PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

JOÃO BERNAL (Bernardes) MACIEL, capitão

 

SL. 3, 313, 4-1 Josepha Rodrigues casada em 1752 em Guaratinguetá com Manoel Gago da Camara f.º de Ignacio Cubas Gago e de Antonia Vieira da Maya, n. p. de João Cubas do Prado e de Maria da Camara, moradores que foram em Mogi das Cruzes, por esta bisneto do capitão João Bernardes Maciel e de Brigida da Camara, esta † em 1645 em Mogi das Cruzes.

 

Bartyra Sette

Fabricio Gerin

 

Capitão João Bernal Maciel e Brigida da Camara foram moradores em Mogi das Cruzes-SP onde ambos testaram e foram inventariados em 1695. Brigida fez seu testamento em 24-11-1694, cumpra-se de 12-12-1694, escrito a seu rogo “por eu não saber escrever” por seu primo Antonio Teixeira da Cunha. Cap. João testou em 10-10-1695.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Brigida da Camera, mulher que foi do Capitão João Bernal Maciel

Autos 03-08-1695

Declarante: o viúvo

Procurador Marcos Mendes Pereira do órfão Salvador Gago da Cunha, filho da defunta.

Filhos que ficaram:

machos: Estevão Gago da Camera = Salvador Gago da Camera = Maria da Camera, viuva de João Cubas

 

João Bernardes Maciel

Autos 07-10-1695

Declarante: Salvador Gago da Camera, filho do defunto.

 

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Brigida da Camara - Contas do testamento

Testamento aos 24-11-1694 eu Brigida da Camara (...).

Pedi a meu primo Antonio Teixeira da Cunha que escrevesse por eu não saber escrever.

Testamenteiros: meu marido João Bernardes.

(...) meu corpo seja enterrado na igreja matriz da vila de Santa Ana das Cruzes de Mogi.

Tenho uma bastarda por nome Domingas acompanhada a meu marido enquanto sua vida e por sua morte ficara a seu alvedriu.

Aos 24-11-1694 nesta vila de Santa Ana das Cruzes de Mogi.

(aa Brigida da Camara - Antonio Teixeira da Cunha)

Cumpra-se 12-12-1694.

 

Conta do Testamento do Cap. João Bernal Maciel

Testamenteiros Antonio Pimenta de Abreu e Salvador Gago da Camara.

Aos 09-10-1702

Testamento do Cap. João Bernal Maciel

Aos 10-10-1695 anos eu João Bernal Massiel (...) meu testamento.

Testamenteiros Antonio Pimenta de Abreu e meu filho Salvador Gago da Camara.

Fui casado com Brizida da Camara e tivemos tres filhos, dois machos e uma femea: Estevão Gago, Salvador Gago e Maria da Camara.

Minha filha foi dotada quando se casou com Agostinho Cardoso.

Declaro que por morte de minha mulher se fez inventário e fiz partilha com meus filhos.

Tenho uma bastarda por nome Domingas, filha de uma negra minha, a qual deixo a meu filho Salvador Gago, com seus filhos em sua vida, e por sua morte do dito meu filho, ficaram forros e libertos de toda a servidão. Da mesma forma deixo outra bastarda por nome Caterina (...).

Declaro que casei uma neta minha com Marcos Mendes de Oliveira o qual lhe prometi a minha terça em dote, e mando que, cumpridos os meus legados lhe entregue conforme o seu Ter. do Casamento.

Declaro que tenho dado ao dito Marcos Mendes peças, as quais lhe descontaram da supra dita terça.

 

Codicilio: tinha deixado duas bastardas por nome Domingas e Caterina para servirem a meu filho Salvador Gago, em sua vida. Mas as deixo livre e desembaraçadas sem condição alguma do que deixei no meu testamento. Feito em -- de outubro de 1695.

 

Cumpra-se como nele se contem 19-10-1695.

 

Foram três os filhos declarados pelo casal e uma neta sem citar a filiação:

- neta casada com Marcos Mendes de Oliveira: “Declaro que casei uma neta minha com Marcos Mendes de Oliveira o qual lhe prometi a minha terça em dote, e mando que, cumpridos os meus legados lhe entregue conforme o seu Ter. do Casamento”.

 

1- Maria da Camera, quando casou com Agostinho Cardoso foi dotada pelo pai. Casou depois com João Cubas Preto, inventariado em seu sitio da Paraiba em Mogi das Cruzes em 1688.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

João Cubas Pretto

Autos aos 13-10-1688 sitio da Paraiba termo da vila de Santa Ana das Cruzes.

Procuradores da viúva, que estava em casa de seu pai João Bernardes, Francisco Jorge e Sebastião da Costa de Lima.

Filhos Herdeiros do Defunto: Manoel = Inacio = Sebastião = Francisco = João = Maria = Ignez.

