PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

Domingos Alves Ferreira, capitão

(atualizado em 17-junho-2017)

 

SL. 5º, 431, 1-1 Capitão Domingos Alves Ferreira casou em Taubaté com Thomazia Pedroso da Silveira, f.ª do mestre de campo Carlos Pedroso da Silveira e de Izabel de Sousa Ebanos Pereira. Teve os 13 f.ºs seguintes: 2-1 a 2-13.

2-7 Amatildes Alves Jacintha cc. Francisco do Rego Barros, filho do sargento mor Francisco do Rego Barros e Archangela Furquim da Luz

2-8 Leonor Moreira cc. Antonio de Faria Sodre, natural de Pitangui, filho de Miguel de Faria Sodre e Veronica Dias Leite com geração.

2-9 Genoveva da Trindade cc. Jose Ferraz de Araujo, irmão de Antonio de Faria Sodre do 2-8)

2-10 Jutgardis

2-13 Barbara Moreira de Castilho casou com o coronel Bento Fernandes Furtado de Mendonça, natural de Taubaté (irmão de Boaventura Furtado, do padre Salvador Fernandes Furtado, de Maria de Freitas Cardoso que foi casada com o sargento-mor João de Sousa Taveira e de outros) f.º do coronel Salvador Fernandes Furtado de Mendonça, natural da mesma vila, e de Maria Cardoso de Siqueira, n. p. de Manoel Fernandes Edra e de Maria Cubas, n. m. de Antonio Cardoso e de Maria Rodrigues de Siqueira. Faleceu o coronel Bento Fernandes com testamento em 1765 no Serro Frio, onde morava havia 60 anos. Teve 9 f.ºs:

“Notas a lapís feitas pelo autor nos volumes da Genealogia Paulistana”, publicadas por Carlos da Silveira em Subsidios Genealógicos (Biblioteca Genealógica Brasileira” nº 3) pag. 100: volume V pág. 432 (2-13)- onde se diz Salvador Fernandes Furtado de Mendonça - vol. 8, 85.

3-3 Thomazia

3-8 Barbara

 

 

Bartyra Sette

 

 

Capitão Domingos Alves Ferreira e sua mulher Tomásia Pedroso da Silveira, naturais de Taubaté-SP, tiveram filhas que deixaram geração no sul de Minas Gerais. O casal já era falecido em 1780 (casamento da filha Hugarda).

 

Domingos Alves Ferreira teve outra filha, com Domingas Ribeiro do Prado, que também deixou descendência em MG:

 

1b- Ana Ayres Pedrosa (também Ayres Góes), natural de Baependi-MG, onde nasceu em casa de seu pai, para onde sua mãe se mudara. Como seu pai era casado, Ana foi exposta ao nascer em casa de José Aires e criada por sua madrinha Maria Pedrosa da Silva.

          Casou primeira vez com Jerônimo da Silva Leite, natural da Sé do Rio de Janeiro, filho de Baltazar de Siqueira e Bernarda da Costa Cardosa.

          Jerônimo, que se chamava também Antonio da Silva Leite, faleceu aos 06-03-1768 com 41 anos:

Certidão no Processo matrimonial de Inácio Alves Negrão e Ana Aires Pedrosa, Lv Misto de Campanha:

L. 3º das Mortes a fls. 28v consta o assento seguinte: Aos 06-03-1768 faleceu Jeronimo da Silva Leite casado com Ana Aires Pedrosa, natural do Rio de Janeiro, de 41 anos mais ou menos, pobre. Foi sepultado dentro da matriz.

 

          Ana casou segunda vez com Inácio Alves Negrão, natural de Prados-MG, filho de Matias Alvares Negrão e Maria de Mariz do Prado. Geração na familia “Martins do Prado - Marins do Prado”. Como Miguel Martins do Prado, avô materno de Ana, era irmão da avó materna de Inacio tiveram que abrir processo em 1784 para obter dispensa e revalidar o matrimônio, onde se apurou a ascendência de Ana. Nessa ocasião também foi dito que ela tinha sete filhos do primeiro casamento, três machos e quatro fêmeas, e uma filha do segundo.

Ana Ayres e Jerônimo tiveram os filhos, q.d.:

1b-1- Inácia Antonia da Silveira, natural de Baependi, casou com José Teixeira Maciel, filho de Valério Teixeira Maciel e Joana Pinheiro da Silva. Tiveram filhos batizados na Campanha-MG, q.d.:

1b-1-1 Antonio Teixeira Castro e Silva, em 08-03-1770. Casou com Maqria da Candelária, filha de Francisco José de Campos e sua segunda mulher Escolastica de Mendonça Silva. Geração na família “Rocha do Canto”, neste site.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 08-03-1770 matriz, Antonio de sete dias, f.l. Jose Teixeira Maciel n. da vila da Ilha Grande Bispado do Rio de Janeiro e Inacia Antonia da Silveira n. freg. de Baependi deste bispado; np Valerio Teixeira Maciel e Joana Pinheira, maternos Jeronimo de tal, falecido e Ana Aires Pedrosa. Padr.: esta e Inacio Alvares com pp do Tenente Jose de Oliveira.

