PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

BERNARDINA CAETANA DO SACRAMENTO

(atualizado em 12-março-2017)

 

 

Bartyra Sette

Regina Moraes Junqueira

 

A história de Bernardina Caetana começa nos Açores onde nasceram seus pais José Dutra e Francisca Maria do Sacramento.

 

José Dutra

(atualizado em 02-abril-2016)

 

José Dutra, nasceu aos 12-10-1711 e foi batizado aos 18 do mesmo mês na Freguesia de Nossa Senhora da Luz da Ribeira dos Flamengos, Ilha do Faial, filho de Manoel Dutra, batizado aos 08-12-1683 e falecido aos 14-12-1745 na mesma freguesia de Flamengos e aí casado aos 12-11-1707 com Maria da Silveira, natural da Ilha do Pico e falecida em 29-12-1763. Neto paterno de José Dutra e Maria Leal, neto materno de Francisco de Oliveira e Maria Gregório.

Flamengos, Horta, Ilha do Faial. José, filho de Manoel Dutra e sua mulher Maria Silveira, nasceu em 12-10-1711 e foi baptizado em 18 dias do dito mês, farão padrinhos José de Faria e Rosa Mª.m.er de Francisco Rodrigues desta freguesia, testemunhas Manoel Borges e José P.ra estudante filho de Luís P.ra todos moradores nesta freguesia fiz e assinei. O Vig.ro João Bap.ta do Am.al declaro que os pais do baptizado são naturais desta freguesia (pesq. Vinicius da Mata Oliveira).

 

Flamengos, Horta, Ilha do Faial. Em os 08-12-1683 baptisei M.el fº de José Dutra e de sua m.er Maria Leal farão padrinho som.te Antª. F.rz da Granja. M.el d’Ávila (pesq. Vinicius da Mata Oliveira).

 

Flamengos, Horta, Ilha do Faial. Em os 14-12-1745 faleceu de vida presente Manoel Dutra Trombas da idade de sessenta anos marido de Maria Silveira recebeu os sacramentos de penitência e extrema unção e não o Sagrado ___ por ter vômitos não fez testamento está sepultado nesta Igr.a onde era freguês e para constar fiz este termo. O Vig.ro Manoel Brum Silv.ra (pesq. Vinicius da Mata Oliveira).

 

Flamengos, Horta, Ilha do Faial. Em os 12-11-1707 nesta paroquial Igr.a se receberam o Sacramento do matrimônio Manoel de Utra filho de Joseph de Utra e de sua m.er Maria Leal naturais desta ilha e moradores nesta freg.a e Maria Silv.ra fª. de Fran.co de Oliveira e de Maria Gregório fregueses da paroquial Igr.a de N. Sen.ra da Piedade da Ilha do Pico onde foi a contrahente baptizada, testemunhas presentes o dito Vig.ro Joam Bap.ta e M.el Furtado (pesq. Vinicius da Mata Oliveira).

 

Flamengos, Horta, Ilha do Faial. Em os 29-12-1763 faleceu de vida presente sem sacramentos pela ___ não dar tempo Mª. Silv.ra viúva de M.el Dutra Trombas da idade de setenta anos pouco mais ou menos e está sepultada nesta Igr.a onde era freguesa e para constar fiz este termo era supra. O Vig.ro Ant.o Ign.o de Vas Furtado (pesq. Vinicius da Mata Oliveira).

 

José Dutra casou em Barbacena aos 11-01-1744 com Francisca Maria do Sacramento, batizada aos 26-01-1729 na freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Ilha Terceira e, segundo declara em seu testamento, veio para esta terra com a mãe, com 4 anos de idade.

Barbacena - Aos onze de Janeiro de 1744 José Dutra natural da freguesia de N. Sra da Luz da Ribeira dos Flamengos da Ilha do Faial Bispado de Angra, f.l. de Manoel Dutra e s/m Maria Sylveira; = com Francisca Maria do Sacramento natural da freguesia de N. Sra. da Conceição da Ilha Terceira Bispado de Angra, f.l. de Manoel Pereira Gracia, já falecido, e s/m Thereza de Jesus e tambem moradora na dita freguesia.

 

Nossa Senhora da Conceição, Angra do Heroísmo. Francisca filha de Manoel Pereira Garcia oficial de espadeiro natural da freguesia das Ribeiras da Ilha do Pico, e de sua m.er Teresa de Jesus Maria, natural da freguesia da Luz da Ilha Graciosa, que nasceu aos 19-01-1729 e foi baptizada aos 26 dias do d.to mês da dita era, nesta Colegial de Nossa S. da Conceição freguesia de seus pais, por mim Cristovão Furtado de M.ça vig.ro da d.ta Ig.ra e lhe pus os S.tos Óleos foi padrinho Sebastião Garcia Jorge clérigo in minoribus natural da Ilha de São Miguel e fiz este termo que assinei com testemunhas abaixo assinadas (pesq. Vinicius da Mata Oliveira).

Francisca Maria do Sacramento era filha de Manoel Pereira Garcia natural da freguesia de Ribeiras, na Ilha do Pico e oficial de espadeiro na freguesia de Nossa Senhora da Conceição, casado aos 10-12-1724 com Teresa de Jesus, batizada aos 06-03-1705 na freguesia de Nossa Senhora da Luz, da Ilha Graciosa, neta paterna de Domingos Vieira e Luzia Pereira (já falecidos em 10-12-1724), casados aos 24-09-1687 na freguesia das Ribeiras concelho de Lajes do Pico, neta materna de Gaspar Nunes e Maria de Santo Antônio. Por Domingos Vieira e Luzia Pereira, bisneta de Domingos de tal e Maria Vieira (já falecida em 1687) e de Lourenço Luís Xodré e Maria Dutra.

Nossa Senhora da Conceição, Angra do Heroísmo. Em os 10-12-1724 nesta Colegial Igreja de N. S.ra da Conceição nesta cidade de Angra, feitas as denunciações nesta dita Igreja, se casaram solenemente com palavras de presente por marido e m.er Manoel P.ra filho de D.os V.ra e de sua m.er Luzia P.ra já defuntos natural o contrahente da freguesia de ___ da Ilha do Pico do lugar das Rib.ras com Teresa de Jesus filha de Gaspar Nunes e de sua m.er Maria de Santo Antônio natural a contrahente da Igr.a de N. S. da Luz da Ilha Graciosa (pesq. Vinicius da Mata Oliveira).

 

Nossa Senhora da Luz, Santa Cruz Ilha Graciosa. Teresa filha de Gaspar Nunes e de sua mulher Maria de S.to Antônio desta freg.a nasceu em 28-02-1705. Foi baptizada nesta Paroquial Igreja de N. S.ra da Luz de seus pais em seis dias do mês de março do dito ano por mim An.to Lobão Botelho, padrinho Manoel de Betancour casado e morador na camada de B.meu Pires (pesq. Vinicius da Mata Oliveira).

 

Ribeiras, Lajes do Pico, Ilha do Pico. Em os 24-09-1687 nesta Paroquial Igr.a a D.os V.ra fº de D.os V.ra (?) e de Mª. V.ra já defunta fregueses da Matriz da Santíssima Trindade da vila das Lajes desta dita Ilha com Luzia P.ra fª de L.ço Luís Xodré e de sua m.er Maria Dutra fregueses desta freguesia, foram t.as o Alferes Amaro Homem e Fran.co Homem fº de Fran.co Homem fregueses da dita vila das Lages, o Alferes João Homem Mont.ro e outras m.tas pessoas presentes (pesq. Vinicius da Mata Oliveira).

José e Francisca Maria faleceram em Barbacena onde eram moradores, ele aos 27-02-1780 e ela aos 20-05-1798. Tiveram, segundo seus inventários (neste site)

I- Bernardina Caetana do Sacramento. Título desta família, que segue.

II- Leonor Maria da Assumpção, casada com  Manoel Carvalho Duarte. Geração na família “Os Carvalho Duarte” I-Cap. 2º.

III- José Dutra Pereira, batizado em 24-04-1753. Com 27 anos em 1780  foi tutor de seus irmãos. Já não constou no inventário materno.

Barbacena, MG aos 24-04-1753 na capela de S. Jose do Ribeirão bat a Jose, f.l. de Jose Dutra e de s/m Francisca Maria do Sacramento, np de Manoel Dutra e de Maria da Silveira, nm de Manoel Pereira Garcia e de Teresa de Jesus, nts/bts na cidade de Angra da Ilha Terceira. Foram padrinhos Manoel ------------- e ---------------. Nasceu aoprimeiro dia do dito mes,

IV- Anacleta Maria do Nascimento, casada com Manoel Gonçalves Coura.

V- Joaquina, batizada em 1757, não consta nos inventários dos pais, provavelmente falecida na infância.

Batismos Barbacena - aos --- do mês de --- de 1757 JOAQUINA, f.l. de Joze de Utra e s/m Francisca Maria do Sacramento, ele natural da freguesia de N. Sra. da Luz da Ilha do Faial e ela da freguesia de N. Sra. da Conceição da cidade de Angra; np de Manoel de Utra e s/m Maria da Silveira naturais da dita freguesia de N. Sra. da Luz e nm de Antonio Pereira  e s/m Theresa de Jesus naturais da dita freguesia de N. Sra. da Conceição da cidade de Angra. Padr.: Cosme Rois de Mattos solteiro e, Francisca de Salles de Oliveira mulher de José Simoens.

VI- Ana, nascida aos 20-12 e batizada aos 04-01-1759.

Batismos  Barbacena (1748-1762) fls. 216 Ribeirão aos 04-01-1759 ANNA nascida aos 20-12, f.l. de José de Utra natural da freguesia N. Sra. da Lus da Ilha do Faial e s/m Francisca Maria do Sacramento natural da cidade de Angra; np de Manoel de Utra e Maria da Silveira naturais da dita freguesia N. Sra, da Luz, nm de Manoel Pereira Garcia e de Theresa de Jesus naturais da cidade de Angra. Padr.: Christovão da Costa Freire solteiro, morador na freguesia dos Carijós deste bispado e Bernardina Caetana do Sacramento mulher de José Lopes de Oliveira.

