PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

 

Joana Simoa Rodrigues

(atualizado em 25-abril-2017)

 

 

S.L. 8º, 332, título; Joanna Simoa Rodrigues 1.ª vez casada com seu primo João Rodrigues Fernandes, f.º de Antonio Fernandes e de Maria Fernandes; falecendo seu 1.º marido em 1659, passou ela a 2.ªs núpcias com Pedro Vaz Moniz, e faleceu em avançada idade em 1706 em S. Paulo. (C. O. S. Paulo) Teve: Do 1.º marido : Cap. 1 a 7º. Do 2.º marido teve: 5 filhos. Cap. 8 a 12

1- Manoel Rodrigues Lopes

2- Accenço Rodrigues Lopes

3- João Rodrigues Lopes

4- Sebastião Rodrigues Lopes

5- Maria Rodrigues

6- Antonio Rodrigues Lopes

7- Joanna Rodrigues

 

8- José Vaz Moniz

9- Francisco Vaz Moniz

10- Maria Vaz Moniz

11- Pedro Vaz Moniz

12- Leonor de Siqueira

 

 

Bartyra Sette

Fabricio Gerin

 

Pedro Vaz Muniz era natural do Lugar do Lavradio-PT, filho de Francisco Vaz Muniz e Leonor Pereira. Foi o segundo marido de Joana Simoa Rodrigues, viuva de João Rodrigues, com sete filhos deste matrimônio.

Pedro testou na Aldeia de Nossa Senhora da Conceição aos 21-05-1669, faleceu no mesmo mês e foi inventariado em 03-12-1670 na paragem chamada Caucaia termo da vila de S. Paulo. Foram filhos do casal:

- Francisco, com 8 anos em 1670.

- Pedro, com 7.

- José, com 5.

- Leonor, com 4 anos.

- Maria, de um ano, póstuma.

 

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

Pedro Vaz Muniz 1670

Autos aos 03-12-1670 nesta vila de S. Paulo no termo dela paragem chamada Caucaia, no sitio e fazenda que ficou do defunto Pedro Vaz Muniz.

Declarante a viuva Joana Simoa.

 

Testamento - Aos 21-05-1669 eu Pedro Vaz Muniz rogo a minha mulher Joana Simoa e a João Vieira da Silva sejam meus testamenteiros.

Sou natural do Lugar Lavradio, filho Francisco Vaz Muniz e Leonor Pereira. Sou cc Joana Simoa e tivemos quatro filho, tres machos e uma femea a saber: Francisco = Pedro = Jose = Leonor. Fica minha mulher pejada.

Minha mulher foi casada com João Rodrigues os quais tiveram sete filhos

Aldeia de Nossa Senhora da Conceição aos 21-05-1669

Cumpra-se 23-05-1669

 

Titulo dos Filhos: Francisco de 8 = Pedro de 7 = Jose de 5 = Leonor de 4 = Maria de um.

 

Entre os sete filhos de Joana e João Rodrigues Fernandes:

 

2- (Cap. 2º da GP) Ascenço Rodrigues Lopes batizado na Sé de São Paulo aos 11-06-1656.

SP, SP Igreja N. Sra da Assunção aos 11-06-656 bat Ascenço, f. de João Roiz e Joana Simoa, de legitimo matrimonio. Padrinhos {----} Rodrigues e Maria de Lima.

          Faleceu com testamento em 12-04-1721 casado com Maria da Cunha do Prado. Seu inventario foi aberto na cidade de São Paulo aos 23-02-1728. Maria da Cunha faleceu aos 08-10-1732 com inventario aberto em 09-02-1734. Inventariante o genro Capitão Manoel Teles de Menezes.

Compareceram seis filhos nos inventários, idades em 23-02-1728:

2-1 Catarina Rodrigues do Prado com 40 anos, casada com Antonio Martins de Macedo. falecido em Mogi das Cruzzes em 13-12-1733..

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 13-12-1733 fal. Antonio Martins de Macedo marido de Catarina Rodrigues. Testamenteiros Manoel Cubas de Siqueira e João de Brito da Costa.

2-2 Antonia Furtado, com 39 anos em 1728, casada com Francisco Rodrigues Fortes, já falecido em 1734. Casou em segundas com o Capitão Manoel Teles de Menezes morador em Guarulhos SP, inventariante da sogra.

2-3 Mariana Rodrigues da Cunha (citada como Maria nos inventários) com 37 anos em 1728, casada com Antonio de Siqueira Cubas, filho de Antonio Cubas de Siqueira e Mecia Correa da Veiga - familia Maria da Cunha e Jeronimo da Veiga.

          Mariana, viúva, faleceu em Conceição de Guarulhos aos 15-01-1756, com testamento e sem geração.

Guarulhos, SP aos 15-01-1756 fal. Mariana Rodrigues da Cunha viuva de Antonio de Siqueira Cubas de idade de 70 anos pouco mais ou menos. Testamenteiros a meu irmão João Rodrigues da Cunha, a meu sobrinho Antonio Rodrigues Fontes e a Leuterio Ferreira Pita. Sou natural da cidade, f.l. Ascenço Rodrigues Lopes e sua mulher já defuntos e que fora casada com Antonio de Siqueira Cubas e sem filhos e nem tinha herdeiro algum forçado. Legados: a sua sobrinha Joana filha de João Rodrigues da Cunha = a seu irmão João Rodrigues da Cunha = as tres filhas do sobrinho Antonio Rodrigues Fon = as filhas mais velhas de meu sobrinho João Rodrigues Antunes = a Ana, solteira, filha do defunto João de Godois Moreira = a s/afilhada Maria, filha de Estevão Barbosa = as filhas mais velhas de Manoel [----] = Catarina mulher de Eleuterio Ferreira Pita = a Luiz, filho do dito = a Ana Maria mulher de [--] Mello = a [------]ia filha do defunto Lourenço Franco =

2-4 Joana Simoa Rodrigues, com 36 anos em 1728, casada com Miguel de Sequeira de Siqueira, falecido em Conceição dos Guarulhos em 26-10-1762. Geração na família Maria da Cunha e Jerônimo da Veiga.

Guarulhos, SP aos 26-10-1762 fal. Miguel Cubas de Siqueira, viuvo de Joana Simoa Rodrigues, de idade que diziam teria 80 anos.

2-5 Belchior Rodrigues da Cunha casou com Margarida Cardoso de Siqueira, batizada em Nazaré aos 28-07-1694, viúva de Salvador de Sousa de Siqueira, filha de Alvaro Barreto de Siqueira e de Margarida Cardoso.

Nazaré Paulista, SP igreja n. Sra de Nazaré aos 28-07-1694 bat Margarida, f.l. Alvaro Barreto e Margarida da Affonseca, padr.: Domingos de Souza e Izabel Bicuda.

          Faleceu Belchior nas Minas aos 18-08-1719 com 37 anos de idade. Seu Inventario foi aberto pela viúva aos 26-02-1720 na cidade de São Paulo. Margarida Cardoso casou novamente com Manoel Gomes de Amorim de acordo com declaração de sua filha Elena em 1736.

Margarida Cardoso e Manoel Gomes de Amorim tiveram, pelo menos, o filho:

- Manoel Gomes de Amorim, em 1770 requer certidão de batismo de sua mãe e de casamento de seus avós maternos:

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano 1770

Autos de Certidões de batismos para se passarem em publica forma a favor de Manoel Gomes de Amorim. 26-04-1770

(...) é preciso que o R. Paroco da freguesia de Nazaré lhe passe por certidão o assento do casamento de seus avós Alvaro Barreto de Siqueira com Margarida Cardozo da Fonseca.

(...) certifico que revendo os livaros de casamentos em que poderia achar o assento mencionado, não achei. Nazareth 8 de fevereiro de 1770. Jose Lopes Ag.ar

 

 (...) é preciso que o R. Paroco da freguesia de Nazaré lhe passe por certidão do assento de nascimento de sua mãe Margarida Cardoza da Conceição, natural e batizadas na dita freguesia, f.l. de Alvaro Barreto de Siqueira e de Margarida Cardosa da Fonseca.

Freguesia de Nazareth - em um dos livros de batizados desta freguesia a f. 172v se acha o assento do teor seguinte: no ano de 1694 bat a Margarida, f. de Alvaro Barreto e de s/m Margarida da Affonceca. Padrinhos Domingos de Souza e Izabel Bicuda, aos 28 de julho. Nazareth 08-02-1770.

 

Segundo o inventário de Belchior foram dois os filhos do casal:

2-5-1 João, batizado em Conceição dos Guarulhos aos 23-04-1713, com sete anos em 1720. João Rodrigues da Cunha em Conceição dos Guarulhos aos 17-01-1736 casou com Joana Batista Bueno, filha de Baltazar da Veiga Bueno e Ana Maria da Silveira. Geração em SL. 8º, 335, 2-1.

ACMSP Dispensas Matrimoniais ano 1735-1736

Justificação, ser solteiro - 10-01-1736

João Rodrigues da Cunha e Joana Baptista Bueno.

Ele filho do Cap. Melchior Roiz da Cunha, ja defunto e de s/m Margarida Cardioso, fregueses que foram desta freguesia.

Joana Bautista Bueno, f. do Cap. Baltazar da Veiga Bueno e de s/m Ana Maria da Silveira, ja defunta, todos fregueses desta freguesia de N. Sra da Conceição.

Igreja Matriz de N. Sra da Conceição:

- aos 23-04-1713 bat a João, f. de Melchior da Cunha e de s/m Margarida Cardosa, foram padrinhos João Roiz da Cunha e Maria da Cunha =

 

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição [João Roiz com Joana Baptista] aos 17-01-1736 João Roiz da Cunha, f.l. Melchior Roiz da Cunha e de s/m Margarida Cardoso nts e moradores desta freguesia = cc Joana [rasgado] Bueno, f.l. de Balthezar da Veiga Bueno e de s/m [rasgado]ria da Silveira, ja defunta, nts da cidade de S. Paulo e fregueses desta freguesia; test.: Cap. Bento de Siqueira e An.to [rasgado](aa: An.to Roiz F---- e Bento de Siqueira Pedroso).

 

2-5-2 Helena com quase três anos. Helena Maria de Jesus casou com o viúvo Antonio Lopes Chaves.

          Antonio Lopes Chaves, natural da freguesia de Santiago da (Ribeira de) Alhariz, Termo de Chaves, arcebispado de Braga, filho de Domingos Lopes e Maria Ozório foi casado primeira vez com Inocência Nunes Ferreira (também Inocência Nunes da Assunção) batizada na freguesia da Sé da cidade do Rio de Janeiro, filha natural do licenciado João Nunes Ferreira e Isabel de Jesus Santa Maria, Inocência faleceu aos 20-12-1733 deixando de seu casamento dois filhos:

(pesq. Moacyr Villela)

Casa Setecentista de Mariana inventários do primeiro oficio - ano 1734

Inventariada – Inocência Nunes Ferreira –

inventariante Antonio Lopes Chaves

06-12-1734 – autuação do testamento

Testamento ditado aos 17-12-1733. Ignocencia Nunes da Assunção filha natural do licenciado João Nunes Ferreira e Isabel de Jesus de Santa Maria, batizada na freguesia da Sé do Rio de Janeiro.

Testamenteiros meu marido Antonio Lopes Chaves, meu compadre Joam Veloso de Vasconcellos ambos em um só lugar, a Manoel Martins Viegas.

Casada com Antonio Lopes Chaves filho de Domingos Lopes Chaves e sua mulher Maria Osório.

Legados, entre eles: deixo a minha mãe Izabel de Jesus de Santa Maria, moradora na cidade do Rio de Janeiro (...). Deixo a minha filha Josefa (...). Deixo a meu filho Antonio (...)

Declaro que não tenho mais filhos do que os dois que agora declaro Antonio e Josefa e são legítimos.

(...) Vila do Carmo era ut supra

Aprovação aos 17-12-1733. Cumpra-se aos 29-12-1733.

 

Abertura do Inventario aos 06-12-1734 na paragem chamada de Corgo do Martins freguesia de Nossa Senhora do Rosário do Sumidouro termo da Vila do Carmo em casas de morada de Antonio Lopes Chaves.

Faleceu a inventariada aos 20-12-1733 deixando herdeiros os filhos: Antonio com quatro anos e Josefa com dois anos e meio.

Diz Diogo Soares da Silva como tutor dos órfãos de Inocência Nunes e Antonio Lopes Chaves netos do defunto João Nunes de quem foi testamenteiro Antonio Lopes Chaves seu genro.

 

Diz Francisco Lopes Amora por cabeça de sua mulher Josefa Nunes órfã deste inventario que quer se habilitar a herança de seu irmão Antonio falecido

I- Antonio batizado em 01-05-1730. Faleceu antes de 1749, herdou sua irmã.

(pesq. Moacyr Villela) Livro de batismos da matriz de Mariana– A primeiro de maio de 1730. Antonio, filho legitimo de Antonio Lopes Chaves e Inocência Nunes da Assunção. Padrinhos: Manoel Teixeira de Sampaio solteiro e Ana Xavier de Jesus mulher de Francisco da Costa Melgaço todos da rua direita desta vila

II- Josefa Nunes com dois e meio anos em 1734. Casou com Francisco Lopes Amora.

(pesq. Moacyr Villela) Matriz de Mariana - Aos trinta de novembro de 1745 foi apresentada uma petição do teor seguinte – Diz Josefa Nunes da Assunção moradora na freguesia do Sumidouro filha legitima de Antonio Lopes Chaves e de sua mulher Inocência Nunes da Assunção que seus pais a mandaram batizar nesta matriz de cujo sacramento não se fez assento nos livros pede que se tome depoimento de testemunhas. Padrinho o reverendo Francisco Martins Torres

 

          Antonio Lopes Chaves testou em 30-07-1735 na freguesia do Sumidouro. Declarou os filhos do primeiro matrimonio, do segundo a mulher “estava pejada”. Reconheceu como sua filha “uma rapariga” por nome Rosa com 12 para 13 anos em 1736 que criou em sua casa, filha de Maria mulher solteira. Em 1763 Maria Ribeira moradora em Guarapiranga, por procuração apresentada por seu filho Manoel Ribeiro Pinto, requereu como herdeira a herança de Rosa, depositada no cofre dos órfãos na Vila do Carmo. Seu inventário foi aberto em 07-01-1736.

(pesq. Moacyr Villela) Casa Setecentista de Mariana inventários do primeiro oficio - ano 1736

Inventariado – Antonio Lopes Chaves –

inventariante Elena Maria de Jesus -

Inclui translado de três inventários feitos na cidade de São Paulo: Primeiro – Inventario de Melchior Rodrigues da Cunha ano de 1720; Segundo inventario de Acenço Rodrigues Lopes ano de 1728 e Terceiro inventario de Maria da Cunha do Prado 1734 enviados no ano de 1749 em resposta a carta precatória do juízo de Mariana .

 

Abertura do Inventario aos 07-01-1736 no sitio do Corgo dos Martins freguesia do Rosário do Sumidouro em casa da viúva Elena Maria de Jesus.

 

Titulo de herdeiros: Filhos do primeiro matrimônio com Inocência Nunes: Antonio seis anos; Josefa com quatro anos. Declara a viúva que estava pejada de sete para oito meses (nasceu uma menina por nome Clara aos 19-03-1736). Declarou que havia uma rapariga por nome Rosa a qual o defunto deixou por sua filha herdeira de idade de 12 para 13 anos.

 

Declarou a viúva que havia no cofre dos órfãos na cidade de São Paulo a quantia de 400.000 reis da legitima que lhe tocou de seu pai Belchior da Cunha Rodrigues casado que foi com Margarida Cardosa que ainda vive casada segunda vez com Manoel Gomes de Amorim.

Tutor: João Veloso de Vasconcelos depois falecido foi substituído em 19-11-1738 por Diogo Soares da Silva

Contas do tutor em 01-06-1749. Órfã Josefa casada com autorização; Antonio falecido. Clara vive com o tutor que casou com sua mãe. Rosa assistente na comarca do Rio das Mortes “sem estado”

A viúva esta casada com o tutor morando no Sumidouro.

