PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

 

Antonio Borges da Costa

(atualizado em 12-janeiro-2017)

 

 

Bartyra Sette

 

 

Alferes Antonio Borges da Costa e Maria Gonçalves foram moradores na Freguesia de São Pedro de Athey da Comarca de Chaves, Arcebispado de Braga, onde tiveram filhos.

 

Não sabemos se o casal veio para o Brasil, mas seguramente vários de seus filhos aqui viveram e casaram, povoadores que foram da região de Guarapiranga e Campanha-MG, onde encontramos:

 

1- Miguel Borges da Costa, natural de S. Pedro de Atei Arcebispado de Braga casou com Tomasia Gonçalves de Moraes, natural de Guarapiranga-MG, filha de Custódio Gonçalves Nogueira natural de Chamoim Arc. de Braga e Ana de Moraes Sodre, da Ilha de S. Sebastião-SP, estes já falecidos em setembro de 1760 (batismo de 3-3)

 

1-1 Maria da Conceição, natural de Guarapiranga, casou com Antonio Martins da Costa, natural de S. André do Sobrado Bispado do Porto, filho de Antonio Martins da Costa e Maria Pinta. Antonio Martins era irmão do Alferes Tomé Martins Ribeiro casadoprimeira vez com Maria Inácia de Jesus, geração em aporteà GP: ”Maria Barbosa de Lima - SL. VIIº, 428, 6-2, e casado segunda vez com Antonia Marcelina da Silva com geração na família “Maria Alves da Porciuncula”.

          Maria, viúva, faleceu na Campanha com 58 anos e foi sepultada na matriz:

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 23-01-1804 foi sepultada nesta matriz Maria da Conceição, viuva de Antonio Martins morador em S. Bento. Faleceu de 58 anos de febre.

1-1-1 Antonio Martins da Costa batizado na Campanha em 25-12-1763. Aos 30-06-1801 casou com Quiteria Maria do Carmo (de Jesus ou da Conceição), filha de José Cardoso da Silva e Mariana de Jesus, neta paterna de Bartolomeu Cardoso Monteiro e Maria de Jesus, neta materna de Pedro Ferreira Pires e Quiteria Alves de Jesus - família “Manoel Alves Taveira”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 25-12-1763 Antonio, f.l. Antonio Martins da Costa n/b na freg. de N. de S. Andre de Sobrado Bispado do Porto e Maria da Conceição n/b na freg. de Guarapiranga deste bispado, np Antonio Martins da Costa, falecido e Maria Pinta, maternos Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves a qual foi a madrinha e o padrinho o Cap. João Martins Ribeiro.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 30-06-1801 nesta matriz Antonio Martins, f.l. Antonio Martins da Costa e Maria da Conceição, n/b nesta matriz = cc Quiteria Maria da Conceição f.l. de Jose Cardoso da Silva e Mariana de Jesus, n/b na freg. de Santana das Lavras.

Antonio e Quiteria tiveram os filhos batizados em Campanha, q.d.:

1-1-1-1 Prudenciana em 27-05-1802.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 27-05-1802 nesta matriz bat a Prudenciana, f.l. de Antonio Martins e Quiteria Maria do Carmo, foram padrinhos Jose Cardoso da Silva, fregues da Lavras do Funil e Maria da Conceição avó d batizada.

1-1-1-2 Maria em 12-08-1804.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 12-08-1804 nesta matriz da vila da Campanha da Princesa bat a Maria, branca, f. de Antonio Martins a Costa e Quiteria Maria de Jesus, foram padrinhos Antonio Francisco da Silva e Ana Vitoria do Carmo.

1-1-2 Manoel, em 13-04-1766

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 13-04-1766 Manoel, f.l. Antonio Martins da Costa n. freg. de S. Andre do Sobrado Bispado do Porto e Maria da Conceição n. da freg. de N. S. da Conceição de Guarapiranga bispado de Mariana, padr.: Tome Martins Ribeiro, solteiro e Ana Gonçalves mulher de Jose Ferreira do Amaral. Avos pat. Antonio Martins da Costa, falecido e Maria Pinta, nts da mesma freg. de S. Andre do Sobrado, maternos Miguel Borges da Costa n. de S. Pedro de Atei Arc. Braga e Tomasia Gonçalves de Moraes n. d freg. de Guaapiranga.

1-1-3 Maria Angelica de Jesus batizada em 16-04-1769. Aos 30-08-1794 casou com José Rodrigues Cobra, filho de Bernardo da Cunha Cobra e Ana Izabel de Gouvea, neto paterno de Domingos Rodrigues Cobra e Antonia Maria de Jesus, neto materno de Manoel Nunes de Gouvêa e Maria Rosa Leme do Prado. Geração na família “Manoel Nunes de Gouvea”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 16-04-1769, Maria de quatorze dias, f.l. Antonio Martins da Costa n. da freg. Santo Andre do Sobrado Bispado do Porto comarca de Penafiel do Conselho de Aguiar de Souzas e Maria da Conceição n. da freg. Guarapiranga deste bispado, np Antonio Martins da Costa e Maria Pinta, falecidos, maternos Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves. Padr.: Jose Ferreira do Amaral, e Josefa filha de Miguel Borges.

1-1-4 Quitéria Maria da Conceição batizada em 14-07-1771. Aos 24-05-1804 casou com João Rodrigues de Azevedo, natural as Lavras do Funil, filho de Manoel Rodrigues de Azevedo e Catarina Antonia de Souza. Geração na família “Antonio Borges”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 14-07-1771 matriz, Quiteria de doze dias, f.l. Antonio Martins da Costa n. da freg. de Santo Andre do Sobrado Bispado do Porto e Maria da Conceição n. freg. Guarapiranga deste bispado de Mariana, avos pat. Antonio Martins da Costa e Maria Pinta, maternos Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves. Padr.: Quiteria filha desta e o L.do Manoel Antonio de Sampaio.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 24-05-1804 nest matriz da vila da Campanha da Princesa se receberam João Rodrigues de Azevedo, f. de Manoel Rodrigues de Azevedo e Catarina Antonia de Souza, bat. nas Lavras do Funil = cc Quiteria Maria da Conceição, f. de Antonio Martins da Costa e Maria da Conceição, natural desta fregusia e nela batizada.

1-1-5 Isidoro Martins da Costa foi batizado aos 28-10-1774. Aos 28-08-1792 casou com Maria Vilhena de Paiva, filha de José de Paiva e Silva e Izabel Nunes de Siqueira, família “Paiva” Cap. 2º, § 6º.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio nesta matriz bat a Isidoro, f.l. Antonio Martins da Costa n. da freguesia de Santo Andre do Sobrado Bispado de Arrifama de Souza, em algum termo do Bispado do Porto e de s/m Maria da Conceição nat a freg. de Guarapiranga deste bispado; foram padrinhos Pantaleão Dias, solteiro e Luiza Borges de Moraes, solteira filha de Miguel Borges da Costa. Avos paternos Antonio Martins da Costa e Maria Pinta, ja defuntos, maternos Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio [Izidoro Miz da Costa com M.ª Vilhena de Paiva] aos 28-08-1792 nesta matriz Izidoro Miz da Costa, f.l. de Antonio Miz da Costa e Maria da Conceição, n/b nesta freguesia da Campanha do Rio Verde = cc Maria Vilana de Paiva, f.l. de Jose de Paiva e Silva e Izabel Nunes de Siqueira, n/b na freg. da Aiuruoca deste mesmo bispado.

         Isidoro faleceu de desastre aos 26 anos e foi sepultado em 07-12-1802.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 07-12-1802 foi sepultado dentro a igreja nova Izidoro Martins, casado. Morreu de desastre e de idade 26 anos.Morador em S. Bento e Antonio Martins se obrigou a pagar.

Maria Vilhena e Isidoro tiveram os filhos, q.d.:

1-1-5-1 Ana batizada em 17-02-1794 e falecida em agosto de 1795.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 17-02-1794 bat a Ana, f. de Antonio(sic) Martins da Costa e Maria Vilania de Paiva, foram padrinhos Jose de Paiva e ilva e Ana Joaquina, filha de Bonifacio Borges da Costa.

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 13-08-1795 foi sepultada no adro desta matriz a inocente Ana, filha de Izidoro Miz da Costa.

1-1-5-2 Francisco de Paula batizado em 10-02-1796.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 10-02-1796 neta matriz bat a Francisco de Paula, f.l. de Izidoro Martins da Costa, n. da Campanha e de Maria Vilania d Paiva n. da freguesia da Aiuruoca, np de Antonio Miz e Maria da Conceição, nm de Jose de Paiva e Izabel Nunes. Foram padrinhos o Alf. Manoel de Paiva e Silva e a dita Izabel Nunes.

1-1-6 João, em 13-05-1784, gêmeo. Foi seu padrinho seu irmão Manoel.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 13-05-1784 nesta matriz da Campanha bat a Joam, gemeo de nove dias, f.l. Antonio Martins da Costa, da freguesia de S.to Andre do Sobrado da comarca de Peanfiel do Bispado do Porto e Maria da Conceição, n. da freguesia de Piranga deste bispado, npaternos de Antonio Martins da Costa e Maria Pinta, e nmaternos de Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves. Foram padrinhos Manoel, filho do dito Antonio Martins, e Ana filha de Jose Ferreira do Amaral.