VII- Antonio Dutra Nicacio (ou Antonio Nicacio da Silveira) com 15 anos no inventário paterno Aos 30-07-1792 casou com Maria Joaquina de São José, natural de Prados, filha de Francisco Vieira da Silva e Isabel Maria.

Batismos  Barbacena - Ribeirão aos 29-10-1764 ANTONIO nascido aos 11, f.l. de José de Utra natural da freguesia de N. Sra. da Luz da Ilha do Faial e s/m Francisca Maria do Sacramento natural da cidade de Angra; np de Manoel de Utra e s/m Maria da Silveira naturais da dita freguesia da Luz; nm de Manoel Pereira Garcia e s/m Teresa de Jesus naturais da sovredita cidade de Angra. Padr.: Christovão da Costa Freire, solteiro morador nos Carijós e Maria Ritta, solteira, filha de José Lopes de Oliveira desta freguesia.

 

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana; Paróquia de Barbacena – Livro de casamentos (1739-1795) - Aos 30 de julho de 1792, na Capela da Sª dos Remédios, filial desta matriz da Nossa Senhora da Piedade da Borda do Campo, feitas as denunciações em conformidade com o Concílio Tridentino sem se descobrir impedimento algum, se casaram face a igreja  por palavras de presente Antonio Dutra Nicácio, filho legítimo de José Dutra e de sua mulher Maria do Sacramento, nascido e batizado nesta freguesia, e, Joaquina de São José, filha de Francisco Vieira(?) da Silva e de sua mulher Isabel Maria, nascida e batizada na freguesia dos Prados. Foram testemunhas Manoel Álvares Antunes e José Francisco Furtado, ambos desta freguesia, receberam as bênçãos na forma do ritual romano, de que fiz este assento. O Vig. Feliciano Pitta de Castro

 

Teve pelo menos:

VII-1 Anastácia, batizada aos 25-05-1793. Legatária da avó paterna.

Barbacena - Remedios aos 25-05-1793 Anastassia, f.l. de Antonio Dutra Nicacio e Maria Joaquina de S. Jose, padr.: Francisco Lourenço da S.ª e Izabel Maria de Sta. Clara, casada, da freguesia de Prados.

VII-2 José, batizado aos 03-05-1797.

Barbacena - Remedios aos 03-05-1797 Jose, f.l. de Antonio Dutra Nicacio e Maria Joaquina de S. Jose, padr.: Jose Alz Garcia e Anacleta Maria, mulher de Manoel Glz.

            José Dutra de Castro aos 11-09-1820 casou com Antonia Maria da Assunção, filha do Alf. Fabiano Pereira da Silva e Maria da Assunção - família “Silva Pinto” de Queluz, neste site.

Itaverava-MG, Igreja Santo Antonio. Aos 11 dias do mes de Setembro de 1820 annos na Capella da Senhora dos Remedios filial da freguesia de Barbacena (...) José Dutra de Castro, filho legitimo de Antonio Dutra Nicacio, e de Maria Joaquina de São José natural da dita Freguesia de Barbacena, e morador na da Pomba, e Antonia Maria da Assumpçam, filha legitima do Alferes Fabião Pereira da Silva e de Maria de Assumpçam natural da Freguesia de Barbacena, e moradora nesta da Itaverava. Test.: Bento Joaquim Pereira e Antonio Furtado de Mendonça.

VII-3 Fernando Antonio Dutra, natural de Prados. Aos 22-08-1821 casou com Teodora Maria da Assunção, irmã inteira de Antonia Maria da Assunção supra citada.

Itaverava-MG, Igreja Santo Antonio. Aos 22 dias do mes de Agosto de 1821 annos na Capella da Senhora dos Remedios filial da matriz de Barbacena (...) Fernando Antonio Dutra, natural da freguesia de Prados, filho legitimo de Antonio Dutra Nicacio, e de Maria Joaquina de Sam José, morador na Freguesia do Pomba, e Theodora Maria da Assumpção, filha legitima do Alferes Fabiano Pereira da Silva, e de Maria da Assumpção, natural desta Freguesia de Itaverava, onde he moradora. Test.: Padre João Dias de Siqueira e Cap. Bento Joaquim Pereira.

VII-4 Antonio Dutra Nicacio natural de Barbacena, na Ermida de N. Sra. da Ajuda aos 02-08-1826 casou com Maria Victoria de Jesus, natural de Prados, filha do Guarda Mor Domingos Gonçalves de Carvalho e Antonia Rodrigues Chaves.

Casamentos Barbacena - Ermida N. Sra. da Ajuda aos 02-08-1826 Antonio Dutra Nicacio, f.l. de Antonio Dutra Nicacio e D. Maria Joaquina, n/b nesta; = Maria Victoria de Jesus, f.l. do G.M. Dom.os Glz de Carvalho e Antonia Roiz Chaves, n/b na freguesia de Prados.

 

VII-5  Francisco, batizado aos 24-08-1806

Barbacena - Remedios aos 24-08-1806 Francisco, f.l. de Antonio Dutra Nicacio e Maria Joaquina, pdar.: Franciso Jose de Olivr.ª Flores e Maria da Assunção mulher de Fabiano Per.ª.

 

VIII- Ana Teresa, nasceu em 20-03-1766. Faleceu após o inventário paterno herdou sua mãe.

Batismos  Barbacena - Ribeirão aos 14-04-1766 ANNA nascida aos 20-03, f.l. de José de Utra natural da freguesia de N. Sra. da Luz Ilha do Faial e s/m Francisca Maria do Sacramento natural da cidade de Angra; np de Manoel de Utra e s/m Maria da Silveira naturais da dita freguesia de N. Sra. da Luz; nm de Manoel Pereira Garcia e s/m Theresa de Jesus naturais da dita cidade de Angra. Padr.: José Pereira Francisco, solteiro viandante.

IX - Maria Clara de Jesus, com doze anos no inventário paterno. Aos 27-11-1786 casou com José Francisco Furtado, filho de Antonio Dutra Correa e Maria Furtada, neto paterno de Francisco Fernandes e Maria Dutra, neto materno de Antonio Furtado e Luzia Furtado - com outras informações, sobre a família de José Francisco, inseridas na família “Avila Raposo”, neste site.

Barbacena,MG Igreja N. Sra da Piedade. Aos 27-11-1786 na capela da Ressaca freguesia dos Prados, João(sic) Francisco Furtado, f.l. Antonio Dutra Correa e Maria Furtada = cc Maria Clara de Jesus, f.l. Jose Dutra e Francisca Maria do Sacramento, naturais e batizados nesta freguesia da Borda do Campo. Test.: Manoel Gonçalves Coura e Manoel Antonio da Silva Pinto

Pais de, pelo menos:

IX-1 Maria, legatária da avó materna

IX-2 Francisca, também legatária da avó materna. Francisca Maria do Sacramento aos 29-05-1809 casou com Felizardo Ferreira de Mello, filho de Vicente Ferreira de Mello e Ana Perpétua da Silveira casados em 02-11-1769, neto paterno de Andre da Costa Varão e Vitoria de Mello, neto materno de Francisco de Souza Pavão e Catarina da Silveira. Geração na família “Catarina da Silveira”, neste site.

Barbacena,MG Igreja N. Sra da Piedade. Aos 29-05-1809 na capela da Sra dos Remedios filial desta matriz de Barbacena, Felizardo Ferreira de Mello, f.l. Vicente Ferreira de Mello e Ana Perpetua, n/b na dita capela = cc Francisca Maria do Sacramento, f.l. Jose Francisco Furtado e Maria Clara, natural desta freguesia. Test.: Antonio Dutra Nicasio e Jose Antonio Afonso.

 

Barbacena,MG Igreja N. Sra da Piedade. Aos 02-11-1769 na capela de N. Sra dos Remedios, Vicente Ferreira de Mello n./b na freg. N. Sra da Lux da ilha de S. Miguel Bispado de Angra, f.l. Andre da Costa Varão e Vitoria de Mello, falecidos = cc Ana Perpetua da Silveira, n/b na freguesia sobredita de N. Sra da Piedade da Borda do Campo, f.l. Francisco de Souza Pavão e Catarina da Silveira. Test.: Manoel de Araujo Osorio e Jose Dutra.

 

X- Angélica Francisca, nascida por 1771, foi tutelada do cunhado José Francisco Furtado. Aos 18-07-1791 casou com Jacinto José Furtado, irmão do tutor.

Barbacena,MG Igreja N. Sra da Piedade matr. Aos 18-07-1791 na Ermida da Sra da Ajuda do Castelo filial desta matriz da Borda do Campo, Jacinto Jose Furtado, f.l. Antonio Dutra Correa e Teresa(sic) Furtada = cc Angelica Francisca do Sacramento, f.l. Jose Dutra e Francisca Maria do Sacramento. Batizados nesta freguesia. Testemunhas Manoel Alz Antunes e Manoel Glz Correa.

Tiveram, pelo menos:

X-1 Jacinto, legatário da avó materna.

X-2 Antonio, batizado aos 07-05-1810

Barbacena - Remedios aos 07-05-1810 Antonio, f.l. de Jacinto Jose Furtado e Angelica Fran.ca, padr.: Dom.os Glz de Carv.º e Antonia Roiz Chaves.

 

XI- Bárbara Francisca do Sacramento, nascida por 1773. Casou com Antonio Felisberto Vicente da Costa. Pais de, q.d.:

XI-1 Antonio, batizado aos 07-12-1795

Barbacena - Remedios aos 07-12-1795 Antonio, f.l. de Antonio Felisberto da Costa e Barbara Fran.ca do Sacramento, padr.: Joze Antonio Afonso e Ritta, filha de Maria Tereza.

XI-2 Maria, aos 19-05-1803

Barbacena - Remédios aos 19-05-1803 Maria, f.l. de Antonio Felisberto da Costa e de Barbara Fran.ca, padr.: João Carvalho Duarte e Maria Leonor mulher de José Antonio Afonso.