Testamento de Antonio Lopes Chave). Ditado aos 30-07-1735 Primeiro testamenteiro o compadre João Veloso; segundo Manoel Martins Viegas; terceiro Manoel Teixeira Sampaio. Declara ser filho legitimo de Domingos Lopes e sua mulher Maria Ozório ambos defuntos. Natural da freguesia de Santiago de Alhariz, termo de Chaves arcebispado de Braga. Foi casado com Inocência Nunes com dois filhos Antonio e Josefa. Teve de mulher solteira chamada Maria uma filha por nome Rosa que vive em sua casa. Declara que a mesma Maria tem mais dois filhos que não são seus. Casado segunda vez com Elena Maria de Jesus filha legitima de Melchior Rodrigues da Cunha e sua mulher Margarida Cardosa de cujo casamento não tem filhos no presente e a mulher esta atualmente pejada.

Em 1749 é feito translado da sentença do juiz de órfãos de São Paulo em que resume três inventários: Folha de partilha e pagamento de legitima paterna e dos avós de Ilena Maria de Jesus: Inventario do pai Melchior Rodrigues da Cunha. Do avô Acenço Rodrigues Lopes e de sua mulher Maria da Cunha do Prado.

 

Primeiro inventario – Aos 26-2-1720 na cidade de São Paulo em casas de morada de Manoel Alves Rodrigues – Inventariado Melchior Rodrigues da Cunha. Presente a viúva que declarou terem ficado dois filhos: João Rodrigues de idade sete anos e Elena com quase três anos. Faleceu nas Minas aos 18-08-1719 com testamento. Curador João Gonçalves Lanhoso. Monte Mor 512.290 reis.

 

Segundo Inventario –. Inventariado Acenço Rodrigues Lopes. Faleceu aos 12-04-1721 com testamento. Aos 23-02-1728 na cidade de São Paulo em casas de morada da viúva Maria da Cunha do Prado. Declara seis filhos herdeiros: Catarina Rodrigues do Prado 40 anos, casada com Antonio Martins de Macedo, Antonia Furtado com 39 anos, casada com Francisco Rodrigues Fortes; Maria(sic) Rodrigues da Cunha 37 anos, casada com Antonio de Sequeira o moço; Joana Simoa 36 anos, casada com Miguel de Sequeira. Melchior Rodrigues da Cunha já defunto o qual morreu com 37 anos e era casado com Margarida Cardosa de Siqueira com dois filhos: João de 14 anos e Ilena com 10 anos; João Rodrigues de Cunha com 24 anos. Assina pela viúva o alferes Aleixo Graces da Cunha. Partilha aos 24-02-1728. Monte Mor 745.130 reis.

 

Terceiro Inventario – Aos 09-02-1734. Inventariada Maria da Cunha do Prado. Comparece o capitão Manoel Teles morador na freguesia de Nossa Senhora da Conceição do termo da cidade de São Paulo genro da inventariada. Declarou que ela tinha falecido aos 08-10-1732. Herdeiros os filhos: Belchior defunto deixou filhos: João com 16 anos e Ilena com 13 anos moram com sua mãe Margarida Cardosa de Siqueira nas Minas; João Rodrigues da Cunha casado; Catarina da Cunha casada que foi com Antonio Martins Azevedo já defunto; Antonia Furtado casada primeiro com Francisco Rodrigues Fortes, já defunto e hoje casada com o capitão Manoel Teles de Menezes; Maria Rodrigues da Cunha casada com Antonio de Sequeira Cubas, Simoa Rodrigues casada com Miguel de Siqueira.

 

Recebeu Antonio Luis de Sousa por cabeça de sua mulher Clara Maria de Jesus órfã de Antonio Lopes Chaves, o principal e juros de sua legitima paterna aos 16-04-1755.

 

Aos29-01-1763 Manoel Ribeiro Pinto morador em Guarapiranga como procurador de sua mãe Maria Ribeira declara haver recebido parte da herança pertencente a sua mãe como herdeira da órfã Rosa que tinha herdado de seu pai Antonio Lopes Chaves.

 

          Helena Maria de Jesus passou a segundas núpcias com Diogo Soares da Silva que foi tutor dos órfãos de Antonio a partir de 1738

 

2-2-1 Clara, nascida aos 19-03-1736, filha póstuma de Antonio Lopes Chaves e Helena Maria de Jesus. Clara Maria de Jesus casou com Antonio Luis de Souza. Requereu sua legitima paterna em 16-04-1755.

 

2-6 João Rodrigues da Cunha, com 24 anos em 1728. Estava casado em 1734. Em Conceição dos Guarulhos aos 15-03-1758, viúvo de Josefa de Siqueira, casou com Maria Buena de Godoy, filha de Francisco de Godoy Pires e Josefa Buena. Faleceu João em 20-02-1772 com geração de ambos os matrimônios (SL. 8º, 336, 1-6)

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição aos 15-03-1758 nesta igreja João Roiz da Cunha viuvo de Josefa de Siqueira, natural desta freguesia, neto paterno de Belxior da Cunha e Antonia Furtado = cc Maria Buena de Godoy f. Francisco de Godoy Pires e Josefa Buena npaterna(sic) de Baltazar da Veiga e Ana Maria da Silveira, e mais não sabia.

 

Guarulhos, SP aos 20-02-1772 fal. João Rodrigues da Cunha n. freg. N. Sra da Conceição dos Guarulhos marido que foi de Maria Buena de Godoy teria de idade 70 anos.

 

3- (Cap. 3º da GP) João Rodrigues, testamenteiro do irmão Sebastião.

 

4- (Cap. 4º da GP) Sebastião Rodrigues, natural de S. Paulo, casou com Ana Gordilha, filha de Francisco Pinheiro Gordi e Maria Vaz Cardoso, família “Pinheiro, os irmãos Francisco e João” Cap. 1º. Sebastião foi inventariado em 1697. Geração em S.L. 8º, 343.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

capa: João Rodrigues 06-06-1697 Vila de São Paulo

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

Inventario de Sebastião Rodrigues

Em 1697 na paragem chamada

Inventariante a viuva Ana Gordilha

Testamento: 1696 em fevereiro.

Eu Sebastião Rodrigues rogo a meu irmão João Rodrigues e a meu cunh[----] Francisco da Cunha Lobo.

Sou natural de São Paulo, f.l. João Rodrigues, ja defunto e Joana Simoa.

No texto:

Meu cunhado Marcelino Pinheiro. O sogro Cap. [---] eiro Gordi.

 

6- Antonio Rodrigues Lopes (cap. 6º da GP), casou duas vezes. Primeira vez com Izabel de Góes inventariada em Mogi das Cruzes em 27-12-1686.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

2º Cartório de Mogi das Cruzes

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

Izabel de Góes, mulher de Antonio Rodrigues Lopes.

Filho: Domingos.

Tutor e curador o pai.

Autos na fazenda de Antonio Rodrigues marido da defunta. 27-12-1686

Procurador do Órfão: Velerio de Mendonça Furtado.

Curadoria do Órfão: o pai.

23-10-1732 Petição da Legitima: Domingos de Goes, filho herdeiro da dita sua mãe.

          Segunda vez Antonio casou com Maria da Luz Maciel, filha de Maria Rodrigues Barbosa, já falecida em 1731 e seu primeiro marido Feliciano Cardoso falecido em 1673 em Lisboa e inventariado em S. Paulo em 12-05-1674 (SAESP não publicados, neste site), família “Gaspar Vaz Guedes”.

          Antonio testou em 04-11-1731. Seu testamento recebeu o cumpra-se em 20-06-1736 e foi inventariado em 19-08-1736. Maria faleceu em 20-07-1745 e foi inventariada em 23-11-1745

 

Antonio e Izabel tiveram o filho único:

6-1 Domingos de Góes em Mogi das Gruzes aos 20-01-1733 casou com Maria José, filha de Verissimo Cordeiro de Vasconcellos e Domingas Moreira, neta materna de Nataria Gomes e do Sargento Mor Tomé Moreira Velho, por este bisneta de Balthazar de Godoy Moreira e sua segunda mulher Maria Jorge, família “Godoys” neste site..

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 20-01-1733 Domingos de Goes, f.l. Antonio Rodrigues Lopes e Izabel de Goes, fal., moradores e nts da freg, de N. Sra da Conceição = cc Maria Jose, f.l. Verissimo Cordeiro de Vasconcellos e Domingas Moreira, moradores nesta.

          Em 1736 Domingos estava ausente nas minas dos Goiases. Assinou no inventario paterno Domingos de Góes Rodrigues.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP aos 20-01-1733 Domingos de Goes, f.l. Antonio Rodrigues Lopes e Izabel de Goes, fal., moradores e nts da freg, de N. Sra da Conceição = cc Maria Jose, f.l. Verissimo Cordeiro de Vasconcellos e Domingas Moreira, moradores nesta.

 

Antonio e Maria da Luz Maciel tiveram nove filhos segundos seus inventários (SAESP não publicados, neste site), descritos em SL. 8, 345, Cap. 6º:

6-2 João Rodrigues Cardoso, batizado em 28-02-1690 em Conceição dos Guarulhos. Herdeiro, juntamente com seus irmãos, do irmão Salvador.

inserido no inv. do irmão Salvador: - Certidões:

João, filho de Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz Maciel, foi batizado na matriz da Conceição dos Guarulhos aos 28-02-1690, padr.. Joao Rodrigues Loes e Joana Simoa.

6-3 Feliciano Cardoso, com 44 anos em 1736, casado com Domingas de Figueiredo Freire, filha de Domingos Freire de Figueiredo e Ana de Godoy Moreira.

          Morreu Feliciano, de um tiro, em 24-09-1736 e foi inventariado no mesmo ano. Inventário e geração de cinco filhos na família “Domingos Freire de Figueiredo”, neste site

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 24-09-1736 fal. Feliciano Cardoso marido de Domingas Freire. Não fez testamento e nem recebeu sacramentos por morrer de um tiro.

6-4 Antonio Rodrigues Cardoso, com 47 anos em 1745. Aos 10-06-1722 casou com Maria da Cunha Freire (ou de Jesus), filha do falecido Simão da Cunha e Domingas Freire, família “Domingos Freire de Figueiredo”, neste site

          Antonio faleceu com testamento em Mogi das Cruzes aos 21-11-1744 e foi inventariado no mesmo ano (inventário SAESP não publicados neste site). Declarou geração de oito filhos legitimos e um natural. Geração legitima na família supra citada.

6-4-1n Vicente: “Vicente que é filho de mãe escrava, o qual libertei depois de casado”.

6-5 Maria Rodrigues Barbosa em 1753 era moradora no bairro da capela de N. Sra da Ajuda. Casou primeira vez com Baltazar de Godoy de Medeiros, filho de Catarina de Medeiros, neto de Catarina do Prado. Baltazar faleceu em 14-05-1723 e foi inventariado no mesmo ano (inventário SAESP não publicados, neste site).

          Segunda vez ,Maria casou com Batista Maciel da Veiga, filho de Jeronimo da Veiga e Maria da Cunha Maciel. Batista faleceu nos sertões da Bahia e foi inventariado em Mogi das Cruzes em 01-04-1756. Maria faleceu em 04-04-1760 e foi inventariada no mesmo ano. Geração de Maria e Batista Maciel na família “Maria da Cunha e Jeronimo da Veiga”, neste site.

Baltazar e Maria tiveram, segundo seus inventários, os filhos:

6-5-0 José, que faleceu com cinco ou seis meses. Não comparece no inventário paterno.

6-5-1 Joana de Godoy de Medeiros, com 10 anos em 1723. Casou com Domingos de Figueiredo Freire que requere a folha de partilha em 1740. Família “Domingos Freire de Figueiredo”, neste site

6-5-2 Maria de Godoy, com seis anos. Casou com Antonio Rodrigues do Prado, filho do falecido Sargento Mor Baltazar Pinheiro do Prado e Maria Rodrigues da Cunha, família “Pinheiro, os irmãos Francisco e João” Cap. 2º.

6-5-3 Domingas com 5 para 6 anos. Domingas de Godoy Rodrigues também referida como Domingas Rodrigues Barbosa casou com Tome Pimenta Pinto, tronco da familia Pimenta de Godoy, neste site.

6-5-4 Antonio de 3 anos. Antonio de Godoy de Medeiros aos 03-08-1750 casou com Maria Pires Ribeira filha de Batista Maciel da Veiga e sua segunda mulher Ana Pires Ribeira, família “Maria da Cunha e Jeronimo da Veiga”, neste site.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 03-08-1750 Antonio de Godoy de Medeiros, f.l. Baltazar de Godoy Moreira e Maria Rodrigues Barbosa, nts da cidade de S. Paulo = cc Maria Pires Ribeira, f.l. Batista Maciel da Veiga e Ana Pires Ribeira, nts da freg. da Conceição.

6-5-5 Madalena de mes e meio em agosto de 1723. Faleceu antes de 18-02-1740

6-6 Francisco Rodrigues Barbosa, em 1736 solteiro com 37 anos, ausente nas minas dos Goiases. Casou com Inacia Paes de Almeida (ou de Almeida Paes, filha de Vicente Pimenta de Abreu e Maria Paes, neta paterna de João Gago e Ana de Proença. Faleceu aos 09-06-1755 com testamento de 15-05-1755. Declarou um filho legitimo e uma filha natural (inventário SAESP não publicados, neste site).

          Inácia casou segunda vez em Conceição dos Guarulhos aos 23-05-1758 com João Rodrigues de Oliveira, filho de Bento Rodrigues de Oliveira e Maria de Pontes, neto paterno de Manoel Rodrigues de Oliveira e Maria de Pontes, neto materno de Antonio Rodrigues e Mariana de Pontes, família “Nunes de Pontes” Cap. 1º § 3º.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição [João Rodrigues de Oliveira  e Inacia Paes de Almeida] aos 23-05-1758 test.: João Rodrigues Cardoso e Salvador Nunes Ferrão, ambos casados. João Rodrigues de Oliveira, f.l. Bento Rodrigues de Oliveira e Maria de Pontes nts desta freguesia, neto paterno de Manoel Rodrigues de Oliveira natural da cidade de S. Paulo e Domingas de Oliveira n. da freguesia de Nazare, e pela materna de Antonio Rodrigues n. desta freguesia e Mariana de Pontes n. da freguesia de Nazare = cc Inacia de Almeida Paes, viuva de Francisco Rodrigues Barbosa, f.l. Vicente Pimenta de Abreu e Maria Paes nts de Mogi das Cruzes, neta paterna de João Gago natural desta freguesia e Ana de Proença n. desta freguesia e pela materna se não lembrão quem sejão.

6-6-1n Ana Maria, filha natural, vivia em casa do tio paterno Manoel Rodrigues Barbosa.

6-6-1 Antonio Rodrigues de Almeida, menor de um ano em 11-07-1755.

 

6-7 Joanna Simoa Rodrigues, com 36 anos em 1736, casada com Antonio de Godoy de Almeida (ou Pires) falecido em Mogi das Cruzes em 08-01-1755.

Mogi das Cruzes, SP obitos aos 08-01-1755 fal. Antonio de Godoy cc Joana Simoa Rodrigues. Não fez testamento

Geração em SL. 6, 9, 2-6, entre eles:

6-7-3 Josefa Rodrigues de Almeida, natural de S. Paulo. Em Mogi das Cruzes em agosto de 1763 casou com Manoel Adorno da Silva, dai natural, filho de Diogo Adorno da Silva, natural de Santos e sua primeira mulher Ana Antunes de Abreu, natural de Mogi das Cruzes, neto paterno de João Tomé Adorno e Ana Tavares Pinta, naturais de Santos, neto materno de Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Moraes, naturais de Mogi das Cruzes - família “Lazaro de Torres”, neste site.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos desase[--] de agosto de 1763 Manoel Adorno da Silva, n. desta vila, f.l. Diogo Adorno da Silva n. da vila de Santos e Ana Antunes de Abreu n. desta vila, np João Tome Adorno n. vila de Santos e Ana Tavares Pinta da mesma vila, nm Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Moraes nts desta vila = cc Josefa Rodrigues de Almeida, n. cidade de S. Paulo, f.l. Antonio Godoy de Almeida e Joana Simoa Rodrigues n. desta vila, np Antonio Godoy Moreira e Mecia Rodrigues de Almeida nts de Jacarei, nm Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz Maciel, ambos nts desta vila.

 

6-8 Manoel Rodrigues Barbosa, batizado em 02-05-1700. Aos 06-07-1749 casou com Josefa de Godoy, filha do falecido João de Godoy Moreira e Catarina de Lemos, família “Godoys” neste site.

inserido no inv. do irmão Salvador: - Certidões:

Manoel, filho de Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz, foi batizado na cap. Da Ajuda pelo Rev. Belchior de Pontes da companhia de Jesus aos 02-05-1700 Mogi, padr.: Francisco Vaz Moniz.