1-1-7 Ana, gêmea de João supra citado, foram padrinhos seus irmãos Antonio e Maria.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 13-05-1784 nesta matriz da Campanha bat condicionalmente por ter sido batizada em casa, a Ana, gemea de nove dias, f.l. Antonio Martins da Costa, da freguesia de S.to Andre do Sobrado da comarca de Peanfiel do Bispado do Porto e Maria da Conceição, n. da freguesia de Piranga deste bispado, npaternos de Antonio Martins da Costa e Maria Pinta, e nmaternos de Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves. Padrinhos Antonio e Maria, filhos do dito Antonio Martins pai do batizado.

1-1-8 Bernardo da Costa aos 01-07-1801 casou com Ana Custodia do Carmo, filha de José Cardoso da Silva e Mariana de Jesus, neta paterna de Bartolomeu Cardoso Monteiro e Maria de Jesus, neta materna de Pedro Ferreira Pires e Quiteria Alves de Jesus - família “Manoel Alves Taveira”.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 01-07-1801 nesta matriz Bernardo da Costa, f.l. Antonio Martins da Costa e Maria da Conceição, n/b nesta matriz = cc Ana Custodia do Carmo f.l. de Jose Cardoso da Silva e Mariana de Jesus, n/b na freg. de Santana das Lavras.

1-2 Bonifácio Borges da Costa, natural de Guarapiranga, casou com Maria Joaquina de Gouvea, natural da Campanha, filha de Bernardo da Cunha Cobra e Ana Izabel de Gouvea, família “Sargento Mor Manoel Nunes de Gouvea”, neste site.

Maria Joaquina faleceu, viúva, com 60 anos declarados e foi sepultada aos 20-06-1814.

Campanha, MG aos 26-06-1814 falecendo de malina de idade de sessenta anos Maria Joaquina, branca, viuva de Bonifacio Borges da Costa, foi sepultada dentro da capela do Rio Verde.

Pais de, q.d.:

1-2-1 Maria, batizada na Campanha em 13-01-1771. Maria Joaquina de Gouvea, solteira, testou na Freguesia do Rio Verde em 29-04-1836 e faleceu em 10-12-1840. Deixou diversos legados e por herdeira a sobrinha Maria Cândida

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 13-01-1771 Maria de onze dias, f.l. Bonifacio Borges n. freg. Guarapiranga e Maria Joaquina n. desta freguesia, np Miguel Borges e Tomasia Gonçalves, maternos Bernardo da Cunha Cobra e Ana Izabel de Gouvea. Padrinhos esta e o Revdo Manoel Afonço Pereira.

 

CPA02, Lv. 15º  de Testamentos - Campanha da Princesa 1837-1838;

Registro do testamento com que faleceu Maria Joaquina de quem é testamenteiro Manoel Borges da Costa = falecida aos 10-12-1840

Eu, Maria Joaquina, f.l. de Bonifacio Borges da Costa e D. Maria Joaquina de Gouveia, já falecidos, n. da vila da Campanha.

Testamenteiros 1º Francisco Borges, 2º meu irmão Manoel Borges, 3º Manoel Marcolino.

Deixo por minha universal herdeira, por não ter herdeiros necessários, a minha sobrinha Maria Candida, filha de minha irmã Jeronima.

Legados: a minha sobrinha Joana, f. de Jeronima minha irmã 20$000; a m/sobrinha Rita, irmã das outras, filhas de minha irmã Jeronima; a minha irmã Jeronima 20$000; a Maria Joaquina, enjeitada da falecida minha mãe 20$000.

Freguesia do Rio Verde 29-04-1836 Maria Joaquina

Aprovação 29-04-1836

Abertura 10-12-1840

Desistencia 24-12-1840 Francisco Borges da Costa

Aceitação 25-12-1840 Alferes Manoel Borges da Costa, sendo nomeado 2º testamenteiro de sua irmã D. Maria Joaquina de Gouveia

1-2-2 Bonifácio, em 15-08-1772.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 15-08-1772 Bonifacio, f.l. Bonifacio Borges da Costa e Maria Joaquina de Gouvea, ele n. da freg. de Piranga e ela n. desta, padr.: Domingos Borges da Costa, casado e Tomasia Gonçalves mulher de Miguel Borges da Costa avos paternos do mesmo batizado; maternos D. Ana Izabel de Gouvea, viuva e Bernardo da Cunha Cobra

1-2-3 Ana, batizada em 10-08-1774.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 10-08-1774 nesta matriz batizei e puz os santos oleos a Ana, f.l. Bonifacio Borges da Costa, natural da freguesia de Guarapiranga e Maria Joaquina de Gouvea natural desta freguesia. Avós paternos Miguel Borges e Tomasia Gonçalves, maternos Bernardo da Cunha Cobra e D. Ana Izabel de Gouvea. Foram padrinhos Jose Ferreira do Amaral e Jeronima Maria mulher de Henrique da Costa.

1-2-4 Manoel Borges da Costa, batizado em 28-07-1776

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 28-07-1776 nesta matriz batizei e puz os santos oleos a Manoel, f.l. Bonifacio Borges da Costa, natural da freguesia de Guarapiranga e Maria Joaquina de Gouvea natural desta freguesia. Avós paternos Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves. Foram padrinhos Josefa, filha destes e Antonio Martins da Costa..

Aos 30-05-1799 casou com Ana Francisca de Jesus, filha de João Antonio da Fonseca Alvarenga e Francisca Teresa de Jesus, neta paterna de Domingos Francisco e Maria Rodrigues, neta materna de Diogo Garcia e Julia Maria da Caridade, família “Diogo Garcia”.

B7: Campanha-MG - casamentos - aos 30-05-1799 Capela Corações de Jesus Maria e Jose, Manoel Borges da Costa, f.l. de Bonifacio Borges da Costa e Maria Joaquina de Gouvea; = Anna Francisca de Jesus, f. de João Antonio da Affonseca e Francisca Teresa de Jesus. Ambos nts/bts nesta.

Pais de, q.d.:

1-2-4-1 Francisca, nascida por 1799.

Campanha, MG Livro de Suplementos no ano de 1799, pouco mais ou menos, na capela do Rio Verde bat a Francisca, f.l. de Manoel Borges da Costa e Ana Francisa de Jesus; foram padrinhos o Guardamor João Antonio da Fonseca e D. Brigida ------ de Jesus.

1-2-4-2 Maria batizada em 31-05-1801.

Campanha, MG aos 31-05-1801 na ermida dos Santissimos Corações bat a Maria, f.l. Manoel Borges da Costa e Ana Francisa de Jesus; foram padrinhos Bonifacio Borges e Maria Joaquina.

1-2-4-3 Joana em 09-11-1807.

Campanha, MG aos 09-11-1807 na capela dos Santissimos Corações bat a Joana, f.l. Manoel Borges da Costa e Ana Francisa de Jesus; foram padrinhos Manoel Dias da osta e D.Maria Vitoria de Jesus.

1-2-4-4 Alexandrino faleceu com quatro anos e foi sepultado aos 02-02-1813.

Campanha, MG aos 02-02-1813 foi sepultado Alexandrino, branco, de idade de quatro anos, filho de Manoel Borges da Costa.

1-2-4-5 Feliciana Maria de Jesus, faleceu com testamento aos 25-05-1894. Viúva de Antonio Joaquim da Silva Lemes, de cujo casal ficaram os filhos: “Manoel = Joanna = Izabel = Antonio = Claudio = Maria = Feliciana = e Joaquim. Tivemos mais uma filha de nome Anna, que foi cc. Amancio da Silva Lemes, e faleceu em vida de meu marido deixando filhos que a repesentam.”

Testamentos - Campanha da Princesa 1872-1897;

Registro do testamento comque faleceu D. Feliciana Maria de Jesus, falecida a 25-05-1894.

Eu, D. Feliciana Maria de Jesus, fui cc. Antonio Joaquim da Silva Lemes, de cujo consorcio ficaram por morte deste os seguintes filhos: Manoel = Joanna = Izabel = Antonio = Claudio = Maria = Feliciana = e Joaquim. Tivemos mais uma filha de nome Anna, que foi cc. Amancio da Silva Lemes, e faleceu em vida de meu marido deixando filhos que a representam, e tanto estes como os acima nomeados reconheço por meus letitimos herdeiros.

Por morte de meu marido se fez inventário e partilha e os herdeiros todos receberam suas legitimas.

Testamenteiros: a meu filho Claudio, e na sua falta ou impedimento servirá meu filho Antonio, e na falta deste segundo servira em terceiro lugar meu filho Manoel.

(...) missas por minha alma, de meu marido, de meus finados pais Manoel Borges da Costa e D. Anna Francisca, e de minha filha Anna.

Fiz uma doação inter vivos, das terras de cultura e criar que possuo na fazenda Palmital, pelas divisas ultimamente feitas, a meus quatro filhos Antonio - Claudio - Joaquim - e Feliciana, como melhor consta da escritura passada ontem no Livrode Notas do Segundo Tabelião desta cidade, cuja doação confirmo e ratifico em todas as suas partes, e é minha vontade que meus herdeiros a respeitem. Se porem, acontecer, o que não é de esperar, que por qualquer motivo venha a anular-se a mesma doação, nesse caso serão os referidos donatarios os herdeiros de minha terça.