XII - Cristóvão, nasceu em10-08-1763. Não é citado, nem representado, nos inventários dos pais.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252363, Livro de batismos Nº 4 (1762-1798) – Fl. 12 – Aos 15 de setembro de 1763, nesta Matriz da N. S. da Piedade da Borda do Campo, o Pe. Manoel Ferreira Coelho, de licença minha, batizou e pos os santos óleos a Cristóvão, in, filho legítimo de José d’Utra, natural da freguesia de N. S. da Luz, da Ilha do Faial e de sua mulher Francisca Maria do Sacramento, natural da cidade de Angra, neto paterno de Manoel de Utra e de sua mulher Maria da Silveira, natural da dita freguesia de N. S. da Luz, e, por parte materna de Manoel Pereira Garcia e de sua mulher Tereza de Jesus, da dita cidade de Angra. Foram padrinhos Antonio Lopes da Costa, morador na freguesia dos Carijós, solteiro, e, Teresa Maria de Jesus, mulher de José Rodrigues Pontes. Nasceu no dia 10 de agosto do dito ano, de que fiz este assento. O Vig. Feliciano Pitta de Castro.

 

 

BERNARDINA CAETANA DO SACRAMENTO

 

 

Bernardina nasceu em Nossa Senhora da Piedade da Vila de Barbacena aos 27-10-1746 e foi batizada na Capela de São José do Ribeirão aos 27-11-1746.

Batismos, Barbacena-MG - aos 27-11-1746 Ribeirão, BERNARDINA nascida aos 27 de outubro, f.. de Joze Dutra, natural da Ilha do Fayal, freguesia de N. Sra. da Luz e s/m Francisca Maria do Sacramento, natural da Ilha Terceira; np de Manoel Dutra e de Maria da Silv.a, naturais da Ilha do Fayal; nm de Manoel Pereira e Theresa de Jesus naturais da Ilha Terceira. Padr.: o Licenciado Francisco da Costa solteiro e Bernardina Caetana do Sacramento mulher do Tenente Joze Lopes de Olivr.ª

 

Casou em Barbacena, na Capela de São José do Ribeirão aos 22-04-1761, com José Rodrigues Braga, natural de São Martinho do Couto de Moure, Arcebispado de Braga, já falecido em 1798 (inventário da sogra), filho de João Fernandes e Benta Rodrigues. Foram proprietários da Fazenda do Pinhal onde moravam.

Barbacena-MG, Lv. 5, fls. 58, na capela S. José do Ribeirão, aos 22-04-1761 Joze Roiz Braga, natural de São Martinho do Couto de Moure, Arc. de Braga, filho de João Frz. e de  Benta Roiz, com Bernardina Caetana do Sacramento, natural desta freguesia, filha de Joze de Utra e de Francisca Maria.

 

Ascendência de José Rodrigues Braga

 

Bernardina faleceu aos 02-04-1825 com testamento redigido na Vila de Barbacena aos 2-10-1818 e aberto no dia seguinte ao de sua morte (neste site).

 

José Rodrigues Braga e Bernardina Caetana tiveram:

 

1- Ana Thereza de São Pedro, casada com o Alferes Francisco Alves Garcia, filho de Gregório José Alves e Catarina Maria do Espírito Santo. Geração na família “Gregório José Alves”.

 

2- Joaquina Antonia de Jesus (ou de São José), casada com o Alferes José Alves Garcia. Joaquina faleceu em 01-05-1823 e foi inventariada no mesmo ano (neste site). Deixou as filhas:

2-1 Ana Eulália da Encarnação, já falecida no inventário materno, foi casada com o Alferes Antonio Pereira da Silva, filho de Antonio da Silva Pinto e Maria Josefa de Jesus - família “Silva Pinto” de Queluz, neste site.

          Ana Eulália foi inventariada em 1814, deixou filho único que também a representou no inventário materno.

Arquivo Histórico Municipal Prof. Altair José Savassi (Barbacena)

Caixa 181, ordem 28, 2° Vara - Ano do inventário: 1814

Inventariado: Ana Eulalia da Encarnacao

Inventariante: Antonio Pereira da Silva

Local: Rio do Peixe

Pesq. Diego Duque Guimarães

- Diz Antonio Pereira da Silva que, por falecimento de sua mulher Ana Eulália da Encarnação lhe ficou um filho órfão pelo que quer o suplicante fazer inventário de seus bens móveis pois que não tem nenhum de raiz em seu cazal, tanto que vive a favor de seu pai Antonio da Silva Pinto em razão de sua pouca possibilidade... e como nesta vila se acha José Nunes de Moraes, seu vizinho fazendeiro...

- Órfão: José Alves Pereira, em 1833 se achava com idade de 23 anos.

          Em Barbacena aos 19-10-1815, com dispensa do impedimento por afinidade lícita de segundo grau da linha transversal, Antonio casou com Ana Teodora (filha de 1 supra).

Barbacena-MG. Aos 19/10/1815, ... dispensados do impedimento de afinidade lícita de segundo grau de linha transversal ... na Ermida de S. Domingos da Bocaina ... assistio ao sacramento de matrimônio dos cc Antonio Pereira da Silva, e Anna Theodora, moradores na Capela do Garambeo desta freguesia.. Testemunhas: o Padre José Ferreira Paiva e Jose Rodrigues de Oliveira

2-1-1 José Alves Pereira, com 13 anos em 1823 e 23 anos em 1833, filho único de Ana Eulália e Alferes Antonio.

2-2 Francisca Adriana de Jesus, solteira com 32 anos em 1823. Casou com João Carlos Gomes da Fonseca

2-3 Porcina Euqueria de Jesus, batizada em 1788. Em 1823 era viúva de Antonio José Ribeiro, filho de Francisco Ribeiro Nunes e Joana Maria da Conceição, neto materno de Pedro de Paiva Coimbra e Ana Maria de Jesus. Geração na família “Ana Maria de Jesus - Paiva Coimbra e Pereira da Cunha”.

B7: batismos suplemento -. Ibitipoca ano de 1788 PURCINA, f.l. de Joze Alves Garcia e s/m Joaquina Antonia de Sam Jozé. Padr.: Joze Rodrigues de Oliveira e Bernardina Caetana do Sacramento. Lançado aos 09-10-1808

2-4 Maria, batizada aos 15-11-1801. Não é citada no inventário materno.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 1 (1797-1809) - Fl. 99 – Aos 15 de novembro de 1801, na capela de N. Sra. da Conceição de Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Maria inocente, filha legítima do Alferes José Alves Garcia e de Joaquina Antonia de Jesus. Padrinhos: o Pe. José Ferreira Paiva pp. que apresentou de Antonio Pitta de Castro e D. Ana Felisbina de Mello, todos desta freguesia, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

3 José Rodrigues de Oliveira, alferes, natural de Barbacena. No Livramento, filial de Aiuruoca, aos 20-10-1789 casou com Ana Joaquina de São José, batizada em Serranos aos 22-04-1775, filha do Tenente Coronel Francisco da Cunha de Carvalho e Ana Vitória Pereira, família “Os irmãos Cunha de Carvalho - Carvalho da Cunha”. O Tenente Coronel Francisco era irmão de Antonio da Cunha de Carvalho, casado com Bernarda Dutra da Silveira (família “Bernarda Dutra da Silveira”, neste site).

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca-MG, cas. - aos 20 outubro 1789 - Livramento - Joseph Rodrigues de Oliveira, f.l. de Joseph Rodrigues Braga e Bernardina Caetana do Sacramento, n. e b. Borda do Campo;

c/ Anna Joaquina de S. Joseph, f.l. do Ten-Cel Francisco da Cunha de Carvalho e D. Anna Vitória Pereira, n. e b. freg. Aiuruoca.

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca-MG - batismos- aos 22 abril 1775 Serranos, ANNA, f.l. do Ten. Francisco da Cunha de Carvalho e Anna Victoria, padr.: Manoel da Costa Pereira solteiro e Maria Pereira das Neves cc. Antonio Magalhaens Passos.

          Ana Joaquina faleceu aos 15-01-1815 e teve seu inventário aberto em 02 de abril do mesmo ano na Fazenda do Salto da Ibitipoca, Termo da Vila de Barbacena por seu viúvo (inventário neste site). Compareceram onze filhos, situação em 02-04-1815:

3-1 Ana Vitória, batizada em Ibitipoca aos 15-11-1790. Casou com José Joaquim Correa

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana - microfilme 1252365 - Livro 3 (1780-1798) - Fl. 418 - Aos 15 de novembro de 1790, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Ana, inocente, filha legítima de José Rodrigues de Oliveira e de Ana Joaquina de São José. Padrinhos: o Pe. Francisco José Alves e Ana Vitória Pereira, Todos desta freguesia, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

3-2 Rita Caetana de São José, com 22 anos em 1815.

3-3 Francisco Rodrigues, 21 anos

3-4 Manoel Rodrigues, 20 anos

3-5 Maria Ignacia, 18 anos

3-6 Antonia Madalena, batizada em 18-07-1799. Com 17 anos em 1815.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana - microfilme 1252365 - Livro 1 (1797-1809) - Fl. 43v - Aos 18 de julho de 1799, na capela de N. Sra. da Conceição de Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Antonia inocente, filha legítima do Alferes José Rodrigues de Oliveira e de Ana Joaquina de São José. Padrinhos: Antonio Pitta de Castro e Ana ____ mulher de Manoel Rodrigues da Costa, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

3-7 Bernardina, com 14 anos. Batizada em 02-07-1801.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana - microfilme 1252365 - Livro 1 (1797-1809) - Fl. 97v - Aos 2 de julho de 1801, na capela de N. Sra. da Conceição de Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Bernardina inocente, filha legítima do Alferes José Rodrigues de Oliveira e de Ana Joaquina de São José. Padrinhos: Francisco Rodrigues de Paula pp. que apresentou do Tenente Francisco de Arantes e Maria Narciza de Jesus, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

3-8 Antonio Casiano,11 anos. Batizado em 24-08-1803.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana - microfilme 1252365 - Livro 1 (1797-1809) - Fl. 163 - Aos 24 de agosto de 1803, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Antonio inocente, filho legítimo de José Rodrigues de Oliveira e de D. Ana Joaquina de São José. Padrinhos: Francisco José de Bem e D. Constancia Claudina, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