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 06-07-1749 Manoel Rodrigues, f.l. Antonio Rodrigues Lopes e -----, falecidos = cc Josefa de Godoy, f.l. João de Godoy Moreira, falecido e Catarina de Lemos.

          Segunda vez, Manoel casou com Margarida Maria de Jesus, filha de Ignacio de Mello Coitinho e Anna Maria da Silveira (SL. 3, 337, 5-1). Entre os filhos deste casal:

6-8-1 Francisco Rodrigues Barbosa em Santo Amaro aos 06-08-1791 casou com Manoela Branca, filha de Manoel Diniz Caldeira e Escolastica Blanco.

Matriz de Santo Amaro - Casamentos- Aos 06-08-1791 - pelas duas horas da tarde se receberão por marido e mulher Francisco Rodrigues Barbosa, filho de Manoel Rodrigues Barbosa e Margarida Maria de Jesus, np de Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz Maciel, nm de Ignacio de Mello Coitinho e Anna Maria da Sylveira; com Manoela Branca filha de Manoel de Nis Caldeira e Escolastica Maria Branca, np de Ignacio de Nis Caldeira e Escolastica Maria de Borba, nm de José Branco Raposo e Maria Machado

 

6-9 Josefa Rodrigues, em 1736 com 26 anos, estava casada com João do Prado de Siqueira e eram moradores no bairro de S. Miguel. Em 1745 estava casada com Salvador Nunes Ferrão.

          João e Josefa tiveram cinco filhos: Bartolomeu, Manoel, Catarina, Escolastica, Margarida.

 

6-10 Salvador Rodrigues Cardoso, com 24 anos em 1736. Solteiro, leso, faleceu em 25-08-1753. Sem herdeiros forçados, herdaram seus irmãos.

Departamento do Arquivo do Estado de São Paulo

Inventários e Testamentos não publicados

Pesq.: Fabricio Gerin/Bartyra Sette

2o. cartório de Moji das Cruzes:

Salvador Rodrigues Cardoso (inventariante: seu irmão Manoel Rodrigues Barbosa)

Autos 17-10-1753. Inventariante seu irmão Manoel Rodrigues Barbosa.

Falecera sem testamento aos 25-08 do presente ano de 1753. Solteiro e leso, sem herdeiros orfãos.

Curador e zelador dos bens a Tome Pimenta Pinto.

Não tem herdeiros forcados.

 

Autuação 10-12-1753 - Habilitação a heranca.

Justificantes:

Manoel Rodrigues Barbosa

Francisco Rodrigues Barbosa

João Rodrigues Cardoso

Salvador Nunes Ferrão por cabeca de s/m Joana Simoa Rodrigues

Antonio de Godoy de Almeida por cabeca de s/m Josefa Rodrigues

Batista Maciel por cabeca de s/m Maria Rodrigues Barbosa

Simao Rodrigues - Angelo Rodrigues, filhos do defunto Antonio Rodrigues Cardoso e o tutor dos orfãos dos mesmos João Rodrigues Cardoso.

 

Os justificantes sao filhos legitimos de Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz Maciel, ja defuntos, de quem Salvador Rodrigues Cardoso era filho e faleceu depois de seus pais sem testamento nem filhos por ser solteiro.

Testemunhas:

Francisco Freire de Fiqueiredo, morador do Tapeti sitio de N. Sra da Coinceição, casado, vive de lavoura, 60 anos.

Manoel Pimenta de Abreu, casado, lavoura, 79 anos.

Antonio Pires de Abreu, solteiro, lavoura, 34 anos.

Inacio Pimenta de Abreu, viuvo, lavoura, 67 anos.

Domingos Pimenta de Abreu, casado, lavoura, 63 anos.

- Certidões:

Manoel, filho de Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz, foi batizado na cap. Da Ajuda pelo Rev. Belchior de Pontes da companhia de Jesus aos 02-05-1700 Mogi, padr.: Francisco Vaz Moniz.

 

João, filho de Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz Maciel, foi batizado na matriz da Conceicao dos Guarulhos aos 28-02-1690, padr.. Joao Rodrigues Loes e Joana Simoa.

 

Dizem Joana Simoa Rodrigues, Maria Rodrigues Barbosa e Francisco Rodrigues Barbosa, moradores no bairro da capela de N. Sra da Ajuda, filhos de Antonio Rodrigues Lopes e Maria da Luz Maciel necessitam de certidão de como se acham declarados no inventario de seu pai (...)

 

Diz Francisco da Silveira Goulart por cabeca de s/m Rosa Moreira de Jesus (...)  se habilitou a herança do dito defunto.

Pagamentos aos herdeiros, entre eles:

Salvador Nunes Ferrão por cabeça de Josefa Rodrigues.

Antonio de Godoy de Almeida por cabeça de Joana Simoa

 

 

Joana Simoa Rodrigues e Pedro Vaz Moniz, tiveram cinco filhos, idades em 03-12-1670.

 

8- (Cap. 9º da GP) Francisco com 8 anos. Segundo a GP, Francisco Vaz Moniz foi casado com Catarina do Prado de Mendonça. Tiveram filhos batizados em Nazaré Paulista e Conceição dos Guarulhos e Jacarei, entre eles:

8-1 Mateus, batizadio em Nazaré aos 17-10-1688.

Nazaré Paulista, SP igreja n. Sra de Nazaré aos 17-10-1688 bat. Mateus f.l. Francisco Vaz e Catarina do Prado de Mendonça, padr.: Antonio de Godoy e Joana Simoa.

8-2 Joana, em 09-01-1692.

Nazaré Paulista, SP igreja n. Sra de Nazaré aos 09-01-1692 bat Joana, f. Francisco Vaz Muniz e Catarina de Mendonça, padr.: Matias de Godoy e Lucrecia Moreira.

8-3 Melchior, batizado aos 14-01-1694 em Conceição dos Guarulhos.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição aos 14-01-1694 bat Melchior, f.l. Francisco Vaz Muniz e Catarina do Prado de Mendonça, padr.: Gaspar de Godoy ---- e Ilianor de Siqr.ª Muniz.

8-4 Miguel de Godoy Moreira, natural de Jacarei, em Mogi das Cruzes aos 02-07-1748 casou com Izabel de Jesus de Moraes, filha de Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Matos

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 02-07-1748 Miguel de Godoy Moreira, f.l. Francisco Vaz Moniz e Catarina do Prado nts da freg. de Jacarei = cc Izabel de Jesus de Moraes, f.l. Francisco Pimenta de Abreu e Domingas Antunes de Matos, nts e moradores desta vila.

8-5 Antonio de Godoy Moreira, natural de Jacarei, em Mogi das Cruzes aos 05-11-1745 casou com Antonia Ayres de Vasconcellos, filha de Manoel da Cunha Gago e Juliana Pimenta.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 05-11-1745 Antonio de Godoy Moreira, f.l. Francisco Vas Monis e Catarina do Prado nts da vila de Jacarei = cc Antonia Ayres de Vasconcellos, f.l. Manoel da Cunha Gago e Juliana Pimenta, nts e moradores desta vila.

 

9- (Cap. 11º da GP) Pedro com 7 anos.

 

10- (Cap. 8º da GP) José com 5 anos em 1670.

S.L. 8º, 357, Cap. 8º José Vaz Moniz, C.c. Ana Pires de Oliveira f.a de Bento Pires de Oliveira e de Isabel de Moraes da Silva. Tit. Oliveiras.. Teve q. d.:

1-1 Capitão Pedro de Moraes Moniz § 1.°

1-2 Perpetua de Oliveira § 2.°

1-3 Bento Pires de Moraes § 3.°

 

José Vaz Moniz casou, em fins do século XVII, com Ana Pires de Oliveira, filha de Bento de Oliveira Pires e Isabel de Moraes da Silva - família Bento de Oliveira Pires, neste site.

Em nossas pesquisas encontramos em Guarulhos-SP e no sul de Minas Gerais vários outros filhos e netos do casal que não constam na GP:

 

10-1 Capitão Pedro de Moraes Moniz, segundo a GP, casou com Maria Mendes Paes, filha de Manoel Mendes de Oliveira e Isabel Paes Maciel, e tiveram geração de 13 filhos. Entre eles:

10-1-1 José Pires de Moraes, natural da cidade de S. Paulo. Em Mogi das Cruzes aos 10-09-1767, viúvo de Quiteria Pinta, casou com Maria Pedrosa de Alvarenga, natural de Mogi das Cruzes, filha de Bento de Araujo Ferraz e Maria Pedrosa Coelha, neta paterna de João de Araujo Ferras e Mauricia da Silva, neta materna de Antonio Coelho de Azevedo e Rosa Pedrosa de Alvarenga (SL. 6º, 88, 4-2).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 10-09-1767 Jose Pires de Moraes, n. da cidade de S. Paulo e viuvo de Quiteria Pinta = cc Maria Pedrosa de Alvarenga, n/freguesa desta, f.l. Bento de Araujo Ferraz e Maria Pedrosa Coelha, np João de Araujo Ferras e Mauricia da Silva, nm Antonio Coelho de Azevedo e Rosa Pedrosa de Alvarenga. Test.: Cap. Mor Manoel Rodrigues ea Cunha cc D. Maria de Godoy, e Cap. Lourenço Bicudo cc D. Maria Gomes.

10-1-2 Ana Pires de Moraes casou primeira vez com Francisco Pinto do Rego, filho de João Pinto Pimentel e Ana da Silva de Moraes.

         Segunda vez em Mogi das Cruzes aos 13-10-1785, Ana casou com João Correa de Azevedo, natural da cidade do Porto, filho de João Correa dos Santos, natural de Santo Tirso e Maria Rosa de Jesus, natural da vila de Aguada, ambas do Bispado do Porto, neto paterno de Antonio Correa dos Santos e Maria Rosa naturais de Santo Tirso, neto materno de Antonio Alves de Azevedo natural da vila de Aguada.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 13-10-1785 João Correa de Azevedo n. cidade do Porto, f.l. João Correa dos Santos e Maria Rosa de Jesus esta n. da vila de Aguada e aquele de Santo Tirço do mesmo Bispado do Porto, np Antonio Correa dos Santos e Maria Rosa nts de Santo Tirço, nm Antonio Alves de Azevedo n. da vila e Aguada e o nome da avo não se deu noticia = cc Ana Pires de Moraes, n. cidade de S. Paulo, viuva de Francisco Pinto do Rego. Os contraentes são moradores do bairro da Parahiba.

Francisco e Ana Pires tiveram geração de onze filhos descritos em SL. 8º, 274, 4-1. Entre eles:

10-1-2-1 Francisco Pinto de Moraes, em Mogi das Cruzes aos 10-01-1775, casou com Rosa Maria de Jesus, filha de Antonio de Faria Moreira e Angela Gomes de Moraes, neta paterna de João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta de Abreu, neta materna de Tome Moreira Velho e Branca das Neves (SL. 6º, 52, 5-5).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP aos 10-01-1775 Francisco Pinto de Moraes n. desta. f.l. Francisco Pinto do Rego e Ana Pires de Moraes, np João Pinto Pimentel e Ana da Silva de Moraes, nm Pedro de Moraes Muniz e Maria Mendes Paes = cc Rosa Maria de Jesus, n. desta, f.l. Antonio de Faria Moreira e Angela Gomes de Moraes, np João Pedroso Moreira e Izabel Pimenta de Abreu, nm Tome Moreira Velho e Branca das Neves. Test.: Antonio Jose Monteiro cc Joana de Araujo, e Manoel Fernandes da Conceição viuvo de Josefa Pedrosa

10-1-2-2 João de Moraes, aos 17-01-1775, casou com Ana Maria, filha de Felix Correa da Silva e Escolastica Nunes, neta paterna de Francisco Dias Antunes e Ana Pedrosa de Alvarenga, neta materna de Francisco Nunes de Mattos e Maria de Jesus Nogueira (SL. 5º, 301, 5-7).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 17-01-1775 João de Moraes, n. Jacarei, f.l. Francisco Pinto do Rego e Ana Pires de Moraes, todos moradores e nts desta, np João Pinto Pimentel e Ana da Silva, nm Pedro de Moraes Moniz e Maria Mendes Paes = cc Ana Maria, n. desta, f.l. Felix Correa da [--]va e Escolastica Nunes, np Francisco Dias Antunes e Ana Pedrosa de Alvarenga, nm Francisco Nunes de Mattos e Maria de Jesus Nogueira.

10-1-2-3 Joaquim Pinto do Rego (Joaquim Pinto de Moraes). Em Mogi das Cruzes aos 02-09-1783 casou com Teresa Nunes de Jesus, irmã inteira de Ana Maria supra citada (10-1-2-2).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 02-09-1783 Joaquim Pinto do Rego, f.l. Francisco Pinto do Rego e Ana de Moraes, np João Pinto do Rego e Ana da Silva, nm Pedro de Moraes e Maria Mendes = Teresa Nunes de Jesus, f.l. Felix Correa da Silva e Escolastica Nunes de Jesus, np Francisco Dias Antunes e Ana Pedrosa de Alvarenga, nm Francisco Nunes de Mattos e Maria Nogueira nts desta vila

10-1-2-4 Ana Caetana de Moraes casou com Manoel Joaquim do Nascimento, filho de Bernardo da Cunha Gago e Maria Nunes de Jesus. Com três filhos citados em SL. 5º, 201, 6-3:

10-1-2-4-1 Francisco do Nascimento aos 08-11-1801 em Mogi das Cruzes, dispensados do impedimento de 4º grau de consanguinidade, casou com Ana de Mello (citada na GP como Ana de Souza), filha de Antonio de Souza Brito e Ana Maria Gonçalves, neta paterna de Manoel de Souza Brito e de Maria Nunes de Oliveira, neta materna de Manoel Gonçalves Henriques e Rosa Maria de Mello (SL. 7º, 107, 8-3).

Mogi das Cruzes, SP aos 08-11-1801 nesta matriz, dispensados do 4º grau de parentesco por consanguinidade e testemunhas Cap. Francisco de Mello e Antonio Carvalho do Prado, casados; se receberam Francisco do Nascimento, f.l. de Manoel Joaquim do Nascimento e de Ana Caetana, neto paterno de Bernardo da Cunha Gago e Maria Nunes de Jesus, neto materno de Francisco Pinto do Rego e Ana Pires = Com Ana de Mello, f.l. Antonio de Souza Brito e Ana Maria Gonçalves, neta paterna de Manoel de Souza Brito e de Maria Nunes de Oliveira, neta materna de Manoel Gonçalves Henriques e Rosa Maria de Mello.

10-1-2-4-2 Manoela Francisca do Nascimento aos 19-09-1809 casou com João Batista de Passos, natural da vila de Jacarei, f.l. de Antonio de Faria Sodre e Ana Clara de Jesus, neta materna de Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira - 10-8-4-1-5 abaixo.

Mogi das Cruzes, SP aos 19-09-1809 nesta matriz e testemunhas Bernardo de Siqueira, solteiro e Joaquim Lopes, casado se receberam, sem impedimento algum, João Batista de Passos, natural da vila de Jacarei, f.l. de Antonio de Faria Sodre e Ana Clara de Jesus = E Manoela Francisca do Nascimento, natural desta vila, f.l. de Manoel Joaquim do Nascimento e Ana Caetana de Moraes.

10-1-2-4-3 Angelica Maria da Conceição aos 09-07-1811 casou com Francisco Antonio da Silva, natural da freguesia da vila de S. Salvador de Monçã do Arc. de Braga, filho de João da Silva e Maria do Rosário.

Mogi das Cruzes, SP aos 09-07-1811 nesta matriz e testemunhas o Cap. Antonio Joaquim de Almeida e o Cap. Mor João Mariano Franco se receberam Francisco Antonio da Silva, natural da freguesia da vila de S. Salvador de Monçam do Arc. de Braga, f.l. de João da Silva e Maria do Rosário = E Angelica Maria da Conceição, natural desta vila, f.l. de Manoel Joaquim do Nascimento e de Ana Caetana de Moraes.