1b-1-2 Ana Maria, em 10-08-1772.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 10-08-1772 matriz, Ana Maria de treze dias, f.l. Jose Teixeira Maciel n. da Ilha Grande do Bispado do Rio de Janeiro e Inacia Antonia da Silveira n. deste bispado de Mariana da freg. de Baependi, avos pat. Valerio Teixeira Maciel e Joana Pinheira, maternos Jeronimo da Silva e Ana Pedrosa. Padr.: Joaquim Gomes Lima e Ana Mecia da Veiga mulher de Tome Moreira.

1b-1-3 Inácio, em 08-08-1773

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 08-08-1773 matriz, Inacio de quinze dias, f.l. Jose Teixeira Maciel n. Ilha Grande do Bispado do Rio de Janeiro e Inacia Antonia da Silveira n. do Rio Grande da freg. de Baependi deste bispado, avos paternos Valerio Teixeira Maciel e Joana Pinheira da Silva, maternos Jeronimo da Silva Leite e Ana Aires Pedrosa, Padr.: Jose Alvares da Silva, casado e Maria filha de Maria Cardosa

1b-2 José, batizado na Campanha em 09-06-1753.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 09-06-1753 Jose, f.l. Antonio(sic) da Silva Leite e Ana Aires Goes, padr.: Jose Roz da Fonseca, e Josefa de Siqueira moradores nesta freguesia.

1b-3 Ana, em 17-08-1756. Ana Maria Ribeira casou com Antonio Leme da Silva, filho de Manoel Leme da Silva e Rita Maria de Jesus. Geração na família “Domingos Leme da Silva”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 17-08-1756 matriz, Ana, f.l. Jeronimo da Silva Leite n/b na Sé da cidade do Rio de Janeiro e Ana Ayres n. freg. Baependi deste bispado, padr.: Jose Alves da Silva Braga cc Josefa Maria de Jesus, e Maria Pedrosa mulher de Jose Ayres moradores nesta freguesia.

1b-4 Jeronimo em 18-10-1758

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 18-10-1758 Jeronimo, f.l. Jeronimo da Silva Leite n. freg. da Sé do Rio de Janeiro e Ana Ayres n. da freg. de Baependi deste bispado, padr.: Jeronimo da Silva Rocha, solteiro e Domingas Gonçalves mulher de Jose Borges.

1b-5 Francisco Alves da Silva, batizado em 08-03-1760, aos 06-11-1780 casou com Ana Leme de Moraes, natural de Lorena-SP e filha de João Batista Bonfante e Ana Leme da Silva.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 08-03-1760 Francisco, f.l. Jeronimo da Silva Leite e Ana Ayres, padr.: Antonio da Silva Gago, casado. O batizado neto paterno de Baltazar Siqueira e Bernarda da Costa n. do Rio de Janeiro, nmaterna avós incognitos.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - aos 06-11-1780 matriz, Francisco Alvares da Silva, f.l. de Jeronimo da Silva Leite e Anna Aires Pedrosa, n/b na Campanha; = Anna Leme de Moraes, f.l. de João Batista Bunfante e Anna Leme da Silva, n/b freguesia da Piedade do Bispado de S. Paulo.

Entre os filhos do casal:

1b-5-1 Jeronimo Alves da Silva, batizado em Campanha aos 20-04-1790. Em junho de 1822 requereu dispensa do impdimento de afinidade ilicita em 2º grau de linha transversa para se casar com Ana Izabel de Jesus, batizada em 04-11-1804, filha de Francisco Manoel Coelho e Rita Maria de Jesus - família “Mateus Fernandes Agostim”.

Campanha-MG Livro misto - Junho de 1822

Oradores Jeronimo Alves da Silva e Ana Izabel de Jesus

Impedimento de afinidade ilicita em 2º grau da linha transversa, porque o orador conheceu carnalmente a uma prima co-irmã da oradora

Jeronimo da Silva, f.l. Francisco Alves e Ana Lemes da Silva com Ana Izabel de Jesus, f.l. Francisco Manoel Coelho e Rita Maria de Jesus. Ambos nts/bts nesta freguesia.

Em o Lº 6º a f 53 se acha o assento de teor seguinte: Aos 20-04-1790 nesta matriz da Campanha bat. a Jeronimo, filho legitimo de Francisco Alves da Silva. Foram padrinhos Domingos Alves Ferreira, solteiro e Ana Maria do Nascimento mulher de Joaquim da Silva Campos. o Vig. Antonio de Souza Monteiro Galvão.