3-9 Umbelina, 8 anos. Batizada em 04-10-1807.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 4 (1803-1818) – Fl. 25v – Aos 4 de outubro de 1807, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Umbelina, inocente, filha legítima de José Rodrigues de Oliveira e de Ana Joaquina de São José. Padrinhos: Francisco Alves Garcia e Thereza Alves da Cunha, todos desta freguesia, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

3-10 Luiza, 6 anos. Batizada em 13-04-1809.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 4 (1803-1818) – Fl. 127v – Aos 13 de abril de 1809, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Luiza, inocente, filha legítima de José Rodrigues de Oliveira e de Ana Joaquina de São José. Padrinhos: Jacinto Gonçalves Campos e Luiza Theodora de São José, todos desta freguesia, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

3-11 Joaquim, 3 anos. Batizado em 23-04-1812.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 1 (1810-1816) – Fl. 268v – Aos 23 de abril de 1812, na capela da Sª da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz da Borda do Campo, o Pe. José Ferreira Paiva, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Joaquim, inocente, filho legítimo de José Rodrigues de Oliveira e de Ana Joaquina. Foram padrinhos Joaquim Rodrigues Fernandes e Maria Joaquina por procuração a Manoel Moreira, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

 

Não comparecem no inventário materno em 1815:

3-12 José, batizado em 17-11-1791.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 3 (1780-1798) - Fl. 437 – Aos 17 de novembro de 1791, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a José, inocente, filho legítimo de José Rodrigues de Oliveira e de Ana Joaquina de São José. Padrinhos: Antonio da Costa ______ e Joaquina Antonia de São José, todos desta freguesia, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

3-13 João, em 14-04-1805.

 (pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 1 (1797-1809) - Fl. 225v – Aos 14 de abril de 1805, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Joaquim inocente, filho legítimo de José Rodrigues de Oliveira e de D. Joaquina de São José. Padrinhos: Francisco Alves da Cunha e Inácia Jacinta de Carvalho, todos desta freguesia, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

4- Anastácia Adriana de Jesus, casada com o Alferes João Alves Garcia, filho de Gregório José Alves e Catarina do Espírito Santo, por esta neto de Diogo Garcia e Julia Maria da Caridade. Anastácia faleceu com testamento redigido aos 10-11-1829, aberto aos 04-01-1830. (neste site). Geração na Família “Gregório José Alves”.

5 João Rodrigues de Oliveira, batizado em Barbacena aos 12-10-1772. Em Aiuruoca aos 29-01-1794 casou com Theodosia Alves da Cunha, natural de Aiuruoca, filha do Tenente Coronel Francisco da Cunha de Carvalho e Ana Victoria Pereira, família “Os irmãos Cunha de Carvalho - Carvalho da Cunha”.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana; Paróquia de Barbacena; Microfilme 1252364; Livro de Batismo Nº 2 (1771-1776) - Fl 248 - Aos 12 de outubro de 1772, na Capela da Senhora da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz da Borda do Campo, o Padre Agostinho Machado, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a João, filho legítimo de José Rodrigues Braga, natural de São Martinho do Couto de Moure, Arcebispado de Braga, e, de sua mulher Bernardina Caetana do Sacramento, natural desta freguesia, neto paterno de João Fernandes e de Benta Rodrigues, da dita freguesia, e, materno de José de Utra e de sua mulher Francisca Maria do Sacramento, naturais da freguesia de Nossa Senhora das Angústias, Ilha do Faial, Bispado de Angra, foram padrinhos José Dutra da Silveira, solteiro, e, Antonia Maria de Jesus, mulher de Carlos Gomes, nasceu no dia 2 do dito mês e ano, de que fiz este assento. O Vigário Feliciano Pitta de Castro.

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca- MG, cas. - aos 29 janeiro 1794 Livramento - João Rodrigues de Oliveira, f.l. de Joseph Rodrigues Braga e Bernardina Caetana do Sacramento, n. e b. freg. de Barbacena; c/ Theodosia Alves da Cunha, f.l. Ten-cel Francisco Cunha de Carvalho e D. Anna Victoria Pereira, n. e b. freg. de Aiuruoca.

 

João e Theodosia tiveram, e.o.:

5-1 Theodora, batizada no Livramento, filial de Aiuruoca aos 23-09-1804, foram seus padrinhos João Rodrigues Braga e sua mulher Theresa Álvares da Cunha.

5-2 José Rodrigues Teodoro, alferes, padrinho em batismo juntamente com a irmã Delfina.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca-MG - batismos - aos 15 fev 1824 Livramento, ANTONIO, f.l. do Alf. Bernardino Mendes de Seixas e Generosa Cândida de São José, padr.: Alf. José Rodrigues Theodoro e Delfina, filhos do Cap. João Rodrigues de Oliveira.

          José Teodoro da Cunha em 1823 requereu dispensa do impedimento de consanguinidade em 2º grau para se casar com Luiza Teodora da Cunha, filha do Alf. Luiz Rodrigues da Costa e Luiza Teodora de S. Jose, esta irmã inteira de Teodosia Alves da Cunha, família “Os irmãos Cunha de Carvalho - Carvalho da Cunha § 3.

Aiuruoca, MG livro misto 1822 e 1823.

Depoimento dos oradores Jose Teodoro da Cunha e Luiza Teodora da Cunha (aa Joze Theodoro da Cunha)

 

Jose Teodoro da Cunha e Luiza Teodora da Cunha, moradora na freg. da Ibitipoca - impedimento de consanguinidade em 2º grau de linha transversal igual porquanto:

Q ele orador é filho legitimo de Teodosia Alves da Cunha irmã de Luiza Lidoria de S. José mãe da oradora - 2º grau de consanguinidade de linha transversal igual.

Q a oradora é orfã de pai

 

Jose Teodoro da Cunha, f.l. Cap. João Rois de Oliveira e Teodosia Alves de S. Joaquim, n/b ma capela do Livramento freguesia da Aiuruoca onde é morador = com Luiza Teodora da Cunha, f.l. Alf. Luiz Rodrigues da Costa e D. Luiza Teodora de S. Jose, n/b na freg. da Sra da Conceição da Ibitipoca aonde é moradora.

 

Do livro de batizados desta freguesia se acha o assento seguinte: aos 22-05-1809 bat. a Luiza, f.l. Alf. Luiz Roiz da Costa e D. Luiza Teodora de S. Jose, padr.: o Cap. Mor Framcosco Jose Alz e D. Ana Ludovina de Mello

 

Testemunhas aos 30-12-1823:

1ª Jose Joaquim Correa, homem branco, viuvo, natural da freguesia de S. Tiago de Athiaens Arc. Braga, morador nesta freguesia da Ibitipoca de idade de 39 anos pouco mais ou menos, que vive de sua lavoura.

2ª Alf. Jose Rodrigues de Oliveira, homem branco, viuvo, natural desta freguesia da Ibitipoca de odade 57 anos, vive de sua lavoura, tio do orador por consanguinidade. Disse que os oradores Jose Teodoro da Cunha e Luiza Teodora são primos co irmãos - impedimento de consanguinidade em 2º grau. Que a oradora é órfã de pai e vive em companhia de sua mãe que é lavradora e tem numerosa familia.

3ª Manoel Moreira Rodrigues, homem branco, solteiro, natural da freguesia da Ibitipoca, de idade 32 anos pouco mais ou menos, vive de seu negócio de tropas

 

5-3 Delfina Eleutéria de Oliveira e Cunha. Casou com Francisco Theodoro de Carvalho, filho do Alferes José Venâncio de Carvalho e Mariana Eleodora (ou Teodósia) de São José. Geração na família “Os Irmãos Cunha de Carvalho-Carvalho Cunha” § 3º.

5-4 Ana Teodora de Jesus, em São Joaquim, Quatis-RJ aos 25-09-1837 casou com Francisco José Lopes, batizado em Aiuruoca aos 13-06-1814, filho de José Lopes de Araújo, natural da Freguesia de S. Jerônimo Arcebispado de Braga, falecido aos 05-09-1856 em Amparo, RJ e casado no Porto do Turvo aos 16-07-1798 com Gertrudes Maria (Margarida) de Jesus, batizada no Porto do Turvo aos 21-03-1783; neto paterno de Domingos José e Domingas Francisca, neto materno de Francisco João de Azevedo e Margarida Maria de Jesus falecida em idade decrepta aos 01-02-1833 com testamento registrado no Livro de Óbitos de Aiuruoca, por esta bisneto de Lourenço Correa Sardinha e Maria da Assumpção Moraes (inventários deste casal neste site). Família “Antonio Vieira de Moraes” Cap. 1º, § 2º.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca-MG - batismos- aos 13 jun 1814 Francisco, f.l. de José Lopes de Araújo e Gertrudes Margarida, padr.: Alf. Antonio Ferreira Sardinha e Maria Ignacia mulher do mesmo.

 

lv. 1, fls.3v. aos 25 setembro 1837, neste Curato de San Joaquim, recebi em matrimonio, Francisco José Lopes, f.l. do Cap. José Lopes de Araújo e D. Gertrudes Maria de Jesus, com D. Anna Theodora de Jesus, f.l. do Cap. João Rodrigues de Oliveira e D. Theodora Alves de San Joaquim. test.: Alf. Vicente José Lopes e Vitorianno Martins de Almeida. O cura Joaquim José Lobo. (pesquisa de Plínio Ursolino Marcondes de Carvalho)

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, MG, cas. -  aos 16 julho 1798 Porto do Turvo - Joseph Lopes de Araújo, f.l. de Domingos Joseph de Araújo e Domingas Lopes, n. e b. freg. S. Jerônimo, arc. Braga; c/ Gertrudes Maria de Jesus, f.l. de Francisco João de Azevedo e Margarida de Jesus, n. e b. nesta freguesia.

 

5-5 Francisco Rodrigues de Oliveira, padrinho juntamente com a mãe.

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca, batismos - aos 01 abril 1827 Livramento, JOSÉ, f.l. de Manoel Ferreira Leite e Justina Maximiana, padr.: Francisco Rodrigues de Oliveira e sua mãe D. Theodosia Alves.