10-1-2-5 José Pinto de Moraes aos 20-08-1788 casou com Ana Vitória, filha de Domingos Martins da Guerra e Ana Maria, neta paterna de Domingos Martins da Guerra e Teresa de Moraes, neta materna de Antonio de Faria Moreira e Angela Gomes de Moraes (SL. 6º, 52, 6-1)

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 20-08-1788 Jose Pinto, f.l. Francisco Pinto do Rego e Ana Pires de Moraes, np João Pinto do Rego e Ana da Silva, nm Pedro de Moraes Muniz e Maria Mendes = cc Ana Vitoria, f.l. Domingos Martins da Guerra e Ana Maria, np Domingos Martins da Guerra e Teresa de Moraes, nm Antonio de Faria Moreira e Angela Gomes de Moraes, desta freguesia.

          Segunda vez aos 15-02-1791, José casou com Inacia Maria de Jesus, filha de Antonio Antunes Cardoso e Maria Antonia (SL. 5º, 207, 8-2).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 15-02-1791 Jose Pinto de Moraes, viuvo de Ana Vitoria = cc Inacia Maria de Jesus, f.l. de Antonio Antunes Cardoso e Maria Antonia, todos fregueses desta.

10-1-2-6 Antonio Pinto do Rego (Antonio Pinto de Moraes) aos 30-09-1788 casou com Leonor de Godoy, filha de Antonio Antunes Cardoso e Maria Antonia, neta paterna de Lourenço da Costa de Siqueira e Maria Madalena de Jesus, neta materna de Antonio da Cunha Gago e Ana Maria de Godoy (SL. 5º, 207, 8-1).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 30-09-1788 Antonio Pinto do Rego, f.l. Francisco Pinto do Rego e Ana Pires de Moraes, np João Pinto do Rego e Joana da Silva, nm Pedro de Moraes e Maria Mendes = cc Leonor de Godoy, f.l. Antonio Antunes Cardoso e Maria Antonia, np Lourenço da Costa de Siqueira e Maria Madalena de Jesus, nm Antonio da Cunha Gago e Ana Maria de Godoy, todos desta freguesia.

10-1-2-7 Manoel Pinto de Moraes aos 09-08-1788 casou com Genoveva Maria de Jesus, filha de Antonio Ferreira da Silva e Ana de Moraes, neta paterna de João Ferreira da Silva e Joana Nogueira, neta materna de João de Godoy e Maria de Siqueira (SL. 7º, 336, 5-1).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 09-08-1788 Manoel Pinto de Moraes, f.l. Francisco Pinto do Rego e Ana Pires de Moraes, np João Pinto do Rego e Ana da Silva, nm Pedro de Moraes Muniz e Maria Mendes = Genoveva Maria de Jesus, f.l. Antonio Ferreira da Silva e Ana de Moraes, np João Ferreira da Silva e Joana Nogueira, nm João de Godoy e Maria de Siqueira nts de Jacarei

10-1-2-8 Domiciano Pinto do Rego aos 07-08-1788 casou com Rosa Maria, filha de Miguel Fragoso de Faria e Catarina de Jesus Moraes, neta paterna de Jose de Faria e Margarida Lopes (SL. 7º, 102, 7-3).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 07-08-1788 Domiciano Pinto do Rego, f.l. Francisco Pinto do Rego e Ana Pires de Moraes, np João Pinto do Rego e Ana da Silva, nm Pedro de Moraes Muniz e Maria Mendes = cc Rosa Maria, f.l. Miguel Fragoso de Faria e Catarina de Jesus Moraes, np Jose de Faria e Margarida Lopes, nm não deram noticia.

10-1-2-9 Vitoria Maria da Conceição aos 03-09-1788 casou com Bento José Pires, filho de Estanislau Pires de Campos e Maria de Siqueira Aranha, neto paterno de Manoel de Siqueira e Joana Nogueira, neto materno de Bartolomeu de Campos e Maria Telles Fogaça (SL. 7º, 335, 5-3).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 03-09-1788 Bento Jose Pires, f.l. Estanislau Pires de Campos e Maria de Siqueira Aranha, np Manoel de Siqueira e Joana Nogueira, nm Bartolomeu de Campos e Maria Telles Fogaça = cc Vitoria Maria da Conceição, f.l. Francisco Pinto do Rego e Ana Pires de Moraes, np João Pinto do Rego e Ana da Silva, nm Pedro de Moraes Moniz e Maria Mendes.

1-1-2-10 Gertrudes Maria da Conceição aos 04-09-1788 casou com Joaquim Pires de Campos, irmão inteiro de Bento José Pires supra citado.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 04-09-1788 Joaquim Pires de Campos, f.l. Estanislau Pires de Campos e Maria de Siqueira Aranha, np Manoel de Siqueira e Joana Nogueira, nm Bartolomeu de Campos e Maria Telles Fogaça = cc Gerrudes Maria da Conceição, f.l. Francisco Pinto do Rego e Ana Pires de Moraes, np João Pinto do Rego e Ana da Silva, nm Pedro de Moraes Moniz e Maria Mendes.

10-1-3 Antonia Paes de Moraes, viúva de Diogo Cubas, em Mogi das Cruzes aos 06-02-1785 casou com, João Ferreira da Silva, natural da Vila Nova de Gaia Bispado do Porto e viúvo de Joana Nogueira. Geração de João e Joana na família “Miguel Fernandes Nogueira”, neste site.

SL. 8, 358, 2-3 Antonia Paes de Moraes, foi C.c. Diogo Cubas Pedroso, f.o de José Vieira Castanho e de Maria Cubas Pedroso. Fal. Diogo Cubas em 1776 em Mogi das Cruzes e teve 6 f.os: 3-1 a 3-6

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 06-02-1785 João Ferreira da Silva, n. da Vila Nova de Gaia Bispado do Porto e morador desta no bairro do Paraiba, viuvo de Joana Nogueira = cc Antonia Paes de Moraes, n. desta vila e moradora no bairro do Paraiba, viuva de Diogo Cubas. Test.: Luiz Fernandes da Cruz e Antonio de Faria Sodre

Entre os filhos de Diogo e Antonia:

10-1-3-1 Izabel Pedrosa de Moraes aos 30-11-1780 casou com Tome Ferreira da Silva, natural de Jacarei, filho de João Ferreira da Silva e Joana Nogueira, neto paterno de Manoel Ferreira da Silva e Teresa de Oliveira, neto materno de Geraldo Fernandes Nogueira e Catarina Gomes Correa, família “Miguel Fernandes Nogueira”, neste site.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 30-11-1780 Tome Ferreira da Silva, n. Jacarei, f.l. João Ferreira da Silva e Joana Nogueira, np Manoel Ferreira da Silva e Teresa de Oliveira, nm Geraldo Fernandes Nogueira e Catarina Gomes Correa = cc Izabel Pedrosa de Moraes, f.l. Diogo Cubas Pedrosa e Antonia Paes de Moraes, np não souberam, nm de Maria Cubas Pedrosa.

10-1-3-2 Ana Pires de Moraes, primeira vez aos 14-09-1773, casou com Manoel José da Cunha, filho de Bernardo da Cunha Gago e Maria Nunes de Jesus, neto paterno de Bartolomeu da Cunha e Maria de Mattos, neto materno de Manoel da Costa Lima e Francisca de Jesus Carassa (SL. 5º, 202, 6-4).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 14-09-1773 Manoel Jose da Cunha, f.l. Bernardo da Cunha Gago e Maria Nunes de Jesus, np Bartolomeu da Cunha e Maria de Mattos, nm Manoel da Costa Lima e Francisca de Jesus Carassa = cc Ana Pires de Moraes, f.l. Diogo Cubas Pedroso e Antonia Paes de Moraes, np Jose Vieira e Maria Cubas Pedrosa, nm Pedro de Moraes Muniz e Maria Mendes Paes, estes nts da cidade de S. Paulo os mais todos nts desta.

          Segunda vez aos 05-08-1788, Ana casou com Inácio Francisco de Moraes, filho de pais incognitos.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 05-08-1788 Inacio Francisco de Moraes, f. pais incognitos= cc Ana Pires de Moraes, viuva de Manoel Jose da Cunha. Test.: Salvador Machado de Lima e Matias Mendes.

10-1-3-3 Vitoria Maria de Jesus aos 05-08-1788 casou com Cristovão da Cunha de Moraes, f.l. Cristovão da Cunha e Ana da Costa, neto paterno de Antonio da Cunha Borges e Helena Rodrigues do Prado, neto materno de José Correa da Veiga e Domingas da Costa Lima (SL. 5, 169, 5-5).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 05-08-1788 Cristovão da Cunha de Moraes, f.l. Cristovão da Cunha e Ana de Lima, digo da Costa, np Antonio da Cunha Borges e Helena Rodrigues do Prado, nm Jose Correa da Veiga e Domingas da Costa Lima = cc Vitoria Maria de Jesus, f.l. Diogo Cubas Pedroso e Antonia Paes de Moraes, np Jose Vieira Coutinho e Maria Cubas Pedrosa, nm Pedro de Moraes e Maria Mendes Paes.

10-1-3-5 João Manoel de Moraes aos 15-01-1788 casou com Angelica Leme de Campos filha de Bento Jose de Campos e Catarina Leme da Silva, neta paterna de Bartolomeu Fernandes Campos e Maria Telles, neta materna de Aleixo Leme da Silva e Marta Antunes de Miranda (SL. 2, 357, 6-3).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 15-01-1788 João Manoel de Moraes, f.l. Diogo Cubas Pedroso e Antonia Paes de Moraes, np Francisco Pedroso e Maria Cubas, nm Pedro de Moraes Muniz e Maria Mendes Paes = cc Angelica Leme de Campos f.l. Bento Jose de Campos e Catarina Leme da Silva, np Bartolomeu Fernandes Campos e Maria Telles, nm Aleixo Leme da Silva e Marta Antunes de Miranda

10-1-3-6 Antonio Pedroso de Moraes aos 02-09-1788 casou com Catarina Leme da Silva, irmã inteira de Angelica Leme de Campos supra citada.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 02-09-1788 Antonio Pedroso de Moraes, f.l. Diogo Cubas Pedroso e Antonia Paes de Moraes, np Jose Vieira Coitinho e Maria Pedrosa, nm Pedro de Moraes Moniz e Maria Mendes Paes = cc Catarina Leme da Silva, f.l. Bento Jose de Campos e Catarina Leme da Silva, np Bartolomeu Fernandes de Campos e Maria Teles de Oliveira, nm Aleixo Leme da Silva e Marta Antunes de Miranda.

10-1-5 João Mendes de Moraes natural de Mogi das Cruzes, onde aos 05-10-1763, casou com Ana Maria de Jesus, natural de Santo Amaro, filha de Januario Machado de Oliveira natural da cidade de S. Paulo e Maria Guedes da Luz natural da freguesia de Santo Amaro, neto paterno de José Mendes natural de S. Paulo e Mariana da Guirre natural da mesma cidade de S. Paulo, neto materno de Domingos Gomes de Albernaz natural da dita cidade de S. Paulo e Joana Lopes de Camargo natural da freguesia de Santo Amaro.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi ds Cruzes-SP, aos 05-10-1763 João Mendes de Moraes, n. desta, f.l. Pedro de Moraes Moniz n. da cidade de S. Paulo e Maria Mendes Paes n, da cidade de S. Paulo, np Jose Vaz de Moraes e Ana Pires de Oliveira nts. da cidade de S. Paulo, nm Manoel Mendes de Moraes e Izabel Paes de Moraes nts da dita cidade de S. Paulo = cc Ana Maria de Jesus n. da freg. de Sto Amaro deste bispado, f.l. Januario Machado de Oliveira n. da cidade de S. Paulo e Maria Guedes da Luz n. da freg. de Santo Amaro, np Jose Mendes n. de S. Paulo e Mariana da Guirre n, da mesma cidade de S. Paulo, nm Domingos Gomes de Albernaz n. da dita cidade de S. Paulo e Joana Lopes de Camargo n. da freg. de Santo Amaro.

10-1-11 Matias Mendes de Moraes aos 05-02-1755 casou com Maria de Jesus, filha de Vicente Ferreira dos Santos e Ana de Jesus, neta paterna de Clemente Nunes Maciel e Custodia Fernandes Nogueira, neta materna de Manoel da Costa Lima e Francisca de Jesus Carassa (SL. 5º, 81, 6-1).

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 05-02-1775 Matias Mendes de Moraes, n. vila de Jacarei, f.l. Pedro de Moraes Moniz, falecido e Maria Mendes Paes, np Jose Vaz Moniz e Ana Pires de Oliveira, nm Manoel Mendes de Oliveira e Izabel Paes = cc Maria de Jesus, n. desta, f.l. Vicente Ferreira dos Santos e Ana de Jesus, np Clemente Nunes Maciel e Custodia Fernandes Nogueira, nm Manoel da Costa Lima e Francisca de Jesus Carassa.

10-1-12 Manoel Mendes de Moraes aos 19-09-1775 casou com Maria Nunaes de Jesus, filha de Geraldo Fernandes Nogueira e Catarina de Jesus Moraes, neta paterna de Geraldo Fernandes Nogueira e Catarina Gomes, neta materna de Manoel da Costa e Francisca de Jesus Carassa - família “Miguel Fernandes Nogueira” e SL. 7º, 102, 7-2.

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 19-09-1775 Manoel Mendes de Moraes, n. Jacarei, f.l. Pedro de Mores Moniz e Maria Mendes Paes, np Jose Vaz Moniz e Ana Pires, nm Manoel Mendes e Izabel Paes = cc Maria Nunes de Jesus, n. desta, f.l. Geraldo Fernandes Nogueira e Catarina de Jesus Moraes, np Geraldo Fernandes Nogueira e Catarina Gomes, nm Manoel da Costa e Francisca de Jesus Carassa.

10-2 Joana, batizada em 13 de junho de 1698 em Guarulhos-SP, padrinhos Antonio Lopes e Maria Cardosa.

10-3 Bartolomeu, batizado em 07-01-1700, padrinhos Francisco da Cunha Vaz e Ana Moreira.

10-4 Bento Pires de Moraes, também com geração em Jacareí. Encontramos o batismo dele em Guarulhos em julho de 1701.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição no derradeiro de julho de 1701 bat Bento f.l. Joseph Vaz Muniz e Ana Pires de Oliveira, padr.: Cap. Francisco da Cunha Lobo e Ignez(?) Pedroza

10-5 Isabel, batizada em 20-07-1705. Izabel Pires de Moraes (ou de Oliveira) casou com Domingos Francisco Terra, natural de Barcelos Arc. Braga.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição aos 20-07-1705 bat Izabel, f.l. Joseph Vaz e Ana Pires, padr.: Alf. Luiz ---- de Lemos e Ana da –nha.

          Izabel faleceu em Prados aos 14-10-1761.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição - aos 14-10-1761 faleceu Izabel Pires, casada com Domingos Francisco Terra. Sepultada nesta matriz, não fez testamento.

Domingos Francisco e Izabel tiveram os filhos batizados em Prados, q.d.:

10-5-1 Inácia Maria da Assunção batizada em Prados aos 28-09-1729, casou quatro vezes.

Prados, MG aos 28-09-1729 nesta matriz bat Inacia, f.l. Domingos Francisco e Izabel Pires de Moraes, padr.: Jose Alves Pereira e Clara Maria de Mello mulher de Jose Vaz Caldas

         Primeira vez aos 08-07-1747 casou com Placido de Abreu Gonçalves, batizado na freguesia da Candelaria da cidade do Rio de Janeiro, filho de Estevão de Abreu e Catarina de Senna.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição. Aos 08-07-1747 na matriz da vila de S. João del Rei desta comarca do Rio das Mortes test.: Ten. João Gonçalves de Moura e Antonio de Souza Portella moradores nesta freguesia de Prados. Placido de Abreu Gonçalves, f.l. Estevão de Abreu e Catarina de Senna, n/b na freguesia da Candelaria da cidade do Rio de Janeiro e morador nesta dos Prados = cc Inácia Maria da Assunção, f.l. de Domingos Francisco Terra e Isabel Pires de Moraes, n/b nesta freguesia de N. Sra da Assunção dos Prados (Pesquisa Silvia Buttros):

         Segunda vez aos 12-12-1759, Inácia casou com Agostinho José Dias, natural de Santa Cruz do Bispo Bispado do Porto, filho de Antonio de Souza e Luiza Dias.

(Pesquisa Silvia Buttros) Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição Aos 12-12-1759 nesta matriz de N. Sra da Conceição dos Prados, test.: Francisco Ferreira da Cunha e Antonio Luiz Teixeira. Agostinho José Dias, n/b na freguesia de Santa Cruz do Bispo Bispado do Porto, f.l. Antonio de Souza e Luiza Dias = cc Inácia Maria da Assunção, viuva de Placido de Abreu, n. desta mesma freguesia, f.l. de Domingos Francisco Terra e Isabel Pires.