Em o Lº 7º a f 444v se acha o assento de teor seguinte: Aos 04-11-1804 bat. a Ana, branca, f. de Francisco Coelho e Rita Izabel(sic). Foram padrinhos Alf. Antonio Teixeira Castro e Josefa Maria de Jesus. o Coadjutor Luiz Dias da Silva Torres.

1b-6 Domingos Alves Ferreira, batizado em 31-07-1753. Aos 04-08-1790 casou com Maria Joaquina de Jesus, batizada em 13-06-1768, filha de Manoel José Coelho, natural de Carijós-MG e Inácia Maria de Jesus, natural da Campanha, neta paterna de Francisco Leme e Vitória Coelha, neta paterna de Francisco Xavier Machado e Paula Moreira. Família “Mateus Fernandes Agostim”.

B7 Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 31-07-1763 Domingos, f.l. Antonio da Silva Leite e Ana Ayres, padr.: Jose Ferreira S. Payo, solteiro e Ana Joana de Toledo, solteira e filha do Cap. Miguel Pires Barreto.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - aos 04-08-1790 matriz, Domingos Alves Ferreira, f.l. de Jeronimo da Silva Leite, já falecido e Ana Aires Pedroza; = Maria Joaquina de Jesus, f.l. de Manoel Jose Coelho e de Ignacia Maria de Jesus. Ambos nts/bts nesta.

 

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 13-06-1768 matriz, Maria n de um mes, f.l. Manoel Jose Coelho n. dos Carijos deste bispado e Inacia Maria da Luz desta freguesia, np Francisco Leme e Vitoria Coelha nm Francisco Xavier Machado e Paula Moreira, padr.: João Antonio de Azevedo com pp de Francisco Jose Ferreira, e Maria Felicia cc Francisco da Costa.

1b-7 Maria Silvéria do Prado, batizada em Campanha em 26-01-1766. Aos 16-07-1788 casou com Joaquim Jose da Silva (ou de Souza), natural de Santa Ana do Sapucai, filho de Antonio Homem de Souza e Ana Barbosa Leme.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 26-01-1766 matriz, Maria, f.l. Jeronimo da Silva Leite n. da freg. da Sé do Rio de Janeiro e Ana Ayres Pedrosa n. da freg. de Baependi deste bispado, padr.: Caetano Jose de Almeida, casado e Margarida Rodrigues Bicuda mulher de Antonio Jose de Mira. Avos paternos Baltazar de Siqueira e Bernarda da Costa Cardoza, maternos Domingos Alvares Ferreira, falecido e Domingas Ribeira do Prado.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - matriz aos 16-07-1788 Joaquim Jose da Silva, f.l. de Antonio Homem de Souza e Anna Barbosa Leme, n/b freguesa de S. Anna do Sapucai Bispado de S. Paulo = Maria Silveria do Prado, f.l. de Jeronimo da Silva Leite, já falecido, e Anna Aires Pedroza, n/b nesta.

 

          Maria Silvéria faleceu aos 07-05-1813:

Santana do Sapucaí, MG - Óbitos. Aos 07/Maio/1813, faleceu Maria Silvéria, mulher que era de Joaquim José de Souza, teria de idade 45 anos, pouco mais ou menos. Sepultada no Adro desta Matriz. O Vigr° Ant° Lopes Chaves(pesq. Silvia Buttros).

 

1b-8 Rita Maria do Carmo, batizada em 05-09-1768. Aos 25-05-1790 casou com João Antonio do Prado, filho de Antonio Homem de Souza natural de Parati-RJ e Ana Barbosa natural de Lorena-SP, supra citados citados.

B7 Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 05-09-1768 Rita nascida de onze dias, f.l. Jeronimo da Silva Leite, que se chamava tambem Antonio da Silva Leite, n. da cidade do Rio de Janeiro e Ana Aires Pedrosa n. de Baependi, avos maternos incognitos, avós paternos não sabia dar nomes; padr.: Alf. Jose de  Oliveira e D. Rita Maria, viuva.