Viúva: Maria da Camara, seu pai Capitão João Bernardes

Quinhões da viuva e dos órfãos.

 

Maria testou em 18-05-1713. Declarou os dois matrimônios com geração de um filho do primeiro matrimônio, não nomeado, e seis do segundo

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Maria da Camara

Conta de Testamento com que faleceu Maria da Camara. Foi tomada a seu testamenteiro Sebastião Cubas. Guaratingueta aos 16-02-1716

 

Testamento 18-05-1713

Eu Maria da Camara (...)

Fui cc João Cubas Preto, defunto, e tive seis filhos, quatro machos e duas femeas: Sebastião = Inacio = Francisco = João = [comido].

Fui c1c Agostinho Cardoso, ja defunto, um filho.

Declaro que as minhas filhas Ignez e Maria as dotei.

Testamenteiros: meu filho Sebastião Cubas

Feito e assinado a rogo por Francisco Velho Cabral.

Cumpra-se (20)-05-1713

 

Recibo: do Revdo Vigario que a defunta Maria da Camara deixou a ----- Manoel Andre.

Recibos de Inacio Cubas (filho); Francisco Cubas; João Cubas;

 

Agostinho e Maria tiveram filho único:

1-1 filho, não nominado.

 

Maria e João tiveram sete filhos, seis vivos em 1713::

1-2 Manoel, não é citado no testamento materno.

1-3 Inácio Cubas. Segundo SL. 3, 313, 4-1, Inácio Cubas Gago casou com Antonia Vieira da Maia e foram pais de:

1-3-1 Manoel Gago da Camara, em 1752 em Guaratinguetá casou com Fulana (Josefa ou Maria?) Rodrigues, filha de Domingos de Góes e Antonia Furtado.

            SL. 3, 313, 4-1, Josepha Rodrigues cc. 1752 em Guaratingueta com Manoel Gago da Camara filho de Ignacio Cubas Gago e Antonia Vieira da Maya, np João Cubas do Prado e Maria da Camara, moradores que foram em Mogy das Cruzes, por esta bisneto do capitão João Bernardes Maciel e Brigida da Camara fal. 1645 em Mogy das Cruzes

 

Casamentos de Guaratingueta - 1752; Copia de Gastao de Meireles França; RGB nº 7: N.º 191 - Manoel Gago da Camara, de Lorena, filho de Inácio Cubas Gago e Antonia Vieira Maia, com Maria Rodrigues, de Taubaté, filha de Domingos de Góis e Antonia Furtado.

1-4 Sebastião Cubas, testamenteiro materno.

1-5 Francisco Cubas

1-6 João Cubas

1-7 Maria foi dotada pela mãe.

1-8 Ignez, tambem foi dotada pela mãe. Legatária do tio Salvador.

 

2- Estevão Gago da Camara (ou Raposo). Foi casado com Maria da Luz do Prado com geração em SL. 3, 254, 2-10. Entre os filhos do casal:

2-3 Felipa, batizada em Guarulhos aos 30-08-1693. Felipa do Prado da Camara foi a terceira mulher de Francisco Martins de Araújo, tronco da familia ‘Francisco Martins de Araújo”, neste site.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição aos 30-08-1693 bat Filipa, f.l. Estevão Gago da Camara e Maria da da Lux do P. Padr.: J. Preto da Cunha e Maria Raposa.

 

2-5 Maria da Luz do Prado casou com Manoel Alvares Cousseiro falecido em Mogi das Cruzes em 07-09-1756 e inventariado no mesmo ano. Compareceram 11 filhos do casal:

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Manoel Álvares Cousseiro, marido de Maria da Luz

Autos aos 11-10-1756

Inventariante a viuva Maria da Luz.

Falecera com testamento no presente ano aos 07 de setembro. Fora casada somente com o defunto e ele da mesma sorte.

Assino a rogo de minha mãe Bento Ribeiro.

 

Titulo dos Filhos:

Abundancia cc Domingos Pimenta de Abreu

Joana viuva de Domingos Rodrigues Coelho

Cap. Tome Alvres

Francisco Ribeiro casado

Bento, solteiro, 30 anos.

Antonio, solteiro, 40 anos pouco mais ou menos.

Domingas, solteira,  25 anos

Manoel, solteiro, 20

João, solteiro, 18

Marcelo, solteiro, 16

Antonia, solteira, 12

 

Tutor e curador de seus irmãos menores: o herdeiro Antonio (aa Antonio Ribeiro do Prado)

 

Aos 21-02-1763 presentes Francisco Ribeiro, Antonio Ribeiro do Prado por si e pelos orfãos, Lourenço Gonçalves por cabeça de s/m Domingas Ribeira (...)