         Viúva pela segunda vez, aos 08-06-1769 Inacia casou com José Rodrigues de Oliveira, natural da Conceição dos Guarulhos-SP, filho de Martinho Rodrigues de Oliveira e Joana Damascena (SL. 3º, 232, 6-9) - família Nunes de Pontes Cap. 1º § 3º 2-6-9

(Pesquisa Silvia Buttros) Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição. Aos 08-06-1769 nesta matriz de N. Sra da Conceição dos Prados. Jose Rodrigues de Oliveira, n/b freg. N. Sra da Conceição dos Guarulhos Bispado de S. Paulo, f.l. Martinho Rodrigues dfe Oliveira e Joana Damascena = cc Inácia Maria da Assunção, n/b nesta freguesia dos Prados, f.l. de Domingos Francisco Terra e Isabel Pires de Moraes, viuva de seu segundo marido Agostinho José Dias.

         Pela quarta vez aos 12-05-1779, Inácia casou com Manoel Rodrigues Coelho, natural de S. Miguel do Souto do Bispado do Porto e hoje de Penafiel, filho de Manoel Rodrigues da Guia e Ana Fernandes.

(Pesquisa Silvia Buttros) Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição. Aos 12-05-1779 nesta matriz de N. Sra da Conceição dos Prados, test.: Revdos João de Mello Costa e Cipriano Jose da Costa. Manoel Rodrigues Coelho, f.l. Manoel Rodrigues da Guia e Ana Fernandes, n/b na freguesia de S. Miguel do Souto do Bispado do Porto e hoje de Penafiel. = cc Inácia Maria da Assunção, viuva que ficou de seu terceiro marido Jose Rodrigues de Oliveira.

         Manoel testou aos 17-05-1790 na Lagoa Dourada e faleceu em 20 de maio do mesmo ano. Sem herdeiros forçados, instituiu a alma por universal herdeira:

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição - aos 20-05-1790 faleceu e aos 21 do mesmo mes e ano foi sepultado o Cap. Manoel Rodrigues Coelho, casado com D. Inacia Maria de Assunção. Sepultado dentro desta matriz. Fez seu testamento.

(...) eu Manoel Rodrigues Coelho f.l. de Manoel Rodrigues da Gia e Ana Fernandes, n/b na freguesia de S. Miguel de Souto termo da vila da Feira Bispado do Porto.

Testamenteiros em 1º minha mulher Inacia Maria de Assunção, em 2º o Revdo Padre Luiz Martins R----.

De todos os meus bens, a metade que me tocar, depois de pagas as minhas dividas e as despesas do funeral, fara a disposição seguinte. Por não ter herdeiro forçado nem ascendente nem descendente, determino da forma seguinte = tenho em minha casa uma mulatinha por nome Maria do Carmo casada com Serafim Es----, a qual criei por caridade, a qual deixo por esmola 200$000rs = 50$000 rs a cada uma das filhas do defunto Joaquim de Rezende, que foi casado com Ana Joaquina, uma chamada Ana, outra Joaquina, e outra Maria.

Deixo mais cento e tantos mil reis que se acham em Portugal, parte em mão de um meu irmão por nome João Roiz Coelho, e parte em mão de Bernardo Francisco de Miranda morador na cidade do Porto, os quais serão distribuidos em missas e oficios por minha alma, de meus escravos.

Depois de pagas as minhas dividas e cumpridos os meus legados instituo a minha alma por minha universal hereira.

Hoje Lagoa Dourada 17-05-1790 Manoel Roiz Coelho

Aprovação17-05-1790

Termo de abertura: certifico que falecendo aos 20 de maio deste presente ano o Cap. Manoel Roiz Coelho, meu paroquiano, com seu solene testamento me foi entregue fechado e lacrado. Prados 20-05-1790

         Inácia faleceu com testamento feito em S. João del Rei em abril de 1802 e aberto aos 13-05-1805. Declarou filha única de seu primeiro matrimônio (testamento neste site).

Inácia e Placido, seu primeiro marido, tiveram os filhos:

10-5-1-1 Plácido, batizado em 22-08-1748 e falecido em 19-02-1751.

Prados, MG aos 22-08-1748 na matriz bat a Placido, f.l. de Placido de Abreu Gonçalves e de Inacia Maria da Assunção, fregueses desta freguesia e foi padrinho o Cap. Jose Viçoso.

 

Prados, MG aos 19-02-1751 faleceu Placido, de idade de dois anos e meio, f.l. de Placido de Abreu e de Inacia Maria, desta freguesia. Foi sepultado dentro desta igreja matriz.

10-5-1-2 Rita Joaquina do Rosário batizada em 07-02-1751. Em S. João del Rei aos 15-12-1766 casou com Acácio José da Cruz, testamenteiro da sogra e tronco da família do mesmo nome, neste site.

Prados, MG aos 07-02-1751 nesta igreja de N. Sra da Conceição dos Prados bat a Rita, f.l. de Placido de Abreu Glz e de Inacia Maria da Assunção desta freguesia; foram padrinhos Valeriano dos Prazeres Ribas e Lionor de Assunção mulher de Francisco Rodrigues, todos desta freguesia.

10-5-2 Antonia Maria da Conceição, em Prados aos 22-11-1744, casou com José Antonio Correa, natural da freguesia de S. João Bispádo de Viseu, filho de Pedro Francisco Correa e Maria Rodrigues.

Prados, MG aos 22-11-1744 nesta matriz se receberam Jose Antonio Correa, n/b na freguesia de S. João de Lorosa Bispado de Viseu, f.l. de Pedro Francisco Correa e Maria Rodrigues = Com Antonia Maria, f.l. Domingos Francisco Terra e Izabel Pires de Moraes, n/b nesta freguesia dos Prados.

Filhos batizados em Prados, q.d.:

10-5-2-1 Maria batizada em 30-01-1746.

Prados, MG aos 30-01-1746 nasceu Maria, f.l. de Jose Antonio Correa, n. da cidade de Viseu e de Antonia Maria de Jesus, n. desta freguesia dos Prados, npaterna de Pedro Francisco, n. de Viseu e Maria Roiz da mesma cidade de Viseu, nmaterna Domingos Francisco, n. da vila de Barcelos e de Izabel de Oliveira n. desta freguesia dos Prados. Foi batizada aos 12 do mes de fevereiro do dito ano; foram padrinhos Antonio de Souza Portela, solteiro e Perpetua de Oliveira mulher de Luiz Pinto da Costa moradores nesta freguesia.

10-5-2-2 Ana em 26-02-1748.

Prados, MG aos 26-02-1748 nesta matriz bat a Ana, f.l. de Jose Antonio Correa e Antonia Maria do Sacramento fregueses desta dita matriz, foi padrinho Antonio de Araujo Braga, solteiro desta dita freguesia.

10-5-2-3 José em 15-01-1750.

Prados, MG aos 15-01-1750 nesta igreja bat a Jose, f.l. de Jose Antonio Correa e Antonia Maria. Foi padrinho Miguel Gularte, sotleiro, todos deste Arraial dos Prados.

10-5-2-4 Jeronimo em 19-03-1753.

Prados, MG aos 19-03-1753 nasceu Hieronimo, f.l. de Jose Antonio Correa e Antonia Maria da Con cceição, natural l dito Jose Antonio da freguesia de São João de Lourosa termo e Bispado da Cidade de Viseu e a dita Antonia Maria n/b nesta freguesia de N. Sra da Conceição dos Prados Bispado de Maria(sic), neto paterno de Pedro Francisco e s/m Maria Rodrigues naturais da dita freguesia de São João, e neto materno de Domingos Francisco Terra, natural de Barcelos e s/m Izabel de Moraes natural e b atizada na cidade de S. Paulo. Foi batizado nesta freguesia e lhe puz os santos oleos, foram padrinhos o Revdo Hieronimo de Souza Barbosa e Josefa, solteira, filha de Clara Maria e enteada do Cap.. Mor Pedro Teixeira de Carvalho. Declaro que foi batizado aos 30 dias do mes e ano supra.

10-5-2-5 Manoel Joaquim Terra batizado em 04-06-1755.

Prados, MG aos 04-06-1755 nesta matriz bat Manoe, f.l. de Jose Antonio Correa, n. da freguesia de S. João de Lorosa Bispado de Viseu e de Antonia Maria da Assunção, natural desta freguesia, neto paterno de Pedro Francisco e s/m Maria Francisca naturais da dita freguesia de S. João de Lorosa, neto materno de Domingos Francisco Terra, natural de Barcelos Arc. Braga e de s/m Izabel Pires de Moraes, n. de S. Paulo. Foram padrinhos o Revdo Manoel Martins de Carvalho e D. Ana Maria de Moura, filha de Matias da Costa assistente na freguesia de S. João del Rei por pp que fez ao Reveredno Jeronimo de Souza Barbosa.

          Manoel faleceu em Baependi em 12-05-1795. Solteiro, sem geração, herdou sua mãe.

Baependi, MG Igreja N. Sra do Monserrate - Óbitos aos 12-05-1795 fal. Capitão Manoel Joaquim Terra, solteiro, n. da freguesia de Prados, fes seu testamento.

Testamenteiros: Antonio Joaquim Alves, morador em S. Tome freguesia das Lavras; 2º Ten. Jose Martins Covas, morador na Encruzilhada desta freguesia de Baependi; 3º Manoel Fran.co Terra meu tio, tambem morador na freguesia das Lavras.

Sou n. da freguesia de Prados, f.l. de Jose Antonio Correya, já defunto e Antonia Maria, moradora na freguesia das Congonhas do Campo comarca de Vila Rica.

Sou solteiro e não tive filhos alguns. Herdeira a dita minha mãe.

 

10-5-3 Baltazar batizado em 14-01-1732 e falecido em 02-05-1740.

Prados, MG aos 14-01-1732 nesta matriz bat a Baltazar, f.l. de Domingos Francisco e Izabel Pires; foram padrinhos João Gonçalves de Moura e Rosa Maria, mulher de Luiz Marques da Fonseca.

 

Prados, Mg Igreja N Sra da Conceição aos 02-05-1740 faleceu Balthezar, menor, filho de Domingos Francisco Terra e de s/mulher Izabel Pires desta freguesia. Enterrado nesta matriz.

10-5-4 Francisca Teresa de Jesus batizada em 23-02-1734. Aos 26-11-1759 casou com Andre de Rezende Costa, natural da freguesia de N. Sra da Assunção da vila do Porto da Ilha de Santa Maria Bispado de Angra, filho de Francisco da Costa e Maria da Silva.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 23-02-1734 bat a Francisca, f.l. Domingos Francisco e Izabel Pires de Oliveira, padr.: Domingos Mendes França e Barbara Ferreira Brandoa mulher de Manoel Carvalho Duarte.

 

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 26-11-1759 nesta matriz Andre de Rezende Costa, n/b na freg. de N. Sra da Assunção da vila do Porto da Ilha de Santa Maria Bispado de Angra, f.l. Francisco da Costa e Maria da Silva = cc Francisca Teresa de Jesus n/b nesta. f.l. Domingos Francisco Terra e Izabel Pires

Pais de, q.d.:

10-5-4-1 Ana, batizada em 19-01-1761 na capela da Lage, filial da matriz de S. José del Rei.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 19-01-1761 Lage, Ana, f.l. Andre de Rezende Costa e Francisca Teresa de Jesus,. padr.: Joseph de Rezende Costa e s/m Ana Alvares Preta.

10-5-5 Manoel Francisco Terra batizado em 02-05-1736. Em Carrancas aos 08-05-1769 casou com Ana Vitória de Jesus, natural de S. João del Rei, filha de Domingos Francisco Barreiros e Jacinta Bernarda da Conceição. Geração na familia Domingos Rodrigues Barreiros.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 02-05-1736 nesta matriz bat a Manoel, f.l. de Domingos Francisco e Izabel Pires. Padr.:  Manoel Pantaleão de Carvalho e Ana Pires, ambos desta freguesia.

10-5-6 José, batizado em 19-03-1738.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição aos 19-03-1738 nesta matriz bat a Jose, f.l. Domingos Francisco Terra e Izabel Pires de Moraes, desta freguesia. padr.: Francisco Jose Freire e Maria Genebra, mulher de João Gonçalves de Moyra, desta freguesia.

10-5-7 Ana, batizada em 27-09-1739.

Prados, MG Igreja N Sra da Conceição nesta matriz aos 27-09-1739 bat a Ana f.l. Domingos Francisco Terra e Izabel Pires, padr.: Francisco Nunes e Perpetua de Oliveira mulher de Luiz Pinto, todos desta freguesia.

10-5-8 Joaquim em 12-07-1741.

Prados, MG aos 12-07-1741 nesta matriz puz os santos oleos a Joaquim, f.l. de Domingos Francisco e Izabel de Oliveira, o qual por nascer em perigo eu o tinha batizado em casa. O Vigr. João de Carvalho e Abreu.

 

10-6 Maria, batizada em 14-11-1706.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição aos 14-11-1706 bat Maria, f.l. Joseph Vaz Muniz e Ana Pires, padr.: Joam Roiz de Oli----.ª e Leonor de Siqueira.

10-7 Francisco Vaz de Moraes batizado aos 19-12-1709 em Conceição dos Guarulhos-SP, filho de José Vaz Muniz e Ana de Oliveira Pires.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição aos 19-12-1709 bat Francisco f.l. Joseph Vaz Muniz e Ana de Oliveira Pires, padr.: C. An.to do Prado e Cunha e Izabel da Silva

          Em Prados aos 02-11-1747, viuvo de sua primeira mulher Luzia da Costa Guimarães que esta sepultada na Capela da Santissima Trindade, Francisco se casou com Sebastiana Pereira Garcia, natural da Parnaiba, filha natural do falecido Domingos Pereira Padilha e Maria Garcia.

Prados, MG aos 02-11-1747 nesta matriz se receberam Francisco Vaz de Moraes, n. da freguesia de N. Sra da Conceição Bispado de S. Paulo, f.l. de Jose Vaz Monis e Ana Pires de Moraes, viuvo de sua primeira mulher Luzia da Costa Guimarães que esta sepultada na Capela da Santissima Trindade cita na Fazenda de Antonio Barbosa de Magalhães = Com Sebastiana Pereira Gracia, n. da freguesia de Santa Ana da vila da Parnaiba Bispado de S. Paulo, filha natural de Domingos Pereira Padilha, ja defunto e de Maria Gracia e ambos moradores nesta dita freguesia. Test.: o Revdo Coadjutor Manoel Gomes da Costa e Revdo Pe. Ignacio Glz de Mello

          Sebatiana faleceu em Prados aos 02-04-1755.

Prados, MG aos 02-04-1755 faleceu Sebastiana Pereira, casada com Francisco Vaz, natural de São Paulo, sepultada dentro desta matriz.

 

10-8 Perpétua de Oliveira, batizada em Guarulhos em 15-03-1711. Casou com Luiz Pinto da Costa, natural do Rio de Janeiro.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição aos 15-03-1711 bat Perpetua, f.l. Joseph Vaz Muniz e Ana Pires, padr.: Francisco Vaz e Catarina Ribeira

SL. 8, 360, 1-2 Perpétua de Oliveira, foi casada com Luiz Pinto da Costa, f.º de Antonio Pinto Leitão e de Joanna Cardoso  Teve q.d: 2-1 Cipriano José da Costa, habilitado de genere.

Foram moradores em Prados-MG onde Luiz faleceu aos 03-04-1757 com testamento de 28 de março do mesmo ano. Perpétua faleceu em Barra Longa aos 29-01-1787.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição obitos -aos 03-04-1754 faleceu Luiz Pinto da Costa, casado com Perpetua de Oliveira, natural da cidade ado Rio de Janeiro. Sepultado nesta paroquial igreja de N. Sra da Conceição dos Prados e fez seu testamento (...) aos 28-03-1754 eu Luiz Pinto da Costa. Testamenteiros em 1º ao Cap. Bernardo Rodrigues Dantas, em 2º Antonio Gonçalves Monte e em 3º a minha mulher Perpetua de Oliveira. Sou casado nesta freguesia com Perpetua de Oliveira da qual tenho três filhas solteiras Luiza, Ana e Rosa, dois filhos Cipriano e Antonio ainda de menor idade de vinte e cinco anos, e mais tres filhas casadas Felipa, Tomasia e Bernarda, mais outra filha por nome Maria que foi casada com João Nunes ela defunta. Tenho mais um filho religioso do Carmo Frei João Pedro de Santa Perpetua (...).