 

Santana do Sapucaí, MG matr aos 25/Maio/1790, nesta freguesia, João Antônio do Prado, f.l. de Antônio Homem de Souza, nat. da Vila de Parati, e de Ana Barbosa, nat. da Pieda, Bisp. de São Paulo; c.c. Rita Maria do Carmo, f.l. de Jerônimo da Silva Leite, já defunto, nat. do Rio de Janeiro, e de Ana Aires Pedrosa, Nat. de Baependi, Bisp. de Mariana, ela contraente, natural da Campanha, Bisp. de Mariana. O Vigr° Manoel Negram do M. Carmelo(pesq. Silvia Buttros)

 

Entre as filhas do Capitão Domingos Alves Ferreira, já falecido em 1761 e sua mulher Tomásia Pedroso da Silveira encontramos em Minas Gerais documentos de:

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 03-03-1761 matriz, Joaquim, f.l. Francisco do Rego Barros n. freg. Aiuruoca deste bispado e D. Matildes Alvares Jacinta n/b na vila de Guaratingueta-SP, paroquianos da matriz de Baependi; e foi batizado o dito inocente com licença do seu reverendo paroco atual João Maciel da Costa. Avos paternos Francisco do Rego Barros e Arcangela Furquim Xavier Pedrosa, maternos o Cap. Domingos Alvares, já defunto e Tomasia Pedrosa; padr.: Manoel Tavares e s/m D. Maria Zeferina.

 

7- Amatildes Alves Jacintha foi a primeira mulher de Francisco do Rego Barros, filho do sargento mor Francisco do Rego Barros e Arcangela Furquim da Luz. Geração na família”Antonio Furquim da Luz”.

 

8- Leonor Moreira de Marins, natural de Guaratinguetá-SP, casada com Antonio de Faria Sodre, natural de Pitangui, filho de Miguel de Faria Sodre e Veronica Dias Leite (SL. 2, 499, 5-1).

          Antonio casou segunda vez com Ana Clara de Jesus, filha de Antonio Pereira da Silva e Tomasia de Oliveira. Geração deste matrimônio na família Joana Simoa Rodrigues, neste site.

Leonor e Antonio tiveram outros filhos, além dos cinco citados na GP (SL. 2º, 499, 5-1): Zeferina e Ana abaixo citadas.

8-1 Bento de Faria Sodre, natural de Pitangui-MG, casou duas vezes.

SL. 2, 499, 6-1 Bento de Faria Sodré, habilitado de genere..

          Primeira vez Bento casou com Maria Joaquina Moreira de Souza. Segunda vez casou com Maria Freire do Carmo.

          Capitão Bento faleceu em Sabara com testamento de 18-02-1834 aberto em 24 do mês seguinte. Declarou naturalidade, filiação, os dois matrimonios e as filhas, sendo uma natural, tida antes de seu primeiro matrimônio, e legitimada pelo segundo.

Maria Freire do Carmo, além da filha natural legitimada, teve tambem a filha Bárbara, segundo testamento do padrasto.

Foram filhas do Cap. Bento:

8-1-1 Umeliana, filha natural do Cap. Bento e de Maria Freire do Carmo, legitimada pelo posterior casamento dos pais. Casou com Braz Manoel Teixeira Lompa.

8-1-2 Manoela, filha legitima do Cap. Bento e sua primeira mulher Maria Joaquina Moreira de Souza. Casou com Manoel Luiz Rodrigues Velho.

 (pesquisa Sílvia R.do Prado Mendes Buttros)

APM, Câmara Municipal de Sabará, Registros de Testamentos, CMS00246

Registro do Testamento do Capitão Bento de Faria Sodré. Em nome de Deus Amém, eu, Bento de Faria Sodré achando-me gravemente enfermo, mas em perfeito juízo e entendimento, e querendo dispor de minha vida ordeno o meu testamento pela forma seguinte: Sou Católico Romano cuja religião sempre professei, e nela pretendo morrer. Sou natural e batizado na Vila de Pitangui, filho legítimo de Antônio de Faria Sodré e sua mulher D. Leonor Moreira de Marins, já falecidos. Fui casado com D. Maria Joaquina Moreira de Souza Sodré, já falecida, e deste consórcio só me resta uma filha de nome Manoela, casada hoje com Manoel Luiz Rodrigues Velho. Acho-me casado com D. Maria Freire do Carmo Sodré, de quem houve no estado de solteiro uma filha de que pelo meu consórcio se acha legitimada a qual chama-se Umeliana, esta casada com Braz Manoel Teixeira Lompa, e aos ditos meus filhos instituo por meus legítimos herdeiros das duas partes de meus bens. Declaro e instituo por minha testamenteira minha mulher D. Maria Freire do Carmo a cujo cargo deixo o meu funeral, e à mesma instituo por herdeira de minha terça, e com o juramento dela de será cumprido este meu testamento. Declaro que no ajuste do casamento de minha filha Manoela com Manoel Luiz Rodrigues Velho não convencionamos de receber ele certos bens e ficar sem direito a mais herança, e depois de casado passamos disto papéis de que o mesmo tem um outro, tudo como melhor consta dos mesmos, mas se o mesmo quiser entrar na minha herança ficará sujeito a todos os encargos e responsabilidades a que fica obrigada a minha outra herdeira. Declaro que no estado de solteiro dei a minha mulher, que é hoje, uma escrava de nome Lúcia a qual parindo uma filha, sua Senhora, ainda solteira, a deu à sua filha Bárbara, e depois de acharmo-nos casados, casando-se esta, a mesma minha mulher lhe deu com consentimento meu 200$000. Declaro que dei à dita Bárbara filha de minha mulher, uma escrava de nome Mariana, e porque lhe não dei título da mesma, apesar de que transferi para ela a posse e domínio da mesma escrava que se acha em seu poder por isso faço esta declaração para que meus herdeiros e testamenteira não procurem pela dita escrava. Espero que a dita minha mulher se desvele na criação dos meus netos encaminhando-os pelos caminhos da honra e do dever a fim de que se tornem bons cidadãos e venham a ser útil à sua Pátria. E nesta forma tenho feito este meu testamento que vai escrito a meu rogo pelo Tabelião Antônio Avelino da Silva Diniz, e pelo haver conforme o ditei, e não puder escrever assino pelo mesmo a meu rogo nesta Vila do Sabará aos 24 de Fevereiro de 1834. Assino a rogo do testador Antônio Avellino da Silva Diniz. É o que contém em o dito testamento que foi apresentado pelo Tabelião Antônio Avelino da Silva Diniz, e aberto pelo Juiz Municipal, o Capitão Bento Roiz. De Moura e Castro. Sabará, 18 de Março de 1834.

