PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

Figueiredo Neves

(atualizado em 08-setembro-2014)

 

 

Colaboração de Sílvia Buttros

 

 

Capitão Luiz de Figueiredo Leitão, natural e batizado na freguesia de N.S. da Conceição de Monxique, termo da Cidade de Silves, Reino do Algarve, e D. Antonia Maria Caetana, natural e batizada na freguesia de Santa Catarina do Monte Sinai, da Cidade de Lisboa tiveram os filhos batizados em Santo Antonio da Casa Branca-MG, q.d.:

1- Maria Josefa de Jesus, que segue no § 1º

2- Antonio José de Figueiredo.

3- Joaquim

4- João Batista de Figueiredo Leitão, que segue no § 4°

5- Ana Maria Valentina de Jesus, que segue no § 5°

6- Francisco Xavier de Figueiredo, que segue no § 6°

 

 

2- Antonio José de Figueiredo, natural de Santo Antonio da Casa Branca. Aos 28-02-1787 na Ermida do Sr. Bom Jesus dos Perdões casou com Francisca Joaquina Pedrosa de Jesus, natural das Congonhas do Campo, filha do Ten. Manoel Pedroso Ferreira e de Maria Josefa de Almeida, neta materna de Pedro Annes Souto e de Apolônia da Silva de Siqueira. Outras informações dos irmãos de Francisca Joaquina inseridas na familia "Os Bueno da Fonseca" Cap. 2º.

Lavras, MG Igreja Santa Ana Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 28-02-1786 na Ermida do Sr. Bom Jesus dos Perdões, Antonio Jose de Figueiredo, f.l. do Capitão Luiz de Figueiredo Leitão e D. Antonia Maria Caetana, n/b na freg. de S. Antônio da Casa Branca = cc. D. Francisca Joaquina Pedrosa de Jesus, n/b na freg. Congonhas do Campo, f.l. Tenente Manoel Pedrozo Ferreira e D. Maria Josefa de Almeida.

3- Joaquim, batizado em Casa Branca, aos 10-09-1739.

Casa Branca, MG. Aos 10 de Setembro de 1739, Joaquim, f.l. do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Antônia Maria Caetana. Foi padrinho Antônio Moreira dos Santos. Todos moradores e fregueses desta freguesia de que logo fiz este assento dia mês era ut supra. O Vig.ro Encom.do João Martins Barrozo.

 

§ 1º

Maria Josefa de Jesus

(atualizado em 27-agosto-2015)

 

Maria Josefa de Jesus casou com Antonio Ferreira Neves, filho de Francisco das Neves natural da freguesia de Santa Eulália de Fermentões e de Maria Ferreira, natural da freguesia de São João da Ponte ambas do Arcebispado de Braga. Este casal é o tronco dos Figueiredo Neves de Casa Branca, MG

 

Capitão Antonio e Maria Josefa faleceram em Casa Branca e foram sepultados, ele em cova da Irmandade do Santíssimo Sacramento em 30-04-1791 e ela em 29-01-1794 na cova da Fábrica.

Glaura, MG. Aos 30 de Abril de 1791, foi sepultado nesta Matriz de S. Antonio da Casa Branca, em cova da Irmandade do Santíssimo Sacramento, das grades para cima, o Capitão Antonio Ferreira Neves; e faleceu da vida presente com todos os sacramentos, testamento e solenemente foi acompanhado das Irmandades do Santíssimo, e Santo Antonio, e São Miguel e Almas, e de N.S. do Rosário, e na Tumba das Almas, carregado amortalhado em hábito de N.S. do Monte do Carmo, e se lhe fez ofício de corpo presente, com treze Sacerdotes e um Estudante, os quais Padres disseram missas de corpo presente, exceto um, também não acompanhou por enterrado, e os mais todos acompanharam, e o encomendaram na forma do Ritual. Para constar assinei este. Vig.ro Encomendado José Nunan Pereira.

 

Glaura, MG. Aos 29 de Janeiro de 1794, foi sepultada das grades para cima, na cova da Fábrica desta Igreja Matriz de S. Antonio da Casa Branca, Dona Maria Josefa de Jesus, amortalhada em hábito de N.S. do Monte do Carmo. Faleceu com todos os sacramentos e com seu solene testamento. Foi acompanhada das Irmandades do Santíssimo Sacramento, Santo Antonio, Almas, e Rosário. Fez-se-lhe ofício de corpo presente a que assistiram onze Reverendos Sacerdotes, que também acompanharam e disseram missas de corpo presente, e foi por mim encomendada. Para constar faço este assento que assino. O Vig.ro Encom.do Manoel Frr.a da Fon.ca.

 

Maria Josefa e Capitão Antonio tiveram os filhos batizados em Casa Branca, q.d.:

1-1 Antonio Thomás de Figueiredo Neves, batizado em 06-01-1754. Cap. Antonio Tomás em 20-02-1792 casou com Coleta Antonia Ferreira Pinto, natural de Santa Bárbara, filha do Cap. Mor Tome Pinto Fernandes e D. Josefa Ferreira Roriz.

Glaura, Santo Antônio, Antônio = Aos 6 de Janeiro de 1754. batizei e pus os Santos óleos a Antonio, f.l. de Antonio Ferreira Neves, e D. Maria Josefa de Jesus, neto paterno de Francisco das Neves, nat. e bat. na freguesia de Santa Eulália de Fermentões, Arcebispado de Braga, e Maria Ferreira, nat. e bat. na freguesia de São João da Ponte do mesmo termo e Arcebispado de Braga; e neto materno do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, nat. e bat. na freguesia de N.S. da Conceição de Monxique, termo da Cidade de Silves, Reino do Algarve, e de D. Antonia Maria Caetana, nat. e bat. na freguesia de Santa Catarina do Monte Sinai, da Cidade de Lisboa. Foram padrinhos o Capitão Luís de Figueiredo Leitão e D. Teresa Maria de Jesus. De que fiz este assento.