 

B7: Barra Longa-MG, óbitos (1780-1788) fls. 122, 29-01-1787, PERPETUA DE OLIVEIRA, viuva de Luiz Pinto da Costa.

 

Tiveram outros filhos batizados em Prados-MG, além de Cipriano citado no GP. Entre eles:

10-8-1 Maria de Jesus aos 31-05-1745 casou com João Nunes Cruz, natural de S. Pedro de Visela termo da Vila da Feira Bispado de Coimbra, filho de Domingos Nunes e Domingas Fernandes.

Prados, MG no último dia do mes de Maio de 1745 nesta matriz e testemunhas Manoel de Mello Pereira e o Alf. Antonio Glz Poça se receberam João Nunes Cruz, natural da freguesia de S. Pedro de Vizela termo da vila da Feira Bispado de Coimbra, f.l. de Domingos Nunes e de Domingas Fernandes = Com Maria de Jesus, natural e moradora nesta freguesia, f.l. de Luiz Pinto da Costa e de Perpetua de Oliveira.

Maria faleceu em 03-04-1749:

Prados, MG aos 03-04-1749 faleceu Maria de Jesus mulher de João Nunes Cruz, moradora na Vaçoura. Não fez testamento e foi sepultada nesta igreja.

Tiveram os filhos batizados em Prados, q.d.:

10-8-1-1 João nasceu em 07-03-1746 e recebeu os santos oleos aos 15 do mesmo mês e ano.

Prados, MG aos 07-03-1746 nasceu João, f.l. de João Nunes Cruz natural da freguesia de S. Pedro de Visela termo de Esgueira Bisapdo de Coimbra e de Maria de Jesus natural desta freguesia dos Prados, npaterno de Domingos Nunes e Domingas Fernandes naturais da mesma freguesia de S. Pedro de Visela e neto materno de Luiz Pinto da Costa natural da cidade do Rio de Janeiro e de Perpetua de Oliveira natural da freguesia de N. Sra da Penha termo da cidade de S. Paulo. Foi batizado aos 15 do dito mes e ano nesta matriz e foram padrinhos Antonio de Souza Portela solteiro e Felipa de Oliveira mulher de Antonio Nunes Cruz moradores nsta freguesia.

 

Prados, MG aos 07-03-1746 nasceu João, f.l. de João Nunes Cruz natural da freguesia de S. Pedro de Visela termo de Esgueira Bispado de Coimbra e de Maria de Jesus natural desta freguesia dos Prados, npaterno de Domingos Nunes e Domingas Fernandes naturais da mesma freguesia de S. Pedro de Visela e neto materno de Luiz Pinto da Costa natural da cidade do Rio de Janeiro e de Perpetua de Oliveira natural da freguesia de N. Sra da Penha termo da cidade de S. Paulo. Foi batizado em casa pelo dito Luiz Pinto seu avô materno e veio a igreja somente para os santos oleos.

          João Nunes Cruz casou com Ana Maria da Conceição, natural de Itaberava-MG, filha de Maria da Costa e de seu primeiro marido Lourenço Pires Chaves, natural da Freguesia de São Miguel do Oitero Seco Termo da Vila de Chaves e filho de Pascoal Pires e de sua mulher Maria Rodrigues. Faleceu Lourenço com testamento em 16-06-1770 e foi inventariado no mesmo ano. Durante a inventariança Maria da Costa, filha de Caetano da Costa e Mello, casou segunda vez com Antônio Gonçalves da Costa (testamento e inventário neste site, colaboração de Gerald Weber e Ana Maria de Paula).

inserido no inventário paterno:

O Doutor José Justino de Oliveira Gondim Provisor Vigário Geral e Governador deste Bispado por S. Ex(a) R.(ma) A todos os fiéis cristãos saúda e paz para  sempre em Jesus Cristo Nosso Senhor.

Faço saber que João Nunes Cruz, filho legítimo de João Nunes Cruz e de Maria de Jesus batizado na Freguesia dos Prados, e Ana Maria da Costa filha legítima de Lourenço Pires Chaves e de Maria da Costa batizada na Freguesia de Itaberava perante mim por seus depoimentos se mostraram serem livres e desempedidos (...) pelos quais dou licença na Matriz de Itaberava (...) Cidade de Mariana 17 de setembro de 1776

10-8-1-2 Antonio em 31-07-1747.

Prados, MG aos 31-07-1747 nesta matriz bat a Antonio, f.l. de João Nunes Cruz e Maria de Jesus moradores nesta freguesia, foram padrinhos Antonio de Araujo Braga, solteiro e Maria das Neves filha do Sarg. Mor Manoel Dias Ladeira, todos desta dita freguesia.

10-8-1-3 José em 26-03-1749.

Prados, MG aos 26-03-1749 nesta matriz bat a Jose, f.l. de João Nunes Cruz e MJaria de Jesus; foram padrinhos o Alf. Antonio Glz Poça e Francisca Teresa da Conceição, filha de Jose Pereira de Andrade, todos desta freguesia.

10-8-2 João, batizado em 16-02-1729. Frei João Pedro de Santa Perpétua, religioso carmelita.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 16-02-1729 nesta matriz bat João, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira, padr.: Manoel Martins e Ana da Cunha.

10-8-3 Felipa de Oliveira, batizada em 01-05-1730. Aos 31-05-1745 casou com Antonio Nunes Cruz natural de S. Pedro termo da comarca da Feira Bispado de Coimbra, filho de Domingos Nunes e Domingas Fernandes.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 01-05-1730 bat. Felipa, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira, padr.:Francisco Rodrigues de Araujo e Antonia Pereira de Mello mulher de Manoel Martins Nogueira

 

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição no ultimo dia do mes de maio de 1745 na igreja matriz e testemunhas Manoel de Mello Pereira e Alf. Antonio Gonçalves Poça. Antonio Nunes Cruz, n. da freg. S. Pedro de Visela termo da comarca da Feira Bispado de Coimbra, f.l. Domingos Nunes e Domingas Fernandes = cc Felipa de Oliveira n. e moradora desta, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira.

Tiveram os filhos, batizados em Prados, q.d.:

10-8-3-1 Manoel batizado em 09-01-1747, faleceu em 03-07-1754.

Prados, MG aos 09-01-1747 nesta paroquial bat a Manoel, f.l. de Antonio Nunes Cruz e Filipa de Oliveira, batizado em necessidade por Francisco Vaz de Moraes, e eu sub conditione, lhe pus os santos óleos. Foram padrinhos João Nunes Cruz e Leonor da Assunção, ambos casados e todos moradores desta freguesia.

 

Prados, MG aos 03-07-1754 faleceu Manoel, inocente, f.l. de Antonio Nunes e Felipa de Oliveira. Sepultado dentro desta matriz.

10-8-3-2 Maria batizada em 15-01-1749.

Prados, MG aos 15-01-1749 nesta matriz bat a Maria, f.l. de Antonio Nunes Cruz e Filipa de Oliveira, fregueses desta freguesia; foram padrinhos Francisco de Araujo Braga, solteiro e Maria de Souza do Espirito Santo mulher do Alf. Antonio Gonçalves Poça, todos desta freguesia.

10-8-3-3 Barbara batizada em 21-12-1750 e falecida aos 27 do mesmo mês e ano..

Prados, MG aos 21-12-1750 nesta matriz bat a Barbara, f.l. de Antonio Nunes Cruz e Felipa de Oliveira, foram padrinhos Manoel Nunes Cruz, solteiro e Maria Pimentel de São João mulher de Joseph Pereira de Andrade, todos desta freguesia.

 

Prados, MG aos 27-12-1750 faleceu Barbara, de idade de 25 dias, f.l. de Antonio Nunes e Felipa de Oliveira, desta freguesia. Sepultada dentro da igreja matriz.

10-8-3-4 João batizado em 07-01-1753. Faleceu em 08-06-1754.

Prados, MG aos 07-01-1753 nesta matriz bat a João, f.l. de Antonio Nunes Cruz, n. da freguesia de Visela Bispado de Coimbra e Felipa de Oliveira, n. desta freguesia, npaterno de Domingos Fernandes e Domingas Fernandes da dita freguesia de Visella, nmaterno de Luiz Pinto da Costa, batizado na freguesia de N. Sra. da Candelaria do Rio de Janeiro, e de Perpetua de Oliveira n/b na freguesia de N. Sra da Penha da ciadade de S. Paulo. Foram padrinhos João Teixeira Alves, solteiro e a dita Perpetua de Oliveira.

 

Prados, MG aos 08-06-1754 faleceu João, inocente, f.l. de An tonio Nunes e Felipa de Oliveira. Sepultado dentro desta paroquial.

10-8-4 Tomasia de Oliveira, batizada em 13-01-1732. Aos 09-05-1746 casou com Antonio Pereira da Silva, natural da freguesia de Santa Eulalia termo de Penaguião do Arc. de Graga, filho de Antonio Dias da Silva e de Natalia Pereira de Afonseca.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 13-01-1732 nesta matriz bat Tomasia, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira, padr.: Antonio de Souza Portela e Ursula, filha de Luiz Gonçalves Gaia.

 

Prados, MG aos 09-05-1746 nesta igreja matriz e testemunhas Jose Viçoso, desta freguesia e o Cap. Antonio Marques de Moraes, da freguesia da vila de S. Jose desta Comarca, se receberam Antonio Pereira da Silva, morador nesta freguesia e natural da freguesia de Santa Eulalia termo de Penaguião do Arc. de Graga, f.l. de Antonio Dias da Silva e de Natalia Pereira de Afonseca = Com Tomasia de Oliveira, natural e moradora nesta dita freguesia, f.l. de Luiz Pinto da Costa e de Perpetua de Oliveira

Tiveram os filhos, batizados em Prados, q.d.:

10-8-4-1 Ana Clara de Jesus batizada em 16-06-1749. Foi a segunda mulher de Antonio de Faria Sodré, natural de Pitangui, filho de Miguel de Faria Sodre e Veronica Dias Leite.

Prados, MG aos 16-06-1749 nesta igreja bat a Ana, f.l. Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira; foram padrinhos Antonio de Araujo Braga, solteiro e Teresa de Souza mulher do Cap. Jose Viçoso, todos desta freguesia.

          Antonio foi primeira vez casado com Leonor Moreira de Marins, natural de Guaratinguetá-SP, filha de Domingos Alves Ferreira e Tomasia Pedroso da Silveira. Geração na família “Domingos Alves Ferreira”, neste site.

          Ana Clara e Antonio tiveram outros filhos, além dos quatro citados na GP (SL. 2º, 499, 5-1):

10-8-4-1-1 Tomasia, batizada na Campanha em 08-01-1766.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 08-01-1766 Tomasia, f.l. Antonio de Faria Sodre n/b na freg. de Pitangui deste bispado e D. Ana Clara de Jesus, n. da freg. de N. Sra da Conceição dos Prados, np Miguel de Faria Sodre e Veronica Dias Leite, maternos Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira Pires. Padr.: Inacio Xavier de Toledo, solteiro e Izabel de Souza, solteira e filha de Tomasia Pedrosa da Silveira.

10-8-4-1-2 Rogerio José de Faria batizado em Campanha em 19-01-1768. Em Mogi das Cruzes-SP aos 22-09-1792 casou com Ana Maria de Jesus, filha de Antonio da Cunha Gago e Ana Maria de Godoy (SL. 5, 207, 7-6).

Campanha, MG aos 19-01-1768 nesta freguesia bat a Rogerio, f.l. de Antonio de Faria Sodre, n. da vila do Pitangui e de Ana Clara de Jesus natural da freguesia dos Prados deste Bispado; avos paternos o Cap. Mor Miguel de Faria Sodre e D. Veronica Dias Leite, nmaterno de Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira. Foram padrinhos Jose Joaquim como pp de seu pai o Cap. João Rodrigues Moreira, e Zeferina Antonia, filha do mesmo Antonio de Faria Sodre.

 

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 22-09-1792 Rogerio Jose de Faria, n. do arraial da Campanha do Rio Verde bispado de Mariana, f.l. Antonio de Faria Sudre e Ana Clara de Jesus = cc Ana Maria de Jesus, f.l. Antonio da Cunha Gago e Ana Maria de Godoy.

10-8-4-1-3 Honorato Nepomuceno Sodre, natural de Jacarei. Em Mogi das Cruzes em 16-08-1793 casou com Clara Maria de Jesus, filha de Antonio da Cunha Gago e Ana Maria de Godoy (SL. 5, 207, 7-7)

Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 16-08-1793 Honorato de Pomoceno(sic) Sodre, n. Jacarei, f.l. Antonio de Faria Sodre e Ana Clara de Jesus = cc Clara Maria de Jesus, n. desta, f.l. Antonio da Cunha Gago e Ana Maria de Godoy

10-8-4-1-4 Maximiano de Faria Leite, ou Sodre, casou com Joana Soares, filha de Angelo Fernandes Nogueira e Ana Soares.

SL. 2, 500, 6-6 Maximiano de Faria Leite, casado em 1795 em S. José dos Campos com Joana Soares, f.a de José Nogueira Colaço. Tit. Arzão. Obs.: José Nogueira Colaço é avô paterno de Joana, pai de Angelo Fernandes Nogueira.

SL. 7, 332, 5-3 Joanna Soares (filha de 4-1 Angelo Fernandes Nogueira e Anna Soares), natural de Mogi das Cruzes, casou em 1795 em São José dos Campos com Maximiano de Faria Sodré f.º de Antonio Ferraz de Araujo e 2ª mulher Anna Clara Pereira. V.2º pág. 500

10-8-4-1-5 João Batista Passos, natural de Jacarei. Em Mogi das Cruzes aos 19-09-1809 casou com Manoela Francisca do Nascimento, filha de Manoel Joaquim do Nascimento e Ana Caetana de Moraes - 10-1-2-4-2 supra.

10-8-4-2 Felipe em 07-06-1751.

Prados, MG aos 07-06-1751 nesta matriz bat a Felipe, f.l. de Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira, npaterno de Antonio Dias da Silva e Natalia Pereira da Fonseca, nmaterno de Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira. Foram padrinhos o Dr, Antonio Jose e Tomasia, digo Bernardina de Oliveira.

10-8-4-3 José em 04-09-1752.

Prados, MG aos 04-09-1752 nesta matriz bat a Jose, f.l. de Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira, foram padrinhos o Cap. Jose Viçoso, casado e Ana, solteira filha de João de Rezende, todos desta freguesia.

10-8-4-4 Luiz em 15-04-1754.

Prados, MG aos 15-04-1754 nesta matriz bat a Luiz, f.l. de Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira, npaterno de Antonio Dias da Silva e s/m Natalia Pereira da Fonseca naturais da freguesia de Santa Eulalia da Comieira Arc. de Braga, e neto materno de Luiz Pinto da Costa n. da freguesia da Candelaria da cidade do Rio de Janeiro e de Perpetua de Oliveira n. da freguesia de N. Sra da Penha Bispado de S. Paulo. Foram padrinhos Luiz Gomes da Costa, da vila de S. Jose, e Inacia, solteira, filha de Manoel João de Oliveira desta freguesia.

10-8-4-5 Pedro em 26-12-1756.

Prados, MG aos 26-12-1756 bat a Pedro, f.l. de Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira, npaterno de Antonio Dias da Silva e s/m Natalia Pereira da Fonseca naturais estes e o pai do b atizado da freguesia de Santa Eulalia da Comieira Arc. de Braga, e neto materno de Luiz Pinto da Costa n. da freguesia da Candelaria do Rio de Janeiro e de Perpetua de Oliveira n. da freguesia de N. Sra da Penha Bispado de S. Paulo. Foram padrinhos o Cap. Pedto Teixeira de Carvalho e Rosa, solteira, filha do dito Luiz Pinto todos moradores desta dita freguesia.

10-8-4-6 Antonio batizado em 27-06-1758. Faleceu em 28-06-1758.