 

8-2 José Joaquim de Faria casou em Jacarei-SP em 1768 com Vitória Maria, filha de Pedro de Moraes Moniz e Maria Mendes Paes. Com geração de 4 filhos em SL. 2º, 499, 6-2.

SL. 2, 499, 6-2 José Joaquim de Faria, que casou em 1768 em Jacarei com Vitória Maria, f.a de Pedro de Moraes Moniz e de Maria Mendes Paes. Tit. Rodrigues Lopes. Teve q. d.: 7-1 a 7-4.

 

          José Joaquim de Faria casou segunda vez com Mariana Alvares da Rocha, filha de João da Rocha Moreira e Genoveva Rosa Madruga. Viandantes, de Jacarei, tiveram em Tiradentes-MG a filha, q.d.:

8-2-5 Zeferina, batizada aos 20-5-1793.

São José del Rei, Minas Gerais e capelas filiadas, batismos - aos 20-05-1793 Oliveira, Zeferina, f.l. Jose Joaquim de Faria e Mariana Alvares da Rocha, viandantes de Jacarei, npaterna de Antonio de Faria Sodre e Leonor Moreira de Marins, nmaterna de João da Rocha Moreira e Genoveva Rosa Madruga, padr.: Alf. Antonio Affonço Bragança e s/m Ana Francisca de Santa Ana.

8-5 Maria Eufrasia de Faria, natural de Pitangui-MG, casou com Antonio Pinto da Costa, natural de Prados-MG, filho de Luiz Pinto da Costa e Perpetua de Oliveira (SL. 8, 360, 1-2), neto paterno de Antonio Pinto Leitão e de Joanna Cardoso, neto materno de Jose Vaz Moniz e Ana Pires de Oliveira familia “Joana Simoa Rodrigues”.

SL. 2, 358, 6-5 Maria Eufrázia de Faria, natural de Pitangui, foi C.c. Antônio Pinto da Costa, f.o de Luís Pinto da Costa e de Perpétua de Oliveira. Teve q. d.: 7-1 e 2.

Antonio faleceu em Resende-RJ em 03-09-1798, viúvo, com 55 anos.

03-09-1798 faleceu em Resende e enterrado dentro da Matriz de Resende, Antonio Pinto da Costa, 55 anos, viúvo de Maria Eufrasia de Farias (Acervo Itamar Bopp- ficha 0028A).

 

Entre os filhos do casal:

8-5-1 Leonor Maria de S. José casou com o viúvo Manoel José Machado, ambos naturais de Mogi das Cruzes, ele filho de Antonio José Machado, natural da cidade de Lisboa e Vitoria de Jesus Barbosa, natural de Mogi das Cruzes. Manoel José foi primeira vez casado com Maria das Chagas de Jesus, filha de Brás Francisco Ramalho e Luzia Pedrosa, com geração deste matrimônio na família “André de Fontes”.

         Terceira vez, Manoel José casou com Maria Rosa de São José 8-5-4, irmã inteira de Leonor Maria de S. José.

Leonor e Manoel José tiveram, pelo menos:

8-5-1-1 Brizida Maria da Conceição, natural de S. José dos Campos-SP. Casou com João Monteiro de Brito, natural de Jacarei-SP, filho de Ignacio Pais de Brito, natural de Jacarei e Ana Francisca Barbosa, natural do Rio Grande do Sul.

