D. Maria Cleofa da Silva, padr.: Padre Francisco Ferreira da Silva e D. Ana Joaquina, solteira.

 

         Francisco já era falecido em 1857 quando Mariana registra terras em Barra Mansa:

S Sebastião, Barra Mansa, RJ (1854-1857) lv. 10, fls. 57, 85- aos 28 fev 1857 sou senhora e possuidora, fazenda Boa Vista, as margens do rio Paraiba, eu em comum com meus filhos, herdeiros do meu casal, confrontando com: meu irmão Jose Freire de Siqueira, com meus sobrinhos Bras Freire da Silva Reis, Antonio Freire da Silva Reis e Manoel Antonio da Silva Reis Filho, sendo estes meus sobrinhos filhos de minha finada irmã d. Iria Augusta de Siqueira que foi cc. cap. Manoel Antonio da Silva Reis, que é tutor nato dos mesmos, e cujas terras estão tambem em comum com as deste .--------- Mariana Augusta de Siqueira Marcondes.

Ente os filhos do casal:

1-7-2-1 Mariana Angelica Marcondes foi a primeira mulher de seu primo Braz Freire da Silva Reis, 1-7-5-1 abaixo.

1-7-2-2 Luisa Cândida Marcondes casou com seu primo Antonio Freire da Silva Reis, 1-7-5-2 abaixo.

1-7-3 José, batizado em 04-04-1810. José Ferreira (tambem Freire) de Siqueira registrou terras em Resende em 1857, herança materna.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 04-04-1810 Jose, f.l. Alf. Bras Freire de Siqueira e D. Maria Cleofa da Silva, padr.: Cap. João Rocha e s/m D. Mariana Cleofa da Silva.

 

S Sebastião, Barra Mansa, RJ (1854-1857) lv. 10, fls. 55, 83- 25 fev 1857, fazenda Bom ----, que me tocaram no inventario materno, mais um quarto na terça materna, mais por compra a Joaquim Pereira da Silva e s/m  e ao dr. Medardo (?) Rio-ni, e mais por compra que fiz a Antonio Jose da ---------, .e confronta com: Anacleto Leite de Abreu Tolledo, Manoel Gomes Marcondes, viuva e herdeiros do falecido Francisco de Salles Dias, com minha irmã d. Marianna e seus filhos, com viuva e herdeiros de Francisco Marcondes de Tolledo, meu sobrinho Bras Freire da Silva Reis, Jose Justinianno Silva, Manoel Gomes Leal do Nascimento, sucessão de Francisco Gomes Figueira. Alem destas possuo outras na Provincia das Minas que me couberam por herança paterna. Jose Ferreira de Siqueira.

1-7-4 Elias, batizado em 26-08-1812.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 26-08-1812 Elias, f.l. Alf. Bras Freire de Siqueira e D. Maria Cleofa da Silva, padr.: Guarda Mor Felipe Vaz de Siqueira, solteiro, da aplicação de S; Gonçalo do Brumado.

1-7-5 Iria, batizada em 13-11-1814. Iria Augusta de Siqueira casou com Manoel Antonio da Silva Reis, filho de Antonio Manoel de Freitas e Teodora Francisca dos Reis

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra Conceição da Barra aos 13-11-1814 Iria, f.l. Alf. Bras Freire de Siqueira e D. Maria Cleofa da Silva, padr.: Alf. Antonio Ferreira da Silva e D. Mariana Ozoria de Souza, solteiros.

 

Igreja S. Sebastião, B.Mansa, RJ, lv. 1 (11/07/1825   25/08/1847) Fl 20, 05/07/1830, Capitão Manoel Antonio da Silva Reis fl Sargento-Mor Antonio Manoel de Freitas e D. Theodora Francisca dos Reis natural de Cunha, Bispado de Sam Paulo com (------) natural de São João d ElRey Bispado de Marianna. Testemunhas: Capitão Antonio Jose de Mattos e o (    ) Jose de Castro Silva. (pesq. Terezinha de Jesus Nunes Souza)

         Viúvo, Manoel casou segunda vez aos 06-08-1839 com Luiza Augusta Marcondes, viúva de Manoel José Ribeiro de Oliveira, com geração. (S.L. 5º, 553 , 5-7).

Igreja S. Sebastião, B.Mansa, RJ, lv. 1 (11/07/1825   25/08/1847) Fl 43v, 06/08/1839, Capitão Manoel Antonio da Silva Reiz, viúvo por falecimento de D. Iria Augusta de Siqueira com D. Luiza Augusta Marcondes viúva por falecimento de Manoel Jose (Ribeiro) de Oliveira. Testemunhas: Capitão-Mor Manoel de Freitas e o Doutor Jose Gomes Varella de Souza. (pesq. Terezinha de Jesus Nunes Souza)

Iria e Manoel tiveram, pelo menos:

1-7-5-1 Braz Freire da Silva Reis casou duas vezes. Com sua prima Mariana Angélica Marcondes, filha de Francisco Marcondes de Toledo e Mariana Augusta de Siqueira, 1-7-2-1 supra.

          Segunda vez com Adelaide Augusta Brandão, filha de Felicio Viriato Brandão e Maria da Gloria Teixeira.

Brás e Mariana tiveram, e.o.:

1-7-5-1-1 Idelmundo, batizado aos 28-02-1865.

L. 6 - 1862 / 1867 - Batizados - fl. 78 v. - Igreja Matriz de São Sebastião - Barra Mansa / RJ, 28.02.1865 - Em casa  do Cap. Manoel Antonio da Silva Reis - Idelmundo - n. há 2 meses (28.12.1864) - fl. Braz Freire da Silva Reis e D. Marianna Angélica Marcondes dos Reis - np. do Cap. Manoel Antonio da Silva Reis e D. Iria Augusta de Siqueira - nm. do Alféres Francisco Marcondes de Tolledo e D. Marianna Augusta de Siqueira Marcondes - fp. Dr. Joaquim Francisco de Faria, p/procuração que apresentou  o Major Camillo da Silva Reis e D. Engrácia Maria Ribeiro de Faria, p/procuração que apresentou, D. Francisca Carolina Marcondes de Tolledo . (pesq. Plinio U. Marcondes de Carvalho)

Brás e Adelaide tiveram, e.o.:

1-7-5-1-1 Pedro, batizado aos 04-02-1882.

L. 11 - 1881 / 1885 - Batizados - fl. 10 v. - Igreja de São Sebastião - Barra Mansa / RJ, 4.02.1882 - No Oratório da Fazenda São Sebastião da Roma - Pedro - n. 21.05.1881 - fl. jm Braz Freire da Silva Reis e D. Adelaide Augusta Brandão Reis - np. do Cap.  Manoel  Antonio  da Silva Reis e D. Iria Augusta de Siqueira Reis, já fallecidos - nm.  Felício Vieira  Brandão e D. Maria Flora Teixeira Brandão - fp. Dr. Pedro Rodovalho Marcondes  dos Reis e D. Brasília América Marcondes  dos Reis (pesq. Plinio U. Marcondes de Carvalho)

1-7-5-2 Antonio Freire da Silva Reis casou com sua prima Luisa Cândida Marcondes, filha de Francisco Marcondes de Toledo e Mariana Augusta de Siqueira 1-7-2-2 supra.

          Entre seus filhos:

1-7-5-2-1 Francisco, batizado em 05-04-1864 em Quatis-RJ.

L.. 2 - 1858 / 1866 - Batizados - fl. 111 v. - Igreja de Nossa Senhora do Rosário - Quatis / RJ, 5.04.1864 - Francisco - n. 14.09.1863 - fl. de Dr. Antonio Freire da Silva Reis e de D. Luiza Marcondes de Toledo Reis - np. do Cap. Manoel Antonio da Silva Reis e de D. Iria Augusta de Siqueira Reis - nm. do Alferes Francisco Marcondes de Toledo e de D. Marianna Augusta de Siqueira - fp. o Barão do Rio Claro p/proc. que me apres. Antonio Rodrigues Justo e Protectora N. S. Aparecida. (pesq. Plinio U. Marcondes de Carvalho)

1-7-5-2-1 Antonia, aos 31-01-1867.

L. 6 - 1862 / 1867 - Batizados - fl. 140 v. - Igreja de São Sebastião - Barra Mansa / RJ, 31.01.1867 - nat. desta Freguezia de São Sebastião da Barra Mansa / RJ - no Oratório para esse fim preparado - em casa de residência do Cap. (Manoel) Antonio  da Silva Reis - o Rvdo. Manoel  Lopes de Oliveira Araujo - Coadjutor, no seio impedimento, Vigário da Vara interino - baptizou solemnemente a innocente, Antonia - nat. desta Freguezia - n. 17.12.1866 - fl. do Dr. Antonio Freire da Silva Reis e D. Luisa Marcondes  de Toledo - np. do mesmo Cap.  Manoel  da Silva Reis e D. Iria Augusta de Siqueira, já fallecidos - nm.  Francisco Marcondes  de Toledo e D. Marianna  Augusta de Siqueira Marcondes - fp. o avô paterno e Luiza Augusta Marcondes  dos Reis (pesq. Plinio U. Marcondes de Carvalho)

1-7-5-2-3 Eugenia, aos 26-03-1873.