5-6 Generosa Cândida de Oliveira casou com Bernardino Mendes de Seixas, filho de José Manoel de Seixas e Genoveva Ponciana de Brito, família “Antonio de Seixas Ribeiro”. Tiveram numerosa geração, entre eles:

5-6-1 José, batizado em 12-09-1817.

(pesq. Plinio U. M. de Carvalho) Andrelandia, MG Igreja N Sra do Porto da Salvação - A 12.09.1817, na Capella do Livramento, o Pe. José Pires de licença baptizou solenemente a José, fl. de Bernardino Mendes de Seixas e Generosa Candida de Oliveira, todos desta freguezia do Turvo, fp. João Rodrigues Oliveira e Theodozia Alves da Cunha, avós do innocente e por não ter sido feito este assento em tempo o lancei aqui agora e nascido de 13 dias.  Do que para constar.......

5-6-2 João em 07-03-1819.

(pesq. Plinio U. M. de Carvalho) Andrelandia, MG Igreja N Sra do Porto da Salvação - A 7.03.1819, na Capella do Livramento, o Pe. José Pires de licença baptizou solenemente a João, fl. de Bernardino Mendes de Seixas e Generosa Candida de Oliveira, todos desta freguezia do Turvo, fp. José Manoel de Seixas e Genovefa Ponciana de Mendes, avós do innocente, todos desta freguezia do Turvo e por não ter sido feito este assento em tempo o lancei aqui agora informado por pessoas fidedignas e nascido de 11 dias.  Do que para constar.......

 

6- Bernardina Esméria do Sacramento, batizada aos 24-04-1780 em Ibitipoca. Aos 09-10-1797 casou com Francisco José do Bem, filho de Manoel José do Bem e Teresa Maria. Família “Manoel José do Bem”.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana; Matriz de Barbacena; Microfilme 1252364; Livro de Batismo Nº 3 (1776-1780) – Fl. 564v - Aos 24 de abril de 1780, na Capela da Senhora da Conceição da Ibitipoca, filial da matriz de Nossa Senhora da Piedade da Borda do Campo, o Rev. João Coelho Gatto de Amorim, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Bernardina, filha legítima de José Rodrigues Braga e de sua mulher Bernardina Caetano do Sacramento, foram padrinhos Gregório José Alves e Ana Maria, filha do dito, de que fiz este assento. O Vigário José Dias dos Santos.

 

(Nilza Cantoni) Conceição de Ibitipoca Fls 144verso - 09.10.1797 em Conceição do Ibitipoca - Francisco José do Bem e Bernardina Esmeria do Sacramento - Ele filho de Manoel José do Bem e Teresa Maria. Ela filha de José Rodrigues Braga e Bernardina Caetana.

          Francisco José foi inventariado por Bernardina em 1829. Compareceram 11 filhos:

Arquivo Histórico Muncipal Prof. Altair José Savassi; Caixa: 45; Ordem: 18; Ano: 1829; Cód.: 1SVC; Inventário; Inventariado: Francisco José de Bem; Inventariante: Bernardina Esméria do Sacramento; Local : Fazenda do Pori da Aplicação de São Domingos da Bocaína, termo da Vila de Barbacena, Comarca do Rio das Mortes; Abertura: 18 de maio de 1829 (Transcrito por Paulo Cezar Ribeiro Luz )

Filhos:

1. Francisco José de Paula.

2. Mariana Bernardina de São José cc Antonio Rodrigues Gomes

3. Bernardina Cândida de São José cc João Batista de Almeida

4. Ana Joaquina de São José.

5. Manoel Francisco de Paula.

6. Joaquina Cândida de São José.

7. Anastácia Maria de Jesus, com 17 anos.

8. Luiza Rosa de São José.

9. José Francisco de Paula, com 13 anos

10. Francisca Bernardina de Jesus, com 10 anos

11. Maria Bernardina de Jesus

 

6-1 Maria, batizada em Ibitipoca aos 09-03-1800. Não comparece no inventário paterno.

Barbacena - Batismos - Ibitipoca aos 09-03-1800 Maria, f.l. de Francisco José do Bem e Bernardina Esmeria do Sacramento. Padr: Antonio José do Bem e Theresa Maria de Jesus.

6-2 Francisco, batizado aos 25-08-1801. Francisco José de Paula.

Barbacena - Batismos - Garambeu aos 25-08-1801 Francisco, f.l. de Fr.co Jose do Bem e Bernardina Esméria, padr.: João Alz Garcia e Bernardina Caetana

6-3 Mariana, batizada aos 17-04-1803. Mariana Bernardina de São José casou com Antonio Rodrigues Gomes

B7: Barbacena - Garambeo ao 17-04-1803 Mariana, f.l. de Francisco Jose do Bem e Bernardina Esmeria, padr.: João de Almeida Ramos e Anna Teresa de S. Pedro.

6-4 Bernardina, batizada aos 04-11-1804. Bernardina Cândida de São José casou com João Batista de Almeida.

Barbacena - Batismos - Garambeu aos 04-11-1804 Bernardina, f.l. de Francisco Jose do Bem e Bernardina Esmeria de Jesus, padr.: Francisco Jose do Bem e Maria Narciza de Jesus.

6-5 Ana, batizada aos 06-01-1807. Ana Joaquina de São José

B7: Barbacena - Garambeo aos 06-01-1807 Anna, f.l. de Francisco Joze do Bem e Bernardina Esmeria, padr.: Jose Joaquim Alves e Maria Romana.

6-6 Manoel aos 13-06-1808. Manoel Francisco de Paula.

B7: Barbacena - S. Domingos da Bocaina aos 13-06-1808, Manoel, f.l. de Francisco Jose do Bem e Bernard.na Esmeria, madrinha Maria de Santo Inacio

6-7 Joaquina aos 20-05-1810. Joaquina Cândida de São José

B7: Barbacena - Garambeo, aos 20-05-1810 Joaquina, f.l. de Francisco Jose do Bem e Bernardina Esmeria, padr.: Manoel Cou.to Portugal e Maria das Neves de Souza.

6-8 Anastácia Maria de Jesus, batizada em 16-02-1812.  Com 17 anos em 1829.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 1 (1810-1816) – Fl. 281 – Aos 16 de fevereiro de 1812, na Capela de Santana do Garambéu, filial desta matriz de Barbacena, o Pe. Joaquim Rodrigues de Souza, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Anastácia, inocente, filha legítima de Francisco José de Bem e de Bernardina Esméria. Foram padrinhos Francisco de Paula Rodrigues e Inácia Maria dos Santos, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

6-9 Luiza, batizada em 26-09-1813. Luiza Rosa de São José.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 2 (1813-1821) – Fl. 36v – Aos 26 de setembro de 1813, na Ermida de São Domingos, filial desta matriz da Borda do Campo, o Pe. Joaquim Cleto de Lana, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Luiza, inocente, filha legítima de Francisco José de Bem e de Bernarda Esméria. Foram padrinhos José Alves Garcia e Joaquina Antonia de São José sua mulher, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

6-10 José Francisco de Paula, com 13 anos em 1829.

6-11 Francisca Bernardina de Jesus, com 10 anos.

6-12 Maria, batizada aos 15-06-1825. Maria Bernardina de Jesus.

(Nilza Cantoni) Conceição de Ibitipoca, fls 32-verso - 15.07.1825 em São Domingos - Maria, filha de Francisco José do Bem e Bernardina Esméria do Sacramento.

 

7- Vital Antonio de Oliveira, batizado aos 14-05-1774 em Ibitipoca onde aos 08-03-1796 casou com Maria Narcisa de Jesus, filha de Bernardo da Costa de Mendonça e Maria Teresa de Jesus. Família “Bernardo da Costa de Mendonça”.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana; Matriz de Barbacena; Microfilme 1252364; Livro de Batismo Nº 2 (1771-1776)- Fl. 313 - Aos 14 de maio de 1774, na Capela da Senhora da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz da Borda do Campo, o Padre Manoel José da Costa, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Vital, filho legítimo de José Rodrigues Braga e de sua mulher Bernardina Caetano do Sacramento, foram padrinhos José Dutra e Francisca Maria do Sacramento, avó do batizado, todos desta freguesia, de que fiz este assento. O Vigário Feliciano Pitta de Castro.

 

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Conceição de Ibitipoca; Livro de casamentos (1751-1801) - Aos oito de março de mil setecentos e noventa e seis, o provisado reverendo Dr. Vigário da Vara desta Comarca Pedro José Pereira de Castro na Capela de Santana do Garambéu, Matriz da N As da Piedade de Barbacena, assisti ao Santo Sacramento do Matrimônio que contraíram Vital Antonio de Oliveira filho legítimo de José Rodrigues Braga e Bernardina Caetana do Sacramento e Maria Narcisa de Jesus filha legítima de Bernardo da Costa de Mendonça e de Maria Tereza de Jesus, ambos contraentes naturais e batizados nesta freguesia de Barbacena, foram testemunhas Francisco Alves Garcia e Francisco José Pinheiro Fernandes.

Pais de, q.d.:

7-1 Joaquim, batizado aos 28-01-1798.

B7: Barbacena - Garambeo aos 28-01-1798 Joaquim, f.l. de Vital Antonio de Olivr.ª e Maria Narciza de Jesus, padr.: Bernardo da Costa de Mendc.ª e Anastassia Adriana de Jesus.