 

Santa Barbara, MG Igreja St Antonio. Aos 20-02-1792 na capela de Santa Quiteria, particular do Cap. Mor Tome Pinto Fernandes. Ten. Cel. Antonio Tomás de Figueiredo Neves, f.l. Cap. Antonio Ferreira Neves e D.Maria Josefa de Jesus, n/b na freguesia de Santo Antonio da Casa Branca = cc D. Coleta Antonia Ferreira Pinto, f.l. Cap. Mor Tome Pinto Fernandes e D. Josefa Ferreira Roriz, n/b nesta freguesia de Santo Antonio do Ribeirão de Santa Barbara. ambos deste bispado. Test.: Cap. Mor Manoel Jose Penna e o Sarg. Mor João Batista de Figueiredo.

Pais de, q.d.:

1-1-1 Antonia, batizada em Santa Barbara em 03-06-1797. Antonia Tomasia de Figueiredo Neves, na Capela de S. Quitéria, filial de S. Bárbara, aos 02-02-1819, casou com Coronel José Feliciano Pinto Coelho da Cunha, filho do Brigadeiro Antonio Caetano Pinto Coelho da Cunha e Ana Casemira Furtado Leite de Mendonça. Geração na familia “Pinto Coelho da Cunha”

B7: Santa Babara Igreja de Santo Antonio aos 03-06-1797 na capela de Santa Quiteria, filial desta matriz de Santo Antonio do Ribeirãode Santa Barbara bat a Antonia, f.l.do Cel. Antonio Thomas de Figueiredo Neves e D. Coleta Antonia Ferreira Pinto; foram padrinhos Francisco Jose de Figueiredo Neves por pp q apresentou Ignacio Moreira de Figueiredo Neves, e D. Maria Angelica Pinto Fernande.

 

Santa Bárbara, MG – Aos 02/02/1819, na Capela de Santa Quitéria, filial desta Matriz de Santo Antonio do Ribeirão de Santa Barbara, o Rev.mo Doutor José da Costa Moreira, Vigário da Vara da Comarca de Sabará assistiu ao sacramento do Matrimonio que entre si contraíram o Sargento Mor José Feliciano Pinto Coelho da Cunha, f.l. do Coronel Antonio Caetano Pinto Coelho, e de D. Ana Casimira, natural da freguesia de São João Batista; e D. Antonia Tomasia de Figueiredo Neves, f.l. do Coronel Antonio Tomás de Figueiredo Neves, e de D. Coleta Antonia Ferreira Pinto, natural e moradora nesta freguesia. Foram testemunhas o Barão de São João Marcos Pedro Dias Paes Leme, e o Desembargador, e Ouvidor desta Comarca do Sabará José Teixeira d’Affonseca Vasconcellos.

1-1-2 Antonio batizado em 11-06-1798.

Santa Babara Igreja de Santo Antonio aos 11-06-1798 em casas de morada do Ten. Cel. Antonio Thomas de Figueiredo Neves de licença bat a Antonio, f.l.do mesmo Ten. Cel. e de sua mulher D. Coleta Ferreira Pinto Neves, neto paterno do Cap. Antonio Ferreira Neves, n. de Guimarães Arc. Braga e D. Maria Josefa de Jesus, n. da freg. de Santo Antonio da Casa Branca deste bispado, neto materno do Cel. Thome Pinto Fernandes, n. da freg. de Santa Maria de Campanhã Bispado do Porto e de D. Josefa Ferreira Roris n. desta freguesia. Foram padrinhos Jose Joaquim de Figueiredo Neves por pp q apresentou o Cap. Antonio Gomes de Abreu Freitas, e D. Josefa Thomasia Cupertino de Abreu. Nasceu no primeiro do dito mes.

1-1-3 José em 14-09-1802.

Santa Barbara, MG Igreja Santo Antonio aos 14-09-1802 nesta paroquial de Santo Antonio do Ribeirão de Santa Barbara bat a Jose, n. 26 de agosto do dito ano, f.l. do Ten. Cel. Antonio Thomas de Figueiredo Neves e D. Coleta Ferreira Pinto Neves, n. paterno do Cap. Antonio Ferreira Neves n. da vila de Guimarães e de D. Maria Josefa de Jesus n. da freg. de Santo Antonio da Casa Branca deste bispado de Mariana, n. materno do Cel. Thome Pinto Fernandes, n. da freg. da Campanhã Bispado do Porto e D. Josefa Ferreira Roriz n. desta dita freguesia; foram padrinhos Antonio Pinto Fernandes por PP q apr. o Cap. Thomas de Aquino Neves, e D. Manuela Justina de Pruença.

1-1-4 Maria em 30-04-1810.

Santa Barbara Igreja de Santo Antonio aos 30-04-1810 na capela de Santa Quiteria, filial desta matriz de Santo Antonio do Ribeirãode Santa Barbara bat a Maria, nasceu aos desasseis dias do dito mes, f.l.do Cel. Antonio Thomas de Figueiredo Neves e D. Coleta Antonia Ferreira Pinto Neves, neta paterna do Cap. Antonio Ferreira Neves e D. Maria Josefa de Jesus, neta materna do Cel. Thome Pinto Fernandes e D. Josefa Ferreira Roris; foram padrinhos o Ce. João Baptista de Figueiredo Leitão, e D. Clara Augusta de França.

 

1-1-5 Gabriela Augusta Pinto de Figueiredo casou, em Santa Bárbara aos 05-07-1855, com o viúvo Antônio Teodoro de Magalhães

Santa Bárbara, MG. Aos 5 de Julho de 1855, Matriz, Antonio Theodoro de Magalhães, viúvo, e D. Gabriela Augusta Pinto de Figueiredo, f.l. do Tenente Coronel Antonio Thomas de Figueiredo Neves. E logo lhes dei as bênçãos. Foram testemunhas o Doutor José Thomas de Figueiredo Neves, e o Ajudante Domingos José Teixeira Penna.

 

1-2 Alferes Manoel Ferreira Neves batizado em 12-07-1755. Em S. João del Rei aos 07-01-1789 casou com Francisca Romana de São Joaquim, filha do Sargento Braz Alves Antunes e Luciana Clara de Santa Roza. Geração na família “Alves Antunes de S. João del Rei”.