L. 7-8-9 - 1867 / 1875 - Batizados - fl. 34 v. - Igreja Matriz de São Sebastião - Barra Mansa / RJ, 26.03.1873 - Igreja de São Sebastião - Barra Mansa / RJ - Eugenia - n. 8.12.1872 - fl. Dr. Antonio  Freire da Silva Reis e D. Luisa Marcondes  de Toledo Reis, todos desta Freguezia - np. Cap.  Manoel  Antonio  da Silva Reis e D. Iria Augusta de Siqueira Reis, já fallecidos - nm. Francisco Marcondes  de Toledo, já fallecido e D. Marianna  Augusta de Siqueira Marcondes  - fp. Protectora  Nossa Senhora do Bom Sucesso e padrinho Joaquim  Adelino da Cruz (pesq. Plinio U. Marcondes de Carvalho)

1-7-5-3 Manoel Antonio da Silva Reis Filho. Segundo a Genealogia Paulistana (SL. 7º, 374, 8-1) casou com Maria Henriqueta Torres, com geração.

 

1-8 Antonio (José) Ferreira da Silva batizado aos 30-07-1788:

B7: Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, batismo, aos 30-07-1788 Antonio, f.l. Jose Ferreira da Silva e Maria Cleofa Boena, padr.: Capitão Antonio Ferreira Carneiro, solteiro e Ana Quiteria de Jesus, casada, todos desta paroquia

Casou com Maria Madalena e teve, pelo menos:

1-8-1 Maria, afilhada e legatária da avó paterna.

 

João e Ana Quitéria tiveram:

2- Mariana Vitória do Nascimento, batizada em 01-08-1751. Aos 22-11-1773 casou com José de Andrade Peixoto, filho de Antonio de Brito Peixoto e Maria de Moraes Ribeira, família “Antonio Vieira e Francisca de Macedo” § 2º.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Gonçalo aos 01-08-1751 Mariana, f.l. João Gonçalves de Mello e Ana Quiteria de Souza, padr.: Domingos da Costa Guimarães, casado e Maria de Souza, casada.

 

B7: Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, aos 22-11-1773 Cap. Conceição filial desta, Jose de Andrade Peixoto, f.l. Antonio de Brito Peixoto e D. Maria de Moraes Ribeira; = cc. D. Maria Vitoria do Nascimento, f.l. João Gonçalves de Mello e Ana Quiteria de Souza. Ambos nts/bts nesta.

 

Em 1778 viviam pelas partes do Rio Grande. Mariana faleceu, viúva, aos 31-12-1810 com testamento (disponibilizado no site de Luís Antonio Villas Boas) e foi inventariada por seu filho José Joaquim de Andrade (inventário neste site). Foram seus filhos:

2-1 José Joaquim de Andrade, alferes. Com 18 anos em 1794, (inventário da avó paterna). Casou duas vezes. Em primeiras núpcias aos 08-06-1806 com Francisca de Paula de Jesus, filha do Sargento Mor Luiz José de Paiva e Joana Rosa de Jesus casados na Capela do Livramento aos 27-02-1786, neta paterna de Domingos de Paiva e Tomasia Maria da Silva (família “Paiva” Cap. 2º, § 7º, neste site), neta materna de Pedro Teixeira Nogueira e Tereza Maria do Espírito Santo (família “Pedro Teixeira Nogueira”)

B7: Casamentos - SJDRei, aos 08-06-1806 Ermida N.Sra. da Conceição da fazenda do Capitão Luiz Jose de Paiva Aplicação da Sra Madre de Deus. Jose Joaquim de Andrade, f.l. Jose de Andrade Peixoto e D. Mariana Vitoria do Nascimento; = cc. D. Francisca de Paula Pulicena de Jesus, f.l. Cap. Luiz Jose de Paiva e D. Joana Roza de Jesus. Nts/bts nesta freguesia.

 

          José Joaquim casou segunda vez com Luciana Matildes Villela, filha de Domingos Villela e Luiza Pulqueria dos Reis. Geração na família “Villela” Cap. 4º. Teve com Francisca de Paula, segundo o inventário de Francisca (neste site):

2-1-1 Iria Cândida de Andrade, batizada em maio de 1807. Aos 30-06-1824 casou com Severino Danunciano dos Reis, filho do Capitão Antonio dos Reis e Silva e Maria Clara de Rezende. Geração na família “Domingos dos Reis e Silva” § 5º.

Carrancas, MG Igreja N. Sra da Conceição no mes de maio de 1807 na capela do Espirito Santo filial desta matriz de Carrancas bat a Iria, f.l. Alf. Jose Joaquim de Andrade e D. Francisca de Paula de Jesus. Foram padrinhos Jose Gonçalves Penha e Joana Rosa de Jesus. E por não aparecer este assento o lavrei aqui depois de informado.

2-1-2 Casemiro José de Andrade, batizado em junho de 1808, com 8 anos 1816 Faleceu durante a inventariança, deixando por herdeiro o avô materno Sargento Mor Luiz José de Paiva. Teve seu inventário e testamento anexado ao inventário paterno (família “Villela” Cap. 4º).

Carrancas, MG Igreja N. Sra da Conceição no mes de junho de 1808 na capela do Espirito Santo filial desta matriz de Carrancas bat a Casemiro, f.l. Alf. Jose Joaquim de Andrade e D. Francisca de Paula de Jesus. Foram padrinhos Cap. Luiz de Paiva e Silva e D. Mariana Vitoria do Nascimento. E por não aparecer este assento o lavrei aqui depois de informado.

2-1-3 Mariana Vitória de Andrade batizada em agosto de 1810. Aos 28-08-1828 casou com Prudente Amâncio dos Reis, irmão inteiro de Severino Danunciano. Geração na família citada § 5º.

Carrancas, MG Igreja N. Sra da Conceição no mes de agosto de 1810 na capela do Espirito Santo filial desta matriz de Carrancas bat a Mariana, f.l. Alf. Jose Joaquim de Andrade e D. Francisca de Paula de Jesus. Foram padrinhos Gabriel Francisco Junqueira e D. Ignacia Constança de Andrade. E por não aparecer este assento o lavrei aqui depois de informado.

 

2-2 Francisco José de Andrade e Mello, com 17 anos em 1794. Casou em primeiras núpcias aos 08-06-1806 na Ermida de N. S. da Conceição, Aplicação da Madre de Deus com Ana Rosa Ludovina de Paiva, irmã inteira de Francisca de Paula (supra).

B7: Casamentos – SJDRei - Aos 08-06-1806 na Ermida N.Sra. da Conceição da fazenda do Capitão Luiz Jose de Paiva Aplicação da Sra Madre de Deus. Alferes Francisco Jose de Andrade, f.l. Jose de Andrade Peixoto e D. Mariana Vitoria do Nascimento, n/b freguesia das Lavras; = cc. D. Ana Roza Ludovina de Paiva, f.l. do Cap. Luiz Jose de Paiva e D. Joana Roza de Jesus, n. desta freguesia.

 

          Em 1831 Alferes Francisco José vivia em Espirito Santo das Carrancas no fogo 1, declarando ter 53 anos, em companhia de José Correa, solteiro com 70 anos, ermitão; e Francisco Gonçalves Penha, tropeiro, casado 23 anos, e Marianna Vitória, 17 anos, casada (Censo neste site).

 

          Ana Rosa teve seu inventário aberto em 1822 na fazenda Joaquim de Araújo na Aplicação da Capela do Espírito Santo, Freguesia de Nossa Senhora de Carrancas, propriedade de seu casal.

          Francisco José faleceu, em Carrancas aos 13-03-1882, casado segunda vez aos 24-11-1836 com Cândida Umbelina de Souza, filha de Francisco Jose de Souza Monteiro e Maria Perpetua de São José, sem geração destas núpcias (família “Souza Monteiro - Monteiro Lopes” Cap. 7º, § 1º).

 

          Francisco José e Ana Rosa tiveram, segundo seus inventários (neste site):

2-2-1 Francisca de Paula de Jesus, nascida e batizada em Carrancas por 1810, 12 anos no inventário materno. Conforme certidão inclusa no inventário materno, casou na Ermida de D. Luciana Villela aos 30-07-1824 com José Villela dos Reis, filho de Francisco Tomás Villela e Joaquina Tomasia dos Reis. Geração na família “Villela” Cap. 3º.

2-2-2 Maria José de Andrade, nascida por 1812. Aos 20-08-1828 casou com Domingos Teodoro de Azevedo Paiva, filho de Francisco Machado de Azevedo e Prudenciana Umbelina de Paiva, neto materno de Antonia de Brito e do Capitão Antonio de Paiva e Silva, por este bisneto de Domingos de Paiva e Tomasia Maria da Silva já citados. Geração na família “Francisco Machado Azevedo”.

2-2-3 Rita de Cássia e Silva, nascida por 1813. Com dispensa de 3º grau de consaguinidade, casou aos 08-02-1830 com Francisco Machado de Azevedo, irmão inteiro de Domingos supra, família citada.

2-2-4 Mariana Benedita do Nascimento (ou de Andrade), nascida por 1814. Faleceu aos 01-10-1851 e foi inventariada por seu marido Francisco Gonçalves Penha, Barão de São Tomé, com o qual casara aos 28-09-1831. (Inventário neste site e geração na família “os Carvalho Duarte” Cap. 2º § 2).

 

2-3 Ana Esméria de Andrade aos 11-11-1793 casou com Custódio José de Souza Pinto, natural de S. Tiago de Fonte Arcada Bispado de Penafiel, filho de Luiz de Souza Pinto e Mariana Teresa Vieira.