Sou natural da freguesia de Três Pontas do Rio Verde e moradora na desta cidade.

Cidade da Campanha 30-10-1881 D. Feliciana Maria de Jesus

Aprovação 30-10-1881

Abertura: aos 17-06-1894 foi aberto este testamento

Aceitação 08-07-1894 Claudio Amancio da Silva Lemes.

 

1-2-5 Tomasia, batizada em 02-08-1778.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 02-08-1778 nesta matriz batizei e puz os santos oleos a Thomasia, f.l. Bonifacio Borges da Costa, natural da freguesia de Guarapiranga e Maria Joaquina de Gouvea natural desta freguesia. Avós paternos Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes, e maternos de Bernardo da Cunha Cobra, já defunto e D. Ana Izabel de Gouvea.. Foram padrinhos o Revdo Domingos da Silva Lobo e Ana Gonçalves mulher de Jose Ferreira do Amaral.

1-2-6 Mariana, batizada em 20-08-1780.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio - Aos 20-08-1780 nesta matriz da Campanha bat a Mariana n. de dez dias, f.l. de Bonifacio Borges e D. Maria Joaquina de Gouvea, naturais desta Campanha. Avos paternos Miguel Borges e Thomasia Gonçalves, avós maternos Bernardo da Cunha Cobra e D. Ana Izabel de Gouvea. Foram padrinhos Jose Ferreira do Amaral, casado e Quitéria, filha de Miguel Borges (indicação de Claudio Lemes)

1-2-7 Bernardo em 17-09-1780.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio - Aos 17-09-1780 nesta matriz da Campanha bat a Bernardo, f.l. de Antonio Martins da Costa, n. da freg. de Santo Andre do Sobrado do Bispado do Porto e de Maria da Conceição, n. da freg. de Guarapiranga deste Bispado, avos maternos Miguel Borges da Costa e Thomasia Gonçalves. Foram padrinhos o Alf. Manoel de Paiva e s/m D. Maria Boena.

1-2-8 Jerônima Maria de Jesus, batizada aos 26-08-1782 na Campanha, onde aos 27-11-1806 casou com Vicente Ferreira de Castilho, filho de Inacio Gonçalves Moreira e Maria Delfina de Oliveira.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 26-08-1782 nesta matriz batizei subconditione e puz os santos oleos a Jeronima de treze dias, f.l. Bonifacio Borges da Costa e Maria Joaquina de Gouvea natural desta freguesia e o pai natural da freguesia de Guarapiranga. Avós paternos Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes, maternos Bernardo da Cunha Cobra e D. Ana Izabel de Gouvea. Foram padrinhos Jose Fernandes de Freitas, casado e Ana Joaquina, solteira filha de Henrique da Costa.

 

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 27-11-1806 Vicente Ferreira de Castilho, f.l. de Inacio Gonçalves Moreira e Maria Delfina de Oliveira = cc Jeronima Maria de Jesus, f.l. Bonifacio Borges da Costa e Maria Joaquina de Gouvea. Ambos nts e bts nesta freguesia.

Tiveram pelo menos as filhas, legatárias da tia materna Maria Joaquina:

1-2-8-1 Joana, legatária da tia Maria Joaquina.

1-2-8-2 Rita, idem.

1-2-8-2 Maria Cândida, universal herdeira da mesma tia.

1-2-9 Bonifácio Borges da Costa, batizado em 05-06-1785. Casou com Francisca Esméria de Santa Ana, natural de Aiuruoca, filha de José Luiz da Silva e Antonia Leonarda de Santa Ana, família “Manoel Luiz da Silva”.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 05-06-1785 nesta matriz batizei e puz os santos oleos a Bonifacio de quatorze dias, f.l. Bonifacio Borges da Costa, e Maria Joaquina de Gouvea. Avós paternos Miguel Borges e Tomasia Gonçalves, e maternos de Bernardo da Cunha Cobra, já defunto e D. Ana Izabel. Foram padrinhos Felipe Esteves Lima, casado e Madalena Cardo---, mulher de Domingos Borges..

         Francisca testou na Fazenda de São Bento em 13-01-1849 e faleceu aos 23-04 do mesmo ano. Sem geração legitima, reconheceu a filha natural:

B7: Igreja Sagrada Família (Três Corações, Minas Gerais), aos 21-03-1849 faleceu Francisca Esmeria de Sta. Anna, encomendada.

Testamento:

Eu, Francisca Esmeria de Sta. Anna (...), natural da Aiuruoca, filha legitima de Jose Luiz da Silva e Antonia Leonarda de Santa Anna, falecidos, atualmente sou moradora nesta freguesia de Tres Corações do Rio Verde.

Sou casada com Bonifacio Borges da Costa de cujo matrimonio nenhum filho tivemos,

Declaro que por fragilidade humana tive, quando solteira, uma filha por nome Anna Ritta da Silva que se acha casada com Jose Borges da Costa, portanto a instituo minha universal herdeira das duas partes de meus bens.

(...) cumpridas minhas disposições, sejam herdeiros dos remanescentes da minha terça os meus netos, filhos de minha filha Anna Rita que são: João = Constancia = Claudianna = Joaquim e Maria.

Testamenteiros: em 1º Francisco Borges da Costa, em 2º Antonio Pedro Gomes e em 3º meu marido Bonifacio Borges da Costa.

Fazenda de São Bento 13-01-1849

I- Ana Rita da Silva casada com José Borges da Costa (ou Bonifacio da Costa). Seus filhos foram legatários da avó materna:

I-1 João

I-2 Constancia

I-3 Claudianna

I-4 Joaquim

I-5 Maria

 

Bonifácio testou na Fazenda Bom Jardim em 12-12-1859 e faleceu aos 06-03-1865 com 82 anos. Reconheceu as filhas, tidas de Josefa e deixou legado a duas netas:

1-2-9-?-1 Claudiana

1-2-9-?-2 Rita

B7: Igreja Sagrada Família (Três Corações, Minas Gerais) - Aos 06-03-1865 faleceu Bonifácio Borges da Costa, cc.(sic) Josefa de tal, idade 82 anos.

Testamento: eu Bonifácio Borges da Costa, f.l. de Bonifácio Borges da Costa e Maria Joaquina de Jesus, já falecidos, natural da freguesia de Campanha (...).

Declaro que fui cc. Francisca Esméria de Santa Ana, já falecida, de cujo matrimônio não tivemos filhos.

Declaro que tenho reconhecido por minhas filhas: Maria Magdalena; Ana Custódia; Alexandrina; Cândida e Carolina, filhas de Josefa, e como taes minhas herdeiras universais.

Testamenteiros: em 1º lugar minha filha Carolina; em 2º Alexandrina e em 3º Cândida.

Pedidos de missas pela alma dos pais, da mulher, dos irmãos.

Deixo a minha filha Maria digo filhas Candida, Alexandrina e Carolina a quantia de 50$000 a cada uma e as minhas netas Claudiana e Rita 20$000 a cada uma.

Legados pios.

(...) pedi a José dos Reis e Silva Resende de que este escreveu.

Fazenda do Bom Jardim, 19 de Dezembro de 1859.

 

1-2-9-1 Maria Magdalena

1-2-9-2 Ana Custódia

1-2-9-3 Alexandrina

1-2-9-4 Cândida

1-2-9-5 Carolina.

 

1-2-10 Antonia, batizada em 26-12-1787.

Campanha, MG Igreja Santo Antonio aos 26-12--1787 nesta matriz batizei e puz os santos oleos a Antonia, f.l. Bonifacio Borges da Costa, e Maria Joaquina. Foram padrinhos Jose Ferreira do Amaral por seu pp Joaquim Borges da Costa, e Leonor Margarida de Jesus

 

1-3 Ana Gonçalves de Moraes, natural de Guarapiranga, casou com José Ferreira do Amaral, natural da freguesia de Ceremil Bispado de Viseu, filho de Manoel Ferreira e Rosaria Maria do Amaral. José era viúvo de Maria Barbosa de Lima, filha de Domingos Jorge de Lima e Catarina Dias Teixeira, com geração na família “Gaspar João Barreto, o filho”.

          José testou em 24-01-1804 e foi sepultado em 5 defevereiroa do mesmo ano. Declarou filha única do primeiro matrimônio e oito filhos do segundo.

Campanha, MG aos 05-02-1804 foi sepultado Jose Ferreira do Amaral de idade de 86 anos. Fez seu solene testamento:

(...) eu Jose Ferreira do Amaral morador nos suburbios desta vila da Campanha e freguesia de Santo Antonio do Val de Piedade sou natural da freguesia de Ceremil Bispado de Vizeu, f.l. de Manoel Ferreira e Rosaria Maria do Amaral, ambos já falecidos. Fui casado com Maria de Lima, ja falecida, de cujo matrimonio tive uma filha, tambem de nome Maria, que se acha casada com o Alf. Domingos Borges da Costa; e passando a segundo matrimonio, fui casado com Ana Gonçalves de Moraes, e deste segundo matrimonio tive oito filhos machos e femeas e tanto estes como aquela do primeiro matrimonio instituo meus legitimos herdeiros nas duas partes dos meus bens.