Prados, MG aos 27-06-1758 nesta matriz bat a Antonio, f.l. de Antonio Pereira da Silva, n. da freguesia de Santa Eulalia da Comieira Arc. de Braga e Tomasia de Oliveira, n. desta de Prados, np de Antonio Dias da Silva e s/m Natalia Pereira da Fonseca nts da dita freguesia de SAnta Eulalia, nmaterno de Luiz Pinto da Costa n. da freguesia da Candelaria do Rio de Janeiro e de s/m Perpetua de Oliveira n. da freguesia de N. Sra da Penha Bispado de S. Paulo. Foi padrinho Antonio Moreira Peres, solteiro morador e os pais do batizado nesta dita freguesia de n. Sra da Conceição dos Prados.

 

Prados, MG aos 28-06-1758 faleceu Antonio, inocente, f.l. de Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira. Sepultado nesta matriz.

10-8-4-7 Maria Rosa de Jesus, natural de Prados. Aos 07-09-1780 casou com Antonio José Lopes Cruz, batizado aos 08-09-1758 em S. José del Rei (Tiradentes), filho de Manoel Lopes da Cruz natural da freguesia de Arnelas Bispado do Porto e Antonia Maria do Sacramento (ou de Jesus) natural da cidade do Rio de Janeiro.

Prados, MG aos 07-09-1780 nesta matriz se receberam Antonio José Lopes Cruz, f.l. de Manoel Lopes da Cruz e Antonia Maria do Sacramento, natural batizado e morador na vila de São Jose = E Maria Rosa de Jesus, f.l. do Ten. Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira, n/b e morador nesta freguesia dos Prados.

 

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 08-09-1758 matriz, Antonio, f.l. Manoel Lopes Cruz e Antonia Maria de Jesus, padr.: Angelo Martins e Teresa de Jesus de Goes mulher de Manoel Gonçalves de Araujo.

          Entre os irmãos de Antonio José Lopes da Cruz, netos paternos de Manoel Lopes e s/m Francisca da Cruz, moradores que foram na freguesia de Santa Maria de Olival da comarca da Feira Bispado do Porto, netos maternos de Antonio Rodrigues Santiago e s/m Esmeria de Souza, naturais da cidade do Rio de Janeiro:

          - Manoel, batizado em S. José del Rei aos 23-05-1756.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 23-05-1756 matriz, Manoel, f.l. Manoel Lopes Cruz e Antonia Maria de Jesus, np Manoel Lopes e s/m Francisca da Cruz, moradores que foram na freg. de Santa Maria de Olival da comarca da Feira Bispado do Porto, nm Antonio Rodrigues Santiago e s/m Esmeria de Souza, naturais da cidade do Rio de Janeiro, padr.: Cap. Manoel Lopes de Oliveira da freg. da Borda do Campo tocando o batizado em lugar do Cap. Domingos da Costa Borges por pp, e Francisca Rosa, mulher de Antonio Francisco da Costa.

Maria Rosa e Antonio José tiveram os filhos, q.d.:

10-8-4-7-1 Joaquina Florinda Jesuina de Jesus casou aos 02-04-1799 com Francisco Veloso do Carmo, filho do Cap. Antonio Veloso do Carmo e Maria do Sacramento, neto paterno de Manoel Coelho e Antonia Velosa, neto materno de Bernardo Rodrigues Dantas e Catarina da Assunção Xavier. Geração na família “Rodrigues Dantas e Silva Xavier” Cap. 1º.

Tiradentes e capelas filiadas, aos 02-04-1799; Matriz; Francisco Vellozo Carmo; f. Cap. Antonio Velloso Carmo e Maria do Sacramento; n. São José ; = cc. Joaquina Florinda Jesuina de Jesus; f. Antonio José Lopes da Cruz e Maria Rosa de Jesus; n. Prados

10-8-4-7-2 Ana Cândida solteira em 1805, foi madrinha da sobrinha Ana, filha de Joaquina supra citada.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 24-06-1805 matriz, Ana n. aos 04, f.l. Francisco Velloso Carmo e Joaquina Florinda de Jesus, padr.: Alf. Francisco de Paula Rego, solteiro e Ana Candida, solteira, tia materna, filha de Antonio Jose Lopes da Cruz, todos desta freguesia e moradores nesta vila.

10-8-4-7-3 Pedro, batizado em 25-09-1790.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 25-09-1790 matriz, Pedro n. aos 17, f.l. Antonio Jose Lopes da Cruz e Maria Rosa de Jesus moradores nesta dita vila donde aquele é natural e esta natural da freguesia de N. Sra da Conceição dos Prados, np Manoel Lopes da Cruz n. da freg. de Santa Marinha do Olival termo da vila da Feira Bispado do Porto e Antonia Maria do Sacramento natural da Consitoria da cidade do Rio de Janeiro, nm Ten. Antonio Pereira da Silva n. freg. Santa Eulalia termo de Barcelos comarca de Vila Real Arc. Braga e Tomasia de Oliveira n. da dita freg. dos Prados, padr.: Pedro Pereira da Silva e Josefa Emerenciana, solteiros tios maternos do dito batizado e moradores na referida freguesia dos Prados.

10-8-4-7-4 Damaso em 26-08-1792.

B7: São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 26-08-1792 matriz, Damazo n. aos 11, f.l. Antonio Jose Lopes da Cruz e Maria Rosa, npaterno Manoel Lopes da Cruz, n. da freg. de Arnellas Bispado do Porto e Antonia Maria do Sacramento n. da cidade do Rio de Janeiro, nmaterno do Ten. Antonio Pereira da Silva, n. do arcebispado de Braga e Tomasia de Oliveira n. da freguesia de Prados filha do Cap. Luiz Pinto da Costa e D. Perpetua de Oliveira, padr.: Sarg. Mor Damaso Jose de Castro e D. Joana Bernardina de Mello, solteiros esta filha de Manoel de Mello Pereira moradora na dita freguesia dos Prados e aquele nesta vila

10-8-5 Antonio, batizado em 28-05-1733, faleceu em 23 do mês seguinte.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 28-05-1733 bat. Antonio, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira, padr.: Jose Alves Pereira e Izabel Pires de Oliveira mulher de Domingos Francisco.

 

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 23-06-1733 nesta matriz fal. Antonio, menor, filho de Luiz Pinto da Costa

10-8-6 Luiza, batizada em 27-08-1734. Solteira em 1754

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 27-08-1734 bat Luiza, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira, padr.: Antonio Veloso Carmo da vila de S. Jose, e Maria de Souza mulher de Manoel Dias Ladeira.

10-8-7 Bernarda Maria de Oliveira, batizada em 28-08-1735. Aos 20-08-1753 em Prados-MG casou com Miguel Goulart de Andrade, natural e batizado na freguesia de Santa Luzia, Vila de Feteira, Ilha do Faial, Bispado de Angra, filho de Silvestre de Andrade e Maria da Luz. Tronco da família “Goulart de Andrade”.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 28-08-1735 bat Bernarda, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira, padr.: Baltazar dos Reis Teixeira e Maria Genebra(?) filha de Ana da Cunha, ambos desta freguesia.

10-8-8 Antonio falecido em 17-01-1740.

Prados, Mg Igreja N Sra da Conceição aos 17-01-1740 faleceu Antonio, inocente, filho de Luiz Pinto da Costa e de s/m Perpetua de Oliveira desta freguesia. Foi sepultado;

10-8-9 Ana Joaquina de Oliveira, natural de Prados. Aos 31-01-1758 casou com Antonio Caetano Vilaça, natural de S. João do Souto da cidade de Braga, filho de Tomé Soares e Helena Angelica.

Prados,MG Aos 31-01-1758 nesta matriz e testemunhas Manoel Ferreira da Cunha e João Gonçalves de Moura entre outras muitas. Antonio Caetano Vilaça, n/b na freguesia de São João do Souto da cidade de Braga, f.l. Tome Soares e Helena Angelica = cc Ana Joaquina de Oliveira, n/b nesta fregesia dos Prados, f.l. Luiz Pinto da Costa, já defunto e Perpetua de Oliveira.

          Antonio faleceu em 20-06-1792 e Ana em 22-07-1806 com testamento. Ambos sepultados na matriz de Prados:

Prados, MG obitos - aos 20-06-1792 faleceu Antonio Caetano Vilaça, sepultado dentro desta matriz.

 

Prados, MG obitos - aos 22-07-1806 nesta matriz faleceu Ana Joaquina de Oliveira, viuva, sepultada dentro desta dita matriz. Fez seu solene testamento. (...) eu Ana Joaquina de Oliveira, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira, falecidos, n/b nesta matriz e arraial dos Prados donde sou moradora.

Testamenteiros: 1º o Alf. Manoel Glz do Nascimento, em 2º Domingos Glz de Moura, em 3º Francisco de Paula Meireles.

Fui casada com Antonio Caetano Vilaça de cujo matrimonio tivemos os filhos seguintes: Rosa, viuva de Jose Ferreira = Maria Silveria casada com João Roiz Lacerda = Joaquina, solteira = Vicente, casado = Antonio Caetano, soldado estes todos são meus legitimos herdeiros.

Declaro que na mão do meu Reverendo Paroco deixo uma carta de consciencia, assinada por mim, e meu testamenteiro entregara ao mesmo meu Revdo Paroco o produto de minha terça para ele dispor na forma que na mesma carta determino.

Prados 19-07-1806 Ana Joaquina

E só se seguiu a aprovação do tabelião.

 

Segundo testamento de Ana, foram filhos do casal, situação em 1806:

10-8-9-1 Rosa, viuva de José Ferreira

10-8-9-2 Maria Silvéria casada com João Rodrigues Lacerda

10-8-9-3 Joaquina, solteira

10-8-9-4 Vicente, casado

10-8-9-5 Antonio Caetano, soldado

10-8-10 Rosa, batizada em 22-05-1740. Solteira em 1754.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 22-05-1740 bat. Rosa, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira, padr.: Manoel Pantaleão de Carvalho e Leonor Pires filha de Teresa Pires, todos desta freguesia.

10-8-12 Cipriano, batizado em 23-10-1741

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 23-10-1741 nesta matriz bat Cipriano, f.l. Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira, padr.: João de Freitas Soares e Ana da Cunha de Oliveira, todos desta freguesia.

10-8-12 Antonio Pinto da Costa, menor de 25 anos em 1754. Casou com Maria Eufrázia de Faria, filha de Antonio de Faria Sodré e sua primeira mulher Leonor Moreira Martins. Geração na família “Domingos Alves Ferreira”.

10-9 Salvador, em 27-11-1712, padrinhos Domingos Bicudo Leme e Ana Furtada.

Guarulhos, SP Igreja N. Sra da Conceição aos 27-11-1712 bat Salvador, f.l. Joseph Vaz Muniz e Ana Pires, padr.: Domingos Bicudo Leme e Ana Furtada.

10-10 Teresa Pires de Moraes batizada na Matriz da cidade de São Paulo. Aos 9 de março de 1734 em Prados casou com Luiz da Costa de Carvalho, natural da freguesia de N. Sra da Assunção da Torre de Moncorvo Arc. Braga, filho de Manoel de Carvalho e Maria Rabela.

Prados, MG Igreja N. Sra da Conceição aos 09-03-1734 nesta matriz Luiz da Costa de Carvalho, f.l. Manoel de Carvalho e Maria Rabella da freguesia de N. Sra da Assunção da Torre de Moncorvo Arc. Braga e morador na freguesia de Santo Antonio da Ititiaya comarca do Ouro Preto = cc Teresa Pires de Moraes, f.l. Jose Vaz de Moraes e Ana Pires de Oliveira da freguesia matriz da cidade de S. Paulo e moradora nesta freguesia dos Prados. Foram testemunhas o Revdo Padre Manoel Gomes da Costa e Cap. Manoel Dias de Araujo

Pais de, q.d.:

10-10-1 Catarina, batizada em Ouro Branco-MG aos 27-10-1737.

Ouro Branco, MG Igreja de Santo Antonio aos 27-10-1737 nesta matriz bat a Catarina, f.l. de Luiz da Costa de Carvalho e Teresa Pires de Moraes, foram padr.: Antonio Jacome Bezerra e Ana Maria da Conceição mulher de Manoel Lopes de Carvalho, todos fregueses e moradores nesta.

10-11 João Vaz de Moraes, não consta de SL. Natural de São Paulo, casou em Barbacena-MG aos 12-10-1740 com Escolástica de Siqueira, nascida em Guaratinguetá, filha de Manoel Dias de Siqueira e Maria Freire.

B7: casamentos - Barbacena, MG, aos 12-10-1740, com minha licença, na igreja matriz de N. Sra. do Pilar de São João del Rei, João Vas de Moraes, natural de São Paulo, f.l. de Joze Vas Monis e s/m Anna Pires de Olivr.a; com Escollastica de Siqueira, natural da Vila de Goratinguetá, f.l. de Manoel Dias de Siqr.a e s/m Maria Freyre.

Tiveram os filhos batizados em Barbacena, q.d.:

10-11-1 Inácia de Moraes batizada aos 19-06-1744 na capela de Snato Antonio da Bertioga.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar de S. João del Rei, MG e capelas filiadas aos 19-06-1744 na capela de Santo Antonio da Bertioga, filial da matriz da Borda do Campo, bat a Ignacia, f.l. de João Vaz de Moraes e de s/m Escolastica de Siqueira, foram padrinhos Manoel Vaz de Brito, solteiro e Francisca Maria, solteira.

         Aos 19-05-1759 casou com José Garcia de Oliveira, natural de Prados, filho de João Garcia e de Ana Maria de Oliveira.

Barbacena, MG matr - aos 19-05-1759 na capela de N.S.do Bom Despacho do Corgo filial da Matriz da Vila de São José desta comarca do Rio das Mortes, se receberam Jose Garcia de Oliveira, n/b na freguesia de N. Sra da Conceição dos Prados desta comarca do Rio das Mortes, f.l. de João Garcia e de Ana Maria de Oliveira = com Inacia de Moraes, n/b nesta freguesia, f.l. de João Vaz de Moraes e de Escolastica de Siqueira, ja defunta. Foram testemunhas Feliciano Simões Borges e Martinho da Silva Torres moradores na vila de S. Jose.

Pais de, q.d.:

10-11-1-1 João Pedro de Oliveira batizado em junho de 1768. Aos 08-10-1794 casou com Joaquina Maria da Assunção, filha de Matias da Silveira de Andrade e Angela Pires de Moraes - família “Antonio Vieira de Moraes” Cap. 3º.

Barbacena-MG - batismos suplemento - Santa Rita, no mês de Junho de 1768 JOÃO, f.l. de Joze Garcia de Oliveira e Ignacia de Morais. Padr.: Antonio Dias Novaes e Antonia Dias de Jesus, mulher de Miguel Garcia da Costa. Lançado aos 28-12-1791.

 

Aiuruoca, MG matr - aos 08-10-1794 na capela do Turvo se receberam João Pedro de Oliveira, f.l. de Jose Garcia de Oliveira e de Ignacia de Moraes, n/b na freguesia de Barbacena = e Joaquina Maria da Assunção, f.l. de Matias da Silveira de Andrade e Angela Pires de Moraes, n/b nesta freguesia.

10-11-1-2 Manoel batizado em 04-04-1770.

Barbacena, MG aos 04-04-1770 na capela de Santa Rita bat a Manoel, f.l. de Jose Garcia e Ignacia mulher do dito. Foram padrinhos João da Cunha Souza e Eugenia Maria, mulher do João ---- Nogueira. Nasceu aos 26 de março, de que fiz este assento.

10-11-1-3 Antonia em 12-07-1772.

Barbacena, MG aos 12-07-1772 na capela de Santa Rita bat a Antonia, f.l. de Jose Garcia e Inacia de Moraes. Foram padrinhos Manoel Jose Coelho, solteiro e Maria Teixeira mulher de João Esteves, todos deesta freguesia. Nasceu no dia dois do dito mes e ano.

10-11-1-4 Joaquina Maria de Oliveira aos 20-04-1801 casou com Luiz Francisco Guimarães, batizado na capela S. Miguel do Cajuru filial de S. João del Rei, filho de Constantino Francisco Guimarães, natural de S. Martinho de Sande termo de Guimarães Arc Braga e Ana Benta de Godoy natural de S. João del Rei onde casaram em 1751, neto paterno de Custodio Rodrigues Rocha e Maria Francisca, neto materno de Bento João Malta e Joana de Godoy Moreira.

(NCantoni: Centro de Memória do Seminário Santo Antonio em Juiz de Fora, MG  LC 1 - 1790-1867 fls soltas) Aos 20.04.1801 - Quilombo. Luiz Francisco Guimarães f. Constantino Francisco Guimarães e Ana Benta c/c Joaquina Maria de Oliveira f. José Garcia de Oliveira e Ignacia de Moraes. ambos desta freguesia.Testemunhas: João Bras de Almeida e José Garcia de Oliveira.

