PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

 

JASSON DA COSTA

(atualizado em 15-dezembro-2014)

 

 

Bartyra Sette

 

 

Duarte Jasson da Costa, nasceu no Porto-PT em princípios do séc XVIII (calculando pela data do casamento dos filhos). Veio para o Brasil e aqui casou com Rosa Maria do Prado, natural de Pindamonhangaba-SP, onde nasceram os filhos q.d.:

 

1- Rita Maria dos Santos

2- Tomas Jasson da Costa

3- Antonio Jasson da Costa

 

1- Rita Maria dos Santos, natural de Pindamonhangaba, casou duas vezes em Guaratinguetá-SP. Primeiro em 01-09-1739 com Manoel Rodrigues Serpa, natural da freguesia de N. Sra da Candelaria da Ilha do Pico, filho de Pascoal Rodrigues e Maria Rodrigues. Segunda vez em 09-09-1744 com Domingos de Araújo, natural de S. Martinho Arcebispado de Braga, filho dos falecidos Estevão Rodrigues e Sebastiana de Araújo.

Guaratinguetá-SP Igreja Sto Antonio aos 01-09-1739 Manoel Rodrigues Serpa, n. freg. N. Sra da Candelaria da Ilha do Pico bispado da Ilha Terceira, f.l. de Pascoal Rodrigues e Maria Rodrigues, falecidos = cc Rita Maria dos Santos, de Pinda, filha de Duarte Jasson da Costa e de Rosa Maria do Prado.

 

Guaratinguetá-SP Igreja Sto Antonio aos 09-09-1744 Domingos de Araujo, n. da Freguezia de S. Martinho, arc. de Braga, f.l. de Estevam Rodrigues e Sebastiana de Araujo, falecidos = cc Rita Maria dos Santos, de Pinda, f.l. de Duarte Jasson da Costa e Rosa Maria do Prado e viuva de Manoel Rodrigues Serpa.

 

Rita e Manoel, já falecidos em 1757, tiveram os filhos, q.d.:

1-1 Maria Rodrigues Serpa casou em 23-05-1757 com Manoel Lopes Salgado, natural de Sampaio de Guimarães, filho de Bento Lopes Antunes e Margarida Francisca.

Guaratinguetá-SP Igreja Sto Antonio aos 23-05-1757 Manoel Lopes Salgado, n. freg. Sampaio de Guimarães, f.l. Bento Lopes Antunes e Margarida Francisca = cc Maria Rodrigues Serpa, desta, f.l. Manoel Rodrigues Serpa e Rita Maria dos Santos, já defuntos. 

Rita e Domingos tiveram, q.d.:

1-2 Teresa Maria de Jesus em 31-08-1762 casou com Lourenço Rodrigues da Rocha, natural de Curitiba, filho dos falecidos Manoel da Rocha Carvalhaes e Josefa Rodrigues Coutinho

Guaratinguetá-SP Igreja Sto Antonio aos 31-08-1762 Lourenço Rodrigues da Rocha, n. vila de N. Sra da Luz de Curitiba, f.l. Manoel da Rocha Carvalhaes e Josefa Rodrigues Coutinho já defuntos = cc Teresa Maria de Jesus, desta, f.l. Domingos de Araujo e Rita Maria dos Santos, já defunta, np Estevam Gonçalves(sic) e Sebastiana de Araujo, naturais de S. Martinho, arceb. de Braga e n.m. de Duarte Jasson da Costa,n. do Porto, e Rosa Maria do Prado, de Pindamonhangaba.

1-3 Antonia de Araújo em 16-02-1762 casou com Antonio Pereira Leite, natural de S. Lourenço do Prado, termo da vila de Melgaço Arcebispado de Braga, filho de Rozendo Rabelo Leite e Brigida José de Castro.