B7: Casamentos - Ana das Lavras do Funil, 11-11-1793 Cap. Carrancas, Custodio Jose Pinto, f.l. de Luiz de Souza Pinto e Marianna Thereza Vieira, n. da freg. de S. Thiago de Fonte Arcada do B. de PenaFiel; = Anna Esmenia de Andrade, f.l. de Jose de Andrade Peixoto e Marianna Victoria do Nascimento, n. desta freguesia de Santa Ana das Lavras do Funil.

              Custódio faleceu em 31-01-1829 e foi sepultado na capela de S. Vicente Ferrer.

S. Vicente de Minas - Igreja S. Vicente Ferrer aos 31-01-1829 em idade septuagenaria de morte repentina faleceu Custodio de Souza Pinto. Jaz dentro da capela de S. Vicente. Teve 7 missas de corpo presente. Era casado com D. Ana Esmeria de Andrade

          Em 1831 Ana Esméria vivia em S. Vicente (Turvo) com vários filhos e 63 escravos. Idem em 1839

Censo S. Vicente (Turvo) 22-11-1831,  fogo 126

Ana Esmeria de Andrade, Branco, 56, viuva, lavoura

Manoel Antonio de Souza, Branco, 32, solteiro, lavoura

Joaquim Francisco de Souza, Branco, 26, solteiro, lavoura

Antonio Gabriel Pinto, Branco, 16, solteiro, estudos

Mariana Vitoria, Branco 33, solteiro, bordadeira

Maria Claudina Branco, 16, solteiro, costura

Inacia Francelina, Branco, 13 solteiro, costura

63 escravos

 

censo S. Vicente (Turvo) 28-01-1839- 5º Quarteirão, 5

Ana Esmeria de Andrade, Branco, 60, viuva, fiadeira, le e escreve

Manoel Antonio de Souza, Branco, 39, solteiro, lavoura, le e escreve

Antonio Gabriel Pinto, , 23, solteiro, lavoura, le e escreve

Mariana Vitoria, Branco, 40, solteiro, costureira, le e escreve

67 cativos

Ana Esméria faleceu com testamento e foi sepultada aos 08-08-1858. Declarou seis filhos vivos de seu casal e dois netos filhos do falecido filho Manoel.

S. Vicente de Minas - Igreja S. Vicente Ferrer aos 08-08-1858 sep. no adro desta matriz D. Ana Esmeria de Andrade, em idade de 82 anos, com todos os sacramentos.

Testamento de Ana Esméria de Andrade:

Filha legitima de José de Andrade Pexto e Mariana Victória do Nascimento, nascida e batizada em Carrancas. Fui c.c. Custódio de Souza Pinto.

Filhos: Marianna- Joaquim- Manoel já falecido- Francisco- Mathildes- Antonio – Maria Claudina

Netas, filhos de Manoel: Marianna e Maria

Testamenteiros:

- meu filho Francisco Antonio de Souza

- meu filho Antonio Gabriel Pinto

- meu genro Zeferino José dos Santos

Legados:

- a meu neto Francisco filho de minha filha Mathildes

- a minha filha Mariana

Os remanescentes de minha terça se repartirão em 3 partes iguais para serem entregues uma a minha filha Mariana = outra a meus netos filhos de minha filha Matildes = e a outra a meu filho Francisco Antonio, e na falta deste substituirão seus filhos do primeiro e segundo matrimonio.

Freguesia de São Vicente 4 de Agosto de 1858

 

          Custódio e Ana Esméria tiveram inúmeros filhos que encontramos, todos os registros na matriz de Aiuruoca:

- Antonia, batizada aos 31-10-1798 na Ermida do Espírito Santo. Não é citada no testamento materno.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 31 out 1798 na Ermida do Espírito Santo, filial da freg. de Lavras, Antonia, f.l. de Custodio de Souza Pinto e Anna Esméria de Andrade; padr.: Thomas Jose de Andrade e Maria Francisca de Andrade; os padrinhos da freg. de Lavras os mais desta freguesia.

2-3-1 Mariana Vitória, com 33 anos em 1831 e solteira com 40 anos em 1839. Herdeira de 1/3 da terça materna.

2-3-2 Manoel, aos 14-01-1799 na Ermida do Espírito Santo.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 14 janeiro 1799 na Ermida do Espírito Santo, filial da freg. de Lavras, Manoel, f.l. de Custodio de Souza Pinto e Anna Esméria de Andrade; padr.: Antonio Joaquim de Andrade e Venância Custodia de Andrade; os padrinhos da freg. de Lavras os mais desta.

     Capitão Manoel Antonio de Souza, já falecido em 1858, em 1842 requereu dispensa de consanguinidade em 3º grau misto ao segundo (processo neste site) para casar com Ana Rosa Villela de Andrade, filha de José Villela dos Reis e Francisca de Paula de Jesus 2-2-1 supra. Geração na família “Villela” Cap. 3º.

- Maria, aos 21-09-1801 na Ermida do Espírito Santo. Não comparece nos censos e sim sua irmã mais nova.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 21 setembro 1801 Ermida do Espírito Santo das Lavras, Maria, f.l. de Custodio de Souza Pinto e de Anna Esméria de Andrade; padr.: alf. Joseph Gonçalves Penha e Dorotea Maria da Conceição.

2-3-3 Joaquim, aos 24-10-1803 na Ermida de S. Vicente. Joaquim Francisco de Souza solteiro com 26 anos em 1831.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 24 outubro 1803 na Ermida de S. Vicente desta freg. de Aiuruoca, Joaquim, f.l. de Custodio de Souza Pinto e de Anna Esméria de Andrade; madrinha D. Anna Zeferina de Andrade mulher do Ten. Thomas Coelho dos Santos. Todos desta freguesia.

- Prudenciana, em 25-02-1805 na Ermida de S. Vicente. Não é citada no testamento.

São Vicente de Minas, MG Igreja S. Vicente Ferrer aos 25-02-1805 bat a Prudenciana, f.l. Custodio de Souza Pinto e Ana Esmeria, foram padrinhos Bento Jose Ferreira e D. Mariana Vitoria do Nascimento da freguesia das Lavras e todos os mais desta freguesia.

2-3-4 Francisco, aos 12-04-1807 Ermida de S. Vicente. Padrinhos Thomas Joseph de Andrade e Policena Cândida de Jesus. Francisco Antonio de Souza 1º testamenteiro materno. Casou duas vezes e foi herdeiro de 1/3 da terça materna: “e a outra a meu filho Francisco Antonio, e na falta deste substituirão seus filhos do primeiro e segundo matrimonio”

2-3-5 Mathildes Cândida de Jesus, batizada aos 04-09-1808. Casou na Capela de São Vicente Ferrer aos 18-02-1822 com Sargento Mor Zeferino José dos Santos, filho de Tomaz Coelho dos Santos e sua primeira mulher Ana Zeferina de Paiva, tendo por testemunhas Francisco Coelho dos Santos e Ana Rosa, mulher de Tomaz Coelho dos Santos. Matildes faleceu aos 20-03-1866 (inventário e família “Os Ribeiro da Silva” Cap.5º § 8, com a geração, neste site)

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 04 set 1808 Ermida S. Vicente desta freguesia, Mathildes, f.l. de Custodio de Souza Pinto e Anna Esméria, madr.: D. Maria Luiza Gonçalves, solteira.

         Os filhos de Martildes herdaram 1/3 da terça da avó materna e o Sargento Mor Zeferino José foi nomeado 3º testamenteiro da sogra.

- Rita de Cássia, batizada aos 31-01-1811 na Ermida de S. Vicente desta freguesia. Padrinhos: Tenente Thomas Coelho dos Santos e sua mulher D. Maria Roza de Jesus. Faleceu aos 07-05-1830.

Igreja  N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos- aos 31 março 1811 ermida S. Vicente desta freguesia, Ritta, f.l. de Custodio de Souza Pinto e Anna Esmeria, padr.: ten. Thomas Coelho dos Sanctos e s/m d. Maria Roza de Jesus.

 

Igreja  São Vicente de Ferrer (São Vicente de Minas, Minas Gerais) Rita de Cássia. Aos 18 anos, de tubérculo (sic) filha do falecido Custódio de Souza Pinto e D. Ana Esméria de Andrade - 07-05-1830

- Ana Rita de Andrade aos 26-05-1823 casou com Manoel Lopes de Siqueira filho de Joaquim Lopes de Siqueira e Joana Maria da Silva.

S. Vicente de Minas, MG - Igreja S. Vicente Ferrer - aos 26-05-1823 Manoel Lopes de Siqueira, f.l. do fal. Joaquim Lopes de Siqueira e . Joana Maria da Silva = cc D. Ana Rita de Andrade, f.l. Custodio de Souza Pinto e D. Ana Esmeria de Andrade, Test.: Antonio Jose Ferreira e Francisco Jose de Andrade.

         Ana Rita não é mencionada no testamento materno.

2-3-6 Maria, aos 25-02-1813 na Ermida de S. Vicente desta freguesia. Padrinhos: Joaquim José de Carvalho e D. Anna Antonia Junqueira. Provavelmente a Maria Claudina com 16 anos em 1831 e citada no testamento materno.

         Maria Claudina de Andrade casou duas vezes. Primeira vez aos 04-06-1837 com Francisco Luís Gonçalves, filho de Manoel Luis Gonçalves e Maria Justina Alves. Com geração de dois filhos na família “Alferes João Luís Gonçalves”.