 

Autos Civeis de notificação:

Autores: Abundancia Ribeira, viuva e os mais herdeiros do defunto Manoel Alvres Couceyros.

Reu: Alvaro Ferreira, por cabeça de s/m Joana Ribeiro.

(...) que por morte de Manoel Alz Couceirro foi inventariante sua mãe Maria da Luz do Prado.

 

2-5-1 Abundancia Ribeira casada com Domingos Pimenta de Abreu, de quem foi segunda mulher, família “Lazaro Torres”.

          Abundancia em 13-04-1783 casou segunda vez com Pedro Francisco de Godoy, filho de Francisco Rondon e Maria Leme da Silva, viúvo de Maria Soares

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 13-04-1783 Pedro Francisco de Godoy, f.l. Francisco  Rondon(?) e Maria Leme da Silva, viuvo de Maria Soares= cc Abundancia Ribeira, f.l. Manoel Alves Couceiro e Maria da Luz do Prado, viuva de Domingos Pimenta de Carvalho. Os pais do contraente nts da cidade de Lisboa e os da conraente da vila de Parnaiba.

 

2-5-2 Joana Ribeiro do Prado casou com Domingos Rodrigues Coelho, natural de Jacarei, filho de Sebastião Marques Coelho e Maria Rodrigues de Alvarenga. Faleceu Domingos com testamento em 02-04-1749 e foi inventariado em 02-05 do mesmo ano. Deixou filho único de seu casal.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 02-04-1749 fal. Domingos Rodrigues Coelho, marido q foi de Joana Ribeira, testamenteiros João Domingues de Carvalho e João Domingues de Carvalho o moço.

 

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Domingos Rodrigues Coelho (viúva: Joana Ribeira) 02/05/1749

Autos aos 02-05-1749.

Inventariante a viuva cabeça de casal Joana Ribeira

Falecera com testamento. Fora casado só uma vez e tiveram so um filho.

 

Titulo dos filhos: Antonio, um ano.

Tutor e curador do menor Francisco Ribeiro Couceiro.

 

Testamento 29/03/1749

Testamenteiros: João Domingues de Carvalho, o velho e João Domingues, o moço.

 - sou natural de Jacareí, fl. de Sebastião Marques Coelho e Maria Rodrigues de Alvarenga, já defunta - sou casado nesta vila com Ana(sic) Ribeira, fl. de Manoel Álvares e Maria da Luz - tivemos 1 filho: Antonio.

No texto:

- meu cunhado Bento

- devo na vila de Jacarei a uma sobrinha minha, filha do defunto meu irmão.

- meu cunhado Francisco Alvares.

 

Procuração que Faz

Joana Ribeira aos 29-04-1749

Procurador Nomeado, seu cunhado Domingos Pimenta de Abreu

 

Segunda vez aos 12-07-1761, Joana casou com Álvaro Ferreira, natural da Ilha Grande-RJ, filho de Tomás Ferreira e Ana Maria de Faria, neto materno de João Luiz e Catarina Carvalha.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 12-07-1761 Alvaro Ferreira, n. Ilha Grande bispado do Rio de Janeiro, f.l. Tomas Ferreira e Ana Maria de Faria, avos paternos não deu noticia, nm João Luiz e Catarina Carvalha= cc Joana Ribeira, natural desta, viuva de Domingos Rodrigues, f. Manoel Alvares Couceiro e Maria da Luz do Prado, np João Rodrigues Nogueira e Ana Antunes de Vasconcellos, nm Estevão Gago Raposo e Maria da Luz do Prado.

2-5-2-1 Antonio, filho único de Domingos Rodrigues Coelho e Joana Ribeiro do Prado, com um ano em 1749. Antonio Rodrigues Coelho em 17-98-1762 casou com Ana Franca, filha de José de Lima Franco e Josefa de Góes de Jesus, neta paterna de Manoel de Lima Pereira e Esperança Franca, neta materna de Tomé de Góes da Silva e Maria da Purificação.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 17-08-1762 Antonio Rodrigues Coelho n. desta vila, f.l. Domingos Rodrigues Coelho e Joana Ribeira, np Sebastião Marques n. das partes do reino e Maria Rodrigues n. Jacarei, nm Manoel Alvares Couceiro e Maria da Luz = cc Ana Franca, n. desta vila, f.l. Jose de Lima Franco e Josefa de Goes de Jesus, nts desta vila, np Manoel de Lima Pereira e Esperança Franca, nm Tome de Goes da Silva e Maria da Purificação.

 

2-5-3 Cap. Tome Alvares

2-5-4 Francisco Ribeiro de Lima aos 27-08-1743 casou com Ana Pereira das Neves, filha de Antonio de Brito e Ignez Correa e viúva de Boaventura Domingues de Carvalho, família “Godoys” neste site.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 27-08-1743 Francisco Ribeiro de Lima, f.l. Manoe Alves Couceiro e Maria da Luz = cc Ana Pereira das Neves, f.l. Antonio de Brito e Ignez Correa; todos moradores e nts desta.