Glaura, MG. Aos 12 de Julho de 1755, Manoel, f.l. de Antonio Ferreira Neves e sua mulher Maria de Jesus. Foram padrinhos o Capitão Manoel Ribeiro dos Santos, de Vila Rica, e D. Isabel Maria de Santa Anna de Alvarenga, de que fiz este assento. O Vig.ro Manoel Pires Vergueiro.

 

1-3 Capitão Tomás de Aquino Figueiredo Neves, batizado em 16-03-1757 em Santo Antonio da Casa Branca Termo de Ouro Preto e falecido aos 31-08-1832 com testamento de 10-02-1830.

Glaura, MG. Aos 16-03-1757, batizei e pus os Santos Óleos a Thomas, f.l. de Antonio Ferr.a Neves e de D. Maria Josepha de Jesus, neto paterno de Francisco das Neves e de Maria Ferreira, naturais da freg.a de S. Eulalia de Fermentões, termo da Vila de Guimarães, Arcebispado de Braga, neto materno do Capitão Luis de Fig.do Leitão e de D. Antonia Maria Caetana, esta nat. da freg.a de S. Catarina do Monte Sinai da Cid.e de Lx.a, o qual é nat. da freg.a de N.S. da Conceição de Monchique, termo da Cid.e de Silves, Reino do Algarve. Foram padrinhos o Capitão Domingos da Silva Neves, e Ana Maria do Sacramento. De que fiz este assento.

Em Catas Altas-MG aos 31-07-1787, dispensados do impedimento de 2º grau de consanguinidade, casou com Manoela Justina Rosa de Proença, aí batizada, filha do Sargento Mor João Batista de Figueiredo Leitão e de Manuela Maria Valentina de Proença.

Catas Altas, MG. Na Ermida de S. João Batista do Engenho da Onça, filial de Catas Altas, aos 31 de Julho de 1787, dispensados no impedimento de segundo grau de consangüinidade, o Capitão Tomás de Aquino de Figueiredo Neves, f.l. do Capitão Antônio Ferreira Neves, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural e batizado na freguesia de Santo Antônio da Casa Branca; e D. Manuela Justina Rosa de Proença, f.l. do Sargento Mor João Batista de Figueiredo Leitão, e de D. Manuela Maria Valentina de Proença, natural e batizada na freguesia das Catas Altas.

Foram moradores em Matosinhos da Vila de São João del Rei . Sem geração, deixou em testamento legados para vários sobrinhos e primos (testamento e inventário neste site).

 

1-4 Maria, batizada em 25-10-1758. Maria Joaquina foi madrinha de sua irmã Josefa.

Glaura, MG - Igreja Santo Antônio, Maria = Aos 25 de Outubro de 1758, batizei e pus os Santos óleos a Maria, f.l. de Antonio Ferreira Neves, e de sua mulher D. Maria Josefa de Jesus, neta paterna de Francisco das Neves e Maria Ferreira, naturais da freguesia de S. Eulália de Fermentões, termo da Vila de Guimarães, do Arcebispado de Braga; e neta materna do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, natural da freguesia de N.S. da Conceição do Monxique, do Bispado do Algarve, e de D. Antonia Maria Caetana, natural da freguesia de S. Catarina do Monte Sinai, Patriarcado de Lisboa. Foram padrinhos Manoel .....e D. Escolástica de Almeida Coutinho. De que fz este assento.

1-5 Ana, batizada em casa por necessidade, recebeu os santos óleos em 11-03-1762.

Glaura, MG - Igreja Santo Antônio, Ana = Aos 11 de Março de 1762, batizei e pus os Santos Oleos a Ana, inocente, com os Santos Oleos só na Igreja, por ter sido batizada em casa em [ilegível] de necessidade, a Ana, f.l. de Antonio Ferreira Neves, e de sua mulher Dona Maria. Foram padrinhos [ilegível] era ut supra. O Vig.ro Manoel Pires Vergueiro.

1-6 José batizado em 19-10-1763. Sargento Mor José Joaquim de Figueiredo morador em Rio Pardo do Sul (RS) com geração.

Glaura, MG - Igreja Santo Antônio - José = Aos 19 de Outubro de 1763, batizou solenemente e pos os Santos óleos o Padre Antonio Batista Fogaça a José, f.l de Antonio Ferreira Neves, e de sua mulher D. Maria de Jesus. Foi padrinho o Rev.do Vigr.o das Catas Altas Manoel Moreira, e com sua procuração por ele tocou José Gomes Pr.a desta freguesia. De que fiz este assento.

1-7 Teresa batizada em 29-10-1766. Teresa Iria Pulqueria em S. João del Rei aos 25-06-1789 casou com Manoel José Teixeira Murta, natural da freguesia de São João do Souto da cidade de Braga-PT, filho de Carlos Teixeira de Carvalho e Maria Luiza Murta

Glaura, MG - Igreja Santo Antônio - Teresa = Aos 29 de Outubro de 1766, batizei solenemente e pus os Santos Óleos a Teresa, f.l. do Tenente Antonio Ferreira Neves, e de D. Maria Josefa de Jesus, neta paterna de Francisco das Neves, nat. e bat. na freg. de S. Eulalia de Fermentões, Arcebispado de Braga, e Maria Ferreira nat. e bat. na freg. de São João da Ponte do mesmo termo e Arcebispado de Braga; neta materna do Capitão Luís de Figueiredo Leitão nat. e bat. na freg. de N.S. da Conceição do lugar de Monxique, ...ermo da Cidade de .........Algarve, e de D. Antonia ......nat. e bat. na freg. de Santa Catarina do Monte Sinai ....Cidade de Lisboa. Foram padrinhos o Rev.do Doutor José Baptista da Silva ....gario da Vara de Vila Rica, e Maria Teresa de Barros, moradora nesta freguesia, de que fiz este assento.

 

Matriz de Nossa Senhora do Pilar SJDR e capelas filiadas, aos 25-06-1789 na Capela ---, filial desta freg. de N. Sra. do Pilar de S. João del Rei, Tenente Manoel Jose Teixeira Murta, f.l. Carlos Teixeira de Carvalho e Maria Luiza Murta, n/b na freguesia de S. João do Souto da cidade e Arc. de Braga e morador na freg. da Caxoeira do Campo; = cc. D. Thereza Iria Pulqueria, f.l. do Capitão Antonio Ferreira Neves e D. Maria Josefa de Jesus, n/b na freg. de Santo Antonio da Casa Branca comarca de Vila Rica e moradora nesta vila.