         Segunda vez aos 24-08-1843, dispensados do impedimento de consanguinidade em 3º grau e de afinidade lícita em 2º grau, casou com o viúvo Domingos Teodoro de Azevedo Paiva, filho de Francisco Machado de Azevedo e Prudenciana Umbelina de Paiva - família “Francisco Machado de Azevedo”.

2-3-7 Antonio Gabriel Pinto, aos 03-03-1815 na Capela S. Vicente desta freguesia. Padrinhos o Alferes Victoriano Luiz Gonçalves e D. Anna Rosa mulher do Alferes Francisco José de Andrade, estes da freg. de Carrancas. 2º testamenteiro materno.

Casou com Ana Antonia de Azevedo, filha de Domingos Teodoro de Azevedo Paiva e Maria José de Andrade, família “Francisco Machado de Azevedo.

Antonio Gabriel fez seu testamento na Fazeda do E#ngenho Novo aos 05-02-1881, declarou nove filhos de seu casal. Foi sepultado aos 22 de março do mesmo ano:

Igreja  São Vicente de Ferrer (São Vicente de Minas, Minas Gerais) - Antonio Gabriel Pinto. Sepultado aos 22-3-1881 no Cemitério da Matriz e não confessou por não estar em juízo perfeito tempo antes de sua morte mas foi absolvido e ungido e encomendado. Cc D. Ana Antonia de Azevedo Pinto

Testamento: Sou c.c. Ana Antonia de Azevedo Pinto com 9 filhos:

- Maria

- Mariana

- Eliza

- Domingos

- Antonina

- José

- Ana

- Rita

- Anízio

Fazenda Engenho Novo, 05-02-1881

 

- Francisca, aos 26-04-1819 na Capela do Espírito Santo de Carrancas. Padrinhos Francisco José de Andrade e Mariana Victoria do Nascimento. Os pais desta freguesia os padrinhos de Carrancas. Não é citada no testam3ento materno.

- Inácia Francelina, solteira com 13 anos em 1831. Não é citada no testamento materno.

- Gabriel, aos 08-11-1821 na Capela do Espírito Santo Carrancas, padrinhos Tenente Manoel Joaquim Andrade e sua mulher Laureana de Souza Monteiro. Não é citado no testamento materno

 

2-4 Rita Felícia de Andrade, com 14 anos em 1794. Casou com Diogo Garcia de Andrade, filho de José Garcia, falecido aos 03-12-1803 com testamento (neste site) e Maria de Nazaré, neto paterno de Diogo Garcia e Julia Maria da Caridade, neto materno de José Rodrigues Goulart e Isabel Pedrosa, esta falecida aos 07-04-1813 com testamento (testamento, inventário e família “Isabel Pedrosa e seus dois maridos” neste site).

2-5 Maria Rita de Andrade, com 11 anos em 1794. Casou com José Gonçalves Penha. Geração na família “Os Carvalho Duarte”, Cap. 2º § 2º, neste site.

2-6 Inácia Constança de Andrade, com 10 anos em 1794. Aos 11-06-1808 em Santa Ana das Lavras do Funil-MG casou com Gabriel Francisco Junqueira, Barão de Alfenas, filho de João Francisco Junqueira e Helena Maria do Espírito Santo.

B7: Casamentos - Sta Ana das Lavras do Funil, aos 11-06-1808 Cap. Divino Espirito Santo, filial desta matriz, Gabriel Fran.co Junqr.ª, f.l. de João Fran.co Junqr.ª e Helena Maria do Espirito Santo; = cc. D. Ign.ca Constança de And.re, f.l. de Jose de Andrade Peixoto e Dona Mariana Vitoria do Nascimento. Nts/bts nesta.

 

Censo 07-07-1839 São Tomé das Letras, MG, fogo 26

Gabriel Francisco Junqueira, branco, 57, casado, lavrador

Inacia Constança Andrade, branco, 55, casado

João Tiburcio Junqueira, branco, filho, 26, solteiro

Francisco de Andrade Junqueira, branco, filho, 24, solteiro

Antonio Gabriel Junqueira, branco, filho, 16, solteiro

Genoveva Urbana Junqueira, branco, filho, 14, solteira

Rita de Cassia, branco, filho, 12, solteira

Joaquim Tiburcio Junqueira, branco, filho, 10

Jose Joaquim de Azevedo, branco, 18, solteiro, feitor

103 escravos

          Inácia teve seu inventário aberto aos 14-03-1859 e o do Barão foi iniciado aos 16-03-1868, ambos transcritos resumidamente em “Família Junqueira” do Dr José Américo Junqueira de Mattos. Dele foram herdeiros filhos e netos, representando as filhas já falecidas.

2-6-1 Helena Nicesia Junqueira, falecida antes de sua mãe, casada que foi com Antonio José Ribeiro de Carvalho. Geração na família “Antonio Ribeiro de Carvalho” Cap 1º; no inventário de Inácia Constança tinham a seguinte situação:

2-6-1-1 Maria Ribeiro casada com Francisco de Andrade Junqueira, moradores em Baependi

2-6-1-2 Gabriel Ribeiro Junqueira, casado, morador em Cristina

2-6-1-3 Inácia Ribeiro casada com Joaquim José de Souza, moradores em Cristina

2-6-1-4 Antonio Ribeiro, morador em Queluz

2-6-1-5 Helena Ribeiro casada com Antonio Gabriel Junqueira, moradores em Baependi

2-6-1-6 Custódio Ribeiro casado, morador em Cristina

2-6-1-7 Mariana Ribeiro casada com Francisco Teófilo dos Reis, moradores em Aiuruoca

2-6-1-8 Ana Ribeiro casada com Tomé Inacio Botelho, moradores no Rio de Janeiro

2-6-1-9 Francisco Ribeiro Junqueira, 18 anos, solteiro, morador em Cristina

2-6-1-10 Francisca Ribeiro, solteira com 17 anos, moradora em Cristina

2-6-1-11 Gabriela Junqueira, solteira, 15 anos, moradora em Cristina

2-6-1-12 Maria do Carmo, 13 anos, solteira, também moradora em Cristina

2-6-1-13 João, 10 anos

2-6-1-14 José, 9 anos

2-6-1-15 Joaquim, 8 anos

2-6-2 João Tiburcio Junqueira, solteiro, 46 anos em 1859, morador em Baependí. Herdou mais de 17 contos de réis no inventário do pai.

2-6-3 Gabriel Francisco de Andrade Junqueira, assassinado no chamado "Levante da Bela Cruz" aos 13-05-1833 (MSJDR, cx 03-23, transcrito por Edriana Nolasco a pedido de Regina Junqueira)

2-6-4 Francisco de Andrade Junqueira, 44 anos em 1859, casado, também morador em Baependí. Casou com sua sobrinha Maria Ribeiro de Andrade Junqueira, filha de 2-6-1, estudo citado. Sua filha Helena Francisca de Andrade Junqueira recebeu uma escrava de legado do avô paterno

2-6-5 Mariana Vitória Junqueira (ou de Jesus), casada aos 18-02-1833 com José Ribeiro da Luz, filho do Cap. Mateus da Luz e Ana Ribeira de Carvalho; família “Antonio Ribeiro de Carvalho” Cap. 7º.

B7: casamentos Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) fls. 33 aos 18-02-1833 test.: Francisco Jose de Andrade e Mello e Antonio Jose Ribeiro de Carvalho. Jose Ribeiro da Luz, f.l. Cap. Mateus da Luz e D. Ana Ribeira de Carvalho; = cc D. Ana(sic) Vitoria Junqueira, f.l. Gabriel Francisco Junqueira e D. Inacia Constancia de Andrade.

 

B7: casamentos (1815-1888) Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) fls. 38v aos 18-02-1833 ermida de Campo Alegre, Jose Ribeiro da Luz, f.l. Cap. Mateus da Luz e D. Ana Ribeira de Carvalho; = cc D. Mariana Vitoria de Jesus, f. D. Inacia Constancia de Andrade e lhes conferi as bençãos nupciais em presença das testemunhas Francisco Jose de Andrade e Mello e Antonio Jose Ribeiro de Carvalho.

2-6-6 Maria Rita de Andrade Junqueira, falecida antes de sua mãe, casada que foi aos 01-06-1835 com José Procópio de Azevedo, filho de Francisco Machado de Azevedo e Prudenciana Umbelina de Paiva; família “Francisco Machado de Azevedo”.

B7: casamentos - Igreja Nossa Senhora da Conceição (Carrancas, Minas Gerais) ao 01-06-1835 ermida do Campo Alegre, Jose Procopio de Azevedo e D. Maria Rita de Andrade Junqueira; test.: Antonio Jose Ribeiro de Carvalho e Domingos Teodoro de Azevedo.

         Foi representada nos inventários dos pais pelas filhas (situação em 1859)

2-6-6-1 Prudenciana Umbelina de Azevedo, 23 anos, moradora em Baependí

2-6-6-2 Gabriela Amélia, casada com José Procópio de Azevedo Sobrinho, moradores em Baependí

2-6-7 Ana Gabriela, casada aos 29-11-1837 com João Pedro Diniz Junqueira, filho do Coronel João Pedro Diniz Junqueira e Helena Constancia Junqueira; família “Souza Diniz” Cap. 2º. Moradora em Piraí

2-6-8 Antonio Gabriel Junqueira, casado. Casou com sua sobrinha Helena Ribeiro, filha de 2-6-1. Família “Antonio Ribeiro de Carvalho”, Cap 1º.