7-2 Maria, batizada aos 29-04-1799.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 1 (1797-1809) - Fl. 42v – Aos 29 de abril de 1799, na capela de N. Sra. da Conceição de Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Maria inocente, filha legítima de Vital Antonio de Oliveira e de Maria Narciza de Jesus. Padrinhos: Francisco de Paula Rodrigues pp. que apresentou do Padre Joaquim Alves e Tereza Maria de Jesus, nasceu aos 25 de março, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

Jesus, nasceu aos 25 de março, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

7-3 Anastácia, aos 13-07-1800. Solteira em 1820.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 1 (1797-1809) - Fl. 67v – Aos 13 de julho de 1800, na capela de N. Sra. da Conceição de Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Anastácia inocente, filha legítima de Vital Antonio de Oliveira e de Maria Narciza de Jesus. Padrinhos: Manoel da Costa e bernardina Caetana do Sacramento, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

 

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 3 (1819-1824) – Fl. 74 – Aos 23 de abril de 1820, na Capela da Ibitipoca, o Pe. Joaquim Cleto de Lana batizou solenemente e pos os santos óleos a João, inocente, filho natural de Bárbara Maria da Trindade, branca. Foram padrinhos José Cardoso e Anastácia, solteira, filha de Vital Antonio de Oliveira, todos da aplicação, e, para constar mandei lavrar este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde

7-4 José, aos 15-11-1801.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 1 (1797-1809) - Fl. 98v – Aos 15 de novembro de 1801, na capela de N. Sra. da Conceição de Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a José inocente, filho legítimo de Vital Antonio de Oliveira e de Maria Narciza de Jesus. Padrinhos: Francisco José de Bem e Tereza de Jesus, todos desta freguesia, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

7-5 Vital, batizado aos 15-01-1804

B7: Barbacena - Batismos - Ibitipoca aos 15-01-1804 Vital, f.l. de Vital Antonio de Oliveira e Maria Narciza, padr.: João de Almeida Ramos e Anna, fa. de Jose Alves Garcia.

7-6 Joaquina, aos 10-12-1805

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 2 (1797-1809) - Fl. 228v – Aos 10 de dezembro de 1805, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Joaquina inocente, filha legítima de Vital Antonio de Oliveira e de Maria Narciza de Jesus. Padrinhos: José Alves de Mendonça e Ana Joaquina de São José, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

7-7 Vital, aos 13-06-1807.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 1 (1810-1816) – Fl. 296v – Aos 13 de julho de 1807, na Capela de Sª da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de Barbacena, o Pe. Manoel ______ de Vasconcelos, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Vital, inocente, filho legítimo de Vital Antonio de Oliveira e de Maria Narciza. Foram padrinhos Vicente Pires e sua mulher Ana de Oliveira, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

7-8 Maria, foi madrinha de Emerenciana, filha de uma escrava de sua avó:

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 2 (1813-1821) – Fl. 166v – Aos 21 de setembro de 1818, na Capela da Ibitipoca de Barbacena, o Pe.  Capelão José Ferreira Paiva, batizou solenemente e pos os santos óleos a Emerenciana, inocente, filha natural de Narciza, escrava de Bernardina Caetana. Foram padrinhos José Pereira da Rocha e Maria, filha de Vital Antonio, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde

7-9 Bernardina, aos 28-05-1810

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 4 (1803-1818) – Fl. 179 – Aos 28 de maio de 1810, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Bernardina, inocente, filha legítima de Vital Antonio de Oliveira e de Maria Narciza. Padrinhos: Antonio Rodrigues e Maria filha de Antonio Dias Portes, todos desta freguesia, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

7-10 Manoel, aos 07-05-1812

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 1 (1810-1816) – Fl. 268v – Aos 7 de maio de 1812, na capela da Sª da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz da Borda do Campo, o Pe. José Ferreira Paiva, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Manoel, inocente, filho legítimo de Vital Antonio de Oliveira e de Maria Narciza. Foram padrinhos Jacinto Gonçalves de Campos e D. Luiza Teodora de Castro, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

 

8- Francisco de Paula Rodrigues, batizado na Capela de Santa Rita aos 20-03-1776. Capitão Francisco aos 19-09-1798 casou com Constança Claudina da Costa, filha do Capitão João Rodrigues da Costa, natural da freguesia de S. Miguel das Marinhas Termo da vila de Espozende Arcebispado de Braga e Felicia Maria da Fonseca natural de Prados e falecida viúva aos 19-09-1810 (inventário neste site), neta paterna de Miguel Rodrigues da Costa e Ignacia Pires, neta materna de Luiz Marques da Fonseca, natural da vila de Santarem e de Rosa Maria de Bessa natural do Rio de Janeiro.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana; Matriz de Barbacena; Microfilme 1252364; Livro de Batismo Nº 1 (1771-1776) – Fl. 386v - Aos 20 de março de 1776, na Capela de Santa Rita, filial desta matriz da Borda do Campo, o Padre Lourenço da Costa ______, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Francisco, filho legítimo de José Rodrigues Braga e de Bernardina Caetana do Sacramento, foram padrinhos Pedro Barbosa da Costa, solteiro, e Francisca Maria, mulher de José Dutra, todos desta freguesia, nasceu a 13 do dito mês e ano, de que fiz este assento. O Vigário Feliciano Pitta de Castro.

 

B7: Casamento Capela Nossa Senhora da Conceição da ----, filial da matriz de Barbacena. Aos 19-09-1798 Francisco de Paula Rodrigues, f.l. de Jose Rodrigues Braga e de Bernardina Caetana do Sacramento; = Constancia Claudina da Costa, f.l. do Capitão João Rodrigues da Costa e de Felicia Maria da Fonseca.

 

B7: Batismos  Barbacena - Capela N. Sra. da Conceição aos 27-11-1769 IGNACIA, f.l. de João Rois da Costa natural da freguesia de S. Miguel das Marinhas Termo da vila de Espozende Arc. de Braga e de Felicia Maria da Fon.ca natural de Prados; np de Miguel Rois da Costa e Ignacia Pires, da mesma freguesia de S. Miguel das Marinhas; nm do Capitão Luiz Marques da Fon.ca natural da vila de Santarem e de D. Rosa Maria de Bessa natural do Rio de Janeiro. Padr.: Ldo. Sebastião Correa, solteiro.

 

Francisco de Paula já era falecido em 1844 (inventário da nora Francisca Claudina de Paula) e Constança Claudina faleceu aos 19-03-1852 (inventário neste site), tiveram 14 filhos sendo 13 vivos em 1852.

 

8-1 Francisco Rodrigues de Paula, batizado em 06-01-1799. Casou com Constancia Cândida de São Joaquim, filha de Jacinto Gonçalves Campos e Luisa Euqueria do Sacramento. 11 abaixo e família “Os irmãos Gonçalves Campos” II.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 1 (1797-1809) - Fl. 42 – Aos 6 de janeiro de 1799, na capela de N. Sra. da Conceição de Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Francisco inocente, filho legítimo de Francisco de Paula Rodrigues e de Constancia Claudina. Padrinhos: Luiz Rodrigues da Costa pp. que apresentou de João Rodrigues da Costa e Bernardina Caetana do Sacramento, nascida a 29 de dezembro, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

Pais de, q.d.:

8-1-1 Antonio, batizado aos 18-07-1824.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro 4 (1823-1829)  – Fl. 21v – Aos 18 de julho de 1824, na Capela do Ribeirão, filial desta matriz de Barbacena, o Pe. Manoel José de Oliveira, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Antonio, inocente, filho legítimo de Francisco de Paula e de Constança Maria. Foram padrinhos Antonio de Carvalho e Ana Joaquina, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

8-1-2 Constancio, aos 01-10-1826.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro 4 (1823-1829)  – Fl. 72v – Ao 1º de outubro de 1826, na Matriz de Barbacena, o Pe. Francisco Joaquim de Araújo, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Constancio, inocente, filho legítimo de Francisco de Paula e de Constança _______. Foram padrinhos Justino José Pereira e sua mulher Genoveva Rodrigues, desta freguesia, de que fiz este assento. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

8-2 Jacinto Honório (Rodrigues) de Paula, batizado aos 23-12-1813, casou duas vezes. Em primeiras nupcias com  Francisca Claudina de Paula, falecida aos 18-02-1842, filha de Jacinto Gonçalves Campos e Luisa Euqueria do Sacramento. Casou em segundas com Constancia (Moreira) Cândida de São Joaquim. Seu inventário foi aberto aos 22-09-1849 por sua segunda mulher que provavelmente era irmã de José Moreira Rodrigues, e de João Moreira Rodrigues tutores das órfãs, segundo o inventário de Jacinto. (neste site).

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 2 (1813-1821) – Fl. 43 – Aos 23 de dezembro de 1813, na Capela de Ibitipoca, filial de Barbacena, o Pe. José Ferreira Paiva, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Jacinto inocente, filho legítimo de Francisco de Paula Rodrigues e de Constança Claudina da Costa. Foram padrinhos Jacinto Gonçalves de Campos e Inácia Felizarda, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

Jacinto e Francisca tiveram:

8-2-1 Maria, com três anos em 1844 já era falecida em 1856. (não consta no inventário da avó paterna em 1852 nem na partilha paterna)

 

Jacinto e Constança tiveram:

8-2-2 Ana, nascida por 1843

8-2-3 Maria, por 1847

8-2-4 Umbelina, por 1849

 

8-3 José Antonio de Paula, batizado aos 02-10-1800. Casou com Antonia Madalena

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 1 (1797-1809) - Fl. 68 – Aos 2 de outubro de 1800, na capela de N. Sra. da Conceição de Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a José inocente, filho legítimo de Francisco de Paula Rodrigues e de D. Constancia Claudina da Costa. Padrinhos: o Capitão Manoel Rodrigues da Costa e Felícia Maria da Fonseca, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

8-4 Felício Rodrigues de Paula, batizado aos 29-06-1802. Casou com Umbelina Victoria de São José.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 1 (1797-1809) - Fl. 133 – Aos 29 de junho de 1802, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos Felício inocente, filho legítimo de Francisco de Paula Rodrigues e de Constancia Claudina da Costa. Padrinhos: Alferes José Rodrigues de Oliveira e D. Maria Jacinta da Costa, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

8-5 Inocência Claudina de São José, batizada aos 08-01-1804. Casou com Manoel Álvares da Cunha, filho do Tenente Coronel Francisco da Cunha de Carvalho e Ana Vitória Pereira. Filiação de Manoel no testamento do cunhado Antonio da Costa Velloso. Em 1852 eram moradores no distrito da Vila da Casa Branca, Província de São Paulo (família “Os irmãos Cunha de Carvalho - Carvalho da Cunha” Cap. 3º, -10, neste site )

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 1 (1797-1809) - Fl. 191 – Aos 8 de janeiro de 1804, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Inocência inocente, filha legítima de Francisco de Paula Rodrigues e de D. Constancia Claudina da Costa. Padrinhos: Luiz Rodrigues da Costa e Ana Tereza de São Pedro, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca-MG - aos 04 março 1829, 50 anos, c/test. Antonio da Costa Velloso cc Helena Álvares da Cunha, capela do Livramento.