Testamenteiros em 1º a meu filho o Alf. Jose Ferreira do Amaral, em 2º a meu filho Domingos Ferreira do Amaral, em 3º a meu filho Francisco.

Minha filha Maria casada com o Alf. Domingos Borges da Costa se acha paga e satisfeita do que restou nas partilhas pela legitima de sua falecida mãe.

Legados: dei uma crioulinha a minha filha Ana mulher de Agostinho Gonçalves = outra a minha filha Luiza mulher de Antonio Alves Negram = e outra a minha filha Tomasia mulher de Ignacio Alves Negra moço.

Roguei a Jose Feliciano Dias da Silva Bello que escrevesse e como testemunha se assinasse - Vila da Campanha aos 24-01-1804 Jose Ferreira do Amaral.

Foi copiado fielmente do proprio.

          Ana e José tiveram oito filhos:

1-3-1 José Ferreira do Amaral em 18-11-1764. 1º testamenteiro paterno

Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 18-11-1764 matriz, Jose, f.l. Jose Ferreira do Amaral n. da freg. de Sermillo Bispado de Viseu e Ana Gonçalves de Moraes n. da freg. de Piranga deste bispado, padr.: Miguel Borgs da Costa  e s/m Tomazia Gonçalves de Moraes. Avos pat. Manoel Ferreira, falecido e Rosalia do Amaral, maternos Miguel Borges da Costa e Tomazia Gonçalves de Moraes.

         José em 1800 requereu dispensa de consanguinidade em 2º grau para se casar, como casou em 11-01-1801 com Tomasia Clementina de Moraes. Geração em abaixo 1-6-1

Processo Matrimonial - Campanha-MG - Livro Misto 1791

Jose Ferreira do Amaral e Tomasia Clementina de Moraes - 28-08-1800

Os oradores Jose Ferreira do Amaral e Tomasia Clementina de Moraes, nts e moradores na freguesia da vila da Campanha da Princesa - impedimento de consanguinidade em 2º grau em linha colateral:

- Q. de Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes nasceram Ana Glz de Moraes e Luiza Rosa de Moraes. Que daquela Ana nasceu o orador e desta Luiza a oradora

 

Depomento dos oradores

Furriel Jose Ferreira do Amaral, solteiro, n. da vila da Campanha da Princesa e ai mesmo morador, 35 anos e que vive de sua roca;

Tomasia Clementina de Moraes, solteira, n. da vila da Campanha e ai sempre moradora, 18 anos,

 

Testemunhas:

- Revdo Bernardo da Silva Lobo, n. da freguesia de S. Catano bispado de Mariana, morador na vila da Campanha da Princesa, de idade 66 anos. Que sabia pelo ver que de Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Mo 182 de Moraes nasceram Ana Gonçalves de Moraes e Luiza Roza de Moraes; que daquela Ana nasceu o orador Jose Ferreira do Amaral e de Luiza Rosa a oradora Tomasia Clementina de Moraes - consanguineos em 2º grau de linha transversal igual e ao 3º. A oradora se achava em companhia de seus pais o que tudo sabia pelo pleno conhecimento que tinha dos oradores e seus progenitores em razão de ter sido paroco nesta freguesia e nela com este exercicio mais de 30 anos.

-  Domingos da Silva Lobo; conhece a oradora e seus progenitores ha mais de 30 anos que reside nesta freguesia.

 

1-3-2 Ana Escolástica de Moraes, batizada aos 09-11-1766, foram seus padrinhos Domingos Borges da Costa e Maria da Conceição. Aos 19-10-1785 casou com Agostinho Gonçalves Mendes, natural de Pouso Alto-MG, filho de José Gonçalves Mendes e Izabel da Silva.

Campanha-MG - casamentos - aos 19-10-1785 Agostinho Gonçalves Mendes, f.l. de Joze Gonçalves Mendes e izabel da Silva, n/b na freguesia de Pouso Alto; = Anna Escolastica de Moraes, f.l. de Joze Ferreira do Amaral e de Ana Gonçalves de Moraes, n/b nesta.

1-3-2-1 Ana, batizada em 06-08-1786

 (pesq. Moacyr Villela) Campanha, MG “Aos 6 de Agosto de 1786. nesta Matriz da Campanha batizei a inocente Ana de 10 dias filha  legitima de Agostinho Gonçalves Mendes natural de Pouso Alto e de Ana Escolastica de Morais natural desta Campanha.. Avós Paternos Jose Gonçalves Mendes e Izabel da Silva Leme   Maternos Jose Ferreira do Amaral  e Ana Gonçalves ja defunta. Foram padrinhos este(sic) e Maria Gonçalves Nogueira”

1-3-2-2 José, em 13-06-1788.

 (pesq. Moacyr Villela) Campanha, MG “Aos 13 de Junho de 1788. nesta Matriz da Campanha batizei ao inocente Jose de 7 dias filho  legitimo de Agostinho Gonçalves Mendes natural de Pouso Alto e de Ana Escolastica de Morais natural desta Campanha.. Avós Paternos Jose Gonçalves Mendes e Izabel da Silva Leme   Maternos Jose Ferreira do Amaral  e Ana Gonçalves ja defunta. Foram padrinhos Jose Gonçalves Mendes por seu procurador Jose Ferreira do Amaral e Luiza Escolastica solteira filha deste”

1-3-3 Domingos Ferreira do Amaral, batizado aos 13-06-1769. 2º testamenteiro paterno.

Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 13-06-1769 Domingos de nove dias, f.l. Jose Ferreira do Amaral n. da freg. de S. Pedro de Semillo Bispado de Viseu e Ana Gonçalves de Moraes n, da freg. de Piranga deste bispado, np Manoel Ferreira e Rosaria do Amaral, maternos Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes. Padr.: o mesmo Miguel Borges da Costa e s/filha Josefa Gonçalves.

         Muito provavelmente o Alferes Domingos Ferreira do Amaral casado com Teresa Candida Fidelis da Luz, filha de Francisco Martins da Luz e Teresa Maria de Oliveira, com a geração na família “Martins Covas” Cap. 1º

1-3-4 Izabel, batizada em 10-11-1771. Foi sepultada aaos 13-05-1794.

Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 10-11-1771 Izabel de onze dias, f.l. Jose Ferreira do Amaral n. freg. S. Pedrp de Sermillo do Bispado de Viseu e Ana Gonçalves n. da freg. de Guarapiranga deste bispado. Avos pat. Manoel Ferreira e Rosalia do Amaral, maternos Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves, padr.: Revdo Domingos da Silva Lobo, e Quiteria solteira filha do dito Miguel Borges.

 

Campanha, MG ob 1790-1796 im 86 aos 13-05-1794 foi sepultada nesta matriz Izabel, f. de Jose Ferreira do Amaral.

1-3-5 Francisco, batizado em 26-10-1777. 3º testamenteiro paterno.

(pesq. Moacyr Villela) Campanha, MG “Aos 26 de Outubro de 1777 nesta Matriz da Campanha o reverendo vigario Manoel Caetano Rodrigues batizou... Francisco nascido de 12 dias filho legitimo de Jose Ferreira do Amaral natural da Freguesia de São Pedro de Acermilo do Bispado de Vizeu e de Ana Gonçalves natural da Freguesia da Guarapiranga deste Bispado . Avos paternos Manoel Ferreira e Rosalia do Amaral. Avós MM Miguel Borges da Costa e Tomazia Gonçalves a qual foi madrinha e Domingos Jose Rodrigues...”

         Francisco Reginaldo do Amaral aos 29-07-1801 na capela dos Santissimos Corações de Jesus, Maria e Jose casou com Francisca Teresa de Jesus (ou Francisca da Fonseca), filha de João Antonio da Fonseca e de Francisca Teresa de Jesus, família “Diogo Garcia”.

Campanha, MG aos 29-07-1801 na capela dos Santissimos Corações de Jesus, Maria e Jose se receberam Francisco Reginaldo do Amaral, f.l. de Jose Ferreira do Amaral e Ana Gonçalves de Moraes, ja defunta = cc Francisca Teresa de Jesus, f.l. João Antonio da Fonseca e de Francisca Teresa de Jesus. Ambos nts e bts nesta freguesia.

         Francisca faleeu de pós parto e foi sepultada em 02-07-1805. Entre seus filhos:

Campanha, MG aos 02-07-1805 foi sepultada dentro da capela dos Corações de Jesus, Francisca mulher de Francisco Reginaldo morador na Cacheira, sem sacramentos, de um parto.

1-3-5-1 Domiciano batizado em 20-03-1802.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 20-03-1802 na Ermida de Corações Jesus Maria Jose bat a Domiciano, f. l. Francisco Reginaldo do Amaral e Francisca da Fonseca, foram padrinhos Jose Ferreira do Amaral e Josefa Gonçalves de Moraes.

1-3-5-2 Francisco em 07-05-1804.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio. Aos 07-05-1804 na matriz bat a Francisco, f.l. Francisco Reginaldo do Amaral e Francisca da Fonseca. Foram padrinhos Manoel da Costa Ribeiro e D. Honoria Felisbina Pereira Caldas mulher do Cap. Antonio Ribeiro da Costa.