 

1-8 Inácio batizado em 18-07-1768. Legatário do irmão Tomás: “Deixo para o mano Inácio um espadim dourado, um chapéu armado, e um vestido dos melhores que me ficaram, dez mil réis que lhe emprestei.”

Glaura, MG. Aos 18 de Julho de 1768, Ignacio, f.l. do Capitão Antonio Ferreira Neves, e de sua mulher D. Maria Josefa de Jesus, neto pela parte paterna de Francisco das Neves, nat. e bat. na freguesia de Santa Eulália de Fermentões, Arcebispado de Braga, e Maria Ferreira da freguesia de São João da Ponte do mesmo termo e Arcebispado de Braga; e pela materna do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, nat. e bat. na freguesia de N.S. da Conceição do lugar de Monxique, termo da Cidade de Silves, Reino do Algarve, e de D. Antonia Maria Caetana, nat. e bat. na freguesia de Santa Catarina do Monte Sinai, da Cidade de Lisboa. Foram padrinhos Manoel José Pena, solteiro, morador na freguesia de Antônio Dias de Vila Rica, e Ana Antônia da Silva, mulher do Alferes José de Figueiredo, moradores na freguesia do Tamanduá, Comarca do Rio das Mortes. De que fiz este assento que assinei.

1-9 Francisco batizado em 23-10-1769.

Glaura, MG - Igreja Santo Antônio - Francisco = Aos 23 de Outubro de 1769, nesta Igreja Matriz de Santo Antonio da Casa Branca batizou e pos os Santos Oleos o Padre Antonio Dias Cordeiro a Francisco, f.l. do Capitão Antonio Ferreira Neves, e de sua mulher D. Maria Josefa de Jesus, neto pela parte paterna de Francisco das Neves, nat. e bat. na freguesia de Santa Eulália de Fermentões, Arcebispado de Braga, e Maria Ferreira da freguesia de São João da Ponte do mesmo termo e Arcebispado de Braga; e pela parte  materna do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, nat. e bat. na freguesia de N.S. da Conceição do lugar de Monxique, termo da Cidade de Silves, Reino do Algarve, e de D. Antonia Maria Caetana, nat. e bat. na freguesia de Santa Catarina do Monte Sinai, do Arcebispado de Lisboa. Foram padrinhos o Sargento Mor Francisco Antonio Rabelo morador em Antonio Dias do Ouro Preto, de que fiz este assento que assinei.

          Capitão Francisco de Paula de Figueiredo Neves, em Rio Pardo-RS aos 08-02-1806, casou com Florinda Paula de Macedo, filha do Alf. Manoel Pereira de Macedo e de Maria dos Santos Ferreira

Rio Pardo, RS - N. Sra do Rosario aos 08-02-1806 nesta freguesia em casas de morada de D. Mariia dos Santos Ferreira se receberam o Capitão Francisco de Paula de Figueiredo Neves, filho do Cap. Antonio Ferreira Neves e de s/m D. Maria Josefa de Jesus, n/b na freguesia de Santo Antonio da Casa Branca do Bispado de Mariana = Com D. Florinda Paula de Macedo, f. do Alf. Manoel Pereira de Macedo e de s/m a sobredita D. Maria dos Santos Ferreira, natural desta freguesia. Testemunhas q aa: Francisco de Oliveira Porto e Jose Joaquim de Figueiredo Neves (pesq. Silvia Buttros)

 

1-10 Alferes Luiz Raimundo Neves casou com Maria Angélica da Cruz, filha do Tenente Antônio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa Arc. de Braga, e de Josefa Antonia da Cruz, natural da freguesia de N.S. de Nazareth da Cachoeira do Campo (naturalidades no batismo dos netos).

Suas filhas: Maria, já casada, Josefa, Ana, Rita, Francisca, e Theresa, todas legatárias e universais herdeiras do tio Tomás

1-10-1 Manoel, batizado em Casa Branca, aos 24-11-1793. Manoel de Figueiredo Neves casou com Antônia Joaquina de Jesus, filha do Tenente Nicolau Alves Portela, já falecido em julho de 1818, e de Maria Josefa Rodrigues de Oliveira.

Glaura, MG. Aos 24 de Novembro de 1793, Manoel, f.l. de Luiz Raimundo Neves, e de Maria Angélica da Cruz, n.p. do Capitão Antonio Ferreira Neves, já falecido, natural da freg.a de S. Eulalia de Fermentões, Arcebispado de Braga, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia de S. Antonio da Casa Branca, neta materna do Tenente Antonio Pacheco, natural de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e de D. Josefa Antonia da Cruz, batizada na freg.a de N.S. de Nazaré da Cachoeira do Campo. Foram padrinhos o Tenente Manoel Teixeira Murta, e D. Maria Josefa da Cruz. Para constar, faço este assento que assino.

          Antonia e suas filhas Maria do Carmo e Ana Dorotea receberam legados de Tomás de Aquino Figueiredo Neves:”Deixo a Dona Antonia Joaquina, mulher do sobrinho Manoel de Figueiredo e a duas filhas Maria do Carmo e Ana Dorothea a cada uma cem mil réis”.

1-10-1-1 Antônio batizado em Casa Branca, aos 26-07-1818.

Glaura, MG. Aos 26 de Julho de 1818, nesta Igreja Matriz de Santo Antônio da Casa Branca, batizei e pus os Santos Óleos a Antonio, f.l. de Manoel de Figueiredo Neves, e D. Antonia Joaquina de Jesus, neto paterno do Alferes Luiz Raimundo Neves e D. Maria Angelica de Jesus, naturais desta mesma freguesia, e neto materno do Tenente Nicolau Alves Portela, já falecido, natural desta mesma freguesia, e de D. Maria Josefa Rodrigues de Oliveira, natural da freguesia de São Bartolomeu. Foram padrinhos seus avós o Alferes Luiz Raimundo Neves e D. Maria Josefa Rodrigues de Oliveira.