2-6-9 Genoveva Urbana Junqueira, casada com José de Andrade Peixoto, filho de José Gonçalves Penha e Maria Rita de Andrade. Família “Os Carvalho Duarte” Cap. 2º, § 2º.

         Falecida pouco depois de sua mãe, foi representada por seis filhos no inventário de Inácia Constança e por quatro no do Barão de Alfenas. Moradores em Cristina, tinham a seguinte situação em 1856.

2-6-9-1 Maria Inácia, 15 anos, solteira. Não comparece no inventário do avô materno.

2-6-9-2 Inacia Urbana, 12 anos. Inácia Urbana de Andrade, recebeu legados do avô..

2-6-9-3 Gabriel, 10 anos. Gabriel de Andrade Junqueira também legatária do avô.

2-6-9-4 José 8 anos. Não compareceu no inventário do avô.

2-6-9-5 Marcos, 5. Marcos Aurélio de Andrade Peixoto também recebeu bens legado no referido inventário

2-6-9-6 Emilia, 4. Emilia de Andrade Peixoto, recebeu uma escrava no valor de pouco mais de um conto de réis.

2-6-10 Rita de Cássia Junqueira, no inventário da mãe estava casada com José Procópio de Azevedo e Paiva, provavelmente seu cunhado supra em 2-6-6.

Entre seus filhos:

2-6-10-1 Gabriel Francisco de Azevedo Junqueira, casou em São Vicente Ferrer aos 12-08-1871 com Elisa Eugenia de Andrade Pinto

(RMJ) Casamentos na Ermida de São Vicente depois Capela de São Vicente Ferrer-MG 12-08-1871, Fazenda Santo Antonio, 4h da tarde. Gabriel Francisco de Azevedo Junqueira com Elisa Eugenea de Andrade Pintol Test: Joaquim Tiburcio Junqueira e Ananias de Andrade Villela

2-6-10-2 Evaristo Procopio de Azevedo Junqueira, casou em São Vicente Ferrer aos 16-07-1884 com Rita Antonia de Azevedo Pinto, filha de Antonio Gabriel Pinto e Ana Antonia de Azevedo Pinto

(RMJ) Casamentos na Ermida de São Vicente depois Capela de São Vicente Ferrer-MG - 16-07-1884, Ermida do Engenho Novo, 3h.

Evaristo Procópio d'Azevedo Junqueira, f. de José Procópio de Azevedo e Rita de Cássia Junqueira com: Rita Antonia de Azevedo Pinto, fa de Antonio Gabriel Pinto e Ana Antonia d'Azevedo Pinto

Test: Custódio de Azevedo Pinto e Francisco José de Azevedo Junqueira

 

2-6-11 Joaquim Tiburcio Junqueira, casado (com Gabriela Angelina de Andrade, família “Francisco Machado de Azevedo”).

2-7 Thomas José de Andrade, com 6 anos em 1794. Aos 04-06-1810 na Ermida do Campo Alegre casou-se com Antonia Francisca Junqueira, filha de José Francisco Junqueira e Antonia Maria de Jesus; família “Antonio Gracia e João Garcia Duarte” II.

(B7) Casamentos - Sta Ana das Lavras do Funil, aos 04-06-1810 na Ermida do Campo Alegre da Freg. de Lavras do Funil, Thomas Jose de Andrade, f.l. de Jose de Andrade Peixoto e D. Marianna Vitoria do Nascimento; = cc. Antonia Francisca Junqueira, f.l. do Alf. Joze Francisco Junqueira e Antonia Francisca Junqueira, digo, Maria de Jesus. Nts/bts nesta.

 

          Segunda vez aos 03-08-1825, dispensados do impedimento de afinidade licita em 1º grau, Tomás casou com Francisca Maximina; família supra citada.

 

3- Inácia Maria de Jesus, batizada em 04-12-1752. Inácia Bárbara Feliciana de Mello casou aos 17-06-1782 com o Dr Manoel Rodrigues Pacheco de Moraes, viúvo de Clara Maria do Pillar, filho do Capitão Luiz Rodrigues Pacheco e Maria de Jesus Moraes.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra da Conceição aos 04-12-1752 Inacia, f.l. João Gonçalves de Mello e Ana Quiteria de Souza, padr.: Jose Ribeiro e s/m Caetana de Souza.

 

RMJ: SJDR, casamentos – Aos 17-06-1782, na Capela de S Thiago Mayor, Dr Manoel Rodrigues Pacheco de Moraes, viúvo de Clara Maria do Pillar, filho leg do Capitão Luiz Rodrigues Pacheco e Maria de Jesus Moraes = Inacia Bárbara Feliciana de Mello, filha legítima de João Gonçalves Mello e Ana Quitéria de Souza. Ele natural da freg de N Sra da Conceição de Guarapiranga e ela de São João Del Rei.

Pais de, pelo menos:

3-1 Francisco, batizado em 10-08-1786.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, aos 10-08-1786 Francisco, f.l. Dr. Manoel Rodrigues Pacheco e D. Inacia Barbara Feliciana de Mello, padr.: Tem. Antonio Jose Dias Coelho e D. Mariana Vitoria do Nascimento, casada por pp ao Padre Vicente de Araujo Pereira.

4- João Gonçalves de Mello, capitão, nascido por 1756 casou duas vezes. Em primeiras nupcias, aos 16-10-1787, casou-se com Ana Rodrigues de Jesus (ou Faria), filha de João Rodrigues de Faria e Izabel do Rosário.

B7: Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, aos 16-10-1786 Cap. S. Tiago, o Tenente João Gonçalves de Mello, , f.l. João Gonçalves de Mello e Ana Quiteria de Souza, n/b na freg. desta vila; = cc. Ana Rodrigues de Jesus, f.l. João Rodrigues de Faria e Izabel do Rosario, n/b na freg. de Santo Antonio da vila de S. Jose.

 

Ana já era falecida no inventário paterno e foi representada por seus filhos. Família “os Faria do Bom Sucesso” Cap. 2º, § 3º neste site.

O Capitão João faleceu com testamento aos 07-09-1831 com inventário aberto em 1832 por sua segunda mulher Rita Clara de Jesus. (testamento e inventário neste site):

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, na ermida do Cap. João Gonçalves de Mello da aplicação de S. Tiago, aos 03-07-1816 Cap. João Gonçalves de Mello, viuvo = cc D. Rita Clara de Jesus, test.: Cap. João Jose da Rocha e Cap. Antonio Jose Faria.

 

 

João e Ana tiveram:

4-1 Tenente João Lourenço de Mello, batizado em 04-02-1788. Casou com Teodora de Proença Lara, filha de José Rodrigues do Souto e Maria de Lara de Proença e Góes (“Aportes à Genealogia Paulistana - Joana de Almeida Góes”).

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 04-02-1788 João, f.l. Ten. João Gonçalves de Mello e Ana Rodrigues de Faria, padr.: João Rorigues de Faria e s/m Izabel do Rosario

 

B7: Casamentos - SJDRei, aos --- de Fevereiro [rasgado] Tenente João Lourenço de Mello, f.l. do Cap. João Gonçalves de Mello e D. Ana Rodrigues; = cc. D. Theodora Proença Lara, f.l. de Jose Rodrigues Souto e D. Maria de Lara Proença. Nts/bts nesta freguesia.

          Em 1832 era viúvo e estava demente, tutelado por José Gonçalves de Faria Lara. Com pelo menos cinco filhas que receberam deixas na testamentária do avô paterno:

4-1-1 Ana.

4-1-2 Felizarda. Maria Felizarda de Proença e Lara aos 31-07-1827 casou com Joaquim Francisco de Moraes, filho de Gabriel Alves de Moraes e Mariana Rosa.

B7: Casamentos Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 31-07-1827 cap. do Amparo, Joaquim Francisco de Moraes, f.l. Gabriel Alz de Moraes e Mariana Rosa, n/b freg. S. João del Rei; = cc D. Maria Felizarda de Proença e Lara, f.l. Ten. João Lourenço de Mello e D. Theodora de Proença Lara, n/b e moradora nesta.

Pais de, q.d.:

4-1-2-1 Ana, batizada em 20-07-1828.

B7: Batismos - Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) cap. Sto Antonio aos 20-07-1828, Ana, f.l. Joaquim Francisco de Moraes e Maria Felizarda de Proença e Lara, padr.: por pp Gabriel Al de Moraes e D. Maria Micaela de Proença e Lara.

4-1-2-2 Iria, em 31-10-1830.

B7: Batismos - Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) cap. Sto Antonio aos 31-10-1830 Iria, f.l. Joaquim Francisco de Moraes e Maria Felizarda Proença e Lara, padr.: Vicente Candido Jose de Faria e D. Maria Candida de Santa Ana.

4-1-3 Francisco, batizado em 15-04-1809.

B7: Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 15-04-1809 cap. Sto Antonio do Amparo, Francisco, f.l. Ten. João Lourenço de Mello e D. Teodora de Proença Lara, padr.: Ten. Hipolito Antonio de Faria e D. Maria Candida de Jesus.

4-1-4 Maria, batizada em 05-04-1812.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela Sto Antonio do Amparo aos 05-04-1812 Maria, f.l. Ten. João Lourenço de Mello e D. Teodora Proença Lara, padr.: Cap. João Gonçalves de Mello e D. Maria Micaela Proença filha de D. Maria de Lara Proença Goes.