1-3-6 Miguel Caetano da Costa, batizado em 30-10-1782, gemeo de Tomasia. Em 06-09-1804 em Baependi casou com Francisca Silvéria Nogueira, filha natural do Cap. José Nogueira de Sá - aportes à GP: Joana Nogueira do Prado Leme - SL VI, 372, 6-2, neste site.

(pesq. Moacyr Villela) Campanha, MG “Aos 30 de Outubro de 1782 nesta Matriz da Campanha batizei condicionalmente por ter sido batizado em casa o inocente Miguel de 10 dias filho legitimo de Jose Ferreira do Amaral natural  da Freguesia de São Pedro de Sermilo do Bispado de Vizeu e de Ana Gonçalves de Morais natural da Freguesia de Guarapiranga deste Bispado. Avós Paternos Manoel Ferreira e Rosalia Maria . Avós Maternos , Miguel Borges da Costa e Tomazia Gonçalves ja defunta. Foram padrinhos o Reverendo Manoel Afonso Pereira e Izabel Angelica filha do dito Miguel Borges e o dito inocente gemeo...”

 

Baependi-MG: aos 06 setembro 1804 matriz - Miguel Caetano da Costa, br. 28 anos, com Francisca Silveria Nogueira, br. 22 anos.

Ele f.l. de Jose Ferreira do Amaral e Anna Gonçalves de Morais, n. e b. na freg. da Campanha da princesa.

Ela f. natural do capitan Jose Nogueira de Sá, exposta em casa de Jose dos Santos, n. e b. nesta freguesia.

1-3-7 Tomásia Constantina, batizada em 30-10-1782, gemea de Miguel supra. Aos 30-07-1800 casou com Inácio Alves Negrão, filho de outro e Ana Aires Pedrosa. Geração na família “Martins do Prado - Marins do Prado”.

(pesq. Moacyr Villela) Campanha, MG “Aos 30 de Outubro de 1782. nesta Matriz da Campanha batizei a inocente Tomazia de 10 dias, gemea, filha legitima de Jose Ferreira do Amaral natural  da Freguesia de São Pedro de Sermilo do Bispado de Vizeu e de Ana Gonçalves de Morais natural da Freguesia de Guarapiranga deste Bispado. Avós Paternos Manoel Ferreira e Rosalia Maria do Amaral . Avós Maternos , Miguel Borges da Costa e Tomazia Gonçalves ja defunta. Foram padrinhos o Reverendo Manoel Afonso com procuração do Rev.Dr. Jose Bernardo da Costa e Ana Escolastica filha do dito Jose Ferreira .”

 

Campanha, MG Cas., aos 30/Jul/1800, Matriz da Vila da Campanha, Ignacio Alvares Negrão, morador na freg. de Santana do Sapucaí, f. de Ignacio Alvares Negrão e de Ana Aires Pedroza; c.c. Thomazia Constantina, f. de José Ferreira do Amaral e de Ana Gonçalves de Morais, já defunta. Ambos batizados nesta freguesia da Vila da Campanha da Princeza. TT: Manoel Joaquim Pereira Coimbra e Manoel Marques de Oliveira (pesq. Silvia Buttros).

1-3-8 Luiza Clementina de Moraes aos 30-07-1800 casou com Antonio Alves Negrão, filho de Inácio Alves Negrão e Ana Ayres Pedrosa, de quem foi a primeira mulher. Geração na família “Martins do Prado - Marins do Prado”.

Campanha-MG Igreja Sto Antonio matr - aos 30-07-1800 nesta matriz da vila da Campanha Antonio Alvares Negrão, morador na freguesia de Santa Ana do Sapucai do Bispado de S. Paulo, f.l. de Ignacio Alvares Negrão e de Ana Ayres Pedroza = cc Luiza Clementina, filha de Jose Ferreira do Amaral e de Ana Gonçalves de Moraes, já defunta, ambos naturais e batizados nesta freguesia da vila da Campanha da Princesa. Test.: Manoel Joaquim Pereira Coimbra e Ignacio Ximenes do Prado.

 

1-4 Josefa Gonçalves de Moraes, batizada em 15-11-1750. Aos 02-08-1786 casou com Guarda Mor João Antonio da Fonseca Alvarenga, natural de Santa Cruz de Alvarenga Bispado de Lamego, filho de Domingos Francisco e Maria Rodrigues. Guarda mor era viúvo de Francisca Teresa de Jesus, filha de Diogo Garcia e Julia Maria da Caridade, com geração deste matrimônio na família “Diogo Garcia”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 15-11-1750 Josefa, f.l. Miguel Borges e Tomasia Gonçalves Monis(sic), np Alf. Antonio Borges de S. Pedro de Athei Arc. Braga e s/m Maria Gonçalves da mesma freguesia, nm Custodio Gonçalves Nugueira n. de Chamoim Arc. de Braga e s/m Ana de Moraes Sodre da ilha de S. Sebastião Bispado do Rio de Janeiro; padr.: Cap. João Martins Ribeiro, e Maria Cardosa mulher de Baltazar Gomes Lima.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - no oaratorio de S. Jose desta Freguesia aos 02-08-1786 o Guarda Mor Joam Antonio da Fonseca, viuvo de Francisca Teresa; = Josefa Gonçalves de Moraes, f.l. de Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes, n/b nesta

1-5 Quiteria Gonçalves de Moraes, batizada em 20-05-1753. Aos 28-07-1785 casou com Sebastião de Moraes de Figueiredo Sarmento, viúvo de Adriana Maria.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 20-05-1753 Quiteria, f.l. Miguel Borges e Tomasia Gonçalves de Moraes, padr.: Manoel Monis Barreto e Madalena Cardoza

 

B7: Campanha-MG - casamentos - matriz aos 28-07-1785 Sebastião de Moraes de Figueiredo Sarmento, viuvo que ficou de Adriana Maria sepultada nesta matriz; = Quiteria Gonçalves de Moraes, f.l. de Miguel Borges da Costa e Tomazia Gonçalves de Moraes, n/b nesta matriz.

1-6 Luiza Rosa de Moraes, batizada em 14-09-1755. Aos 05-09-1781 casou com José Fernandes de Freitas, filho de João Fernandes de Freitas, falecido em 15-12-1757 (inventário neste site) e sua segunda mulher Vitória Nunes da Silva; família “Viveiros”

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 14-09-1755 Luiza, a qual foi batizada em casa por Jose Correa, solteiro. É f.l. Miguel Borges e Tomasia Gonçalves Monis

 

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 05-09-1781 nesta matriz da Campanha Jose Fernandes de Freitas, f.l. João Fernandes de Freitas, já defunto e Vitoria Nunes da Silva, n. da freguesia de Pouso Alto deste bispado de Mariana = cc Luiza Rosa de Moraes, f.l. Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonsalves de Moraes, natural desta fregusia da Campanha.

Luiza e José tiveram, q.d.:

1-6-1 Tomasia Clementina de Moraes, batizada em 24-08-1782. Em 1800 requereu dispensa de consanguinidade em 2º grau para se casar, como casou em 11-01-1801, com José Ferreira do Amaral, 1-3-1 supra.

(pesq. Moacyr Villela) Campanha, MG “Aos 24 de Agosto de 1782 nesta Matriz da Campanha batizei a  inocente Tomazia nascida  de 10 dias filha legitima de Jose Fernandes de Freitas natural de Pouso Alto e de Luiza Rosa de Morais natural desta Campanha.. Avos Paternos João Fernandes e Vitoria Nunes. Avós Maternos Miguel Borges e Tomazia Gonçalves. Foram padrinhos Jose Ferreira do Amaral e e Vitoria Nunes dita.”

 

Campanha, MG aos 11-01-1801 nesta matriz Jose Ferreira do Amaral, f.l. de outro e de Ana Gonçalves de Moraes = cc Tomasia Clementina de Moraes, f.l. de Jose Fernandes de Freitas e de Luiza Rosa de Moraes. Ambos os contraentes nts/bts nesta freguesia.

 

         Viúva, Tomasia testou em 08-02-1847 e faleceu 20-04-1858. Foram filhos do casal, segundo o testamento:

1-6-1-1 Eulina Cândida, casada com Domicianno Ferreira do Amaral. Seus filhos foram coherdeiro do tio Francisco.

1-6-1-2 José Ferreira do Amaral. Seus filhos foram coherdeiro do tio Francisco.

1-6-1-3 Nuno Ferreira. Seus filhos foram coherdeiro do tio Francisco.

1-6-1-4 Maria Teresa, já falecida em 1847, foi casada com Manoel Ferreira Campanham de cujo matrimonio existem dois filhos. Seus filhos foram coherdeiro do tio Francisco.

1-6-1-5 Francisco Ferreira do Amaral, herdeiro da terça. Casou com Maria Delfina das Dores, natural de Três Corações-MG, filha de Manoel Rodrigues da Costa e Delfina Cândida das Dores.

          Francisco testou no Rio Verde em 18-01-1869 e faleceu em 11-09-1870. Maria Delfina testou em 18-10-1870 e faleceu em 05-08-1881. Sem geração deixaram diversos legados aos sobrinhos e afilhados.

CPA 04, Testamentos - Campanha da Princesa 1854-1871

Registro do testamento com que faleceu Francisco Ferreira do Amaral, aos 11-7bro-1870, de quem é testamenteira sua mulher D. Maria Delfina das Dores.