F. leg. de Antonio da Costa e Ana Rodrigues, falecidos, n. freg. Aiuruoca.

Testamenteiros: 1- m/mulher Helena Álvares da Cunha; 2- Cap. João Rodrigues d'Oliveira; 3- Ten. Francisco Álvares da Cunha.

no texto:

-a m/afilhada Emerenciana, f. de meu cunhado e compadre Alf. Manoel Álvares da Cunha.

Não tenho herdeiros forçados, herdeira minha mulher. Livramento de Aiuruoca 11 outubro 1827. Registrado --- ---- 1829.

 

Igreja N.Sra. da Conceição, Aiuruoca-MG - aos 22 set 1808  - Livramento - Antonio da Costa Velloso, f.l. de Antonio da Costa Velloso e Anna Maria de Jesus, n. e  b. freg. de Itajubá, bisp. de SP; c/ D. Helena Elydora de São Joseph, f.l. do Ten. Cel. Francisco da Cunha de Carvalho e D. Anna Victoria, n. e b. nesta freguesia.

 

Pais de, q.d.:

8-5-1 Francisco, batizado na Capela do Livramento, filial de Aiuruoca aos 24-03-1822, foram seus padrinhos os avós maternos Francisco de Paula Rodrigues e sua mulher Constança Claudina da Costa.

8-5-2 Emerenciana, batizada na Capela do Livramento, aos 23-10-1822, seus padrinhos Antonio da Costa Velloso e Floriana Rosa Moreira mulher do Tenente Francisco Álvares da Cunha.

8-5-3 José, batizado na Capela de Serranos aos 13-04-1825. Foram seus padrinhos José Venâncio de Carvalho da freguesia de Carrancas, e D. Theresa Alves da Cunha mulher de José Alves da Cunha.

 

8-6 João de Paula Rodrigues, batizado em Ibitipoca aos 21-06-1805. Casou  com Luiza Lidoria de São José

Barbacena - batismos -Ibitipoca aos 21-06-1805 João, f.l. de Francisco de Paula Roiz e D. Constancia Claudina, padr.: Joaquim Roiz Frz e Bernardina Caetana do Sacramento.

8-7 Ana Helena, batizada aos 11-12-1806. Casou com Francisco Rodrigues da Cunha.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 2 (1797-1809) - Fl. 265 – Aos 11 de dezembro de 1806, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Ana inocente, filha legítima de Francisco de Paula Rodrigues e de Constancia Claudina. Padrinhos: João Gonçalves Pires e Maria Perpétua pp de D. Joana Josefina de Mello, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. Agostinho Pitta de Castro.

8-8 Miguel de Paula Rodrigues, casado com Constança Carolina de São José.

 

8-9 Joaquim Carlos de Paula, casado com Teresa Angélica de Villela.

 

8-10 Joaquina de Paula, casada com seu primo Vital Antonio de Campos, batizado aos 10-02-1805, filho de Jacinto Gonçalves Campos e Luisa Euqueria do Sacramento (10 abaixo)

Barbacena - batismos - Boas Vista aos 10-02-1805 Vital. f.l. de Jacinto Glz Campos e Luisa Euqueria do Sacramento, padr.: Joaquim Roiz Frz. e D. Bernardina Caetana.

 

8-11 Francisca Cândida, casada com Manoel Theodoro Rodrigues.

 

8-12 Umbelina de Paula, batizada aos 20-10-1819. Casou com José Jacinto de Campos, moradores no  Arraial de São José dos Ilhéus, cidade de Barbacena, filho de Jacinto Gonçalves Campos e Luisa Euqueria do Sacramento 11 abaixo.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 2 (1813-1821) – Fl. 201v – Aos 20 de outubro de 1819, na Capela da Ibitipoca de Barbacena, o Pe. Joaquim Cleto de Lana batizou solenemente e pos os santos óleos a Umbelina, inocente, filha legítima de Francisco de Paula Rodrigues e de Constancia Claudina da Costa. Foram padrinhos Manoel Pires Mondim e Maria Narciza, casada. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

8-13 Luis José de Paula, batizado aos 11-04-1811. Casou com Ana Joaquina de Campos, nascida por 1825 (irmã de Constancia e Francisca Claudina 8-1 e 8-2 supra) filha de Jacinto Gonçalves Campos e Luisa Euqueria do Sacramento.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº 2 (1813-1821) – Fl. 20v – Aos 11 de abril de 1811, na capela da Ibitipoca, filial desta matriz da Borda do Campo, o Pe. José Ferreira Paiva Capelão, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Luiz, inocente, filho legítimo de Francisco de Paula Rodrigues e de Constância Claudina da Costa. Foram padrinhos Francisco Rodrigues de Paula e Joaquina Antonia de São José, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

8-14 Ignácia Felisarda de Paula, casada com Simplicio Ferreira Campos, nascido cerca de 1817, filho de Jacinto Gonçalves Campos e Luisa Euquéria do Sacramento. Família “Os irmãos Gonçalves Campos” II.

8-15 Manoel, batizado aos 17-04-1809. Não comparece nem é representado nos inventários dos pais.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Arquivo da Cúria Arquidiocesana de Mariana – microfilme 1252365 – Livro 4 (1803-1818) – Fl. 129v – Aos 17 de abril de 1809, na capela da Sra. da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz de N. Sra. da Piedade da Borda do Campo, o Padre José Ferreira Paiva, de licença minha batizou e pos os santos óleos a Manoel, inocente, filho legítimo de Francisco de Paula Rodrigues e de Constancia Claudina. Padrinhos: João Gonçalves Dias pp. que mostrou José Martins de Andrade e Angélica Bebiana, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig. José Joaquim Ferreira Armonde.

8-16 Antonio, batizado aos 18-07.1824. Não comparece nem é representado nos inventários dos pais.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana, Paróquia de Barbacena, microfilme 1252366, Livro Nº  4 (1823-1829)  – Fl. 21v – Aos 18 de julho de 1824, na Capela do Ribeirão, filial desta matriz de Barbacena, o Pe. Manoel José de Oliveira, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Antonio, inocente, filho legítimo de Francisco de Paula e de Constança Maria. Padrinhos: Antonio de Carvalho e Ana Joaquina, de que mandei fazer este assento, que assinei. O Vig.

José Joaquim Ferreira Armonde.

9- Joaquim Rodrigues Fernandes, sargento, batizado em Ibitipoca aos 13-09-1782, tendo por padrinhos José Alves Garcia e Antonia Teresa de São Pedro.

B7: Batismos Barbacena - Ibitipoca aos 13-09-1782 JOAQUIM, f.l. de Joze Roiz Braga e s/m Bernardina Caetana do Sacramento. Padr.: Joze Alves Garcia e Antonia Thereza de S. Pedro mulher de Francisco Alves Garcia. Lançado aos 15-12-1806.

 

10- Anacleta Felisbina do Sacramento, batizada aos 01-05-1778. Casou com o Capitão Francisco de Arantes Cunha, filho do Capitão Antonio de Arantes Marques e Ana da Cunha de Carvalho. Geração na família “Bernarda Dutra da Silveira” Cap. 2º, § 1º.

(pesq. Paulo Ribeiro Luz) Cúria Arquidiocesana de Mariana; Matriz de Barbacena; Microfilme 1252364; Livro de Batismo Nº 3 (1776-1780) – Fl. 464 - Aos primeiro de maio de 1778, na Capela da Senhora da Conceição da Ibitipoca, filial desta matriz da Borda do Campo, o Padre Agostinho Machado dos Santos, de licença minha batizou solenemente e pos os santos óleos a Anacleta, filha legítima de José Rodrigues Braga e de Bernardina Caetano do Sacramento, foram padrinhos Francisco Caetano da Costa Braga e Catarina Maria do Espírito Santo, mulher de Gregório José Alves, de que fiz este assento. O Vigário Feliciano Pitta de Castro.

 

11 Luisa Euquéria do Sacramento, aos 29-04-1804 casou com Jacinto Gonçalves Campos falecido em Barbacena aos 06-07-1828 (inventário neste site). Geração na família “Os irmãos Gonçalves Campos” II.

Casamento Capela Ibitipoca - Aos 29-04-1804 Jacinto Glz Campos, f.l. de Dionisio Glz Campos e de Teresa Maria de Jesus, n/b na capela ----; e Luiza Euqueria do Sacramento, f.l. de Jose Roiz Braga e Bernardina Caetana, n/b capela Ibitipoca.

 

12- Maria Angélica de Santo Ignacio (ou de Jesus), casada com Manoel Alves Antunes. Maria Angélica, falecida em abril de 1810, foi representada no inventário materno por seus nove filhos:

Barbacena, MG no mes de Abril de 1810 faleceu Maria Angelica de Santo Inacio, casada com Manoel Alves Antunes. sepultada na capela do Garambeu filial desta matriz.

12-1 José Alves, batizado aos 07-04-1793. Estava casado em 1825

Barbacena -batismos - Ibitipoca aos 07-04-1793 Joze, f.l. de Manoel Alz. Antunes e Maria Angelica, padr.: Joze Roiz Braga e Catarina Maria do Esp.to S.to.

12-2 Manoel Alves Garcia, batizado aos 13-09-1796. Estava casado em 1825.

B7: Barbacena - Ibitipoca aos 13-09-1796 Manoel, f.l. de Manoel Alz Antunes e Maria Angelica, padr.: Jose Mrz Garcia e Bernardina Caetana do Sacramento.

12-3 Joaquim Alves, casado

12-4 Anna Esméria, casada com José Joaquim dos Reis Ferreira

12-5 João Alves, 23 anos

12-6 Julia Maria, 20 anos

12-7 Francisco de Paula, batizado aos 07-04-1805.

Barbacena - batismos -Garambeu aos 07-04-1805 Francisco, f.l. de Manoel Alves Antunes e Maria Angelica, padar.: Francisco de Paula e Sza. e Genovefa Candida Mendes.