4-1-5 José, em 23-03-1813.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela Sto Antonio do Amparo aos 23-03-1813 Jose, f.l. Ten. João Lourenço de Mello e D. Teodora Proença Lara, padr.: João Felisberto Rodrigues Lara e Antonio Jacinto Rodrigues Lara.

4-1-6 Francisca em 25-09-1814.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela Sto Antonio do Amparo aos 25-09-1814 Francisca, f.l. João Lourenço de Mello e Teodora Proença Lara, padr.: Cap. Jose Pereira Cardoso e D. Joana Felicia de Paiva. Batizada em casa em necessidade por Leandro Rodrigues Lara.

4-1-7 Gertrudes, em 06-11-1815

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela Sto Antonio do Amparo aos 06-11-1815 Gertrudes, f.l. Ten. João Lourenço de Mello e D. Teodora Proença Lara, padr.: Antonio Ferreira Cardoso e D. Joana Ferreira de Jesus.

4-1-8 Maria das Dores

 

4-2 Vicente Venâncio de Mello, alferes, batizado em 31-05-1790. Casou com Maria Joana e em 1832 eram moradores em sua fazenda de S. Miguel na Aplicação do Santíssimo Sacramento Julgado do Desemboque, Comarca da Vila de Paracatu do Príncipe, Província de Minas Gerais.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 31-05-1790 Vicente, f.l. Ten. João Gonçalves de Mello e Ana Rodrigues de Faria, padr.: João Rorigues de Faria e Esmeria Clara de Santa Rosa, casada.

 

4-3 Maria Cândida de Santa Ana, batizada em 31-07-1791. Casou com o Tenente Hipólito José de Faria, falecido aos 09-06-1834. Maria Cândida foi inventariada em 1866 (inventários neste site):

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 31-07-1791 Maria, f.l. Ten. João Gonçalves de Mello e Ana Rodrigues de Faria, padr.: Jose Ferreira da Silva e Izabel do Rosario.

4-3-1 Vicência (ou Venância) Paulina de Santana aos 12-06-1826 casou com o Alferes Antonio Ribeiro de Carvalho, filho de Joaquim José Ribeiro e Rita Vitória do Carmo.

B7: Casamentos - SJDRei, aos 12-06-1826 Cap. de S. Thiago, Antonio Ribeiro de Carvalho, f.l. Joaquim Jose Ribeiro e Rita Vitoria do Carmo; = cc. Vicencia Paulina de Santa Ana, f.l. Tenente Hypolito Jose de Faria e D. Maria Candida de Santa Ana.

Pais de, q.d.:

4-3-1-1 Maria do Carmo do Amor Divino, com 16 anos em 17-07-1843 dispensados do impedimento de consanguinidade, casou com José Eduardo Ribeiro, filho de Joaquim de Almeida Silva e Esméria Margarida de Santa Ana.

B7: Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) cas - aos 17-07-1843 cap. S. Tiago dispensados de consanguinidade, Eduardo Jose Rib---, branco 26 anos, f.l. Joaquim de Almeida Silva e D. Esmeria Margarida de S. Ana = cc Maria do Carmo do Amor Divino, branca de 16 anos, f.l. Alf. Antonio Ribeiro de Carvalho e D. Vicencia Paulina de S. Ana. Todos desta freguesia nts e moradores, test.: Caetano Machado Neves e Joaquim Gaudencio de Sza.

4-3-2-2 Ana Gertrudes de Faria, com 17 anos em 16-06-1845 e dispensados do impedimento de consanguinidade em 2º grau igual, casou com João Joaquim Ribeiro irmão inteiro de Eduardo José supra.

B7: Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) cas -  aos 16-06-1845 dispensados de consanguinidade em 2º grau igual na cap. S. Tiago, João Joaquim Ribeiro, branco 22 anos, f.l. Joaquim de Almeida e Silva e Esmeria Margarida de S. Ana = cc Ana Gertrudes de Faria, branca 17 anos, f.l. Antonio Ribeiro de Carvalho e Vicencia Paulina de S. Ana. Nts e moradores nesta, test.: Cap. Jose Justino da Silva e Vicente Candido Jose de Faria.

4-3-2-3 Joaquim, batizado em 22-08-1831.

B7: Batismos - Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) cap. S. Tiago aos 22-08-1831 Joaquim, f.l. Antonio Ribeiro de Carvalho e Vicencia Paulina de Sta Ana, padr.: João Caetano Ribeiro e Barbara Candida do Amor Divino

4-3-2-4 Maria, em 01-05-1833.

B7: Batismos - Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 01-05-1833 Maria, f.l. Antonio Ribeiro de Carvalho e Vicencia Paulina de S. Ana, padr.: Vicente Jose de Faria e s/mãe Maria Candida de S. Ana.

4-3-2 Gertrudes Cândida de Santana, nascida por 1810. Aos 18-05-1837 casou com Caetano Machado Neves, com 40 anos natural da Ilha Terceira, filho de Caetano Machado Valadão e Luiza das Neves.

B7: Casamentos Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 18-05-1837 na fazenda do Capão Grosso da aplicação de S. Tiago da freg. de Bom Sucesso, Caetano Machado Neves, branco que vive de lavoura, de 40 anos de idade n. do Bispado de Angra da Ilha Terceira, f.l. Caetano Machado Valadão e D.; Luiza das Neves, já falecidos = cc Gertrudes Candida de S. Ana, branca, 25 anos, f.l. Hipolito Jose de Faria e D. Maria Candida de S. Ana. Test.: Urbano Machado Valadão e Jose Justino da Silva.

4-3-3 Bárbara Cândida do Amor Divino, nascida por 1811. Aos 24-01-1838 casou com Joaquim Gaudencio de Souza, com 30 anos e filho de José de Souza de Oliveira e Joaquina Maria do Espírito Santo.

B7: Casamentos Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 24-01-1838 cap. S. Tiago, Joaquim Gaudencio de Souza, branco de idade 30 anos que vive de lavoura, f.l. Jose de Souza de Oliveira e D. Joaquina Maria do Espirito Santo, n. da freg. da Conceição da Barra = cc Barbara Candida do Amor Divino, branca de 25 anos, f.l. Ten. Hipolito Jose de Faria e D. Maria Candida de S. Ana, n. desta freg.; test.: Flavio Jose da Silva e Antonio Ribeiro de Carvalho.

4-3-4 Vicente Cândido de Faria, batizado aos 02-11-1813. Aos 19-02-1838 casou com Gertrudes Carolina da Conceição, de 17 anos, filha de Januário Ferreira da Costa e Rita Felisbina de Cassia.

B7: Casamentos Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 19-02-1838 cap. S. Tiago, Vicente Candido de Faria, branco de 22 anos que vive de lavoura, f.l. Ten Hipolito Jose de Faria, falecido e D. Maria Candida de S. Ana = cc D. Gertrudes Carolina da Conceição, branca de 17 anos, f.l. Januario Ferreira da Costa e D. Rita Felisbina de Cassia. Ambos nts e moradores nesta freguesia, test.: Antonio Ribeiro de Carvalho e Antonio Glz Vilella.

 

         Vicente já era falecido em 1866 e foi representado por seus herdeiros:

4-3-4-1 Maria da Glória de Faria, casada com João Gaudêncio de Souza

4-3-4-2 Maria Vicência de Faria, casada com Antonio Alves da Silva

4-3-4-3 Ignacia Carolina de Faria, casada com Martiniano Silvino de Almeida

4-3-4-4 Maria Cândida de Faria, casada com Francisco Alves da Silva

 

4-4 Vicência Paulina de Jesus, batizada em 05-08-1794. Casou com o Alferes José Ignacio de Faria. Vicência faleceu aos 16-07-1821 e o Alferes José Ignacio faleceu antes do sogro e foi inventariado em 1835, sem geração. (inventários neste site).

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 05-08-1794 Vicencia, f.l. Ten. João Gonçalves de Mello e Ana Rodrigues de Faria, padr.: Caetano Nunes e Mariana de Faria.

 

4-5 Antonio Lourenço (ou Gonçalves) de Mello, por 1797. Casou com Maria Francisca de Jesus. Já era falecido em 1817 (inventário de sua avó Isabel) e foi representado por sua filha única. Sua viúva passou a segundas núpcias com José Inácio de Menezes.

4-5-1 Rita Maria de Jesus, nascida por 1813. Casou com José de Almeida Ramos, moradores na Farinha Podre.

 

4-6 Clara, batizada em 08-12-1797. Já era falecida aos 16-08-1830 desassisada - demente. Herdaram seus irmãos inteiros.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 08-12-1797 Clara, f.l. Cap. João Gonçalves de Mello e Ana Rodrigues de Faria, padr.: Caetano Nunes Pereira e Ana Maria de Farias.

 

4-7 Manoel Gonçalves de Mello, batizado em 03-05-1799. Em 1832 era morador no Termo de Tamanduá.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 03-05-1799 Manoel, f.l. Cap. João Gonçalves de Mello e Ana Rodrigues de Faria, padr.: Manoel Jose Pinto e Clara Francisca de Jesus.

 

4-7-1 Bárbara, legatária do avô paterno. Provávelmente Barbara Francisca de Jesus, casada com João Martins Parreira, testamenteiro e herdeiro de José Inácio de Faria, ela herdeira no inventário de João Gonçalves Mello e também herdeira de Ana Rodrigues de Jesus, conforme procurações que se encontram no inventário de João Gonçalves Mello

4-7-2 Umbelina, idem.