Guaratinguetá-SP Igreja Sto Antonio aos 16-02-1762 Antonio Pereira Leite, n. da Freg. de S. Lourenço do Prado, termo da vila de Melgaço, arceb. de Braga, f.l. de Rozendo Rabelo Leite e Brigida de Castro, = cc Antonia de Araujo, n. Pindamonhangaba, filha de Domingos de Araujo e Rita Maria dos Santos, n.m. de Duarte Jasson da Costa e Rosa do Prado 

          Antonio já era falecido em 1821 (testamento do cunhado Manoel). Foram pais de, pelo menos:

1-3-1 Margarida Antonia de Jesus aos 24-11-1789 casou com João de Meirelles Freire, filho do Cap. João de Meirelle Freire, natural da freguesia de S. Salvador de Figueiras Bispado do Porto, e Rosa Maria de Jesus, natural de Guaratinguetá, neto paterno de Manoel de Meirelles Freire e Agueda Figueira  tronco da família “Meirelles Freire” neste site.

Guaratingueta, SP [Joam de Meireles Freire e Margarida Antonia]. Aos 24-11-1789 nesta matriz e test.: Padre Manoel Jose de Bettencort e D. Maria Galvoa digo o Padre Manoel Jose de Bettencort e o Cap. Mor Manoel da Silva Reis se receberam Joam de Meireles Freire e Margarida Antonia de Jesus ambos moradores e fregueses desta vila, ele f.l. do Cap. Joam de Meirelles Freire n. da cidade de S. Paulo(sic) e de D. Rosa Maria n. desta vila e nada disseram dos avos paternos. Ela contraente f.l. do Cap Antonio Pereira Leite n. do Melgasso Arc. de Braga e de D. Antonia de Araujo, n. e moradora desta predita vila; np de Rozendo Rabelo Leite e Brigida Jose de Castro, ele n. da Senhorinha de Basto Arc. de Braga e ela natural de Melgasso freguesia de S. Lourenço do Prado Arc. de Braga.

1-3-2 Rita Maria do Carmo, legatária do tio Manoel: “a minha sobrinha Rita Maria do Carmo, moradora em Guaratingueta, filha do Capitão Antonio Pereira Leite, já falecido”

1-3-3 Possivelmente, Alferes Manoel Ribeiro (ou Rabelo) Leite, 2º testamenteiro e herdeiro do tio Manoel, morador em Guaratinguetá. Pai de, pelo menos:

1-3-2-1 Francisco, afilhado e legatário do tio-avô Manoel: “meu afilhado Francisco, filho do meu sobrinho e 2º testamenteiro o Alferes Manoel Rebello Leite”

1-4 Manoel José Claque de Araújo, natural de Guaratinguetá, casou três vezes.  Primeiro em Guaratinguetá em 03-08-1762 com Maria Leme de Jesus, natural de Taubaté-SP, filha de Timoteo Pinto de Souza e Maria Leme (do Rego ou Barbosa), neta paterna de Luiz Pinto de Souza, de Portugal e Bárbara Chaves, de Taubaté, neta materna de Salvador da Mota Paes e Maria Bicudo Leme (SL. 3º, 85, 5-1).

Casamentos de Guaratingueta - 1762; Copia de Gastão de Meireles França; RGB nº 7: N.º 399 - Manoel José de Araujo, desta, filho de Domingos de Araujo e Rita Maria, n.p. de Estevam Gonçalves e Sebastiana de Araujo, naturais de S. Martinho, arceb. de Braga e n.m. de Duarte Jasson da Costa, do Porto e Rosa Maria do Prado, de Pinda, com Maria Leme de Jesus, de Taubaté, filha de Timoteo Pinto do Rego e Maria Leme do Rego, n.p. de Luiz Pinto de Sousa, de Portugal e Bárbara Chaves, de Taubaté, n.m. de Salvador da Mota Pais e Maria Bicudo Leme, naturais desta. (SL. 3, 85, 5-1).

