PROJETO COMPARTILHAR

Coordenação: Bartyra Sette e Regina Moraes Junqueira

www.projetocompartilhar.org

 

Família “Antonio e João Vieira da Maia” Cap. 1º, neste site

 

CUSTÓDIO RODRIGUES DA VEIGA

E

HELENA MARIA DE JESUS

Testamentos

 

Museu Regional de São João Del Rei – Livro de Testamentos numero 11 pg 124

Testador: Custodio Rodrigues da Veiga

Testamenteira: Ana Maria de Jesus  - viúva

Data do Testamento 1789

Local – Capela de Nossa Senhora do Porto do Turvo

Transcrito e disponibilizado por: Moacyr Villela

Data da Transcrição: 2005

 

TRECHOS DO TESTAMENTO

 

“Eu, Custodio Rodrigues da Veiga,..residente na aplicação da Capela de Nossa Senhora do Porto do Turvo, Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Aiuruoca, filho legitimo de (João ?) Antonio e de Joaquina Rodrigues, natural da Freguesia de Santo Estevão de (Penzo?), arcebispado de Braga....Declaro que sou casado com Ana Maria de Jesus, de cujo matrimonio tenho ate agora oito filhos, Maria, Jose, Ana, Rosa, Madalena, Custodio, João, Francisco, que são meus legítimos herdeiros.

Nomeio primeiro testamenteiro a minha mulher, em segundo lugar a João Garcia Duarte e em terceiro a Mateus Luis Garcia.

 

“Gabriel da Costa Resende, vigário encomendado nesta Freguesia de Aiuruoca...certifico que falecendo da vida presente Custodio Rodrigues da Veiga....

Abertura – em 1789, foi aberto este Testamento pelo reverendo João da Costa Guimarães, sepultado na ermida do Espírito Santo da Freguesia de Lavras, capela mais vizinha de seu falecimento.

 

...Ana Maria de Jesus, moradora no sitio do Tabuão da Freguesia da Aiuruoca.

 

 

HELENA MARIA DE JESUS

Testamento

 

Museu Regional de São João Del Rei – Livro de Testamentos numero 26 pg 92

Testadora: Helena Maria de Jesus

Testamenteiro: João Custodio Rodrigues - filho

Data do Testamento 1815

Local – Aplicação de São Vicente, freguesia de Aiuruoca

Transcrito e disponibilizado por: Moacyr Villela

Data da Transcrição: 2005

 

TRECHOS DO TESTAMENTO

 

“Eu Helena Maria de Jesus, filha legitima de Antonio Vieira da Maya e de Antonia do Prado, já falecidos, natural e batizada na Vila de Santa Maria de Baependi e moradora nesta de Aiuruoca, com idade avançada em anos, temendo a morte e em meu perfeito juízo,faço esta meu Testamento da forma seguinte: Meu corpo sera envolto em um Lençol e será sepultado nesta Capela de São Vicente....Nomeio para primeiro Testamenteiro a meu filho João Custodio, Segundo a meu filho Francisco Custodio e terceiro a meu filho Custodio.

Pagara o que devo as irmandades da Boa Morte de Congonhas e do Santíssimo desta Freguesia e 20 anos de anuais que ficou devendo meu marido a Casa Santa...e consta dos livros do..(?).. em Lavras, onde moravamos.

Declaro que fui casada com Custodio Rodrigues da Veiga e dele tive os filhos seguintes, Maria viúva de Jose Tavares, Ana casada com Manoel Barbosa, Rosa casada com Jose Barbosa, Madalena solteira, Jose, Custodio, João e Francisco. Todos estão pagos em suas legitimas paternas e são todos meus únicos herdeiros em iguais

Partes..

Deixo a minha afilhada e neta Elena, a imagem de Santa Elena. A João a imagem de Santo Antonio.

Declaro que forei a Tomé pardo, por desconfiar ser filho de meu marido. Meus herdeiros não se oporão a isso.

Pedi ao padre João de Castro Guimarães que por mim escrevesse e assinasse a rogo.

São Vicente, Freguesia de Aiuruoca, 25 de novembro de 1815.

 

Aprovação - .Em 1816 no arraial de Aiuruoca , em casas de Jerônimo de Arantes Marques, na presença das testemunhas: Antonio Jose Ferreira, Alferes Antonio Teodoro de Araújo, Alferes Antonio Jose de Barros, o Capitão Tomas Joaquim de Arantes , Manoel Pinto do Espírito Santo e Jose de Arantes.