 

João Gonçalves de Mello e Rita Clara de Jesus tiveram:

4-8 José, batizado em 24-09-1818. Com 13 anos em 1832.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 24-09-1818, Jose, f.l. Cap. João Gonçalves de Mello e Rita Clara de Jesus, padr.: João Antonio de Faria, solteiro e D. Maria Candida de Santana, casada

4-9 Bárbara, batizada em 13-02-1820. Bárbara Vicência do Amor Divino casou duas vezes. Aos 07-10-1832, dispensados do impedimento de consanguinidade em 3º e 4º graus duplicados, com João Pedro Guimarães. Geração na família “Domingos da Costa Guimarães”.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 13-02-1820 Barbara, f.l. Cap. João Gonçalves de Mello e Rita Clara de Jesus, padr.: Alf. Alexandre Gonçalves de Mello e s/m D. Clara.

 

B7: Casamentos Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 07-10-1832 cap. S. Tiago dispensados de consanguinidade em 3º e 4º grau duplicado, João Pedro Guimarães, n. da freg. de Carrancas = cc D. Barbara Vicencia, f.l. do Cap. João Gonçalves de Mello e D. Rita Clara de Jesus, n. e moradora nesta freguesia. Test.: Francisco de Paula Pereira e Manoel Dias de Oliveira.

          Aos 26-09-1836 casou com Tomás José de Aquino, filho de Januário Ferreira da Costa e Rita Felisbina de Cássia.

B7: Casamentos Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 26-09-1836 cap. S. Tiago, Tomas Jose de Aquino, f.l. Januario Ferreira da Costa e Rita Felisbina de Cassia, n. desta freg. = cc Barbara Vicencia do Amor Divino, viuva de João Pedro Guimarães. Ambos moradores na aplicação de S. Tiago, test.: Jose Justino da Silva e Alexandre Gls Pereira.

4-10 Maria, com 9 anos. Maria Rita de Jesus aos 23-11-1834 casou com seu primo Joaquim José Parreira

4-11 Ana, batizada em 03-03-1824. Ana Cândida de Jesus aos 16-07-1838 casou com Francisco de Paula Rodrigues de Assis, de 26 anos e filho do Cap. Mor Jerônimo José Rodrigues e Ana Joaquina de Jesus, família “Ribeiro da Silva” de São Gonçalo do Brumado Cap. 5º, § 2º.

B7: Batismos - Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 03-03-1824 cap. S. Tiago, Ana, f.l. Cap. João Glz de Mello e D. Rita Clara de Jesus,padr.: João Pero Guimarães e . Vicencia Paulina de S. Ana.

 

B7: Casamentos Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 16-07-1838 na aplicação de S. Tiago, Francisco de Paula Rodrigues de Assis, agricola de 26 anos, f.l. Cap. Mor Jeronimo Jose Rois e D. Ana Joaquina de Jesus, falecida, n. de S. João del Rei e morador na freg. de S. Jose = cc D. Ana Candida de Jesus, branca de 14 anos, f.l. Cap. João Glz de Mello e D. Rita Clara de Jesus, n. e moradora nesta freguesia, test.: Francisco Mendes de Almeida Silva e João Antonio de Faria.

4-12 Joaquim, batizado em 12-10-1824. Joaquim Gonçalves de Mello aos 14-10-1843 casou com Maria Rita de Jesus depois de dispensados do impedimento de consanguinidade duplicados.

B7: Batismos - Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) aos 12-10-1824 cap. S. Tiago, Joaquim, f.l. Cap. João Glz de Mello e D. Rita Clara de Jesus, padr.: João da Costa e D. Mariana Francisca de Mello (foto)

4-13 Clara Maria de Jesus, aos 27-02-1844 com 15 anos, casou com Francisco Gonçalves Lara, de 23 anos, filho de Domingos Gonçalves Lara.

B7: Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) cas -  aos 27-02-1844 depois de proclamados e dispensados, Francisco Glz Lara, branco de 23 anos, f. de Domingos Glz Lara = cc D. Clara Maria de Jesus, branca 15 anos, f.l. do finado Cap. João Glz de Mello e D. Rita Clara de Jesus, n. e moradores em S. Tiago, test.: Urbano M. Va---- e Gervasio Glz Lara.

4-14 Maria, batizada em 19-03-1829.

B7: Batismos - Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) cap. S. Tiago aos 19-03-1829 Maria, f.l. Cap. João Glz de Mello e D. Rita Clara de Jesus, padr.: Rvdo. Vigario Jose Lopes Cansado e Padre Francisco Ferreira da Silva.

4-15 Francisco, em 13-02-1831.

B7: Batismos - Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso (Bom Sucesso, Minas Gerais) Cap. S. Tiago aos 13-02-1831 Francisco, f.l. Cap. João Glz de Mello e D. Rita Clara de Jesus, padr.: Francisco Balbino de Mello e D. Clara Francisca de Jesus.

5- José, batizado em 31-05-1762. José Gonçalves de Mello casou na Capela de S Tiago aos 22-10-1784 com Mariana Rosa de Jesus, natural de Ibituruna, filha de Antonio Martins Teixeira e Rita da Costa, família “Antonio Martins Teixeira”.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Miguel do Cajuru aos 31-05-1762, Jose, f.l. Jo-- Gonçalves Mello e Ana Quiteria de Souza, np Francisco Gonçalves e Anastacia Pires, da freg. de Santo Estevão Arc. Braga, nm Jose da Costa Fialho, da freg. S. Nicolau - Lisboa e Maria de Souza Delgada, de Olinda-Pernambuco; padr.: Padre Francisco Xavier Fialho e Quiteria Miranda, viuva.

 

B7: Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, aos 22-10-1784 Cap. S. Thiago, Jose Gonçalves de Mello, f.l. João Gonçalves de Mello e Ana Quiteria de Souza, n/b na cap. de S. Miguel; = cc. Mariana Roza de Jesus, f.l. Antonio ---tins Teixeira e Rita da Costa, n/b na capela de S. Gonçaloda Ibituruna.

Alferes José e Mariana tiveram, q.d.:

5-1 Mariana, batizada em 20-08-1786.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 20-08-1786 Mariana, f.l. Jose Gonçalves de Mello e Mariana Rosa de Jesus, padr.: João Gonçalves de Mello e Rita da Costa.

5-2 Inácia Bárbara Feliciana de Mello, batizada em 01-05-1788. Em Franca-SP aos 29-09-1806, casou com João Paulo de Souza, filho de Pedro Luiz de Souza e Ana Maria de Souza.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 01-05-1788 Inacia, f.l. Jose Gonçalves de Mello e Mariana Rosa de Jesus, padr.: Revdo. Carlos Correa de Toledo Mello, da freg. de S. Jose e Inacia Barbara Feliciana de Mello,. casada (com Dr. Manoel Rodrigues Pacheco).

 

Casamentos da matriz de N. S. da Conceição de Franca-SP aos 29-09-1806 nesta freg., João Paulo de Souza, f.l. de Pedro Luiz de Souza e Ana Maria de Souza; = cc Inacia Barbara Feliciana de Mello, f.l. do Alf. Jose Gonçalves de Mello e Mariana Rosa de Jesus; test.: Cap. Hipolito Antonio Pinheiro e Alf. Heitor Ferr.ª de Barcellos, casados e moradores nesta freguesia.

          João Paulo, viúvo, aos 11-02-1817 casou com Maria Teresa de Barros, filha do Cap. Manoel Francisco de Barros e Leonor Angélica do Sacramento, família “Gomes Pinheiro”.

5-3 Ana, batizada em 08-07-1789.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 08-07-1789 Ana, f.l. Jose Gonçalves de Mello e Mariana Rosa de Jesus, padr.: Joaquim Jose e Feliciana Antonia, solteiros.

5-4 José, em 18-01-1791.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 18-01-1791 Jose, f.l. Jose Gonçalves de Mello e Mariana Martins, padr.: João Rodrigues de Faria, casado e Ana Rodrigues, casada.

5-5 Joaquim, em 12-08-1792.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela S. Tiago aos 12-08-1792 Joaquim, f.l. Jose Gonçalves de Mello e Mariana Rosa de Jesus, padr.: Alf. Joaquim Rodrigues Pacheco e Maria Cleofa.

5-6 Maria de Jesus, natural de S. João del Rei. Em Franca aos 05-07-1813 casou com Mateus Inácio de Faria, natural de S. Mateus Bispado de Angra. filho de José Inácio de Faria e Teresa Inácia de Jesus.

Casamentos da matriz de N. S. da Conceição de Franca-SP aos 05-07-1813 Mateus Inacio de Faria n. de S. Mateus Bispado de Angra, f.l. Jose Inacio de Faria e Teresa Inacia de Jesus = cc Maria de Jesus n. de S. João del Rei Bispado de Mariana, f.l. Alf. Jose Gonçalves de Mello e Mariana Rosa, test.: Jose Vicente de Magalhães e Manoel Marques de Carvalho, casados.

5-7 Romana Rosa de Jesus, natural de Bambui-MG. Em Franca aos 22-06-1818 casou com Joaquim Mendes Rosa, batizado aos 02-11-1781 em S. João del Rei, filho de Francisco Mendes Rosa, natural da freguesia de Santa Cruz da Ilha Terceira e Quitéria Ferreira de Figueiredo, batizada em S. João del Rei em 03-02-1744 e aí casados em 11-06-1766, neto paterno de João Mendes e Ana de Jesus, neto materno de Antonio Ferreira de Figueiredo e Marta (ou Maria) Rodrigues das Neves.