1-10-1-2 Antônio (outro) batizado em 19-06-1821.

Glaura, MG. Aos 19 de Junho de 1821, Antonio, f.l. de Manoel de Figueiredo Neves, e D. Antonia Joaquina de Jesus, neto paterno do alferes Luiz Raimundo Neves, e D. Maria angélica de Jesus, naturais desta mesma freguesia, e neto materno do tenente Nicolau Alves Portela, nat. E bat. Nesta freguesia, e D. Maria Josefa Rodrigues de Oliveira, nat. da freguesia de São Bartolomeu. Foram padrinhos Nicolau Alves Portela e sua irmã, Escolástica Maria de Jesus. Para constar faço este assento que assino.

1-10-1-3 Francisco batizado em 14-04-1823.

Glaura-MG. Aos 14/04/1823, bat. Francisco, f.l. do Sargento Mor Manoel de Figueiredo Neves, e de sua mulher Antonia Joaquina de Jesus. Foram padrinhos Thomas Rodrigues de Oliveira, e D. Rita ...

1-10-1-4 Maria do Carmo, legatária do tio Tomás.

1-10-1-5 Ana Dorotea, idem.

1-10-1-6 Rita, batizada aos 10-10-1832.

Glaura-MG. Aos 10 de Outubro de 1832, Rita, f.l. de Manoel de Figueiredo Neves, e de sua mulher D. Antonia Joaquina de Jesus. Foram padrinhos o Alferes Luiz José de Figueiredo Murta, e D. Teresa Iria Fidelis, por sua bastante procuradora D. Josefa, sua sobrinha. Para constar, faço este assento que assino.

1-10-1-7 Lucinda, batizada em 19-05-1834.

Glaura-MG. Aos 19 de Maio de 1834, Lucinda, f.l. de Manoel de Figueiredo Neves, e de sua mulher D. Antonia Joaquina de Jesus. Foram padrinhos o tenente Carlos Moreira Murta, e D. Francisca Romana do Pilar, por sua bastante procuradora D. Maria de Jesus Roiz de Oliveira. Para constar faço este assento que assino.

1-10-1-8 João batizado aos 28-12-1836.

Glaura-MG. Aos 28 de Dezembro de 1836, João, f.l. de Manoel de Figueiredo Neves, e de D. Antonia Joaquina de Jesus. Nascido no 1º de novembro do dito ano. Foram padrinhos o Capitão João Fernandes ....e Maria .....Neves Murta, estes moradores na Cachoeira do Campo, de que para constar faço este assento que assino.

1-10-1-9 Manoel batizado aos 05-03-1820.

Glaura-MG. Aos 5 de Março de 1820, Manoel, f.l. de Manoel de Figueiredo Neves, e D. Antonia Joaquina de Jesus, neto paterno do Alferes Luiz Raimundo Neves, e D. Maria angélica de Jesus, naturais desta mesma freguesia, e neto materno do tenente Nicolau Alves Portela, já falecido, natural desta freguesia, e de D. Maria Josefa Rodrigues de Oliveira, nat. da freguesia de São Bartolomeu. Foram padrinhos o Capitão José Gomes de Carvalho, e D. Maria Angélica, mulher do Alferes Luiz Raimundo Alves. Para constar faço este assento que assino.

1-10-2 Maria batizada em 03-05-1795. Maria Josefa foi madrinha de seu irmão João em 1814. Maria de Figueiredo já era casada em 1830 (testamento do tio Tomás).

Glaura, MG. Aos 3 de Maio de 1795, Maria, f.l. de Luiz Raimundo Neves, e de Maria Angelica da Cruz, neta paterna do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freg.a de S. Eulalia de Fermentões, Arcebispado de Braga, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia de S. Antonio da Casa Branca, já falecidos, neta materna do Tenente Antonio Pacheco, natural de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e de D. Josefa Antonia da Cruz, nat. e bat. na freg.a de N.S. de Nazaré da Cachoeira do Campo. Foram padrinhos o Capitão João da Silva de Oliveira, e D. Josefa Antonia da Cruz. Para constar faço este assento que assino.

1-10-3 Antonio de Figueiredo Neves batizado em Casa Branca aos 15-04-1798. Afilhado e legatário do tio Tomás

Glaura, MG. Aos 15 de Abril de 1798, Antonio, f.l. de Luiz Raimundo Neves, e de Maria Angélica, moradores nesta freguesia de S. Antonio da Casa Branca, n.p. do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freg.a de S. Eulalia de Fermentões, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia, neta materna do Tenente Antonio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e de D. Josefa Antonia da Cruz, batizada na freg.a de N.S. de Nazaré da Cachoeira do Campo, deste Bispado. Foram padrinhos o Capitão Tomás de Aquino Neves, e sua mulher D. Manoela Justina de Proença, da freguesia de São Bartolomeu. E para constar fiz este assento que assino.

1-10-4 Luiz Raimundo Neves batizado em 21-09-1800 em Casa Branca onde, aos 04-11-1826, casou com Maria Teresa Rodrigues de Oliveira

Glaura, MG. Aos 21 de Setembro de 1800, Luiz, f.l. do Alferes Luiz Raimundo Neves, e de sua mulher Maria Angélica da Cruz, neto paterno do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freguesia de S. Eulália de Fermentões, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia de Santo Antonio da Casa Branca; neto paterno do Tenente Antonio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e D. Josefa Antonia da Cruz, batizada na freguesia de N.S. de Nazareth da Cachoeira do Campo deste Bispado. Foram padrinhos João Pacheco da Cruz, e Ana Maria do Carmo, todos moradores nesta freguesia. Para constar fiz este assento que assino.

 

Glaura, MG. Aos 4 de Novembro de 1826, nesta Matriz de Santo Antonio da Casa Branca, recebeu em Matrimonio, de licença minha o Vigário de São Bartolomeu Francisco Alvares de Brito a Luiz Raimundo Neves, e D. Maria Teresa Rodrigues de Oliveira, ambos desta freguesia. Testemunhas o Alferes Antonio Alvares Passos, e Manoel de Figueiredo Neves.