          Tiveram os filhos batizados em Resende-RJ (acervo Itamar Bopp - ficha):

8-5-1-1-1 Maria em 20-03-1813.

20-03-1813 Maria, f.l. de (Jose) João Monteiro de Brito, n. Jacarei e Brigida Maria, n. S. Jose; np Ignacio Pais de Brito, n. Jacarei e Ana Francisca, n. Faxina; nm de Manoel Jose Macedo Machado e Leonor Maria de São Jose, naturais de Moiges; padr.: Revdo Jose Antonio Martins de Sá e Leonor Maria de São Jose. Bat. em Resende pelo Vig. Jose Antonio Martins de Sá (0876)

8-5-1-1-2 Manoel em 26-11-1814.

26-11-1814 Manoel, n. 06-11, f.l. de Juam Monteiro de Brito, n. Jacarei e Brizida Maria, n. de São Jose; np Ignacio Reis(sic) de Brito, e Ana Francisca Barbosa, naturais de Jacarei; nm Manoel Jose Machado e Leonor Maria de São Jose, n. Mogi das Cruzes; padr.: Jose Monteiro de Brito e Fra.ca Rosa de Jesus. Bat. na Matriz de Resende pelo Padre Manoel Serafim dos Anjos (0777)

8-5-1-1-3 José em 31-03-1816.

31-03-1816 na Matriz de Resende pelo Coadjutor Mariano Jose da Rocha, Jose, f.l. de João Monteiro de Brito, n. Jacarei e Brizida Maria da Conceição, n. S. Jose Bispado de S. Paulo; np Ignacio Pais de Brito e Ana Francisca, n. Jacarei; nm Manoel Jose Machado e Leonor Maria de São Jose, n. Mogi das Cruzes; padr.: Antonio Joaquim de Avilla e Mathildes Umbelina de Castro. (0958)

8-5-1-1-4 Manoel em 13-04-1825.

09-05-1846 nesta vila de Resende, por despacho do vigario da vara interino me foi ordenado que abrisse o assento de batismo de Manoel, f.l. João Monteiro de Brito e de sua finada mulher Da. Brisida Maria de Jesus e que assinassem as testemunhas de tudo na forma seguinte: - Aos 13-04-1825 nesta Matriz de Resende, o Padre Jose Antonio Martins de Sá, então vigario desta freguesia, batisou e pos os santos oleos ao inocente Manoel n. a 5 do mesmo mes, f.l. João Monteiro de Brito e Brizida Maria de Jesus, np de Ignacio Pais de Brito e Ana Francisca, aquele natural da vila de Jacarei Bispado de S. Paulo e esta da Provincia do Rio Grande do Sul, Bispado do Rio de Janeiro, e neto materno de Manoel Jose Machado e Eleonor Maria de São Jose, o primeiro natural de Mogi das Cruzes Bispado de S. Paulo e a segunda da vila de Jacarei do mesmo bispado; padrinhos Jose Monteiro de Brito e Protetora N. S. e por me ser assim ordenado lavrei o presente assento que me assino com as testemunhas João Baptista Monteiro e Ignacio Monteiro de Brito, testemunhas presenciais do mesmo batismo, não podendo servir nesta ocasião o padrinho por já ser falecido. Estava assinado por todos (3952)

8-5-1-1-5 Pedro em 16-04-1827.

16-04-1827 em Resende pelo Padre Jose Antonio Martins de Sá, Pedro, f.l. de João Monteiro de Brito e Brigida Maria; padr.: Joaquim Baptista Torres e D. Ignacia, mulher de Domingos Gomes Jardim (1046)

8-5-1-1-6 Teresa em 28-12-1829.

28-12-1829 Thereza, n. 08, f. João Monteiro de Brito e Brigida Maria (1318v)

 

8-5-1-2 Maria batizada em Resende-RJ aos 25-08-1800.

25-08-1800 Maria, f.l. de Manoel Jose Machado e Leonor Maria de São Jose, ambos n. Mogi das Cruzes; np Antonio Jose Machado, n. da cidade de Lisboa e Vitoria de Jesus Barbosa, n. Mogi das Cruzes; nm Antonio Pinto da Costa, n. da vila dos Prados e Maria Eufrasia, n. de Pitangui. Padr.: Sargento Mor Manoel Valente d'Almeida e o Capitão Miguel Pedroso Queiróz. Bat. em Resende pelo Vig. Luiz Manoel Martins de Sá (Acervo Itamar Bopp - ficha 0605)

8-5-2 João Damasceno Sodré casou com Maria do Rosário, filha de Antonio Pinto de Abreu e de Escolástica da Cunha - família “Lazaro de Torres”.