Guaratinguetá-SP Igreja Sto Antonio cas - aos 03-08-1762 Manoel Jose de Araujo, f.l. Domingos de Araujo e Rita Maria, falecida, np Estevam Gonçalves e Sebastiana de Araujo, naturais de S. Martinho, arceb. de Braga, nm Duarte Jasson da Costa, n. do Porto e Rosa Maria do Prado, n. de Pinda, = cc Maria Leme de Jesus, n. de Taubaté, f.l. de Timoteo Pinto de Souza e Maria Leme do Rego, n.p. de Luiz Pinto de Sousa, de Portugal e Bárbara Chaves, de Taubaté, n.m. de Salvador da Mota Paes e Maria Bicudo Leme, naturais desta.

 

          Segunda vez por contrato de Arrás com Maria Angélica do Espírito Santo, filha de Mateus Pinheiro Leme e Ana Maria da Conceição, neta paterna de outro e Felipa de Oliveira Gaga, neta materna de Martinho Gracia e Suzana de Góes, família “Mateus Pinheiro Leme”.

 

Manoel José casou terceira vez, também por contrato de Arrás, com Maria Silvéria da Conceição. Guarda Mor Manoel José faleceu aos 20-08-1821, com testamento onde declara os três casamentos e nenhuma geração. Instituiu por herdeiros a terceira mulher e o sobrinho Manoel Rebelo Leite.

B7: Baependi - Óbitos, aos 20-08-1821 fal. Guarda Mor Manoel Jose Claque de Araujo (70 anos) cc.

Testamento (trechos)

Eu, Manoel Jose Claque de Araujo, f.l. Ajudante Domingos de Araujo e Rita Maria dos Santos, falecidos, n. na Vila de Santo Antonio de Guaratingueta Bispado de S.Paulo e mmorador nesta freguesia de Santa Maria Baependi Bispado de Mariana.

Test.: 1º a minha mulher Maria Silveria da Conceição; 2º meu sobrinho o Alferes Manoel Rabello Leite, morador em Guaratinguetá, 3º a Francisco Xavier Martins; 4º Alferes Jose Francisco de Paiva, aqui moradores.

Fui cc. primeiramente com Maria Leme de Jesus de quem não tendos filhos, por seu falecimento satisfiz a sua mãe Maria Leme Barbosa, que lhe sobreviveu, a metade dos bens do casal como consta de uma escritura lavrada na Nota da Vila de Guaratingueta por composição que fizemos; segunda vez com Maria Angelica do Esperito Santo de cujo matrimonio não havendo filhos, por nos termos casado por Arras, sastisfizas condições de nosso contrato o que consta de escritura. 3ª vez com Maria Silveria da Conceição, minha 1ª testamenteira, de quem tambem não tenho filhos e tambem sou casado por Arras, a saber: falecendo ela primeiro de que eu, levaria seus herdeiros o que ela trouxe de dote e falecendo euprimeiro do que ela, neste caso, ter a meação dos meus bens.

Instituo por meus universais herdeiros o meu sobrinho dito Alferes Manoel Ribeiro Leite e minha mulher Maria Silveria da Conceição em cuja repartição quero e deseja que ela tenha de primeiro escolher nos escravos que competir a herança.

Deixa missas (...), pela alma de minha sogra Maria Leme Barboza, p/ almas de meus sogros Matheus Pinheiro Leme e João Garcia de Oliveira e suas mulheres (...)

Deixo a minha sobrinha Rita Maria do Carmo, moradora em Guaratiangueta, filha do Capitão Antonio Pereira Leite, já falecido, 50$000 (...); a meu afilhado Francisco, filho do meu sobrinho e 2º testamenteiro o Alferes Manoel Rebello Leite (...); deixo a meu compadre Manoel Pinheiro Leme, se for vivo, o meu capote(...). Vila Santa Maria de Baependi 06-06-1821.

Registro aos 08-7bro-1821

 

          Maria Silvéria da Conceição, víuva, casou segunda vez com o Alferes Francisco Inacio de Mello. Faleceu septuagenária com testamento e foi sepultada aos 01-03-1842. Sem geração também deste casamento, instituiu herdeiro o segundo marido.

