PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

Domingos Arenço Botelho

(atualizado em 16-outubro-2017)

 

 

Bartyra Sette

 

Domingos Arenço Botelho e sua mulher Ana Ribeiro de Escobar foram moradores em Taubate em meados do século XVII.

Testou Domingos em 16-outubro-1676. Seu testamento recebeu o cumpra-se em 6 de novembro do mesmo ano. Foi inventariado por Ana, assinou a seu rogo o filho Domingos Arenço Botelho.

 

Foram nove os filhos do casal, segundo o testamento:

 

1- Domingas Ribeira casada com Lucas Fernandes. Domingas foi inventariada em 06-11-1684, compareceram 11 filhos do casal (idade pouco mais ou menos):

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariada Domingas Ribeira

Inventariante Diogo Fernandes Pinto

06-11-1684 apareceu em casa do juiz ordinário e dos órfãos Diogo Fernandes como cabeça maior do cazal de sua mãe Domingas Ribeira já defunta vinha dar a inventario os bens que ficaram. Disse que a falecida sua mãe não fizera testamento por falecer na rossa e não ter quem o fizesse

 

Titulo dos Filhos

Maria Frz’

Izabel Nunes cc Alberto Dias

Anna Ribeira 25 anos pouco mais ou menos

Diogo Frz’ Pinto 24 anos pouco mais ou menos

Dominguas Ribeira 21 anos pouco mais ou menos

João Dias Arenço 20 anos pouco mais ou menos

Anto Nunes 18 anos pouco mais ou menos

Manoel Frz’ 16 anos pouco mais ou menos

Miguel Nunes 13 anos pouco mais ou menos

João Frz’ 10 anos pouco mais ou menos

Thome Frz’ 8 anos pouco mais ou menos

 

---ago da Esmola de vinte e três mil reis q deixou ( . )ingas Ribeira no seu testamento (sic)... que tudo pagou Domingos Alvres Machado como ( )tamenteiro... Diogo Luiz Prª

 

1-1 Maria Fernandes.

1-2 Izabel Nunes casada com Alberto Dias

1-3 Ana Ribeira 25 anos

1-4 Diogo Fernandes Pinto 24, inventariante materno.

1-5 Domingas Ribeira 21 anos

1-6 João Dias Arenço 20 anos

1-7 Antonio Nunes 18 anos

1-8 Manoel Fernandes 16 anos

1-9 Miguel Nunes 13 anos

1-10 João Fernandes 10 anos

1-11 Tome Fernandes 8 anos

 

2- Sebastiana Ribeira, ja falecida, casada com Gaspar Gomes.

3- Ana Ribeira (de Escobar) casada com Vicente Gonçalves. Muito provavelmente Vicente Gonçalves, com 11 anos em 1669, filho de Sebastião Gonçalves de Barros e Helena de Torres - família Lazaro de Torres, neste site.

          Pais de, pelo menos:

3-1 Ana de Torres, natural de Taubaté. Casou com Bento da Costa Preto, de quem foi a segunda mulher - familia Bento da Costa Preto, neste site.

          Ana testou em Taubaté em 25-03-1700. Declarou dois filhos de seu casal. Seu testamento recebeu o cumpra-se em 03-04-1700 e foi inventariada em 13 do mesmo mês e ano. Compareceram dois filhos: Vicente e Ana Maria, descritos na família supra citada.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariada Ana de Torres

Abertura de inventario - 13-04-1700 nesta vila, em casas de Bento da Costa Preto, marido da defunta.

 

Titulo de filhos:

Vicente de idade de dois anos.

Ana Maria de idade de oito meses.

 

Testamento : (...) sou natural desta vila de Taubate, f.l. de Vicente Glz e de Ana Ribeira de Escobar. Sou casada com Bento da Costa Preto e temos dois filhos a saber Vicente e Ana Maria os quais são meus legitimos herdeiros. O remanescente de minha terça deixo aos meus dois filhos.

Testamenteiro meu marido Bento da Costa Preto. (...) Taubate 25-Mço-1700 Anna de Torres.

Cumpra-se como nele se Contem S. Francisco das Chagas 03-abril-1700

E não se continha mais no dito testamento a que me reporto. 09-novembro-1702.

 

4- Maria Ribeira de Escobar (tambem Maria Dias Botelho) casada com Pedro Aranha, filho de Domingas de Gusmão moradora em S. Sebastião.

          Pedro foi inventariado em Taubaté em 26-04-1677. Sem geração, herdou sua mãe.

AHMFGF = Arquivo Histórico Municipal Dr. Felix Guisard Filho

Taubaté, SP - 2º Ofício

Imagens disponibilizadas por: www.recordspreservation.org

Transcrição e resumo: Projeto Compartilhar.

Inventariado Pedro Aranha - 1677

Autos aos 26-abril-1677 nesta vila em pousadas da viuva Maria Dias Botelha, mulher que ficou do dito defunto Pedro Aranha

 

Termo de composição que houve entre a viuva Maria Ribeira de Escovar e o procurador de Domingas de Gusmão mãe do defunto Pedro Aranha - aos 30-dezembro-1678 (Domingas de Gusmão como herdeira de seu filho)

 

Procuração: Data 24-setembro-1677

Vila de S. Sebastião

Que Faz: Domingas de Gusmão, dona viuva, nesta vila moradora.

Procurador: nesta vila a seu filho João Ledo de Lima e Antonio de Aneiro; e na vila de Taubate a Manoel de Barros e Antonio de Barros e a Sebastião de Freitas; e na vila de Santos a Pantaleão da Pena; na vila de S. Paulo a Diogo de Cubas e na cidade do Rio de Janeiro ao L.do Antonio de Barros.

5- Maria Ribeira, solteira em 1676.

6- Margarida Dias de Escobar, tambem solteira.

7- Domingos Arenço Botelho, casado. Casou com Teresa(?) Gonçalves, filha de Sebastião Gonçalves de Barros e Helena de Torres - família Lazaro de Torres, neste site.

8- Beatriz Ribeira. Herdeira da terça paterna.

9- Antonio Arenço