Casamentos da matriz de N. S. da Conceição de Franca-SP aos 22-06-1818 Joaquim Mendes Rosa n. da freg. da vila de S. João del Rei, f.l. Francisco Mendes Rosa e Quiteria Ferreira de Figueiredo = cc Romana Rosa de Jesus, n. freg. Bambui do predito bispado, f.l. Cap. Jose Gonçalves de Mello e D. Mariana Rosa de Jesus, test.: Alf. Manoel Alves de Figueiredo e Manoel Marques de Carvalho, casados.

 

Matriz N. Sra do Pilar de S. João del Rei e capelas filiadas, ermida Santo Antonio do Amparo aos 02-11-1781 Joaquim, f.l. Francisco Mendes Rosa e Quiteria Ferreira de Figueiredo, parda forra, padr.: Maria, solteira filha de Francisco Mendes Rosa.

 

Matriz N. Sra do Pilar de S. João del Rei e capelas filiadas, cap. Bom Sucesso aos 11-06-1766 Francisco Mendes Rosa, da freg. de Santa Cruz Ilha Terceira Bispado de Angra, f.l. João Mendes e Ana de Jesus = cc Quiteria Ferreira, da freg. N. Sra do Pilar, f.l. Antonio Ferreira de Figueiredo e Maria(?) Rodrigues, test.: Domingos Dias Santos e Pascoal Brandão.

 

Matriz N. Sra do Pilar de S. João del Rei e capelas filiadas, cap. N. Sra da Conceição da Barra aos 03-02-1744 Quiteria, f.l. Antonio Ferreira e Marta Rodrigues Neves, padr.: Licenciado Antonio Figueiredo Silva e Joana, irmã da batizanda.

5-8 Rita Cândida de Jesus aos 26-02-1824 casou com Agostinho Justiniano de Freitas, natural de Ouro Fino-MG, filho de Jose de Freitas e Ana Maria de Jesus.

Casamentos da matriz de N. S. da Conceição de Franca-SP aos 26-02-1824 Agostinho Justiniano de Freitas f.l. Jose de Freitas Via alva e Ana Maria de Jesus, n. freg. Ouro Fino deste bispado = cc Rita Candida de Jesus f.l. Cap. Jose Gonçalves de Mello e D. Mariana Rosa de Jesus, n. da freg. de Pinhuhi Bispado de Mariana, test.: Antonio Martins Rodrigues e Manoel Fernandes Fialho, casados.

 

6- Francisco, nasceu por 1764. Francisco Gonçalves de Mello aos 14-01-1790 casou com Leonor da Assunção, filha do Furriel Antonio Luiz Teixeira Alves e Ana Maria da Assunção.

(pesq. Silvia Buttros) Matrimônios de Piumhi, MG. Aos 14/01/1790, na Matriz de N.S. do Livramento, Francisco Gonçalves de Melo, f.l. de João Gonçalves de Melo e de Ana Quitéria, nat. e bat. na Capela da Conceição, filial da vila de São João Del Rei; com Leonor da Assunção, f.l. do Furriel Antônio Luís Teixeira Alves e de sua mulher Ana Maria, nat. e bat. na freg. de N.S. da Conceição dos Prados. Testemunhas: O Guarda Mor Antônio Rodrigues da Costa e o Alferes Domingos Antônio da Silveira. O Vigr° Miguel de Albuquerque.

 

7- Manoel, por 1766. Manoel Gonçalves de Souza aos 14-01-1790 casou com Hipólita Jacinta de Mello, filha do Furriel Antonio Luiz Teixeira Alves e Ana Maria da Assunção, supra citados

(pesq. Silvia Buttros) Matrimônios de Piumhi, MG. Aos 14/01/1790, na Fazenda da Capetinga, Manoel Gonçalves de Souza, f.l. de João Gonçalves de Melo e de Ana Quitéria, nat. e bat. na freg. de São João Del Re; com Hipólita Jacinta de Melo, f.l. do Furriel Antônio Luís Teixeira Alves, e de Ana Maria da Assunção, nat. e bat. freg. de N.S. da Conceição dos Prados. Testemunhas: O guarda Mor Antônio Rodrigues da Costa, e o Alferes Domingos Antônio da Silveira. O Vigr° Miguel de Albuquerque.

 

8- Alexandre Gonçalves de Souza e Mello, batizado em 24-04-1768. Foi o Testamenteiro do irmão João.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, capela N. Sra da Conceição da Barra aos 24-04-1768 Alexandre, f.l. João Gonçalves de Mello, da freg. Sto Estevão Arc. Braga e Ana Quiteria de Souza, desta, padr.: Alexandre Barroso Pereira e Ana, solteiros.

          Casou aos 23-11-1796 com Clara Francisca de Jesus, filha do Capitão Matheus José de Faria e Bárbara Francisca de Jesus.

SJDRei- casamentos - Aos 23-11-1796 Capela de S. Sebastião, Alexandre Gonçalves de Souza e Mello, f.l. João Gonçalves de Mello e Anna Quiteria de Souza; = cc. D. Clara Francisca de Jesus, f.l. Capitão Matheus Jose de Faria e D. Barbara Francisca de Jesus. Nts/bts nesta freguesia..

Alexandre e Clara tiveram ao menos:

8-1 Rita, legatária do avô materno

8-2 Cândida, batizada em fevereiro de 1802.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - em fevereiro de1802 Ribeirão do Mosquito, Candida, f.l. Alf. Alexandre Gonçalves de Mello e D. Clara Francisca de Jesus, padr.: R.do Francisco Ferreira da Silv e D. Maria Cleofa. Vila de São Jose 09-09-1819

 

 

             Capitão Matheus José de Faria era natural da Freguesia de São Matheus da Vila do Faial, Bispado de Angra, filho de José Francisco de Faria e Maria Jacinta. Com sua mulher e filhos viveu na sua fazenda Ribeirão do Mosquito, termo da Vila de São José. Faleceu em Tiradentes aos 20-01-1820 com testamento “posto que inválido” e foi inventariado no mesmo ano por sua viúva. Compareceram oito filhos do casal (inventário neste site):

I- Josefa Maria Francisca, casou aos 02-07-1788 com o quartel Mestre João Gonçalves de Góis e Lara, filho único de Domingos Gonçalves Góes e Maria Bernardes de Almeida Lara, família “Góes-Avintes”

II- Clara, casada com o Alferes Alexandre Gonçalves de Mello.

III- Bernarda casada aos 07-08-1799 com o Guarda Mor Manoel José Parreiras, natural de Congonhas do Campo, filho de Nicolao José Parreiras e Maria Josefa de Jesus. Dispensados do impedimento de consanguinidade em 3º grau.

S. Jose del Rei e capelas filiadas, cas. aos 07-08-1799; N.Sra. Rosário; Manoel José Parreiras; f. Nicolao José Parreiras e Maria Josepha de Jesus; n. Congonhas do Campo; = cc. Bernarda Francisca de Faria; f. Cap. Matheus José de Faria e Barbara Francisca de Faria; n. São José; Com dispensa de impedimento de 3º grau de sanguinidade; test.: Revdo Joaquim Thomas Ribeiro de Miranda e o Revdo. Bernardo Boa Vent.a de Moraes

            Viúva e sem geração, Bernarda testou em 01-07-1841. Instituiu por herdeiros: Sargento Mor Mateus Furtado de Mendonça, sua afilhada D. Maria Luzia de Mendonça, aos filhos do afilhado Alexandre Gonçalves Parreiras e a Joaquim José Parreiras. Seu testamento foi aberto aos 16-11-1841.

IV- Ana Gertrudes de Faria, aos 15-04-1801 casou com o Capitão Antonio Martins Parreiras, natural de Congonhas do Campo, filho de José Martins Parreiras e Catarina Maria de Jesus.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, aos 15-04-1801; Pilar de São João del Rei; Antonio Martins Parreiras; f. José Martins Parreiras e Catherina Maria de Jesus; n. Congonhas do Campo; = cc. Ana Gertrudes de Faria; f. Cap. Matheus José de Faria e Barbara Francisca de Faria; n. São João del Rei

V- Gertrudes Caetana de Faria, solteira, com trinta anos, pouco mais ou menos em 1820. Comparece no censo de 1831, solteira com 45 anos declarados e vários dependentes.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 24-06-1810 Mosquito, João, f.l. Ten. João Gonçalves de Gois e Lara e D. Josefa Maria de Faria, padr.: o Guardamor Manoel Jose Parreiras e D. Gertrudes Caetana de Faria, filha do Cap. Matheus Jose de Faria, todos desta freguesia.

 

Mapa de População do Distrito da Vila de São Jose Del Rei - 1831 (atual Tiradentes), fogo 478 JETRUDES CAETANA DE FARIA; chefe do fogo; feminino; branca; 45; solteiro

23 escravos

JOAQUIM; dependente; masculino; branca; 15; solteiro

THOME; dependente; masculino; parda; 20; solteiro

MARIA CLARA; dependente; feminino; branca; 7; solteiro

FLORA; dependente; feminino; branca; 1; solteiro

1 escravo

VI- Hipólito, casado

VII- José, casado.

VIII- Agostinho José de Faria, falecido, casado que foi com Maria Ferreira - sem filhos. Provavelmente o filho abaixo falecido antes do pai.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 29-06-1801 Oliveira, Ana n. aos 06, f.l. Agostinho Jose de Faria e Maria Ferreira, padr.: Cap. Matheus Jose de Faria e D. Ana Felicia Ferreira.