Eu, Francisco Ferreira do Amaral, f.l. do Alferes Jose Ferreira do Amaral e D. Thomazia Clementina de Moraes, n/b nesta freguesia da cidade da Campanha. Sou cc. D. Maria Delfina das Dores de cujo matrimonio não temos tido filhos até o presente.

Testamenteiros: 1º a minha mulher D. Maria Delfina das Dores, 2º Francisco Antonio da Fonseca, 3º Jose Antonio da Fonseca.

Missas: por minha alma, pela de meus pais e de meus irmãos falecidos.

Deixo a minha meação em terras para a minha mulher para ter delas o usu fruto, por sua morte passará a meus sobrinhos, filhos de meus irmãos Jose Ferreira, Nuno Ferreira, Eulina Candida e Maria Thereza, sendo repartido por todos em igual parte.

Cumpridas as minhas disposições, instituo herdeira universal de meus bens a minha mulher D. Maria Delfina.

Rio Verde, 18-01-1869 Francisco Ferreira do Amaral.

Aprovação 21-02-1869

Cumpra-se e registre-se 11-09-1870

Abertura 11-09-1870

 

CPA 05, Testamentos - Campanha da Princesa 1872-1897

Registro do testamento com que faleceu D. Maria Delfina das Dores, a 05-08-1881, testamenteiro Francisco Antonio da Fonceca.

Eu, Maria Delfina das Dores, f.l  Manoel Rodrigues da Costa e D. Delfina Candida das Dores, n/b na freg. dos Três Corações do Rio Verde e de presente moradora nesta cidade da Campanha.

Fui cc. Francisco Ferreira do Amaral de cujo matrimonio não tivemos filhos.

Testamenteiros: 1º Francisco Antonio da Fonceca, 2º Jose Antonio da Fonceca, 3º Tenente João Antonio da Fonceca.

Legados: ao meu afilhado Antonio Rodrigues, cc. Anna Silveria dos Santos a quantia de 500$000 em terras; = a meus afilhados Jose e Victoria a quantia de 250$000 tambem em terras.

Cumpridas as minhas disposições, instituo herdeiros de meus bens que restarem aos meus afilhados Manoel Rodrigues da Costa, filho de meu finado irmão João Rodrigues da Costa e Anna Francisca de Jesus, e Maria, filha de Francisco Antonio da Fonceca em igual parte a cada um.

Fazenda do Limoeiro do Porquinho(?) 18-10-1870 Maria Delfina das Dores

Aprovação 18-10-1870

Abertura 05-08-1881

Aceitação 06-08-1881 Francisco Antonio da Fonceca

 

1-6-2 Vitória, batizada em 28-11-1784

(pesq. Moacyr Villela) Campanha, MG “Aos 28 de Novembro de 1784. nesta Freguesia da Campanha  o Rv Caetano Vieira batizou ... Vitoria  filha legítima de Jose Fernandes e de Luiza Rosa de Morais . Avos paternos João Fernandes de Freitas e Vitoria Nunes da Silva . Avós maternos, Miguel Borges da Costa e Tomazia Gonçalves de Morais . Foram padrinhos João Fernandes da Silva da Freguesia de Pouso Alto e Izabel Angelica solteira filha de Miguel Borges da Costa”

1-6-3 João Borges Leite, batizado em 02-09-1787 e falecido em 27 de novembro de 1843. Segundo seu inventário (neste site colaboração de Moacyr Villela) foi casado duas vezes com geração de ambos os matrimônios.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio bat  aos 02-09-1787 nesta matriz da Campanha bat a João, f.l. Jose Fernandes de Freitas e Luiza Rosa de Moraes, foram padrinhos o Alferes Francisco Jose de Matos e Josefa Gonçalves de Moraes mulher do Guarda mor João Antonio da Fonseca.

         Primeira vez casou com Maria Joaquina da Conceição. Segunda vez casou com sua inventariante Feliciana Maria da Assunção.

João e Maria Joaquina tiveram sete filhos, situação em 1844:

1-6-3-1 Inácio Borges Leite, já falecido e deixa órfãos que se acham na Freguesia de Caconde-SP.

1-6-3-2 Maria Gertrudes casou aos 24-01-1831, dispensados do impedimento que havia, com Antonio de Pádua Negrão, filho de Antonio Alves Negrão e da falecida Luiza Maria. família “Martins do Prado - Marins do Prado”.

(pesq. Silvia Buttros) Silvianópolis, MG Cas. - aos 24/Jan/1831, Matriz de Santana do Sapucaí, dispensados do impedimento que havia, Antônio de Pádua Negrão, f. de Antônio Alves Negrão e de Luísa Maria, já falecida, nat. desta freguesia; c.c. Maria Gertrudes, f. de João Borges Leite e de Maria Joaquina da Conceição, já falecida, nat. de Pouso Alto. Ambos residentes nesta.

1-6-3-3 Eliodora, casada com Candido Marques, morador na Freguesia do Carmo, Termo de Franca e esta ausente para o município de Uberaba;

1-6-3-4 Vitória Maria de Jesus, aos 15-01-1834 dispensados do impedimento de consanguinidade em 3º grau, casou com Inácio Alves Negrão, filho de Ignacio Alves Negrão e de Tomazia Constantina 1-3-7 supra e família “Martins do Prado - Marins do Prado”.

(pesq. Silvia Buttros) Santana do Sapucaí, MG Casamentos, aos 15/Jan/1834, Matriz de Santana do Sapucaí, dispensados de impedimento de 3° grau por consaguinidade, Ignacio Alves Negrão, f. de Ignacio Alves Negrão e de Tomazia Constantina, nat. desta freg; c.c. Victoria Maria de Jesus, f. de João Borges Leite e de Maria Joaquina da Conceição, nat. e bat. na freg. de Pouso Alto.

          Em 07-06-1852 Vitória Maria, viúva, casou segunda vez com Francisco Custódio Braga viúvo de Candida Leopoldina.

Silvianopolis, MG Igreja Santana - aos 07-06-1852 nesta matriz Francisco Custodio Braga, viuvo por obito de Candida Leopoldina sepultada nesta matriz = cc Vitória Borges, viuva por obito de Ignacio Alves Negrão sepultado nesta matriz. Test.: Felix Custodio Braga e Jose Custodio.

1-6-3-5 João Tomas da Silva.

1-6-3-6 Ana Joaquina da Conceição casada com Manoel Gonçalves de Souza Pena. Em Casa Branca-SP

1-6-3-7 José Valentim, casado e morador na Freguesia de Tietê-SP.

 

João e Feliciana Maria tiveram cinco filhos, situação em 1844:

1-6-3-8 Francisco de Paula Borges, com 18 anos.

1-6-3-9 Francisca com 16 anos.

1-6-3-10 Manoel com 12 anos.

1-6-3-11 Maria, com 8 anos.

1-6-3-12 Rita com 4 anos.

 

1-6-4 Maria Vitória Fernandes, em 04-11-1817 em Silvianopolis dispensados do parentesco de 2° grau de afinidade, casou com Furriel Antonio Alves Negrão, viúvo de Luiza Clementina de Moraes, família “Martins do Prado - Marins do Prado”.

Silvianópolis, MG - Cas. aos 04/Nov/1817, Matriz de Santana do Sapucaí, dispensados do parentesco de 2° grau de afinidade, o Furriel Antônio Alves Negrão, viúvo de Luísa Clementina de Moraes, nat. desta freguesia; c.c. Maria Vitória Fernandes, f. de José Fernandes de Freitas e de Luísa Rosa de Moraes, nat. da Campanha. TT: Joaquim José Rodrigues e Francisco Gonçalves Leite.(pesq. Silvia Buttros).

1-7 Miguel, batizado em 30-04-1758.

B7 Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 30-04-1758 Miguel, f.l. Miguel Borges da Costa n. freg de S. Pedro da vila de Athey Arc. Braga e Tomasia Gonçalves n. de Guarapiranga deste bispado; padr.: Jose Antonio da Froncona(?), solteiro e Ignez D’omingas mulher de Jose Moraes Goes

1-8 Antonio, batizado em 20-07-1760. Antonio Borges Leite, aos 28-09-1784 em Campanha-MG, casou com Ana Maria de Jesus, filha de José Nogueira de Andrade e Ana Maria de Jesus, neta paterna de João Nogueira de Andrade e Margarida Francisca, neta materna de Josefa Antunes da Silva e Pedro Rodrigues do Amaral, família “Josefa Antunes da Silva”, neste site.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 20-07-1760 Antonio, f.l. Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves, np Antonio Borges e Maria Gonçalves todos nts da vila de S. Pedro de Atei Aec. Braga, nm Custodio Gonçalves Nogueira, filho de Braga e Ana de Moraes Sodre n. da Ilha de S. Sebastião Bispado de S.Paulo, padr.: Jose Ferreira Ribeiro, solteiro e Maria Barbosa de Lima mulher de Jose Ferreira do Amaral.

 

          Segundo Itamar Bopp, em Resende-RJ aos 18-09-1796 Antonio Borges Leite, viúvo de Ana Maria de Jesus, casou com Margarida Maria da Conceição, natural de Guaratinguetá-SP, filha do falecido Pedro da Costa Collaço e Maria Leme da Silva. Geração na família “Lourenço de Brito Leme”.