SL. 2, 358, 7-2 João Damasceno Sodré, casado em 1799 em Mogi das Cruzes com Maria do Rosário, f.a de Antônio Pinto de Abreu e de Escolástica da Cunha, V. 5.o pag. 322.

 

8-5-3 Ana Perpetua da Luz, natural de Mogi das Cruzes. Em Resende-RJ aos 10-01-1797 casou com Bento Pinto de Abreu, natural de Mogy das Cruzes, filho de Antonio Pinto de Abreu e da falecida Escolastica da Cunha (citada como da Silva no termo do casamento) - família “Lazaro de Torres”.

10-01-1797, na matriz de Resende, pelo vig.º Ant.º de Matos de Nobrega de Andrada. Bento Pinto de Abreo, n. de Mogy das Cruzes, f.leg. de Antonio Pinto de Abreo e Escolastica da Silva(sic), já defunta; = casou-se com Anna Perpetua da Luz, n. e batizada Mogy das Cruzes, f.leg. de Antonio Pinto (Acervo Itamar Bopp- ficha 0001)

8-5-4 Maria Rosa de São José foi a terceira mulher de seu cunhado Manoel José Machado, viuvo segunda vez de Leonor Maria de São José 8-5-1.

         Maria Rosa e Manoel José tiveram, pelo menos, o filho:

8-5-4-1 Felix batizado em 06-09-1795 em Resende-RJ.

06-09-1795 Felix, n. 29-08, f.l. de Antonio de(sic) Manoel Jose Machado e Maria Rosa de São Jose, nat. Mogi das Cruzes, np Antonio Jose Machado, n. de Nasareth de Lisboa e Victoria de Jesus Barbosa, n. Mogi das Cruzes, nm Antonio Pinto da Costa, n. do Arraial dos Prados e Maria Eufrazia, n. da Pitangueiras Bispado de Mariana. Padr.: Guarda Mor Simplicio Correia da Costa e Marianna Antonia Teixeira. Bat. em Resende pelo Padre Coadjutor Joaquim Jose Gonçalves Resende (Acervo Itamar Bopp- ficha 0428)

8-6 Zeferina, batizada na Campanha em 17-03-1751.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 17-03-1751 Zeferina, f.l. Antonio de Faria Sodre n. da freg. do Pilar da vila de Pitangui e Leonor Moreira Martins n. da vila de Guaratingueta, np Miguel de Faria Sodre n. da Ilha de S. Sebastião e s/m Veronica Dias Leite n. da vila da Parnaiba, nm Cap. Domingos Alves Ferreira e s/m Tomasia Pedrosa da Silveira ambos nts da vila de Taubate, padr.: Eduardo Jose Caetano, e Maria Zeferina mulher de Manoel Tavares.

8-7 Ana, em 03-07-1753.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 03-07-1753 Ana, f.l. Antonio de Faria Sodre e Leonor Moreira de Merim(sic), padr.: Francisco Xavier da Silva por pp Francisco de Sales Xavier, e Teresa da Silva de Toledo.

 

9- Genoveva da Trindade (Botafogo), natural de Baependi-MG casou com José Ferraz de Araújo, natural de Pitangui-MG, filho de Miguel de Faria Sodré e Veronica Dias Leite Ferraz. Ttiveram, além da filha Maria Ferraz de Araújo citada na GP (SL. 2, 501, 5-3), os filhos q.d.:

9-2 Ana, batizada em Campanha-MG em 09-02-1761.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 09-02-1761 Ana, f.l. Jose Ferraz de Araujo n, da freg. Pitangui e Genoveva da Trindade Botafogo n. desta freguesia e deste bispado, padr.: Manoel Tavares e s/m Maria Zeferina. Avos paternos Miguel de Faria Sudre, já defunto e Veronica Dias, maternos Domingos Alvares Ferreira e D. Tomasia Pedrosa.

9-3 Úrsula, em 14-04-1765.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 14-04-1765 cap. S. Gonçalo, Ursula, f.l. Jose Ferraz de Araujo n/b na vila de Pitangui deste bispado e Genoveva da Trindade n/b em Baependi; np Miguel de Faria Sodre e Veronica Dias Leite, nm Doningos Alvares Ferreira e Tomasia Pedrosa, padr.: Inacio Xavier de Toledo e D. Ursula de Toledo filhos de Francisco Xavier da Silva.

9-4 Úrsula em 12-09-1767

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 12-09-1767 cap. S. Gonçalo, Ursula, f.l. Jose Ferraz de Araujo n. de Pitangui e Genoveva da Trindade n. de Baependi, np Miguel de Faria Sodre e Veronica Dias, maternos Domingos Alvares Ferreira e Tomasia Pedrosa, padr.: Francisco de Sales e Ursula, filhos de Francisco Xavier da Silva.