1-10-5 Josefa Antonia de Figueiredo, batizada em 29-08-1802.

Glaura, MG. Aos 15 de Abril de 1798, Antonio, f.l. de Luiz Raimundo Neves, e de Maria Angélica, moradores nesta freguesia de S. Antonio da Casa Branca, n.p. do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freg.a de S. Eulalia de Fermentões, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia, neta materna do Tenente Antonio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e de D. Josefa Antonia da Cruz, batizada na freg.a de N.S. de Nazaré da Cachoeira do Campo, deste Bispado. Foram padrinhos o Capitão Tomás de Aquino Neves, e sua mulher D. Manoela Justina de Proença, da freguesia de São Bartolomeu. E para constar fiz este assento que assino.

1-10-6 Francisca Antonia (ou Carolina) de Figueiredo, batizada em 22-08-1804. Em 1832 era moradora no distrito de Santa Quitéria da Boa Vista.

Glaura, MG. Aos 22 de Agosto de 1804, Francisca, f.l. de Luiz Raimundo Neves, e de sua mulher Maria Angelica da Cruz. Foram padrinhos o Capitão Francisco José de Figueiredo Neves, e D. Teresa Iria, mulher do Capitão Manoel José Teixeira Murta, da freguesia da Cachoeira. Para Consta, fiz este assento que assino.

1-10-7 Rita de Cassia Emilia de Figueiredo, batizada em 30-03-1807. Casou com Anacleto Antonio de Oliveira Carmo Jr.

Glaura, MG. Aos 30 de Março de 1807, Rita, f.l. de Luiz Raimundo Neves, e de Maria Angélica da Cruz, n.p. do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freg.a de S. Eulalia de Fermentões, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia de S. Antonio da Casa Branca, neta materna do Tenente Antonio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e de D. Josefa Antonia da Cruz, batizada na freg.a de N.S. de Nazaré da Cachoeira do Campo. Foram padrinhos José Rodrigues Duarte, e sua mulher D Maria Josefa Rodrigues de Oliveira. Para constar faço este assento que assino.

1-10-8 Ana Rosa de Figueiredo batizada em 25-06-1809.

Glaura, MG. Aos 25 de Junho de 1809, Ana, f.l. de Luiz Raimundo Neves, e de sua mulher Maria Angélica da Cruz, n.p. do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freg.a de S. Eulalia de Fermentões, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia, neta materna do Tenente Antonio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e de D. Josefa Antonia da Cruz, batizada na freg.a de N.S. de Nazaré da Cachoeira do Campo. Foram padrinhos Francisco Antonio Xavier, e D. Ana Antonia de Jesus. Para constar fiz este assento que assino

1-10-9 Theresa Emiliana de Figueiredo, em 1832 era moradora no Distrito de São Miguel, Termo da Vila de Itabira.

 

1-10-10 João, batizado em 01-05-1814. Foram seus padrinhos seus irmãos Manoel de Figueiredo e Maria Josefa.

Glaura, MG. No primeiro de Maio de 1814, João, f.l. do Alferes Luiz Raimundo Neves, e de D. Maria Angélica da Cruz, neto paterno do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freguesia de S. Eulália de Fermentões, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia de Santo Antonio da Casa Branca; neto paterno do Tenente Antonio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e D. Josefa Antonia da Cruz, batizada na freguesia de N.S. de Nazareth, deste Bispado. Foram padrinhos Manoel de Figueiredo e Maria Josefa, filhos do mesmo Alferes Luiz Raimundo. Para constar faço este assento que assino.

1-10-11 José, batizado aos 09-02-1817.

Glaura, MG. Aos 9 de Fevereiro de 1817, José, f.l. do Alferes Luiz Raimundo Neves, e de D. Maria Angélica da Cruz, neto paterno do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freguesia de S. Eulália de Fermentões, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia; neto paterno do Tenente Antonio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e de D. Josefa Antonia da Cruz, batizada na freguesia de N.S. de Nazareth da Cachoeira do Campo, deste Bispado. Foram padrinhos Nicolau Alves Portela e sua irmã D. Antonia Joaquina de Jesus. Para constar fiz este assento que assino.

1-10-12 Francisco batizado em 01-12-1818.

Glaura, MG. No 1º de Dezembro de 1818, Francisco, f.l. do Alferes Luiz Raimundo Neves, e de D. Maria Angélica da Cruz, neto paterno do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freguesia de S. Eulália de Fermentões, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia; neto paterno do Tenente Antonio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e de D. Josefa Antonia da Cruz, batizada na freguesia de N.S. de Nazareth da Cachoeira do Campo. Foram padrinhos Manoel de Figueiredo Neves, e D. Ana Rosa de Jesus, filha de D. Maria Josefa Rodrigues de Oliveira. Para constar faço este assento que assino.

1-10-13 Inácio, batizado em Casa Branca, aos 30-09-1821.

Glaura,MG- Bat. Aos 30 de Setembro de 1821, na Igreja Matriz de Santo Antônio da Casa Branca, batizei e pus os Santos Óleos a Ignacio, f.l. do Alferes Luiz Raimundo Neves, e D. Maria Angélica da Cruz, neto paterno do Capitão Antonio Ferreira Neves, natural da freguesia de S. Eulália de Fermentões, e de D. Maria Josefa de Jesus, natural desta freguesia; neto paterno do Tenente Antonio Pacheco, natural da freguesia de Santiago de Carvalhosa, Arcebispado de Braga, e de D. Josefa Antonia da Cruz, nat. e bat. na freguesia de N.S. de Nazareth da Cachoeira do Campo. Foram padrinhos o Sargento Mor Manoel Fernandes da Silva, morador em Vila Rica, por seu procurador Manoel de Figueiredo Neves, e D. Escolástica Maria de Jesus, filha de D. Maria Josefa Rodrigues de Oliveira. Para constar faço este assento era ut supra.

1-11 Antônia, em 13-01-1772.