18-09-1796 na matriz de Resende pelo Vig. da Vara Antonio de Mattos Nobrega de Andrade. Antonio Borges Leite, viúvo que ficou por falecimento de Anna Maria de Jesus; = cc. Margarida Maria da Conceição, n/b em Guaratinguetá, f.l. de Pedro da Costa Colasso, já defunto e Maria Leme da Silva. Test.: Hilario Rodrigues e Manoel Ferraz de Araujo (acervo Itamar Bopp - ficha 0180)

          Antonio Borges e Ana Maria de Jesus, no estado de solteiros tiveram a filha natural:

1-8-1 Maria, batizada na Campanha em 29-06-1783.

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) bat. Aos 29-06-1783 nesta freguesia da Campanha bat. a Maria, filha natural de Ana Maria de Jesus e Antonio Borges, solteiros e naturais desta freguesia; avós paternos Miguel Borges e Tomasia Gonçalves, maternos Jose Nogueira e Ana Maria de Jesus. Foram padrinhos Manoel Nogueira e Bernarda Constança.

 

1-9 Joaquim Borges da Costa, batizado em 03-10-1762. Aos 27-02-1786 casou com Madalena Pimenta de Jesus, natural de Lavras, filha de Francisco Pimenta de Moraes e Petronilha Pinta Ramires, família “Lazaro de Torres”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 03-10-1762 Joaquim, f.l. Miguel Borges da Costa n. da freg. de S. Pedro de Ahtey Arc. Braga e Tomasia Gonçalves n. da freg. de Guarapiranga deste bispado; np Antonio Borges e Maria Gonçalves, nm Custodio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sudre, já defuntos; padr.: P.e Bernardo da Silva Lobo, e Domingas Gonçalves mulher de Jose Borges da Costa, todos desta freguesia.

 

B7: Casamentos - Freguesia de N.S. da Conceição das Carrancas e Sta Ana das Lavras do Funil, aos 27-02-1786 nesta matriz, Joaquim Borges da Costa, f.l. Miguel Borges da Costa e Thomasia Glz de Mores, n/b na freg. Campanha do Rio Verde; = cc.. Magdalena Pimenta de Jesus, f.l. Francisco Pimenta de Moraes e Petronilha Pinta Ramira, n/b freg. Lavras

Pais de, q.d.:

1-9-1 Joaquim Borges da Costa aos 20-07-1814 casou com Hipolita Tenorata Leonor da Vitória, filha de Jerônimo Pereira do Lago e Teresa Custódia de Jesus; família “Miguel Lopes da Silva”.

B7: Casamentos - Sta Ana das Lavras do Funil, aos 20-07-1814 Cap. S. Bento filial desta matriz, Joaquim Borges da Costa, f.l. de Joaquim Borges da Costa e Magdalena Maria de Js.; = cc. Ipolita Tenorata Leonor de Victoria, f.l. de Jeronimo Per.ª do Lago e Teresa Custodia de Js. Nts/bts nesta freguesia de Santa Ana das Lavras do Funil.

1-9-2 Madalena, batizada em 1800.

Lavras, MG Igreja Santana Lv suplementos no ano de 1800 com pouca diferença bat a Madalena, f.l.Joaquim Borges da Costa e Madalena Maria de Jesus, padr.: Cristovão Vaz de Siqueira e Izabel Angelica de Moraes.

1-10 Izabel Angélica de Moraes, batizada em 06-10-1765. Aos 15-09-1785 casou com Pedro Angelo Pimenta, filho de Francisco Pimenta de Moraes e Petronilha Pinto Ramires. Geração na família “Lazaro de Torres”.

B7:  Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 06-10-1765 Izabel, f.l. Miguel Borges da Costa n/b na freg. S. Pedro do Atei do Arc. Braga e Tomasia Gonçalves de Moraes n. de Guarapiranga deste bispado, np Antonio Borges e Maria Gonçalves, falecidos, maternos Custodio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sodre, falecidos, Padr.: Padre Bernardo da Silva Lobo e Ana Gonçalves mulher de Jose Ferreira do Amaral.

1-11 João Borges Leite, batizado em 14-05-1769. Aos 09-05-1790 casou com Luiza Francisca do Nascimento, filha de Luiz Collaço Moreira e Ana Maria de Jesus, família “Gaspar João Barreto”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 14-05-1769 matriz, João, f.l. Miguel Borges da Costa n. freg. S. Pedro de Atei Arc. Braga e Maria Gonçalves de Moraes n. Guarapiranga deste bispado, np Alf. Antonio Borges da Costa e Maria Gonçalves, maternos Custodio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sodre. Padr.: Padre Bernardo da Silva Lobo e Maria da Conceição mulher de Antonio Martins da Costa.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - aos 09-05-1790 na matriz, João Borges Leite, f.l. de Miguel Borges da Costa e s/m Thomazia Gonçalves de Moraes, já falecidos/ = Luiza Francisca do Nascimento, f.l. de Luiz Colasso Moreira e s/m Anna Maria de Jesus. Ambos os contraentes nts/bts nesta.

          João faleceu com testamento aos 11-02-1801. Sem geração.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 11-02-1801 faleceu João Borges Leite, casado com Luiza Francisca do Nascimento.

Copia do Testamento de João Borges Leite: (...) eu João Borges Leite sou f.l. Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes, natural e batizado na freguesia de Santo Antonio da Campanha deste bispado de Mariana. Sou cc Luiza Francisca do Nascimento de cujo matrimônio não tivemos filhos até o presente. Testamenteiros em 1º a minha mulher, em 2º ao Cap. Inacio Ximenes do Prado e em 3º Cap.Jose Francisco Ferreira. Pagas as minhas dividas, funeral e cumpridos os meus legados, o que sobrar deixo a minha mulher por herdeira. Devo a meu irmão Antonio Borges oito oitavas de ouro.

(...) a meu rogo escreveu Gonçalo Luiz e Oliveira. Ribeirão de Sam Bento abaixo 14 de Fevereiro de 1801 João Borges Leite. Seguia-se a aprovação. E nada mais se continha Campanha da Princesa aos 26-02-1801 O Vig. Antonio de Souza Monteiro Galvão.

1-12 Angélica Rosa de Moraes, batizada em 06-12-1772. Aos 11-11-1807 casou com Alexandre Coelho de Souza, batizado em 22-01-1769, filho de Jeronimo Coelho natural de S. Martinho de Lagares Bispado do Porto e Maria da Assunção natural de Itaubira-MG, neto paterno de Manoel Coelho e Caterina de Souza, neto materno de João Martins de Azevedo natural da vila do Conde e Teresa de Jesus, de Itaubira, família “João Martins de Azevedo”.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 06-12-1772 Angelica de onze dias, f.l. Miguel Borges da Costa n. da freg. de S. Pedro de Atei da comarca de Vila Real do Arc. Braga e Tomasia Gonçalves n. da freg. de Guarapiranga deste bispado, avos pat. Antonio Borges e Maria Gonçalves, maternos Custodio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sodre. Padr.: Padre Domingos da Silva Lobo, e Maria Joaquina mulher de Bonifacio Borges.

 

Campanha-MG - casamentos - Aos 11-11-1807 na capela dos Corações, Alexandre Coelho de Souza, f.l. Jeronimo Coelho de Souza e Maria da Assunção Pinta = cc Angelica Rosa de Moraes, f.l. Miguel Borges da Costa e Tomasia Gonçalves de Moraes.

 

Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 22-01-1769 matriz, Alexandre, f.l. Jeronimo Coelho n. freg. S. Martinho de Lagares Bispado do Porto e Maria da Assunção n. freg. Itaubira deste bispado, padr.: Pantaleão Dias, solteiro e Caterina Dias Teixeira mulher de Domingos Jorge Lima. Avos pat. Manoel Coelho e Caterina de Souza nts de S. Martinho, maternos João Martins de Azevedo n. vila do Conde e Teresa de Jesus, de Itaubira.

Pais de, pelo menos:

1-12-1 Alexandrina batizada em 26-04-1811.

Campanha, MG aos 26-04-1811 na capela dos Santissimos Corações do Rio Verde bat a Alexandina, f.l. de Alexandre Coelho e Angelica Rosa, padrinhos João Bernardes Pinto.

2- Domingos Borges da Costa, natural da freguesia de de S. Pedro de Athey comarca de Chaves Arc. de Braga, casou com Madalena Cardoso, natural de Aiuruoca, filha de Manoel Vaz Guimarães, natural da freguesia de S. Tomé termo de Guimarães e Antonia Cardoso, natural de Guaratinguetá-SP, neta paterna de Antonio Vaz e Ana Francisca, neta materna de João Rabello de Castro, natural da freguesia de Vieira Arc. Braga e Maria Bicuda natural de Guaratinguetá-SP. Geração na família “Sargento Mor Lourenço de Brito Leme”.

 

3- José Borges da Costa, natural da freguesia de de S. Pedro de Athey comarca de Chaves Arc. de Braga, casou com Domingas Gonçalves de Moraes, natural de Guarapiranga, filha de Custódio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sodre, já citados.