 

Matriz de Nossa Senhora do Pilar e Capelas Filiadas, cap. S. Miguel do Cajuru aos 14-09-1752 Luiz, f.l. Constantino Francisco Guimarães e Ana Benta, padr.: Padre Andre de Almeida e Quiteria Correa cc Lourenço Ribeiro.

 

Matriz de Nossa Senhora do Pilar e Capelas Filiadas, aos 27-(danificado)-1751 e testemunhas Lourenço Ribeiro de Brito, Manoel Alvares da Costa e Francisco Amorim Dantas, se receberam Constantino Francisco Guimarães, n. freg. S. Martinho de Sande termo de Guimarães Arc Braga, f.l. de Custodio Rodrigues Rocha e Maria Francisca = e Ana Benta de Godoy, n/b nesta freguesia de N Sra do Pilar, f.l. Bento João Malta e Joana de Godoy Moreira.

Nota: o termo posterior é 07 de fevereiro, o anterior 16 de fevereiro.

10-11-1-5 Joaquim Garcia de Oliveira aos 21-11-1808 casou com Ana Maria de Jesus, filha de Antonio Dias Tostes e Maria Francisca.

Barbacena, MG matr - aos 21-11-1808 na capela de Santa Rita sse receberam Joaquim Garcia de Oliveira, f.l. de Jose Garcia de Oliveira e Inacia de Moraes = E Ana Maria de Jesus, f.l. de Antonio Dias Tostes e Maria Francisca. Ambos nts e bts nesta freguesia. Testemunhas: Constantino Francisco Guimarães e João Mrz. Fagd.es.

 

10-12 José Vaz de Moraes filho de José Vaz Moniz e Ana Pires de Oliveira, citado em SL. 6, 10, 3-5 mas não arrolado junto com os irmãos no título Rodrigues Lopes, como filho de seu pai e mãe.

         Casou em 13-08-1743 em Mogi das Cruzes com Ângela Paes de Almeida, filha de Manoel Pimenta de Abreu e Maria Godoy de Almeida.

Casamentos - Paroquia de Sant'Ana de Mogi das Cruzes-SP, aos 13-08-1743 Jose Vaz de Moraes, f.l. Jose Vaz Moniz e Ana Pires = cc Angela Paes de Almeida, f.l. Manoel Pimenta de Abreu e Maria de Godoy de Almeida, todos desta.

 

          José foi dos primeiros povoadores de  Barbacena-MG, onde encontramos vários de seus filhos legítimos e um natural:

10-12-1n Faustino Vaz de Moraes filho natural de José Vaz de Moraes e Francisca Maria de Jesus, aos 23-01-1757 casou em Barbacena com Izabel Maria de Araujo, filha de José de Araújo e Josefa da Costa.

B7: casamentos Barbacena. Aos 23-01-1757 nesta matriz, Faustino Vaz de Moraes, n/b nesta freguesia, f.º n.al de Jose Vaz de Moraes e de Fran.ca M.ª de Jesus; = cc. Izabel Maria de Araujo, n/b nesta freguesia, f.l. de Jose de Ar.º, já defunto e de Josefa da Costa. Test.:Manoel Rodrigues de Ar.º e Manoel Antonio de Pinho, moradores neste Arraial

Faustino e Izabel Maria tiveram q.d:

10-12-1n-1 José, nascido aos 22 e batizado aos 30-12-1757.

B7: batismos  Barbacena,.Barroso aos 30-12-1757 JOZE nascido aos 22, f.l. de Faustino Vaz de Moraes e s/m Izabel Maria de Araujo, np de Jose Vaz de Moraes e Francisca Maria de Jesus; nm de Joze de Araujo e Josefa da Costa. Padr.: Thomas da Silva e s/m Valentina de Mattos.

10-12-1n-2 Ana Custódia de Jesus, nascida em Lavras-MG, aos 31-07-1787 casou com Joaquim Jose da Costa, filho de João da Costa Guimarães e Ana Maria Ferreira.

B7: Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 31-07-1788 digo 87 na paroquial de S. João del Rei, Joaquim Jose da Costa, f.l. João da Costa Guimaraens e Anna Maria Ferreira, n/b freg. S. João de Souto Arc. Braga; = cc. Anna Custodia de Jesus, f.l. Faustino Vas de Moraes e Izabel Maria de Jesus, n/b freg. Lavras.

10-12-1n-3 Domingos José da Costa, batizado aos 09-01-1761. Aos 15-09-1794 casou com Quiteria Custodia do Sacramento, filha de Manoel Ferreira de Mello e Ângela Maria da Silveira.

B7: batismos  Barbacena, Barroso aos 09-01-1761 DOMINGOS, f.l. de Faustino Vas de Moraes e s/m Francisca Maria. Padr.: o Padre Martins Pinto e Anna Maria de Araujo mulher de Ambrosio Garcia.

 

B7: Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, aos  15-09-1794 matriz, Domingos Jose da Costa, f.l. Faustino Vaz de Moraes e Izabel Maria de Araujo, n/b na freg. da Borda do Campo; = cc. Quiteria Custodia do Sacramento, f.l. Manoel Ferreira de Mello e Angela Maria da Silveira, n/b nesta freguesia.

 

          José Vaz de Moraes e Ângela Paes tiveram, que documentamos:

10-12-1 Antonio, batizado em Mogi das Cruzes aos 30-11-1744.

Mogi das Cruzes, SP bat. - aos 30-11-1744 bat. Antonio, f.l. Jose Vaz de Moraes e Angela Paes, padr.: Manoel Pimenta de Abreu e Maria de Godoy, casados e todos desta freguesia.

10-12-2- Ana Maria de Jesus, batizada em Mogi aos 26-03-1747. Em Barbacena aos 19-11-1765 casou com João Monteiro de Araujo, nascido na freguesia de S. Tiago de Carreira Bispado do Porto, filho de Manoel Monteiro, natural da freguesia de Sampaio e Izabel Antonia da freguesia de Santiago, ambas do Bispado do Porto.

Mogi das Cruzes, SP bat. - aos 26-03-1747 bat. Ana Maria, f.l. Jose Vaz de Moraes e Angela Paes, padr.: Domingos [------]menta, casado e Maria de Godoy, solteira e todos desta freguesia.

 

B7: casamentos Barbacena,capela de S. José do Ribeirão filial desta matriz, aos 19-11-1766 João Monteiro de Araújo, n/b na freguesia de S. Tiago da Carreira de Refojos Bispado do Porto, f.l. de Manoel Monteiro e Izabel Antonia; = cc. Ana Maria de Jesus, n/b na freguesia de Santa Ana das Cruzes da vila de Mogi Bispado de S. Paulo, f.l. de José Vaz de Moraes e de Angela Paes de Almeida. Test.: Jose Lopes de Oliveia e Alexandre Peixoto, todos ddesta freguesia.

          Ana Maria e José tiveram os filhos, batizados em Barbacena-MG, q.d.:

10-12-2-1 Maria, batizada em 04-11-1767, padrinhos o avô e a tia maternos.

B7: batismos  Barbacena, Ribeirão aos 04-11-1767 MARIA nascida aos 31-10-, f. de João Monteiro de Araujo natural da freguesia de S. Thiago de Carreira Bispado do Porto e s/m Anna Maria de Jesus natural da freguesia de N. Sra. da Conceição Bispado de S. Paulo; np de Manoel Monteiro natural da freguesia de S. Payo Bispado do Porto e s/m Isabel Antonia natural da sobredita freguesia de S. Thiago; nm de José Vas de Moraes natural da sobredita freguesia da Conceição e s/m Angela Paes natural da vila de Mogi Bispado de S.Paulo. Padr.: o dito Jose Vas de Moraes e sua filha Izabel, solteira.

10-12-2-2 Manoel, batizado em 20-11-1769, madrinha a avó materna.

B7: batismos Barbacena, Ribeirão aos 20-11-1769 MANOEL nascido aos 08, f.l. de João Monteiro de Ar.º e Anna Maria de Jesus,, np de Manoel Monteiro natural da freguesia de S. Paio Bispado do Porto e Izabel Antonia natural da freguesia de S. Tiago do mesmo bispado; nm de José Vas de Moraes natural da freguesia da Conceição Bispado de S. Paulo e Angela Paes natural da freguesia de S. Ana do mesmo bispado. Padr.: Antonio Pr.ª da S.ª e Angela Paes mulher de Jose Vas de Mores.

10-12-2-3 Francisca, aos 24-04-1771.

B7: batismos Barbacena, matriz aos 24-04-1771 FRANCISCA nascida aos 18, f.l. de João Monteiro de Araujo natural da freguesia de S. Tiago da Carr.ª Bispado do Porto e Anna Maria de Jesus natural da freguesia de Santa Ana de Moti das Cruzes Bispado de S. Paulo; np de Manoel Monteiro da freguesia de S. Payo Bispado do Porto e Izabel Antonia natural da freguesia de S. Tiago da Carr.ª; nm de Jose Vas de Moraes e Angela Pires. Padr.: Manoel Pinto, solteiro e Ignacia Joaquina mulher do Ldo. Manoel Rois.

10-12-3 Izabel Pires de Moraes, batizada em Mogi aos 26-11-1750. Solteira em 1767 quando foi madrinha juntamente com o pai da sobrinha Maria, supra. Aos 30-07-1782 casou com Antonio Manoel da Silveira, natural de Santa Bárbara da Ilha do Faial e filho de João da Silveira e Maria Furtada.

Mogi das Cruzes, SP bat. - aos 26-11-1750 bat. Izabel, f.l. Jose Vaz de Moraes e Angela Paes de Almeida, padr.: Antonio Pires de Abreu e Ana Pires de Almeida, solteiros e filhos do Cap. Manoel Pimenta de Abreu, e todos moradores desta freguesia.

 

B7: casamentos Barbacena, na capela de S. Jose do Ribeirão filial desta matriz, aos 30-07-1782 Antonio Manoel da Silveira, f.l. de João da Silveira e Maria Furtada, n. da freguesia de Santa Barbara da Ilha do Faial Bispado de Angra; = cc.  Isabel Pires de Moraes, f.l. Jose Vaz de Moraes e de Angela Paes de Almeidea, n/b naq vila de Mogi Bispado de S. Paulo. Test.: Manoel Caetano de Oliveira e Francisco Miz Roriz.

Tiveram q.d.:

10-12-3-1 José, falecido aos 30-03-1785.

B7: óbitos - Igreja Nossa Senhora da Piedade (Barbacena-MG) matriz, aos 30-03-1785 faleceu José, inocente, f.l. de Antonio Manoel da Silveira e Izabel Pires de Moraes.

10-12-3-2 João, batizado em 22-09-1783.

Barbacena, MG bat. - aos 22-09-1783 na cap. N. Sra do Rosario do Ribeirão bat. João n. aos 15 do dito, f.l. Antonio Manoel da Silveira e Izabel Pires de Moraes,. padr.: Jose Francisco, solteiro filho de Antonio Dutra, e Rosa Maria de Jesus mulher de Antonio da S.ª e Andr.e.

10-12-4- Joaquim, batizado aos 23-06-1759

B7: batismos Barbacena, Ribeirão aos 23-06-1759 JOAQUIM nascido aos 12, f.l. de Jose Vas de Moraes natural da freguesia N. Sra. da Conceição e s/m Angela Paes, natural da freguesia de Sta. Ana da vila de Mogi ambas Bispado de S. Paulo; np de José Vas Moraes e s/m Anna Pires de Oliveira naturais da dita freguesia de N. Sra. da Conceição; nm  Manoel Pimentel de Abreu e s/m Maria de Godoes naturais da dita vila de Mogi. Padr.: João Rois Valle, casado, e Bernardina Caetana do Sacramento mulher de Jose Lopes de Oliveira.

10-12-5- Manoel José de Moraes, batizado aos 14-12-1760. Aos 16-06-1798 casou com Ana Fernandes, filha de José Fernandes Vila Nova e Catarina Maria dos Santos. Família “Antonio Luiz de Medeiros”.

B7: batismos  Barbacena, matriz aos 14-12-1760 MANOEL nascido aos 06, f.l. de Jose Vas de Moraes e s/m Angela Paes de Almeida; np de Jose Vas Monis e s/m Anna Pires de Oliveira naturais da cidade de S. Paulo, nm de Manoel Pimenta de Abreu e s/m Maria de Godoes de Almeida natural da vila de Mogi do dito bispado. Padr.: Manoel Teixeira Leite e Joanna Ignacia mulher de Manoel Antonio do Pinho.

 

B7: casamentos Barbacena, Sta Rita  aos 16-06-1798 Manoel Jose de Moraes, f.l. de Jose Vas de Moraes e Angela Paes; = Anna Fernandes, f.l. de Jose Frz V. Nova e Caterina Maria dos Santos. Nts e bts. nesta.

10-12-6- José Marcelino de Moraes, batizado aos 28-03-1762. Aos 07-07-1795 casou com Joana Maria de Jesus, filha de Manoel Faleiro e Custódia Maria (ou Teresa) - família Bento Faleiro, neste site.

B7: batismos Barbacena, Ribeirão aos 28-03-1762 JOZE nascido aos 18, f.l. de Jose Vas de Moraes natural da freguesia de N. Sra. da Conceição Bispado de S.Paulo e s/m Angela Paes natural da freguesia de Mogi do dito bispado; np de Jose Vas de Moraes e s/m Anna Pires de Oliveira da dita freguesia da Conceição; nm de Manoel Pimenta de Abreu e s/m Maria de Godoes naturais da dita freguesia de Mogi. Padr.: José Lopes de Oliveira e s/m Bernardina Caetana.

 

B7: casamentos Barbacena, Ermida S. Francisco de Paula aos 07-07-1795 José Marcelino de Moraes, f.l. de Jose Vas de Moraes e Angela Paes; = Joana Maria de Jesus, f.l. de Manoel Faleiro e Custodia Maria, n/b nesta.

         José testou na nesta paragem denominada o Rio Fundo em 19-10-1809 e faleceu aos 8 de dezembro do mesmo ano. Sem geração.

Barbacena, MG aos 08-12-1809 faleceu Jose Marcelino de Moraes casado com Joana Maria de Jesus; sepultado dentro desta matriz.

Testamento: Eu Jose Marcelino de Moraes morador no Rio Fundo da freguesia da vila de Barbacena comarca do Rop das Mortes Bispado de Mariana, f.l. de Jose Vaz de Moraes e de Angela Paes, ja falecidos, natural e bat. na freguesia de N. Sra da Piedade de Barbacena. Sou casado com Joana Maria de Jesus e não tivemos filhos. Não tenho herdeiro algum nem outro algum ascendente ou descendente.

Testamenteiros em 1º a m/mulher Joana Maria de Jesus, em 2º a m/sobrinho João Manoel da Silveira e em 3º a Jose Leite de Siqueira.

Encomendações pias. Declara devedores e dividas, entre elas a meu cunhado Francisco Luiz; a meu sobrinho João Manoel da Silveira onze anos do serviço que tem andado com a minha gente na tropa e feito outros serviços em casa e no campo, se pagara por cada an o a doze mil rs; devo ao Agostinho casado com minha prima Genoveva cinco oitavas; pagas as minhas dividas, cumpridos os meus legados, de todo os remanescentes de meus bens instituo por meu universal herdeiro a minha mulher Joana Maria de Jesus.

Nesta paragem denominada o Rio Fundo aos 19-10-1809 = Jose Marcelino de Moraes.

10-12-7- Gabriel, batizado aos 28-03-1762.

B7: batismos Barbacena, Ribeirão aos 28-03-1762 GABRIEL nascido aos 18, f.l. de Jose Vas de Moraes natural da freguesia de N. Sra. da Conceição Bispado de S.Paulo e s/m Angela Paes natural da freguesia de Sant'Ana da vila de Mogi do dito bispado; np de Jose Vas de Moraes e s/m Anna Pires de Oliveira da dita freguesia da Conceição; nm de Manoel Pimenta de Abreu e s/m Maria de Godoes naturais da dita freguesia de Mogi. Padr.: Francisco e Bernardina Caetana, aquele filho e esta mulher de Jose Lopes de Oliveira.

 

11- (Cap. 12º da GP) Leonor de 4 anos.

 

12 (Cap. 10º da GP) Maria de um ano.