12-8 Marianna Jesuína, 17 anos

12-9 Francisca Angélica, casada com Higino Rodrigues dos Santos

 

13 Manoel, batizado em Ibitipoca aos 14-10-1770, sendo seus padrinhos Manoel Gonçalves Correa, casado e Joaquina Antonia de Oliveira, solteira. Faleceu aos 09-03-1784.

Batismos  Barbacena - Ibitipoca aos 14-10-1770 MANOEL, f.l. de Joze Roiz Braga, *natural da freguesia da Borda do Campo; np de João Frz e Benta Roiz naturais da mesma freguesia de S. Martinho; nm de José Dutra e Francisca Maria do Sacramento naturais da Ilha do Faial freguesia de N. Sra. da Luz Bispado de Angra. Padr.: Manoel Glz Correa, casado e Joaquina Antonia de Oliveira, solteira.

* não colocaram o nome da mãe, provavelmente esta nascida na Borda do Campo.

 

B7: óbitos - Igreja Nossa Senhora da Piedade (Barbacena-MG) aos 09-03-1784 fal. Manoel, f. de Jose Rodrigues Braga, sep. Cap. N. Sra. da Ibitipoca.

 

 

__________________________________________________________________________________________

 

Ascendência de José Rodrigues Braga

 

Vinicius da Mata Oliveira

 

1- José Rodrigues Braga, era natural da freguesia de Moure, no concelho de Vila Verde, distrito de Braga, onde nasceu aos 05-09-1718 e foi batizado aos 11 do mesmo mês.

Paroquia de S. Martinho, Moure, Vila Verde, Braga. Joseph filho de João Fernandes e de sua mulher Benta Rodrigues lavradores e moradores no lugar da gandra desta freguesia de São Martinho do Couto de Moure. Nasceu aos 05-09-1718 e foi por mim o Padre Manoel Brandão Coelho pároco perpétuo desta Igreja solenemente baptizado aos onze do dito mês e era, foram padrinhos Manoel solteiro filho de Constantino Alv.es da Ribeira e Constantina Vieira solteira de Penide e todos desta freguesia de São Martinho do Couto de Moure. Manoel Brandão Coelho.

 

PAIS

 

2- João Fernandes, faleceu aos 17-02-1729. Foi casado aos 30-11-1710 com:

Paroquia de S. Martinho, Moure, Vila Verde, Braga. Aos 30-11-1710 corridos os banhos na forma do Sagrado Concílio Tridentino e Const. deste Arcebispado se receberam em minha presença e das testemunhas abaixo nomeadas e assinadas nesta Igreja de São Martinho do Couto de Moure João Fernandes filho legítimo de Manoel Fernandes do lugar da Mó,e de sua primeira mulher Maria Gonçalves já defunta, com Benta Rodrigues filha legítima de João Rodrigues já defunto, e de sua mulher Luísa Gonçalves do lugar da gandra todos desta freguesia. Não tiveram bênçãos por ser no advento. Foram testemunhas Manoel Fernandes da Mó, Bento Fernandes da Gandra, Francisco Gonçalves de Moure, todos desta freguesia e por verdade fiz este que assinei em Moure dia mês e ano ut supra. Joseph Fragoso Ribº.

 

Paroquia de S. Martinho, Moure, Vila Verde, Braga. Aos 17-02-1729 faleceu de vida presente com todos os sacramentos João Fernandes lavrador e morador no lugar da Mó desta freguesia de São Martinho do Couto de Moure fez testamento verbal no qual deixou três ofícios cada um de dez padres e de nove, ficou duas missas no altar de São Pedro de Rates rezados privilegiados na Cidade de Braga e sete também rezadas nesta sua Igreja de Moure isto tudo por uma vez somente, foi amortalhado em lençol e foi por mim sepultado ao outro dia de seu falecimento dentro desta Igreja abaixo do altar de Nossa Senhora do Rosário deixou a sua mulher e filhos por herdeira e testamenteira e para constar fiz este assento que assinei, dia, mês, ano ut supra. O pároco desta Igreja de São Martinho do Couto de Moure. Manoel Brandão Coelho.

 

3- Benta Rodrigues, faleceu aos 24-05-1742.

Paroquia de S. Martinho, Moure, Vila Verde, Braga. Aos 24-05-1742 faleceu de vida presente com todos os sacramentos Benta Rodrigues mulher que foi de João Fernandes já defunto lavrador e morador no lugar da Mó desta freguesia de São Martinho do Couto de Moure ___, fez testamento público com sete testemunhas o qual se transladara no livro de testamentos desta freguesia e foi seu corpo envolvido em uma túnica de São Francisco fez-lhe sepultura eclesiástica ao outro dia de seu falecimento foi sepultada dentro da Igreja principal desta freguesia e para constar fiz este assento que assinei era ut supra. O Pe. M.el Gil.

 

AVÓS

4- Manoel Fernandes era natural da freguesia de Santiago de Carreiras, onde foi batizado aos 13-05-1657 e faleceu aos 31-12-1720., Casou-se em Moure aos 02-02-1677 com:

Santiago de Carreiras, Vila Verde, Braga. Aos 13-05-1657 o Pe. Bernardo Rebello coadjutor desta fr.ga de S. Tiago de Carreiras baptizei a M.el fº de Pº. F.rz e de sua m.er Isabel Soares. Farão p. João D.os e Mª. de Castro e por verdade assinei ut supra. Bernardo Rebello.

 

Paroquia de S. Martinho, Moure, Vila Verde, Braga. Aos 02-02-1677 se receberam em minha presença M.el F.rz fº. de Pº. F.rz e de sua m.er Isabel Soares da fr.ga de S. Tiago de Car.ras com Mª. G.lz fª de Felipe G.lz e de sua m.er C.na G.lz desta fr.ga corridos os banhos na forma do Sag. Conc. Trid. Estando por t.tas João F.rz, Jácome Dias e mais fr.ges desta fr.ga dia mês ano ut supra. D.gos Lopes de Passos.

 

Paroquia de S. Martinho, Moure, Vila Verde, Braga. Aos 31-12-1720 faleceu de vida presente com todos os sacramentos Manoel Fernandes viúvo do lugar da Mó desta freguesia de São Martinho do Couto de Moure e ao outro dia de seu falecimento foi por mim sepultado dentro desta Igreja abaixo do púlpito. Fez testamento verbal no qual deixou três ofícios presente mês e ano cada um de dez padres de nove lições por uma vez somente e cinco missas rezadas a saber duas a Nossa Senhora do Rosário duas a São Sebastião e uma as almas, também por uma vez somente e para constar fiz este assento que assinei em Moure dia, mês, ano, ut supra. Manoel Brandão Coelho.

5- Maria Gonçalves, faleceu aos 19-04-1703.

Paroquia de S. Martinho, Moure, Vila Verde, Braga. Aos 19-04-1703 faleceu Maria G.lz m.er de M.el F.rz da Torre do lugar da Caraceira desta fr.ga com todos os sacram.tos. Foi sepultada no adro de frente da porta aos vinte dias do mês. Fiz e assinei este em Moure dia ut supra. Joseph Fragoso Ribº.

 

6- João Rodrigues, já falecido em 30-11-1710.

7- Luísa Gonçalves, falecida aos 06-11-1723, foi primeira vez casada com Bento Fernandes da gandra.

Paroquia de S. Martinho, Moure, Vila Verde, Braga. Aos 06-11-1723 faleceu de vida presente com sacramento da penitência da Eucaristia e não recebeu a extrema unção por morrer de repente Luísa Gonçalves viúva segunda de João Fernandes da Mó e de Bento Fernandes da gandra tinha feito testamento quando casou as filhas no qual deixou três ofícios cada um de dez padres dia mês ano e duas missas a São Pedro de Rates por uma vez somente e nada mais, e ao outro dia de seu falecimento foi por mim sepultada a porta desta Igreja de São Martinho da Câmara do Couto de Moure da parte de fora e amortalhada em lençol, declaro que foi sepultada a porta principal da parte de fora e para constar fiz este assento que assinei em Moure dia, mês, ano, era ut supra. Manoel Brandão Coelho.

A margem: Seus genros Bento Frz e João Frz lhe mandaram fazer prot. de des p----/ fizeram  2 de des ps.// fizeram 3º --- dee 10 p.es// tem satisfeito e t em quitação.

 

BISAVÓS

8- Pedro Fernandes, faleceu aos 16-05-1706. Casou-se na freguesia de Santiago de Carreiras em 01-05-1644 com a viúva:

Santiago de Carreiras, Vila Verde, Braga. Ao 01-05-1644 recebi eu Amador de Araújo abbe. Nesta Igr.a de São Tiago de Carr.as a Pº. F.rz da fr.ga de São Martinho de Moure com Isabel Soares mulher que foi de Baltazar Dias dos Barqueiros e foram t.as os fr.ges por ser em dia santo e por verdade fiz e assinei era ut supra. Amador de Araújo.

 

Santiago de Carreiras, Vila Verde, Braga. Aos 16-05-1706 faleceu de vida presente Pedro Fernandes viúvo dos Barqueiros foi sepultado nesta Igreja, fez testamento no dote que fez a sua filha Ana Soares em que depois lhe fizessem três ofícios de oito padres cada um no dia de seu enterro e no meio do ano e no fim uma missa a São Pº. de Rates na cidade de Braga de que fiz este assento e assinei. O Abbe Pº. Fr.co Coelho.

9- Isabel Soares, falecida aos 03-12-1688, foi casada primeira vez com Baltazar Dias.

Santiago de Carreiras, Vila Verde, Braga. Aos 03-12-1688 faleceu Isabel Soares das Barqueiras com todos os sacramentos não fez testamento por verdade assinei o abbe Ignácio Lopes de Az.do era ut supra.

 

10- Felipe Gonçalves, faleceu na freguesia de Moure aos 21-07-1686.

Paroquia de S. Martinho, Moure, Vila Verde, Braga. Aos 21-07-1686 faleceu Felipe Gonçalves do lugar da Mó com todos os sacramentos foi sepultado no adro. D.gos Lopes de Passos.

11- Catarina Gonçalves.