Pais de batizados em Campanha, q.d.:

3-1 José, em 15-12-1756.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 15-12-1756 Jose n. em 08 do dito mes, f.l. Jose Borges da Costa n. freg. S. Pedro de Athey comarca de Vila Real Arc Braga e Domingas Gonçalves Moraes n, da freg, de Guarapiranga deste bispado, np Antonio Borges da Costa e s/m Maria Gonçalves nts da dita freg. de Athey, nm Custodio Gonçalves Nogueira n. da cidade de Braga e s/m Ana de Moraes Sudre n. da Ilha de S. Sebastião Bispado de Angra, padr.: L.do Jose de Azevedo cc em Portugal, e Inacia Antonia, solteira filha do defunto Cristovão de Faria.

3-2 Maria, em 27-09-1758.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 27-09-1758 Maria, f.l. Jose Borges e Domingas Gonçalves de Moraes, naturalidades e avós ficam em outro assento a folhas 134, padr.: Domingos Dias Chaves, solteiro e Francisca Leme da Silva mulher de Mateus Machado.

3-3 Ana Francisca de Oliveira, batizada em 09-06-1760. Aos 27-05-1789 casou com Antonio Pinto de Moraes, natural de Lavras do Funil, filho de Francisco Pimenta de Moraes e Petronilha Pinta Ramire, família “Lazaro de Torres” já citada..

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 09-06-1760 Ana, f.l. Jose Borges da Costa n. de S. Pedro de Athey Arc. Braga e Domingas Gonçalves de Moraes n/b na freg. de Guarapiranga deste bispado, padr.: Padre Bernardo da Silva Lobo, e Izabel Caetana de Faria, solteira e filha de Cristovão de Faria já defunto. Avos paternos Antonio Borges da Costa e Maria Gonçalves já defunta, maternos Custodio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sodré, já defuntos.

 

B7: Campanha-MG - aos 27-05-1789 na Ermida de S. José do Dr. Vigario da Vara Jose Bernardo da Costa. Antonio Pinto de Moraes, f.l. de Francisco Pimenta de Moraes e Petronilha Pinta Ramires, n/b na freguesia de Lavras do Funil; =  cc Anna Francisca de Oliveira, f.l. de Jose Borges da Costa e Domingas Gonçalves de Moras, n/b nesta

3-4 Joaquim, em 14-04-1762.

B7: Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 14-04-1762 matriz, Joaquim, f.l. Jose Borges da Costa n. freg. S. Pedro de Athey Arc.  Braga e Domingas Gonçalves de Moraes n. freg. Guarapiranga deste bispado, np Antonio Borges da Costa e Maria Gonçalves, já defunta, maternos Custodio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sodre, já defuntos, padr.: João Antonio de Azevedo, solteiro e Maria Borges, solteira filha de Miguel Borges da Costa.

3-5 Antonio Borges da Costa, batizado em 17-11-1763. Aos 29-10-1788 casou com Ana Francisca de Souza, natural de Baependi, filha de Manoel Rodrigues de Siqueira e Maria Francisca de Souza, neta paterna de Miguel Rodrigues de Siqueira e Maria de Jesus - in família Bernardo Gomes Alves.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 17-11-1763 matriz, Antonio, f.l. Jose Borges da Costa n/b na freg. de S. Pedro de Atei do Arc. Braga e Domingas Gonçalves e Moraes n/b na freg. de Guarapiranga deste bispado, np Antonio Borges da Costa e Maria Gonçalves, falecida; nm Custodio Gonçalves Nogueira, falecido e Ana de Moraes Sodre, falecida. Padr.: Domingos Borges da Costa, e Tomasia Gonçalves mulher de Miguel Borges a Costa.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - ermida da Campanha aos 29-10-1788 Antonio Borges da Costa, f.l. de Jose Borges da Costa e Domingas Gonçalves de Moraes, n/b nesta = Anna Francisca de Souza, f.l. de Manoel Rodrigues de Siqueira e Maria Francisca de Souza, n/t freguesia de Baependi.

Entre os filhos do casal:

3-5-1 Francisca, batizada em 15-10-1793.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 15-10-1793 na ermida de Sto Antonio do Padre Manoel Caetano de Figueiredo, filial da matriz das Lavras do Funil, bat a Francisca, f.l. de Antonio Borges da Costa e Ana Francisca de Souza, foram padrinhos Joaquim Jose de Souza e Escolastica de Souzasua irmã.

3-5-2 Joaquina em 13-06-1804.

Campanha, MG Igreja Sto Antonio aos 13-06-1804 na capela da Sra da Conceição filial da matriz de Baependi bat a Joaquina, f.l.de Antonio Borges da Costa e Ana Francisca de Souza; foram padrinhos Francisco Jose Borges e Genoveva Joaquina do Espirito Santo.

3-6 Manoel Borges Leite batizado em 05-03-1766. Em 09-07-1778 casou com Maria Vitória da Silva, filha do falecido José Leme da Silva e Maria Teresa de Jesus Mello - família ‘Lourenço da Silva Tourinho”.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 05-03-1766 mariz, Manoel, f.l. Jose Borges da Costa n/b na freg. de S. Pedro de Atei da comarca de Vila Real Arc. Braga e Domingas Gonçalves de Moraes n. freg. Guarapiranga deste bispado, np Antonio Borges da Costa e Maria Gonçalves, falecida, maternos Custodio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sodre, falecidos; padr.: Jose Ferreira do Amaral, casado e Tomasia Gonçalves de Moraes mulher de Miuel Borges da Costa.

3-6 Manoel Borges Leite batizado em 05-03-1766. Em 09-07-1787 casou com Maria Vitória, filha do falecido José Leme da Silva e Maria Teresa de Jesus Mello - família “Lourenço da Silva Tourinho”.

Manoel e Maria Vitória tiveram os filhos, batizados na Campanha, q.d.:

3-6-1 Francisco em 07-06-1792

Campanha, MG Igreja de Santo Antonio aos 07-06-1792 nesta matriz bat a Francisco, f. de Manoel Borges e Maria Vitoria; foram padrinhos Manoel Jose Ramos e Catarina Maria de Jesus.

3-6-2 José em 03-12-1794.

Campanha, MG Igreja de Santo Antonio aos 03-12-1794 Jose, f.l.Manoel Borges Leite e Maria Vitoria da Silva moradores no Lambari desta freguesia, foram padrinhos Jose Joaquim da Silva e Catarina Maria moradores nesta freguesia.

3-6-3 Joana em 29-06-1796

Campanha, MG Igreja de Santo Antonio aos 29-06-1796 nesta matriz bat a Joana, f. de Manoel Borges Leite. Foram padrinhos Joaquim Ribeiro da Mendanha, solteiro e Ana Maria, mulher de Miguel da Silva Gago. Joana filha legitima dos pais supra.

3-6-4 Antonio em 21-09-1800.

Campanha, MG Igreja de Santo Antonio aos 21-09-1800 nesta matriz bat a Antonio, f.l. de Manoel Borges Leite e Maria Vitoria da Silva, foram padrinhos Bernardo Ferreira Campanhã e Margarida Francisca de Oliveira.

3-6-5 Escolastica em 23-06-1802.

Campanha, MG Igreja de Santo Antonio aos 23-06-1802 nesta matriz bat a Escolastica, f.l. de Manoel Borges Leite e Maria Vitoria da Silva, foram padrinhos Antonio Borges da Costa e Joana Fran[borrada].

3-6-6 Simão em 27-11-1803.

Campanha, MG Igreja de Santo Antonio aos 27-11-1803 nesta matriz bat a Simão, f.l. Manoel Borges Leite e Maria Vitoria, n. desta freguesia. Foram padr.: João da Silva Soares, solteiro e Joana Francisca da Palma, moça solteira.

3-7 Francisco, em 01-03-1768.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 01-03-1768 Francisco n. aos 03-02, f.l. Jose Borges da Costa n. freg. S. Pedro de Atei Arc. Braga e Domingas Gonçalves de Moraes n. freg. Guarapiranga deste bispado, npat Antonio Borges da Costa e Maria Gonçales, falecidos e nts da mesma freg. de S. Pedro de Atei, maternos Custodio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sodre, falecidos; padr.: L.do Francisco Jose de Mattos, solteiro e Brizida Sobrinha mulher de Manoel Ferreira Campanhã.

3-8 João Custódio Gonçalves, cassou com Maria Bernarda da Conceição, filha de Manoel de Souza Teixeira e sua segunda mulher Maria de Araújo Cortes; família “Francisco de Araujo Dantas”.

B7: Batismos - Igreja Santo Antonio (Campanha, Minas Gerais) aos 31-10-1771 João Custodio de dez dias, f.l. Jose Borges da Costa n. da freg. S. Pedro de Atei comarca da Vila Real ARc. Braga e Domingas Gonçalves de Moraes n. da freg. de Guarapiranga deste bispado, np Alf. Antonio Borges da Costa e Maria Gonçalves, falecidos, maternos Custodio Gonçalves Nogueira e Ana de Moraes Sodre, falecidos. Padr.: João Alvares Carneiro, casado e Maria da Silva mulher do Furriel Manoel da Silva Passos.

 

B7: Campanha-MG - casamentos - aos 23-11-1803 Joam Custodio Gonçalves, f.l. de Jose Borges da Costa e Domingas Gonçalves de Moraes, já falecidos, = Maria Bernarda da Conceição, f.l. de Manoel de Souza Teixeira, já falecido, e Maria de Araujo Cortes. Nts/bts nesta.