2-5-5 Antonio Ribeiro do Prado, solteiro, 40 anos pouco mais ou menos em 1756. Tutor de seus irmãos menores. Em fevereiro de 1761 casou com Felicia de Jesus, batizada em 21-01-1727, filha de Manoel Gonçalves Alentado e Lourença de Moraes, neta paterna de João Gonçalves Alentado e Ana Machada, neta materna de Domingos Vaz dos Reis e Maria Madalena de Moraes, família “João Gonçalves Alentado”.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos -- de fevereiro de 1761 Antonio Ribeiro do Prado, f.l. Manoel Alvares Couceiro e Maria da Luz do Prado, np João Rodrigues Nogueira e Ana Antunes de Vasconcellos, nm Estevão Gago Raposo(sic) e Maria da Luz do Prado = cc Felicia de Jesus, f.l. Manoel Gonçalves Alentado e Lourença de Moraes, np João Gonçalves Alentado e Ana Machada, nm Domingos Vaz dos Reis e Maria Madalena de Moraes.

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 21-01-1727 Felicia, f.l. Manoel Gonçalves Alentado e Lourença de Moraes, padr.: Domingos Francisco ---- e Joana Dias, todos desta freguesia.

2-5-6 Bento, solteiro com 30 anos em 1756.

2-5-7 Domingas Ribeiro, solteira, 25 anos em 1756. Casou com Lourenço Gonçalves de Moraes, filho de Manoel Gonçalves Alentado e Lourença de Moraes. Geração na Familia “João Gonçalves Alentado”.

2-5-8 Manoel Alves Ribeiro, solteiro, 20 anos. Aos 05-06-1760 casou com Teresa da Silva, filha do falecido Estevão da Silva e Maria Leme, neta paterna de Bráz da Silva Carneiro e Simoa de Medina, neta materna de Sebastião Leme Paes e Suzana Dias Paes Leme, família Brás da Silva Carneiro.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 05-06-1760 Manoel Alves Ribeiro e Teresa da Silva. Ele f. Manoel Alvares Cousseiro, ja defunto e Maria da Luz, np João Rodrigues Nogueira e Ana Antunes de Vasconcellos, nm Estevão Gago Raposo e Maria da Luz. A contraente f.l. Estevão da Silva, já defunto e Maria Leme, np Bras da Silva Carneiro e Simoa de Medina, nm Sebastião Leme Paes e Suzana Dias Paes Leme.

2-5-9 João, solteiro, 18 anos.

2-5-10 Marcelo, solteiro, 16 anos.

2-5-11 Antonia, solteira, 12 anos. Antonia Cleta do Prado aos 21-07-1763 casou com Inacio Rodrigues Moreira, natural de Jacarei, filho de José Rodrigues Moreira e Izabel Rodrigues Sobrinha, neto paterno de João Rodrigues Góes e Joana Moreira, neto materno Miguel Dias Falcão e Paula Rodrigues.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 21-07-1763 Inacio Rodrigues Moreira, f.l. Jose Rodrigues Moreira, n. Jacarei e Izabel Rodrigues Sobrinha n. desta, np João Rodrigues Goes e Ana Moreira, digo Joana Moreira nts de Jacarei, nm Miguel Dias Falcão e Paula Rodrigues nts de Jacarei cc Antonia Cleta do Prado n. desta, f.l. Manoel Alvares Couceiro e Maria da Luz do Prado nts desta, np João Rodrigues Nogueira e Ana Antunes de Vasconcellos nts desta, nm  [---]vão Gago Raposo n. do Rio d[-----] Janeiro e Maria da Luz do Prado n. desta vila.

 

3- Salvador Gago da Camara faleceu com testamento e foi inventariado em Mogi das Cruzes em 1696.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Inventarios de Mogi das Cruzes-SP: 2º Cartório

Pesq.: Fabricio Gerin e Bartyra Sette

Salvador Gago da Camera

Autos 1696

 (...) Maria da Camera que o defunto seu irmão Salvador Gago da Camera deixara de esmola a sua filha Ines da Camera.

Testamento: n. de Mogi, f.l. de João Bernal Maciel e [-----] já falecidos.

Deixo a minha sobrinha Ines, filha de minha irmã Maria da Camera.

Testamenteiro Manoel Dias Delgado.

Deixo a duas bastardas que me acompanham: Domingas e Catarina, um cavalo.

Cumpra-se 10-11-1696

 

Diz Marcelino Correa de Mattos procurador das bastardas Domingas e Catarina, que ficaram forras por morte de João Bernardes, que Salvador Gago lhes deixou por esmola (...).