Glaura, MG. Antônia = Aos 13 de Janeiro de 1772, Antônia, f.l. do Capitão Antonio Ferreira Neves, e de sua mulher D. Maria Josefa de Jesus, neta paterna de Francisco das Neves, da freguesia de S. Eulália de Fermentões, e de Maria Ferreira, da freguesia de S. João da Ponte, ambos do mesmo Arcebispado de Braga, e neta materna do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, da freguesia de N.S. da Conceição do lugar de Monxique, termo da Cidade de Silves, Reino do Algarve, e de D. Antonia Maria Caetana, da freguesia de S. Catarina do Monte Sinai, do Arcebispado de Lisboa. Foram padrinhos João Pinto de Souza, solteiro, e morador no Ouro Preto, e Joana Maria de Barros, moradora nesta freguesia. De que fiz este assento.

1-12 Josefa, batizada em 03-10-1775.

Glaura, MG. Josefa = Aos 3 de Outubro de 1775, batizei solenemente na Capela de Jesus Maria José a Josefa, f.l. do Capitão Antonio Ferreira Neves, e de sua mulher D. Maria Josefa de Jesus, neta pela parte paterna de Francisco das Neves, nat. e bat. na freguesia de Santa Eulália de Fermentões, Arcebispado de Braga, e Maria Ferreira  nat. e bat. na freguesia de São João da Ponte do mesmo termo e Arcebispado de Braga; e pela  materna do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, nat. e bat. na freguesia de N.S. da Conceição do lugar de Monxique, termo da Cidade de Silves, Reino do Algarve, e de D. Antonia Maria Caetana, nat. e bat. na freguesia de Santa Catarina do Monte Sinai da Cidade de Lisboa. Foram padrinhos o Capitão José Preto Madureira, o qual mandou procuração ao Capitão João Preto para que por ele tocasse a criança, e D. Maria Joaquina filha do sobredito Capitão Antônio Ferreira, assistente nesta freguesia, e aqueles na do Ouro Preto. De que fiz este assento.

 

 

§ 4º

João Batista de Figueiredo Leitão, Capitão

 

Capitão João Batista de Figueiredo foi batizado em Casa Branca em 30-03-1743. Casou com Manoela Maria Valentina de Proença, filha do Capitão Cipriano Lopes da Fonseca Galvão, e de Maria de Viveiros Colaça, naturais de Olinda, Pernambuco

Casa Branca, MG. Aos 30 de Março de 1743, João,  f.l. do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Antônia Maria Caetana, moradores no Rio das Velhas desta freguesia, e nasceu em os dez dias do mesmo mês de março. Foram padrinhos o Tenente Coronel Manoel de Souza Pereira, morador no Bom Sucesso, freguesia de Antônio Dias, e Joana Monteiro de Paiva, mulher do Alferes João Alvares Portela, desta freguesia. De que faço este assento no mesmo dia mês era ut supra para constar. O Vig.ro João Martins Barrozo.

Tiveram os filhos, batizados em Catas Altas-MG, q.d.:

4-1 Manoel, batizado em 03-11-1762 e exorcizado em 23-01-1764.

Catas Altas, MG. Aos 03 de Novembro de 1762, Matriz, Manoel, f.l. do Capitão João Batista de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Manuela Maria Valentina de Proença. Foram padrinhos o Rev.do José Joaquim, meu coadjutor, e D. Ana Maria Valentina de Jesus, de que para constar fiz este assento dia, e era ut supra. O Vig.ro encomendado Manoel Moreira.

 

Catas Altas, MG. Aos 23 de Janeiro de 1764, Matriz, Manoel, f.l. do Capitão João Batista de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Manuela Maria Valentina de Proença, o qual inocente tinha sido por mim mesmo batizado em caso de necessidade e perigo de vida. Assistiram aos exorcismos Tomé Monteiro de Oliveira, e Francisco Xavier de Figueiredo, menoristas. De que fiz este assento, dia e era ut supra. À margem, Manoel inocente, neto pela parte paterna do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, e de D. Antonia Maria Caetana, e pela materna do Capitão Cipriano Lopes da Fonseca Galvão, e de D. Maria de Viveiros Colaça, naturais de Olinda, Pernambuco.

4-2 Manoela Justina Rosa de Proença, batizada em 30-05-1765. Em 31-07-1787 casou com seu primo Thomas de Aquino Figueiredo Neves 1-3 supra.

Catas Altas, MG. Aos 30 de Maio de 1765, O Rev.do Dr. João Nogueira da Cruz de licença minha batizou solenemente, e pôs os Santos Óleos a Manuela, f.l. do Capitão João Batista de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Manuela Maria Valentina de Proença; e nasceu aos dezessete do mesmo mês. Foram padrinhos o M.mo Ex.mo Sr. Capitão General destas Minas Luís Diogo Lobo da Silva, fazendo eu as suas vezes por procuração sua, e D. Ana Maria Valentina de Jesus, mulher de Tomé Monteiro de Oliveira, morador nesta freguesia. De que para constar fiz este assento dia, e era ut supra. O Vig.ro Manoe Moreira. À margem, Manuela inocente, neta pela parte paterna do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, e de D. Antonia Maria Caetana,  e pela materna do Capitão Cipriano Lopes da Fonseca Galvão, e de D. Maria de Viveiros Colassa.

4-3 Maria Teodora Viveiros de Proença, batizada em 13-05-1772. Aos 09-05-1796 casou com o Alf. Domingos Pinto Ferreira.

Catas Altas, MG. Aos 13 de Maio de 1772, Matriz, o Rev.do Vig.ro da freguesia de N.S. da Conceição do Mato Dentro do Serro Frio Manoel José Vieira Godinho batizou e pôs os Santos Óleos a Maria, f.l. do Capitão João Batista de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Manuela Maria Valentina de Proença. Foram padrinhos o Sargento Mor João da Silva Tavares, e D. Francisca Xavier, mulher do Capitão José de Freitas Caldas. De que fiz este assento dia, e era ut supra. O Vig.ro Manoel Moreira de Figueiredo.

 

Catas Altas, MG. Na Ermida de S. João Batista, filial de Catas Altas, aos 09 de Maio de 1796, o Alferes Domingos Pinto Ferreira, f.l. de Manoel de Passos Ferreira, e de D. Clara Francisca de França; e D. Maria Teodora de Viveiros Proença, f.l. do Sargento Mor João Batista de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Manuela Maria Valentina de Proença, moradores nesta freguesia.