9-5 Tomé, em 01-01-1770

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 01-01-1770 cap. S. Gonçalo, Tome de vinte e oito dias, f.l. Jose Ferraz de Araujo n/b freg. Pitangui e Genoveva da Trindade bat. na freg, de Baependi ambos bispado de Mariana, np Miguel de Faria Sodre e Veronica Dias Leite, maternos Domingos Alvares Ferreira e Tomasia Pedrosa, padr.: Gregorio Lopes dos Reis e Manoel Teixeira Ribeiro com pp de Jeronimo Correa Guimarães.

 

10- Hugarda da Silveira e Sá (citada por Silva Leme como Jutgardis) era natural de Guaratinguetá-SP. Em Campanha-MG aos 02-12-1780 casou com João de Almeida Naves, natural da Parnaiba-SP, filho de Francisco Camelo Pessoa e Inacia de Almeida Naves, já falecidos em1780.

B7: Campanha-MG - casamentos - aos 02-12-1780 na Ermida de S. Jose do Rio Verde, João de Almeida Naves, f.l. de Francisco Camelo Pessoa e Inacia de Almeida Naves, já falecidos, n/b na freguesia de S. Anna da Vila de Parnaiba Bispado de S. Paulo; = com Hugarda da Silveira e Sá, f.l. de Domingos Alves Ferreira e de Tomasia Pedroza da Silveira, já falecidos, n/b na vila de Guaratinguetá Bispado de S. Paulo.

João de Almeida Naves, viúvo, aos 04-11-1789 casou com Teresa Maria do Rosário, natural de Aiuruoca.

B7: Campanha-MG - casamentos - matriz aos 04-11-1789 João de Almeida Naves, viuvo que ficou de Lugarda da Silveira e Sá, sepultada nesta matriz; = Teresa Maria do Rosario, f.l. de Francisco Dutra de Macedo e Ritta Maria da Silva, n/b na freguesia de Aiuruoca deste bispado.

Teresa Maria era filha de Francisco Dutra de Macedo, natural da Ilha do Faial e Rita Maria da Silva, natural de Tiradentes-MG casados em Aiuruoca em 01-03-1756, neta paterna de Domingos Dutra de Macedo e de Maria de Castro de Oliveira, neta materna de João Simões Roza e Marcelina da Silva.

B7: casamentos  igreja N. Sra. da Conceicão de Aiuruoca, comarca do rio das Mortes; aos 01 março 1756 - Gupiara - Francisco Dutra de Macedo, f.l. de Domingos Dutra de Macedo e de Maria de Castro de Oliveira, n. e b. freg. ---, da ilha do Faial; = c/ Ritta Maria ---, f.l. de João Simoens Roza e de s/m Marcelina ---mez da Sylva, n. da vila de S. Joseph.

Foram irmãos inteiros de Teresa Maria, e.o.:

- Joaquim Dutra de Macedo, batizado em 15-07-1764. Aos 14-01-1796, casou com Ana Maria da Conceição, irmã de José Marques Francisco abaixo.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 15-07-1764 Joaquim, f.l. Francisco Dutra de Macedo n. da Ilha do Faial freg. da Feiteira e Rita Maria n. da vila de S. João del Rei deste bispado, padr.: Ponciano Ferreira, solteiro e Madalena Cardosa mulher de Domingos Borges da Costa. Avos pat. Domingos Dutra de Macedo e Maria de Crasto de Oliveira, falecidos, maternos João Simões Rosa e Marcelina Gomes da Silva.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - aos 14-01-1796 Joaquim Dutra de Macedo, f.l. de Francisco Dutra de Macedo e Rita Maria da Sylva, já falecida,n/b nesta; = Anna Maria da Conceição, f.l. de Jeronimo Marques, já falecido e Anna Ribeira, n/b na freguesia das Lavras.

 

- Rosa Maria da Luz aos 05-06-1794 casou com José Marques Francisco, natural de Lavras, filho de Jeronimo Marques Francisco, já falecido em 1794 e Ana Ribeira da Costa.

B7: Campanha-MG - casamentos - matriz aos 05-06-1794 Jose Marques Francisco, f.l. de Jeronimo Marques Francisco, já falecido e Anna Ribeira da Costa, n/b na freguesia de Lavras = Rosa Maria da Luz, f.l. de Francisco Dutra de Macedo e de Rita Maria da Sylva, ja falecidos, n/b e moradora nesta.

 

13- Bárbara Moreira de Castilho casada com o Coronel Bento Fernandes Furtado, filho do Cap. Salvador Fernandes Furtado de Mendonça e Maria Cardoso de Siqueira. Geração na família “Salvador Fernandes Furtado de Mendonça”, neste site.