          Maria era filha de João Garcia de Oliveira, natural de Barbacena-MG e Ana Martins de Mello, n. de S. João del Rei, neta paterna de João Garcia, n. da Ilha do Faial; neta materna de Manoel Fernandes de Mello, da ilha Terceira e Joanna Martins natural da Campanha-MG.

B7: Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG - batismos, aos 16 agosto 1773 Porto do Turvo, ANTONIO n. 01 do dito, f.l. de João Garcia de Oliveira n. freg. Borda do Campo e s/m Anna Martins de Mello da freg. de S.João del Rei; np João Garcia n. da Sra. das Angustias Ilha do Fayal e s/m  n. da mesma Ilha e bispado Angra;nm de Manoel Fernandes de Mello da freg. de Alros aers (?) ilha Terceira e s/m Joanna Martins n. da Campanha deste bispado de Marianna; padr.: Jose Francisco Rodrigues e sua irmã Elena Maria, solteiros, desta freguesia.

 

B7: Baependi - Óbitos, aos 01-03-1842 sep. Capela do Rosario filial desta matriz, D. Maria Silveria da Conceição, mulher do Alferes Francisco Ignacio de Mello, idade 70 anos (br. cc.)

Registro do Testamento (trechos)

Eu, D. Maria Silveria da Conceição, f.l. de João Garcia de Oliveira e Ana Martins de Mello, n. da freguesia do Turvo e de presente moradora nesta freguesia Vila Baependi Bispado de Mariana Prov. de MG.

Testamenteiros: 1º meu marido Alferes Francisco Ignacio de Mello; 2º Cap. Joaquim Ignacio de Mello e Souza; 3º Antonio Ignacio de Mello.

Fui casada primeiramente com Manoel Jose Claque de cujo matrimonio não tive filhos. Passei a segundas nupcias com Alferes Francisco Ignacio de Mello e deste matrimônio tambem não tive filhos, e porque meus pais são falecidos e não tenho herdeiro algum ascendentes ou descentestes, disponha dos meus bens da maneira e forma seguinte:

- declaro que antes de meu casamento com o meu 1º testamenteiro, havia feito doação a minha exposta e afilhada Carolina de Lima.

- deixo a minha afilhada Emilia, filha do Capitão Joaquim Ignacio de Mello e Souza.

- deixo a Miquelina, filha do dito Cap. Joaquim Ignacio de Mello e Souza.

- deixo aos meus afilhados, filhos de Antonio Ignacio de Mello.

- a meu afilhado Antonio

- a minha afilhada Maria Joaquina da Conceição, cc. Cap, Joaquim Ignacio de Mello.

Instituo herdeiro do remanescente dos meus bens, depois de cumpridos meus legados e disposições a meu marido Francisco Ignacio de Mello.

(...) pedi ao Vig. Manoel Pereira de Souza que o escrevesse e por mim assinasse Vila Santa Maria de Baependi 27-11-1841

Aprovação

Registro Baependi 01-03-1842

 

2- Tomás Jasson da Costa em 1754 casou com Antonia Nunes de Siqueira, filha de Francisco Rodrigues Moreira e Antonia Nunes de Siqueira

Casamentos de Guaratingueta - 1754; Copia de Gastão de Meireles França; RGB nº 7: N.º 232 - Tomás Jasson da Costa, desta, filho de Duarte Jasson da Costa e Rosa Maria do Prado, com Antonia Nunes de Siqueira, desta, filha de Francisco Rodrigues Moreira e Antonia Nunes de Siqueira.

 

3- Antonio Jasson da Costa em 1754 casou com Maria Antunes da Rocha, de Sorocaba, filha de Manoel Antunes da Rocha e Felipa da Cunha (SL. 3, 189, 4-7)

Casamentos de Guaratingueta - 1754; Copia de Gastão de Meireles França; RGB nº 7: N.º 237 - Antonio Jasson da Costa, desta, filho de Duarte Jasson da Costa e Rosa Maria do Prado, com Maria Antunes da Rocha, de Sorocaba, filha de Manoel Antunes da Rocha e Felipa da Cunha.