          Alferes Domingos, batizado em Catas Altas em 15-12-1772, era filho de Manoel de Passos Ferreira, e de sua segunda mulher Clara Francisca de França - família “João Godinho Rosado”, neste site. Era irmão inteiro de Clara Augusta de França no § 6º.

Catas Altas, MG. Aos 15 de Dezembro de 1772, Matriz, Domingos, f.l. de Manoel de Passos Ferreira, e de sua mulher, D. Clara Francisca de França. Foram padrinhos o R.do Vigário da Vila de Caeté, Domingos Pinto Ferreira, e D. Manuela Maria Valentina de Proença, mulher do Capitão Joao Batista de Figueiredo Leitão. De que fiz este assento, dia e era ut supra.

 

 

§ 5º

Ana Maria Valentina de Jesus

 

 

Ana Maria Valentina de Jesus, batizada em 08-09-1745 em Casa Branca.

Casa Branca, MG Aos 8 de Setembro de 1745, Ana, f.l. do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Antônia Maria Caetana. Foram padrinhos o Dr. Agostinho Marques (?) com procuração do Vigário da Vara, e D. Maria (?).

Em Catas altas aos 02-08-1766 casou com Tomé Monteiro de Oliveira, ai batizado em 10-03-1721, filho de Romão de Oliveira Gago, natural de Parati e Maria Leme de Brito, neto paterno de Domingos de Paiva Ledo, natural de Guaratinguetá, e de Isabel Nogueira de Freitas, da Ilha Grande, neto materno de Manoel Monteiro Chassim e Catarina de Godoy Moreira (SL. 6, 529, 1-2)

Catas Altas, MG. Na Matriz de N.S. da Conceição de Catas Altas, aos 02 de Agosto de 1766, Tomé Monteiro de Oliveira, f.l. de Romão de Oliveira Gago, e de sua mulher Maria Leme de Brito, nascido e batizado nesta freguesia; e D. Ana Maria Valentina de Jesus, f.l. do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Antônia Maria Caetana, já defunta, nascida e batizada na freguesia de Santo Antônio da Casa Branca, e de presente, assistente nesta freguesia de N.S. da Conceição das Catas Altas.

 

Catas Altas, MG. Aos 10 de Março de 1721, Thomé, f.l. de Romão de Oliveira Gago, e de Maria Leme de Brito. Foram padrinhos: Tomé Fernandes do Vale, e Catarina de Godoy Moreira, mulher do Capitão Manoel Monteiro Chassim. Todos desta freguesia, de que fiz este assento. Ant° P.ra Coimbra.

Entre os filhos de Tomé e Ana, batizados em Catas Altas:

5-1 Tomé em 22-04-1767.

Catas Altas, MG. Aos 22 de Abril de 1767, na Capela da Senhora Santa Ana, filial de Catas Altas, Tomé, f.l. do Alferes Tomé de Oliveira Gago, e de sua mulher D. Ana Maria Valentina de Jesus. Foram padrinhos o Rev.do Vig.ro desta freguesia Manoel Moreira, e D. Manuela Maria Valentina de Proença, mulher do Capitão João Batista de Figueiredo Leitão. Nasceu aos 14 do mesmo mês acima, e de tudo para constar fiz este assento.

 

 

§ 6º

Francisco Xavier de Figueiredo

 

 

Alf. Francisco Xavier de Figueiredo, natural de casa Branca. Em 08-10-1779 em Catas Altas casou com Clara Augusta de França, filha de Manoel de Passos Ferreira e de sua segunda mulher Clara Francisca de França.

Catas Altas, MG. Ermida de N.S. da Conceição no Morro da Água Quente, filial de Catas Altas, aos 08 de Outubro de 1779, o Alferes Francisco Xavier de Figueiredo, f.l. do Capitão Luís de Figueiredo Leitão, e de sua mulher D. Antônia Maria Caetana, natural e batizado na freguesia de Santo Antônio da Casa Branca, deste Bispado; e D. Clara Augusta de França, f.l. de Manoel de Passos Ferreira, e de sua mulher D. Clara Francisca de França, natural e batizada na freguesia das Catas Altas.

Clara, batizada em 14-11-1761 em Catas Altas, era irmã inteira do Alf. Domingos Pinto Ferreira em 4-3, netos paternos de André Pinto Ferreira, natural da freguesia de Vila Boa, Bispado do Porto, e de Joana Maria, natural da freguesia de São Martinho da Vila de Sintra, Patriarcado de Lisboa, netos maternos do Sargento Mor Pantaleão Nunes de França, natural da cidade do Porto e de Clara Ferreira Coutinho, natural da cidade do Rio de Janeiro - família “João Rosado Coutinho”, neste site.

Catas Altas, MG. Aos 14 de Novembro de 1761, Matriz, Clara, f.l. de Manoel de Passos Ferreira, nat. e bat. na freguesia de São José da Cidade, e Patriarcado de Lisboa, e de D. Clara Francisca de França, nat. e bat. na freguesia de N.S. da Conceição das Catas Altas; neta pela parte paterna de André Pinto Ferreira, nat. e bat. na freguesia de Vila Boa, Bispado do Porto, e de sua mulher Joana Maria, nat. e bat. na freguesia de São Martinho da Vila de Sintra, Patriarcado de Lisboa; e pela parte materna neta do Sargento Mor Pantaleão Nunes de França, nat. e bat. na Cidade do Porto, e de sua mulher D. Clara Ferreira Coutinho, nat. e bat. na Cidade do Rio de Janeiro. Foram padrinhos o Padre Pantaleão Nunes de França, e D. Francisca Maria, mulher do Alferes José de Freitas Caldas. 

 

Alf. Francisco e Clara Auigusta tiveram, pelo menos, a filha:

6-1 Maria, batizada em 11-11-1782.

Catas Altas, MG aos 11-11-1782 nesta matriz bat a Maria, f.l. do Alf. Francisco de Xavier de Figueiredo e D. Clara Augusta de França. Foram padrinhos o Reverendo Vigario Manoel Moreira de Figueiredo, e D. Clara Francisca de França, viúva.